SlideShare uma empresa Scribd logo

A bruxa mimi pw pt

1 de 27
Baixar para ler offline
Korki Paul
Valerie Thomas
A bruxa
Mimi
A bruxa Mimi vivia numa casa
preta no meio da floresta .
A casa era preta por fora e por
dentro. A carpete era preta.
As cadeiras eram pretas.
A cama era preta e tinha lençóis
pretos e cobertores pretos.
Até a casa de banho era preta.
A Mimi vivia na sua casa
preta com o gato Rogério.
O Rogério também era
preto.
E foi por causa disso que os
problemas começaram…
Quando o Rogério se
sentava numa cadeira
com os olhos abertos, a
Mimi conseguia vê-lo.
Pelo menos conseguia
ver os olhos dele.
Mas, quando o Rogério
fechava os olhos e
adormecia, a Mimi já
não conseguia vê-lo. E
por isso sentava-se em
cima dele.
Quando o Rogério se
sentava na carpete
com os olhos abertos, a
Mimi conseguia vê-lo.
Pelo menos conseguia
ver os olhos dele.

Recomendados

Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimiAna Alho
 
A Bruxa Mimi
A Bruxa MimiA Bruxa Mimi
A Bruxa MimiJATG
 
Power point a bruxa mimi
Power point a bruxa mimiPower point a bruxa mimi
Power point a bruxa mimiteresa_ramos
 
Maria castanha com a historia dos duendes
Maria castanha com a historia dos duendesMaria castanha com a historia dos duendes
Maria castanha com a historia dos duendeszemeira
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoSilvares
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Uma Prenda de Natal
Uma Prenda de NatalUma Prenda de Natal
Uma Prenda de Natal
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
 
A Abóbora Gigante
A Abóbora GiganteA Abóbora Gigante
A Abóbora Gigante
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonado O sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Historia. sara tomã© boneco de neve
Historia. sara tomã© boneco de neveHistoria. sara tomã© boneco de neve
Historia. sara tomã© boneco de neve
 
A princesa baixinha power point
A princesa baixinha   power pointA princesa baixinha   power point
A princesa baixinha power point
 
Natal, história
Natal, históriaNatal, história
Natal, história
 
Que grande abóbora mimi!
Que grande abóbora mimi!Que grande abóbora mimi!
Que grande abóbora mimi!
 
Historia de outono
Historia de outonoHistoria de outono
Historia de outono
 
A bruxa mimi no inverno
A bruxa mimi no invernoA bruxa mimi no inverno
A bruxa mimi no inverno
 
A Castanha Lili
A Castanha LiliA Castanha Lili
A Castanha Lili
 
O boneco-de-neve-que-queria-ir-para-a-escola
O boneco-de-neve-que-queria-ir-para-a-escolaO boneco-de-neve-que-queria-ir-para-a-escola
O boneco-de-neve-que-queria-ir-para-a-escola
 
Desculpa por-acaso-es-uma-bruxa
Desculpa por-acaso-es-uma-bruxaDesculpa por-acaso-es-uma-bruxa
Desculpa por-acaso-es-uma-bruxa
 
Kiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leiteKiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leite
 
A bruxa Mimi
A bruxa MimiA bruxa Mimi
A bruxa Mimi
 
Um bocadinho inverno
Um bocadinho invernoUm bocadinho inverno
Um bocadinho inverno
 
A Maria Castanha
A Maria CastanhaA Maria Castanha
A Maria Castanha
 
Animais que hibernam pp
Animais que hibernam ppAnimais que hibernam pp
Animais que hibernam pp
 
O outono
O outonoO outono
O outono
 
Mamã maravilha
Mamã maravilhaMamã maravilha
Mamã maravilha
 

Destaque

O bruxa que roubou o sol (@)
O bruxa que roubou o sol (@)O bruxa que roubou o sol (@)
O bruxa que roubou o sol (@)Marisa Cesconetto
 
Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1SimoneHelenDrumond
 
Bruxinha luna e a palavra mágica
Bruxinha luna e a palavra mágicaBruxinha luna e a palavra mágica
Bruxinha luna e a palavra mágicaBiblioteca de Fafe
 
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil Paula Naranjo
 
Era Uma Vez Uma Bruxa
Era Uma Vez Uma BruxaEra Uma Vez Uma Bruxa
Era Uma Vez Uma BruxaBruxx
 
A História De Uma Bruxa Alterada
A História De Uma  Bruxa AlteradaA História De Uma  Bruxa Alterada
A História De Uma Bruxa AlteradaTaniaRaquel
 
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxa
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxaDesculpa, por-acaso-és-uma-bruxa
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxaSandra Figueiredo
 
Guião de leitura a bruxa mimi
Guião de leitura   a bruxa mimiGuião de leitura   a bruxa mimi
Guião de leitura a bruxa mimiFilomena Claudino
 

Destaque (12)

O bruxa que roubou o sol (@)
O bruxa que roubou o sol (@)O bruxa que roubou o sol (@)
O bruxa que roubou o sol (@)
 
A Bruxa Mimi[1]
A Bruxa Mimi[1]A Bruxa Mimi[1]
A Bruxa Mimi[1]
 
O Espantalho Solitário
O Espantalho SolitárioO Espantalho Solitário
O Espantalho Solitário
 
Bruxamimi
BruxamimiBruxamimi
Bruxamimi
 
A Bruxa Esbrenhuxa
A Bruxa EsbrenhuxaA Bruxa Esbrenhuxa
A Bruxa Esbrenhuxa
 
Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1Matemática no ensino infantil 1
Matemática no ensino infantil 1
 
Bruxinha luna e a palavra mágica
Bruxinha luna e a palavra mágicaBruxinha luna e a palavra mágica
Bruxinha luna e a palavra mágica
 
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
 
Era Uma Vez Uma Bruxa
Era Uma Vez Uma BruxaEra Uma Vez Uma Bruxa
Era Uma Vez Uma Bruxa
 
A História De Uma Bruxa Alterada
A História De Uma  Bruxa AlteradaA História De Uma  Bruxa Alterada
A História De Uma Bruxa Alterada
 
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxa
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxaDesculpa, por-acaso-és-uma-bruxa
Desculpa, por-acaso-és-uma-bruxa
 
Guião de leitura a bruxa mimi
Guião de leitura   a bruxa mimiGuião de leitura   a bruxa mimi
Guião de leitura a bruxa mimi
 

Semelhante a A bruxa mimi pw pt

Semelhante a A bruxa mimi pw pt (17)

A bruxa mimi
A bruxa mimiA bruxa mimi
A bruxa mimi
 
Abruxamimi 130806180006-phpapp02
Abruxamimi 130806180006-phpapp02Abruxamimi 130806180006-phpapp02
Abruxamimi 130806180006-phpapp02
 
A Bruxa Mimi
A Bruxa MimiA Bruxa Mimi
A Bruxa Mimi
 
A+bruxa+mimi2[1]
A+bruxa+mimi2[1]A+bruxa+mimi2[1]
A+bruxa+mimi2[1]
 
A+bruxa+mimi2[1]
A+bruxa+mimi2[1]A+bruxa+mimi2[1]
A+bruxa+mimi2[1]
 
A bruxa mimi
A bruxa mimiA bruxa mimi
A bruxa mimi
 
A Bruxa Mimi
A  Bruxa  MimiA  Bruxa  Mimi
A Bruxa Mimi
 
A bruxa Mimi
A bruxa MimiA bruxa Mimi
A bruxa Mimi
 
A bruxa mimi[1]
A bruxa mimi[1]A bruxa mimi[1]
A bruxa mimi[1]
 
A BRUXA MIMI!
A BRUXA MIMI!A BRUXA MIMI!
A BRUXA MIMI!
 
A bruxa mimi
A bruxa mimiA bruxa mimi
A bruxa mimi
 
A bruxa mimi 2
A bruxa mimi 2A bruxa mimi 2
A bruxa mimi 2
 
A Bruxa Mimi
A Bruxa MimiA Bruxa Mimi
A Bruxa Mimi
 
A Bruxa Mimi[1]
A Bruxa Mimi[1]A Bruxa Mimi[1]
A Bruxa Mimi[1]
 
A bruxa mimi
A bruxa mimiA bruxa mimi
A bruxa mimi
 
A bruxa Mimi
A bruxa MimiA bruxa Mimi
A bruxa Mimi
 
A bruxa mimi e o gaspar
A bruxa mimi e o gasparA bruxa mimi e o gaspar
A bruxa mimi e o gaspar
 

A bruxa mimi pw pt

  • 2. A bruxa Mimi vivia numa casa preta no meio da floresta . A casa era preta por fora e por dentro. A carpete era preta. As cadeiras eram pretas. A cama era preta e tinha lençóis pretos e cobertores pretos. Até a casa de banho era preta.
  • 3. A Mimi vivia na sua casa preta com o gato Rogério. O Rogério também era preto. E foi por causa disso que os problemas começaram…
  • 4. Quando o Rogério se sentava numa cadeira com os olhos abertos, a Mimi conseguia vê-lo. Pelo menos conseguia ver os olhos dele.
  • 5. Mas, quando o Rogério fechava os olhos e adormecia, a Mimi já não conseguia vê-lo. E por isso sentava-se em cima dele.
  • 6. Quando o Rogério se sentava na carpete com os olhos abertos, a Mimi conseguia vê-lo. Pelo menos conseguia ver os olhos dele.
  • 7. Mas quando o Rogério fechava os olhos e adormecia, a Mimi já não conseguia vê-lo .
  • 8. E por isso tropeçava nele.
  • 9. Um dia, depois de um grande trambolhão a Mimi decidiu fazer qualquer coisa para resolver o problema. Pegou na varinha mágica, agitou-a uma vez no ar e … ABRACADRABA! O Rogério deixou de ser um gato preto. Agora era verde alface!
  • 10. A partir de então, quando o Rogério adormecia numa cadeia, a Mimi conseguia vê-lo.
  • 11. E, quando se deitava no chão a dormir, a Mimi conseguia vê-lo também.
  • 12. E conseguia vê-lo quando estava a dormir na cama dela. O que era muito útil, porque o Rogério não tinha autorização para dormir na cama dela …
  • 13. … por isso, a Mimi levou-o lá para fora. E pousou-o no meio da relva.
  • 14. E, por isso, ao sair de casa muito apressada, a Mimi tropeçou no Rogério, deu três cambalhotas no ar …
  • 15. … e caiu em cima de uma roseira.
  • 16. Ora, quando o Rogério se sentava no meio da relva, a Mimi não conseguia vê-lo. Nem mesmo quando ele tinha os olhos abertos.
  • 17. Desta vez, a Mimi ficou furiosa. Pegou na varinha mágica, agitou-a no ar cinco vezes e …
  • 19. Agora, o Rogério tinha a cabeça encarnada, o corpo amarelo, a cauda cor-de-rosa, os bigodes azuis e as patas roxas. Mas os olhos continuavam verdes. Pelo menos, agora a Mimi conseguia vê-lo em todos os sítios, quer ele se deitasse numa cadeira, na carpete ou no meio da relva!
  • 20. Conseguia vê-lo até mesmo quando trepava ao cimo da árvore mais alta.
  • 21. O Rogério tinha trepado à árvore mais alta para se esconder. Sabia perfeitamente que tinha um aspecto ridículo. Até os pássaros se riam dele. O Rogério sentia-se muito infeliz. E deixou-se ficar no cimo da árvore todo o dia e toda a noite.
  • 22. Na manhã seguinte, o Rogério continuava no cimo da árvore. A Mimi estava preocupada. Gostava muito do Rogério e não queria que ele se sentisse infeliz.
  • 23. Foi então que teve uma ideia. Agitou no ar a sua varinha mágica e … ABRACADABRA!
  • 24. O Rogério era novamente um gato preto. E desceu da árvore, ronronando de satisfação.
  • 25. Então, a Mimi agitou a varinha mágica no ar uma vez, duas vezes, três vezes… … muitas vezes!
  • 26. Agora, em vez de uma casa preta, a Mimi tinha uma casa amarela com telhado encarnado e porta encarnada. As cadeiras eram brancas, com almofadas brancas e encarnadas. A carpete era verde e cor-de-rosa. A cama era azul, com lençóis brancos e cor-de-rosa e cobertores cor-de-rosa. A casa de banho era de um branco cintilante. E agora a Mimi consegue ver sempre o Rogério, seja onde for que ele se deite.
  • 27. P. B. – 2009/2010 Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio