WWW.CURSORAIZES.COM.BR        Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA              Curso de Pedagogia em Regime Especia...
WWW.CURSORAIZES.COM.BR     Dezembro de 2008WWW.CURSORAIZES.COM.BR
WWW.CURSORAIZES.COM.BR                              CÉLESTIN FREINET       Esse pensador foi quem criou uma pedagogia do t...
WWW.CURSORAIZES.COM.BR                                 PAULO FREIRE       Foi o mais célebre educador brasileiro, com atua...
WWW.CURSORAIZES.COM.BR                              ALEXANDER LURIA      Luria afirma, pode-se aproximar-se do pensamento,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

LINHA DE PENSAMENTO II

551 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LINHA DE PENSAMENTO II

  1. 1. WWW.CURSORAIZES.COM.BR Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA Curso de Pedagogia em Regime Especial Disciplina: Métodos e técnicas de alfabetização.Professor: Gilson Alves da SilvaGraduanda: Edicleide Dória de Morais.Turma: B8 LINHA DE PENSAMENTO Tobias Barreto – SE WWW.CURSORAIZES.COM.BR
  2. 2. WWW.CURSORAIZES.COM.BR Dezembro de 2008WWW.CURSORAIZES.COM.BR
  3. 3. WWW.CURSORAIZES.COM.BR CÉLESTIN FREINET Esse pensador foi quem criou uma pedagogia do trabalho, para ele aatividade é o que orienta a prática escolar e o objetivo final da educação é formarcidadãos para o trabalho livre e criativo, capaz de dominar e transformar o meio eemancipar quem exerce. Segundo a visão do pensador, um dos deveres doprofessor, é criar uma atmosfera laboriosa na escola, de modo a estimular ascrianças a fazer experiências, procurar respostas para suas necessidades einquietações ajudando e sendo ajudados por seus colegas. A proposta de Freinet para uma pedagogia de bom senso, pela qual aaprendizagem resulta de uma relação dialética entre ação e pensamento ou teoria eprática. Freinet foi um homem que dedicou sua vida a elaborar técnicas de ensino quefuncionam como canais da livre expressão e da atividade cooperativa, com oobjetivo de criar uma nova educação. LEV VYGOTSKY Para Vygotsky a formação se dá numa relação dialética entre sujeito e asociedade ao seu redor – ou seja, o homem modifica o ambiente o ambientemodifica o homem. O ensino para Vygotsky deve se antecipar ao que o aluno ainda não sabenem é capaz de aprender sozinho porque, na relação entre aprendizado. Edesenvolvimento, o primeiro vem antes. Em outras palavras, a zona dedesenvolvimento proximal é o caminho entre a criança consegue fazer sozinha e oque ela estar perto de conseguir fazer sozinha. Segundo a teoria de Vygotsky, toda relação do indivíduo com o mundo é feitapor meio de instrumentos técnicos. Todo aprendizado é necessariamente mediado –e isso torna o papel do professor e do ensino mais ativo e determinante. WWW.CURSORAIZES.COM.BR
  4. 4. WWW.CURSORAIZES.COM.BR PAULO FREIRE Foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimentointernacionais. Para Freire, o objetivo maior da educação e conscientiza o aluno. Paulo Freire criticava a idéia de que ensinar e transmitir saber porque para elea missão do professor era possibilitar a criação ou a produção de conhecimentos.Segundo o pensador o profissional de educação deve levar os alunos a conhecerconteúdos, mas não como verdade absoluta. Freire dizia que ninguém ensina nada a ninguém, mas as pessoas tambémnão aprendem sozinhas. O método Paulo Freire não visa apenas tornar mais rápido e acessível oaprendizado, mas pretende habilitar o aluno a “ler o mundo”, na expressão famosado educador. A alfabetização é, para o educador, um modo de os desfavorecidos romperemo que chamou de “cultura do silêncio” e transformar a realidade, “como sujeitos daprópria história”. EMÍLIA FERREIRO Segundo Emília, a construção de conhecimento da leitura e da escrita temcepção e de motricidade. Emília Ferreiro se tornou uma espécie de referência para oensino brasileiro e seu nome passou a ser ligado ao construtivismo, campo deestudo inaugurado pelas descobertas que chegou o biólogo Jean Piaget. Emília leva a conclusão de que as crianças têm um papel ativo noaprendizado. Elas constroem o próprio conhecimento. Por isso Emília Ferreiro dizque a alfabetização também é uma forma de se apropriar das funções sociais daescrita. WWW.CURSORAIZES.COM.BR
  5. 5. WWW.CURSORAIZES.COM.BR ALEXANDER LURIA Luria afirma, pode-se aproximar-se do pensamento, não se materializa napalavra, ele se realizaria na palavra ou da linguagem. Ela ainda afirma que a linguagem interior do ser humano forma-se mais tardeque a sua linguagem exterior, ou seja, a criança que já domina a linguagem interiorem uma situação de diálogo mostra-se incapaz para o monólogo interiordesenvolvido e produtivo. ANA TEBIROSKY A mesma diz que o processo de alfabetização na sociedade é mais eficiente.Ela é uma das pesquisadoras mais respeitosas quando o tema é alfabetização. Acriança poderá aprender, por meio desse uso, as regras de funcionamento dalinguagem escrita. A proposta de Ana é ajudar os professores na interpretação das respostasdas crianças e na programação de situação de aprendizagem. Por isso é importantesaber quais são as idéias e os conhecimentos das crianças e quais situações deensino aprendizagem. Tiberosky diz que a criança é um escritor, ainda que não escrevaconvencionalmente. Isso está muito mudado e aí o professor vai olhar para aprodução da criança e encontrar sentido onde antes não encontrava. Vai tentarinterpretar as escritas das crianças quando ainda não são escritas adultas. WWW.CURSORAIZES.COM.BR

×