SlideShare uma empresa Scribd logo

Cqep eso informacoes

C
cqep

Informações CQEP-ESO

1 de 2
Baixar para ler offline
--CCeennttrroo ppaarraa aa QQuuaalliiffiiccaaççããoo ee oo EEnnssiinnoo PPrrooffiissssiioonnaall
CQEP-ESO: Email- esodivelas@cqep.gov.pt
Agrupamento de Escolas nº 4 de Odivelas – Código – 171906
Sede: Escola Secundária de Odivelas – Av. Professor Doutor Augusto Abreu Lopes – 2675-300 – ODIVELAS – Telefone: 21 934 82 80 – FAX: 21 934 82 89
IINNFFOORRMMAAÇÇÕÕEESS
 OO qquuee ssããoo??
Os CQEP são estruturas do Sistema Nacional de Qualificações e assumem um
papel determinante na construção de pontes entre os mundos da educação, da
formação e do emprego, numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida.
 PPaarraa qquueemm??
Os CQEP destinam-se a todos os que procuram uma qualificação, tendo em
vista o prosseguimento de estudos e/ou uma transição/reconversão para o mercado
de trabalho.
Estes Centros encontram-se igualmente vocacionados para dar resposta aos
cidadãos com deficiência e incapacidade, com o intuito de assegurar a sua integração
na vida ativa e profissional.
 SSããoo ddeessttiinnaattáárriiooss ddiirreettooss ddooss CCQQEEPP::
oo Jovens com idade igual ou superior a 15 anos ou, independentemente da
idade, a frequentar o último ano de escolaridade do ensino básico;
oo Adultos com idade igual ou superior a 18 anos, com necessidades de
aquisição e reforço de conhecimentos e competências.
 CCoommoo aattuuaamm ppeerraannttee aallgguuéémm qquuee pprreetteennddaa oobbtteerr uummaa qquuaalliiffiiccaaççããoo??
Os CQEP asseguram as seguintes etapas de intervenção:
oo Acolhimento – inscrição do candidato (jovem ou adulto) e seu
esclarecimento, considerando a missão e o âmbito de intervenção dos CQEP;
oo Diagnóstico – análise do perfil do candidato, com o objetivo de identificar
respostas de educação e/ou formação ajustadas à sua situação (motivações,
necessidades e expetativas);
oo Informação e Orientação – identificação de projetos individuais de
educação e qualificação profissional, tendo presente opções realistas de
prosseguimento de estudos e/ou de integração no mercado de trabalho;
oo Encaminhamento – concretização do encaminhamento do candidato para
uma oferta de educação e/ou formação profissional ou ainda para um processo
de reconhecimento e validação e certificação de competências – RVCC (apenas
possível para candidatos adultos. Caso tenham entre 18 e 23 anos inclusive,
terão de possuir pelos menos 3 anos de experiência profissional devidamente
comprovada), tendo por base o processo prévio de diagnóstico e orientação;
--CCeennttrroo ppaarraa aa QQuuaalliiffiiccaaççããoo ee oo EEnnssiinnoo PPrrooffiissssiioonnaall
CQEP-ESO: Email- esodivelas@cqep.gov.pt
Agrupamento de Escolas nº 4 de Odivelas – Código – 171906
Sede: Escola Secundária de Odivelas – Av. Professor Doutor Augusto Abreu Lopes – 2675-300 – ODIVELAS – Telefone: 21 934 82 80 – FAX: 21 934 82 89
oo Reconhecimento e Validação de Competências – identificação e validação
de competências adquiridas pelos adultos ao longo da vida, em contextos de
aprendizagem formais, não formais e informais.
oo Certificação de Competências – demonstração das competências dos
adultos, perante um júri, através da realização de uma prova.
 QQuuee sseerrvviiççooss pprreessttaamm??
oo Apoiam os jovens e os adultos na identificação de respostas educativas e
formativas adequadas ao perfil de cada candidato, tendo em conta também as
necessidades do tecido empresarial;
oo Desenvolvem processos de reconhecimento, validação e certificação de
competências (RVCC) escolares e profissionais, para adultos;
oo Colaboram na definição de critérios de estruturação de uma rede de ofertas
educativas e formativas adequadas às necessidades locais de qualificação,
aproximando as escolas/centros de formação das empresas;
oo Monitorizam o percurso dos jovens e adultos encaminhados para as diferentes
soluções de qualificação, visando aferir o cumprimento ou o desvio das
trajetórias definidas, numa perspetiva de valorização contínua;
oo Recolhem informação respeitante à interação entre os resultados das
aprendizagens dos jovens e dos adultos e o mercado de trabalho, tendo em vista
a melhoria da qualidade do sistema de educação e formação.
 QQuuee lliiggaaççõõeess eessttaabbeelleecceemm nnoo tteerrrreennoo??
Os CQEP operam em rede e em parceria, de modo flexível, com diversas
entidades:
oo Empregadores;
oo Entidades formadoras (escolas, centros de formação, entidades certificadas);
oo Rede social e solidária;
oo Municípios;
oo Associações;
oo Serviços e organismos da Administração Pública.
A sua atuação desenvolve-se de modo a potenciar as sinergias existentes no
terreno, com mecanismos e respostas de qualidade, numa lógica de gestão eficaz e
eficiente de meios.
 SSiitteess ddee iinntteerreessssee::
oo http://cqep.anqep.gov.pt/index.html
oo http://www.anqep.gov.pt/default.aspx?e=1
oo MMuunnddoo ddaass pprrooffiissssõõeess:: http://www.mp.anqep.gov.pt/
oo CCaattáállooggoo ddaass QQuuaalliiffiiccaaççõõeess:: http://www.catalogo.anqep.gov.pt/Qualificacoes

Recomendados

Certificado de Competências Pedagógicas
Certificado de Competências PedagógicasCertificado de Competências Pedagógicas
Certificado de Competências PedagógicasRicardo Brasil
 
Apresentação do Programa
Apresentação do ProgramaApresentação do Programa
Apresentação do ProgramaVanessa Cestari
 
Secundário Orientação
Secundário OrientaçãoSecundário Orientação
Secundário OrientaçãoJoão Lima
 
De que maneira o Projeto Jovem de Futuro poderá contribuir para o alcance dos...
De que maneira o Projeto Jovem de Futuro poderá contribuir para o alcance dos...De que maneira o Projeto Jovem de Futuro poderá contribuir para o alcance dos...
De que maneira o Projeto Jovem de Futuro poderá contribuir para o alcance dos...Instituto Unibanco
 
Depoimento Assessora Pedagógica SEMEC Janaína Lopes
Depoimento Assessora Pedagógica SEMEC Janaína LopesDepoimento Assessora Pedagógica SEMEC Janaína Lopes
Depoimento Assessora Pedagógica SEMEC Janaína Lopespdescola
 
Apresentação do curso
Apresentação do cursoApresentação do curso
Apresentação do cursoDyannecriste
 
Comunicação interpessoal e marketing
Comunicação interpessoal e marketingComunicação interpessoal e marketing
Comunicação interpessoal e marketingDianova
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Cqep eso informacoes

Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013AnaPeralta54
 
Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013AnaPeralta54
 
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...Leonor Alves
 
Sessão de esclarecimento cqep
Sessão de esclarecimento cqepSessão de esclarecimento cqep
Sessão de esclarecimento cqepPatrícia Ferreira
 
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdf
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdfcatalogo_de_cursos_ufiec_final.pdf
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdfUilson Nunnes
 
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptxUNIDADEESCOLARJOANAP
 
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosa
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosaFenprof.pt cqep-qualidade duvidosa
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosacqep
 
Abertura de Curso - SENAC.pptx
Abertura de Curso - SENAC.pptxAbertura de Curso - SENAC.pptx
Abertura de Curso - SENAC.pptxRAFAEL COSTA
 
Comunicado anpefa
Comunicado anpefaComunicado anpefa
Comunicado anpefacqep
 
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...cqep
 
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNcias
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNciasEducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNcias
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNciasLeonardo Bruno Braga Lira
 
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxPlano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxmicsquize
 
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1Avaliação formação contínua mpsmcasanova1
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1Maria Casanova
 

Semelhante a Cqep eso informacoes (20)

Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013
 
Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013Portaria 135 a 2013
Portaria 135 a 2013
 
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...
Portaria 135 a-2013 de 28 março-cria os centros para a qualificação e o ensin...
 
Sessão de esclarecimento cqep
Sessão de esclarecimento cqepSessão de esclarecimento cqep
Sessão de esclarecimento cqep
 
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdf
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdfcatalogo_de_cursos_ufiec_final.pdf
catalogo_de_cursos_ufiec_final.pdf
 
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
 
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosa
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosaFenprof.pt cqep-qualidade duvidosa
Fenprof.pt cqep-qualidade duvidosa
 
Abertura de Curso - SENAC.pptx
Abertura de Curso - SENAC.pptxAbertura de Curso - SENAC.pptx
Abertura de Curso - SENAC.pptx
 
Comunicado anpefa
Comunicado anpefaComunicado anpefa
Comunicado anpefa
 
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...
Comunicado Associação Nacional de Profissionais de Educação e Formação de Adu...
 
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNcias
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNciasEducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNcias
EducaçãO Profissional E A FormaçãO Por CompetêNcias
 
Escola de Negocios UP
Escola de Negocios UPEscola de Negocios UP
Escola de Negocios UP
 
Escola de Negocios
Escola de NegociosEscola de Negocios
Escola de Negocios
 
Cno
CnoCno
Cno
 
Dossiê 2015 2014 pdf
Dossiê 2015   2014 pdfDossiê 2015   2014 pdf
Dossiê 2015 2014 pdf
 
Rascunho proposta
Rascunho propostaRascunho proposta
Rascunho proposta
 
Ppc gt--logistica_12491_20.12.19
Ppc  gt--logistica_12491_20.12.19Ppc  gt--logistica_12491_20.12.19
Ppc gt--logistica_12491_20.12.19
 
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxPlano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
 
Ppp dicas 2011
Ppp dicas 2011Ppp dicas 2011
Ppp dicas 2011
 
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1Avaliação formação contínua mpsmcasanova1
Avaliação formação contínua mpsmcasanova1
 

Último

Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...excellenceeducaciona
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 

Último (20)

Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
Elabore uma apresentação em PowerPoint em que você possa definir como a teolo...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 

Cqep eso informacoes

  • 1. --CCeennttrroo ppaarraa aa QQuuaalliiffiiccaaççããoo ee oo EEnnssiinnoo PPrrooffiissssiioonnaall CQEP-ESO: Email- esodivelas@cqep.gov.pt Agrupamento de Escolas nº 4 de Odivelas – Código – 171906 Sede: Escola Secundária de Odivelas – Av. Professor Doutor Augusto Abreu Lopes – 2675-300 – ODIVELAS – Telefone: 21 934 82 80 – FAX: 21 934 82 89 IINNFFOORRMMAAÇÇÕÕEESS  OO qquuee ssããoo?? Os CQEP são estruturas do Sistema Nacional de Qualificações e assumem um papel determinante na construção de pontes entre os mundos da educação, da formação e do emprego, numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida.  PPaarraa qquueemm?? Os CQEP destinam-se a todos os que procuram uma qualificação, tendo em vista o prosseguimento de estudos e/ou uma transição/reconversão para o mercado de trabalho. Estes Centros encontram-se igualmente vocacionados para dar resposta aos cidadãos com deficiência e incapacidade, com o intuito de assegurar a sua integração na vida ativa e profissional.  SSããoo ddeessttiinnaattáárriiooss ddiirreettooss ddooss CCQQEEPP:: oo Jovens com idade igual ou superior a 15 anos ou, independentemente da idade, a frequentar o último ano de escolaridade do ensino básico; oo Adultos com idade igual ou superior a 18 anos, com necessidades de aquisição e reforço de conhecimentos e competências.  CCoommoo aattuuaamm ppeerraannttee aallgguuéémm qquuee pprreetteennddaa oobbtteerr uummaa qquuaalliiffiiccaaççããoo?? Os CQEP asseguram as seguintes etapas de intervenção: oo Acolhimento – inscrição do candidato (jovem ou adulto) e seu esclarecimento, considerando a missão e o âmbito de intervenção dos CQEP; oo Diagnóstico – análise do perfil do candidato, com o objetivo de identificar respostas de educação e/ou formação ajustadas à sua situação (motivações, necessidades e expetativas); oo Informação e Orientação – identificação de projetos individuais de educação e qualificação profissional, tendo presente opções realistas de prosseguimento de estudos e/ou de integração no mercado de trabalho; oo Encaminhamento – concretização do encaminhamento do candidato para uma oferta de educação e/ou formação profissional ou ainda para um processo de reconhecimento e validação e certificação de competências – RVCC (apenas possível para candidatos adultos. Caso tenham entre 18 e 23 anos inclusive, terão de possuir pelos menos 3 anos de experiência profissional devidamente comprovada), tendo por base o processo prévio de diagnóstico e orientação;
  • 2. --CCeennttrroo ppaarraa aa QQuuaalliiffiiccaaççããoo ee oo EEnnssiinnoo PPrrooffiissssiioonnaall CQEP-ESO: Email- esodivelas@cqep.gov.pt Agrupamento de Escolas nº 4 de Odivelas – Código – 171906 Sede: Escola Secundária de Odivelas – Av. Professor Doutor Augusto Abreu Lopes – 2675-300 – ODIVELAS – Telefone: 21 934 82 80 – FAX: 21 934 82 89 oo Reconhecimento e Validação de Competências – identificação e validação de competências adquiridas pelos adultos ao longo da vida, em contextos de aprendizagem formais, não formais e informais. oo Certificação de Competências – demonstração das competências dos adultos, perante um júri, através da realização de uma prova.  QQuuee sseerrvviiççooss pprreessttaamm?? oo Apoiam os jovens e os adultos na identificação de respostas educativas e formativas adequadas ao perfil de cada candidato, tendo em conta também as necessidades do tecido empresarial; oo Desenvolvem processos de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) escolares e profissionais, para adultos; oo Colaboram na definição de critérios de estruturação de uma rede de ofertas educativas e formativas adequadas às necessidades locais de qualificação, aproximando as escolas/centros de formação das empresas; oo Monitorizam o percurso dos jovens e adultos encaminhados para as diferentes soluções de qualificação, visando aferir o cumprimento ou o desvio das trajetórias definidas, numa perspetiva de valorização contínua; oo Recolhem informação respeitante à interação entre os resultados das aprendizagens dos jovens e dos adultos e o mercado de trabalho, tendo em vista a melhoria da qualidade do sistema de educação e formação.  QQuuee lliiggaaççõõeess eessttaabbeelleecceemm nnoo tteerrrreennoo?? Os CQEP operam em rede e em parceria, de modo flexível, com diversas entidades: oo Empregadores; oo Entidades formadoras (escolas, centros de formação, entidades certificadas); oo Rede social e solidária; oo Municípios; oo Associações; oo Serviços e organismos da Administração Pública. A sua atuação desenvolve-se de modo a potenciar as sinergias existentes no terreno, com mecanismos e respostas de qualidade, numa lógica de gestão eficaz e eficiente de meios.  SSiitteess ddee iinntteerreessssee:: oo http://cqep.anqep.gov.pt/index.html oo http://www.anqep.gov.pt/default.aspx?e=1 oo MMuunnddoo ddaass pprrooffiissssõõeess:: http://www.mp.anqep.gov.pt/ oo CCaattáállooggoo ddaass QQuuaalliiffiiccaaççõõeess:: http://www.catalogo.anqep.gov.pt/Qualificacoes