BIBLIOTECA ESCOLAR
O QUE É A WEB 2.0 ?              "Web 2.0 é a mudança para               uma       internet      como               plataf...
WEB 2.0BIBLIOTECA 2.0   BLOGWIKISTREAMING   MEDIAREDES SOCIAISTAGGINGRSSMASHUP
A BIBLIOTECA ESCOLAR 2.0 É ….            Uma teoria para Biblioteca 2.0 poderia ter            quatro elementos essenciais...
É socialmente rica. A presença da bibliotecana web inclui a presença dos usuários.Há tanto formas síncronas (e.g. MI) eass...
AS REDES SOCIAISNão requer muita imaginação começaruma biblioteca como uma rede social emsi. De fato, muitas das funções d...
http://youtu.be/jE6mo0KmDJoBibliografia: VALENZA Joyce(2010)Manifesto for21stCentury School Librarians                    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação slideshare

542 visualizações

Publicada em

slideshare sobre biblioteca escolar e web 2.0

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação slideshare

  1. 1. BIBLIOTECA ESCOLAR
  2. 2. O QUE É A WEB 2.0 ? "Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva.” — Tim OReilly
  3. 3. WEB 2.0BIBLIOTECA 2.0 BLOGWIKISTREAMING MEDIAREDES SOCIAISTAGGINGRSSMASHUP
  4. 4. A BIBLIOTECA ESCOLAR 2.0 É …. Uma teoria para Biblioteca 2.0 poderia ter quatro elementos essenciais: É centrada no usuário. Usuários participam na criação de conteúdos e serviços que eles vêem na presença da biblioteca na web, OPAC, etc. O consumo e a criação do conteúdo é dinâmica, e por isso as funções do bibliotecário e do usuário nem sempre são claras. Oferece uma experiência multimídia. Ambos, coleções e serviços de Biblioteca 2.0, contêm componentes de áudio e vídeo. Embora isso nem sempre seja citado como uma função de Biblioteca 2.0, é aqui sugerido que deveria ser.
  5. 5. É socialmente rica. A presença da bibliotecana web inclui a presença dos usuários.Há tanto formas síncronas (e.g. MI) eassíncrona(e.g. wikis) para os usuários secomunicarem entre si e com osbibliotecários.É comunitariamente inovadora. Este étalvez o aspecto mais importante e singularda Biblioteca 2.0. Baseia-se no fundamentodas bibliotecas como serviço comunitário,mas entende que as comunidades mudam, eas bibliotecas não devem apenas mudarcom elas, elas devem permitir que osusuários mudem a biblioteca. Ela buscacontinuamente mudar seus serviços, acharnovas formas de permitir que ascomunidades, não somente indivíduos,busquem, achem e utilizem informação. Biblioteca 2.0 é uma comunidade virtualcentrada no
  6. 6. AS REDES SOCIAISNão requer muita imaginação começaruma biblioteca como uma rede social emsi. De fato, muitas das funções das bibliotecasao longo da história tem sido como um lugarde reunião comum, um lugar de compartilharidentidade, comunicação, e ação. Redes sociaispermitiriam que bibliotecários e usuários nãosomente interagissem, mas compartilhassem etransformassem recursos dinamicamente emum meio eletrônico. Usuários podem criarvínculos com a rede da biblioteca, ver o queoutros usuários têm em comum com as suasnecessidades de informação, baseado emperfis similares, demografias, fontesPreviamente acessadas, e um grande númerode dados que os usuários fornecem. E, é claro,essas redes permitiriam que os usuáriosescolhessem o que é público e o que não é,uma noção que poderia ajudar a lograr ospontos de privacidade que a Biblioteca 2.0levanta e que Litwin.
  7. 7. http://youtu.be/jE6mo0KmDJoBibliografia: VALENZA Joyce(2010)Manifesto for21stCentury School Librarians http://youtu.be/2SYurRZ7mJAMANESS, Jack M. (2007) Teoria da biblioteca 2.0:web2.0 TRABALHO REALIZADO POR:e suas implicações para as bibliotecas Cristina MarcelinoPINHEIRO,Carlos (2010) A BE como portal físico e virtual Professora Bibliotecária daManual de ferramentas Web 2.0 para professores E.B. 2,3 Mário de Sá CarneiroDirectório da Web 2.0 19 de Abril de 2012

×