Seminario reanimação cardíaca

1.413 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.413
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Primeiro devemos entender o que seria uma parada cardíaca. Parada cardíaca nada mais é do que a parada das contrações do coração.
  • Seminario reanimação cardíaca

    1. 1. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA PROFESSOR: MAGNO CAVALHEIRO FARIAPROFESSOR: MAGNO CAVALHEIRO FARIA CURSO: TÉCNICO EM RADIOLOGIACURSO: TÉCNICO EM RADIOLOGIA TURMA: 2VN3TURMA: 2VN3 ALUNOS: NOVAIS, Cristiane; FERNANDES, Gabriela F. C.; MATOS, JéssicaALUNOS: NOVAIS, Cristiane; FERNANDES, Gabriela F. C.; MATOS, Jéssica S.; SANTOS, Josiana D. S.S.; SANTOS, Josiana D. S.
    2. 2. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA O que é uma parada cardíaca?O que é uma parada cardíaca? Interrupção do ciclo cardíaco
    3. 3. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA - afogamento - acidentes por eletricidade - forte pancada na cabeça - envenenamento - hemorragias graves As principais causas de parada cardiorrespiratória são:
    4. 4. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA - inconsciência - parada respiratória - ausência de pulso e movimentos cardíacos - dilatação da pupila - extremidades arroxeadas - ausência de movimentos respiratórios MManifestações são:
    5. 5. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA É um conjunto de procedimentos de emergência, que consistem no reconhecimento da parada respiratória e cardíaca, e na aplicação das manobras para tentar reverter este estado. Utiliza-se : •A – Airway – Vias Aéreas •B – Breathe – Respiração •C – Circulation – Circulação “Toda a pressa do mundo, porém mantendo o controle da situação” Reanimação Cardiorrespiratória Básica
    6. 6. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA Sequencia de Procedimentos de Reanimação – ABC O primeiro passo é detectar se a vítima está realmente inconsciente, fazendo a estimulação delicada, geralmente segurando os ombros e chamando pela vítima. Constatada a inconsciência deve-se solicitar auxilio adicional, (SAMU). Uma vez que os procedimentos de reanimação cardíaca realizados isoladamente, apresentam poucas chances de sucesso.
    7. 7. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA • A – Airway – Vias Aéreas
    8. 8. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA 2 respirações • Boca-a-boca • Avaliação de pulso central (carotídeo) B – Breathe – Respiração
    9. 9. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA • Massagens cardíacas + respiração C – Circulation – Circulação
    10. 10. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA TÉCNICA: • 30 massagens + 2 respirações (1 ciclo) • 5 ciclos (2 min)
    11. 11. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA - manter as manobras até que os batimentos do coração sejam espontâneos, caso não se consiga reverter a parada, iniciar o transporte, sempre mantendo as manobras de ressuscitação; - levar ao pronto socorro mais próximo para avaliação médica correta e devida. CONDUTA IMEDIATA APÓS REANIMAÇÃO:
    12. 12. REANIMAÇÃO CARDÍACAREANIMAÇÃO CARDÍACA
    13. 13. WEBGRAFIAWEBGRAFIA http://www.inf.furb.br/sias/sos/textos/parada_cardiorrespiratoria.htm
    14. 14. A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Albert Einstein

    ×