O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Modelo De Auto AvaliaçãO Em Bibliotecas Escolares

1.719 visualizações

Publicada em

Apresentação do Modelo de Auto-Avaliação em Bibliotecas Escolares

Publicada em: Turismo, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Modelo De Auto AvaliaçãO Em Bibliotecas Escolares

  1. 1. Modelo de Auto-Avaliação em Bibliotecas Escolares Integração do Modelo da RBE na Escola/Agrupamento
  2. 2. A Biblioteca <ul><li>“ A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para sermos bem sucedidos na sociedade actual, baseada na informação e no conhecimento. A biblioteca escolar desenvolve nos alunos competências para a aprendizagem ao longo da vida e estimula a imaginação, permitindo lhes tornarem-se cidadãos responsáveis.” </li></ul><ul><li>IFLA (2002)- Missão da Biblioteca Escolar </li></ul>
  3. 3. Objectivos da Auto-Avaliação <ul><li>Ter acesso a um instrumento pedagógico que permita aos órgãos directivos avaliar o trabalho das biblioteca; </li></ul><ul><li>Conhecer o impacto das actividades realizadas pela e com a Biblioteca Escolar no processo de ensino/aprendizagem; </li></ul><ul><li>Medir o grau de eficiência dos serviços prestados; </li></ul><ul><li>Determinar até que ponto a sua missão e objectivos estão a ser alcançados; </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Objectivar o trabalho das bibliotecas escolares, qual o seu contributo para as aprendizagens e o sucesso educativo; </li></ul><ul><li>Melhorar a planificação através da identificação de pontos fortes e fracos; </li></ul><ul><li>Melhorar o ensino e a aprendizagem; </li></ul><ul><li>Melhorar a integração da Biblioteca Escolar na Escola. </li></ul>Auto–Avaliação um Instrumento Pedagógico de melhoria capaz de :
  5. 5. Como avaliar a Biblioteca? <ul><li>A auto-avaliação testa três áreas chave: </li></ul><ul><li>1- Integração na escola e no processo de ensino/aprendizagem. </li></ul><ul><li>2 - Acesso. Qualidade da Colecção. </li></ul><ul><li>3 - Gestão da BE. </li></ul>
  6. 6. Integração na Escola e no Processo de Ensino/Aprendizagem
  7. 7. Acesso. Qualidade da Colecção
  8. 8. Gestão da Biblioteca Escolar
  9. 9. Liderança do Professor Bibliotecário <ul><li>Pensar estrategicamente; </li></ul><ul><li>Promover uma cultura de avaliação; </li></ul><ul><li>Comunicar permanentemente: </li></ul><ul><li>Articular prioridades. </li></ul>
  10. 10. Implementação do Processo
  11. 11. Aplicação à realidade da Escola/Biblioteca Escolar <ul><li>A avaliação da BE deve ser participada a nível da escola e ser conhecida e divulgada. A avaliação permite prestar contas do impacto dos seus serviços perante a escola; </li></ul><ul><li>O valor da informação fundamentada em evidências, permite validar o que funciona e identificar possíveis constrangimentos, toda a comunidade educativa deve participar e estar receptiva à mudança; </li></ul><ul><li>A informação que resulta do processo de auto-avaliação das bibliotecas escolares tem um grande valor para as escolas/bibliotecas escolares assim como para a instalação e desenvolvimento da rede de bibliotecas escolares. </li></ul>
  12. 12. Bibliografia: <ul><li>Texto da sessão; </li></ul><ul><li>IFLA (2002) – Missão da Biblioteca Escolar. </li></ul>

×