SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
FORDISMO
O fordismo constitui o sistema de produção associado a figura do seu inspirador, o fabricante de automóveis norte-americano HENRI FORD
 
 
O fordismo pode ser descrito por um sistema de racionalização do trabalho que assenta no principio básico do ritmo máximo de produção da empresa.
Em 1936, Charlie Chaplin produziu e atuou no filme “Tempos Modernos”... Onde satirizou a idéia do operário-massa, que tanto caracterizou a produção fordista.
O fordismo, teve seu ápice no período posterior a Segunda Guerra Mundial, nas décadas de 1950 e 1960, que ficaram conhecidas na história do capitalismo como OS ANOS DOURADOS.
Podemos contar com elementos centrais de modelo fordista:
*Aumento da divisão de trabalho. *Aprofundamento do controle do tempo de trabalho produtivo (link/tempo/performance). *Reduzindo custos e aumentando o fluxo de bens e interesse em aumentar o poder de compra dos assalariados.
Contexto Histórico Fordismo era no século 19, um período caracterizado por grandes mudanças. Mudanças em todas as áreas da vida e do conhecimento. Revoluções de todos os ídolos que a economia local sofreu duas grandes revoluções industriais. revoluções explanariam, põe o mundo através do imperialismo e de procurar a aliança que o movimento sindical, para impedir seu triunfo, cederia o sufrágio universal. Na arte, os movimentos que emergem cambiaram radicalmente nova maneira de pensar, como o impressionismo.
Falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos. ,[object Object]
Alunos: Maykon, Jhonny, Suzana e Luana. Série: 2º1.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da economia brasileira
História da economia brasileiraHistória da economia brasileira
História da economia brasileira
Thaina007
 
Liberalismo, Nacionalismo, Socialismo
Liberalismo, Nacionalismo, SocialismoLiberalismo, Nacionalismo, Socialismo
Liberalismo, Nacionalismo, Socialismo
histicasa
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científica
Charlles Moreira
 
Espaço geográfico e industrialização 1 parte
Espaço geográfico e industrialização   1 parteEspaço geográfico e industrialização   1 parte
Espaço geográfico e industrialização 1 parte
edsonluz
 

Mais procurados (20)

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
 
Toyotismo
ToyotismoToyotismo
Toyotismo
 
Teorias Socialistas
Teorias SocialistasTeorias Socialistas
Teorias Socialistas
 
Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho
 
Ford
FordFord
Ford
 
Modelos de Produção (Taylorismo / Fordismo / Toyotismo)
Modelos de Produção (Taylorismo / Fordismo / Toyotismo)Modelos de Produção (Taylorismo / Fordismo / Toyotismo)
Modelos de Produção (Taylorismo / Fordismo / Toyotismo)
 
3 revolução industrial
3   revolução industrial3   revolução industrial
3 revolução industrial
 
Ford - Vida e Obra
Ford - Vida e ObraFord - Vida e Obra
Ford - Vida e Obra
 
Trabalho e sociedade no brasil
Trabalho e sociedade no brasilTrabalho e sociedade no brasil
Trabalho e sociedade no brasil
 
Taylorismo slide
Taylorismo slideTaylorismo slide
Taylorismo slide
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
História da economia brasileira
História da economia brasileiraHistória da economia brasileira
História da economia brasileira
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
 
Trabalho ao longo da história
Trabalho ao longo da históriaTrabalho ao longo da história
Trabalho ao longo da história
 
Liberalismo, Nacionalismo, Socialismo
Liberalismo, Nacionalismo, SocialismoLiberalismo, Nacionalismo, Socialismo
Liberalismo, Nacionalismo, Socialismo
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científica
 
Espaço geográfico e industrialização 1 parte
Espaço geográfico e industrialização   1 parteEspaço geográfico e industrialização   1 parte
Espaço geográfico e industrialização 1 parte
 
Volvismo
VolvismoVolvismo
Volvismo
 
O trabalho ao longo da história
O trabalho ao longo da históriaO trabalho ao longo da história
O trabalho ao longo da história
 
Evolução histórica do conceito de trabalho
Evolução histórica do conceito de trabalhoEvolução histórica do conceito de trabalho
Evolução histórica do conceito de trabalho
 

Destaque

Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietesDa Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
João Camacho
 
Ferdinand de saussure
Ferdinand de saussureFerdinand de saussure
Ferdinand de saussure
Diana Barbosa
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Colecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituaisColecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituais
claudia murta
 
Aula liberalismo
Aula liberalismoAula liberalismo
Aula liberalismo
Over Lane
 
1 liberalismo e crise de 1929
1 liberalismo e crise de 19291 liberalismo e crise de 1929
1 liberalismo e crise de 1929
Fábio Ribeiro
 
Socialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 anoSocialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 ano
AEDFL
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
Isabel Aguiar
 
A RevoluçãO Russa De 1917
A  RevoluçãO  Russa De 1917A  RevoluçãO  Russa De 1917
A RevoluçãO Russa De 1917
guestd47650
 

Destaque (17)

Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietesDa Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes
 
00 revolução russa – 9º ano sj
00 revolução russa – 9º ano sj00 revolução russa – 9º ano sj
00 revolução russa – 9º ano sj
 
Revolução russa 9 ano
Revolução russa 9 anoRevolução russa 9 ano
Revolução russa 9 ano
 
Ferdinand de saussure
Ferdinand de saussureFerdinand de saussure
Ferdinand de saussure
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 2
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 2Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 2
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 2
 
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismoSéc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
 
Colecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituaisColecao de mapas_conceituais
Colecao de mapas_conceituais
 
Aula liberalismo
Aula liberalismoAula liberalismo
Aula liberalismo
 
Estado e mercado power point
Estado e mercado power pointEstado e mercado power point
Estado e mercado power point
 
O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século XIX. http://b...
O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século XIX. http://b...O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século XIX. http://b...
O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século XIX. http://b...
 
1 liberalismo e crise de 1929
1 liberalismo e crise de 19291 liberalismo e crise de 1929
1 liberalismo e crise de 1929
 
Socialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 anoSocialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 ano
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
 
A RevoluçãO Russa De 1917
A  RevoluçãO  Russa De 1917A  RevoluçãO  Russa De 1917
A RevoluçãO Russa De 1917
 

Semelhante a Fordismo

Fordismo 100926155052-phpapp02
Fordismo 100926155052-phpapp02Fordismo 100926155052-phpapp02
Fordismo 100926155052-phpapp02
andersonportobello
 
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
Edivaldo Costa Jr.
 
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm20076 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
Alexandre Borges
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
AntonioVieira539017
 
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO  GEOGRÁFICO MUNDIAL.docA INDÚSTRIA NO ESPAÇO  GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
AlfredoFilho18
 

Semelhante a Fordismo (20)

Fordismo 100926155052-phpapp02
Fordismo 100926155052-phpapp02Fordismo 100926155052-phpapp02
Fordismo 100926155052-phpapp02
 
Organização da produção industrial
Organização da produção industrial Organização da produção industrial
Organização da produção industrial
 
Fordismo e Pós-Fordismo
Fordismo e Pós-FordismoFordismo e Pós-Fordismo
Fordismo e Pós-Fordismo
 
Taylorismo...
Taylorismo...Taylorismo...
Taylorismo...
 
Trabalho e sistemas de organizacao do trabalho
Trabalho e sistemas de organizacao do trabalhoTrabalho e sistemas de organizacao do trabalho
Trabalho e sistemas de organizacao do trabalho
 
Atividades fordismo (1)
Atividades fordismo (1)Atividades fordismo (1)
Atividades fordismo (1)
 
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
Da era-fordista-ao-desemprego-estrutural-
 
Tempos modernos
Tempos modernosTempos modernos
Tempos modernos
 
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm20076 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
6 modelosdehomemdeguerreiroramosadm2007
 
AULA MODELOS PRODUTIVOSsssssssssssssssssssssss.pptx
AULA MODELOS PRODUTIVOSsssssssssssssssssssssss.pptxAULA MODELOS PRODUTIVOSsssssssssssssssssssssss.pptx
AULA MODELOS PRODUTIVOSsssssssssssssssssssssss.pptx
 
O capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geograficoO capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geografico
 
slides-fordismo-120627120330-phpapp01 (2) (1).pdf
slides-fordismo-120627120330-phpapp01 (2) (1).pdfslides-fordismo-120627120330-phpapp01 (2) (1).pdf
slides-fordismo-120627120330-phpapp01 (2) (1).pdf
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
O Trabalho Na Economia De Mercado
O Trabalho Na Economia De MercadoO Trabalho Na Economia De Mercado
O Trabalho Na Economia De Mercado
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO  GEOGRÁFICO MUNDIAL.docA INDÚSTRIA NO ESPAÇO  GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
A INDÚSTRIA NO ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL.doc
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Apresentação1 serviço social
Apresentação1 serviço socialApresentação1 serviço social
Apresentação1 serviço social
 
Os modos de produção capitalista e socialista
Os modos de produção capitalista e socialistaOs modos de produção capitalista e socialista
Os modos de produção capitalista e socialista
 
Geo tarefa
Geo tarefaGeo tarefa
Geo tarefa
 

Mais de Cristiane Freitas

A ultima religiao divina islam
A ultima religiao divina   islamA ultima religiao divina   islam
A ultima religiao divina islam
Cristiane Freitas
 

Mais de Cristiane Freitas (20)

A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETOA NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
 
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da JordâniaA história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
 
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologiaTapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
 
Nomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em PortuguesNomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em Portugues
 
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo ReinoO Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
 
Brasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamentoBrasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamento
 
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dCO Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
 
Delicious Dates -
Delicious Dates - Delicious Dates -
Delicious Dates -
 
Travel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson planTravel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson plan
 
01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura
 
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e ArabeO Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
 
Risk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environmentRisk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environment
 
Cargo security
Cargo securityCargo security
Cargo security
 
Dicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcioDicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcio
 
A oração no islam
A oração no islamA oração no islam
A oração no islam
 
A ultima religiao divina islam
A ultima religiao divina   islamA ultima religiao divina   islam
A ultima religiao divina islam
 
Fundamentos do islam
Fundamentos do islamFundamentos do islam
Fundamentos do islam
 
Uma anfora de agua
Uma anfora de aguaUma anfora de agua
Uma anfora de agua
 
Oracao para ocasioes
Oracao para ocasioesOracao para ocasioes
Oracao para ocasioes
 
O caminho para o alcorao
O caminho para o alcoraoO caminho para o alcorao
O caminho para o alcorao
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 

Fordismo

  • 2. O fordismo constitui o sistema de produção associado a figura do seu inspirador, o fabricante de automóveis norte-americano HENRI FORD
  • 3.  
  • 4.  
  • 5. O fordismo pode ser descrito por um sistema de racionalização do trabalho que assenta no principio básico do ritmo máximo de produção da empresa.
  • 6. Em 1936, Charlie Chaplin produziu e atuou no filme “Tempos Modernos”... Onde satirizou a idéia do operário-massa, que tanto caracterizou a produção fordista.
  • 7. O fordismo, teve seu ápice no período posterior a Segunda Guerra Mundial, nas décadas de 1950 e 1960, que ficaram conhecidas na história do capitalismo como OS ANOS DOURADOS.
  • 8. Podemos contar com elementos centrais de modelo fordista:
  • 9. *Aumento da divisão de trabalho. *Aprofundamento do controle do tempo de trabalho produtivo (link/tempo/performance). *Reduzindo custos e aumentando o fluxo de bens e interesse em aumentar o poder de compra dos assalariados.
  • 10. Contexto Histórico Fordismo era no século 19, um período caracterizado por grandes mudanças. Mudanças em todas as áreas da vida e do conhecimento. Revoluções de todos os ídolos que a economia local sofreu duas grandes revoluções industriais. revoluções explanariam, põe o mundo através do imperialismo e de procurar a aliança que o movimento sindical, para impedir seu triunfo, cederia o sufrágio universal. Na arte, os movimentos que emergem cambiaram radicalmente nova maneira de pensar, como o impressionismo.
  • 11.
  • 12. Alunos: Maykon, Jhonny, Suzana e Luana. Série: 2º1.