GRUPO 3 – TIPO B                                                                 HIS.– 1



                              ...
HIS. – 2                                                             GRUPO 3 – TIPO B



02. A Grã-Colômbia foi um dos pro...
GRUPO 3 – TIPO B                                                                    HIS.– 3



03. Nos conflitos recentes ...
HIS. – 4                                                                 GRUPO 3 – TIPO B




04.      No século XIX, a hi...
GRUPO 3 – TIPO B                                                                HIS.– 5



05. No século XIX, vários Estad...
HIS. – 6                                                               GRUPO 3 – TIPO B



06. O Brasil passou por grandes...
GRUPO 3 – TIPO B                                                                                 L.P.L.B.– 7



          ...
L.P.L.B. – 8                                                                                GRUPO 3 – TIPO B



Texto 2


...
GRUPO 3 – TIPO B                                                               L.P.L.B.– 9



08. Por que o termo “hóspede...
L.P.L.B. – 10                                                           GRUPO 3 – TIPO B




10.
      “Esses adeuses que ...
GRUPO 3 – TIPO B                                                              L.P.L.B.– 11



11. Leia o trecho abaixo, ex...
L.P.L.B. – 12                                                             GRUPO 3 – TIPO B



12. Leia o trecho abaixo, tr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

UFOP 2010 discursiva

1.808 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.808
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

UFOP 2010 discursiva

  1. 1. GRUPO 3 – TIPO B HIS.– 1 HISTÓRIA Questões de 01 a 06 01. Em meados do século XX, o Brasil vivenciou formas de organização das instituições políticas e do Estado, conhecidas como “populismo”. Identifique o mais importante representante desse fenômeno político e caracterize sua relação com as classes trabalhadoras urbanas. 1º Vestibular UFOP 2010
  2. 2. HIS. – 2 GRUPO 3 – TIPO B 02. A Grã-Colômbia foi um dos projetos de integração entre os hispano-americanos no processo de independência da América espanhola. Simon Bolivar e seus exércitos estiveram à frente desse fracassado projeto de unidade crioula. Explique em que consistia o projeto de unidade americana proposto por Bolivar e quais foram os distintos caminhos seguidos pelos estados da região. 1º Vestibular UFOP 2010
  3. 3. GRUPO 3 – TIPO B HIS.– 3 03. Nos conflitos recentes em Honduras, autoridades de governos americanos solicitaram um posicionamento da OEA (Organização dos Estados Americanos) para a resolução definitiva da crise política instaurada naquele país. Criada em 1948, na IX Conferência Pan-Americana, a OEA teria como um de seus objetivos a defesa dos Estados membros. Explique o contexto de criação da OEA no continente americano, bem como sua legitimidade e representatividade como mediadora de conflitos na região ao longo dos últimos 61 anos. 1º Vestibular UFOP 2010
  4. 4. HIS. – 4 GRUPO 3 – TIPO B 04. No século XIX, a historiografia criou o termo “absolutismo monárquico”, com o qual pretendia representar o tipo de exercício de autoridade promovido nos séculos XVII e XVIII em alguns dos principais Estados europeus. Indique e explique as principais características do chamado “absolutismo monárquico”. 1º Vestibular UFOP 2010
  5. 5. GRUPO 3 – TIPO B HIS.– 5 05. No século XIX, vários Estados da Europa Ocidental passaram por um intenso processo de transformações políticas e sociais relacionadas com o ideal liberal. Caracterize o liberalismo político. 1º Vestibular UFOP 2010
  6. 6. HIS. – 6 GRUPO 3 – TIPO B 06. O Brasil passou por grandes transformações políticas e sociais no início do século XIX, que modificaram a sua relação com Portugal e levaram ao término da sua condição de colônia. Quais as principais características ou peculiaridades do sistema político implementado no Brasil a partir da Independência (1822)? 1º Vestibular UFOP 2010
  7. 7. GRUPO 3 – TIPO B L.P.L.B.– 7 LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Questões de 07 a 12 Leia os textos apresentados a seguir e resolva as questões que se seguem. Texto 1 1 Zelaya se transforma em um "hóspede" incômodo para o Brasil 2 Jaime Ortega Carrascal 3 4 A permanência do presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, na 5 embaixada do Brasil em Tegucigalpa, que completou hoje uma semana, pôs o 6 país em uma situação incômoda e sem precedentes no mundo da diplomacia. A 7 situação é interpretada dessa forma por diplomatas e políticos que expressaram 8 seu mal-estar pelas dimensões que a crise ganhou desde que Zelaya entrou na 9 embaixada em Tegucigalpa na condição de "hóspede", o que levou o Governo 10 hondurenho a dar um ultimato de dez dias ao Brasil para que defina o status do 11 governante deposto. 12 "O Brasil foi induzido ao erro. Não foi o país que orquestrou o retorno de 13 Zelaya, mas se deparou com uma situação já criada quando foi informado de que 14 Zelaya estava próximo da embaixada em Tegucigalpa. A alternativa era repeli-lo 15 ou aceitá-lo e o Brasil optou pela segunda opção sem medir a extensão do 16 problema que estava sendo criado", disse à Agência Efe o diplomata aposentado 17 Marcos Azambuja. O especialista, que foi embaixador em Paris e Buenos Aires, 18 diz que a responsabilidade pelo imbróglio diplomático em que está agora o país é 19 da Venezuela, que montou a operação de retorno de Zelaya, mas não o levou a 20 sua própria embaixada, preferindo "usar a credibilidade e respeitabilidade do 21 Brasil". Para Azambuja, o Brasil foi explorado em sua boa fé, porque se 22 transformou em um "refém de Zelaya", que usa a embaixada para "atividades 23 políticas", em uma situação sem precedentes na história das relações 24 diplomáticas. [...] (Disponível em: <http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2009/09/28/ ult1807u52505.jhtm>. Acesso em: 29 Set. 2009. Texto adaptado.) 1º Vestibular UFOP 2010
  8. 8. L.P.L.B. – 8 GRUPO 3 – TIPO B Texto 2 (Amarildo. In: A Gazeta (ES). Disponível em: <http://www.acharge.com.br/index.htm>. Acesso em: 29 Set. 2009.) 07. As charges, como a do texto 2, geralmente têm por finalidade criticar, com humor ou mesmo ironia, um fato atual. Que elementos do referido texto levam à identificação dessa finalidade? 1º Vestibular UFOP 2010
  9. 9. GRUPO 3 – TIPO B L.P.L.B.– 9 08. Por que o termo “hóspede” (linhas 1 e 9) aparece entre aspas no Texto 1? 09. Ambos os textos tratam do mesmo tema: as conseqüências da permanência de Zelaya na embaixada brasileira em Tegucigalpa, Honduras. No entanto, a avaliação que se faz do tema não é exatamente a mesma. Apresente semelhanças e diferenças que aparecem na avaliação feita pelos autores em relação ao tema. 1º Vestibular UFOP 2010
  10. 10. L.P.L.B. – 10 GRUPO 3 – TIPO B 10. “Esses adeuses que caíam pelos mares, declamatórios, a pregar sua amargura, emudeceram; já não há tempos nem ecos. Perdeu-se a forma dos abraços. De ar é a lousa dos cemitérios: um suspiro momentâneo. De ar esses mortos – que eram de ar enquanto vivos. De ar, este mundo, esta presença, este momento, estes caminhos sem firmeza. Dos adeuses que vamos sendo – ó ramos de ossos, flor de cinzas! – é que morremos – e num lúcido segredo – sabemos, ouvindo – atravessados de evidências – que somos de ar, de adeuses de ar...E tão de adeuses que já nem temos mais despedidas.” Este último poema de Solombra começa com a evocação da dor da separação pela morte para fixar-se, em seguida, no caráter transitório de toda vida humana. Duas imagens distintas marcadas pelo mesmo traço simbólico repetem-se ao longo das estrofes e são, afinal, reunidas numa só. Identifique essas imagens e seu caráter simbólico, acrescentando um comentário sobre o desenvolvimento que recebem ao longo do poema. 1º Vestibular UFOP 2010
  11. 11. GRUPO 3 – TIPO B L.P.L.B.– 11 11. Leia o trecho abaixo, extraído de Os Ratos, de Dyonélio Machado. “Naziazeno vai como que “a reboque”. Todo o seu corpo tem uma fadiga, um cansaço, um desânimo... Quando se lembra da sua revolta em “transigir”... Ele agora já visa uma coisa qualquer que o salve do vexame de chegar em casa com as mãos abanando [...]” (p. 88). Nessa passagem, grande parte da ação é descrita no presente do indicativo, tempo que é também o predominante na narrativa do livro como um todo. Explique qual a função desse recurso na organização do romance, articulando-o com a atitude do narrador em relação à busca desesperada do protagonista. 1º Vestibular UFOP 2010
  12. 12. L.P.L.B. – 12 GRUPO 3 – TIPO B 12. Leia o trecho abaixo, transcrito de Os dous ou o inglês maquinista. “Alberto: Oh, minha ausência, minha ausência! Negreiro: A mim não me matarás! Safa, em suma. Alberto: A que cenas vim assistir eu em minha casa!” Explique quem é Alberto no contexto da ação da peça e qual o papel que ele irá desempenhar em seu desfecho. 1º Vestibular UFOP 2010

×