SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Raízes mediterrânicas da 
civilização europeia 
Cidade, Cidadania E Império 
Na Antiguidade Clássica
1 – O Modelo Ateniense 
1 . 1 – A DEMOCRACIA ANTIGA
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 Pólis = Cidade Estado 
Montanhosa 
Território próprio 
Poucos habitantes
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 Não pode se demasiado 
pequena senão não é 
economicamente viável 
 Não pode ser demasiado 
grande senão não se 
consegue governar
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 Alimentos – agricultura 
 Artesanato – 
instrumentos 
“industria”, Comércio 
 Armas – 
Polícia, exército 
 Riqueza 
Dinheiro, Comércio 
 Culto, religião 
– a proteção dos deuses 
 Decisão sobre os assuntos 
- Governo
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 Alimentos – agricultura 
 Artesanato – industria, 
comércio 
 Armas – Polícia, exército 
 Riqueza - dinheiro 
 Culto, religião – a proteção 
dos deuses 
 Decisão sobre os assuntos - 
Governo 
Autossuficinte 
AUTÁRCIA
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 Alimentos – agricultura 
 Artesanato – comércio 
 Armas – Polícia, exército 
 Riqueza - dinheiro 
 Culto, religião – a 
proteção dos deuses 
 Decisão sobre os assuntos 
- Governo 
AUTÁRCIA 
Um território 
Um conjunto de 
cidadãos 
- Corpo cívico 
Leis próprias 
Pólis em Autarcia
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
A organização do espaço cívico 
 Ágora - Praça 
Pública 
 Acrópole-local de 
culto
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 A organização do espaço cívico – A Acrópole
1.1.1 – Um Mundo de cidades estado 
 A organização do espaço cívico – A Ágora
Os direitos dos cidadãos 
 Igualdade perante a lei 
Isonomia 
 Igualdade no acesso a 
cargos públicos 
Isocracia 
 Igualdade no uso da 
palavra 
Isegoria
Reformas de Clístenes 
 10 tribos subdivididas 
em 10 demos =100 
demos
Reformas de Clístenes 
Ostracismo 
O ostracismo era uma punição existente em Atenas, no século V a.C, onde 
uma pessoa que representasse, na opinião dos cidadãos, uma ameaça para a 
democracia, era votado, na Eclésia, para ser banido ou exilado, durante dez 
anos. O termo deriva do método de votar que consistia na escrita do nome do 
escolhido num pedaço de cerâmica, o óstraco.
Reforma de Péricles 
Mistoforia 
Mistoforia é como se 
chamava a indenização 
diária, paga aos cidadãos 
atenienses que participassem 
de atividades públicas. Foi 
instituída na Atenas de 
Péricles, como parte do 
processo de democratização, 
para permitir que os cidadãos 
mais pobres participassem 
nas sessões da Eclésia e da 
Bulé.
Principais orgãos de governo de Atenas
Exercício da democracia 
Pnix 
 Rotatividade no exercício 
dos cargos públicos 
 Sorteio em vez de eleição 
no exercício de certos 
cargos 
 Democracia Direta 
Fichas de voto 
 Importância da 
Oratória
Os limites da democracia antiga 
 Excluídos do exercício da 
cidadania. 
Metecos (doc 13) 
Mulheres (doc 12) 
Escravos (doc 14)
Os limites da democracia antiga

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O século de péricles
O século de périclesO século de péricles
O século de péricles
Ana Barreiros
 
Orgãos da democracia ateniense
Orgãos da democracia atenienseOrgãos da democracia ateniense
Orgãos da democracia ateniense
João Couto
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
cattonia
 
Formação das cidades estado
Formação das cidades estadoFormação das cidades estado
Formação das cidades estado
Carla Teixeira
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º ano
jorgina8
 
A demografia ateniense
A demografia atenienseA demografia ateniense
A demografia ateniense
nita2000
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romana
Carla Teixeira
 
Grecia geral
Grecia geralGrecia geral
Grecia geral
HCA_10I
 

Mais procurados (20)

O século de péricles
O século de périclesO século de péricles
O século de péricles
 
A Democracia Ateniense no séc. V a. C.
A Democracia Ateniense no séc. V a. C.A Democracia Ateniense no séc. V a. C.
A Democracia Ateniense no séc. V a. C.
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
 
Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Historia A - Grécia
Historia A - Grécia
 
10 atenas no século v
10   atenas no século v10   atenas no século v
10 atenas no século v
 
O modelo ateniense (síntese) (1).pptx
O modelo ateniense (síntese) (1).pptxO modelo ateniense (síntese) (1).pptx
O modelo ateniense (síntese) (1).pptx
 
Orgãos da democracia ateniense
Orgãos da democracia atenienseOrgãos da democracia ateniense
Orgãos da democracia ateniense
 
1.2 uma cultura aberta - a cultura grega
1.2   uma cultura aberta - a cultura grega1.2   uma cultura aberta - a cultura grega
1.2 uma cultura aberta - a cultura grega
 
Atenas no século v
Atenas no século vAtenas no século v
Atenas no século v
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
 
Formação das cidades estado
Formação das cidades estadoFormação das cidades estado
Formação das cidades estado
 
Os Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo VOs Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo V
 
A Democracia Em Atenas
A Democracia Em  AtenasA Democracia Em  Atenas
A Democracia Em Atenas
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º ano
 
A demografia ateniense
A demografia atenienseA demografia ateniense
A demografia ateniense
 
A pólis de atenas
A pólis de atenasA pólis de atenas
A pólis de atenas
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romana
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Grecia geral
Grecia geralGrecia geral
Grecia geral
 

Semelhante a 1 o modelo ateniense

O modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
O modelo ateniense (síntese)PDF.pptxO modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
O modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
Maria Sequeira
 
O modelo ateniense a democracia
O modelo ateniense  a democraciaO modelo ateniense  a democracia
O modelo ateniense a democracia
Carla Teixeira
 
O modelo ateniense a democracia
O modelo ateniense  a democraciaO modelo ateniense  a democracia
O modelo ateniense a democracia
Carla Teixeira
 

Semelhante a 1 o modelo ateniense (20)

Aula 4 grecia 2012
Aula 4 grecia  2012Aula 4 grecia  2012
Aula 4 grecia 2012
 
GRÉCIA DEMOCRACIA ATENIENSE E PERÍODO CLÁSSICO
GRÉCIA DEMOCRACIA ATENIENSE E PERÍODO CLÁSSICOGRÉCIA DEMOCRACIA ATENIENSE E PERÍODO CLÁSSICO
GRÉCIA DEMOCRACIA ATENIENSE E PERÍODO CLÁSSICO
 
O modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
O modelo ateniense (síntese)PDF.pptxO modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
O modelo ateniense (síntese)PDF.pptx
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
 
Cidadania e democracia na antiguidade grecia
Cidadania e democracia na antiguidade greciaCidadania e democracia na antiguidade grecia
Cidadania e democracia na antiguidade grecia
 
Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2
 
Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2
 
Civilizacaogrega
CivilizacaogregaCivilizacaogrega
Civilizacaogrega
 
2bimestre-161116215357.pdf
2bimestre-161116215357.pdf2bimestre-161116215357.pdf
2bimestre-161116215357.pdf
 
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaAntiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
 
Módulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágoraMódulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágora
 
O modelo ateniense a democracia
O modelo ateniense  a democraciaO modelo ateniense  a democracia
O modelo ateniense a democracia
 
O modelo ateniense a democracia
O modelo ateniense  a democraciaO modelo ateniense  a democracia
O modelo ateniense a democracia
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
GRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGAGRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGA
 
Historia volume-1
Historia volume-1Historia volume-1
Historia volume-1
 
Guia de estudo n.º 1 O Modelo Ateniense
Guia de estudo n.º 1 O Modelo AtenienseGuia de estudo n.º 1 O Modelo Ateniense
Guia de estudo n.º 1 O Modelo Ateniense
 
GRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptxGRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptx
 
Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2Historia7e8ano 2
Historia7e8ano 2
 
Democracia Ateniense 10ºAno
Democracia Ateniense 10ºAnoDemocracia Ateniense 10ºAno
Democracia Ateniense 10ºAno
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 

1 o modelo ateniense

  • 1. Raízes mediterrânicas da civilização europeia Cidade, Cidadania E Império Na Antiguidade Clássica
  • 2. 1 – O Modelo Ateniense 1 . 1 – A DEMOCRACIA ANTIGA
  • 3. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado
  • 4. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  Pólis = Cidade Estado Montanhosa Território próprio Poucos habitantes
  • 5. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  Não pode se demasiado pequena senão não é economicamente viável  Não pode ser demasiado grande senão não se consegue governar
  • 6. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  Alimentos – agricultura  Artesanato – instrumentos “industria”, Comércio  Armas – Polícia, exército  Riqueza Dinheiro, Comércio  Culto, religião – a proteção dos deuses  Decisão sobre os assuntos - Governo
  • 7. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  Alimentos – agricultura  Artesanato – industria, comércio  Armas – Polícia, exército  Riqueza - dinheiro  Culto, religião – a proteção dos deuses  Decisão sobre os assuntos - Governo Autossuficinte AUTÁRCIA
  • 8. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  Alimentos – agricultura  Artesanato – comércio  Armas – Polícia, exército  Riqueza - dinheiro  Culto, religião – a proteção dos deuses  Decisão sobre os assuntos - Governo AUTÁRCIA Um território Um conjunto de cidadãos - Corpo cívico Leis próprias Pólis em Autarcia
  • 9. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado A organização do espaço cívico  Ágora - Praça Pública  Acrópole-local de culto
  • 10. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  A organização do espaço cívico – A Acrópole
  • 11. 1.1.1 – Um Mundo de cidades estado  A organização do espaço cívico – A Ágora
  • 12. Os direitos dos cidadãos  Igualdade perante a lei Isonomia  Igualdade no acesso a cargos públicos Isocracia  Igualdade no uso da palavra Isegoria
  • 13. Reformas de Clístenes  10 tribos subdivididas em 10 demos =100 demos
  • 14. Reformas de Clístenes Ostracismo O ostracismo era uma punição existente em Atenas, no século V a.C, onde uma pessoa que representasse, na opinião dos cidadãos, uma ameaça para a democracia, era votado, na Eclésia, para ser banido ou exilado, durante dez anos. O termo deriva do método de votar que consistia na escrita do nome do escolhido num pedaço de cerâmica, o óstraco.
  • 15. Reforma de Péricles Mistoforia Mistoforia é como se chamava a indenização diária, paga aos cidadãos atenienses que participassem de atividades públicas. Foi instituída na Atenas de Péricles, como parte do processo de democratização, para permitir que os cidadãos mais pobres participassem nas sessões da Eclésia e da Bulé.
  • 16. Principais orgãos de governo de Atenas
  • 17. Exercício da democracia Pnix  Rotatividade no exercício dos cargos públicos  Sorteio em vez de eleição no exercício de certos cargos  Democracia Direta Fichas de voto  Importância da Oratória
  • 18. Os limites da democracia antiga  Excluídos do exercício da cidadania. Metecos (doc 13) Mulheres (doc 12) Escravos (doc 14)
  • 19. Os limites da democracia antiga