SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Picasso, Duas mulheres correndo na praia
Ó Mulher!

Ó Mulher! Como és fraca e como és forte!
Como sabes ser doce e desgraçada!
Como sabes fingir quando em teu peito
A tua alma se estorce amargurada!

Quantas morrem saudosa duma imagem.
Adorada que amaram doidamente!
Quantas e quantas almas endoidecem
Enquanto a boca rir alegremente!

Quanta paixão e amor às vezes têm
Sem nunca o confessarem a ninguém
Doce alma de dor e sofrimento!

Paixão que faria a felicidade.
Dum rei; amor de sonho e de saudade,
Que se esvai e que foge num lamento!

            Florbela Espanca
Dia Internacional da Mulher

O dia 8 de Março é, desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas como Dia
Internacional da Mulher.

Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque
entraram em greve ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um
horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias, que
recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica
onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram
queimadas.
Em 1903, profissionais liberais norte-americanas criaram a Women's
Trade Union League. Esta associação tinha como principal objetivo
ajudar todas as trabalhadoras a exigirem melhores condições de
trabalho.

Em 1908, mais de 14 mil mulheres marcharam nas ruas de Nova Iorque:
reivindicaram o mesmo que as operárias no ano de 1857, bem como o
direito de voto. Caminhavam com o slogan "Pão e Rosas", em que o pão
simbolizava a estabilidade económica e as rosas uma melhor qualidade
de vida.
Em 1910, numa conferência internacional de mulheres
      realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem
      àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia
      Internacional da Mulher".

                          Evita Perón

                                             Madre Teresa de
Marilyn Monroe
                                             Calcutá




                                             Florbela Espanca
Marie Curie




                                              Indira Gandhi
Princesa Diana



                           Helen Keller
As lutas pela equidade de género…
   • Vem de longa data.

   • Tem avanços e retrocessos.

   • Em 1913, as norte-americanas já podiam votar e
     ser eleitas em 9 estados da Federação.

   • Na Inglaterra, as sufragistas foram agressivas
     (quebra de vidros, bombas incendiárias,
     invasão de parlamento, greves de fome,
     suicídios políticos em 1905).
Luta pelo voto
As lutas pela equidade de género…
 • A Primeira Guerra interrompeu o movimento, que se
   tornava internacional.

 • 1918, Inglaterra – cidadãs: somente as casadas,
   chefes de família, com nível universitário e as
   maiores de 30 anos. Em 1928, para todas.

 • 1920, nos Estados Unidos – voto para todas.

 • Antes da Primeira Guerra: Finlândia em 1906, e
   Noruega em 1913.
A mulher no tempo do FASCISMO
PORTUGAL ESTADO NOVO
      A Mulher no trabalho
• Em 1974, apenas 25% dos trabalhadores eram
  mulheres; apenas 19% trabalhavam fora de casa (86%
  eram solteiras; 50% tinham menos de 24 anos).
• Ganhavam menos cerca de 40% que os homens.

• As mulheres não tinham acesso às seguintes carreiras:
  magistratura, diplomática, militar e polícia.

• Certas profissões (por ex., enfermeira, hospedeira do
  ar) implicavam a limitação de direitos, como o direito
  de casar.
PORTUGAL ESTADO NOVO
         A Mulher na família

•   O casamento católico era indissolúvel (os casais não se
    podiam divorciar).

• Até 1969, a mulher não podia viajar para o
  estrangeiro sem autorização do marido.
PORTUGAL ESTADO NOVO
       A Mulher - Direitos cívicos e políticos
• Até final da década de 60, as mulheres só podiam votar quando
  fossem chefes de família e possuíssem curso médio ou superior.

•    Em 1968 a lei estabeleceu a igualdade de voto para a
    Assembleia Nacional de todos os cidadãos que soubessem ler e
    escrever. O facto de existir uma elevada percentagem de
    analfabetismo, que atingia sobretudo as mulheres, determinava
    que, em 1973, apenas houvesse 24% dos eleitores recenseados.

•    As mulheres apenas podiam votar para as Juntas de Freguesia
    no caso de serem chefes de família (se fossem viúvas), tendo de
    apresentar atestado de idoneidade moral.
PORTUGAL ESTADO NOVO
   A Mulher - Direitos cívicos e políticos
• Em 1932, em todos os manuais de leitura estava incluída a
  seguinte frase: “Na família, o chefe é o pai; na escola, o
  chefe é o mestre; na igreja, o chefe é o padre; na Nação, o
  chefe é o governo.”

• Em 1936, o Ministério da Educação proibiu as professoras
  de usar maquilhagem e indumentária que não se
  adequasse à “majestade do ministério exercido”; as
  professoras só podiam casar com a autorização do
  Ministro, concedida apenas desde que o noivo
  demonstrasse ter “bom comportamento moral e civil” e
  meios de subsistência adequados ao vencimento de uma
  professora.
o
                                                          la Reg
                                                    Pau

A mulher no nosso tempo A MULHER DO NOSSO TEMPO a mulher do
                          nosso tempo




                                 C ão
                             r
                        ul he
                    M
O Mundo foi e é dos Homens ??
• O poder continua nas mãos dos homens

• Ser esposa e mãe tem custos a nível profissional

• As mulheres com filhos são mais penalizadas nas carreiras

• As mulheres com maior sucesso profissional que os respectivos
  maridos não são vistas da mesma forma que a situação contrária

• O sucesso profissional das mulheres é sempre avaliado à luz de
  valores privados
Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades


As mulheres representam 52% da população europeia mas
continuam a ser alvo de ………………..no mercado de trabalho. De
acordo com estatísticas disponíveis, na UE a 25 as mulheres são
mais susceptíveis de estarem desempregadas do que os homens
(9,6% contra 7,6%), apenas um terço dos cargos executivos são
ocupados por mulheres e a diferença salarial situa-se nos 15%.
Esta realidade traduz-se no …………………….. de capital humano e
tem efeitos negativos na ……………….. social, no emprego e no
crescimento.
Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades

O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o
princípio da igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos
foi adoptada …………………….. legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento
Europeu e o Conselho adoptaram a “Directiva relativa à aplicação do princípio
da igualdade de oportunidades e igualdade de tratamento entre homens e
mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade profissional”, que
incorpora 7 …………………………. existentes e regulamenta os aspectos seguintes:
- Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional;
- Condições de trabalho, incluindo……………………… ;
- Regimes profissionais de segurança social.
Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades

O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o
princípio da igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos
foi adoptada …………………….. legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento
Europeu e o Conselho adoptaram a “Directiva relativa à aplicação do princípio
da igualdade de oportunidades e igualdade de tratamento entre homens e
mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade profissional”, que
incorpora 7 …………………………. existentes e regulamenta os aspectos seguintes:
- Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional;
- Condições de trabalho, incluindo……………………… ;
- Regimes profissionais de segurança social.
Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades

A Estratégia de Lisboa fixou, para 2010, o objectivo de 60% para a taxa de
emprego das mulheres, que é actualmente de 55,7%. A Resolução sobre a
igualdade entre mulheres e homens na União Europeia, adoptada pelo
Parlamento Europeu, apela a acções mais dinâmicas e de maior …………………… ,
não só para transpor a legislação comunitária tendente a reduzir as diferenças
de remuneração, como também para pôr termo à discriminação entre sexos
no mercado de trabalho, no ……………….. de que aumente a proporção de
mulheres que ocupam cargos de nível elevado correspondentes às suas
capacidades; uma melhor ……………………. entre a vida familiar e a actividade
profissional; e uma participação equilibrada das mulheres e dos homens nos
processos …………………. de natureza política.
SOLUÇÕES
                     Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades
As mulheres representam 52% da população europeia mas continuam a ser alvo de
discriminação no mercado de trabalho. De acordo com estatísticas disponíveis, na UE a 25 as
mulheres são mais susceptíveis de estarem desempregadas do que os homens (9,6% contra
7,6%), apenas um terço dos cargos executivos são ocupados por mulheres e a diferença
salarial situa-se nos 15%. Esta realidade traduz-se no desperdício de capital humano e tem
efeitos negativos na coesão social, no emprego e no crescimento.
O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o princípio da
igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos foi adoptada diversa
legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento Europeu e o Conselho adoptaram a
“Directiva relativa à aplicação do princípio da igualdade de oportunidades e igualdade de
tratamento entre homens e mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade
profissional”, que incorpora 7 directivas existentes e regulamenta os aspectos seguintes:
SOLUÇÕES

- Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional;
- Condições de trabalho, incluindo remuneração;
- Regimes profissionais de segurança social.
A Estratégia de Lisboa fixou, para 2010, o objectivo de 60% para a taxa de emprego das
mulheres, que é actualmente de 55,7%. A Resolução sobre a igualdade entre mulheres e
homens na União Europeia, adoptada pelo Parlamento Europeu, apela a acções mais
dinâmicas e de maior vulto, não só para transpor a legislação comunitária tendente a
reduzir as diferenças de remuneração, como também para pôr termo à discriminação
entre sexos no mercado de trabalho, no intuito de que aumente a proporção de mulheres
que ocupam cargos de nível elevado correspondentes às suas capacidades; uma melhor
conciliação entre a vida familiar e a actividade profissional; e uma participação equilibrada
das mulheres e dos homens nos processos decisórios de natureza política.
O RETRATO DE MÓNICA

Mónica é uma pessoa tão extraordinária que consegue simultaneamente: ser boa
mãe de família, ser chiquíssima, ser dirigente da “Liga Internacional das Mulheres
Inúteis”, ajudar o marido nos negócios, fazer ginástica todas as manhãs, ser pontual,
ter imensos amigos, dar muitos jantares, ir a muitos jantares, não fumar, não
envelhecer, gostar de toda a gente, toda a gente gostar dela, dizer bem de toda a
gente, toda a gente dizer bem dela, coleccionar colheres do séc. XVII, jogar golfe,
deitar-se tarde, levantar-se cedo, comer iogurte, fazer ioga, gostar de pintura
abstracta, ser sócia de todas as sociedades musicais, estar sempre divertida, ser um
belo exemplo de virtudes, ter muito sucesso e ser muito séria.
Tenho conhecido na vida muitas pessoas parecidas com a Mónica. Mas são só a sua
caricatura. Esquecem-se sempre ou do ioga ou da pintura abstracta. Por trás de tudo
isto há um trabalho severo e sem tréguas e uma disciplina rigorosa e constante.
Pode-se dizer que
Mónica trabalha de sol a sol. De facto, para conquistar todo o sucesso e todos os
gloriosos bens que possui, Mónica teve de renunciar a três coisas: à poesia, ao amor
e à santidade.
                                                                                  […]
                                                   Sophia de Mello Breyner Andresen
                                                                  Contos Exemplares
                                                  Porto, Figueirinhas, 1996 (29ª ed.).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulherbejr
 
Slide dia da mulher
Slide dia da mulherSlide dia da mulher
Slide dia da mulherMAIEVS2
 
Dia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesDia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesElciene Oliveira
 
Apresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherApresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherGlayson Sombra
 
A impotência da mulher na sociedade
A impotência da mulher na sociedade  A impotência da mulher na sociedade
A impotência da mulher na sociedade Janaina Barbosa
 
Dia/direitos das mulheres
Dia/direitos das mulheresDia/direitos das mulheres
Dia/direitos das mulheresbejr
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaAna Maciel
 
Os direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosOs direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosVanessa Ribeiro
 
Palestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheresPalestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheresSolange Wittmann
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualÉrik Silva Oliveira
 

Mais procurados (20)

Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulher
 
Mulheres na História
Mulheres na HistóriaMulheres na História
Mulheres na História
 
Empoderamento da Mulher
Empoderamento da MulherEmpoderamento da Mulher
Empoderamento da Mulher
 
Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulher
 
Cultura de Paz
Cultura de PazCultura de Paz
Cultura de Paz
 
Slide dia da mulher
Slide dia da mulherSlide dia da mulher
Slide dia da mulher
 
Dia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesDia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alves
 
Apresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherApresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulher
 
Dia das mulheres
Dia das mulheresDia das mulheres
Dia das mulheres
 
Empoderamento feminino
Empoderamento femininoEmpoderamento feminino
Empoderamento feminino
 
A impotência da mulher na sociedade
A impotência da mulher na sociedade  A impotência da mulher na sociedade
A impotência da mulher na sociedade
 
Ser mulher.pptx
Ser mulher.pptxSer mulher.pptx
Ser mulher.pptx
 
Dia/direitos das mulheres
Dia/direitos das mulheresDia/direitos das mulheres
Dia/direitos das mulheres
 
Dandara
DandaraDandara
Dandara
 
Dia internacional da mulher apresentação
Dia internacional da mulher apresentaçãoDia internacional da mulher apresentação
Dia internacional da mulher apresentação
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
 
Os direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosOs direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanos
 
Palestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheresPalestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheres
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
 
Violencia contra mulher
Violencia contra mulherViolencia contra mulher
Violencia contra mulher
 

Destaque

O Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da MulherO Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da MulherJoaquim Almeida
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulher Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulher Elisa Mascarenhas
 
Dia Internacional da Mulheres
Dia Internacional da MulheresDia Internacional da Mulheres
Dia Internacional da MulheresDomingos Torres
 
Palestra Dia Internacional Mulher
Palestra  Dia Internacional Mulher Palestra  Dia Internacional Mulher
Palestra Dia Internacional Mulher Andrea Palma Silva
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulherHelio Cruz
 
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da Mulher
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da MulherPequena Homenagem ao Grande dia Internacional da Mulher
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da MulherIkaro Slipk
 
Homenagem à mulher
Homenagem à mulherHomenagem à mulher
Homenagem à mulherfefelira
 
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8Clara Veiga
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulherSociologia Caze
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher Sandra Alves
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulhersalaaee
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulherhelenachg
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulherizabelfonseca
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulherPedro Daniel
 
homenagem ao dia internacional da mulher
homenagem ao dia internacional da mulherhomenagem ao dia internacional da mulher
homenagem ao dia internacional da mulherIkaro Slipk
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulhervera.movio1968
 

Destaque (19)

O Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da MulherO Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da Mulher
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulher Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
Palestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da MulherPalestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da Mulher
 
Dia Internacional da Mulheres
Dia Internacional da MulheresDia Internacional da Mulheres
Dia Internacional da Mulheres
 
Palestra Dia Internacional Mulher
Palestra  Dia Internacional Mulher Palestra  Dia Internacional Mulher
Palestra Dia Internacional Mulher
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
Homenagem ao dia internacional da mulher apresentação
Homenagem ao dia internacional da mulher   apresentaçãoHomenagem ao dia internacional da mulher   apresentação
Homenagem ao dia internacional da mulher apresentação
 
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da Mulher
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da MulherPequena Homenagem ao Grande dia Internacional da Mulher
Pequena Homenagem ao Grande dia Internacional da Mulher
 
Homenagem à mulher
Homenagem à mulherHomenagem à mulher
Homenagem à mulher
 
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
 
Dia da mulher 1
Dia da mulher 1Dia da mulher 1
Dia da mulher 1
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
homenagem ao dia internacional da mulher
homenagem ao dia internacional da mulherhomenagem ao dia internacional da mulher
homenagem ao dia internacional da mulher
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 

Semelhante a Mulheres na História

Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tcc
Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tccAndreia regina-esmanhoto-rodrigues tcc
Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tccTatiane Siqueira
 
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!andreiapgois
 
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdf
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdfFeminismo, Histórico e Conceitos.pdf
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdfMarioMarcelloNeto
 
Mulheres No Mundo
Mulheres No MundoMulheres No Mundo
Mulheres No Mundoguestb19a66
 
Mulheres na 1ª República
Mulheres na 1ª República Mulheres na 1ª República
Mulheres na 1ª República becreebsr
 
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURAL
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURALCONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURAL
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURALCoordTic
 
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...adrnsilva
 
A mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoA mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoIsabel Vitória
 
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e considerações
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e consideraçõesMulher, Direitos Humanos e África – evolução e considerações
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e consideraçõesIsabela Espíndola
 
Dia da mulher
Dia da mulherDia da mulher
Dia da mulhereecdda
 
Direito das mulheres
Direito das mulheresDireito das mulheres
Direito das mulheresAK47J
 
O homem e a mulher
O homem e a mulherO homem e a mulher
O homem e a mulherMisterytu8
 
Roteiro violência contra a mulher
Roteiro violência contra a mulherRoteiro violência contra a mulher
Roteiro violência contra a mulherSadrak Silva
 
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.ppt
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.pptDia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.ppt
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.pptneto20101994
 
História do 8 de março
História do 8 de marçoHistória do 8 de março
História do 8 de marçoAngra Santos
 

Semelhante a Mulheres na História (20)

Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tcc
Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tccAndreia regina-esmanhoto-rodrigues tcc
Andreia regina-esmanhoto-rodrigues tcc
 
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!
À RODA DA NOSSA HISTÓRIA - REPÚBLICA: UM PASSADO...PRESENTE!
 
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdf
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdfFeminismo, Histórico e Conceitos.pdf
Feminismo, Histórico e Conceitos.pdf
 
Mulheres No Mundo
Mulheres No MundoMulheres No Mundo
Mulheres No Mundo
 
Mulheres na 1ª República
Mulheres na 1ª República Mulheres na 1ª República
Mulheres na 1ª República
 
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURAL
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURALCONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURAL
CONFERÊNCIA SOBRE A MULHER NO CONTEXTO (MULTI)CULTURAL
 
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...
Ydocumentosdosprofessoresvanessa educaofsicadiadasmulheresvanessa-09031206164...
 
Dia Das Mulheres Vanessa
Dia Das Mulheres VanessaDia Das Mulheres Vanessa
Dia Das Mulheres Vanessa
 
O homem e a mulher
O homem e a mulher O homem e a mulher
O homem e a mulher
 
Mulheres
MulheresMulheres
Mulheres
 
A mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoA mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalho
 
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e considerações
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e consideraçõesMulher, Direitos Humanos e África – evolução e considerações
Mulher, Direitos Humanos e África – evolução e considerações
 
Dia da mulher
Dia da mulherDia da mulher
Dia da mulher
 
1160
11601160
1160
 
Direito das mulheres
Direito das mulheresDireito das mulheres
Direito das mulheres
 
O homem e a mulher
O homem e a mulherO homem e a mulher
O homem e a mulher
 
e-book - Estereótipo de Género
e-book - Estereótipo de Géneroe-book - Estereótipo de Género
e-book - Estereótipo de Género
 
Roteiro violência contra a mulher
Roteiro violência contra a mulherRoteiro violência contra a mulher
Roteiro violência contra a mulher
 
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.ppt
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.pptDia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.ppt
Dia da mulher kakakkakkakakskjskjakjakaj.ppt
 
História do 8 de março
História do 8 de marçoHistória do 8 de março
História do 8 de março
 

Mais de cresac

Dia dos namorados
Dia dos namoradosDia dos namorados
Dia dos namoradoscresac
 
A sexualidade no tempo
A sexualidade no tempoA sexualidade no tempo
A sexualidade no tempocresac
 
1 de dezembro
1  de dezembro1  de dezembro
1 de dezembrocresac
 
Dia do trabalhador
Dia do trabalhadorDia do trabalhador
Dia do trabalhadorcresac
 
25 de abril_de_1974
25 de abril_de_197425 de abril_de_1974
25 de abril_de_1974cresac
 
5 de outubro
5 de outubro5 de outubro
5 de outubrocresac
 
Regimento interno
Regimento internoRegimento interno
Regimento internocresac
 

Mais de cresac (8)

Dia dos namorados
Dia dos namoradosDia dos namorados
Dia dos namorados
 
A sexualidade no tempo
A sexualidade no tempoA sexualidade no tempo
A sexualidade no tempo
 
1 de dezembro
1  de dezembro1  de dezembro
1 de dezembro
 
Dia do trabalhador
Dia do trabalhadorDia do trabalhador
Dia do trabalhador
 
25 de abril_de_1974
25 de abril_de_197425 de abril_de_1974
25 de abril_de_1974
 
5 de outubro
5 de outubro5 de outubro
5 de outubro
 
PAA
PAAPAA
PAA
 
Regimento interno
Regimento internoRegimento interno
Regimento interno
 

Último

Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 

Último (20)

Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 

Mulheres na História

  • 1. Picasso, Duas mulheres correndo na praia
  • 2. Ó Mulher! Ó Mulher! Como és fraca e como és forte! Como sabes ser doce e desgraçada! Como sabes fingir quando em teu peito A tua alma se estorce amargurada! Quantas morrem saudosa duma imagem. Adorada que amaram doidamente! Quantas e quantas almas endoidecem Enquanto a boca rir alegremente! Quanta paixão e amor às vezes têm Sem nunca o confessarem a ninguém Doce alma de dor e sofrimento! Paixão que faria a felicidade. Dum rei; amor de sonho e de saudade, Que se esvai e que foge num lamento! Florbela Espanca
  • 3. Dia Internacional da Mulher O dia 8 de Março é, desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher. Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias, que recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas.
  • 4. Em 1903, profissionais liberais norte-americanas criaram a Women's Trade Union League. Esta associação tinha como principal objetivo ajudar todas as trabalhadoras a exigirem melhores condições de trabalho. Em 1908, mais de 14 mil mulheres marcharam nas ruas de Nova Iorque: reivindicaram o mesmo que as operárias no ano de 1857, bem como o direito de voto. Caminhavam com o slogan "Pão e Rosas", em que o pão simbolizava a estabilidade económica e as rosas uma melhor qualidade de vida.
  • 5. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". Evita Perón Madre Teresa de Marilyn Monroe Calcutá Florbela Espanca Marie Curie Indira Gandhi Princesa Diana Helen Keller
  • 6. As lutas pela equidade de género… • Vem de longa data. • Tem avanços e retrocessos. • Em 1913, as norte-americanas já podiam votar e ser eleitas em 9 estados da Federação. • Na Inglaterra, as sufragistas foram agressivas (quebra de vidros, bombas incendiárias, invasão de parlamento, greves de fome, suicídios políticos em 1905).
  • 8. As lutas pela equidade de género… • A Primeira Guerra interrompeu o movimento, que se tornava internacional. • 1918, Inglaterra – cidadãs: somente as casadas, chefes de família, com nível universitário e as maiores de 30 anos. Em 1928, para todas. • 1920, nos Estados Unidos – voto para todas. • Antes da Primeira Guerra: Finlândia em 1906, e Noruega em 1913.
  • 9. A mulher no tempo do FASCISMO
  • 10. PORTUGAL ESTADO NOVO A Mulher no trabalho • Em 1974, apenas 25% dos trabalhadores eram mulheres; apenas 19% trabalhavam fora de casa (86% eram solteiras; 50% tinham menos de 24 anos). • Ganhavam menos cerca de 40% que os homens. • As mulheres não tinham acesso às seguintes carreiras: magistratura, diplomática, militar e polícia. • Certas profissões (por ex., enfermeira, hospedeira do ar) implicavam a limitação de direitos, como o direito de casar.
  • 11. PORTUGAL ESTADO NOVO A Mulher na família • O casamento católico era indissolúvel (os casais não se podiam divorciar). • Até 1969, a mulher não podia viajar para o estrangeiro sem autorização do marido.
  • 12. PORTUGAL ESTADO NOVO A Mulher - Direitos cívicos e políticos • Até final da década de 60, as mulheres só podiam votar quando fossem chefes de família e possuíssem curso médio ou superior. • Em 1968 a lei estabeleceu a igualdade de voto para a Assembleia Nacional de todos os cidadãos que soubessem ler e escrever. O facto de existir uma elevada percentagem de analfabetismo, que atingia sobretudo as mulheres, determinava que, em 1973, apenas houvesse 24% dos eleitores recenseados. • As mulheres apenas podiam votar para as Juntas de Freguesia no caso de serem chefes de família (se fossem viúvas), tendo de apresentar atestado de idoneidade moral.
  • 13. PORTUGAL ESTADO NOVO A Mulher - Direitos cívicos e políticos • Em 1932, em todos os manuais de leitura estava incluída a seguinte frase: “Na família, o chefe é o pai; na escola, o chefe é o mestre; na igreja, o chefe é o padre; na Nação, o chefe é o governo.” • Em 1936, o Ministério da Educação proibiu as professoras de usar maquilhagem e indumentária que não se adequasse à “majestade do ministério exercido”; as professoras só podiam casar com a autorização do Ministro, concedida apenas desde que o noivo demonstrasse ter “bom comportamento moral e civil” e meios de subsistência adequados ao vencimento de uma professora.
  • 14. o la Reg Pau A mulher no nosso tempo A MULHER DO NOSSO TEMPO a mulher do nosso tempo C ão r ul he M
  • 15. O Mundo foi e é dos Homens ?? • O poder continua nas mãos dos homens • Ser esposa e mãe tem custos a nível profissional • As mulheres com filhos são mais penalizadas nas carreiras • As mulheres com maior sucesso profissional que os respectivos maridos não são vistas da mesma forma que a situação contrária • O sucesso profissional das mulheres é sempre avaliado à luz de valores privados
  • 16. Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades As mulheres representam 52% da população europeia mas continuam a ser alvo de ………………..no mercado de trabalho. De acordo com estatísticas disponíveis, na UE a 25 as mulheres são mais susceptíveis de estarem desempregadas do que os homens (9,6% contra 7,6%), apenas um terço dos cargos executivos são ocupados por mulheres e a diferença salarial situa-se nos 15%. Esta realidade traduz-se no …………………….. de capital humano e tem efeitos negativos na ……………….. social, no emprego e no crescimento.
  • 17. Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o princípio da igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos foi adoptada …………………….. legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento Europeu e o Conselho adoptaram a “Directiva relativa à aplicação do princípio da igualdade de oportunidades e igualdade de tratamento entre homens e mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade profissional”, que incorpora 7 …………………………. existentes e regulamenta os aspectos seguintes: - Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional; - Condições de trabalho, incluindo……………………… ; - Regimes profissionais de segurança social.
  • 18. Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o princípio da igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos foi adoptada …………………….. legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento Europeu e o Conselho adoptaram a “Directiva relativa à aplicação do princípio da igualdade de oportunidades e igualdade de tratamento entre homens e mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade profissional”, que incorpora 7 …………………………. existentes e regulamenta os aspectos seguintes: - Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional; - Condições de trabalho, incluindo……………………… ; - Regimes profissionais de segurança social.
  • 19. Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades A Estratégia de Lisboa fixou, para 2010, o objectivo de 60% para a taxa de emprego das mulheres, que é actualmente de 55,7%. A Resolução sobre a igualdade entre mulheres e homens na União Europeia, adoptada pelo Parlamento Europeu, apela a acções mais dinâmicas e de maior …………………… , não só para transpor a legislação comunitária tendente a reduzir as diferenças de remuneração, como também para pôr termo à discriminação entre sexos no mercado de trabalho, no ……………….. de que aumente a proporção de mulheres que ocupam cargos de nível elevado correspondentes às suas capacidades; uma melhor ……………………. entre a vida familiar e a actividade profissional; e uma participação equilibrada das mulheres e dos homens nos processos …………………. de natureza política.
  • 20. SOLUÇÕES Direitos da Mulher e Igualdade de oportunidades As mulheres representam 52% da população europeia mas continuam a ser alvo de discriminação no mercado de trabalho. De acordo com estatísticas disponíveis, na UE a 25 as mulheres são mais susceptíveis de estarem desempregadas do que os homens (9,6% contra 7,6%), apenas um terço dos cargos executivos são ocupados por mulheres e a diferença salarial situa-se nos 15%. Esta realidade traduz-se no desperdício de capital humano e tem efeitos negativos na coesão social, no emprego e no crescimento. O princípio da igualdade entre homens e mulheres e, particularmente, o princípio da igualdade salarial está consagrado e ao longo dos últimos 30 anos foi adoptada diversa legislação nesta matéria. Em 2006, o Parlamento Europeu e o Conselho adoptaram a “Directiva relativa à aplicação do princípio da igualdade de oportunidades e igualdade de tratamento entre homens e mulheres em domínios ligados ao emprego e à actividade profissional”, que incorpora 7 directivas existentes e regulamenta os aspectos seguintes:
  • 21. SOLUÇÕES - Acesso ao emprego, incluindo a promoção, e à formação profissional; - Condições de trabalho, incluindo remuneração; - Regimes profissionais de segurança social. A Estratégia de Lisboa fixou, para 2010, o objectivo de 60% para a taxa de emprego das mulheres, que é actualmente de 55,7%. A Resolução sobre a igualdade entre mulheres e homens na União Europeia, adoptada pelo Parlamento Europeu, apela a acções mais dinâmicas e de maior vulto, não só para transpor a legislação comunitária tendente a reduzir as diferenças de remuneração, como também para pôr termo à discriminação entre sexos no mercado de trabalho, no intuito de que aumente a proporção de mulheres que ocupam cargos de nível elevado correspondentes às suas capacidades; uma melhor conciliação entre a vida familiar e a actividade profissional; e uma participação equilibrada das mulheres e dos homens nos processos decisórios de natureza política.
  • 22. O RETRATO DE MÓNICA Mónica é uma pessoa tão extraordinária que consegue simultaneamente: ser boa mãe de família, ser chiquíssima, ser dirigente da “Liga Internacional das Mulheres Inúteis”, ajudar o marido nos negócios, fazer ginástica todas as manhãs, ser pontual, ter imensos amigos, dar muitos jantares, ir a muitos jantares, não fumar, não envelhecer, gostar de toda a gente, toda a gente gostar dela, dizer bem de toda a gente, toda a gente dizer bem dela, coleccionar colheres do séc. XVII, jogar golfe, deitar-se tarde, levantar-se cedo, comer iogurte, fazer ioga, gostar de pintura abstracta, ser sócia de todas as sociedades musicais, estar sempre divertida, ser um belo exemplo de virtudes, ter muito sucesso e ser muito séria. Tenho conhecido na vida muitas pessoas parecidas com a Mónica. Mas são só a sua caricatura. Esquecem-se sempre ou do ioga ou da pintura abstracta. Por trás de tudo isto há um trabalho severo e sem tréguas e uma disciplina rigorosa e constante. Pode-se dizer que Mónica trabalha de sol a sol. De facto, para conquistar todo o sucesso e todos os gloriosos bens que possui, Mónica teve de renunciar a três coisas: à poesia, ao amor e à santidade. […] Sophia de Mello Breyner Andresen Contos Exemplares Porto, Figueirinhas, 1996 (29ª ed.).