Arte do século XIX

4.580 visualizações

Publicada em

Powerpoint para alunos do 8º ano sobre arte, literatura e música

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.580
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
137
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte do século XIX

  1. 1. AS CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX
  2. 2. OBSERVEM COM ATENÇÃO AS PINTURAS QUE SE SEGUEM 1. Acham que estamos perante a mesma corrente artística? 2. Pronunciem-se sobre o tema tratado e a estrutura pictórica.
  3. 3. Eugene Delacroix, A liberdade guiando o povo, 1830 Gustave Courbet, Os britadores de pedra 1850 Claude Monet, Sol Nascente, 1874
  4. 4. VAMOS DESCOBRIR…
  5. 5. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Exaltação de sentimentos, pelo recurso à imaginação, fantasia, sonhos e emoção Valorização e amor à Natureza e recusa das regras tradicionais (neoclassicismo) Defesa da liberdade, do espírito nacional, da independência dos povos e do amor Interesse pela Idade Média e pelos mundos exóticos Inspiração nos tempos gloriosos dos seus países
  6. 6. ROMANTISMO Romantismo CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Eugene Delacroix, A liberdade guiando o povo, 1830
  7. 7. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Eugene Delacroix, A Barca de Dante, 1822
  8. 8. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro William Turner, Veneza: o grande canal, 1835
  9. 9. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro John Constable, A Catedral de Salisbúria Vista do Jardim do Bispado, 1823
  10. 10. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Caspar, David Friedrich Kunsthalle, Viandante sobre um Mar de Névoa, 1818
  11. 11. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Tomás da Anunciação, Vista da Amora, 1852
  12. 12. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro João Cristino da Silva, Cinco Artistas, 1855
  13. 13. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Palácio da Pena, Sintra. Iniciativa de D. Fernando de Saxe Courgo-Gotha (marido D. Maria II); projecto do Barão Von Eschwege; 1847 (reconstrução)
  14. 14. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Palácio da Pena, Sintra. Iniciativa de D. Fernando de Saxe Courgo-Gotha (marido D. Maria II); projecto do Barão Von Eschwege; 1847 (reconstrução)
  15. 15. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Palácio da Pena, Sintra. Iniciativa de D. Fernando de Saxe Courgo-Gotha (marido D. Maria II); projecto do Barão Von Eschwege; 1847 (reconstrução)
  16. 16. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Palácio da Pena, Sintra. Iniciativa de D. Fernando de Saxe Courgo-Gotha (marido D. Maria II); projecto do Barão Von Eschwege; 1847 (reconstrução)
  17. 17. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro LITERATURA: Victor Hugo (França) Goethe, Schiller (Alemanha) Walter Scott (Escócia) Lord Byron (Inglaterra) Almeida Garrett, Alexandre Herculano, Camilo Castelo Branco (Portugal)
  18. 18. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Presbitério de Carteia. À meia noite dos idos de Dezembro de 748 Era por uma destas noites vagarosas do Inverno em que o brilho do céu sem lua é vivo e trémulo; em que o gemer das selvas é profundo e longo; em que a soledade das praias e ribas fragosas do oceano é absoluta e tétrica. Era a hora que o homem está recolhido nas suas mesquinhas moradas; em que pelos cemitérios o orvalho se pendura no topo das cruzes e, sozinho, goteja das bordas das campa; em que só ele chora os mortos. As larvas da imaginação e o gear nocturno afastam do campo santo a saudade da viúva e do órfão a desesperação da amante, o coração despedaçado do amigo. Alexandre Herculano, Eurico, o Presbítero, 1844
  19. 19. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro MÚSICA – alguns compositores: •Mahler, 1860-1911 • Tchaikovsky, 1840-1893 •Chopin, 1810-1849 •Liszt, 1811-1886 •Mendelssohn, 1809-1847 •Berlioz, 1806-1869
  20. 20. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro MÚSICA – exemplos: Frederic Chopin, polaco/francês;1810-1849 •Nocturno op.9/2 Pianista revolucionário. Criou novas sonoridades e melodias melancólicas muito poéticas. Esta sua música é um fresco sonoro de cores doces e de um timbre muito sentimental, um bom exemplo da corrente artística do Romantismo
  21. 21. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro MÚSICA – exemplos: Frank Lizst, Húngaro;1811-1886 •Sonho de Amor nº 3 Compositor inovador. Explorou as possibilidades do piano até à exaustão.
  22. 22. ROMANTISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro MÚSICA – exemplos: Felix Mendelssohn Alemão;1809-1847 •A Midsummer Night´s Dream Marcha Nupcial De estilo profundamente poético, com grande expressão de sentimentos, ainda hoje é tocada como marcha nupcial nos casamentos. É como um romance sem palavras
  23. 23. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Valorização da representação da realidade Representação realista do real sem idealização Análise da sociedade e critica às desigualdades sociais Alertar a sociedade para as injustiças contradições, ambicionando reformá-la e melhorá-la
  24. 24. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Gustave Courbet, Os britadores de pedra 1850
  25. 25. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Jean-François Millet, 1814-1875
  26. 26. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Francisco Goya, Os fuzilamentos de três de Maio,1814
  27. 27. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Columbano, Bordalo Pinheiro, Um concerto de amadores, 1882
  28. 28. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Columbano, Bordalo Pinheiro, Descendo o Chiado
  29. 29. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Silva Porto, Colheita – Ceifeiras, c. 1893
  30. 30. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Silva Porto, Guardando o rebanho, 1893
  31. 31. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro José Malhoa, Os bêbados, 1909
  32. 32. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro José Malhoa, O fado, 1910
  33. 33. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Auguste Rodin, O Beijo, 1886
  34. 34. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Auguste Rodin, O Pensador, 1902
  35. 35. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Auguste Rodin, O Pensador, 1902
  36. 36. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Soares dos Reis, O Desterrado, 1872 D. Afonso Henriques, 1888
  37. 37. REALISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro LITERATURA: Balzac, Flaubert, Émile Zola(França) Léon Tolstoi, Dostoievski (Rússia) Charles Dickens (Inglaterra) Antero de Quental, Ramalho de Ortigão, Eça de Queirós (Portugal)
  38. 38. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Retratar a realidade em constante mudança as impressões do momento Captar o instante fugidio, os tons de paisagem a horas diferentes do dia Valorizar a luz e a cor mais do que o desenho exacto Técnica nova: pinceladas curtas, figuras sem contornos definidos
  39. 39. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Claude Monet, Sol Nascente, 1872
  40. 40. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Claude Monet, La Grenouillère, 1869
  41. 41. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Claude Monet, Veneza
  42. 42. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Edouard Manet, A Barca de Dante, 1859
  43. 43. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Pierre Auguste Renoir, No Terraço, 1881
  44. 44. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Pierre Auguste Renoir, Auto retrato, 1910
  45. 45. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Pierre Auguste Renoir, O Baile do Moulin de la Galette, 1876
  46. 46. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Edgar Degas, Aula de Ballet
  47. 47. IMPRESSIONISMO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro José Malhoa, Outono, 1918
  48. 48. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Torre Eiffel, Paris, 1889
  49. 49. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Estação de Orsay, Paris
  50. 50. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Ponte D. Maria Pia, Porto
  51. 51. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Ponte D. Maria Pia, Porto
  52. 52. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Ponte D. Luís, Porto
  53. 53. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Elevador de Santa Justa, Lisboa
  54. 54. A ARQUITECTURA DO FERRO CORRENTES ARTÍSTICAS DO SÉCULO XIX Romantismo Realismo Impressionismo A arquitectura do ferro Palácio de Cristal, Porto
  55. 55. Professora Cristina Barcoso Lourenço

×