SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
Cargos e salários 2010: Quanto ganha o profissional de teste e qualidade de software no Brasil?
Existem várias pesquisas sobre cargos e salários dos profissionais da área de Tecnologia da Informação. No entanto, você poderá notar que normalmente não
existem nestas pesquisas cargos para discriminar testadores, líderes de teste, gerentes de teste, etc. Para preencher esta lacuna, esta pesquisa se propõe a
desenhar o mapa dos profissionais de teste e qualidade de software do Brasil. Considerando que a área de teste e qualidade de software é uma das áreas em
franca expansão da atualidade, o resultado dessa pesquisa será de grande interesse para os profissionais que já atuam, assim como, os profissionais que têm
interesse em ingressar nesta área.
A pesquisa de cargos e salários foi realizada no período de junho a novembro de 2010 e contou com a participação de 1219 respondentes. Para efeito de
classificação de senioridade, foi usada a seguinte regra (apesar de muitas empresas usarem regras e políticas próprias com base em critérios internos):
 0 a 2 anos de experiência: Júnior
 3 a 6 anos de experiência: pleno
 7 a 15 anos de experiência: Sênior
 Superior a 16 anos de experiência: Master
Sobre o autor
Referências bibliográficas
Total de respostas agrupadas por estado
Estado Total
AC 1
AM 13
AP 1
BA 19
CE 23
DF 92
ES 3
GO 30
MG 132
MS 2
MT 2
PA 5
PB 3
PE 63
PR 72
RJ 88
RN 3
RO 1
RR 1
RS 157
SC 82
SE 8
SP 418
Total geral 1219
Média geral de salários agrupada por estado e função
Estado Analista de
testes
Auditor da
qualidade
(SQA)
Automatizador de
testes (funcionais ou
de performance)
Líder/Diretor/
Gerente de testes
Outros Testador
AC 1000
AM 2553 850 3600 2600
AP 600
BA 1762 1733 1650 1077
CE 2210 2400 3000 2383 1125
DF 3313 2769 7100 3385 1485
ES 2433
GO 1774 2250 1112 900
MG 2395 2700 2625 5308 2680 1317
MS 1700 2030
MT 1000 800
PA 2360 4260 4000
PB 1550 1000
PE 2217 1900 2300 3550 1983 2033
PR 2058 2800 1090 4742 2015 1022
RJ 3487 5000 4000 5787 3475 1254
RN 1500 2800
RO 510
RR 900
RS 2612 2580 4045 4906 4069 1458
SC 2071 1498 2917 3322 3834 1275
SE 2100 1200 1138
SP 3116 3943 4354 5970 2740 1610
Média geral 2755 3209 3168 5228 2885 1420
Média geral de salários agrupada por função e formação
Análise de
sistemas
Ciência da
computação
Não possui Outros Sistemas de
informação
Técnico Tecnólogo
Analista de testes 2933 2973 2356 3263 2376 2269 2928
Auditor da qualidade
(SQA)
3033 3517 3800 2568 3648
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
3850 2881 2335 510 2718 4263
Líder/Diretor/Gerente
de testes
5953 5267 1000 5714 4540 2450 5396
Outros 3343 4419 825 2177 2137 1304 2546
Testador 1429 1480 1223 2009 1296 1260 1535
Média geral 3423 3423 1548 2912 2606 1821 3386
Média geral de salários agrupada por função e certificação conquistada
CBTS COBIT CSQA CSTE CTFL ITIL PMI/PMP Outros Não possui
Analista de testes 3296 2500 4500 4744 3324 3222 2000 2767 2549
Auditor da qualidade
(SQA)
4130 4025 1000 3350 3011
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
4200 6500 3226 2625 4138 2642
Líder/Diretor/Gerente
de testes
5382 4000 7114 4690 6000 6950 6143 4696
Outros 3233 3857 9300 2862 2554
Testador 2200 1555 2000 1251 1388
Média geral 3740 2500 4250 6120 3446 4025 4475 3419 2807
Média geral de salários agrupada por função e forma de contratação
CLT PJ Estagiário
Analista de testes 2580 3907 1395
Auditor da qualidade
(SQA)
3107 3533
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
3006 4248 800
Líder/Diretor/Gerente
de testes
4637 7093
Outros 2727 5084 750
Testador 1529 2291 782
Média geral 2931 4359 932
Média geral de salários agrupada por função e senioridade
Júnior Pleno Sênior Master
Analista de testes
1958 3088 4090 4220
Auditor da qualidade
(SQA)
2579 3272 3650
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
2163 3383 4812
Líder/Diretor/Gerente
de testes
3303 4449 6477 6666
Outros
1738 2740 4212 6386
Testador
1218 1934 2700 600
Média geral
2160 3144 4324 4468
Média geral de salários agrupada por estado, função e senioridade
Júnior
Estado Analista de
testes
Auditor da
qualidade
(SQA)
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
Líder/Diretor/
Gerente de testes
Outros Testador
AC 1000
AM 1652 850 2600
AP 600
BA 1587 1550 1650 1077
CE 1480 1875 1125
DF 2209 2417 2500 1388
ES
GO 1470 2250 1112 900
MG 1851 750 7000 2368 1196
MS 1700
MT 800
PA 2040 4000
PB 1550 1000
PE 1580 1000 1575 1253
PR 1538 670 2600 1700 924
RJ 2186 4000 775 850
RN 2800
RO 510
RR 900
RS 1715 2600 2248 1208
SC 1535 995 1950 2600 1258 962
SE 1500 1200 1138
SP 2280 4150 3300 4375 1763 1489
Média geral 1742 2186 2050 3047 1619 1165
Pleno
Estado Analista de
testes
Auditor da
qualidade
(SQA)
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
Líder/Diretor/
Gerente de testes
Outros Testador
AC
AM 2779
AP
BA 1972 2100
CE 2616 2400 3400
DF 3808 4000 5500 4306 2133
ES 2433
GO 2129
MG 2939 4500 4406 1941 1576
MS 2030
MT 1000
PA 3000 4260
PB
PE 2279 2800 2300 3550 2798 2150
PR 2438 1300 5545 1658 1416
RJ 3721 5000 5500 4933 2061
RN 1500
RO
RR
RS 2585 2100 3451 4043 1500 2104
SC 2312 2000 3400 2533 7500 1811
SE 2000
SP 3494 3761 4037 4630 2134 2080
Média geral 2625 3189 3284 3712 3352 1916
Sênior
Estado Analista de
testes
Auditor da
qualidade
(SQA)
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
Líder/Diretor/
Gerente de testes
Outros Testador
AC
AM 3600
AP
BA
CE 3000
DF 3467 3300 7740 3350
ES
GO 3500
MG 2400 2700 7150 2870
MS
MT
PA
PB
PE 4000 3200
PR 3005 2800 4296 1500
RJ 5083 5700 4500
RN
RO
RR
RS 3635 4000 4936 5967 4970 2500
SC 2910 3940 4850
SE 2800
SP 4763 4375 5233 7588 4200 2550
Média geral 3556 3469 4490 5442 3749 2750
Master
Estado Analista de
testes
Auditor da
qualidade
(SQA)
Automatizador de
testes (funcionais ou de
performance)
Líder/Diretor/
Gerente de testes
Outros Testador
AC
AM
AP
BA
CE
DF
ES
GO
MG 5800
MS
MT
PA
PB
PE 5500
PR 3200
RJ 2200 8600
RN
RO
RR
RS 5000 6167 8500
SC
SE
SP 4200 6758 7133
Média geral 4225 7175 6158
Média geral de salários agrupada por estado, função e forma de contratação
Analista de testes
Estado CLT Estagiário PJ
AC 2553
AM
AP 1762
BA 2304 1400 3700
CE 3340 3000 3040
DF 2100 3100
ES 1831 800 1500
GO 2267 1317 3283
MG 1700
MS
MT 2360
PA 1550
PB 2221 2167
PE 1953 755 3833
PR 3572 950 3599
RJ 1500
RN
RO
RR 2522 3529
RS 2080 1967
SC 2100
SE 2703 1548 4380
SP 2703 1548 4380
Média geral 2270 1415 3206
Auditor da qualidade (SQA)
Estado CLT Estagiário PJ
AC
AM
AP
BA
CE 2400
DF
ES
GO
MG 2700
MS
MT
PA 4260
PB
PE 1000 2800
PR 2800
RJ 5000
RN
RO
RR
RS 2575 2600
SC 1498
SE
SP 3797 4333
Média geral 2904 3133
Automatizador de testes (funcionais ou de performance)
Estado CLT Estagiário PJ
AC
AM 850
AP
BA
CE
DF 2881 2100
ES
GO
MG 750 4500
MS
MT
PA 4000
PB
PE 2300
PR 1090
RJ 4000
RN
RO 510
RR
RS 3951 4186
SC 2917
SE
SP 3447 6167
Média geral 3073 800 3493
Líder/Diretor/Gerente de testes
Estado CLT Estagiário PJ
AC
AM 3600
AP
BA 1733
CE 3000
DF 6675 7667
ES
GO 2250
MG 4600 5300 8500
MS 2030
MT 1000
PA
PB
PE 3550
PR 4413 6550
RJ 5575 6633
RN 2800
RO
RR
RS 4632 5500
SC 3322
SE 1200
SP 5270 7434
Média geral 3478 5300 7047
Outros
Estado CLT Estagiário PJ
AC
AM
AP 600
BA 1650
CE 3200 750
DF 2920 5712
ES
GO 1112
MG 2723 600 3487
MS
MT
PA
PB
PE 1983
PR 2015
RJ 3970 1000
RN
RO
RR
RS 4069
SC 3311 7500
SE
SP 2332 800 5980
Média geral 2662 750 4686
Testador
Estado CLT Estagiário PJ
AC 1000
AM 2600
AP
BA 1077
CE 1125
DF 1548 600
ES
GO 900
MG 1441 809 2500
MS
MT 800
PA
PB 1000
PE 2208 650 1308
PR 1146 836
RJ 1591 917
RN
RO
RR 900
RS 1633 737
SC 1315 550
SE 1397 360
SP 1593 783 2704
Média geral 1455 740 1878

Mais conteúdo relacionado

Último

Último (8)

ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

Destaque

Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Kurio // The Social Media Age(ncy)
 
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them wellGood Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
Saba Software
 

Destaque (20)

Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
 
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
 
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
 
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
 
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
 
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
 
Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next
 
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentGoogle's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
 
How to have difficult conversations
How to have difficult conversations How to have difficult conversations
How to have difficult conversations
 
Introduction to Data Science
Introduction to Data ScienceIntroduction to Data Science
Introduction to Data Science
 
Time Management & Productivity - Best Practices
Time Management & Productivity -  Best PracticesTime Management & Productivity -  Best Practices
Time Management & Productivity - Best Practices
 
The six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementThe six step guide to practical project management
The six step guide to practical project management
 
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
 
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
 
12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at Work12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at Work
 
ChatGPT webinar slides
ChatGPT webinar slidesChatGPT webinar slides
ChatGPT webinar slides
 
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike RoutesMore than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
 
Ride the Storm: Navigating Through Unstable Periods / Katerina Rudko (Belka G...
Ride the Storm: Navigating Through Unstable Periods / Katerina Rudko (Belka G...Ride the Storm: Navigating Through Unstable Periods / Katerina Rudko (Belka G...
Ride the Storm: Navigating Through Unstable Periods / Katerina Rudko (Belka G...
 
Barbie - Brand Strategy Presentation
Barbie - Brand Strategy PresentationBarbie - Brand Strategy Presentation
Barbie - Brand Strategy Presentation
 
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them wellGood Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
Good Stuff Happens in 1:1 Meetings: Why you need them and how to do them well
 

Cargos e salarios 2010 quanto ganha o profissional de qualidade no brasil

  • 1. Cargos e salários 2010: Quanto ganha o profissional de teste e qualidade de software no Brasil? Existem várias pesquisas sobre cargos e salários dos profissionais da área de Tecnologia da Informação. No entanto, você poderá notar que normalmente não existem nestas pesquisas cargos para discriminar testadores, líderes de teste, gerentes de teste, etc. Para preencher esta lacuna, esta pesquisa se propõe a desenhar o mapa dos profissionais de teste e qualidade de software do Brasil. Considerando que a área de teste e qualidade de software é uma das áreas em franca expansão da atualidade, o resultado dessa pesquisa será de grande interesse para os profissionais que já atuam, assim como, os profissionais que têm interesse em ingressar nesta área. A pesquisa de cargos e salários foi realizada no período de junho a novembro de 2010 e contou com a participação de 1219 respondentes. Para efeito de classificação de senioridade, foi usada a seguinte regra (apesar de muitas empresas usarem regras e políticas próprias com base em critérios internos):  0 a 2 anos de experiência: Júnior  3 a 6 anos de experiência: pleno  7 a 15 anos de experiência: Sênior  Superior a 16 anos de experiência: Master
  • 3.
  • 5. Total de respostas agrupadas por estado Estado Total AC 1 AM 13 AP 1 BA 19 CE 23 DF 92 ES 3 GO 30 MG 132 MS 2 MT 2 PA 5 PB 3 PE 63 PR 72 RJ 88 RN 3 RO 1 RR 1 RS 157 SC 82 SE 8 SP 418 Total geral 1219
  • 6. Média geral de salários agrupada por estado e função Estado Analista de testes Auditor da qualidade (SQA) Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Líder/Diretor/ Gerente de testes Outros Testador AC 1000 AM 2553 850 3600 2600 AP 600 BA 1762 1733 1650 1077 CE 2210 2400 3000 2383 1125 DF 3313 2769 7100 3385 1485 ES 2433 GO 1774 2250 1112 900 MG 2395 2700 2625 5308 2680 1317 MS 1700 2030 MT 1000 800 PA 2360 4260 4000 PB 1550 1000 PE 2217 1900 2300 3550 1983 2033 PR 2058 2800 1090 4742 2015 1022 RJ 3487 5000 4000 5787 3475 1254 RN 1500 2800 RO 510 RR 900 RS 2612 2580 4045 4906 4069 1458 SC 2071 1498 2917 3322 3834 1275 SE 2100 1200 1138 SP 3116 3943 4354 5970 2740 1610 Média geral 2755 3209 3168 5228 2885 1420
  • 7. Média geral de salários agrupada por função e formação Análise de sistemas Ciência da computação Não possui Outros Sistemas de informação Técnico Tecnólogo Analista de testes 2933 2973 2356 3263 2376 2269 2928 Auditor da qualidade (SQA) 3033 3517 3800 2568 3648 Automatizador de testes (funcionais ou de performance) 3850 2881 2335 510 2718 4263 Líder/Diretor/Gerente de testes 5953 5267 1000 5714 4540 2450 5396 Outros 3343 4419 825 2177 2137 1304 2546 Testador 1429 1480 1223 2009 1296 1260 1535 Média geral 3423 3423 1548 2912 2606 1821 3386
  • 8. Média geral de salários agrupada por função e certificação conquistada CBTS COBIT CSQA CSTE CTFL ITIL PMI/PMP Outros Não possui Analista de testes 3296 2500 4500 4744 3324 3222 2000 2767 2549 Auditor da qualidade (SQA) 4130 4025 1000 3350 3011 Automatizador de testes (funcionais ou de performance) 4200 6500 3226 2625 4138 2642 Líder/Diretor/Gerente de testes 5382 4000 7114 4690 6000 6950 6143 4696 Outros 3233 3857 9300 2862 2554 Testador 2200 1555 2000 1251 1388 Média geral 3740 2500 4250 6120 3446 4025 4475 3419 2807
  • 9. Média geral de salários agrupada por função e forma de contratação CLT PJ Estagiário Analista de testes 2580 3907 1395 Auditor da qualidade (SQA) 3107 3533 Automatizador de testes (funcionais ou de performance) 3006 4248 800 Líder/Diretor/Gerente de testes 4637 7093 Outros 2727 5084 750 Testador 1529 2291 782 Média geral 2931 4359 932
  • 10. Média geral de salários agrupada por função e senioridade Júnior Pleno Sênior Master Analista de testes 1958 3088 4090 4220 Auditor da qualidade (SQA) 2579 3272 3650 Automatizador de testes (funcionais ou de performance) 2163 3383 4812 Líder/Diretor/Gerente de testes 3303 4449 6477 6666 Outros 1738 2740 4212 6386 Testador 1218 1934 2700 600 Média geral 2160 3144 4324 4468
  • 11. Média geral de salários agrupada por estado, função e senioridade Júnior Estado Analista de testes Auditor da qualidade (SQA) Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Líder/Diretor/ Gerente de testes Outros Testador AC 1000 AM 1652 850 2600 AP 600 BA 1587 1550 1650 1077 CE 1480 1875 1125 DF 2209 2417 2500 1388 ES GO 1470 2250 1112 900 MG 1851 750 7000 2368 1196 MS 1700 MT 800 PA 2040 4000 PB 1550 1000 PE 1580 1000 1575 1253 PR 1538 670 2600 1700 924 RJ 2186 4000 775 850 RN 2800 RO 510 RR 900 RS 1715 2600 2248 1208 SC 1535 995 1950 2600 1258 962 SE 1500 1200 1138 SP 2280 4150 3300 4375 1763 1489 Média geral 1742 2186 2050 3047 1619 1165
  • 12. Pleno Estado Analista de testes Auditor da qualidade (SQA) Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Líder/Diretor/ Gerente de testes Outros Testador AC AM 2779 AP BA 1972 2100 CE 2616 2400 3400 DF 3808 4000 5500 4306 2133 ES 2433 GO 2129 MG 2939 4500 4406 1941 1576 MS 2030 MT 1000 PA 3000 4260 PB PE 2279 2800 2300 3550 2798 2150 PR 2438 1300 5545 1658 1416 RJ 3721 5000 5500 4933 2061 RN 1500 RO RR RS 2585 2100 3451 4043 1500 2104 SC 2312 2000 3400 2533 7500 1811 SE 2000 SP 3494 3761 4037 4630 2134 2080 Média geral 2625 3189 3284 3712 3352 1916
  • 13. Sênior Estado Analista de testes Auditor da qualidade (SQA) Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Líder/Diretor/ Gerente de testes Outros Testador AC AM 3600 AP BA CE 3000 DF 3467 3300 7740 3350 ES GO 3500 MG 2400 2700 7150 2870 MS MT PA PB PE 4000 3200 PR 3005 2800 4296 1500 RJ 5083 5700 4500 RN RO RR RS 3635 4000 4936 5967 4970 2500 SC 2910 3940 4850 SE 2800 SP 4763 4375 5233 7588 4200 2550 Média geral 3556 3469 4490 5442 3749 2750
  • 14. Master Estado Analista de testes Auditor da qualidade (SQA) Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Líder/Diretor/ Gerente de testes Outros Testador AC AM AP BA CE DF ES GO MG 5800 MS MT PA PB PE 5500 PR 3200 RJ 2200 8600 RN RO RR RS 5000 6167 8500 SC SE SP 4200 6758 7133 Média geral 4225 7175 6158
  • 15. Média geral de salários agrupada por estado, função e forma de contratação Analista de testes Estado CLT Estagiário PJ AC 2553 AM AP 1762 BA 2304 1400 3700 CE 3340 3000 3040 DF 2100 3100 ES 1831 800 1500 GO 2267 1317 3283 MG 1700 MS MT 2360 PA 1550 PB 2221 2167 PE 1953 755 3833 PR 3572 950 3599 RJ 1500 RN RO RR 2522 3529 RS 2080 1967 SC 2100 SE 2703 1548 4380 SP 2703 1548 4380 Média geral 2270 1415 3206
  • 16. Auditor da qualidade (SQA) Estado CLT Estagiário PJ AC AM AP BA CE 2400 DF ES GO MG 2700 MS MT PA 4260 PB PE 1000 2800 PR 2800 RJ 5000 RN RO RR RS 2575 2600 SC 1498 SE SP 3797 4333 Média geral 2904 3133
  • 17. Automatizador de testes (funcionais ou de performance) Estado CLT Estagiário PJ AC AM 850 AP BA CE DF 2881 2100 ES GO MG 750 4500 MS MT PA 4000 PB PE 2300 PR 1090 RJ 4000 RN RO 510 RR RS 3951 4186 SC 2917 SE SP 3447 6167 Média geral 3073 800 3493
  • 18. Líder/Diretor/Gerente de testes Estado CLT Estagiário PJ AC AM 3600 AP BA 1733 CE 3000 DF 6675 7667 ES GO 2250 MG 4600 5300 8500 MS 2030 MT 1000 PA PB PE 3550 PR 4413 6550 RJ 5575 6633 RN 2800 RO RR RS 4632 5500 SC 3322 SE 1200 SP 5270 7434 Média geral 3478 5300 7047
  • 19. Outros Estado CLT Estagiário PJ AC AM AP 600 BA 1650 CE 3200 750 DF 2920 5712 ES GO 1112 MG 2723 600 3487 MS MT PA PB PE 1983 PR 2015 RJ 3970 1000 RN RO RR RS 4069 SC 3311 7500 SE SP 2332 800 5980 Média geral 2662 750 4686
  • 20. Testador Estado CLT Estagiário PJ AC 1000 AM 2600 AP BA 1077 CE 1125 DF 1548 600 ES GO 900 MG 1441 809 2500 MS MT 800 PA PB 1000 PE 2208 650 1308 PR 1146 836 RJ 1591 917 RN RO RR 900 RS 1633 737 SC 1315 550 SE 1397 360 SP 1593 783 2704 Média geral 1455 740 1878