É a incapacidade de distinguir as cores, é
uma alteração da visão.
O cientista que descobriu esta perturbação
visual foi J...
O que é ser
daltónico?
Não diferenciar cores,
ou ter cegueira de cores
Ter uma vida normal
Trocar as cores
É ter uma defic...
Normalmente, o daltonismo
aparece mais nos rapazes
do que nas raparigas.
Para o daltónico,
o arco-íris não tem 7
cores
mas...
Como vê um
daltónico?
Para saber se uma pessoa sofre de daltonismo
fazem-se vários testes.
Por exemplo, conseguir distinguir números
nas imagens...
Os daltónicos vêem melhor à
noite, do que as outras pessoas.
Entre os daltónicos, a percepção
das cores varia muito.
O dal...
Já alguma vez
viste uma etiqueta
como esta?
O que tem de diferente?
Achas
que podemos
ajudar
os daltónicos?
Como?
Estes símbolos
pertencem
a um código que
ajuda
a identificar as
cores
para os daltónicos.
Sabes
quem
inventou
esse código?
Miguel Neiva
É o inventor de um código, o ColorADD, para ajudar os
daltónicos a reconhecerem as cores em diversos objetos....
Através do conceito
de cores, o daltónico
relaciona os símbolos
com a paleta de
cores.
O código ColorADD
já está a ser usado em:
- bibliotecas
- hospitais
- escolas
- universidades
- transportes públicos
- ind...
O código COLORADD
nas bibliotecas
escolares
O código COLORADD
nas bibliotecas
escolares
Adaptação
das categorias
da CDU às...
http://www.coloradd.net/index.asp
https://pt.wikipedia.org/wiki/Coloradd
http://www.dn.pt/cartaz/designcriativo/interior/c...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Daltonismo

265 visualizações

Publicada em

Explicação do daltonismo aos alunos do 1º ciclo.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Daltonismo

  1. 1. É a incapacidade de distinguir as cores, é uma alteração da visão. O cientista que descobriu esta perturbação visual foi John Dalton, um inglês, que viveu no século XVIII; ele próprio era daltónico. A forma mais comum de daltonismo é a dificuldade em distinguir o verde do vermelho.
  2. 2. O que é ser daltónico? Não diferenciar cores, ou ter cegueira de cores Ter uma vida normal Trocar as cores É ter uma deficiência, não uma doença.
  3. 3. Normalmente, o daltonismo aparece mais nos rapazes do que nas raparigas. Para o daltónico, o arco-íris não tem 7 cores mas 2 ou 3.
  4. 4. Como vê um daltónico?
  5. 5. Para saber se uma pessoa sofre de daltonismo fazem-se vários testes. Por exemplo, conseguir distinguir números nas imagens pontilhadas
  6. 6. Os daltónicos vêem melhor à noite, do que as outras pessoas. Entre os daltónicos, a percepção das cores varia muito. O daltonismo é uma deficiência congénita. Ou seja, é causada pelos genes, é hereditária.
  7. 7. Já alguma vez viste uma etiqueta como esta? O que tem de diferente? Achas que podemos ajudar os daltónicos? Como?
  8. 8. Estes símbolos pertencem a um código que ajuda a identificar as cores para os daltónicos. Sabes quem inventou esse código?
  9. 9. Miguel Neiva É o inventor de um código, o ColorADD, para ajudar os daltónicos a reconhecerem as cores em diversos objetos. O ColorADD é um sistema de identificação das cores. As 3 cores primárias são representadas através de símbolos gráficos e o sistema assenta numa associação lógica.
  10. 10. Através do conceito de cores, o daltónico relaciona os símbolos com a paleta de cores.
  11. 11. O código ColorADD já está a ser usado em: - bibliotecas - hospitais - escolas - universidades - transportes públicos - indústria - vestuário e calçado - turismo - cultura ...
  12. 12. O código COLORADD nas bibliotecas escolares O código COLORADD nas bibliotecas escolares Adaptação das categorias da CDU às cores do Código Coloradd.
  13. 13. http://www.coloradd.net/index.asp https://pt.wikipedia.org/wiki/Coloradd http://www.dn.pt/cartaz/designcriativo/interior/coloradd-o- codigo-de-cores-para-daltonicos-1527180.html Susana Cruz https://bibliotecascoloradd.wordpress.com/2013/02/28/col oradd-fora-de-portas/

×