SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
História – QUESTÕES de 01 a 06
LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS
COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA
COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA DE RESPOSTAS.

INSTRUÇÕES:
•    Responda às questões, com caneta de tinta AZUL ou PRETA, de forma clara e legível.
•    Caso utilize letra de imprensa, destaque as iniciais maiúsculas.
•    O rascunho deve ser feito no espaço reservado junto das questões.
•    Na Folha de Respostas, identifique o número das questões e utilize APENAS o espaço
     correspondente a cada uma.
•    Será atribuída pontuação ZERO à questão cuja resposta
     – não se atenha à situação ou ao tema proposto;
     – esteja escrita a lápis, ainda que parcialmente;
     – apresente texto incompreensível ou letra ilegível.
•    Será ANULADA a prova que
     – NÃO SEJA RESPONDIDA NA RESPECTIVA FOLHA DE RESPOSTAS;
     – ESTEJA ASSINADA FORA DO LOCAL APROPRIADO;
     – POSSIBILITE A IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO.

Questão 01 (Valor:               20 pontos)

                                     Vivemos num mundo muito diferente daquele em que nossos bisavós viveram.
                                     De lá para cá, as mudanças foram muitas.
                                     Hoje, por meio do fax, pode-se enviar uma carta ao Japão em menos de um
                                     minuto. Com um telefone celular, pode-se conversar com alguém que esteja
                                     sentado no banco de uma praça. Pela Internet, pode-se visitar o Louvre — um
                                     museu francês que contém obras de artistas de diferentes épocas e de várias
                                     partes do mundo — sem sair de casa. Hoje é possível também viajar em trens e
                                     aviões muito mais velozes do que os que nossos bisavós conheceram.
                                     Se compararmos o modo de se vestir e de se enfeitar do tempo dos nossos
                                     bisavós com o atual, veremos que aí também houve mudanças acentuadas. [...]
                                     Para muitas pessoas, a História lembra apenas velharia, túmulos de reis, cidades
                                     em ruínas, papéis roídos por ratos. Lembra um passado frio, distante, morto.
                                     Mas a ideia que temos de História é outra. Acreditamos que faz sentido estudar
                                     o passado porque ele nos ajuda a compreender o presente. (BOULOS JÚNIOR,
                                     2004, p. 8-9).

Com base no texto, indique dois componentes indispensáveis à construção do
conhecimento histórico.
1) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
2) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................


                                                  UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 2
Questão 02 (Valor:               10 pontos)


     A formação das Monarquias Nacionais na Europa, entre os séculos XV e XVIII, resultou
da superação de antigas práticas feudais e do estabelecimento de novos princípios.
A partir dessa afirmação, identifique uma dentre as práticas superadas e um novo
princípio estabelecido para a formação das referidas monarquias.
1) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................

2) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................

Questão 03 (Valor:               20 pontos)

                                     Texto I
                                     Trecho da Declaração de Independência dos Estados Unidos
                                     “São verdades incontestáveis para nós: que todos os homens nascem iguais;
                                     que lhes conferiu o Criador certos direitos inalienáveis, entre os quais o de vida,
                                     o de liberdade e o de buscar a felicidade; que, para assegurar esses direitos, se
                                     constituíram entre os homens governos, cujos poderes justos emanam do
                                     consentimento dos governados; que, sempre que qualquer forma de governo
                                     tenda a destruir esses fins, assiste ao povo o direito de mudá-la ou aboli-la,
                                     instituindo um novo governo, cujos princípios básicos e organização de poderes
                                     obedecem às normas que lhes pareçam mais próprias para promover a segurança
                                     e a felicidade gerais.” (AQUINO, 2005, p. 203).



                                     Texto II
                                     Declaração dos direitos do homem e do cidadão
                                     No dia 26 de agosto de 1789, a Assembleia Nacional Constituinte proclamou a
                                     célebre Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, tendo como base o
                                     ideário burguês do Iluminismo. Entre os principais pontos defendidos por esse
                                     documento, destacam-se:
                                     • o respeito, pelo Estado, à dignidade da pessoa humana;
                                     • a liberdade e a igualdade dos cidadãos perante a lei;
                                     • o direito à propriedade individual;
                                     • o direito de resistência à opressão política;
                                     • a liberdade de pensamento e de opinião.
                                     De maneira solene, a Declaração tornava explícitos os pressupostos filosóficos
                                     sobre os quais deveria ser construída a nova sociedade liberal burguesa.
                                     (COTRIM, 1994, p. 290).




                                                  UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 3
Com base nas declarações que compõem os textos I e II, cite duas características comuns
que marcaram o momento histórico no qual foram produzidas essas duas
Declarações.
1) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
2) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................



Questão 04 (Valor:               20 pontos)

     Liberdade política e liberdade econômica foram reivindicações que estiveram
presentes no contexto da crise do Sistema Colonial português no Brasil.
Com base nessa afirmação, indique como essas reivindicações são expressas na
Revolução Pernambucana de 1817.
• Liberdade política
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................
• Liberdade econômica
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................
  .........................................................................................................................................

Questão 05 (Valor:               20 pontos)

                                     O episódio de Canudos resultou em um dos clássicos da literatura brasileira:
                                     Os sertões. Euclides da Cunha, seu autor, na época era jornalista e acompanhou
                                     a luta no próprio local como correspondente do jornal O Estado de S. Paulo.
                                     Apesar de demonstrar preconceitos de “civilizado” falando de “incultos” e apesar
                                     de dar ênfase exagerada às condições geográficas e étnicas, configurando um
                                     determinismo geográfico e racial nas suas explicações, Euclides da Cunha deu
                                     atenção ao caráter comunitário da economia de Canudos. Deixou claro que o
                                     movimento não era isolado, revelando a revolta desesperada das populações
                                     miseráveis ignoradas por um sistema sociopolítico que lhes exigia fidelidade
                                     sem lhes dar nada em troca. (NADAI; NEVES, 1995, p. 271).

       Os movimentos messiânicos — expressões dos desequilíbrios socioeconômicos entre
o litoral e o interior do Brasil no final do século XIX — ocorreram, sobretudo, em contextos
rurais, dentre os quais o arraial de Canudos representa uma das mais importantes
experiências.

                                                  UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 4
Com base nessas considerações e no conteúdo do texto, cite uma forma de sobrevivência
econômica e uma prática espiritual da população referida.
1) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
2) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................


Questão 06 (Valor:               10 pontos)

                                     O continente americano tornava-se palco do conflito entre as superpotências. A
                                     Revolução de Cuba foi um divisor de águas e marcou o ingresso pleno da
                                     América Latina no cenário da Guerra Fria. [...]
                                     A partir de então, os Estados Unidos optaram pela intervenção direta (além da
                                     informal) na política dos países do subcontinente, visando a preservar sua
                                     hegemonia econômica e militar. Para tanto, contaram com aliados internos que
                                     se dispuseram a salvaguardar o “mundo livre”. (LOPEZ, 2008, p. 792).

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a Guerra Fria, indique duas
situações — uma de caráter ideológico e outra de caráter econômico — em
que os Estados Unidos exerceram influência decisiva na política brasileira durante
o período da ditadura dos governos militares.
1) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................


2) .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................
   .........................................................................................................................................




                                                                  * * *




                                                  UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 5

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a UFBA 2010 discursiva

Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
Edenilson Morais
 
Para ler michel foucault crisoston terto livro
Para ler michel foucault      crisoston  terto  livroPara ler michel foucault      crisoston  terto  livro
Para ler michel foucault crisoston terto livro
Marcos Silvabh
 
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Laboratório de História
 
Nocoes de administracao_publica
Nocoes de administracao_publicaNocoes de administracao_publica
Nocoes de administracao_publica
lassar
 
Nocoes de administracao_publica[1]
Nocoes de administracao_publica[1]Nocoes de administracao_publica[1]
Nocoes de administracao_publica[1]
Sergio nascimento
 
Luis roberto barroso direito constitucional
Luis roberto barroso   direito constitucionalLuis roberto barroso   direito constitucional
Luis roberto barroso direito constitucional
Wesley Pimentel
 
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
pedrogostoso
 

Semelhante a UFBA 2010 discursiva (20)

A escrita da história
A escrita da história A escrita da história
A escrita da história
 
introdução à história para ensino médio
introdução à história para ensino médiointrodução à história para ensino médio
introdução à história para ensino médio
 
1201 1774-1-sm (1)
1201 1774-1-sm (1)1201 1774-1-sm (1)
1201 1774-1-sm (1)
 
1201 1774-1-sm
1201 1774-1-sm1201 1774-1-sm
1201 1774-1-sm
 
Dissertao -rubens_gomes_lacerda
Dissertao  -rubens_gomes_lacerdaDissertao  -rubens_gomes_lacerda
Dissertao -rubens_gomes_lacerda
 
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
 
Biblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao InformacaoBiblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao Informacao
 
Atividade subjetiva contratualismo 3º ano
Atividade subjetiva contratualismo 3º anoAtividade subjetiva contratualismo 3º ano
Atividade subjetiva contratualismo 3º ano
 
livro-o-direito-c3a0-diferenc3a7a-contec3bado-selecionado (1).pdf
livro-o-direito-c3a0-diferenc3a7a-contec3bado-selecionado (1).pdflivro-o-direito-c3a0-diferenc3a7a-contec3bado-selecionado (1).pdf
livro-o-direito-c3a0-diferenc3a7a-contec3bado-selecionado (1).pdf
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
Análise iconográfica
Análise iconográficaAnálise iconográfica
Análise iconográfica
 
Para ler michel foucault crisoston terto livro
Para ler michel foucault      crisoston  terto  livroPara ler michel foucault      crisoston  terto  livro
Para ler michel foucault crisoston terto livro
 
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdfCHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
 
Beviláqua, Clovis Juristas Philosophos
Beviláqua, Clovis   Juristas PhilosophosBeviláqua, Clovis   Juristas Philosophos
Beviláqua, Clovis Juristas Philosophos
 
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
 
Nocoes de administracao_publica
Nocoes de administracao_publicaNocoes de administracao_publica
Nocoes de administracao_publica
 
Nocoes de administracao_publica[1]
Nocoes de administracao_publica[1]Nocoes de administracao_publica[1]
Nocoes de administracao_publica[1]
 
Luis roberto barroso direito constitucional
Luis roberto barroso   direito constitucionalLuis roberto barroso   direito constitucional
Luis roberto barroso direito constitucional
 
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
H9. 1.bim aluno_2.0.1.3.
 

Mais de cursohistoria

UNISINOS 2010 discursivas
UNISINOS 2010 discursivasUNISINOS 2010 discursivas
UNISINOS 2010 discursivas
cursohistoria
 
UNICENTRO 2010 objetiva
UNICENTRO 2010 objetivaUNICENTRO 2010 objetiva
UNICENTRO 2010 objetiva
cursohistoria
 
UFPR 2010 objetiva gabaritada
UFPR 2010 objetiva gabaritadaUFPR 2010 objetiva gabaritada
UFPR 2010 objetiva gabaritada
cursohistoria
 
PUC-RS 2010 objetiva
PUC-RS 2010 objetivaPUC-RS 2010 objetiva
PUC-RS 2010 objetiva
cursohistoria
 
PUC-PR 2010 objetiva gabaritada
PUC-PR 2010 objetiva gabaritadaPUC-PR 2010 objetiva gabaritada
PUC-PR 2010 objetiva gabaritada
cursohistoria
 
UFPA 2010 - objetiva
UFPA 2010 - objetivaUFPA 2010 - objetiva
UFPA 2010 - objetiva
cursohistoria
 
UFAL 2010 objetiva gabaritada
 UFAL 2010  objetiva gabaritada UFAL 2010  objetiva gabaritada
UFAL 2010 objetiva gabaritada
cursohistoria
 
UFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursivaUFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursiva
cursohistoria
 

Mais de cursohistoria (20)

UNISINOS 2010 discursivas
UNISINOS 2010 discursivasUNISINOS 2010 discursivas
UNISINOS 2010 discursivas
 
UNICENTRO 2010 objetiva
UNICENTRO 2010 objetivaUNICENTRO 2010 objetiva
UNICENTRO 2010 objetiva
 
UFSC 2010 objetiva
UFSC 2010 objetivaUFSC 2010 objetiva
UFSC 2010 objetiva
 
UFPR 2010 objetiva gabaritada
UFPR 2010 objetiva gabaritadaUFPR 2010 objetiva gabaritada
UFPR 2010 objetiva gabaritada
 
UFPA 2010 objetiva
 UFPA 2010 objetiva UFPA 2010 objetiva
UFPA 2010 objetiva
 
UFCG 2010 objetiva
 UFCG 2010 objetiva UFCG 2010 objetiva
UFCG 2010 objetiva
 
PUC-RS 2010 objetiva
PUC-RS 2010 objetivaPUC-RS 2010 objetiva
PUC-RS 2010 objetiva
 
PUC-PR 2010 objetiva gabaritada
PUC-PR 2010 objetiva gabaritadaPUC-PR 2010 objetiva gabaritada
PUC-PR 2010 objetiva gabaritada
 
UNAMA 2010 objetiva
UNAMA  2010 objetivaUNAMA  2010 objetiva
UNAMA 2010 objetiva
 
UFT 2010 objetiva
 UFT 2010 objetiva UFT 2010 objetiva
UFT 2010 objetiva
 
UFRN 2010 objetiva
 UFRN 2010 objetiva UFRN 2010 objetiva
UFRN 2010 objetiva
 
UFPA 2010 - objetiva
UFPA 2010 - objetivaUFPA 2010 - objetiva
UFPA 2010 - objetiva
 
UFC 2010 objetiva
UFC 2010 objetivaUFC 2010 objetiva
UFC 2010 objetiva
 
UFBA 2010 objetiva
 UFBA 2010 objetiva UFBA 2010 objetiva
UFBA 2010 objetiva
 
UFAL 2010 objetiva gabaritada
 UFAL 2010  objetiva gabaritada UFAL 2010  objetiva gabaritada
UFAL 2010 objetiva gabaritada
 
UFV 2010 discursiva
UFV 2010 discursivaUFV 2010 discursiva
UFV 2010 discursiva
 
UFV 2010 objetiva
UFV 2010 objetivaUFV 2010 objetiva
UFV 2010 objetiva
 
UFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursivaUFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursiva
 
UFMG 2010 objetiva
UFMG 2010 objetivaUFMG 2010 objetiva
UFMG 2010 objetiva
 
UFJF 2010 objetiva
UFJF 2010 objetivaUFJF 2010 objetiva
UFJF 2010 objetiva
 

Último

ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 

Último (20)

Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

UFBA 2010 discursiva

  • 1. História – QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA DE RESPOSTAS. INSTRUÇÕES: • Responda às questões, com caneta de tinta AZUL ou PRETA, de forma clara e legível. • Caso utilize letra de imprensa, destaque as iniciais maiúsculas. • O rascunho deve ser feito no espaço reservado junto das questões. • Na Folha de Respostas, identifique o número das questões e utilize APENAS o espaço correspondente a cada uma. • Será atribuída pontuação ZERO à questão cuja resposta – não se atenha à situação ou ao tema proposto; – esteja escrita a lápis, ainda que parcialmente; – apresente texto incompreensível ou letra ilegível. • Será ANULADA a prova que – NÃO SEJA RESPONDIDA NA RESPECTIVA FOLHA DE RESPOSTAS; – ESTEJA ASSINADA FORA DO LOCAL APROPRIADO; – POSSIBILITE A IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Questão 01 (Valor: 20 pontos) Vivemos num mundo muito diferente daquele em que nossos bisavós viveram. De lá para cá, as mudanças foram muitas. Hoje, por meio do fax, pode-se enviar uma carta ao Japão em menos de um minuto. Com um telefone celular, pode-se conversar com alguém que esteja sentado no banco de uma praça. Pela Internet, pode-se visitar o Louvre — um museu francês que contém obras de artistas de diferentes épocas e de várias partes do mundo — sem sair de casa. Hoje é possível também viajar em trens e aviões muito mais velozes do que os que nossos bisavós conheceram. Se compararmos o modo de se vestir e de se enfeitar do tempo dos nossos bisavós com o atual, veremos que aí também houve mudanças acentuadas. [...] Para muitas pessoas, a História lembra apenas velharia, túmulos de reis, cidades em ruínas, papéis roídos por ratos. Lembra um passado frio, distante, morto. Mas a ideia que temos de História é outra. Acreditamos que faz sentido estudar o passado porque ele nos ajuda a compreender o presente. (BOULOS JÚNIOR, 2004, p. 8-9). Com base no texto, indique dois componentes indispensáveis à construção do conhecimento histórico. 1) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... 2) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 2
  • 2. Questão 02 (Valor: 10 pontos) A formação das Monarquias Nacionais na Europa, entre os séculos XV e XVIII, resultou da superação de antigas práticas feudais e do estabelecimento de novos princípios. A partir dessa afirmação, identifique uma dentre as práticas superadas e um novo princípio estabelecido para a formação das referidas monarquias. 1) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... 2) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... Questão 03 (Valor: 20 pontos) Texto I Trecho da Declaração de Independência dos Estados Unidos “São verdades incontestáveis para nós: que todos os homens nascem iguais; que lhes conferiu o Criador certos direitos inalienáveis, entre os quais o de vida, o de liberdade e o de buscar a felicidade; que, para assegurar esses direitos, se constituíram entre os homens governos, cujos poderes justos emanam do consentimento dos governados; que, sempre que qualquer forma de governo tenda a destruir esses fins, assiste ao povo o direito de mudá-la ou aboli-la, instituindo um novo governo, cujos princípios básicos e organização de poderes obedecem às normas que lhes pareçam mais próprias para promover a segurança e a felicidade gerais.” (AQUINO, 2005, p. 203). Texto II Declaração dos direitos do homem e do cidadão No dia 26 de agosto de 1789, a Assembleia Nacional Constituinte proclamou a célebre Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, tendo como base o ideário burguês do Iluminismo. Entre os principais pontos defendidos por esse documento, destacam-se: • o respeito, pelo Estado, à dignidade da pessoa humana; • a liberdade e a igualdade dos cidadãos perante a lei; • o direito à propriedade individual; • o direito de resistência à opressão política; • a liberdade de pensamento e de opinião. De maneira solene, a Declaração tornava explícitos os pressupostos filosóficos sobre os quais deveria ser construída a nova sociedade liberal burguesa. (COTRIM, 1994, p. 290). UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 3
  • 3. Com base nas declarações que compõem os textos I e II, cite duas características comuns que marcaram o momento histórico no qual foram produzidas essas duas Declarações. 1) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... 2) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... Questão 04 (Valor: 20 pontos) Liberdade política e liberdade econômica foram reivindicações que estiveram presentes no contexto da crise do Sistema Colonial português no Brasil. Com base nessa afirmação, indique como essas reivindicações são expressas na Revolução Pernambucana de 1817. • Liberdade política ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... • Liberdade econômica ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... Questão 05 (Valor: 20 pontos) O episódio de Canudos resultou em um dos clássicos da literatura brasileira: Os sertões. Euclides da Cunha, seu autor, na época era jornalista e acompanhou a luta no próprio local como correspondente do jornal O Estado de S. Paulo. Apesar de demonstrar preconceitos de “civilizado” falando de “incultos” e apesar de dar ênfase exagerada às condições geográficas e étnicas, configurando um determinismo geográfico e racial nas suas explicações, Euclides da Cunha deu atenção ao caráter comunitário da economia de Canudos. Deixou claro que o movimento não era isolado, revelando a revolta desesperada das populações miseráveis ignoradas por um sistema sociopolítico que lhes exigia fidelidade sem lhes dar nada em troca. (NADAI; NEVES, 1995, p. 271). Os movimentos messiânicos — expressões dos desequilíbrios socioeconômicos entre o litoral e o interior do Brasil no final do século XIX — ocorreram, sobretudo, em contextos rurais, dentre os quais o arraial de Canudos representa uma das mais importantes experiências. UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 4
  • 4. Com base nessas considerações e no conteúdo do texto, cite uma forma de sobrevivência econômica e uma prática espiritual da população referida. 1) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... 2) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... Questão 06 (Valor: 10 pontos) O continente americano tornava-se palco do conflito entre as superpotências. A Revolução de Cuba foi um divisor de águas e marcou o ingresso pleno da América Latina no cenário da Guerra Fria. [...] A partir de então, os Estados Unidos optaram pela intervenção direta (além da informal) na política dos países do subcontinente, visando a preservar sua hegemonia econômica e militar. Para tanto, contaram com aliados internos que se dispuseram a salvaguardar o “mundo livre”. (LOPEZ, 2008, p. 792). Com base no texto e nos conhecimentos sobre a Guerra Fria, indique duas situações — uma de caráter ideológico e outra de caráter econômico — em que os Estados Unidos exerceram influência decisiva na política brasileira durante o período da ditadura dos governos militares. 1) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... 2) ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... ......................................................................................................................................... * * * UFBA – 2010 – 2a Fase – História – 5