SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
Segundo, porque é a vontade do povo, dos trabalhadores de forma   transparente e participativa em assembléias, sem falsas ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
Extração/Transporte
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO.                            ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

STF - Audiência Pública do Amianto - 31/08/2012 - Supremo Tribunal Federal

346 visualizações

Publicada em

Sr. ADELMAN ARAÚJO FILHO, Diretor-Presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Extração de Minerais não Metálicos de Minaçu/GO.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

STF - Audiência Pública do Amianto - 31/08/2012 - Supremo Tribunal Federal

  1. 1. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ADELMAN ARAÚJO FILHO (Chiru)• Profissão: Operador de Máquinas de Mineração.• Há 22 anos na Mina de Cana Brava – Amianto Crisotila Minaçu.• Presidente do Sindicato dos Mineiros de Minaçu – GO.• Secretário de Previdência Social da FTIEG /TO/DF.• Técnico em Segurança no Trabalho.• Graduando em Serviço Social pela Unitins.Experiências:• Construção Civil Pesada.• Hidrelétrica Itaipu.• Reconstrução da BR-153.• Hidrelétrica Serra da Mesa.• Outros
  2. 2. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________É com muito orgulho que estou aqui hoje para dar um testemunho real donosso cotidiano de trabalho, com muita convicção e serenidade, consciente detodas as implicações que posso sofrer e causar. Estas podem ser legais,sociais, econômicas, críticas, calúnias e xingamentos a minha pessoa, comoaconteceu dia 24 aqui nesse plenário.Mas, não posso deixar de mostrar ao mundo e as autoridades, em especial aoSTF, o ambiente de trabalho que nós trabalhadores construímos sozinhos,sem a participação do Estado.Que a ABNT me desculpe.Mas vou começar meu trabalho pela conclusão.
  3. 3. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________É possível sim trabalhar com amianto crisotila de maneira segura.Nós trabalhadores da mina de Cana Brava em Minaçu/GO e das fábricassomos a prova disso.Por que?Em primeiro lugar por uma questão de soberania nacional.Pelas conquistas de segurança no ambiente de trabalho: acordo USC, usoseguro.
  4. 4. Segundo, porque é a vontade do povo, dos trabalhadores de forma transparente e participativa em assembléias, sem falsas ilusões.Lembrando que a luta pela garantia do emprego e de uma atividadeque gera renda e divisa para o país, jamais pode significar o descuidoou omissão com a segurança e a saúde.
  5. 5. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 ________________________________________________________________________________________ 5.000 trabalhadores em Manifestação em Brasília
  6. 6. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _______________________________________________________________________________________Não somos irresponsáveis, nem suicidas.Sem nenhuma modéstia, mas com muito orgulho fomos a única categoria que de fatoORGANIZOU O LOCAL DE TRABALHO.Erradicamos a doença desde 1980. O que a Fundacentro quer fazer com silicose e nãoestá conseguindo, nós conseguimos com amianto.Não podemos comparar a realidade brasileira com a realidade da Europa do passado.Somos convictos da segurança no ambiente de trabalho que construímos e no qualvivemos.Temos estudos científicos que conquistamos também sozinhos, porque o Estado senegou a participar quando imploramos sua participação.Por que não acreditar em pesquisas científicas feitas por pesquisadores conhecidos,universidades de renome como a Unicamp ao invés de acreditar nas aberraçõesdivulgadas no “blog do Mirim lá de Itapipoca” lido por meia dúzias de pessoas? Ou aindaem números gerais e sem consistência?
  7. 7. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 ________________________________________________________________________________________TEMOS OS MELHORES ACORDOS: PARA USO SEGURO DO AMIANTO CRISOTILA E DE BENEFÍCIOS SOCIAIS E ECONÔMICOS
  8. 8. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _______________________________________________________________________________________A força dos trabalhadores é representada pela conquista da presença permanente nas decisões de segurança do Uso Seguro do Amianto Crisotila. Comissão Fiscalizadora Uso Seguro do Crisotila – C-USC
  9. 9. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 ________________________________________________________________________________________ Acordo do Uso Seguro do Amianto• Proibição de qualquer geração de poeira dentro das fábricas e mina;• Rejeito zero (Fábricas);• Plano de assistência médica com remédios para ex-trabalhadores em caso de doença ocupacional. Não transferimos para o Estado os custos com as doenças que herdamos do grupo francês;• Vestiários duplos para os trabalhadores, uniformes, toalha e sua lavagem diária, sabonete e chinelos sem custo para os trabalhadores;• Garantia de emprego em caso de doença ocupacional;• Criação da Comissão Fiscalizadora para o uso controlado e responsável do amianto crisotila. Regulamentação e obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção individual;• Exames médicos periódicos para todos trabalhadores e ex-trabalhadores expostos ao amianto;• Laboratórios Certificados realizam medições de todos os postos de trabalho a cada 2, 3 e 6 meses;• Quando achar necessário é feita a solicitação de medição de um posto de trabalho e avaliação da exposição ocupacional pela C-USC ou qualquer trabalhador;
  10. 10. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55___________________________________________________________________________________________________ PassadoTempos que o homem podia matar em nome da honra Presente Hoje é diferente. Temos Lei Maria da Penha
  11. 11. Extração/Transporte
  12. 12. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________Produto pronto para ser transportado
  13. 13. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 ________________________________________________________________________________________ • Conquistas e melhorias do ambiente de Trabalho 24 LTAC > 0,5 f/cm3 LTAC > 0,3 f/cm3 22 25 19 de 1992 a 2000 de 2001 a Nov/06 LTAC > 0,2 LTAC > 0,1 f/cm3 f/cm3 20 14 15 7 10 6 2 5 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2011 Colunas 3D 1Nº de postos 108 114 112 120 114 122 113 114 116 132 97 106 105 105 108 108 84 82 82 82 82monitorados LTAC - Limite de Tolerância do Acordo do Uso Seguro do Amianto Crisotila
  14. 14. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ SALA DE CONTROLE
  15. 15. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________Piso preto facilita identificação de fibras, em caso de vazamento
  16. 16. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________
  17. 17. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ Bancas de rejeito revegetadas
  18. 18. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________100% das Correias Transportadoras enclausuradas
  19. 19. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ROTATIVIDADE?TERCEIRA GERAÇÃO TRABALHANDO(Pai, filho e neto na mesma função)INCOERÊNCIAS XAPOSENTADORIASO Ministério da Previdência é contra e diz “precisa banir”, mas nega todos ospedidos de aposentadorias desde 1999, alegando que não há exposição enem risco.
  20. 20. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ O futuro• E, nós trabalhadores que sempre carregamos esse piano nas costas?• Nós somos os principais preocupados com a nossa saúde, das nossas famílias e da nossa comunidade.• E a comunidade, as famílias que investiram suas economias em função de um empreendimento local?• Mas, com certeza o poder judiciário representado pelos senhores vão lembrar do futuro dos trabalhadores, das famílias e da comunidade de Minaçu.
  21. 21. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________Esse grupo que quer o fim da nossa atividade não nos representa.Não tem conhecimento da nossa realidade para decidir em nome dostrabalhadores.Não precisamos desse tipo de ajuda.Nós trabalhadores do amianto crisotila somos conscientes da nossarealidade e capazes de decidir o que é melhor para nós enquantotrabalhadores e cidadãos.
  22. 22. SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DE MINAÇU – GO. FILADO À FTIEG/TO/DF, CNTI e CGTB CNPJ: 00.007.500/0001-55 _________________________________________________________________________________________ E, FINALMENTE, OS TRABALHADORES QUEREM SABER:• A Lei que regulamenta a atividade do amianto é a mesma que regulamenta as fibras que eles chamam de “alternativas”. Por que não é aplicada?• Se o amianto é perigoso. Por que a Brasilit em Capivari/SP, cujo Estado está proibido, não removeu as telhas com amianto de suas instalações?• Os trabalhadores usam amianto 24h por dia todos os dias. Quem vai pagar a troca do telhado de mais de 50% dos telhados brasileiros? O MMA, MTE, MS a FUNDACENTRO?• Quem vai indenizar os prejuízos que teremos?• Quem vai nos garantir assistência social e médica?• A União irá nos indenizar?• Na mesma proporcionalidade que irá indenizar as empresas?• As empresas estão ganhando muito dinheiro sem a proibição, proibindo irão ganhar muito mais com processos judiciais milionários.

×