Relatório densidade picnómetro

48.979 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
48.979
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
57
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
552
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório densidade picnómetro

  1. 1. RELATÓRIO DE ……………………………………….Data …………………………………………………………… CLASSIFICAÇÃONome …………………………………………………………. …………………………………………………………………………Ano 10º Turma ……….. Nº …...... PROF. ………………………………………………………………TÍTULO: Determinação da densidade relativa de duas amostras (uma sólida e outra líquida), utilizando picnómetros (APL 1.3)OBJECTIVO(S) DO TRABALHO:- Determinar experimentalmente a densidade relativa de duas substâncias, uma sólida e outralíquida, utilizando o picnómetro.- Comparar os valores de densidade obtidos com os valores tabelados e inferir sobre a identidade egrau de pureza das amostras.- Identificar tipos de erros que poderão afectar um resultado.- Executar a experiência de acordo com as regras de segurança.MATERIAL E REAGENTES: Densidade de um sólido: Densidade de um líquido: • Balança de precisão • Balança de precisão • Picnómetro de sólidos • Picnómetro de líquidos • Vidro de relógio • Gobelé • Gobelé • Papel absorvente • Papel absorvente • Seringa e agulha (conta-gotas) • Seringa e agulha (conta-gotas) • Água destilada • Água destilada • Amostra líquida a analisar • Amostra sólida a analisar • Termómetro • TermómetroREGISTO DE MEDIÇÕES/DETERMINAÇÕES EXPERIMENTAIS (use tabelas e/ou gráficos)1) Determinação da densidade relativa de uma substância sólida, usando um picnómetro Tabela 1 – Dados obtidos, por operadores diferentes, na determinação da densidade relativa de uma substância sólida, usando o picnómetro de sólidos. Ensaio m M M’ (massa do sólido) (massa do picnómetro com água) (massa do picnómetro + (massa do sólido) com água e o sólido) 1 0,922 g 92,72 g 92,59 g 2 0,923 g 92,72 g 92,59 g 3 0,921 g 92,72 g 92,59 g
  2. 2. 2) Determinação da densidade relativa de uma substância líquida, usando um picnómetro Tabela 2 – Dados obtidos, por operadores diferentes, na determinação da densidade relativa de uma substância líquida, usando o picnómetro de líquidos. Ensaio V m M M’ (volume do (massa do (massa do picnómetro (massa do picnómetro picnómetro) picnómetro vazio) com água destilada) com o líquido a analisar) 1 25 mL 13,942 g 39,342 g 37,016 g 2 25 mL 13,942 g 39,342 g 37,014 g 3 25 mL 13,942 g 39,342 g 37,015 gOBSERVAÇÕESAmostras utilizadas foram: um sólido de cor cinzenta (zinco) e um líquido incolor (álcool etílico a95%).Temperatura da água: 18,4 ºCTemperatura da amostra líquida: 18,4 ºCCÁLCULOS (atenda às regras de algarismos significativos)1) Determinação da densidade relativa de uma substância sólida a) Medição da massa, m, do corpo sólido.m1 = 0,922gm2 = 0,923gm3 = 0,921g m1 + m2 + m3 0,922 g + 0,923 g + 0,921g X= = = 0,922 g 3 3R: A média das massas obtidas para o corpo sólido é 0,922g. b) Medição da massa, M, do picnómetro com água destilada juntamente com o corpo sólido:M1= 92,72gM2 = 92,72gM3 = 92,72g M 1 + M 2 + M 3 92,72 g + 92,72 g + 92,72 g X= = = 92,72 g 3 3R: A média das massas obtidas para o picnómetro com água destilada juntamente com o sólido é92,72g. c) Medição da massa, M’, do conjunto picnómetro com água destilada e o sólido:M’1= 92,59gM’2 = 92,59gM’3 = 92,59g
  3. 3. M 1 + M 2 + M 3 92,59 g + 92,59 g + 92,59 g X= = = 92,59 g 3 3R: A média das massas obtidas para o conjunto picnómetro com água destilada e o sólido é 92,59g. d) Determinação da densidade relativa da amostra sólida através da expressão: m d amostrasólida = M − M 0,922 g d amostrasólida = = 7,092 92,72 g − 92,59 g R: A densidade relativa da amostra sólida é 7,092. e) Determinação do erro através da expressão: | xi − X | %E = × 100 XComo a amostra sólida é o zinco e a densidade dessa substância a 4ºC é 7,14 então: | 7,092 − 7,14 | %E = × 100 = 0,67% 7,14R: O erro relativo é de 0,67 %.2) Determinação da densidade relativa de uma substância líquida • Cálculo da densidade da água destilada e da amostra líquida dlíquido=dexperimental x dágua destilada à temperatura ambiente <=> dexperimental = dlíquido / d água destilada à temperatura ambiente a) Medição da massa, m, picnómetro de líquidos vazio.m1 = 13,942gm2 = 13,942gm3 = 13,942gR: A massa do picnómetro de líquidos vazio é 13,942g.
  4. 4. b) Medição da massa, M, do picnómetro com: A água destiladaM1= 39,342gM2 = 39,342gM3 = 39,342gR: A massa do picnómetro com água destilada é 39,342g. Amostra líquidaM’1= 37,016gM’2 = 37,014gM’3 = 37,015g M 1 + M 2 + M 3 37,016 g + 37,014 g + 37,015 g X = = = 37,015 g 3 3R: A massa do picnómetro com a amostra líquida é 37,015g. c) Leitura do volume, V, do picnómetroV = 25 mL R: O volume do picnómetro é 25 mL. d) Determinação da densidade da amostra líquida e da água destilada através das expressões: M − m d amostralíquida = V M −m d águadestilada = VAssim: 37,015 g − 13,942 g d amostralíquida = = 0,923g / cm 3 25mL 39,342 g − 13,942 g d águadestilada = = 1,016 g / cm 3 25mL R: A densidade da água destilada é 1,016g/cm3 e a densidade da amostra líquida é0,923g/cm3.
  5. 5. e) Determinação a densidade experimental através da expressão: dexperimental = dlíquido / d água destilada à temperatura ambiente dexperimental = 0,923 / 1,016 = 0,908R: A densidade relativa da amostra líquida é 0,908. f) Determinação do erro através da expressão: | xi − X | %E = × 100 XComo a amostra líquida é o etanol e a densidade dessa substância a 4ºC é 0,79 então: | 0,908 − 0,79 | %E = × 100 = 14,94% 0,79R: O erro relativo é de 14,94 %.RESULTADOSA densidade relativa da amostra sólida foi 7,092. O erro cometido foi por defeito, tendo-se um errorelativo de 0,67 %.A densidade relativa da amostra líquida foi 0,908. O erro cometido foi por excesso, tendo-se um errorelativo de 14,94 %.As determinações foram efectuadas a 18,4 ºC.CONCLUSÕES/CRÍTICAAnalisando a tabela 1 pode verificar-se que apesar das pesagens terem sido efectuadas poroperadores diferentes os resultados não apresentam diferença significativa devido ao facto de tersido usada uma balança de precisão.Comparando a densidade relativa da amostra sólida analisada (d = 7,092) com os valores tabeladosverifica-se que o valor que se aproxima mais do valor encontrado é o do zinco (d=7,14). Podeconcluir-se que se obteve um valor bastante próximo do tabelado. A pequena diferença pode dever-se a vários factores, nomeadamente: a determinação ter sido efectuada a 18,4ºC e o valor tabeladorefere-se a 4ºC; erros efectuados pelos diferentes operadores durante a experiência.Analisando a tabela 2 pode verificar-se que apesar das pesagens terem sido efectuadas poroperadores diferentes os resultados não apresentam diferença significativa devido ao facto de tersido usada uma balança de precisão.Comparando a densidade relativa da amostra líquida analisada (d = 0,908) com os valores tabeladosverifica-se que não há nenhum valor que se aproxime do valor encontrado. Isto pode estarrelacionado com erros efectuados durante a experiência ou com o facto da substância não ser pura.Como posteriormente se soube que a substância analisada era o álcool etílico, então o valor deveria
  6. 6. ser próximo de 0,79 (densidade relativa para etanol a 100% a 4º C). O erro cometido aparentementeelevado deve-se ao facto de se ter utilizado o valor tabelado da densidade relativa para etanol a100% a 4º C, podendo inferir que o álcool utilizado não era puro. Associado a este factor tambémpodem ter sido cometidos erros pelos diferentes operadores durante a experiência.CUIDADOS A TERUtilização da balança - No final das pesagens deve verificar-se se a balança ficou devidamente limpae desligada. Caso se entorne algo sobre o prato da balança deve imediatamente limpar-se o prato dabalança.Enchimento do picnómetro –Para encher um picnómetro deve deixar-se escorrer o líquido lentamente pela parede, de modo aevitar a formação de bolhas de ar. Estas são fonte de erros experimentais. Quando o picnómetroestiver completamente cheio, deve introduzir-se a tampa com um movimento vertical rápido paraobrigar o líquido a entrar para o interior (se for necessário acrescenta-se líquido com um conta-gotas). Deve usar-se papel absorvente para acertar o líquido pelo traço de referência. Deveráconfirmar-se se o picnómetro está bem seco antes de o colocar no prato da balança. Caso existambolhas no interior do picnómetro, deve despejar-se o picnómetro, secá-lo e voltar a enchê-lonovamente.As medições devem ser sempre efectuadas pela linha tangente ao menisco de modo a evitar errosde paralaxe.Não se deve cheirar directamente as soluções ou produtos químicos.BIBLIOGRAFIA/FONTES CONSULTADAS

×