A Glória de Deus<br />Muitos de nós, cristãos, falamos e escutamos a respeito da “Glória de Deus”, mas na verdade nem faze...
A glória de deus
A glória de deus
A glória de deus
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A glória de deus

548 visualizações

Publicada em

a gloria de Deus

Publicada em: Espiritual, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A glória de deus

  1. 1. A Glória de Deus<br />Muitos de nós, cristãos, falamos e escutamos a respeito da “Glória de Deus”, mas na verdade nem fazemos idéia do que realmente se trata. Isaías, capítulo 6, nos dá uma mostra sobre a glória de Deus: <br />“No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo ... Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia de Sua Glória” vs. 1 e 4.<br />A Glória do Senhor ou Shekhinah, na palavra original hebraica, refere-se ao resplendor, a presença de Deus “habitando” entre o seu povo. <br />Quando Salomão orou para consagrar o templo que havia construído, a Glória do Senhor veio em forma de nuvem e encheu o lugar (1Re 8:10-11) de modo que nem os sacerdotes conseguiam ficar ali.<br />Quando dizemos que “damos glória a Deus” não significa que Ele não a tenha e que nós temos que oferecer-lhe. <br />Significa que não há outro ser no céu, na terra ou debaixo da terra que tem tamanho poder, resplendor e glória (shekinah) e nós reconhecemos humildemente essa verdade. <br />Pois a glória do homem (originalmente kavod) nem se compara a majestosa Glória de Deus.<br />“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória.Quem é o Rei da Glória? O SENHOR, forte e poderoso, o SENHOR, poderoso nas batalhas. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Quem é esse Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” Sl 24:7-10<br />A palavra glória, em hebraico kavôd, literalmente significa “pesar” ou “ ser pesado”. <br />O conceito representa a presença de Deus entre os seres humanos, que deixa uma impressão altamente significativa entre eles. É importante saber que a glória é característica intrínseca de Deus. Não é o reconhecimento, nem o louvor que Suas criaturas prestam que tornam Deus glorioso. <br />A Confissão de Fé Batista de 1689 [1], assim afirma:<br />Deus tem em si mesmo e de si mesmo toda a vida, glória, bondade e bem-aventurança. Somente ele é auto-suficiente, em si e para si mesmo; e não precisa de nenhuma das criaturas que fez, nem delas deriva glória alguma; mas somente manifesta, nelas, por elas, para elas e sobre elas a sua própria glória. Ele, somente, é a fonte de toda existência: de quem, através de quem e para quem são todas as coisas, tendo o mais soberano domínio sobre todas as criaturas, para fazer por meio delas, para elas e sobre elas tudo quanto lhe agrade.<br />Deus criou os seres humanos para a Sua glória. O alvo principal do ser humano é conhecer a Deus e glorifica-Lo. <br />A glória de Deus deve ter prioridade sobre qualquer coisa que queiramos realizar. <br />A Bíblia diz: “quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. (1 Coríntios 10:31). Deus nos criou para reconhecer o Seu poder e majestade e viver à luz da Sua glória.<br />A EXPERIÊNCIA DE JACÓ <br />Muitos, à semelhança de Jacó, são manipuladores e estão atrás das bênçãos divinas e não estabelecem um relacionamento transformador com Deus.<br />Literalmente o nome Jacó significa “aquele que segura o calcanhar” , significando suplantador ou enganador . <br />Vemos em sua vida essa característica. <br />Jacó vive manipulando as situações afim de preparar Jacó para encontrar a si mesmo futuramente. <br />Deus preparou uma série de cenas, que lhe servissem de espelhos ao longo da vida.<br />Primeira Experiência. Deus fez Jacó confrontar a sua própria identidade, por meio de perguntas que lhe fez seu pai: <br />“Quem és tu, meu filho?”. “Sou Esaú, teu primogênito”. <br />Até quando Jacó conviveria tão bem com a mentira<br />Fugindo de Deus, Jacó corria na direção (Fuja Jacó) .<br />Segunda Experiência. Raquel, uma linda e jovem donzela, chega perto do poço, na região onde Jacó tinha fugido. Jacó não queria dizer a ela o seu nome. Mas disse a Raquel que era um parente do pai dela e filho de Rebeca.<br />Terceira Experiência. Entra Labão, pai de Raquel, cujo comportamento era muito parecido com o de Jacó. <br />No dia do casamento Labão faz entrar disfarçadamente Lia, vesga, por detrás da cortina. <br />Talvez ele tivesse servido vinho demais a Jacó. <br />Assim como Jacó se tinha vestido de peles, a fim de imitar seu irmão, assim também Labão cobriu Lia para fazer Jacó pensar que estava consumando o casamento com Raquel. “O que é isto que me fizeste?” (29:25). Foi equivalente a: “por que foste um Jacó para mim?”. <br />Quarta Experiencia. <br />DEUS RESERVOU UM MOMENTO PARA MOSTRAR A SUA GLÓRIA A JACÓ <br />REENCONTRO COM SEU PASSADO.<br />Deus já havia tentado fazer isto antes, mas Jacó estava muito empolgado com a vida, com a novidades. (A Pedra e a Escada)<br />Jacó precisava enfrentar a realidade. <br />Deus chamou-o para voltar para sua terra natal – Enfrentar o passado<br />Vinte anos atrás, Esaú quisera matá-lo. <br />Agora Esaú vinha contra ele com 400 homens armados. (Gn 32:22-32) <br />Jacó fica sozinho, à noite. Antes de atravessar o vau de Jaboque, ele pede para que suas esposas e seus filhos o deixem sozinho. <br />Não só isto, ele pede também que todos os seus bens sejam atravessados. Ele fica só. <br />Não sabemos o que Jacó pensou, mas deve ter sido um momento de reflexão. (Ele analisou sua vida, lembrou-se da forma como ele havia fugido de seu irmão, depois de ter conseguido a primogenitura...) <br />Seu coração era marcado por toda uma vida de engano e subterfúgios.<br /> Estar sozinho no vau do Jaboque foi importante para Jacó poder encontrar consigo mesmo. <br />Neste momento de meditação, Jacó avista alguém se aproximando. Seu coração se acelera. <br />Pode ser que Jacó tenha pensado que este desconhecido fosse mensageiro de Esaú. <br />Desencadeia-se uma luta misteriosa com um desconhecido.<br />Entretanto, no decorrer da luta, Jacó entendeu que àquele homem não era um simples mortal, pois se tratava de um emissário de Deus. <br />Os dois lutaram a noite inteira, ao final o anjo deslocou a articulação da coxa de Jacó. Cada passo que desse no futuro haveria de lembrá-lo da sua dependência da graça divina. <br />Antes de abençoa-lo, o anjo lhe dá o nome de Israel. Que significa literalmente em hebraico e Aquele luta com Deus . O anjo, porém, não lhe revela o seu nome, apesar da insistência de Jacó. Jacó tem que aprender, de uma vez por todas, que ele não pode manipular a revelação de Deus. Ele é quem se deixa conhecer. Não é uma resposta ao esforço humano de invocar e controlar a Deus. Mas Jacó precisava defrontar-se com Deus e não com seu irmão, e nem com ele mesmo, com o Jacó que ele gostaria de ser. Depois deste encontro, Jacó nunca mais foi o mesmo. Agora Jacó era um homem quebrantado. Tinha se encontrado consigo mesmo.<br />No decorrer da vida, o homem acaba tendo um encontro decisivo com Deus. No centro desse encontro há uma luta tenaz, em que o homem acaba sendo ferido. <br />Onde o homem se vê reduzido suas pretensões e se adequando ao plano de Deus.<br />E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito. (2 Coríntios 3:18 - NVI)<br />A Glória de Deus é a Shekináh “habitando” entre o seu povo. <br />Significa que não há outro ser no céu, na terra ou debaixo da terra que tem tamanho poder, resplendor e glória (shekinah) e nós reconhecemos humildemente essa verdade. <br />Pois a glória do homem (originalmente kavod) nem se compara a majestosa Glória de Deus.<br />“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória.Quem é o Rei da Glória? O SENHOR, forte e poderoso, o SENHOR, poderoso nas batalhas. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Quem é esse Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” Sl 24:7-10<br />Como podemos glorificar a Deus?1. Fazendo as coisas ordinárias da vida como um tributo de glória para Deus (1 Co 10:31) <br />Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.<br />2. Oferecendo o nosso corpo como instrumento de glorificação a Deus (1 Co 6:20) –<br />Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.<br />3. Vivendo para abençoar outras pessoas a fim de que suas ações de graças redundem em glória ao nome de Deus (2 Co 4:15) <br />Colossenses 1<br />15 O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; <br />16 Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. <br />17 E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.<br />Romanos 11:36<br />Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.<br />I Pedro 5:11<br />A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém. <br />MÚSICA- A ELE A GLÓRIA - A Ele A Glória Diante do TronoPorque d'Ele e por ElePara Ele são todas as coisas (3x)Porque d'Ele e por ElePara Ele são todas as coisasA Ele a glóriaA Ele a glóriaA Ele a glóriaPra sempre amémQuão profundas riquezasO saber e o conhecer de Deus (2x)Quão insondáveisSeus juízos e Seus caminhosA Ele a GlóriaA Ele a GlóriaA Ele a GlóriaPra sempre, amém<br />

×