Geografia+agrária

7.091 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Esportes, Tecnologia
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.091
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
233
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia+agrária

  1. 1. GEOGRAFIA AGRÁRIA
  2. 2. OS SISTEMAS AGRÍCOLAS SISTEMAS TAMANHO DO IMÓVEL OBJETIVO DA PRODUÇÃO NÍVEL TÉCNICO MODO DE PRODUÇÃO ITINERANTE PEQUENO SUBSISTÊNCIA BAIXO POLICULTURA EXTENSIVA PLANTATION GRANDE EXPORTAÇÃO BAIXO MONOCULTURA EXTENSIVA MODERNA GRANDE COMÉRCIO ALTO MONOCULTURA INTENSIVA JARDINAGEM PEQUENO SUBSISTÊNCIA ALTO MONOCULTURA EXTENSIVA
  3. 3. OS SISTEMAS AGRÍCOLAS LAVOURA ITINERANTE
  4. 4. PLANTATION
  5. 5. PEONAGEM
  6. 6. LAVOURA EMPRESARIAL
  7. 7. REVOLUÇÃO VERDE SEMENTES MELHORADAS E INSUMOS INDUSTRIAIS ENCARECIMENTO DA PRODUÇÃO DETERIORAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS AUMENTO DA PRODUÇÃO IMPACTOS AMBIENTAIS
  8. 8. AGRICULTURA MODERNA
  9. 9. JARDINAGEM
  10. 10. TERRACEAMENTO
  11. 11. AGRICULTURA ORGÂNICA
  12. 12. MODERNIZAÇÃO DA AGRICULTURA
  13. 13. SEMENTES TRANSGÊNICAS
  14. 14. TRANSGÊNICOS CONTRA A FAVOR
  15. 15. ÊXODO RURAL
  16. 16. A AGRICULTURA BRASILEIRA A produção de alimentos no Brasil é feita em 282 milhões hectares, conforme mostrado no quadro ao lado.  Estimativa da distribuição territorial no Brasil em milhões de hectares  Floresta Amazônica 345  Áreas protegidas 55  Cidades, lagos e estradas 20  Florestas cultivadas 5  Pastagens 220  Culturas anuais 47  Culturas permanentes 15  Outros usos 38  Áreas não exploradas 106  Total 851
  17. 17. PRINCIPAIS PRODUTOS CAFÉ MG-ES-SP SOJA MS-MT-GO-MG-BA LARANJA SP CANA-DE-AÇÚCAR GO-PR-RJ-SP-PE-AL
  18. 18. PROBLEMAS AUMENTO DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO MAIOR ENDIVIDAMENTO DO PRODUTOR ABANDONO DE PROPRIEDADES E ÊXODO RURAL INCHAÇO DAS CIDADES IMPACTOS AMBIENTAIS
  19. 19. ESTRUTURA FUNDIÁRIA DO BRASIL, 2003
  20. 20. A QUESTÃO FUNDIÁRIA NO BRASIL SESMARIAS 1534 LEI DE TERRAS 1850 ESTATUTO DA TERRA 1964
  21. 21. II PLANO NACIONAL DA REFORMA AGRÁRIA  “Para viabilizar um novo modelo de desenvolvimento rural e agrícola será fundamental a implementação de um programa de reforma agrária amplo e não atomizado, isto é, centrado na definição de áreas reformadas que orientem o reordenamento do espaço territorial do país, via o zoneamento econômico e agroecológico. A implantação de um Plano Nacional para a Reforma Agrária é fundamental para o país, pois irá gerar postos de trabalho no campo, contribuir com as políticas de soberania alimentar, combate à pobreza, e com a consolidação da agricultura familiar. A reforma agrária é também fundamental para dinamizar as economias locais e regionais. A democratização do acesso à terra pressupõe também medidas que ampliem o acesso aos atuais minifundiários e seus filhos e filhas, criando condições para sua viabilidade econômica. Esta é uma luta histórica e será uma prioridade estratégica do nosso governo. O Plano Nacional de Reforma Agrária deverá expressar essas diretrizes políticas nas suas metas, políticas e procedimentos de execução.” Vida Digna no Campo - 2002
  22. 22. VIOLÊNCIA NO CAMPO
  23. 23.  Segundo o professor Ariovaldo Umbelino de Oliveira, esses são os números da reforma agrária no governo Lula:  - reforma agrária – Meta 01 do II PNRA (Assentamentos decorrentes de ações desapropriatórias de grandes propriedades improdutivas, compras de terra e retomada de terras públicas griladas) – foram assentadas apenas 79.298 famílias; - regularização fundiária (Reconhecimento do direito das famílias - populações tradicionais, extrativistas, ribeirinhos, pescadores posseiros, etc. - já existentes nas áreas objeto da ação (flonas, resex, agroextrativista, desenvolvimento social, fundo de pastos, etc) – foram assentadas 39.221 famílias; - reassentamentos fundiários de famílias atingidas por barragens (proprietárias ou com direitos adquiridos em decorrência de grandes obras de barragens e linhas de transmissão de energia realizadas pelo Estado e/ou empresas concessionárias e/ou privadas) – assentaram 1.670 famílias; - reordenação fundiária (substituição e/ou reconhecimento de famílias presentes nos assentamentos já existentes) – envolveram 124.872 famílias.  Fonte: http://www.radioagencianp.com.br/index.php?Itemid=43&id=2020&op tion=com_content&task=view
  24. 24. EXERCÍCIOS1 (Uerj 2009) Analisando os gráficos, verifica-se que, além dos EUA, alguns países europeus são simultaneamente grandes exportadores e grandes importadores de produtos agrícolas. Apresente, em relação aos países europeus, duas justificativas para cada uma dessas condições comerciais.
  25. 25. 2-(Ufrj 2009) O mercado internacional de produtos de origem agrícola divide-se em dois grandes grupos: o das commodities como o trigo, a soja, o milho e o algodão, e o grupo dos produtos de alto valor unitário como o vinho, as flores e algumas frutas. Os mercados consumidores estão cada vez mais exigentes quanto às condições de produção desses dois grupos de produtos. Apresente duas condições de produção: a) das "commodities" agrícolas; b) dos produtos de alto valor unitário.
  26. 26.  3. (Uerj) "(...) hoje já é legítimo se colocar a dúvida quanto à validade da distinção entre campo e cidade. Não é difícil prever uma situação em que a maioria da população "rural", no sentido ecológico, se dedique a funções urbanas e que a prática da agricultura em nada se distinga das demais atividades urbanas.  (PAUL Singer Adaptado de "Economia política da urbanização". São Paulo: Brasiliense, 1995.)   Campo e cidade, apesar de ocuparem diferentes porções do espaço geográfico, são complementares, sendo cada vez mais difícil apontar os limites físicos e funcionais entre um e outro.  Considerando as atividades econômicas, apresente dois exemplos de intercâmbio que demonstram a atual relação de interdependência entre o espaço urbano e o rural.
  27. 27. 1-Os países europeus, principalmente da Europa Ocidental, fazem parte de um bloco de países com alto poder de renda e muito inserido na globalização econômica, participando com grandes fatias do comércio internacional. Nesse caso constituem-se em grandes exportadores de produtos temperados como trigo e compradores de produtos tropicais como café. 2-. a) Entre as condições de produção das "commodities" agrícolas encontram-se: cultivos realizados em grandes propriedades; alto grau de mecanização; aplicação intensiva de agroquímicos; baixa utilização de mão-de-obra por hectare cultivado; produção em grande escala com baixa diferenciação. b) Entre as condições de produção das mercadorias de origem agrícola do alto valor unitário estão: produção em pequenas ou médias parcelas; uso intensivo de mão-de- obra; atributos naturais e culturais do lugar contribuem decisivamente para a composição do valor dos produtos. 3-. Dois dos exemplos: - dependência, por parte da atividade industrial urbana, das matérias-primas produzidas no campo - oferta de produtos em estado natural no comércio varejista - oferta de espaços de lazer no campo para moradores da cidade - dependência, por parte da atividade agropecuária moderna, de produtos industriais e de recursos tecnológicos gerados nas cidades, como tratores, implementos agrícolas, fertilizantes, rações e medicamentos veterinários - oferta de bens e serviços urbanos para os moradores do campo

×