SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
O ÁTOMOO ÁTOMO
Historia, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e Aplicações
 Vamos pegar numa folha de papel e cortáVamos pegar numa folha de papel e cortá--la aola ao
meio.meio.
 Pegar na metade que sobrou e cortarPegar na metade que sobrou e cortar
novamente ao meio.novamente ao meio.novamente ao meio.novamente ao meio.
 Continuar o processo...Continuar o processo...
 Até onde se pode continuar ?Até onde se pode continuar ?
 Vai chegar a uma altura em que nao consegueVai chegar a uma altura em que nao consegue
continuar.continuar.
 Imaginemos que o continuamos o processo deImaginemos que o continuamos o processo de
“rasgar” a folha.“rasgar” a folha.“rasgar” a folha.“rasgar” a folha.
 Chegamos a uma “pequena particula” que é :Chegamos a uma “pequena particula” que é :
O ÁtomoO Átomo
 A ideia de átomo surgiu na Grécia antiga.A ideia de átomo surgiu na Grécia antiga.
 Em Grego, átomo quer dizer indestrutivel.Em Grego, átomo quer dizer indestrutivel.
 Os Gregos pesavam que o átomo eraOs Gregos pesavam que o átomo era
indivisivel.indivisivel.
 FoiFoi DemócritoDemócrito (400 a.C) que deu o nome de(400 a.C) que deu o nome de
átomo para as particulas da matéria.átomo para as particulas da matéria.
 As pesquisas cientificas mostraram queAs pesquisas cientificas mostraram que
Demócrito estava certo.Demócrito estava certo.
 Todos os corpos são formados por particulasTodos os corpos são formados por particulas
muito pequenas.muito pequenas.
 O atomo nem sempre foi representado daO atomo nem sempre foi representado da
mesma forma.mesma forma.
 À medida que se ia estudando mais o assuntoÀ medida que se ia estudando mais o assunto
foram surgindo váriosforam surgindo vários modelosmodelos::
ModelosModelos AtómicosAtómicos
 AtomismoAtomismo -- Demócrito (400 a.C)Demócrito (400 a.C)
 Teoria AtómicaTeoria Atómica -- John Dalton (1726John Dalton (1726--1825)1825)
 Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” -- J.J.J.J. ThomsonThomson (1897)(1897) Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” -- J.J.J.J. ThomsonThomson (1897)(1897)
 Modelo PlanetárioModelo Planetário -- Ernst Rutherford (1911)Ernst Rutherford (1911)
 Modelo Orbitas ElipticasModelo Orbitas Elipticas-- Niels Bohr (1913)Niels Bohr (1913)
 Nuvem Atómica/Orbital (Actualidade)Nuvem Atómica/Orbital (Actualidade)
AtomismoAtomismo –– Demócrito (400 a.C)Demócrito (400 a.C)
 A matéria era descontinuaA matéria era descontinua
 A matéria era formada por pequenas particulasA matéria era formada por pequenas particulas
indivisiveisindivisiveis –– átomosátomos
 Água, Ar, Terra e FogoÁgua, Ar, Terra e Fogo
 Toda a matéria era formada por atomos de 4Toda a matéria era formada por atomos de 4
elementos:elementos:
 Os atomos têm um tamanho limite, por issoOs atomos têm um tamanho limite, por isso
sãosão invisiveisinvisiveis ee indivisiveisindivisiveis
Teoria AtómicaTeoria Atómica –– John DaltonJohn Dalton
(1726(1726 -- 1825)1825)
 O átomo era uma pequena esfera.O átomo era uma pequena esfera.
 O átomo tem massa (peso) e propriedadesO átomo tem massa (peso) e propriedades
unicas.unicas.
 Volta à ideia dos Gregos (2200 anos depois).Volta à ideia dos Gregos (2200 anos depois).
 Os átomos de um mesmo elemento são iguais.Os átomos de um mesmo elemento são iguais.
 Todas as coisas são constituidas por átomos.Todas as coisas são constituidas por átomos.
Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” –– J.J.J.J.
ThomsonThomson (1897)(1897)
 Existiam ideias de que o átomo era divisível.Existiam ideias de que o átomo era divisível.
 O átomo é uma esfera maciça com carga +.O átomo é uma esfera maciça com carga +.
 Possuía eletrões (Possuía eletrões (--) na superfície.) na superfície.
 As cargas (As cargas (--) e (+) existiam em quantidades) e (+) existiam em quantidades
iguais.iguais.
Modelo PlanetárioModelo Planetário –– Ernst RutherfordErnst Rutherford
(1911)(1911)
 Estava ligado à equipa de ThomsonEstava ligado à equipa de Thomson
 O grande parte do átomo era espaço vazioO grande parte do átomo era espaço vazio
 As partículas + estavam à volta do núcleoAs partículas + estavam à volta do núcleo
 Existência de uma parte central positiva.Existência de uma parte central positiva.
 Os eletrões (Os eletrões (--) circulavam à volta do núcleo.) circulavam à volta do núcleo.
 Modelo Planetário do átomo.Modelo Planetário do átomo.
 Como os Planetas no Sistema Solar.Como os Planetas no Sistema Solar. Como os Planetas no Sistema Solar.Como os Planetas no Sistema Solar.
Modelo OrbitasModelo Orbitas ElitícasElitícas –– NielsNiels BohrBohr
(1913)(1913)
 O modelo deO modelo de RutherfordRutherford apresentava falhasapresentava falhas
 O modelo planetário foi modificadoO modelo planetário foi modificado
 Os eletrões (Os eletrões (--) andam à volta do núcleo em) andam à volta do núcleo em
orbitas chamadas camadas ou níveis.orbitas chamadas camadas ou níveis.
 Os eletrões (Os eletrões (--) “saltam” de nível em nível) “saltam” de nível em nível
emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.
Modelo NuvemModelo Nuvem EletrónicaEletrónica
((AtualidadeAtualidade))
 Desaparece a ideia de órbita (zonas ondeDesaparece a ideia de órbita (zonas onde
circulam os eletrões).circulam os eletrões).
 Passa a existir uma nova ideia para descrever aPassa a existir uma nova ideia para descrever a
forma como circulam os eletrões.forma como circulam os eletrões.
 OrbitaisOrbitais (zonas de maior probabilidade de(zonas de maior probabilidade de
encontrar oencontrar o eletrãoeletrão).).
 É impossível determinar comÉ impossível determinar com exatidãoexatidão aa
trajetóriatrajetória de umde um eletrãoeletrão ((--), apenas de a prever!), apenas de a prever!
AplicaçõesAplicações
 Produção de energia (reações nucleares).Produção de energia (reações nucleares).
 A partir de 1L de água obtémA partir de 1L de água obtém--se o equivalente a 400 Lse o equivalente a 400 L
de petróleo (Hidrogénio).de petróleo (Hidrogénio).
 Aplicações na Medicina (Radioterapia,Aplicações na Medicina (Radioterapia,
exames, etc...).exames, etc...).
de petróleo (Hidrogénio).de petróleo (Hidrogénio).
 Aplicações na Agricultura:Aplicações na Agricultura:
 Estudar como os Bovinos transformam as forragens emEstudar como os Bovinos transformam as forragens em
leite e carne.leite e carne.
 Introduzindo radioIntroduzindo radio--isótopos num carvalho é possivelisótopos num carvalho é possivel
estudar os fungos parasitasestudar os fungos parasitas ..
 Melhoramento das plantas mais comuns através deMelhoramento das plantas mais comuns através de
radiaçãoradiação ..
 Aplicações na Agricultura (cont.):Aplicações na Agricultura (cont.):
 Novos tipos de uvas sem grainhasNovos tipos de uvas sem grainhas ..
 Aumento quantidade de açúcar nas batatasAumento quantidade de açúcar nas batatas ..
 Nova espécie de aveiaNova espécie de aveia ..
A Grande RevoluçãoA Grande Revolução
1ª Parte1ª Parte
2ª Parte2ª Parte
MoléculasMoléculas
 Os átomos podemOs átomos podem--se ligar entre si.se ligar entre si.
 FormamFormam moléculasmoléculas..
 Parte mais pequena de um composto.Parte mais pequena de um composto.
Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)
 Alguns exemplos:Alguns exemplos:
Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)
 Mais exemplos:Mais exemplos:
Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)
 Mais exemplos:Mais exemplos:
Evolução da teoria atómica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Evolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicosEvolução dos modelos atômicos
Evolução dos modelos atômicos
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
 
Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)
 
Aula atomistica
Aula atomisticaAula atomistica
Aula atomistica
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
 
Modelos atômicos
Modelos atômicos Modelos atômicos
Modelos atômicos
 
Modelos atomicos rutherford
Modelos atomicos rutherfordModelos atomicos rutherford
Modelos atomicos rutherford
 
estrutura atômica
estrutura atômicaestrutura atômica
estrutura atômica
 
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculasAula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
 
Evolução dos Modelos Atômicos
Evolução dos Modelos AtômicosEvolução dos Modelos Atômicos
Evolução dos Modelos Atômicos
 
Aulas 1 e 2 - Modelos Atômicos
Aulas 1 e 2 - Modelos AtômicosAulas 1 e 2 - Modelos Atômicos
Aulas 1 e 2 - Modelos Atômicos
 
Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
 
Evolução do Modelo Atómico
Evolução do Modelo AtómicoEvolução do Modelo Atómico
Evolução do Modelo Atómico
 
Modelos Atomicos
Modelos AtomicosModelos Atomicos
Modelos Atomicos
 
áTomo
áTomoáTomo
áTomo
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Super Modelo Atomico
Super Modelo AtomicoSuper Modelo Atomico
Super Modelo Atomico
 
Apresentação modelos atômicos elenice
Apresentação modelos atômicos  eleniceApresentação modelos atômicos  elenice
Apresentação modelos atômicos elenice
 
Rusumo 01 MODELOS ATÔMICOS
Rusumo 01  MODELOS ATÔMICOSRusumo 01  MODELOS ATÔMICOS
Rusumo 01 MODELOS ATÔMICOS
 

Destaque

Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasQuímica Cool
 
Teoría atómica-de-dalton- bohr
Teoría atómica-de-dalton- bohrTeoría atómica-de-dalton- bohr
Teoría atómica-de-dalton- bohrSandy Anaya
 
Armas químicas 1°3
Armas químicas 1°3Armas químicas 1°3
Armas químicas 1°3Quimica2016
 
Química orgánica
Química orgánicaQuímica orgánica
Química orgánicaRuben Guerra
 
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENS
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENSQUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENS
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENSCida Marconcine
 
Apresentação sobre Armas Químicas
Apresentação sobre Armas QuímicasApresentação sobre Armas Químicas
Apresentação sobre Armas QuímicasCarol
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaV
 

Destaque (8)

Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Teoría atómica
Teoría atómicaTeoría atómica
Teoría atómica
 
Teoría atómica-de-dalton- bohr
Teoría atómica-de-dalton- bohrTeoría atómica-de-dalton- bohr
Teoría atómica-de-dalton- bohr
 
Armas químicas 1°3
Armas químicas 1°3Armas químicas 1°3
Armas químicas 1°3
 
Química orgánica
Química orgánicaQuímica orgánica
Química orgánica
 
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENS
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENSQUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENS
QUIMICA NO COTIDIANO ATRAVÉS DE IMAGENS
 
Apresentação sobre Armas Químicas
Apresentação sobre Armas QuímicasApresentação sobre Armas Químicas
Apresentação sobre Armas Químicas
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da química
 

Semelhante a Evolução da teoria atómica

Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
3º ano aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos
3º ano   aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos3º ano   aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos
3º ano aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicosAlpha Colégio e Vestibulares
 
Apresenta+º+úo modelos atomicos
Apresenta+º+úo modelos atomicosApresenta+º+úo modelos atomicos
Apresenta+º+úo modelos atomicosglayconpataquini
 
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Estrutura Atômica
www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Estrutura Atômicawww.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Estrutura Atômica
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Estrutura AtômicaAulas de Química Apoio
 
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de EletrizaçãoModelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de EletrizaçãoWellington Sampaio
 
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo IIAula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo IINewton Silva
 
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aulawww.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo AulaVídeo Aulas Apoio
 
1 evolucao modelos-atomicos
1   evolucao modelos-atomicos1   evolucao modelos-atomicos
1 evolucao modelos-atomicosLuis Pedro
 
Capítulo 1 efeito fotoelétrico
Capítulo 1   efeito fotoelétricoCapítulo 1   efeito fotoelétrico
Capítulo 1 efeito fotoelétricoMarivane Biazus
 
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesss
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesssApresentação1.pptx fisica das radiaçõesss
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesssmarioaraujorosas1
 
Aula 5 modelos atômicos
Aula 5   modelos atômicos Aula 5   modelos atômicos
Aula 5 modelos atômicos profNICODEMOS
 
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20iSamuca Love
 

Semelhante a Evolução da teoria atómica (20)

O Atomo
O AtomoO Atomo
O Atomo
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
STC - O àtomo
 STC - O àtomo STC - O àtomo
STC - O àtomo
 
3º ano aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos
3º ano   aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos3º ano   aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos
3º ano aulas 01 e 02 - evolução dos modelos atômicos
 
Apresenta+º+úo modelos atomicos
Apresenta+º+úo modelos atomicosApresenta+º+úo modelos atomicos
Apresenta+º+úo modelos atomicos
 
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Estrutura Atômica
www.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Estrutura Atômicawww.AulasDeQuimicaApoio.com  - Química -  Estrutura Atômica
www.AulasDeQuimicaApoio.com - Química - Estrutura Atômica
 
Modelos Atômicos
Modelos AtômicosModelos Atômicos
Modelos Atômicos
 
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de EletrizaçãoModelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
 
Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012
 
Folder nucleo atomico
Folder nucleo atomicoFolder nucleo atomico
Folder nucleo atomico
 
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo IIAula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
 
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aulawww.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Número Atômico - Vídeo Aula
 
1 evolucao modelos-atomicos
1   evolucao modelos-atomicos1   evolucao modelos-atomicos
1 evolucao modelos-atomicos
 
Capítulo 1 efeito fotoelétrico
Capítulo 1   efeito fotoelétricoCapítulo 1   efeito fotoelétrico
Capítulo 1 efeito fotoelétrico
 
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesss
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesssApresentação1.pptx fisica das radiaçõesss
Apresentação1.pptx fisica das radiaçõesss
 
Aula 5 modelos atômicos
Aula 5   modelos atômicos Aula 5   modelos atômicos
Aula 5 modelos atômicos
 
AtomíStica
AtomíSticaAtomíStica
AtomíStica
 
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i
01 20 in_c3_a_dcio_20dos_20modelos_20at_c3_b4micos_20i
 

Mais de anabela explicaexplica

000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao
000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao
000 sintese metodos_de_apoio_a_decisaoanabela explicaexplica
 
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_na
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_naEira velha uma_estacao_viaria_romana_na
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_naanabela explicaexplica
 
Reações químicas 8º ano, 2014 2015
Reações químicas 8º ano, 2014 2015Reações químicas 8º ano, 2014 2015
Reações químicas 8º ano, 2014 2015anabela explicaexplica
 
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015anabela explicaexplica
 
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02anabela explicaexplica
 
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)anabela explicaexplica
 
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacao
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacaoFicha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacao
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacaoanabela explicaexplica
 

Mais de anabela explicaexplica (20)

Biol11 aula10 22maio
Biol11 aula10 22maioBiol11 aula10 22maio
Biol11 aula10 22maio
 
000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao
000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao
000 sintese metodos_de_apoio_a_decisao
 
Tarefa 21 prop direta (1)
Tarefa 21 prop direta (1)Tarefa 21 prop direta (1)
Tarefa 21 prop direta (1)
 
10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano
 
Subsidios para a_carta_arqueologica
Subsidios para a_carta_arqueologicaSubsidios para a_carta_arqueologica
Subsidios para a_carta_arqueologica
 
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_na
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_naEira velha uma_estacao_viaria_romana_na
Eira velha uma_estacao_viaria_romana_na
 
Oovo (1)
Oovo (1)Oovo (1)
Oovo (1)
 
Natal apn (1)
Natal apn (1)Natal apn (1)
Natal apn (1)
 
Ebook aguas da_captacao_ao_consumo
Ebook aguas da_captacao_ao_consumoEbook aguas da_captacao_ao_consumo
Ebook aguas da_captacao_ao_consumo
 
13
1313
13
 
11
1111
11
 
4
44
4
 
exercicios
exerciciosexercicios
exercicios
 
Reações químicas 8º ano, 2014 2015
Reações químicas 8º ano, 2014 2015Reações químicas 8º ano, 2014 2015
Reações químicas 8º ano, 2014 2015
 
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015
Lei de lavoiser, e acerto de equações, 8º ano, 2014 2015
 
Ficha de trabalho 1
Ficha de trabalho 1Ficha de trabalho 1
Ficha de trabalho 1
 
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02
Fichaavaliaoexemplo 121029060057-phpapp02
 
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)
128969094 ficha-de-avaliacao-cn5-biosfera-revestimento-locomocao-pdf (1)
 
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacao
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacaoFicha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacao
Ficha de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6ano-alimentacao
 
Mini teste 9
Mini teste 9Mini teste 9
Mini teste 9
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 

Evolução da teoria atómica

  • 1. O ÁTOMOO ÁTOMO Historia, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e AplicaçõesHistoria, Modelos e Aplicações
  • 2.  Vamos pegar numa folha de papel e cortáVamos pegar numa folha de papel e cortá--la aola ao meio.meio.  Pegar na metade que sobrou e cortarPegar na metade que sobrou e cortar novamente ao meio.novamente ao meio.novamente ao meio.novamente ao meio.  Continuar o processo...Continuar o processo...  Até onde se pode continuar ?Até onde se pode continuar ?
  • 3.  Vai chegar a uma altura em que nao consegueVai chegar a uma altura em que nao consegue continuar.continuar.  Imaginemos que o continuamos o processo deImaginemos que o continuamos o processo de “rasgar” a folha.“rasgar” a folha.“rasgar” a folha.“rasgar” a folha.  Chegamos a uma “pequena particula” que é :Chegamos a uma “pequena particula” que é :
  • 5.  A ideia de átomo surgiu na Grécia antiga.A ideia de átomo surgiu na Grécia antiga.  Em Grego, átomo quer dizer indestrutivel.Em Grego, átomo quer dizer indestrutivel.  Os Gregos pesavam que o átomo eraOs Gregos pesavam que o átomo era indivisivel.indivisivel.  FoiFoi DemócritoDemócrito (400 a.C) que deu o nome de(400 a.C) que deu o nome de átomo para as particulas da matéria.átomo para as particulas da matéria.
  • 6.  As pesquisas cientificas mostraram queAs pesquisas cientificas mostraram que Demócrito estava certo.Demócrito estava certo.  Todos os corpos são formados por particulasTodos os corpos são formados por particulas muito pequenas.muito pequenas.  O atomo nem sempre foi representado daO atomo nem sempre foi representado da mesma forma.mesma forma.  À medida que se ia estudando mais o assuntoÀ medida que se ia estudando mais o assunto foram surgindo váriosforam surgindo vários modelosmodelos::
  • 7. ModelosModelos AtómicosAtómicos  AtomismoAtomismo -- Demócrito (400 a.C)Demócrito (400 a.C)  Teoria AtómicaTeoria Atómica -- John Dalton (1726John Dalton (1726--1825)1825)  Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” -- J.J.J.J. ThomsonThomson (1897)(1897) Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” -- J.J.J.J. ThomsonThomson (1897)(1897)  Modelo PlanetárioModelo Planetário -- Ernst Rutherford (1911)Ernst Rutherford (1911)  Modelo Orbitas ElipticasModelo Orbitas Elipticas-- Niels Bohr (1913)Niels Bohr (1913)  Nuvem Atómica/Orbital (Actualidade)Nuvem Atómica/Orbital (Actualidade)
  • 8. AtomismoAtomismo –– Demócrito (400 a.C)Demócrito (400 a.C)  A matéria era descontinuaA matéria era descontinua  A matéria era formada por pequenas particulasA matéria era formada por pequenas particulas indivisiveisindivisiveis –– átomosátomos
  • 9.  Água, Ar, Terra e FogoÁgua, Ar, Terra e Fogo  Toda a matéria era formada por atomos de 4Toda a matéria era formada por atomos de 4 elementos:elementos:  Os atomos têm um tamanho limite, por issoOs atomos têm um tamanho limite, por isso sãosão invisiveisinvisiveis ee indivisiveisindivisiveis
  • 10. Teoria AtómicaTeoria Atómica –– John DaltonJohn Dalton (1726(1726 -- 1825)1825)  O átomo era uma pequena esfera.O átomo era uma pequena esfera.  O átomo tem massa (peso) e propriedadesO átomo tem massa (peso) e propriedades unicas.unicas.  Volta à ideia dos Gregos (2200 anos depois).Volta à ideia dos Gregos (2200 anos depois).
  • 11.  Os átomos de um mesmo elemento são iguais.Os átomos de um mesmo elemento são iguais.  Todas as coisas são constituidas por átomos.Todas as coisas são constituidas por átomos.
  • 12. Modelo “Pudim de Passas”Modelo “Pudim de Passas” –– J.J.J.J. ThomsonThomson (1897)(1897)  Existiam ideias de que o átomo era divisível.Existiam ideias de que o átomo era divisível.  O átomo é uma esfera maciça com carga +.O átomo é uma esfera maciça com carga +.  Possuía eletrões (Possuía eletrões (--) na superfície.) na superfície.
  • 13.  As cargas (As cargas (--) e (+) existiam em quantidades) e (+) existiam em quantidades iguais.iguais.
  • 14. Modelo PlanetárioModelo Planetário –– Ernst RutherfordErnst Rutherford (1911)(1911)  Estava ligado à equipa de ThomsonEstava ligado à equipa de Thomson  O grande parte do átomo era espaço vazioO grande parte do átomo era espaço vazio  As partículas + estavam à volta do núcleoAs partículas + estavam à volta do núcleo
  • 15.  Existência de uma parte central positiva.Existência de uma parte central positiva.  Os eletrões (Os eletrões (--) circulavam à volta do núcleo.) circulavam à volta do núcleo.  Modelo Planetário do átomo.Modelo Planetário do átomo.  Como os Planetas no Sistema Solar.Como os Planetas no Sistema Solar. Como os Planetas no Sistema Solar.Como os Planetas no Sistema Solar.
  • 16. Modelo OrbitasModelo Orbitas ElitícasElitícas –– NielsNiels BohrBohr (1913)(1913)  O modelo deO modelo de RutherfordRutherford apresentava falhasapresentava falhas  O modelo planetário foi modificadoO modelo planetário foi modificado
  • 17.  Os eletrões (Os eletrões (--) andam à volta do núcleo em) andam à volta do núcleo em orbitas chamadas camadas ou níveis.orbitas chamadas camadas ou níveis.  Os eletrões (Os eletrões (--) “saltam” de nível em nível) “saltam” de nível em nível emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.emitindo ou absorvendo energia.
  • 18. Modelo NuvemModelo Nuvem EletrónicaEletrónica ((AtualidadeAtualidade))  Desaparece a ideia de órbita (zonas ondeDesaparece a ideia de órbita (zonas onde circulam os eletrões).circulam os eletrões).  Passa a existir uma nova ideia para descrever aPassa a existir uma nova ideia para descrever a forma como circulam os eletrões.forma como circulam os eletrões.  OrbitaisOrbitais (zonas de maior probabilidade de(zonas de maior probabilidade de encontrar oencontrar o eletrãoeletrão).).
  • 19.  É impossível determinar comÉ impossível determinar com exatidãoexatidão aa trajetóriatrajetória de umde um eletrãoeletrão ((--), apenas de a prever!), apenas de a prever!
  • 20. AplicaçõesAplicações  Produção de energia (reações nucleares).Produção de energia (reações nucleares).  A partir de 1L de água obtémA partir de 1L de água obtém--se o equivalente a 400 Lse o equivalente a 400 L de petróleo (Hidrogénio).de petróleo (Hidrogénio).  Aplicações na Medicina (Radioterapia,Aplicações na Medicina (Radioterapia, exames, etc...).exames, etc...). de petróleo (Hidrogénio).de petróleo (Hidrogénio).
  • 21.  Aplicações na Agricultura:Aplicações na Agricultura:  Estudar como os Bovinos transformam as forragens emEstudar como os Bovinos transformam as forragens em leite e carne.leite e carne.  Introduzindo radioIntroduzindo radio--isótopos num carvalho é possivelisótopos num carvalho é possivel estudar os fungos parasitasestudar os fungos parasitas ..  Melhoramento das plantas mais comuns através deMelhoramento das plantas mais comuns através de radiaçãoradiação ..
  • 22.  Aplicações na Agricultura (cont.):Aplicações na Agricultura (cont.):  Novos tipos de uvas sem grainhasNovos tipos de uvas sem grainhas ..  Aumento quantidade de açúcar nas batatasAumento quantidade de açúcar nas batatas ..  Nova espécie de aveiaNova espécie de aveia ..
  • 23. A Grande RevoluçãoA Grande Revolução 1ª Parte1ª Parte 2ª Parte2ª Parte
  • 24. MoléculasMoléculas  Os átomos podemOs átomos podem--se ligar entre si.se ligar entre si.  FormamFormam moléculasmoléculas..  Parte mais pequena de um composto.Parte mais pequena de um composto.
  • 25. Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)  Alguns exemplos:Alguns exemplos:
  • 26. Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)  Mais exemplos:Mais exemplos:
  • 27. Moléculas (cont.)Moléculas (cont.)  Mais exemplos:Mais exemplos: