Introdução;
A prosperidade dos tráficos atlânticos;
A Restauração da Independência;
Curiosidades;
Vamos Recapitular…;
Bibl...
Brasil
              Mais tarde, passou-se
              a fazer comércio do
              tabaco.


    A maioria da mão-...
Brasil
Começou-se uma nova época de progressos e intensificou-se o
    comércio triangular entre os continentes europeu, american...
Durante a União Ibérica, Filipe II satisfez grande parte das promessas feitas (Cortes
  de Tomar). No entanto, o mesmo não...
Utilizando
o apoio
popular

             +




                 Com o objectivo de
                 restaurar a
          ...
No dia 1 de Dezembro de 1640, invadiram o palácio real de
 Lisboa e prenderam a duquesa de Mântua.



Seguidamente, o duqu...
Estava envolvida em
                                 vários conflitos.
        Espanha


                             Enqu...
Após uma guerra com progressos e recuos, em 1668,
Espanha reconheceu a INDEPENDÊNCIA DE
PORTUGAL, terminando assim a dinas...
Filipe I de Portugal



                                               Filipe III de
                                     ...
1.Diga se as seguintes afirmações são verdadeiras ou falsas. Corrigindo
      as falsas.
                                 ...
Espanha estava envolvida em ______ com a Europa.
                ______        conflitos
 Os Portugueses:
   organizaram u...
Novo História 8 volume 1.


Webgrafia:
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Felipe_II_de_Esp
 anha

  http://pt.wikipedia.org/wik...
Nome: Cláudia Belém 8ºB Nº7
A professora: Sílvia Mendonça
Disciplina: História
Data: 23 de Janeiro de 2009
D. Filipe I de                D. Filipe II de        D. Filipe III de
                           Portugal                 ...
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses

1.795 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Prosperidade Dos TráFicos AtlâNticos Portugueses

  1. 1. Introdução; A prosperidade dos tráficos atlânticos; A Restauração da Independência; Curiosidades; Vamos Recapitular…; Bibliografia e Web grafia. D. João IV, de Avelar Rebelo
  2. 2. Brasil Mais tarde, passou-se a fazer comércio do tabaco. A maioria da mão-de-obra utilizada nos engenhos de açúcar brasileiros era escrava, originária de África.
  3. 3. Brasil
  4. 4. Começou-se uma nova época de progressos e intensificou-se o comércio triangular entre os continentes europeu, americano e africano. Produção de Açúcar, no Brasil
  5. 5. Durante a União Ibérica, Filipe II satisfez grande parte das promessas feitas (Cortes de Tomar). No entanto, o mesmo não se sucedeu com Filipe III e Filipe IV, o que originou um descontentamento em Portugal: após 1620, Espanha entrou em crise económica, e para solucionar esse problema o rei aumentou os impostos, afectando os Portugueses; os territórios portugueses (no Brasil e em África) eram constantemente atacados e invadidos por Holandeses e Franceses; Espanha envolveu-se em conflitos com a Europa e encarou-se de revoltas internas, levando a integração de portugueses no exército espanhol.
  6. 6. Utilizando o apoio popular + Com o objectivo de restaurar a independência
  7. 7. No dia 1 de Dezembro de 1640, invadiram o palácio real de Lisboa e prenderam a duquesa de Mântua. Seguidamente, o duque de Bragança D. João (neto de D. Catarina), foi aclamado pelas ruas como rei D. João IV, sendo mais tarde confirmado pelas Cortes reunidas.
  8. 8. Estava envolvida em vários conflitos. Espanha Enquanto Portugal preparava a defesa: Reorganizaram um Fizeram tratados Repararam e exército e aumentaram o com países construíram fortalezas fabrico de armas; inimigos de junto à fronteira e na Espanha. costa;
  9. 9. Após uma guerra com progressos e recuos, em 1668, Espanha reconheceu a INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL, terminando assim a dinastia Filipina.
  10. 10. Filipe I de Portugal Filipe III de Portugal Filipe II de Portugal
  11. 11. 1.Diga se as seguintes afirmações são verdadeiras ou falsas. Corrigindo as falsas. Verdadeiro 1. A partir do séc. XXI, a crise do Império do Oriente e a concorrência dos Holandeses e Ingleses levaram Portugal a Falso prestar mais atenção ao seu território. Verdadeiro 2. O açúcar deu grande lucros ao Reino. Falso 3. O comércio triangular estabelecia-se Verdadeiro entre a Ásia, a Oceânia e a América. Falso Verdadeiro 4. Toda a dinastia Filipina cumpriu as promessas feitas. Falso Verdadeiro 5. Dia 1 de Dezembro de 1640 – restauração da Falso Independência.
  12. 12. Espanha estava envolvida em ______ com a Europa. ______ conflitos Os Portugueses: organizaram um _____ e aumentaram o Fabrico de ____. ____ exército Armas Repararam e construíram ______ junto à fronteira e à fortalezas ____. costa Fizeram Tratados com _____ de Espanha _____ inimigos Em ____ a Espanha reconheceu a independência de Portugal. _________ 1668
  13. 13. Novo História 8 volume 1. Webgrafia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Felipe_II_de_Esp anha http://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe_III_de_Esp anha http://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe_IV_de_Esp anha
  14. 14. Nome: Cláudia Belém 8ºB Nº7 A professora: Sílvia Mendonça Disciplina: História Data: 23 de Janeiro de 2009
  15. 15. D. Filipe I de D. Filipe II de D. Filipe III de Portugal Portugal Portugal Data de nascimento 21/5/1527 14/4/1578 8/4/1605 Local de nascimento Valladolid, Espanha Madrid Valladolid, Espanha Local da morte Madrid Data da morte 13/9/1598 31/3/1621 17/9/1665 Anos em que governou 1580-1598 1598-1621 1621-1640 Portugal “o Gordo”, “o Rei Nome (titulo) “O prudente” “O piedoso” ou “O Planeta”,“O Grande” Pio” Pai Filipe III de Carlos I de Espanha Filipe II de Espanha Espanha Mãe Isabel de Portugal Ana de Áustria Margarida de Áustria Causa da morte ------------------------- febre ou erisipela --------------------

×