Curso básico de tratamento para piscinas

29.616 visualizações

Publicada em

http://www.crisagua.ind.br
Palestrada Ministrada por Marco Antônio Spaca em Bragança Paulista em parceria com a Prefeitura Agronegócios e Fundo Social em 2011.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Curso básico de tratamento para piscinas

  1. 1. CURSO BÁSICO DE TRATAMENTO PARA PISCINAS Ministrado por: Marco Antônio Spaca
  2. 2. INTRODUÇÃO A Cris Água Indústria de Produtos Químicos atua há mais de 13 anos no mercado nacional desenvolvendo produtos para tratamento de águas principalmente no ramo de piscinas por ter produtos de alta qualidade para que sua água torne-se cristalina e saudável. A nossa sede está localizada em Atibaia, estado de São Paulo apta à fabricação, armazenagem e distribuição dos produtos para vendas em todo o território Nacional e América do Sul.
  3. 3. DEFINIÇÃO DE PISCINA: <ul><li>Segundo o dicionário: </li></ul><ul><li>Reservatório de água onde se costuma criar peixes; </li></ul><ul><li>tanque de banho, lavagem de roupas ou bebedouro para gado; </li></ul><ul><li>Tanque artificial para natação. </li></ul><ul><li>Importância social: recreação/esporte/educação/terapia </li></ul><ul><li>Responsabilidade sanitária: tratamento físico e químico adequado que proporcionam um ambiente livre de germes e microorganismos transmissores de doenças </li></ul>
  4. 4. OPERAÇÃO DO SISTEMA HIDRÁULICO
  5. 5. OBJETIVO DO TRATAMENTO <ul><li>3 pilares de sustentação </li></ul><ul><li>Água limpa </li></ul><ul><li>Água saudável – desinfecção,manutenção e auxiliares </li></ul><ul><li>Água balanceada – ph alcalinidade e dureza </li></ul>
  6. 6. CALCULO E VOLUME DE ÁGUA PISCINA
  7. 7. PPM – PARTE POR MILHÃO Ppm é uma unidade de medida utilizada para determinar a quantidade de produtos químicos que há na água. 1 ppm significa uma parte em 1.000,000 de partes ou 1 gr de produto em 1000 litros de água
  8. 8. LIMPEZA FÍSICA DA ÁGUA <ul><li>Filtragem diária </li></ul><ul><li>Limpeza da areia e cestos coletores – semanalmente </li></ul><ul><li>aspiração – semanalmente </li></ul><ul><li>Peneiração, escovação e limpeza das bordas - quando necessário </li></ul>
  9. 9. SISTEMA DE MOVIMENTAÇÃO DA ÁGUA NO FILTRO
  10. 10. RETROLAVAR
  11. 11. PRÉ - FILTRAR
  12. 12. RECIRCULAR
  13. 13. DRENAR
  14. 14. FECHAR
  15. 15. MANUTENÇÃO DA AREIA (PERGUNTAS FREQÜENTES <ul><li>Como posso melhorar a performance da areia do filtro? </li></ul><ul><li>Auxiliares de filtragem </li></ul><ul><li>Quando devo trocar areia? </li></ul><ul><li>A vida útil da é de aproximadamente 2 anos </li></ul><ul><li>Quando devo efetuar a retrolavagem? </li></ul><ul><li>Orientamos 1x por semana , mas podemos observar a pressão pelo manometro e ele indicará o momento certo. </li></ul>
  16. 16. ÁGUA BALANCEADA <ul><li>É aquela que não irrita os olhos, não causa corrosões nos equipamentos, rejuntes e argamassas. Não deposita incrustações. </li></ul>
  17. 17. COMO TORNAR A ÁGUA BALANCEADA: <ul><li>Controle de PH (Potencial de Hidrogênio) </li></ul><ul><li>Alcalinicidade Total(Sais Minerais) </li></ul><ul><li>Dureza Calcio (Teor Calcio) </li></ul>
  18. 18. PH Desinfecção mais eficaz Conforto p/ banhista Proteção equipamentos <ul><li>PH acima 7.8 </li></ul><ul><li>Reduz eficiência dos produtos </li></ul><ul><li>Causa irritações e incrustações </li></ul><ul><li>Deve ser corrigida com ácido (redutos de PH) </li></ul>6.8 7.2 7.8 14.0 <ul><li>PH Baixo </li></ul><ul><li>Causa irritação olhos, pele </li></ul><ul><li>Deve ser corrigida com carbonato de sódio (Barrilha Leve) </li></ul>
  19. 19. ALCALNICIDADE TOTAL São sais minerais presentes na água <ul><li>Superior a 130 ppm </li></ul><ul><li>Água resistente a correções </li></ul><ul><li>Produziria encrustações </li></ul><ul><li>Para corrigir ácido </li></ul><ul><li>IDEAL </li></ul><ul><li>CONFORTÁVEL </li></ul>120 80 <ul><li>Inferior a 70 ppm </li></ul><ul><li>PH oscilará com freqüência na adição de produtos, tendência em ficar opaca ou embaçada </li></ul><ul><li>Correção Bicabornato de sódio (elevador de alcalinicidade) </li></ul>
  20. 20. CORREÇÃO DE ALCALINICIDADE <ul><li>De acordo com o tipo de cloro: </li></ul><ul><ul><li>Hipoclorito de Cálcio – 80 a 100 ppm </li></ul></ul><ul><ul><li>Dicloro ou Iucloro – 100 a 120 ppm </li></ul></ul>
  21. 21. DUREZA CÁLCICA Apesar de pouco falada é super importante. <ul><li>Superior: </li></ul><ul><li>Provoca turvidez, incrustações calcárias (principalmente em equipamentos tratamento e aquecedores) </li></ul><ul><li>Deve ser corrigida com troca ou parte de água </li></ul><ul><li>IDEAL </li></ul>400 200 <ul><li>Inferior </li></ul><ul><li>Corrosão, rejuntes e metais, levando a descolar azulezos e pastilhas </li></ul><ul><li>Correção reposição calcária </li></ul>
  22. 22. ÁGUA SAUDÁVEL <ul><li>É aquela que: </li></ul><ul><li>Esta livre de microorganismos causadores de doenças; </li></ul><ul><li>Não contém sibstâncias orgânicas, que server de alimentos para microorganismos; </li></ul><ul><li>Não contém contaminantes causadores de cor </li></ul>
  23. 23. A ÁGUA PODE SE CONTAMINAR: <ul><li>Agentes Atmosféricos </li></ul><ul><li>Ar </li></ul><ul><li>Chuva </li></ul><ul><li>Folhas </li></ul><ul><li>Insetos </li></ul><ul><li>Poeira </li></ul><ul><li>Vento </li></ul>Água abastecimento (conforme origem) Algas Bactérias Fungos Vírus <ul><li>Banhista </li></ul><ul><li>Cabelo </li></ul><ul><li>Cosméticos </li></ul><ul><li>Pele </li></ul><ul><li>Secrções </li></ul><ul><li>Suor </li></ul><ul><li>Urina </li></ul>
  24. 24. DESINFECÇÃO COM CLOROS Tipos de Cloro Nome Químico Residual de Cloro Cloro granulado 65% Hipoclorito de Cálcio 2 a 4 ppm o tempo todo Cloro granulado Estabilizado Sódio - dicloro Cloro Tablete Tricloro - S
  25. 25. HIPOCLORITO DE CÁLCIO 65% (CLORO ATIVO 65% PURO) <ul><li>Cloro estabilizado multiplação e outros: </li></ul><ul><li>Teor de cloro ativo 40% mais inertes “fixadores de cloro” </li></ul><ul><li>Multiplação – clarificante e algicidas grande quantidade de ácido cianúrico </li></ul><ul><li>Cloro em Tabletes: </li></ul><ul><li>100% estabilizados, dissolução lenta, teor de cloro 90% ativo. </li></ul><ul><li>Não dispensa uso de cloro granulado 65% contém ácido cianúrico. </li></ul><ul><li>Utiliza dosadores para sua dissolução </li></ul>
  26. 26. PRODUTOS AUXILIARES Produto Descrição Clarificantes Aglomera e flocula partículas Algicidas (manutenção e choque) Algicidas Fibra e Vinil Elimina as algas (organismo microscópico) que se desenvolvem na piscina verde e turva com peso e paredes escorregadias. Limpa Borda Ajuda na limpeza das bordas eliminando gorduras e inscrustações Sulfato e Barrilha (decantador) É um composto que auxilia a decantação mas não desinfectam a psicina.
  27. 27. ELABORA O SEU PROGRAMA IDEAL PARA TRATAMENTO Diariamente <ul><li>Funcione a filtração </li></ul><ul><li>Analise PH e cloro </li></ul>Semanalmente <ul><li>Faça oxidação (tratamento com cloro; </li></ul><ul><li>Aspiração, lavagem de areia, etc </li></ul>Mensalmente <ul><li>Avalie alcalinicidade total </li></ul>
  28. 28. SEGURANÇA <ul><li>Utilizar luvas pláticas ou de pvc, máscaras e óculos de proteção durante o manuseio. </li></ul><ul><li>Nunca misture produtos químicos (risco de explosão). </li></ul><ul><li>Não reutiliza as embalagens. </li></ul><ul><li>Mantenha os produtos longe do alcance de crianças. </li></ul><ul><li>Manter os produtos em lugar seco e arejado. </li></ul>
  29. 29. AGRADECEMOS A PRESENÇA DE TODOS

×