SlideShare uma empresa Scribd logo
LIDANDO
COM AS
NOSSAS
DEFICIÊNCIAS
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Projeto de Acessibilidade Física
Projeto de Sensibilização e
Capacitação
Projeto de Acessibilidade Digital
OMS - Deficiência é o termo usado
para descrever a ausência ou a
disfunção de uma estrutura
anatômica, fisiológica ou psíquica
•Pois nenhum homem em quem houver
alguma deformidade se chegará; como
homem cego, ou coxo, ou de nariz chato, ou
de membros demasiadamente compridos,
•Ou homem que tiver quebrado o pé, ou a
mão quebrada,
Ou corcunda, ou anão, ou que tiver defeito no
olho, ou sarna, ou impigem, ou que tiver
testículo mutilado.
•Nenhum homem da descendência de Arão, o
sacerdote, em quem houver alguma
deformidade, se chegará para oferecer as
ofertas queimadas do SENHOR; defeito nele
há; não se chegará para oferecer o pão do seu
Deus.
Lev21: 18 a 21
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Mas, que podeis fazer
na situação em que vos
encontrais? Que poderás
realizar,Lisandro, aleijado
como és?!
Que conseguiria o Evangelho do Reino,
com esses aleijados e mendigos?
É justo esperemos alguma coisa dos
pescadores de Cafarnaum; são homens
fortes e desassombrados e o bom
trabalho lhes cabe.
Não vejo, porém, como aceitar a
contribuição desses desafortunados e
vencidos que nos procuram.
E seria justo, Levi,
trabalhássemos por
cumprir a vontade do
Nosso Pai, aniquilando
seus filhos, nossos
irmãos?
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Partindo Jesus dali, chegou ao pé do
mar da Galiléia, e, subindo a um
monte, assentou-se lá.
E veio ter com ele grandes multidões,
que traziam coxos, cegos, mudos,
aleijados, e outros muitos, e os
puseram aos pés de Jesus, e ele os
sarou,
Mateus 15:29-30
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
NÃO SOMOS TÃO PERFEITOS QUANTO
ACREDITAMOS QUE SEJAMOS
DEFICIÊNCIAS ESPIRITUAIS
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Ausência ou disfunção de uma estrutura…
Mas será que eu tenho alguma deficiência?
Cego" é aquele que não vê seu próximo
morrer de frio, de fome, de miséria. E só
tem olhos para seus míseros problemas e
pequenas dores.
Seriam os que enxergam seu semelhante
de modo tão banal ao ponto de confundi-lo
com a paisagem natural
Cegos são os que se deixam cegar pelas paixões, pelo ódio, na clara
demonstração de que os maus sentimentos e as más vibrações nos
tornam cegos sob o ponto de vista espiritual
Cegos são os que não conseguem exergar seu interior
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir
um desabafo de um amigo, o apelo de um
irmão, o apelo de si mesmo.
Surdo é ouvinte da palavra e não cumpridor
Os que se tornam surdos geralmente são donos
da verdade, se consideram pessoas perfeitas
irrepreensíveis
“As principais mudanças não acontecem quando escutamos o outro, mas
quando nos tornamos capazes de nos escutar”
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
"Mudo" é aquele que não consegue falar o
que sente e se esconde por trás da máscara
da hipocrisia
Labios que não pedem perdão, que não
sabem agradecer , que não sabem consolar
- Que palavras são emudecidas e alojadas no corpo, na forma de dores,
doenças, tensões musculares?
- Que afetos são sufocados na forma de mutismos, angústias, raivas, tristezas
e depressões?
- Que palavras são inibidas e transformadas em condutas de agressão – ativas
e passivas - contra outros e contra mim?
Labios cerrados
vivendo solidões
acompanhas
Paralítico é quem não consegue andar na
direção daqueles que precisam de sua ajuda.
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Diabético é quem não consegue ser doce
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.
Porque a deficiência, está no coração, na alma
e na falta de interesse em amar.
Enquanto nossa consciência não despertar para a Luz, nós
permanecenos deficientes.
Paralítico é quem paraliza a mente em
dogmas e cristalizações .
A resposta branda desvia o furor, mas a
palavra dura suscita a ira. Provérbios 15:1
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
Assuma a sua deficiência
Deseje superá -la
Lute e aceite os altos e baixos
Comemore a vitoria sobre a mesma
Motive-se e inspire-se
Confie que voce irá superá-la
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
O homem poderia sempre
vencer as suas má tendências pelos seus
próprios esforços?
Sim, e às vezes com pouco esforço; o que lhe
falta é a vontade. Ah, como são poucos os que
se esforçam!“
LE- Pergunta Nº 909
Deficiente" é aquele que não
consegue modificar sua vida…
Há muitas pessoas que dizem: Quero, mas a
vontade só lhes está nos lábios.
LE-Resposta Nº 911
E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos
pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual
seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus
Rom 12:2
LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
QUE A SEMANA VENHA COM OS DESAFIOS
E COM ELES A CERTEZA DAS VITORIAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
Daniel Faria Jr.
 
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
Unção Do Crescimento
 
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
Unção Do Crescimento
 
Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19
Leonardo Pereira
 
O espírito da adoção contra a rejeição 2
O espírito da adoção contra a rejeição   2O espírito da adoção contra a rejeição   2
O espírito da adoção contra a rejeição 2
Paulo De Tarso Fernandes
 
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
Rodrigo Soares
 
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoasDicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
EBJ IPBCP
 
QUINTO PASSO
QUINTO PASSOQUINTO PASSO
QUINTO PASSO
Hilda Helena Heringer
 

Mais procurados (8)

Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
Lost: Transformando Adversidades em Oportunidades (S01E01)
 
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
22 09-13 - obedecer é melhor do que sacrificar
 
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
Obedecer é melhor do que sacrificar. parte 2
 
Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19
 
O espírito da adoção contra a rejeição 2
O espírito da adoção contra a rejeição   2O espírito da adoção contra a rejeição   2
O espírito da adoção contra a rejeição 2
 
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
26 razoes para_parar_de_ver_pornografia
 
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoasDicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
Dicas úteis para quando você ajuda outras pessoas
 
QUINTO PASSO
QUINTO PASSOQUINTO PASSO
QUINTO PASSO
 

Destaque

Queres ficar sao ?
Queres ficar sao ? Queres ficar sao ?
Queres ficar sao ?
Clea Alves
 
A páscoa e o espiritismo
A páscoa e o espiritismoA páscoa e o espiritismo
A páscoa e o espiritismo
Helio Cruz
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
jesussalveoshumildes
 
Pascoa e o legado de jesus
Pascoa e o legado de jesusPascoa e o legado de jesus
Pascoa e o legado de jesus
Clea Alves
 
Visão espírita da Páscoa
Visão espírita da PáscoaVisão espírita da Páscoa
Visão espírita da Páscoa
Oceander Veschi
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espírita
Graça Maciel
 

Destaque (6)

Queres ficar sao ?
Queres ficar sao ? Queres ficar sao ?
Queres ficar sao ?
 
A páscoa e o espiritismo
A páscoa e o espiritismoA páscoa e o espiritismo
A páscoa e o espiritismo
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
 
Pascoa e o legado de jesus
Pascoa e o legado de jesusPascoa e o legado de jesus
Pascoa e o legado de jesus
 
Visão espírita da Páscoa
Visão espírita da PáscoaVisão espírita da Páscoa
Visão espírita da Páscoa
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espírita
 

Semelhante a Palestra lidando com as nossas deficiencias

Palestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
Palestra Espirita Lidando com as Nossas DeficienciasPalestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
Palestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
Clea Alves
 
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITAA INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Minutos desabedoria
Minutos desabedoriaMinutos desabedoria
Minutos desabedoria
jmpcard
 
Inveja e Ciúme.docx
Inveja e Ciúme.docxInveja e Ciúme.docx
Inveja e Ciúme.docx
Marta Gomes
 
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitosCapítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Roberta Andrade
 
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitosCapítulo 5- Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitos
Roberta Andrade
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidas
Lisete B.
 
Apresentação livro das famílias
Apresentação livro das famíliasApresentação livro das famílias
Apresentação livro das famílias
Cleverton Epormucena
 
Nossos Defeitos e o ORGULHO
Nossos Defeitos e o ORGULHONossos Defeitos e o ORGULHO
Nossos Defeitos e o ORGULHO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
7 grupos blog
7 grupos blog7 grupos blog
7 grupos blog
Wania Andrade
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
Bernadete Costa
 
Opções diante da vida
Opções diante da vidaOpções diante da vida
Opções diante da vida
Francisco de Assis Alencar
 
Raiva
RaivaRaiva
Raiva
Lisete B.
 
Caminhos para vencer a Depressão
Caminhos para vencer a DepressãoCaminhos para vencer a Depressão
Caminhos para vencer a Depressão
Eduardo Sales de lima
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
Rosa Luzia Da Hora
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
Graça Maciel
 
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr CordeiroNem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
José Roberto Cordeiro
 
Porque melindramos
Porque melindramos Porque melindramos
Porque melindramos
Lisete B.
 
Gênesis 37. 18-24
Gênesis 37. 18-24 Gênesis 37. 18-24
Gênesis 37. 18-24
HERMILENIO SOMBRA Macedo
 

Semelhante a Palestra lidando com as nossas deficiencias (20)

Palestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
Palestra Espirita Lidando com as Nossas DeficienciasPalestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
Palestra Espirita Lidando com as Nossas Deficiencias
 
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITAA INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Minutos desabedoria
Minutos desabedoriaMinutos desabedoria
Minutos desabedoria
 
Inveja e Ciúme.docx
Inveja e Ciúme.docxInveja e Ciúme.docx
Inveja e Ciúme.docx
 
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitosCapítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
 
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitosCapítulo 5- Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5- Bem aventurados os aflitos
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidas
 
Apresentação livro das famílias
Apresentação livro das famíliasApresentação livro das famílias
Apresentação livro das famílias
 
Nossos Defeitos e o ORGULHO
Nossos Defeitos e o ORGULHONossos Defeitos e o ORGULHO
Nossos Defeitos e o ORGULHO
 
7 grupos blog
7 grupos blog7 grupos blog
7 grupos blog
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
 
Opções diante da vida
Opções diante da vidaOpções diante da vida
Opções diante da vida
 
Raiva
RaivaRaiva
Raiva
 
Caminhos para vencer a Depressão
Caminhos para vencer a DepressãoCaminhos para vencer a Depressão
Caminhos para vencer a Depressão
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
 
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr CordeiroNem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
Nem Te Seriam DifíCeis. Jr Cordeiro
 
Porque melindramos
Porque melindramos Porque melindramos
Porque melindramos
 
Gênesis 37. 18-24
Gênesis 37. 18-24 Gênesis 37. 18-24
Gênesis 37. 18-24
 

Mais de Clea Alves

Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Clea Alves
 
Tempo de superacao
Tempo de superacao Tempo de superacao
Tempo de superacao
Clea Alves
 
Voltando para casa
Voltando para casa Voltando para casa
Voltando para casa
Clea Alves
 
Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece
Clea Alves
 
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionarOs segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Clea Alves
 
Impulso Surdo
Impulso Surdo Impulso Surdo
Impulso Surdo
Clea Alves
 
Deus e Mamom
Deus e MamomDeus e Mamom
Deus e Mamom
Clea Alves
 
Conte Comigo
Conte Comigo   Conte Comigo
Conte Comigo
Clea Alves
 
Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento
Clea Alves
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado
Clea Alves
 
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVOAcessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Clea Alves
 
A vontade
A vontade A vontade
A vontade
Clea Alves
 
Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas
Clea Alves
 
Entrelacados
EntrelacadosEntrelacados
Entrelacados
Clea Alves
 
Potencias educadoras
Potencias educadorasPotencias educadoras
Potencias educadoras
Clea Alves
 
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alvesBem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Clea Alves
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
Clea Alves
 
O necessario para salvar se
O necessario para salvar seO necessario para salvar se
O necessario para salvar se
Clea Alves
 
Distraidos no caminho
Distraidos no caminhoDistraidos no caminho
Distraidos no caminho
Clea Alves
 
Memoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssfMemoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssf
Clea Alves
 

Mais de Clea Alves (20)

Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019Falsos Cristos   Falsos REFEITO 2019
Falsos Cristos Falsos REFEITO 2019
 
Tempo de superacao
Tempo de superacao Tempo de superacao
Tempo de superacao
 
Voltando para casa
Voltando para casa Voltando para casa
Voltando para casa
 
Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece Quem sai do barco acontece
Quem sai do barco acontece
 
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionarOs segredos de jesus na arte de se relacionar
Os segredos de jesus na arte de se relacionar
 
Impulso Surdo
Impulso Surdo Impulso Surdo
Impulso Surdo
 
Deus e Mamom
Deus e MamomDeus e Mamom
Deus e Mamom
 
Conte Comigo
Conte Comigo   Conte Comigo
Conte Comigo
 
Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento Beneficios do Esquecimento
Beneficios do Esquecimento
 
Aflito, Porem Bem Aventurado
Aflito,  Porem Bem Aventurado Aflito,  Porem Bem Aventurado
Aflito, Porem Bem Aventurado
 
Acessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVOAcessando Jesus NO ANO NOVO
Acessando Jesus NO ANO NOVO
 
A vontade
A vontade A vontade
A vontade
 
Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas Contato de natureza diversas
Contato de natureza diversas
 
Entrelacados
EntrelacadosEntrelacados
Entrelacados
 
Potencias educadoras
Potencias educadorasPotencias educadoras
Potencias educadoras
 
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alvesBem aventurados misericordiosos ii- clea alves
Bem aventurados misericordiosos ii- clea alves
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
 
O necessario para salvar se
O necessario para salvar seO necessario para salvar se
O necessario para salvar se
 
Distraidos no caminho
Distraidos no caminhoDistraidos no caminho
Distraidos no caminho
 
Memoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssfMemoria do coracao kssf
Memoria do coracao kssf
 

Último

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 

Último (16)

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 

Palestra lidando com as nossas deficiencias

  • 2. LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS Projeto de Acessibilidade Física Projeto de Sensibilização e Capacitação Projeto de Acessibilidade Digital OMS - Deficiência é o termo usado para descrever a ausência ou a disfunção de uma estrutura anatômica, fisiológica ou psíquica
  • 3. •Pois nenhum homem em quem houver alguma deformidade se chegará; como homem cego, ou coxo, ou de nariz chato, ou de membros demasiadamente compridos, •Ou homem que tiver quebrado o pé, ou a mão quebrada, Ou corcunda, ou anão, ou que tiver defeito no olho, ou sarna, ou impigem, ou que tiver testículo mutilado. •Nenhum homem da descendência de Arão, o sacerdote, em quem houver alguma deformidade, se chegará para oferecer as ofertas queimadas do SENHOR; defeito nele há; não se chegará para oferecer o pão do seu Deus. Lev21: 18 a 21 LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 4. Mas, que podeis fazer na situação em que vos encontrais? Que poderás realizar,Lisandro, aleijado como és?! Que conseguiria o Evangelho do Reino, com esses aleijados e mendigos? É justo esperemos alguma coisa dos pescadores de Cafarnaum; são homens fortes e desassombrados e o bom trabalho lhes cabe. Não vejo, porém, como aceitar a contribuição desses desafortunados e vencidos que nos procuram. E seria justo, Levi, trabalhássemos por cumprir a vontade do Nosso Pai, aniquilando seus filhos, nossos irmãos? LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 5. Partindo Jesus dali, chegou ao pé do mar da Galiléia, e, subindo a um monte, assentou-se lá. E veio ter com ele grandes multidões, que traziam coxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos, e os puseram aos pés de Jesus, e ele os sarou, Mateus 15:29-30 LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 6. NÃO SOMOS TÃO PERFEITOS QUANTO ACREDITAMOS QUE SEJAMOS DEFICIÊNCIAS ESPIRITUAIS LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS Ausência ou disfunção de uma estrutura… Mas será que eu tenho alguma deficiência?
  • 7. Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores. Seriam os que enxergam seu semelhante de modo tão banal ao ponto de confundi-lo com a paisagem natural Cegos são os que se deixam cegar pelas paixões, pelo ódio, na clara demonstração de que os maus sentimentos e as más vibrações nos tornam cegos sob o ponto de vista espiritual Cegos são os que não conseguem exergar seu interior LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 8. Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, o apelo de um irmão, o apelo de si mesmo. Surdo é ouvinte da palavra e não cumpridor Os que se tornam surdos geralmente são donos da verdade, se consideram pessoas perfeitas irrepreensíveis “As principais mudanças não acontecem quando escutamos o outro, mas quando nos tornamos capazes de nos escutar” LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 9. LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS "Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia Labios que não pedem perdão, que não sabem agradecer , que não sabem consolar - Que palavras são emudecidas e alojadas no corpo, na forma de dores, doenças, tensões musculares? - Que afetos são sufocados na forma de mutismos, angústias, raivas, tristezas e depressões? - Que palavras são inibidas e transformadas em condutas de agressão – ativas e passivas - contra outros e contra mim? Labios cerrados vivendo solidões acompanhas
  • 10. Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS Diabético é quem não consegue ser doce Anão é quem não sabe deixar o amor crescer. Porque a deficiência, está no coração, na alma e na falta de interesse em amar. Enquanto nossa consciência não despertar para a Luz, nós permanecenos deficientes. Paralítico é quem paraliza a mente em dogmas e cristalizações . A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Provérbios 15:1
  • 11. LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS Assuma a sua deficiência Deseje superá -la Lute e aceite os altos e baixos Comemore a vitoria sobre a mesma Motive-se e inspire-se Confie que voce irá superá-la
  • 12. LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS O homem poderia sempre vencer as suas má tendências pelos seus próprios esforços? Sim, e às vezes com pouco esforço; o que lhe falta é a vontade. Ah, como são poucos os que se esforçam!“ LE- Pergunta Nº 909 Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida… Há muitas pessoas que dizem: Quero, mas a vontade só lhes está nos lábios. LE-Resposta Nº 911
  • 13. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus Rom 12:2 LIDANDOCOMASNOSSASDEFICIÊNCIAS
  • 14. QUE A SEMANA VENHA COM OS DESAFIOS E COM ELES A CERTEZA DAS VITORIAS