Doenças e cuidados no passado

1.062 visualizações

Publicada em

Aula 19/03 - Cuidar na Antiguidade

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.062
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
234
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doenças e cuidados no passado

  1. 1. DOENÇAS ECUIDADOS NOPASSADO
  2. 2. Australopitecineos H erectus H ergasterH sapiens H neandertal
  3. 3. Assistência no parto possibilitou a Encefalização apesar da Bipedia
  4. 4. A partir dos Neandertais há evidencia clara de cuidado com enfermidades com os outros e: uso de fogo (500.000) cozimento (a partir de H erectus?) sepultamento Shanidar 1(Iraq, 45.000 Neandertal): cuidados com outros • Entre os individuos enterrados em Shanidar, há esqueleto de um velho cego, de um braço só e manco. Cego por traumatismo no olho, com um braço inutilizável (atrofiado e amputado), tinha fratura cicatrizada no pé e alterações patologicas na perna direita (Trinkaus & Shipman, 1992). • Não podia caçar ou coletar. • Para sobreveiver , recebeu cuidados
  5. 5. MENOPAUSA: LONGEVIDADE E MENOPAUSA: Humanos: Vida pós-reprodutiva longa pós- Demais primatas: muito curta HIPÓTESE DA AVÓ cuidadora Surgimento da menopausa em paralelo com encefalização e aumento de infância. Menopausa aumenta valor reprodutivo das filhas Hazda: Blurton Jones et al 2002 Espec vida: 33 a 40% de ind >45 a Knapp et al 2009: hip avó ligada ao XKlimt
  6. 6. Palato fendido e labio leporinoMultifatorialRarissima sobrevivencia naantiguidade, antes do uso demamadeira e de cuidadosespeciaisCaso + antigo: 2000 AC Nubia-Africa
  7. 7. Craniossinostoses e Deformação ArtificialMultifatorial, ARCulturalDoença: pode estar associado com outrossintomas (RM, problemas de desenvolvimentopsico-motor)Deformação craniana artificial: em todos oscontinentes em tempo pré-historicos (espAndes, Africa) pode levar a complicações (infecções, atraso psicomotor)Sobrevida por cuidados
  8. 8. Trepanações: cirurgias cranianasCultural: dores, convulsões, traumas, amuleto+ antigo: 8000 Ucrania com cicatrizaçãoDispersão: todos os continentesCuidados com: dor, hemorragias,infecções, morte
  9. 9. Origem da compaixão6.000.000: ancestrais na Africa – divisão dealimentos, transporte em conjunto decarcassas, defesa contra predadores emconjunto, pegadas bipedes de Laetoli1.800.000: H erectus – dividão de caça,cuidado aloparental, cuidado com os A afarensis: 6.000.000congeneres500.000: H neandertal - caça conjunta demegafauna, adolescencia longa, cuidadocom criança com anormalidade cerebral quesobreviveu até 6 anos, linguagemarticulada, cuidado com ancião manco,cego e com braço amputado120.000: H sapiens – compaixão porestrangeiros, animais, objetos e abstração(religiosidade + arte) Neandertal: 65.000
  10. 10. Varios destes casos: doenças genéticasCertas doenças genéticas são mais frequentes em certas populaçõesVárias doenças comuns tem componente genéticoVárias destas doenças comuns são legados evolutivosGenética e Evolução se inter-relacionamConsequencias deletérias ou não da Evolução e Genética necessitam de cuidados
  11. 11. Raças humanas?Variação em HS muito menor do que em qualquer outra espécie de mamíferoVariação molecular e de proteinas é maior dentro dos “grupos raciais” que entre elesRaça não pode para ser definida biologicamenteMesmo assim, enxergamos aproximadamente etnicidade de cada um sabemos que há grupos com maior frequência de doenças dominantes (efeito fundador: HD na Venezuela) há grupos com maior frequencia de doenças recessivas (endocruzamento de ashkenazi: Tay Sachs) podemos usar craniometria para inferir de onde surgiram populações do Novo MundoEnfermagem: perceber, respeitar cuidar das diferenças que existem entre os humanos

×