Radiofrequência e certificação deRadiofrequência e certificação deprodutos RFIDprodutos RFIDMarconi Thomaz de Souza MayaSu...
SumárioSumário Conceitos e Princípios. Políticas Públicas em RFID. Espectro de frequência em 900 Mhz. Aspectos regulat...
Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios RFID – Radio Frequency Identification; Tecnologia composta por equipamento ...
Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DA TECNOLOGIA RFID Interrogadores: Transceptor ca...
Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DA TECNOLOGIA RFID Padrão de operação por faixa de...
Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS BRASIL-D (Sistema Nacional de...
Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS SINIAV (Sistema Nacional de I...
Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS Benefícios na aplicação da te...
Espectro de frequência em 900 MhzEspectro de frequência em 900 MhzDD EE890890 910910 930930 950950 970970890915935960GSM 9...
Espectro de frequência em 900 MhzEspectro de frequência em 900 Mhz Faixa de frequência designada à aplicações RFID nosEst...
Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Resolução 506/2008 – Regulamento sobre ...
Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Resolução 506/2008 – Regulamento sobre ...
Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Cenário para certificação dos interroga...
Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Cenário para certificação dos interroga...
ConclusõesConclusões Oportunidade do Brasil se tornar referência no desenvolvimentodas técnicas de identificação por radi...
ObrigadoMarconi Thomaz de Souza MayaSuperintendência de Outorga e Recursos à PrestaçãoAnatel – Agência Nacional de Telecom...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

I International Workshop RFID and IoT - Dia 19 - Radiofrequência e certificação de produtos RFID - Dr. Marconi Thomaz - ANATEL

612 visualizações

Publicada em

Dia 19 - Apresentação 3
Radiofrequência e certificação/homologação de produtos - Dr. Marconi Thomaz - ANATEL

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

I International Workshop RFID and IoT - Dia 19 - Radiofrequência e certificação de produtos RFID - Dr. Marconi Thomaz - ANATEL

  1. 1. Radiofrequência e certificação deRadiofrequência e certificação deprodutos RFIDprodutos RFIDMarconi Thomaz de Souza MayaSuperintendente de Outorga e Recursos àPrestação − AnatelAgência Nacional de TelecomunicaçõesAgência Nacional de Telecomunicações
  2. 2. SumárioSumário Conceitos e Princípios. Políticas Públicas em RFID. Espectro de frequência em 900 Mhz. Aspectos regulatórios. Conclusões.
  3. 3. Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios RFID – Radio Frequency Identification; Tecnologia composta por equipamento de RF (leitorese antenas) e etiquetas (tags) que se comunicam porrádio frequência para o envio de informações. Utilizado em aplicações diversas como: controle de acessoa ambientes, gerenciamento de cargas, veículos e objetosem geral; Tecnologia mais difundida e aderente ao conceito de IoT –Internet of Things; Conceito para a capacidade de um objeto qualquer seridentificado de forma única e enviar informações pelainternet ou rede similar do tipo WAN. Adoção de alternativas tecnológicas em benefícios àcadeia logística, iniciativas privadas e serviços públicos.
  4. 4. Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DA TECNOLOGIA RFID Interrogadores: Transceptor capaz de efetuar a leitura, escrita oumodificação de informação contida no dispositivo. Etiquetas (tags): Ativa: alimentação por bateria interna, dimensõeselevadas e grande distância de leitura (300 metros) evelocidade de resposta (200 Km/h); Semiativa: características similares ao ativo, porémcom alimentação conjunta (sinal do interrogador +bateria interna auxiliar); Passiva: dimensões reduzidas, curto alcance deleitura (10 metros), susceptíveis a interferências
  5. 5. Conceitos e PrincípiosConceitos e Princípios CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DA TECNOLOGIA RFID Padrão de operação por faixa de frequência: ISO 18000-2: para a comunicação em frequênciasabaixo 135 kHz; ISO 18000-3: para frequência operacional em 13,56MHz; ISO 18000-4: para frequência de 2,45 GHz; ISO 18000-6: para frequências entre 860 e 930 MHz; ISO 18000-7: para uma operação em 433 MHz. Características do sinal: Modulação digital (ASK, FSK ou PSK); Técnica de espalhamento espectral: salto emfrequência (FHSS) ou sequência direta (DSSS). Portadora CW (alimentação de tags passivas e
  6. 6. Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS BRASIL-D (Sistema Nacional de Identificação,Rastreamento e Autenticação de Mercadorias); Ministério de Ciência e Tecnologia Estabelecer um padrão único para implementação deIdentificação por Radiofrequência em produtos edocumentos fiscais em circulação no país.
  7. 7. Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS SINIAV (Sistema Nacional de Identificação Automática deVeículos); Ministérios das Cidades Resoluções 212/06 e 338/09, do Conselho Nacional deTrânsito – CONTRAN. Estabelece o Sistema de Placasde Identificação Veicular; Anexo II da Portaria 570/2011 do Denatran:Especificações Técnicas para Homologação do leitor(interrogador) SINIAV; Anexo III da Portaria 570/2011 do Denatran:Especificações Técnicas para Homologação do
  8. 8. Políticas Públicas em RFIDPolíticas Públicas em RFID PRINCIPAIS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS Benefícios na aplicação da tecnologia RFID: Controle de ICMS entre estados; Controles sanitários; Controle de trânsito; Controle logístico de cargas; Informações para combate ao tráfico de drogas,armas e mercadorias em geral.
  9. 9. Espectro de frequência em 900 MhzEspectro de frequência em 900 MhzDD EE890890 910910 930930 950950 970970890915935960GSM 900ETACSNMT 900GSM 900ETACSNMT 900SituaçãoAtualRADI 900SER SAMDVRSRARASARCRADI 900SMESLMPSAMDVRDVRBBANDA “B” ASMESLMPSituaçãoAnteriorDVRRadiaçãoRestritaISMDD EE DD EERad.RestritaISMTETRATETRA E-GSME-GSMETACSETACSRR--GSMGSME-GSME-GSMETACSETACSRR--GSMGSM925921,5870880876,5RadiaçãoRestritaISMExtExt DD EESMPRadiaçãoRestritaISMSMPDVRSRADVRExtExtExtExtExtExtExtSMPSARCExtSMP898,5901946943,5869894907,5915952,5960MantidasFaixas /PossívelRenúnciaDestinação das faixas na EuropaDestinação das faixas noBrasil
  10. 10. Espectro de frequência em 900 MhzEspectro de frequência em 900 Mhz Faixa de frequência designada à aplicações RFID nosEstados Unidos: 902-928 MHz; Faixa de frequência destinada ao Sistema de Identificação porRadiofrequência no Brasil: 902-907,5 Mhz e 915-928 Mhz(Resolução Anatel 506/2008); Necessidade de adequação do firmware dos equipamentosimportados no processo de certificação, para restrição deemissões na faixa de 907,5-915 MHz. Atualmente destinadaàs subfaixas de radiofrequências do SMP (Resolução Anatel454/2006); Análise de convivência (Compatibilidade no usocompartilhado do Espectro); Destinação da faixa para controle de ferrovias (GSM-R).
  11. 11. Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Resolução 506/2008 – Regulamento sobre Equipamentos deRadiocomunicação de Radiação Restrita Seção XII – Sistemas de Identificação porRadiofrequências Define destinação das faixas de 135kHz, 14MHz,433MHz, 860Mhz, 890Mhz, 902MHz, 915MHz,2.400Mhz e 5.800MHz, para aplicações RFID;
  12. 12. Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Resolução 506/2008 – Regulamento sobre Equipamentos deRadiocomunicação de Radiação Restrita Seção XII – Sistemas de Identificação porRadiofrequências Problema observado: Não define critérios de emissão para sistemas de saltoem frequência (FHSS);
  13. 13. Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Cenário para certificação dos interrogadores do SINIAVcomo Equipamento de Radiação Restrita: Requisitos técnicos: Seção XII do anexo à Resolução 506/2008 Dispensa da licença de funcionamento da estação; Operação em caráter secundário (não tem direito aproteção contra interferência prejudicial);
  14. 14. Aspectos RegulatóriosAspectos Regulatórios REQUISITOS TÉCNICOS PARA CERTIFICAÇÃO Cenário para certificação dos interrogadores do SINIAVcomo Equipamento do Serviço Limitado Privado: Requisitos técnicos: a ser definido em Regulamento Específicopara uso da faixa destinada, na modalidade SLP, e Lista deRequisitos Técnicos para Certificação de Produtos, Categoria II. Licença para funcionamento da estação Taxa por estação (TFI + PPDUR + TFF-anual); Operação em caráter primário (garantia de operação
  15. 15. ConclusõesConclusões Oportunidade do Brasil se tornar referência no desenvolvimentodas técnicas de identificação por radiofrequência no cenáriointernacional; Fortalecimento da capacidade tecnológica e industrial delaboratórios e empresas em P&D; PRÓXIMOS PASSOS Adequar os aspectos regulamentares para as atuais aplicaçõesde dispositivos RFID e outras tecnologias de IoT no Brasil; Adequação dos requisitos técnicos mínimos necessários para ouso coordenado, sem interferências e com eficiência doespectro radioelétrico; Definição dos critérios para avaliação da compatibilidade e
  16. 16. ObrigadoMarconi Thomaz de Souza MayaSuperintendência de Outorga e Recursos à PrestaçãoAnatel – Agência Nacional de Telecomunicações

×