O QUE VAMOS VER? <ul><li>A má gestão das marcas </li></ul><ul><li>Cemitério empresarial está cheio </li></ul><ul><li>Pouca...
Marcas da minha juventude... <ul><li>Leite Ula </li></ul><ul><li>A Favorita </li></ul><ul><li>Escola “Jesus, Maria, José” ...
TOP COMO FAROL
<ul><li>MÁ GESTÃO DAS MARCAS </li></ul><ul><li>Pesquisas não levadas a sério </li></ul><ul><li>Pouca compreensão das infor...
MARCAS FORAM FEITAS PARA DURAR?
<ul><li>CEMITERIO EMPRESARIAL </li></ul><ul><li>  Porque tantas marcas morrem? </li></ul><ul><li>Avaliar sempre onde está ...
<ul><li>As marcas estão passando confiança? Ganhando reputação? </li></ul><ul><li>Sendo vistas, conhecidas e reconhecidas?...
O TOP MUDANDO DE MÃOS
<ul><li>Café América  x  Café Maratá </li></ul><ul><li>Banco Bradesco  x  Banco do Brasil </li></ul><ul><li>Arapuã  x  Ins...
Na liderança...
<ul><li>Nossas marcas mais lembradas segundo a  Interbrand: </li></ul><ul><li>Itaú, Bradesco, Natura, Skol e Rede Globo. <...
<ul><li>Manter-se na liderança com um plano </li></ul><ul><li>Volks x Fiat </li></ul><ul><li>Varig - Vasp - Transbrasil  x...
 
<ul><li>Mercado pirata de R$ 165,00 </li></ul><ul><li>Ser Top NÃO SE PAGA </li></ul><ul><li>Chega de ser marca Denorex </l...
Porque segmentos com n° tão baixos de reconhecimento?
<ul><li>60% -  Não lembram ou não sabem de academias de ginástica </li></ul><ul><li>72% -  Agências de viagens </li></ul><...
Sua marca esta grudada?
<ul><li>Sua marca está grudada? </li></ul><ul><li>Ex: Santanna, Ortobom e Brasilgás </li></ul><ul><li>Não se faz marca da ...
 
<ul><li>Lei da Dominação x Escada nas mentes </li></ul><ul><li>Não ser lembrado pode ser fatal </li></ul><ul><li>Quais as ...
 
<ul><li>Vencedores com índices preocupantes </li></ul><ul><li>Alto índice de esquecimento </li></ul><ul><li>Estariam const...
<ul><li>Propaganda. O desafio de não ser esquecido </li></ul><ul><li>A “ Wallmortização ” dos supermercados </li></ul><ul>...
<ul><li>Mercado pró-relacionamentos </li></ul><ul><li>No segmento de alimentação poucos posicionamentos </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Hospitais e Clínicas doentes </li></ul><ul><li>Estrabismos e nenhum relacionamento </li></ul><ul><li>Não  entendem...
<ul><li>Mercado imobiliário. Marcas fracas </li></ul><ul><li>Índices insignificativos </li></ul><ul><li>70% não sabem e nã...
Como se faz um Top?
<ul><li>Pesquisas residenciais - 16 setores censitários </li></ul><ul><li>Amostra aleatória simples. 1.250 entrevistas/ano...
<ul><li>MARCAS; </li></ul><ul><li>Uma coisa é ser lembrada outra é não ser esquecida! </li></ul><ul><li>Precisam ser admin...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Top Of Mind O Desafio De Ser Lembrado E Reconhecido

2.277 visualizações

Publicada em

Palestra: Top Of Mind O Desafio De Ser Lembrado E Reconhecido.

Palestrante: Adm. Enio Carvalho de Araujo, Sócio da Marketing Consultoria Idéias e Resultados, Conselheiro Efetivo do CRA/BA

Evento: Café com Palestra.

Realização: CRA/BA - Conselho Regional de Administração da Bahia.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Top Of Mind O Desafio De Ser Lembrado E Reconhecido

  1. 2. O QUE VAMOS VER? <ul><li>A má gestão das marcas </li></ul><ul><li>Cemitério empresarial está cheio </li></ul><ul><li>Pouca percepção favorece a gangorra </li></ul><ul><li>O esquecimento abre o mercado </li></ul><ul><li>Falta endomarketing </li></ul><ul><li>Qual o degrau que sua marca está? </li></ul><ul><li>Preço ou lealdade? </li></ul><ul><li>Empresas sem construírem relacionamentos </li></ul><ul><li>Como se faz um Top? </li></ul>
  2. 3. Marcas da minha juventude... <ul><li>Leite Ula </li></ul><ul><li>A Favorita </li></ul><ul><li>Escola “Jesus, Maria, José” </li></ul><ul><li>Os Piton </li></ul><ul><li>Banco Bahia </li></ul><ul><li>Banco Econômico </li></ul><ul><li>Roy Rogers </li></ul><ul><li>Vigilante Rodoviário </li></ul><ul><li>Fantasma </li></ul><ul><li>Mandrake </li></ul><ul><li>Deolindo </li></ul><ul><li>Cine Guarani </li></ul><ul><li>Flit </li></ul><ul><li>La Fontana </li></ul><ul><li>Brazeiro </li></ul><ul><li>Gumex </li></ul><ul><li>Biotônico Fontoura </li></ul><ul><li>A Cubana / Primavera </li></ul>
  3. 4. TOP COMO FAROL
  4. 5. <ul><li>MÁ GESTÃO DAS MARCAS </li></ul><ul><li>Pesquisas não levadas a sério </li></ul><ul><li>Pouca compreensão das informações </li></ul><ul><li>14 anos de Prêmio: Apenas 29 marcas com índices superiores a 30% </li></ul><ul><li>Nacionais: Brahma, Varig, Bradesco </li></ul><ul><li>Locais: Farmácias Sant’anna, Iguatemi e Brasilgás </li></ul><ul><li>Precisamos apaixonar-nos por nossas marcas </li></ul><ul><li>Ter mais marketing profissional nas empresas </li></ul>
  5. 6. MARCAS FORAM FEITAS PARA DURAR?
  6. 7. <ul><li>CEMITERIO EMPRESARIAL </li></ul><ul><li>  Porque tantas marcas morrem? </li></ul><ul><li>Avaliar sempre onde está sua marca hoje </li></ul><ul><li>Os cemitérios estão cheios de marcas tais como: </li></ul><ul><li>Slooper, Feira dos Tecidos, Paes Mendonça, Ipê, Mesbla, Mappin, Arapuã, Vasp e Transbrasil. </li></ul><ul><li>Será que elas tinham um plano de marketing? </li></ul><ul><li>Desde 1973 até hoje (36 anos) desapareceram 385 marcas </li></ul><ul><li>Mais novas são: Unibanco e Sadia </li></ul>
  7. 8. <ul><li>As marcas estão passando confiança? Ganhando reputação? </li></ul><ul><li>Sendo vistas, conhecidas e reconhecidas? </li></ul><ul><li>Passam valor? Têm um conceito positivo? </li></ul><ul><li>Não se constrói marca apenas com propaganda </li></ul><ul><li>Administre bem sua marca. </li></ul>
  8. 9. O TOP MUDANDO DE MÃOS
  9. 10. <ul><li>Café América x Café Maratá </li></ul><ul><li>Banco Bradesco x Banco do Brasil </li></ul><ul><li>Arapuã x Insinuante </li></ul><ul><li>Ernesto x Fabrica </li></ul><ul><li>Estamos administrando ou atirando marcas? </li></ul><ul><li>Porque as pessoas não estão lembrando? </li></ul><ul><li>Quanto vale uma marca? </li></ul><ul><li>Coca Cola vale 65 bilhões de dólares. </li></ul><ul><li>Microsoft 58, IBM 57 </li></ul>
  10. 11. Na liderança...
  11. 12. <ul><li>Nossas marcas mais lembradas segundo a Interbrand: </li></ul><ul><li>Itaú, Bradesco, Natura, Skol e Rede Globo. </li></ul><ul><li>O que elas têm em comum? </li></ul><ul><li>Sabem construir relacionamentos </li></ul><ul><li>Não se administra marca por agências </li></ul><ul><li>Tem que existir um posicionamento percebido </li></ul><ul><li>Gestão de marca pede administração profissional </li></ul><ul><li>Saudades do Jacu! </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Manter-se na liderança com um plano </li></ul><ul><li>Volks x Fiat </li></ul><ul><li>Varig - Vasp - Transbrasil  x TAM – Gol - Azul </li></ul><ul><li>Rede Globo x Record x SBT </li></ul><ul><li>Jaime Troiano. </li></ul><ul><li>63% não sabem avaliar corretamente suas marcas </li></ul><ul><li>Porque a Coca Cola é líder? E a Nestlé? </li></ul><ul><li>Por que a Gilette lidera o mercado de lâminas de barbear? </li></ul>
  13. 15. <ul><li>Mercado pirata de R$ 165,00 </li></ul><ul><li>Ser Top NÃO SE PAGA </li></ul><ul><li>Chega de ser marca Denorex </li></ul><ul><li>No acarajé tem Top ? 3000 pontos </li></ul><ul><li>Bahia x Vitória </li></ul><ul><li>Marcas de qualidade duvidosa </li></ul><ul><li>Não administram relacionamentos </li></ul><ul><li>Não passam confiança </li></ul>
  14. 16. Porque segmentos com n° tão baixos de reconhecimento?
  15. 17. <ul><li>60% - Não lembram ou não sabem de academias de ginástica </li></ul><ul><li>72% - Agências de viagens </li></ul><ul><li>57% - Barzinhos VOLTADAS PARA </li></ul><ul><li>60% - Construtoras RESULTADOS </li></ul><ul><li>46% - Cursinhos pré-vestibular </li></ul><ul><li>55% - Lojas de celulares </li></ul><ul><li>60% - Empresas que vendem computadores </li></ul><ul><li>Mercados abertos - Empresas Maguilla </li></ul>
  16. 18. Sua marca esta grudada?
  17. 19. <ul><li>Sua marca está grudada? </li></ul><ul><li>Ex: Santanna, Ortobom e Brasilgás </li></ul><ul><li>Não se faz marca da noite para o dia </li></ul><ul><li>A marca depende também da sua equipe </li></ul><ul><li>Magazine Luiza como referencial. 100 melhores </li></ul><ul><li>Empresas sem endomarketing , sem plano e sem posicionamento </li></ul><ul><li>Escutam o mercado? Avaliam-se corretamente? </li></ul><ul><li>Possuem bons gestores? </li></ul><ul><li>A Matsushita tem um plano de defesa da marca para os próximos 250 anos = Símbolo de confiança </li></ul>
  18. 21. <ul><li>Lei da Dominação x Escada nas mentes </li></ul><ul><li>Não ser lembrado pode ser fatal </li></ul><ul><li>Quais as causas do esquecimento? </li></ul><ul><li>Criar ou manter marcas? </li></ul><ul><li>Receita de bolo: Estar atento a tudo; funcionários treinados; composto equilibrado. </li></ul><ul><li>Um bom exemplo no segmento da construção </li></ul><ul><li>Comercial Ramos x Tend Tudo x Ferreira Costa </li></ul>
  19. 23. <ul><li>Vencedores com índices preocupantes </li></ul><ul><li>Alto índice de esquecimento </li></ul><ul><li>Estariam construindo relacionamentos? </li></ul><ul><li>Possuem um departamento de marketing real? </li></ul><ul><li>A concorrência chegando... </li></ul><ul><li>Casas Bahia, Outback, Renner, Etna, Fast, Fogo de Chão... </li></ul><ul><li>E quando chegar a Magazine Luiza? </li></ul><ul><li>Estariam as campanhas de propaganda “comoditizadas”? </li></ul>
  20. 24. <ul><li>Propaganda. O desafio de não ser esquecido </li></ul><ul><li>A “ Wallmortização ” dos supermercados </li></ul><ul><li>Preço não é tudo. Lealdade sim! </li></ul><ul><li>Insinuante x Ricardo x Casas Bahia </li></ul><ul><li>Precisam vender benefícios </li></ul><ul><li>Novo varejo. Marcas virando operadores </li></ul><ul><li>Nike, Sony, Nokia. E aí? </li></ul>
  21. 25. <ul><li>Mercado pró-relacionamentos </li></ul><ul><li>No segmento de alimentação poucos posicionamentos </li></ul><ul><li>Construindo pontos para resultados, não para clientes </li></ul><ul><li>A experiência da Starbucks </li></ul>
  22. 26. <ul><li>Hospitais e Clínicas doentes </li></ul><ul><li>Estrabismos e nenhum relacionamento </li></ul><ul><li>Não entendem e não atendem bem </li></ul><ul><li>Hospital São Rafael e Hospital Aliança na frente. </li></ul><ul><li>E os Centenários? </li></ul>
  23. 27. <ul><li>Mercado imobiliário. Marcas fracas </li></ul><ul><li>Índices insignificativos </li></ul><ul><li>70% não sabem e não lembram nossas marcas </li></ul>
  24. 28. Como se faz um Top?
  25. 29. <ul><li>Pesquisas residenciais - 16 setores censitários </li></ul><ul><li>Amostra aleatória simples. 1.250 entrevistas/ano </li></ul><ul><li>Mais de  18.000 pessoas ouvidas em 15 anos </li></ul><ul><li>Margem de erro de 4%. Coeficiente de segurança de 95.5% </li></ul><ul><li>03 segundos para responder </li></ul><ul><li>100% auditada pela Mazars Performance </li></ul><ul><li>Ser Top é um diferencial </li></ul>
  26. 30. <ul><li>MARCAS; </li></ul><ul><li>Uma coisa é ser lembrada outra é não ser esquecida! </li></ul><ul><li>Precisam ser administradas profissionalmente </li></ul><ul><li>Por falta disto morreram: </li></ul><ul><li>Credifácil, Tio, Correa, Fernandez, Lobrás, Milisam, Duas Américas, Florensilva, Feira dos Tecidos, Arapuã, Vasp, Transbrasil, Mappin, Enciclopédia Britânica... </li></ul><ul><li>Não durmam no ponto ou na conta total </li></ul><ul><li>Olho nos olhos dos clientes </li></ul><ul><li>Marcas deveriam ser para sempre! </li></ul>

×