SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
Baixar para ler offline
Ancilostomíase
Ciclo
A TRANSMISSÃOA ancilostomíase é transmitidaquando uma pessoa é contaminada por um verme que se fixa  no  intestino ; onde coloca os ovos que saem pelas fezes.Depois o ovo com embrião libera a larva no solo que se fixa no pé de um ser humano que estiver descalço.
Como é chamada Ancilostomíase é conhecida popularmente como amarelão.Pois a pessoa infectada ;perde muito sangue e fica com anemia e pálida. A ancilostomíase é provocada por dois agentes diferentes, o Ancilostomíase duodenal e o Necator americanos, ementes com uma distribuição geográfica distinta: enquanto que o primeiro se encontra nos países da costa do Mediterrâneo e Médio Oriente, o segundo predomina na América Central e do Sul e África Tropical. Todavia, a morfologia, ciclo básico e mecanismo de transmissão dos dois são semelhantes.
COMPONENTES Michael RizzottoLauandaDal Prá e Lucas Santos
Amebíase Vamos aprender um pouco mais sobre a doença da amebíase que é transmitida pela améba !
Um pouco mais...... É provocada quando o ser humano ingere água ou alimentos com a ameba.Ela vive no intestino grosso provocando dores de barriga diarréias e feridas nas paredes do intestino.As vezes pode atingir o fígado ou até outros órgãos e provocam lesões neles.                              Fígado atingido pela AMÉBA
  		Essas amebas são eliminadas pelas fezes da pessoa que foi contaminada.Se a população não possui rede sanitária (privadas rede de esgotos...)as AMEBAS acabam contaminando água e alimentos.                            Esgoto a céu aberto.Essas                              crianças podem se contaminar                            nar.
			Através de exames como o de fezes o médico descobre a presença da AMEBA e recomenda o tratamento adequado.
Sintomas: O período de incubação é de 2 a 4 semanas.  A disenteria amebiana aguda manifesta-se com quadro disentérico agudo, melena, cólicas abdominais, tenesmo, náuseas, vômitos, emagrecimento e fadiga muscular.
Curiosidades   		 Atinge mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo, causando de 40 á 100 mil mortes anuais. Ao contrário do que se pode pensar, não se restringe apenas a países tropicais, mas é frequente também nos clima frio. É a falta de condições higiênicas adequadas que condiciona sua disseminação. 
 A infecção assintomática é mais encontrada em países, como Estados Unidos, Canadá e países da Europa. As formas graves de disenteria amebiana têm sido registradas com mais freqüência na América do Sul, na Índia, no Egito e no México.  A transmissão da doença é feita por cistos eliminados com as fezes e ingeridos com água ou alimentos.
Tratamento Manter sanitários limpos; lavar as mãos antes das refeições e após a defecação; tratar os doentes e portadores assintomáticos; não usar excrementos, como fertilizantes; combater as moscas e baratas. O tratamento consiste no uso de fármacos apropriados.Muitas vezes combinados com antibióticos.
AMEBíASE
COMPONETES Juliana Mezzomo e Luana Abido CUIDE DE SUA SAÚDE!
Ascaridíase
          É causada pelo verme conhecido como áscaris ou lombriga .Esse verme cresce no intestino das pessoas contaminadas e pode provocar,entre outros problemas,cólicas  e emagrecimento.      Nós podemos  pegar o áscaris ou lombriga através da água contaminada  em verduras que estão mau lavadas.           Depois que engolimos a lombriga que está em um tamanho minúsculo que tem 0,05 mm ela vai para o nosso estomago, depois disso  passa a o nosso intestino aonde põe os seu ovos.depois de um tempo sai pelas fezes da pessoa  que esta contaminada pelo áscaris.           Para não pegarmos o áscaris devemos.          -usar instalações sanitárias adequadas.            -manter os hábitos básicos de higiene e           -lavar bem as frutas e legumes que forem consumidos crus.             As crianças se infectam com mais facilidade que os adultos ,por que costumam colocar as mãos ou objetos sujos na boca.                 Quando não há rede de esgoto no local, os ovos  da lombriga chegam no solo e contaminam a água e os alimentos que consumimos.
   A reprodução é sexuada,sendo a fêmea(com até 40 centimetros de comprimento)bastante maior que o mocho,e com diametro de um lápis.Os ovos tem 50 micrometros e são absolutamente invinsÍveisa olho nu.
componentes:Virginia,Mauricio e Douglas
Tétano Sobre o Tétano
Como acontece a doença O tétano é causado por uma bactéria encontrada normalmente no solo. A bactéria entra em nosso organismo quando nos ferimos com objetos contaminados ou que tem contado com a terra;fezes;sujeiras; etc... Essa bactéria produz sustâncias tóxicas que atingem o sistema nervoso do ser humano e fazem os músculos se contrair.
Como é conhecido o tétano O tétano é conhecido normalmente como “mal-de-sete-dias”.Porque seu primeiros sintomas aparecem de sete a dez dias após a contaminação e pode levar a morte. Em casos de ferimentos profundos o mais certo a fazer é procurar um médico.As vacinas que são aplicadas para quem pega essa bactéria são feitas com partes de micróbios; micróbios mortos ou vivos que passam por um processo que os torna incapaz de causar a doença.
Tipo de Tétano  	TÉTANO ACIDENTAL é geralmente adquirido através da contaminação de ferimentos com esporos doClostridium tetânico  que são encontrados no ambiente(solo;poeira;esterco e superfície de objetos). Que torna-se capaz de multiplicar a doença.
Componentes:Guilherme Toscano; Nicole Vedana e TainaraNovello.
Toxoplasmose
TOXOPLASMOSE As pessoas contrai a doença ingerida através de carne malcozida ou crua contaminada com o protozoário Os protozoários são eliminados pelas fezes do gato.Estão presentes nos solos ou nos animais entrando em contato com eles. Os sintomas são: Febre alta;dores de cabeça
Geralmente a doença desaparece sem sintomas e conseqüências .Mas há casos que há lesões nos olhos Para se prevenir da Toxoplasmose você deve: Evitar o consumo de carne mal cozida; Evitar beijar gatos e impedir que eles passem a língua no seu rosto; Lavar as mãos depois do contato com o animal
Alimentar seus animais de estimação. Um terço da população mundial pode estar contaminada pelo Toxoplasma gondii , segundo estimativas do Ministério da Saúde brasileiro. O mesmo estudo diz que, entre novembro de 2001 e janeiro de 2002, o Brasil registrou o maior surto de toxoplasmose do mundo, ocorrido no município de Santa Isabel do Ivaí, no Paraná.
Nome dos Componentes Componentes:Alexandra Piazza Marlon de Oliveira Borella Willian Pommer
TenIasee cisticercose
	A teníase e a cisticercose são doenças causadas pelo mesmo verme,a tênia ou solitária. A única diferença é que na teníase comemos a larva e na cisticercose comemos o ovo. Teníase e Cisticercose
Imagem da teniase
		Quando uma pessoa come carne contaminadas e mal cozidas de porco ou de boi, a larva dentro do organismo humano,transforma-se em um verme adulto, a tênia.  	Esse verme passa a viver no intestino e provoca vários problemas,como perca de peso e desarranjos intestinais. 	A tênia tem o aspecto de uma fita e tem em geral entre 3 a 8 metros de comprimento, na maioria das vezes somente um individuo vive no intestino humano razão do nome popular solitária. 	o corpo das tênias esta adaptado para a vida parasitaria ao intestino humano (ventosas e ganchos),  Teníase
Imagem da TÊNIA
		Quando o boi ingere a água ou o alimento contaminada,adquire os ovos da tênia, que vão formar larvas, que se chamam cisticercos que se alojarão em sua musculatura (carne). Uma pessoa também pode comer o ovo através da água ou verduras contaminadas e desenvolver os cisticercos. 	Os ovos originam cisticercos nos músculos,cérebro,coração,olhos e outros órgãos dessa pessoa .Os cisticercos costumam provocar lesões sérias se não forem removidas (por cirurgia) ou destruídos (por medicamentos) e são capazes de levar a pessoa a morte. 	A doença que causa os cisticercos e a cisticercose.  Cisticercose
  - construir sanitários em locais adequados;  -realizar tratamento de águas e esgotos;    - fazer a inspeção de abatedouros e açougueiros;   -consumir carnes de porco e bois cozidos;   -tratar dos doentes; Dicas para evitar a teníase e a cisticercose
Ciclo da vida da tenia e da cisticercose
Carolina mezzomo,LaisaSilvestri e Mateus zatta Componentes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

008 helmintos
008   helmintos008   helmintos
008 helmintos
 
Ancilostomose 2º ano C
Ancilostomose 2º ano CAncilostomose 2º ano C
Ancilostomose 2º ano C
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
 
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, EnterobiosAscaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
 
Aula helmintos
Aula helmintosAula helmintos
Aula helmintos
 
Parasitoses
ParasitosesParasitoses
Parasitoses
 
Helmintos - Enfermegem
Helmintos - EnfermegemHelmintos - Enfermegem
Helmintos - Enfermegem
 
Ancilostomideos
AncilostomideosAncilostomideos
Ancilostomideos
 
Parte II Reino Animal - vermes
Parte II   Reino Animal - vermesParte II   Reino Animal - vermes
Parte II Reino Animal - vermes
 
Nematodeos Intestinais Ancil
Nematodeos Intestinais   AncilNematodeos Intestinais   Ancil
Nematodeos Intestinais Ancil
 
Helmintíases
HelmintíasesHelmintíases
Helmintíases
 
Helmintos (1)
Helmintos (1)Helmintos (1)
Helmintos (1)
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans CutaneaAula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
 
Principais verminoses humanas
Principais verminoses humanasPrincipais verminoses humanas
Principais verminoses humanas
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
 
Aula de enterobius vermicularis
Aula de  enterobius vermicularisAula de  enterobius vermicularis
Aula de enterobius vermicularis
 
Parasitoses humanas
Parasitoses humanasParasitoses humanas
Parasitoses humanas
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 

Semelhante a Ancilostomíase: Transmissão e Sintomas

Semelhante a Ancilostomíase: Transmissão e Sintomas (20)

Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Solo saude - 6º ano - 1º bimestre
Solo saude - 6º ano - 1º bimestreSolo saude - 6º ano - 1º bimestre
Solo saude - 6º ano - 1º bimestre
 
O solo e a saúde do nosso corpo
O solo e a saúde do nosso corpoO solo e a saúde do nosso corpo
O solo e a saúde do nosso corpo
 
Trab de biologia
Trab de biologiaTrab de biologia
Trab de biologia
 
Saneamento
SaneamentoSaneamento
Saneamento
 
Doenças causadas por vermes
Doenças causadas por vermesDoenças causadas por vermes
Doenças causadas por vermes
 
Doenças causadas por vermes
Doenças causadas por vermesDoenças causadas por vermes
Doenças causadas por vermes
 
Saúde pública
Saúde públicaSaúde pública
Saúde pública
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Centro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CELCentro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CEL
 
Seminário Parasito das Cavidades - ATIVIDADE 5 - Modelo.pptx
Seminário Parasito das Cavidades - ATIVIDADE 5 - Modelo.pptxSeminário Parasito das Cavidades - ATIVIDADE 5 - Modelo.pptx
Seminário Parasito das Cavidades - ATIVIDADE 5 - Modelo.pptx
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Amebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmoseAmebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmose
 
Trabalho de doenças ocupacionais 0010
Trabalho de doenças ocupacionais 0010Trabalho de doenças ocupacionais 0010
Trabalho de doenças ocupacionais 0010
 
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptAMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
 
Doenças-Biologia-COTUCA
Doenças-Biologia-COTUCADoenças-Biologia-COTUCA
Doenças-Biologia-COTUCA
 
Toxoplasmose folder
Toxoplasmose folderToxoplasmose folder
Toxoplasmose folder
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Doencas de Veiculacao Hidrica
Doencas de Veiculacao HidricaDoencas de Veiculacao Hidrica
Doencas de Veiculacao Hidrica
 
Resumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicosResumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicos
 

Mais de crishmuler

Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentarcrishmuler
 
Formação das pérolas
Formação das pérolasFormação das pérolas
Formação das pérolascrishmuler
 
Formação das pérolas
Formação das pérolasFormação das pérolas
Formação das pérolascrishmuler
 
Diogo e juliane
Diogo e julianeDiogo e juliane
Diogo e julianecrishmuler
 
Diogo e juliane
Diogo e julianeDiogo e juliane
Diogo e julianecrishmuler
 
Adélia ,samuel.
Adélia  ,samuel.Adélia  ,samuel.
Adélia ,samuel.crishmuler
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagascrishmuler
 
Wellinton e gabriel
Wellinton e gabrielWellinton e gabriel
Wellinton e gabrielcrishmuler
 
Quadrinhos para completar sobre índio
Quadrinhos para completar sobre índioQuadrinhos para completar sobre índio
Quadrinhos para completar sobre índiocrishmuler
 
Consequências da movimentação de placas tectônica
Consequências da movimentação de placas tectônicaConsequências da movimentação de placas tectônica
Consequências da movimentação de placas tectônicacrishmuler
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiacrishmuler
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiacrishmuler
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiacrishmuler
 
Ação de graças
Ação de graçasAção de graças
Ação de graçascrishmuler
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1crishmuler
 
Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentarcrishmuler
 
Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentarcrishmuler
 

Mais de crishmuler (20)

Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentar
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Formação das pérolas
Formação das pérolasFormação das pérolas
Formação das pérolas
 
Formação das pérolas
Formação das pérolasFormação das pérolas
Formação das pérolas
 
Estéfani e
Estéfani eEstéfani e
Estéfani e
 
Diogo e juliane
Diogo e julianeDiogo e juliane
Diogo e juliane
 
Diogo e juliane
Diogo e julianeDiogo e juliane
Diogo e juliane
 
Adélia ,samuel.
Adélia  ,samuel.Adélia  ,samuel.
Adélia ,samuel.
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Wellinton e gabriel
Wellinton e gabrielWellinton e gabriel
Wellinton e gabriel
 
Quadrinhos para completar sobre índio
Quadrinhos para completar sobre índioQuadrinhos para completar sobre índio
Quadrinhos para completar sobre índio
 
Consequências da movimentação de placas tectônica
Consequências da movimentação de placas tectônicaConsequências da movimentação de placas tectônica
Consequências da movimentação de placas tectônica
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologia
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologia
 
Conceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologiaConceitos de termos da ecologia
Conceitos de termos da ecologia
 
Ação de graças
Ação de graçasAção de graças
Ação de graças
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentar
 
Teia alimentar
Teia alimentarTeia alimentar
Teia alimentar
 

Ancilostomíase: Transmissão e Sintomas

  • 3. A TRANSMISSÃOA ancilostomíase é transmitidaquando uma pessoa é contaminada por um verme que se fixa no intestino ; onde coloca os ovos que saem pelas fezes.Depois o ovo com embrião libera a larva no solo que se fixa no pé de um ser humano que estiver descalço.
  • 4. Como é chamada Ancilostomíase é conhecida popularmente como amarelão.Pois a pessoa infectada ;perde muito sangue e fica com anemia e pálida. A ancilostomíase é provocada por dois agentes diferentes, o Ancilostomíase duodenal e o Necator americanos, ementes com uma distribuição geográfica distinta: enquanto que o primeiro se encontra nos países da costa do Mediterrâneo e Médio Oriente, o segundo predomina na América Central e do Sul e África Tropical. Todavia, a morfologia, ciclo básico e mecanismo de transmissão dos dois são semelhantes.
  • 6. Amebíase Vamos aprender um pouco mais sobre a doença da amebíase que é transmitida pela améba !
  • 7. Um pouco mais...... É provocada quando o ser humano ingere água ou alimentos com a ameba.Ela vive no intestino grosso provocando dores de barriga diarréias e feridas nas paredes do intestino.As vezes pode atingir o fígado ou até outros órgãos e provocam lesões neles. Fígado atingido pela AMÉBA
  • 8. Essas amebas são eliminadas pelas fezes da pessoa que foi contaminada.Se a população não possui rede sanitária (privadas rede de esgotos...)as AMEBAS acabam contaminando água e alimentos. Esgoto a céu aberto.Essas crianças podem se contaminar nar.
  • 9. Através de exames como o de fezes o médico descobre a presença da AMEBA e recomenda o tratamento adequado.
  • 10. Sintomas: O período de incubação é de 2 a 4 semanas. A disenteria amebiana aguda manifesta-se com quadro disentérico agudo, melena, cólicas abdominais, tenesmo, náuseas, vômitos, emagrecimento e fadiga muscular.
  • 11. Curiosidades Atinge mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo, causando de 40 á 100 mil mortes anuais. Ao contrário do que se pode pensar, não se restringe apenas a países tropicais, mas é frequente também nos clima frio. É a falta de condições higiênicas adequadas que condiciona sua disseminação. 
  • 12.  A infecção assintomática é mais encontrada em países, como Estados Unidos, Canadá e países da Europa. As formas graves de disenteria amebiana têm sido registradas com mais freqüência na América do Sul, na Índia, no Egito e no México.  A transmissão da doença é feita por cistos eliminados com as fezes e ingeridos com água ou alimentos.
  • 13. Tratamento Manter sanitários limpos; lavar as mãos antes das refeições e após a defecação; tratar os doentes e portadores assintomáticos; não usar excrementos, como fertilizantes; combater as moscas e baratas. O tratamento consiste no uso de fármacos apropriados.Muitas vezes combinados com antibióticos.
  • 15. COMPONETES Juliana Mezzomo e Luana Abido CUIDE DE SUA SAÚDE!
  • 17. É causada pelo verme conhecido como áscaris ou lombriga .Esse verme cresce no intestino das pessoas contaminadas e pode provocar,entre outros problemas,cólicas e emagrecimento. Nós podemos pegar o áscaris ou lombriga através da água contaminada em verduras que estão mau lavadas. Depois que engolimos a lombriga que está em um tamanho minúsculo que tem 0,05 mm ela vai para o nosso estomago, depois disso passa a o nosso intestino aonde põe os seu ovos.depois de um tempo sai pelas fezes da pessoa que esta contaminada pelo áscaris. Para não pegarmos o áscaris devemos. -usar instalações sanitárias adequadas. -manter os hábitos básicos de higiene e -lavar bem as frutas e legumes que forem consumidos crus. As crianças se infectam com mais facilidade que os adultos ,por que costumam colocar as mãos ou objetos sujos na boca. Quando não há rede de esgoto no local, os ovos da lombriga chegam no solo e contaminam a água e os alimentos que consumimos.
  • 18. A reprodução é sexuada,sendo a fêmea(com até 40 centimetros de comprimento)bastante maior que o mocho,e com diametro de um lápis.Os ovos tem 50 micrometros e são absolutamente invinsÍveisa olho nu.
  • 19.
  • 21. Tétano Sobre o Tétano
  • 22. Como acontece a doença O tétano é causado por uma bactéria encontrada normalmente no solo. A bactéria entra em nosso organismo quando nos ferimos com objetos contaminados ou que tem contado com a terra;fezes;sujeiras; etc... Essa bactéria produz sustâncias tóxicas que atingem o sistema nervoso do ser humano e fazem os músculos se contrair.
  • 23. Como é conhecido o tétano O tétano é conhecido normalmente como “mal-de-sete-dias”.Porque seu primeiros sintomas aparecem de sete a dez dias após a contaminação e pode levar a morte. Em casos de ferimentos profundos o mais certo a fazer é procurar um médico.As vacinas que são aplicadas para quem pega essa bactéria são feitas com partes de micróbios; micróbios mortos ou vivos que passam por um processo que os torna incapaz de causar a doença.
  • 24. Tipo de Tétano TÉTANO ACIDENTAL é geralmente adquirido através da contaminação de ferimentos com esporos doClostridium tetânico que são encontrados no ambiente(solo;poeira;esterco e superfície de objetos). Que torna-se capaz de multiplicar a doença.
  • 25. Componentes:Guilherme Toscano; Nicole Vedana e TainaraNovello.
  • 27. TOXOPLASMOSE As pessoas contrai a doença ingerida através de carne malcozida ou crua contaminada com o protozoário Os protozoários são eliminados pelas fezes do gato.Estão presentes nos solos ou nos animais entrando em contato com eles. Os sintomas são: Febre alta;dores de cabeça
  • 28. Geralmente a doença desaparece sem sintomas e conseqüências .Mas há casos que há lesões nos olhos Para se prevenir da Toxoplasmose você deve: Evitar o consumo de carne mal cozida; Evitar beijar gatos e impedir que eles passem a língua no seu rosto; Lavar as mãos depois do contato com o animal
  • 29. Alimentar seus animais de estimação. Um terço da população mundial pode estar contaminada pelo Toxoplasma gondii , segundo estimativas do Ministério da Saúde brasileiro. O mesmo estudo diz que, entre novembro de 2001 e janeiro de 2002, o Brasil registrou o maior surto de toxoplasmose do mundo, ocorrido no município de Santa Isabel do Ivaí, no Paraná.
  • 30. Nome dos Componentes Componentes:Alexandra Piazza Marlon de Oliveira Borella Willian Pommer
  • 32. A teníase e a cisticercose são doenças causadas pelo mesmo verme,a tênia ou solitária. A única diferença é que na teníase comemos a larva e na cisticercose comemos o ovo. Teníase e Cisticercose
  • 34. Quando uma pessoa come carne contaminadas e mal cozidas de porco ou de boi, a larva dentro do organismo humano,transforma-se em um verme adulto, a tênia. Esse verme passa a viver no intestino e provoca vários problemas,como perca de peso e desarranjos intestinais. A tênia tem o aspecto de uma fita e tem em geral entre 3 a 8 metros de comprimento, na maioria das vezes somente um individuo vive no intestino humano razão do nome popular solitária. o corpo das tênias esta adaptado para a vida parasitaria ao intestino humano (ventosas e ganchos), Teníase
  • 36. Quando o boi ingere a água ou o alimento contaminada,adquire os ovos da tênia, que vão formar larvas, que se chamam cisticercos que se alojarão em sua musculatura (carne). Uma pessoa também pode comer o ovo através da água ou verduras contaminadas e desenvolver os cisticercos. Os ovos originam cisticercos nos músculos,cérebro,coração,olhos e outros órgãos dessa pessoa .Os cisticercos costumam provocar lesões sérias se não forem removidas (por cirurgia) ou destruídos (por medicamentos) e são capazes de levar a pessoa a morte. A doença que causa os cisticercos e a cisticercose. Cisticercose
  • 37. - construir sanitários em locais adequados; -realizar tratamento de águas e esgotos; - fazer a inspeção de abatedouros e açougueiros; -consumir carnes de porco e bois cozidos; -tratar dos doentes; Dicas para evitar a teníase e a cisticercose
  • 38. Ciclo da vida da tenia e da cisticercose
  • 39. Carolina mezzomo,LaisaSilvestri e Mateus zatta Componentes