INTRODUÇÃO AO CONTROLE 
SEMAFÓRICO
Em 1918 surgiu o primeiro semáforo com lâmpadas de três cores, em NY. 
E por volta de 1926 em Londres surgiu o que chamamo...
SEMÁFORO DA DECADA DE 20
SEMÁFORO DA DÉCADA DE 40
SEMÁFORO DA DECADA DE 50
SEMÁFORO DA DECADA DE 60
CICLO-É uma seqüência completa de operação do semáforo. 
FOCO (OU FOCO SEMAFÓRICO)-Elemento do semáforo constituído pela s...
CONTROLADOR ELETRÔNICO
CONTROLADOR 
MONOPLANO
CONTROLADOR 
SEMAFÓRICO 
ELETROMECÂNICO 
MONOPLANO
CONTROLADOR 
MULTIPLANO
CONTROLADOR 
SEMAFÓRICO 
ELETROMECÂNICO 
MULTIPLANO
CONTROLADOR 
SEMAFÓRICO 
ELETRÔNICO 
MULTIPLANO
Troca 
Plano 
Período 
Horário 
Ciclo 
Estágio A 
Estágio B 
Estágio C 
1 
01 
Seg/Sáb 
05h00 
60 
24 
15 
21 
2 
02 
Seg/...
REDES LOCAIS 
TEMPO FIXO
CONTROLADORES EM REDE LOCAL 
1 
2 
3 
15 
REDE LOCAL RS 485 
TEMPO FIXO
REDES CENTRALIZADAS 
TEMPO FIXO
SEMÁFORO COORDENADO POR COMPUTADOR 
SEMCO
SISTEMA SEMCO (SEMÁFOROS CONTROLADOS POR COMPUTADOR) 
1982 
CONTROLADOR T99
SEMÁFOROSEMTEMPOREAL 
Osistematemsensoresnoscruzamentosque,atodoomomento,contaquantoscarrosestãopassandoemcadavia. Estesda...
ARQUITETURA DE UM SISTEMA DE CONTROLE EM TEMPO REAL
EXISTEM VÁRIOS SOFTWARES ADAPTATIVOS NO MERCADO 
A CET UTILIZA DOIS SOFTWARE : SCOOT E ITACA. 
SCOOT-TÉCNICA DE OTIMIZAÇÃO...
CENTRAL DE TRÁFEGO EM AREA 1 CTA-1 
SISTEMA ADAPTATIVO SCOOT
Diagrama de Blocos da Central de Tráfego em Área - CTA1 
Rede: Cliente/Servidor 
TERMINAL 
SERVER 
Impressoras 
Modem 
SUP...
Central de tráfego em area CTA-1
ARMÁRIO DE COMUNICAÇÕES TC12
TCC 
COMPUTADORES
CONTROLADOR ST900
REDE CENTRALIZADA TEMPO REAL CTA s 2-5 
EQUIPAMENTOS PEEK 
SISTEMA SCOOT
VISTA TRAZEIRA DO RACK 
DAS INTERFACES OPTICAS
CONTROLADOR SEMAFÓRICO 
PTC-1
REDE CENTRALIZADA CTAs 3-4 
TEMPO REAL 
FABRICANTE TELVENT
EDS 510 A 
EDS 518 A 
N PORT 5610 -16 
DR 4524 
SFP1GLXLC 
N PORT 5210-2
Controlador 
RMXY 
Fabricante 
TELVENT
CONCENTRADOR 
DE 
COMUNICAÇÕES -CMY
Obrigado a todos pela atenção
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana

710 visualizações

Publicada em

Workshop Tecnológico: Impacto das TICs nas Cidades Inteligentes

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas de Tempo Real e Simuladores de Tráfego e Mobilidade Urbana

  1. 1. INTRODUÇÃO AO CONTROLE SEMAFÓRICO
  2. 2. Em 1918 surgiu o primeiro semáforo com lâmpadas de três cores, em NY. E por volta de 1926 em Londres surgiu o que chamamos hoje de semáforo eletromecânicos.
  3. 3. SEMÁFORO DA DECADA DE 20
  4. 4. SEMÁFORO DA DÉCADA DE 40
  5. 5. SEMÁFORO DA DECADA DE 50
  6. 6. SEMÁFORO DA DECADA DE 60
  7. 7. CICLO-É uma seqüência completa de operação do semáforo. FOCO (OU FOCO SEMAFÓRICO)-Elemento do semáforo constituído pela superfície refletora, lâmpada ou LED’s e lente que fornece a indicação luminosa ao condutor de veículo e/ou pedestre. GRUPO FOCAL-É o conjunto mínimo de focos semafóricos necessário para a regulamentação do direito de passagem de um (ou mais) movimento(s) veicular(es) ou de pedestres. GRUPO SEMAFÓRICO-É o conjunto dos grupos focais de uma interseção que apresenta sempre a mesma indicação luminosa. PLANO (OU PLANO DE TRÁFEGO)-Conjunto de dados contido no controlador com o propósito de controlar as seqüências, defasagens e os tempos de duração dos estágios de um ou mais locais associados ao controlador durante um período de tempo programado. TABELA DE MUDANÇAS DE PLANO-Tabela que determina os horários e dias da semana em que devem vigorar os planos de tráfego. ALGUNS TERMOS DE ENGª DE TRÁFEGO
  8. 8. CONTROLADOR ELETRÔNICO
  9. 9. CONTROLADOR MONOPLANO
  10. 10. CONTROLADOR SEMAFÓRICO ELETROMECÂNICO MONOPLANO
  11. 11. CONTROLADOR MULTIPLANO
  12. 12. CONTROLADOR SEMAFÓRICO ELETROMECÂNICO MULTIPLANO
  13. 13. CONTROLADOR SEMAFÓRICO ELETRÔNICO MULTIPLANO
  14. 14. Troca Plano Período Horário Ciclo Estágio A Estágio B Estágio C 1 01 Seg/Sáb 05h00 60 24 15 21 2 02 Seg/Sáb 07h00 72 32 15 25 3 01 Seg/Sáb 10h00 60 24 15 21 4 03 Seg/Sáb 11h00 72 29 15 28 5 01 Seg/Sáb 15h00 60 24 15 21 6 04 Seg/Sáb 17h00 80 34 15 31 7 06 Seg/Sáb 19h00 72 32 15 25 8 05 Todos 20h00 60 24 15 21 9 06 Todos 23h00 60 24 15 21 10 05 Domingo 07h00 60 24 15 21 EXEMPLO DE TABELA HORÁRIA
  15. 15. REDES LOCAIS TEMPO FIXO
  16. 16. CONTROLADORES EM REDE LOCAL 1 2 3 15 REDE LOCAL RS 485 TEMPO FIXO
  17. 17. REDES CENTRALIZADAS TEMPO FIXO
  18. 18. SEMÁFORO COORDENADO POR COMPUTADOR SEMCO
  19. 19. SISTEMA SEMCO (SEMÁFOROS CONTROLADOS POR COMPUTADOR) 1982 CONTROLADOR T99
  20. 20. SEMÁFOROSEMTEMPOREAL Osistematemsensoresnoscruzamentosque,atodoomomento,contaquantoscarrosestãopassandoemcadavia. Estesdadossãoenviadosautomaticamenteparaoscomputadoresdacentralquecalculaamelhordistribuiçãodetemposparaosemáforonaquelemomento.Oscomputadoresdacentralenviamoresultadodoscálculosdevoltaaoscontroladoresnocruzamentoparaqueimplementemosajustesnosemáforo.
  21. 21. ARQUITETURA DE UM SISTEMA DE CONTROLE EM TEMPO REAL
  22. 22. EXISTEM VÁRIOS SOFTWARES ADAPTATIVOS NO MERCADO A CET UTILIZA DOIS SOFTWARE : SCOOT E ITACA. SCOOT-TÉCNICA DE OTIMIZAÇÃO DO PERCENTUAL DE VERDE , CICLO E DEFASAGEM UTILIZADAS NAS REGIÕES DENOMINADAS : CTA-1 , CTA-2 , CTA-5. CTA-1 FABRICANTE SIEMENS. CTAs -2,5 FABRICANTE PEEK. ITACA –INTELLIGENT TRAFFIC ADAPTIVE CONTROL AGENT ( CONTROLE INTELIGENTE E ADAPTATIVO DO TRAFEGO DE ÁREA ) CTAs-3,4 FABRICANTE TELVENT
  23. 23. CENTRAL DE TRÁFEGO EM AREA 1 CTA-1 SISTEMA ADAPTATIVO SCOOT
  24. 24. Diagrama de Blocos da Central de Tráfego em Área - CTA1 Rede: Cliente/Servidor TERMINAL SERVER Impressoras Modem SUPPORT TERMINALS OPERATOR TERMINAL TIME TIME TIME INDICATION PANEL STREET EQUIPAMENT TELEPHONE LINE DISTRIBUITION PANEL DATA TRANSMISSION CABINETS ETHERNET FOR SYSTEM COMMS TRAFFIC CONTROL COMPUTER (MCC) TCC = TMC = TRAFFIC MANAGEMENT COMPUTER (MSG) OPTIONAL STANDY TCC TCC-A TCC-B TCC-C TMC TRAFFIC CONTROL COMPUTER ETHERNET FOR DATA TRANSMISSION PROTOCOLO TCP/IP TOPOLOGIA: BARRAMENTO
  25. 25. Central de tráfego em area CTA-1
  26. 26. ARMÁRIO DE COMUNICAÇÕES TC12
  27. 27. TCC COMPUTADORES
  28. 28. CONTROLADOR ST900
  29. 29. REDE CENTRALIZADA TEMPO REAL CTA s 2-5 EQUIPAMENTOS PEEK SISTEMA SCOOT
  30. 30. VISTA TRAZEIRA DO RACK DAS INTERFACES OPTICAS
  31. 31. CONTROLADOR SEMAFÓRICO PTC-1
  32. 32. REDE CENTRALIZADA CTAs 3-4 TEMPO REAL FABRICANTE TELVENT
  33. 33. EDS 510 A EDS 518 A N PORT 5610 -16 DR 4524 SFP1GLXLC N PORT 5210-2
  34. 34. Controlador RMXY Fabricante TELVENT
  35. 35. CONCENTRADOR DE COMUNICAÇÕES -CMY
  36. 36. Obrigado a todos pela atenção

×