ResistêNcias à InovaçãO O Ensino Tradicional

1.605 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ResistêNcias à InovaçãO O Ensino Tradicional

  1. 1. Nome: Tânia Nazaré Turma: 8ºB / Nº: 22
  2. 2. Limitadas a pequeno grupo de pessoas. A maioria era analfabeta Igreja Inovações técnicas e cientificas eram vistas com desconfiança Coexistência de cultura popular Era contra tudo o que pusesse em causa os seus valores e verdades por eles firmados. Conhecimentos relativos á agricultura, artesanato, etc. Costumes transmitidos de geração em geração. Os seus autores chegaram a ser acusados de Bruxaria e condenados pela Inquisição.
  3. 3. 1 2
  4. 5. Igreja Ensino experimental não era tão desenvolvido Tudo o que se afastasse dos princípios da igreja não podia ser ensinado. Estes factores são os responsáveis pelo: Atraso tecnológico de Portugal Atraso cientifico Ensino Universitário
  5. 6. 3 Universidade de Évora 4
  6. 7. http:// www.integral.br /zoom/ imgs /343/image002.jpg http:// www.navegantes.org /media/ blogs /navegantes/ inquisicao.jpg http:// www.educ.fc.ul.pt /docentes/ opombo / hfe /lugares/ osantigosliceu / _borders /p263.JPG http://i1.trekearth.com/ photos /83466/b-dsc00514a.jpg 1 2 3 4

×