CORPORATE UNIVERSITIES IN BRAZIL- CRITICAL QUESTIONS

489 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
489
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CORPORATE UNIVERSITIES IN BRAZIL- CRITICAL QUESTIONS

  1. 1. UNIVERSIDADE CORPORATIVA Questões Críticas
  2. 2. PalestranteCEO do INSTITUTO MVC.Administrador pela FGV, Coordenador dos projetos deEducação Corporativa, E-Learning e Consultoria emDesenvolvimento de Talentos Humanos.Seminários e Palestras nos EUA, Portugal e Américalatina.Conferencista da ASTD, American Society for Trainingand Development, com o tema "Como VenderTreinamento para Mercados Latino-americanos",Atlanta, Conferência Internacional, 2007.Autor de 11 livros nas áreas de Negociação,Educação Corporativa e Competência deConsultoria
  3. 3. Algumas Observações• Vou contar um pouco a experiência do Instituto MVC• Não Vou Citar Nomes, mas Situações• Aprendemos com o sucesso e com o fracasso, mas nem todos gostam de contar seus erros• Quem tem, quem não tem• 200/300 a 2000/3000 UCs
  4. 4. Perguntas Por que uma Universidade Corporativa?Por que não uma Universidade Corporativa?
  5. 5. Os Dois LadosESTRATÉGICO – OpçõesOPERACIONAL - Ações
  6. 6. Estratégias• Centro de Custos ou de Resultados• Benchmarking (Positivo e Negativo)• Quem Vai Patrocinar• Quem Vai Ajudar Internamente/contapartida• Quem Vai Executar as 03 Etapas• A Quem Vai Atender / Cadeia de Valor• Alvenaria ou Conhecimento• Unidade de Negócios ou Treinamento
  7. 7. Estratégias• Funding / Garantia de Sobrevivência• Quais as Funções: Treinar, Pesquisar, Guardar,Difundir• Treinamento = Trabalho• O Modelo Jurídico - Autonomia/ Algar• Mensurar (processo ou resultado)
  8. 8. Operacional• Perspectiva Temporal dos Programas / Futuro na Organização• Critérios de Mensuração/processos e resultados• Grife• Vender e não Entregar
  9. 9. Operacional• Aprender Ensinando / Executivos da Empresa• Metodologias que Estimulem o Fluxo Multidirecional do Conhecimento• Metodologia• Treinamento Informal• A Idéia do Plano de Ação
  10. 10. Mensuração Perguntas• Quais são os indicadores esquecidos?• O que nos atrai mais: O antes, o durante e odepois?• Estamos dispostos a pagar por isso?• Consultores, cada um por si? Riscos• Palestras ou workshops?• Quais são as moedas?• Quem avalia resultados?
  11. 11. Indicadores• Demanda por trabalho na empresa• Grau de motivação dos líderes• Grau de satisfação dos clientes• Índice de mobilidade vertical (promoções internas)• Market-share• Rentabilidade
  12. 12. Indicadores• Composição da receita da Universidade• Número de horas de treinamento por colaborador• Saída de talentos• Número de participantes externos• Percentual de consultores internos
  13. 13. Indicadores• Avaliação das atividades (5 FASES)• Citações positivas na imprensa• Convite para palestras externas• Índice de participação de convidados• Número de alunos assíduos (coeficiente de fidelização / Evasão)• Número de organizações interessadas em visitas• Percentual do público-alvo interno
  14. 14. Indicadores• Custo-hora de treinamento x média do mercado• Índice comparativo de treinamento per capita• Produtividade dos colaboradores fixos• Resultados do plano de ação• Geração de caixa• Número de projetos implantados
  15. 15. 2012 Award Winners CATEGORIASAlinhamento: Atingir objetivosmetas organizacionais via educaçãocorporativaAlianças: Maximizar as parcerias com os fornecedoresMarca: Otimizar a imagem da empresa através de inovaçõesLiderança: Implementar programas de alto impacto para a DireçãoTecnologia de aprendizado: Criar um eficaz ambiente de aprendizado viatecnologiaMensuração: Quantificar e qualificar resultados de ações educacionaisIniciantes: Desenvolver novas universidades bem sucedidas www.corpu.com Fonte:
  16. 16. 2012 Award WinnersBEST OVERALL - RAYTHEONLaunching Leadership Development - Excellence: US National - Excellence: Aditya Birla GroupAeronautics & Space Administration, - Best Practice: US Department ofOwens & Minor Veterans Affairs, Raytheon- Best Practice: Town Sports CompanyInternational, Mission10X WIPRO, - Exemplary: Mars, Inc., Owens &HP Minor, Eastman Kodak Company- Exemplary: Raytheon Company,Microsoft, CR England Global Fonte: www.corpu.com
  17. 17. 2012 Award WinnersLearning Technology- Excellence: Paypal- Best Practice: CricketCommunications, British ColumbiaFerries Measurement- Exemplary: Microsoft - Excellence: Farmers Insurance - Best Practice: US Department of Veterans Affairs - Exemplary: The Boeing Company Fonte: www.corpu.com
  18. 18. 2012 Award WinnersBranding Allignement-Excellence: Mars, Inc. - Excellence: MillerCoors, EDF- Best Practice: Farmers Insurance, - Best Practice: US Department ofTurkcell Iletisim Hizmetleri A.S. Veterans Affairs, Town Sports- Exemplary: Pacific Rubiales Energy International - Exemplary: Raytheon Company Fonte: www.corpu.com
  19. 19. Fontes de Informação www.corpu.com www.renaud-coulon.comwww.europeancorporateuniversities.com/uk_corporate_universities/uk_index.html www.glresources.com/white_papers.html www.educor.desenvolvimento.gov.br/universidades.html
  20. 20. Se você quiser...• Se você quiser uma cópia dos slides usados nesta apresentação mande um e-mail para treinamento@institutomvc.com.br dizendo que participou deste encontro.• Você receberá também 3 artigos relativos ao assunto, além de uma assinatura do IMVC UPDATE
  21. 21. Obrigado pela Oportunidade Manual para Desenvolvimento de uma UNIVERSIDADE CORPORATIVA Autores: JB Vilhena e Luís Roberto Mello   A aprendizagem ocorre através de todas as atividades da organização, em diferentes níveis e velocidades. É sua função primordial encorajar e coordenar as várias interações no processo de aprendizado”.    Para mais informações e Vendas: Tel. 11- 50852283 igor@abtd.com.br

×