Colonialismo e Imperialismo no século XIX - Raiz Editora

1.231 visualizações

Publicada em

Powerpoint para o 9.º ano construído pela Raiz Editora

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Colonialismo e Imperialismo no século XIX - Raiz Editora

  1. 1. História nove Colonialismo e imperialismo no século XIX
  2. 2. História nove SUMÁRIO 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais - O apogeu da Europa - A ascensão dos EUA - A ascensão do Japão 2. Um novo colonialismo - O imperialismo como consequência da industrialização - A dominação económica - A dominação política - A dominação cultural 3. A partilha do mundo - A corrida ao continente africano - As grandes potências coloniais no início do século XX
  3. 3. História nove 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa 100 milhões de habitantes Mundo Europa 1914 2014 População europeia e mundial em 1914 e em 2014.
  4. 4. História nove A SUPREMACIA EUROPEIA Entre todas as realizações, as mais numerosas, as mais surpreendentes, as mais fecundas couberam a uma parte bastante restrita da humanidade e a um território bem pequeno relativamente ao conjunto das terras habitáveis. A Europa foi esse lugar privilegiado; o Europeu, o autor desses prodígios. Paul Valéry, Variétés, 1924 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa
  5. 5. História nove O predomínio económico da Europa no início do século XX. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa
  6. 6. História nove Nos finais do século XIX, a Europa:  Dominava extensas áreas do globo  Era a «fábrica do mundo»  Era o «banqueiro do mundo»  Era o «comerciante do mundo»  Era a «universidade do mundo» 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa
  7. 7. História nove Resto do mundo Europa 58 6 PRÉMIOS NOBEL (1901-1920) 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa
  8. 8. História nove Aspeto da Exposição Universal de Paris de 1889. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais O apogeu da Europa
  9. 9. História nove Produção de aço nos principais países industrializados. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais A ascensão dos EUA
  10. 10. História nove Cidade industrial nos EUA, no final do século XIX. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais A ascensão dos EUA
  11. 11. História nove A «revolução do comboio» contribuiu decisivamente para o desenvolvimento económico dos EUA a partir da segunda metade do século XIX. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais A ascensão dos EUA
  12. 12. História nove O CRESCIMENTO JAPONÊS A indústria moderna desenvolve-se no Japão cada vez mais […]. Para isso contribuiu a intervenção do Estado, através de subsídios às indústrias novas, do desenvolvimento dos meios de transporte, dos correios, dos telégrafos. A causa essencial deste brilhante crescimento está, porém, no preço extremamente baixo dos salários. M. Fallex e A. Mairey, As grandes potências do mundo, 1913 Barco a vapor na baía de Tóquio (1870) e comboio da linha Tóquio-Yokohama (1875). Gravuras japonesas da época. 1. A preponderância europeia no mundo e a ascensão dos países rivais A ascensão do Japão
  13. 13. História nove Fábrica têxtil no Reino Unido, nos finais do século XIX. 2. Um novo colonialismo O imperialismo como consequência da industrialização: a dominação económica
  14. 14. História nove Os grandes cargueiros a vapor transportavam mercadorias para as colónias e matérias-primas das colónias para a Europa. 2. Um novo colonialismo O imperialismo como consequência da industrialização: a dominação económica
  15. 15. História nove CRESCIMENTO INDUSTRIAL E COLONIALISMO A política colonial é filha da política industrial. Para os Estados ricos, onde os capitais se acumulam e onde a produção cresce continuamente […], a exportação é absolutamente essencial. Sem ela não há prosperidade, nem investimento de capitais, nem empregos […]. Ora os mercados europeus estão saturados; é necessário, portanto, encontrar consumidores noutras partes do mundo. Jules Ferry, Tonquim e a Mãe-Pátria, 1890. Alegoria à conquista de Tonquim, na Indochina, por tropas francesas, em 1885. 2. Um novo colonialismo O imperialismo como consequência da industrialização: a dominação económica
  16. 16. História nove OS DONOS DO MUNDO Grandes ou pequenos, antigos ou recentes, são cinco ou seis países que detêm a maior parte da riqueza do mundo. O seu grande negócio consiste em investir vultosos capitais nos outros países, retirando daí enormes benefícios. Eles são senhores de terras longínquas, donde lhes vêm lucros sem precisarem de lá pôr os pés; […] fazem cultivar em seu proveito territórios imensos, por legiões de negros, de chineses e até mesmo de brancos […]; possuem minas e fábricas de que recebem os dividendos sem jamais as terem visto com os seus próprios olhos; numa palavra: enriquecem com o trabalho dos outros. Revista dos Dois Mundos, 1896 Carregador indiano transportando um fardo de algodão. Pormenor de um mapa britânico de 1896. 2. Um novo colonialismo O imperialismo como consequência da industrialização: a dominação económica
  17. 17. História nove Os Europeus consideravam que a colonização era um fator de progresso e não de exploração. Imagem de um jornal francês de 1911. 2. Um novo colonialismo O imperialismo como consequência da industrialização: a dominação económica
  18. 18. História nove Os territórios coloniais eram governados pelos próprios colonizadores ou por dirigentes locais da sua confiança. Imagem de um jornal francês de 1898. 2. Um novo colonialismo A dominação política
  19. 19. História nove DUAS VISÕES DO COLONIALISMO As raças superiores têm um direito em relação às raças inferiores. Têm um direito e um dever. Têm o dever de as civilizar. Discurso de Jules Ferry na Câmara dos Deputados, 1885 Raças superiores! Raças inferiores! Por mim rebato totalmente essa ideia […]. Não, não há qualquer direito das nações ditas superiores em relação às nações ditas inferiores. Não tentemos disfarçar a violência sob o nome hipócrita de civilização. Georges Clemenceau, Jornal da Câmara dos Deputados, 1885 2. Um novo colonialismo A dominação cultural
  20. 20. História nove Esta imagem de 1911 mostra como os hábitos europeus se impunham às tradições locais: chineses sacrificam a trança, o seu penteado tradicional. 2. Um novo colonialismo A dominação cultural
  21. 21. História nove Imposição do traje europeu entre as classes dirigentes da China. Imagem de um jornal francês de 1912. 2. Um novo colonialismo A dominação cultural
  22. 22. História nove Imposição da ordem colonial. Caricatura de 1899 sobre o recente domínio pelos EUA (representados pelo tio Sam) de Cuba, Porto Rico, Havai e Filipinas. 2. Um novo colonialismo A dominação cultural
  23. 23. História nove No final do século XIX, vários países europeus, como a França e o Reino Unido, começaram a enviar missões de exploração ao continente africano. Na imagem, de um jornal francês de 1905, destaca-se Pierre de Brazza, que explorou o Congo ao serviço da França. 3. A partilha do mundo A corrida ao continente africano
  24. 24. História nove Na Conferência de Berlim de 1884-1885, as principais potências europeias dividiram entre si o continente africano. 3. A partilha do mundo A corrida ao continente africano
  25. 25. História nove 3. A partilha do mundo A corrida ao continente africano África após a Conferência de Berlim de 1884-1885.
  26. 26. História nove Exploradores franceses e alemães procedem à demarcação de fronteiras nas colónias africanas ocupadas na sequência da Conferência de Berlim. Imagem de um jornal francês de 1913. 3. A partilha do mundo A corrida ao continente africano
  27. 27. História nove Os impérios coloniais no início do século XX. 3. A partilha do mundo As grandes potências coloniais no início do século XX
  28. 28. História nove Mapa britânico de 1896 glorificando o Império Colonial. 3. A partilha do mundo As grandes potências coloniais no início do século XX: o Reino Unido
  29. 29. História nove O expansionismo britânico em África. Nesta caricatura de finais do século XIX é representado o administrador colonial inglês Cecil Rhodes com um pé no Cairo e outro na Cidade do Cabo. 3. A partilha do mundo As grandes potências coloniais no início do século XX: o Reino Unido
  30. 30. História nove OS ESTADOS UNIDOS E O MUNDO As fábricas americanas produzem mais do que o povo americano necessita; o solo americano produz mais do que nós podemos consumir. […] O comércio mundial tem de ser e será nosso. […] Estabeleceremos entrepostos comerciais por todo o mundo, para que sejam os centros de distribuição dos produtos americanos. Cobriremos os oceanos com os nossos navios mercantes. Albert Beveridge (senador americano republicano), 1898 3. A partilha do mundo As grandes potências coloniais no início do século XX: os EUA
  31. 31. História nove A penetração americana na Ásia. Caricatura do começo do século XX. 3. A partilha do mundo As grandes potências coloniais no início do século XX: os EUA

×