www.grupocorreiodosul.com.br
ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.853
quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016
R$ 2,00
Grupo
30º 18º
Predomíni...
Menegalli. Já no PSDB são ressaltados
os nomes do advogado André Alves e do
empresário Vado Zilli.
Mariano diz não ter vet...
o ex-diretor. Na contramão
desta realidade, a prefei-
tura de Sombrio terá que
investir R$ 12 milhões, em
valores atuais, ...
mingo, cerca de 130 pes-
soas,entreadultos,jovens
e crianças, ficaram acam-
padas se dedicando a ati-
vidades religiosas, ...
o resfriamento e emba-
lagem de leite feito pelos
próprios produtores ara-
ranguaenses, eles pode-
rão lucrar mais com as
...
Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente
Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador J...
Polícia 7Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016
Gislaine Fontoura
Furtos e prisões
Traficantes ficaram com o...
Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão
Novelas
Êta mundo bom -18h
Totalmente Demais -19h
A Regra do Jogo -21h
C
ass...
Margareth Silva
Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016
margareth.silvaa@yahoo.com.br
www.melhoresdosul.com
f...
Segurança10 Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016
Gislaine Fontoura
> ArArAnguá
Na tarde de terça-
-feira, ...
Geral 11Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016
³Motorista ficou detido no posto da Polícia Rodoviária Federa...
12 Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016 Publicações Legais
AVISO DE LICITAÇÃO
EDITAL Nº 05/2016
MODALIDADE...
Polícia 13Correio do Sul
Quinta-feira,
11 de fevereiro de 2016
Gislaine Fontoura
³Renan volta a cadeia
³Henrique é suspeit...
> Arroio do SilvA
Os motores já co-
meçam a aquecer
com a chegada da 26ª
edição da Arrancada de
Caminhões em Balneário
Arr...
do futebol brasileiro.
Começou a carreira no
próprio Araranguá e
teve passagens por Flu-
minense, Joinville, Ca-
xias, Cri...
quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal digital 4853 qui 11022016

566 visualizações

Publicada em

Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4853 qui 11022016

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.853 quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 R$ 2,00 Grupo 30º 18º Predomínio de Sol - Sol na maior parte do período. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense 3Página Sombrio Faltadeaterrosanitário geraprejuízoemdosedupla PolíciaSegurançaPolícia Maisumcomércio éassaltadodedia emAraranguá Crecheincendiada serádemolidae criançastransferidas Duplavaicomprar drogaseéassaltada pelostraficantes RotinaAraranguáVão Reclamar? 13107 PáginaPáginaPágina
  2. 2. Menegalli. Já no PSDB são ressaltados os nomes do advogado André Alves e do empresário Vado Zilli. Mariano diz não ter vetos aos nomes que vêm sendo colocados na berlinda paraumacomposiçãocomoPP.Ressalta que são todos ilibados, o que não dificul- taria uma aliança. “Eu sinceramente só não sei como se daria esta escolha, caso eu venha a ser o candidato do PP a prefeito. Na verdade nem parei para pensar nisto”, comenta Mazzuco. Ainda que haja um rosário de no- mes com chances de ser indicado como candidato a vice de Mariano, dentre eles se ressaltam o de Giancarlo e o de Primo Júnior. Se houvesse uma conver- gência natural e um integral respeito a construção da coligação que vem se formando em torno do PP, Giancarlo seria o indicado. Todavia, política não se resume ao que possa parecer mais justo, e neste sentido o nome de Primo Júnior surge com bastante força, já que ele traz consigo todo o legado político de seu pai, que comandou o município por oito anos, além de ter estado envolvido em várias outras campanhas políticas desencadeadas em Araranguá. Marianodiznãotervetosapossíveisvices Empresário Eder Matos (PSB) res- salta que sua candidatura a prefeito de Meleiro é irreversível. Desde o início do ano passado, Eder tem trabalhado na composição de um grupo político que se consolide como uma alternativa às forças timonadas pelo PP e pelo PMDB do município. Comandado pelo PSB, este grupo tem, de acordo com ele, se solidificado cada vez mais. “Estamos trabalhando para que nas próximas semanas já tenhamos a definição da chapa majoritária. Em princípio o meu nome tem a preferência para concorrer a prefeito. O vice deverá vir do DEM, e neste contexto o nome da professora aposentada Rosangela Piazza Meller é proferido”, comenta. De acordo com o pré-candidato, caso Rosangela aceite o conviteparaservice,adobradinhaPSB/ DEMestaráoficialmentesacramentada comvistasaopleitomunicipaldesteano. Vereador araranguaense Geraldo Mendes (PT) está com um pé e meio no PSD. Ainda que esteja na Câmara Municipal na condição de suplente de sua coligação, Geraldo tem cobrado de forma sistemática investimentos nos bairros Lagoão e Divinéia, seu reduto eleitoral. De acordo com ele, no entan- to, a gestão municipal não tem corres- pondido as suas expectativas. “Estou numa situação desconfortável. A po- pulação me cobra. Por minha vez eu cobro do executivo, que é comandado peloPT,masascoisasnãoacontecem”, desabafa.Aprovável saída de Geraldo do PT também pode ser associada ao fato do atual diretor de cultura, Jair Anástácio, querer ser candidato a vereador pelo partido este ano. É que Jair desfruta da mesma base eleitoral que Geraldo, o que racharia o nicho petista no Lagoão e na Divinéia. Não obstante as especulações dando conta de que é um dos nomes cogitados para compor como vice de Mariano Mazzuco (PP) no pleito municipal deste ano, advogado ara- ranguaense André Alves (PSDB) diz ter planos maiores. Ele ressalta que está disposto a se candidatar a pre- feito da Cidade das Avenidas, caso tenha o apoio de seu partido para este intento. “O PSDB Estadual tem o franco propósito de lançar candidato a prefeito nos principais municípios de Santa Catarina, e Araranguá está elencado entre eles. A executiva estadual do partido tem me estimu- lado para enfrentar este desafio. De minha parte já disse que, se o par- tido convergir para isto, eu aceito a candidatura”, ressalta. André evita falar em outras siglas, que possam vir a apoiá-lo também. “Temos que dar um passo de cada vez. Primeiro temos que fechar o PSDB, para depois procurarmos os demais”, comenta. ManchetedoCorreiodoSuldehoje acaba mostrando a contradição que é a tal da gestão pública neste estimado país. A Prefeitura de Sombrio gasta R$ 100 mil por mês para levar o lixo recolhido no município até um aterro emIçara.Istoaconteceporqueoaterro de Sombrio está interditado há quase quatroanospelafaltadelicenciamento ambiental.OSamae,queéoresponsá- velpeloaterro,nãotemosR$2milhões necessários para investir no projeto de sua adequação. Por sua vez, nem o Governo do Estado, nem o Governo Federal, dispõem de recursos para investimentosdestanatureza,fazendo comqueapopulaçãodeSombriotenha que jogar fora todos os meses R$ 100 mil. Na prática é algo totalmente sem sentido, já que com a regularização do aterro sobraria mais dinheiro para a prefeitura realizar obras com recursos próprios, sem ter que estar a toda hora solicitando recursos em Florianópolis e Brasília. ³Mariano Mazzuco: de olho em 2016 Vice a vista Do PT para o PSD André Alves prefeito Sem sentido www.zaccaimoveis.com +55 48 9995-1396 Sombrio: (48) 3533-1017 ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “Aquele que despreza a política tem que saber que de seu desprezo nasce a miséria, a corrupção, a prostituição e boa parte das mazelas do mundo”. Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 rolando_coelho@hotmail.com (48) 9945.6787 Frederich Engels (1820/1895) Filósofo alemão C andidato natural do PP a prefeitodeAraranguáneste pleito, empresário Mariano Mazzuco,quejácomandouo município entre 2005 e 2012, diz não ter vetos aos nomes que vêm sendo especu- ladoscomopossíveisvicesemumachapa encabeçada por ele na eleição municipal deste ano. O ex-prefeito, no entanto, res- salta que sequer se definiu quanto a sua própriacandidatura,aindaquejáadmita esta possibilidade. Pressionado pelo PP para que as- suma de vez uma pré-candidatura ao executivo, Mariano tem saído pela tan- gente, enfatizando que isto é possível, mas sem oficializar a intenção. “Quando saí da prefeitura no final de 2012 havia dado por encerrada minha participação napolíticaeleitoral.Oproblemaéqueem política a gente não se manda e as coisas têmconvergidoparaqueeusejacandida- to novamente. Mesmo assim não tenho como assumir este compromisso agora, porquetenhováriosoutroscompromissos na esfera particular e empresarial que precisam ser encaminhados primeiro, para que então eu possa me dizer pré- -candidato”, diz o ex-prefeito, sempre meticuloso com as palavras. Aindaassim,Marianonãofogedoas- sunto quando a discussão sobre a eleição municipaléaprofundada.“OPPtemcon- versado bastante com o PSD e também com o PR. Temos mantido contato ainda com o PSDB, visando a composição de uma coligação robusta”, afirma. Por na- turalidadeocandidatoaprefeitoemuma aliança que envolva estes partidos sairá do PP, pela estrutura que a sigla tem. O vice,noentanto,éumaincógnita.OPSD contarápreferencialmentecomosnomes dosvereadoresGiancarloSoaresdeSou- za e Cabo Loro, hoje filiados ao Pros e de malas prontas para a nova sigla. Além deles, o presidente do PSD, Jairo Costa Canto,temsidolembrado.NoPRonome carimbado é o do empresário Primo Me- negalli Júnior, filho do ex-prefeito Primo
  3. 3. o ex-diretor. Na contramão desta realidade, a prefei- tura de Sombrio terá que investir R$ 12 milhões, em valores atuais, para levar o lixo do município até Içara, ao longo da próxima déca- da. Pior que isto é o fato do Samae deixar de arrecadar outros R$ 15 milhões no mesmo período, vindos de municípios vizinhos, que pagariam pelo depósito de seus lixos. O dinheiro economizado e capitalizado poderia ser utilizado para resolver praticamente to- dos os problemas de ordem sanitária de Sombrio, a começar pelo acesso a água tratada,eesgotoparatodas asresidênciasdomunicípio. Questionado sobre os fatos, o prefeito Zênio Car- doso disse que sua equipe está fazendo um estudo para tentar solucionar o problema.“Recebemosduas heranças que ninguém quer: um aterro sanitário interditado e uma despesa de R$ 100 mil por mês ge- rada pela interdição. Não temos os R$ 2 milhões ne- cessáriospararesolvereste problema,masnãoestamos nos furtando da tentativa de acharmos uma solução”, comenta Zênio. Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 ³Dar destino ao lixo se tornou um grave problema financeiro para a prefeitura ³Presidente Wolni ressalta importância da participação na assembleia > Sombrio Fechado há quase quatroanos,oater- rosanitáriodeSombriotem sido motivo de transtorno e prejuízo constante para os sombrienses. Transtorno por conta da necessidade que o município acabou criandoaoterquelevartodo o lixo doméstico produzido emnívellocalatéumaterro em Içara, ao custo de R$ 100 mil mensais. Prejuízo, porque além destes R$ 100 mil que são literalmente jogados no lixo, Sombrio deixa de ganhar pelo me- nos outros R$ 120 mil dos municípios vizinhos, que poderiamestardepositando seulixodomésticonoaterro que hoje está desativado, gerando uma renda extra paraoSamae,queéoórgão responsável por este setor. Hojeoqueháéumprejuízo totaldeR$220milpormês. De acordo com a admi- nistraçãomunicipal,adesa- tivação do aterro sanitário aconteceu porque a gestão anterior, que comandava o município, não conse- guiu investir os recursos necessários para que ele fosse readequado e se ali- nhasse com as exigências Falta de aterro gera prejuízo Lixo Por determinação do Ministério Público Estadual, local para onde ia lixo do município foi fechado há quatro anos ambientais vigentes. Como consequência, o aterro foi fechado,obrigandooSamae de Sombrio a depositar o lixo do município em Içara. Estima-se que sejam necessários R$ 2 milhões para que o aterro volte a operação, dinheiro que o Samae nem de longe tem. Exoneradodesuasfunções, justamenteporcontadafal- ta de recursos, o ex-diretor do órgão, Paulo Custódio, lamenta a situação. “O cus- teiodoSamaeémuitocaro. São R$ 60 mil só em folha de pagamento e outros R$ 60 mil em manutenção do que está implantado.Afora isto,háumasériedeoutras despesasqueacabaminvia- bilizando a possibilidade de investimentos de vulto, como este que é necessário para se reativar o aterro sanitário”, comenta. De acordo com Paulo Custódio,nãohá,acurtoou médio prazo, qualquer pos- sibilidadedequeasituação seja resolvida com recursos dopróprioSamae.“Sefosse conseguido reservar R$ 20 mil por mês, o que é quase impossível,selevariaquase uma década até se juntar o dinheiro necessário para reativar o aterro”, comenta Sob coordenação do pa- dre Joel Sávio os partici- pantes discutiram uma das principais questões levan- tadas pela CF, a falta de saneamento básico no país e mais especificamente na realidade local. Conforme dados do IBGE, em 2011, apenas 28,2% dos municí- pios brasileiros possuíam Política Municipal de Sa- neamento Básico. A Campanha da Fra- ternidade 2016 tem como forma de distribuição das sobras. “As pré-assembleias são necessárias e muito importantes, pois demons- tram a transparência da Credija e fortalecem o re- lacionamento com cada um dosnossosassociados”,expli- ca o presidente do Conselho Administrativodacooperati- va, Wolni José Walter. Para Wolni,alémdaapresentação dos demonstrativos os en- contros são também uma forma de confraternização. “Nossos encontros também servem para celebrar as conquistas da cooperativa > Turvo Comotema‘CasaCo- mum, nossa responsabili- dade’ e lema ‘Quero ver o direitobrotarcomofontee correrajustiçaqualriacho que não seca’, a Campa- nhadaFraternidade(CF) foi objeto de reflexão para cerca de 140 pessoas, reu- nidasnamanhãdesábado no auditório da Paróquia NossaSenhoradaOração, em Turvo. > região Todos os mais de 28 mil associados do Si- coob Credija vão ter a oportunidade de partici- par das pré-assembleias que serão realizadas nas cidades onde a coo- perativa está inserida. O roteiro vai iniciar em Sangão na noite do dia 18, próxima quinta-feira, e deve encerrar no dia 16 de março na cidade de Jacinto Machado com a Assembleia Geral Ordi- nária (AGO), quando os associados vão definir a Saneamento é tema da CF Credija inicia assembleias com seus associados base a carta encíclica Lau- dato Si’ (Louvado Sejas), escrita pelo papa Francis- co, sobre o cuidado da casa comum, o planeta. Um dia de estudo já havia sido realizado em Criciúma e depois de Turvo os asses- sores se comprometeram a, junto a Coordenação Diocesana de Pastoral, re- digir um documento com ações concretas a serem realizadas pelas comuni- dades no ano de 2016. em cada uma das cidades onde atuamos”, afirma. Durante a AGO, a Credija também vai rea- lizar o sorteio de um carro zeroquilômetroparatodos os associados que estão participando da campa- nhadecapitalizaçãoCred- cap. “Nesse ano estamos comemorando 10 anos de Credcap e vamos sortear dois carros, mais de 20 motos e diversos outros produtos como televisores e condicionadores de ar”, comenta o vice-presidente da Credija, Donato Sem- prebon.
  4. 4. mingo, cerca de 130 pes- soas,entreadultos,jovens e crianças, ficaram acam- padas se dedicando a ati- vidades religiosas, mas também a muita brinca- deira e confraternização. Entre os assuntos abor- dados na evangelização estava o relacionamento entre pais e filhos, tra- tando dessa convivência nem sempre harmoniosa entre as duas gerações. Os jovens, claro, querem mais agito e tiveram, par- ticipandodegincanaseda ‘noite do louvorzão’ em- balada a muita música. “O que queremos mesmo é reunir as famílias para descansar, confraternizar e exercitar a fé”, disse o pastor Silas de Souza. A Igreja Batista man- tém durante todo o ano programas voltados a ju- ventude. Neste sábado recomeçamosencontrosda RededeJovensenosábado seguinte, dia 20, acontece o 3º United Summer, um festival de música gospel bastante animado. Geral4 Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 ³Membros da Igreja Batista reunidos durante o carnaval para avivar a religião ³Jovens rezam, cantam e se divertem juntos ³Dona Guilhermina e amigas curtindo a festa var a fé. É neste espaço localizado na localidade de Boa Esperança, em Sombrio, que membros da Igreja Batista Shekinah se reúnem e que foi ocu- pado novamente durante o carnaval. De sexta-feira a do- > Sombrio Onome é bastante sugestivo – Sítio do Avivamento- utilizado principalmente para avi- Muitas famílias e jovens prefiraram aproveitar o feriado para se divertir longe da folia e mais perto de Deus Outra forma de curtir o carnaval Retiros de encontrar a alegria. Foi estasegurançaqueagradou Eva Aparecida Frezza, que veio de Ermo trazer a filha Bruna, de 14 anos, e uma amiga,MikaeliMezzari,15. Era a primeira que as duas meninas participariam do retiro e a primeira vez que Bruna ficaria tantos dias longedamãe.Mesmoassim Eva estava tranquila. “Um lugar assim, da igreja, sem bebida nem drogas, é uma melhor ainda. Para mim foi uma honra representar Balneário Gaivota com a escola de Arroio do Silva", declarou. Gelci Novelo, co- ordenadora da ala da Ter- ceiraIdadedaNavegantes, escola de samba de Arroio do Silva, estava orgulhosa dos integrantes. "Está óti- mo e a cada ano melhora mais. O grupo é incrível. E carnaval é aquela época em que a gente esquece tudo de ruim", comemorou. No entanto, a integrante mais ilustre da Navegan- Super Heróis Curtindo o carnaval com muita cria- tividade e alegria, João Batista Martins, Carine Piva e o menino Eduardo, vira- ram o centro das atenções. Ao passear por Balneário Gaivota vestidos de ‘super amigos’ Capitão América, Mulher Ma- ravilha e Zorro, eles tiveram que parar muitas vezes para tirar fotos. > Sombrio A Igreja Católica das paróquias de Sombrio, Santa Rosa do Sul, Turvo eAraranguárealizoupelo 15º ano consecutivo o seu retirodecarnavalAlegra- -te. Os encontros são rea- lizadosemSombrio,desta vez no salão paroquial da Igreja Matriz, com cerca de 250 jovens. Ocoordenadorcomar- cal Mateus Vargas da Silva diz que a intenção é dar uma alternativa de festa aos jovens e ao mes- mo tempo evangelizar. O retiro se estendeu da tar- de de sábado a manhã de terça, centrado em muita música,brincadeiras,mis- sa e pregação religiosa, tudo sem nenhum tipo de bebida alcoólica ou qual- quer outro meio artificial > balneário Gaivota OcarnavaldeBalneá- rioGaivotaatraiuumpú- blico que apesar da idade um pouco mais avançada ainda gosta de se divertir. Para assistir aos desfiles das escolas, que aconte- ceram na segunda-feira, Jovelina Scheffer Colares ficou à beira da avenida Beira Mar e aplaudiu do início ao fim. "Carnaval é alegria, e eu gosto de música, de ver as pessoas dançando. É a primeira vez que venho e estou achando lindo", contou. Quempensaquesóquem assiste se diverte, está enganado. Maria Luiza de Souza, integrante da ala da Estação Primeira de Gaivota, diz que ama a folia. "Eu adoro carna- val. E ter condições de cvomprar a fantasia é Alegra-te para os católicos Carnaval em qualquer idade bênção”, disse. Foi o que também achouoadministradorda Comunidade Terapêutica Magnificat João Luís de Souza. Quatro dos dez dependentesquímicosem tratamentonaMagnificat participaram do Alegra- -te. “Eles descobrem que existe outro tipo de festa, sem bebedeira, sem dro- gas, mesmo assim com alegria”, disse João. tes é dona Guilhermina Filomena de Jesus, que aos 93 anos, dá aula de samba no pé. "Eu ve- nho me divertir, dançar, conhecer pessoas, rever as amigas. Venho para celebrar",explicou.Como segredoparamanteressa jovialidade toda, dona Guilhermina é objetiva: "osegredoésaúdeeDeus no coração". Cerca de 30 componentesdesfilamao lado dela, que é exemplo de amor e atenção ao próximo. Marivânia Farias
  5. 5. o resfriamento e emba- lagem de leite feito pelos próprios produtores ara- ranguaenses, eles pode- rão lucrar mais com as vendas”, complementa. Os recursos foram assegurados junto ao governo federal, por meio da Caixa Econômica, e também por emenda par- lamentar do deputado Jorge Boeira. Um docu- mento com as reivindi- cações foi entregue e a audiência com o prefeito Sandro Maciel teve a participação do vereador Ozair Banha da Silva. Geral 5Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Convênio para o leite Associação > ArArAnguá Oprefeito de Ara- ranguá Sandro Roberto Maciel, recebeu em seu gabinete, na tar- de desta quarta-feira, membros da Associação dos Produtores de Leite eAgricultores deAraran- guá (APLAA). Os produ- tores solicitaram a pror- rogação do convênio que destina recursos para a entidade. Além disso, foi solicitado ao prefeito que pudesse mediar com o governo federal agilida- de na instalação de uma usina de beneficiamento de leite. “Com relação ao con- vênio ficou acertado que iremos prorrogá-lo. Va- mos manter o repasse que é de R$ 60 mil ao ano para a APLAA”, afirma Sandro, que também se comprometeu em ajudar nos encaminhamentos para a instalação da usi- na. “Sabemos da impor- tância que esta usina terá para os produtores, tanto que a prefeitura já comprou o terreno para ser instalada. Com * por Mauro Andreassa ³Sandro recebeu representantes dos produtores de leite para discutir convênio > BAlneário gAivotA Na madrugada de terça-feira, depois das 4horas da manhã, a Polí- cia Militar de Balneário Gaivota atendeu uma ocorrência que provocou polêmica. Os policiais tiveram que conter os ânimos de um grupo de pessoas que estava na avenida Beira Mar e a ação ganhou reper- cussão por causa de um vídeo gravado com um celular. Publicado na internet, o vídeo já teve mais de quatro mil visu- alizações, sendo também compartilhado e comen- tado por centenas de pessoas. A confusão aconte- ceu quando os policiais Vídeo provoca polêmica na internet foram prender dois jo- vens para conduzi-los a delegacia. As imagens mostram um dos rapazes sendo detido e várias pessoas protestando, usando palavras de bai- xo calão e fazendo amea- ças contra a polícia. Um policial se aproxima da pessoa que filma dizendo que ela iria servir como testemunha, e a pessoa abaixa o celular alguns minutos, mas logo volta a registrar. Enquanto al- guns policiais mobilizam um dos jovens, outros tentam dispersar o grupo que faz ameaças como “vou te pegar”, aos poli- ciais. Os policiais atiram com balas de borracha e então a pessoa que es- tava gravando as cenas sai correndo e desliga o celular. A reportagem do Jor- nal Correio do Sul con- versou com testemunhas que não quiseram se identificar e falaram que o vídeo mostra parte da ação. Não foi mostrado, por exemplo, que alguns populares teriam joga- do garrafas de vidro e pedras contra a viatura e os policiais. Houve até quem tivesse quebrado garrafas para se armar com os cacos de vidro. Mesmo com o tumulto os jovens foram detidos e conduzidos a delegacia da Polícia Civil. O vídeo está dividin- do opiniões, entre os que criticam e os que aplau- dem a PM.O comando da Polícia Militar não quis comentar o assunto. Máquinas que conversam ProcóPio Lamarca A propósitodaquartarevo- lução industrial,parece que resta muito a fazer e a dizer. Em nossas cabeças, o tema, também conhe- cido pelo nome de indústria 4.0, remete à automação e ainda é nebuloso para muitos. Quando falamos de automação, pensamos logo em robôs com cabeça, tronco e membros, à nossa imagem e semelhança. Essa imagem vem se propagando por diversas gerações. A palavra robô tem origem na checa robota, que significa trabalho compulsório, forçado ou escravo, e nasceu da peça R.U.R., do drama- turgo Karel Capek, datada de 1921, em que um robô humanizado faz um mundo de coisas em lugar do homem. No cinema, os robôs se imortalizaram em Metropolis, ficção científica impressionista alemã de 1927, dirigida por Fritz Lang, que se passa em 2026 e revela Maria, um robô com formas femininas. Quando o foco é produção, a manufatura 4.0 não é tão românti- ca. Mas, a julgar pelas profundas mudanças que poderá causar no modelo de negócios que conhece- mos, vale a pena tentar entendê-la. As tecnologias que já habitam o chão de fábrica são extremamente funcionais. Os robôs vêm sendo substituídos por sensores que en- viam sinais pela internet, delegan- do pequenas decisões a circuitos integrados de computadores. Vale reforçar que, como é típico nas revoluções, a manufatura 4.0 também nasceu na sociedade, a partir de mudanças de comporta- mento geradas nas crises. Hoje se propaga por toda a cadeia de valor eliminando desperdícios, reduzindo o tempo de produção e melhoran- do a qualidade, resultando no que chamamos hoje de economia de compartilhamento. Diametralmente oposta ao conceito de sociedade de consu- mo, essa economia reforça que pessoas se relacionem diretamente eliminando intermediários, evitando desperdícios e reduzindo custos. Um bom exemplo é o aplicativo Airbnb, que permite aos viajantes reservas de quartos diretamente com proprietários. Outro exemplo, ainda polêmico, é o UBER, espécie de carona remunerada. Senhoras e senhores, estamos falando aqui (…) de máquinas que conversem com máquinas e peças troquem informações com outras peças. A peça teve um processo er- rado? Um dispositivo inspeciona, enxerga o problema e avisa a pró- xima máquina, que por sua vez a rejeita. Em analogia com a nossa casa, seria como se o microondas conversasse com a geladeira e ambos decidissem sobre o nosso hambúrguer congelado. Ao que parece, é mesmo no ambiente disruptivo que a manu- fatura caminhará nos próximos anos, povoando o chão de fábrica de tecnologia, ciência e empre- endedorismo. Uma revolução, de fato, liderada por “máquinas” que conversam. * Mauro Andreassa é membro do Comitê de Manufatura, Logística e Qualidade do Congresso SAE BRASIL 2016, South America STA Senior Manager Site da Ford, e professor no Instituto Mauá de Tecnologia
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: GCS Ltda - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Outro dia ouvi um especialista dizer que nunca viu um game em que o vencedor é quem salva vidas, pois o vencedor é sempre quem mata. Essa cultura da exaltação da violência se projeta e acaba banalizando a violência, disseminando uma realidade perversa em que seres humanos podem aniquilar, ferir os outros em atos que são socialmente reprovados. Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo “ ” Ferrovia vem ou agroindústria vai PeloEstado O presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos e vice-presi- denteparaoAgronegóciodaFederaçãodasIndústrias(Fiesc),Mário Lanznaster,lançouontemumartigoemtomdedesabafo,chamando a atenção para a fuga de agroindústrias do estado. Ele abre o artigo afirman- do que “só um alienado não consegue enxergar que as agroindústrias do grande Oeste de Santa Catarina estão paulatinamente se transferindo para o Centro-Oeste brasileiro”. Para ele, é “irracional e absurda” a operação ro- doviária que os suinocultores e avicultores catarinenses têm que fazer anu- almente para trazer para o estado de 3 milhões a 3,5 milhões de toneladas de grãos da região central do país. “O Brasil está refém do rodoviarismo, en- quanto o mundo desenvolvido adota a múlti modalidade”, reclama ao afir- mar que a única solução para evitar a fuga das agroindústrias é a construção da ferrovia Norte-Sul, ligando o Oeste catarinense aos estados produtores degrãosdoCentro-Oeste.Lanznasterdefendenoartigoqueopesodotrans- porte será cada vez maior na formação do preço final dos produtos. “Quem estiver longe dos centros de consumo ou de produção acabará mortalmente penalizado. O modal ferroviário é a alternativa viável para baratear custos.” Violência Deputado Dirceu Dresch disse ontem, da tribuna da Assembleia, que os órgãos de segurança pública de Santa Catarina negaram para a popula- ção a presença de comandos do crime organizado, a exemplo do que ocor- re no Rio de Janeiro e em São Paulo. Mas, segundo ele, o crescente número de mortes de pessoas ligadas ao tráfico mostra que a realidade é diferente. E lançou o desafio: “Quero que a Secre- taria de Segurança Pública admita que Santa Catarina perdeu a guerra contra o tráfico. E vamos discutir ações para que não haja mais tantas mortes”. Institucional Na próxima segunda- feira (15), o novo presidente do Ba- desc, José Claudio Caramori, fará sua primeira visita ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes). A visita será meramente ins- titucional, para promover a aproxima- ção, uma vez que o Bndes é o principal parceiro do Badesc na liberação de re- cursos para financiamentos. Por dentro Caramori ainda está co- nhecendo a estrutura da agência de fo- mento do Estado, que preside há pouco mais de um mês. Já visitou as regionais de Criciúma, Joinville e Blumenau. Hoje estará em Lages e amanhã, em Chapecó. Além de conhecer as equipes do banco, tem encontros com associa- ções empresariais e organizações de microcrédito, parceiras do Badesc no programa Juro Zero. Andréa Leonora F�orian��o�is ��F�orian��o�is �� 11Fev16 /sebraesc @Sebrae_SC Para melhorar a gestão e a produtividade e trazer mais inovação para seu negócio, conte conosco. SUA VIDA É SE SUPERAR A CADA DIA? ESTAMOS JUNTOS. SCtempressa Deputados estaduais também estão preocu- pados com as consequências da alta do milho vendido em Santa Catarina e querem provi- dências urgentes. O assunto foi tratado na sessão de ontem da Assembleia Legislativa pelo presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Casa, deputado Natalino Lázare (PR), e pelos deputados Cesar Valdu- ga (PCdoB), Dirceu Dresch (PT) e Valdir Co- balchini (PMDB), que pediu que o Executivo considere a possibilidade de redução do ICMS sobre o produto dos atuais 12% para 4%, como já ocorreu no Rio Grande do Sul. O preço da saca de 60 quilos de milho, principal insumo da suinocultura e da avicultura catarinense, subiu perto de 60% nos últimos 12 meses e já ultrapassou os R$ 40,00. Parte do proble- ma, segundo os deputados, poderia ser resolvida com a implantação de uma ferrovia, o que reduziria custos com o transporte do grão. Cobalchini quer uma audiência com a Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. para saber como está o projeto para Santa Catarina e sugeriu que seja organizada uma comissão de deputados para o encontro. “Sem logística, Santa Catarina perde competitividade e espaço no mercado.” EduardoGuedesdeOliveira/AgênciaAL
  7. 7. Polícia 7Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Gislaine Fontoura Furtos e prisões Traficantes ficaram com o dinheiro, agrediram e roubaram carro. Esta é uma das muitas ocorrências policiais do feriado ³Automóvel roubado do cliente pelo traficante foi recuperado no dia seguinte Quem Mandou donados pelos assaltantes. Os criminosos leva- ram o automóvel com pla- cas de São João do Sul, que foi encontrado pela PM, ainda na manhã de sábado, no bairro Santa Catarina. Ainda no sábado, por volta das 18h20min, uma guarnição da Polícia Mi- litar de Arroio do Silva abordou, na avenida San- ta Catarina, um Corsa Wind, com placas de Cri- ciúma. Devido às carac- terísticas do condutor, foi realizado o teste do etilô- metro, que marcou 0,80 mg/l. Diante do resulta- do, os policiais militares deram voz de prisão ao motorista e o conduziram Duplacompradrogaeéassaltada > ArArAnguá/Arroio Durante o feria- do de carnaval várias ocorrências movi- mentaram o setor policial. Na manhã de sábado,por volta das 8 horas, a Polí- cia Militar recebeu liga- ção de um funcionário da empresa JBS, localizada na estrada geral Fundo Grande, em Araranguá, informando que dois ho- mens estavam pedindo ajuda, pois haviam sido assaltados. Uma guarnição foi ve- rificar a situação e encon- troudoisjovensde24anos, eles contaram que tinham ido comprar drogas no bairro Polícia Rodoviária e que dois jovens, apa- rentando serem menores de idade, pediram para que esperassem enquanto buscavam o entorpecente. Quando os traficantes voltaram, estavam cada um com uma arma na mão e anunciaram o assalto. Os assaltantes renderam, agrediram e puseram as vítimas no porta malas de um Fox, de propriedade de um dos viciados. Em seguida os dois comprado- res de droga foram levados para um local onde não conseguiriam chamar a polícia e acabaram aban- ³Igor foi detido depois de uma briga de casal PMcumpremandadosdeprisão > região Uma ação das Po- lícias Militar e Civil acaba na prisão de Igor Silveira de Assis, de 37 anos. O fato aconteceu na noite de terça-feira, quando uma discussão de casal revelou um homem que estava com mandado de prisão em aberto. A briga aconteceu na rua W3, próximo a delegacia de Balneário Gaivota, e os policiais civis informaram a PM. Os militares foram ao local, acabaram com a briga, consultaram o nome do homem e descobriram que ele estava com mandado de prisão em aberto por roubo. Igor recebeu voz de prisão, foi conduzido a delegacia e depois en- caminhado ao presídio. A PM também cum- priu mais dois mandados de prisão. Um deles em Passo de Torres, onde os policiais abordaram José Carlos Lumertz Novaski. Durante conferência dos dados no banco de dados do Conselho Nacional de Justiça, foi encontrado um mandado de prisão oriundo da comarca de Torres. José Carlos foi preso e conduzido até a delegacia. Já na manhã de quarta-feira, um poli- cial militar de folga em Praia Grande avistou Miguel Euzebio Ribeiro, que é foragido da justiça. Policiais se deslocaram ao local e prenderam Miguel. à delegacia. O veículo foi removido ao pátio da permissionária com li- cenciamento atrasado e a carteira de habilitação do rapaz foi recolhida. No domingo, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de furto de veículo em Arroio do Silva. O proprie- tário disse que estacionou o seu Gol GIV vermelho, com placas MEG 9045, de Meleiro, nas proximi- dades da plataforma de pesca do balneário e foi surfar. Ao retornar, cerca de 40 minutos depois, não localizou mais o veículo. As guarnições da Polícia Militar efetuaram buscas nas adjacências e a vítima foi orientada a fazer o registro do furto na Dele- gacia de Polícia de Arroio do Silva. Por volta das 2 horas da madrugada de segun- da-feira, a Polícia Militar de Araranguá prendeu um homem que estava com mandado de prisão em aberto. Segundo a PM, o 190 foi acionado para averiguar uma discussão familiar na avenida Para- íso, no bairro Arapongas. No local, ao consultar o nome dos envolvidos no sistema, os militares constataram que contra Carlos Antônio Gonçal- ves da Silva, de 25 anos, havia um mandado de prisão expedido no dia 12 de dezembro por roubo. Carlos recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Polícia. Já no início da tar- de de terça-feira, uma guarnição da Polícia Mi- litar em rondas avistou três homens nas proxi- midades da antiga zona do meretrício, no bairro Polícia Rodoviária, em Araranguá. Durante a abordagem os policiais verificaram que um dos homens, Jean Tomasi, de 18 anos, estava com um mandado de busca e apre- ensão por ato infracional ativo expedido no dia 3 de dezembro de 2015 pela Comarca de Araranguá. Jean foi encaminhado a Central de Polícia. A Polícia Militar de Araranguá foi acionada por volta das 12h20min de terça-feira,para averi- guar um Renault Logan, de cor prata, com placas de Sombrio, que estava realizando manobras pe- rigosas no bairro Barran- ca. Em rondas pelo bairro foi avistado o veículo e dado ordem de parada ao condutor. Após consulta no sistema, os militares constataram tratar-se de um automóvel com regis- tro de furto no último dia 6. Os três ocupantes, um adolescente de 14 anos, uma mulher de 34 e um homem de 22 anos, foram encaminhados à Central de Polícia.
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Êta mundo bom -18h Totalmente Demais -19h A Regra do Jogo -21h C assandra comenta com Adele e Débora que desconfia da relaçãodeLilieRafael.RafaeleLilisebeijam,eofotógrafo confessa que está apaixonado por ela. Maurice conta a CarolinaqueaExcaliburéoúnicopatrimôniodafamília.Carolina dizaPietroquedesejaganharaapostaparaprejudicarArthure sua família. Germano procura Rafael. Florisval pede à atriz que fique mais tempo em sua casa. Jamaica beija Lu. J ack explica a Anastácia que encontrará Candinho por meio de seu medalhão de ouro. Ernesto é humilhado no Salão de Belas Artes e acaba preso. Jack convence Olímpia a lhe ajudar aprocuraromedalhãodeCandinho.Filomenafazumacordocom RamosparalibertarErnestodacadeia.BrazseinteressaporDiana. SandraeCelsoinstigamAnastáciacontraMaria.ZédosPorcosalerta Cunegundes sobre Romeu. Filomena conta para Candinho sobre suadívidacomRamos. A tenaconfessaqueenganouafacçãoeplanejarecomeçar sua vida com Romero. Gibson, Tio e Mara desconfiam da ação de Atena. Fonseca apoia a investigação de Dante sobre o sequestro de Romero. Juliano acredita que Zé Maria procurou Adisabeba. Romero e Atena chegam a Florianópolis e assumem novas identidades. Zé Maria garante a Adisabeba que está pronto para desmantelar a facção. Nelita ouve Gibson falar sobre Aninha e alerta Nora. Rapidinhas Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Áries 21/03 a 20/04 LuaeMarteemsintoniafavorecemmergulhonasemoçõese noambientefamiliar.Aívocêrecarregaráasbaterias.Esportes aquáticos terão seu papel saudável também.Vênus e Júpiter expandem sua fertilidade. Crianças terão destaque. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Você terá seu talento reconhecido hoje. Saiba aceitar aplausosecompartilheaalegriacomtodos!Eaboaonda continua graças ao olhar benevolente de um parceiro, de alguém que aposta em você. Sucesso financeiro e amoroso. Gêmeos 21/05 a 20/06 Manhã confusa e delicada para sua saúde; cuidado ao viajarcomdocumentosepapéistambém.Relaçõescom familiares serão boas, dando sustento emocional e paz. Mantenha a fé que Júpiter sinaliza portas que se abrem ecaminhosnovos! Libra 21/09 a 20/10 EoCarnavalterminacomVênuseJúpiteremsintoniatotal emsignossensuais,práticoserealistas.Paravocê,umbanho de esperança num nível bem palpável. Ótimas vibrações paraoamoreasrelaçõesfamiliares.Notíciasanimadoras. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 Carnaval termina bem com você se beneficiando dos raios protetores de Vênus e de Júpiter em sintonia a seu favor. Multiplicar o bem é a tarefa de hoje, com alegria e paz no coração.Viagenseestudossãoassuntosdestacadostambém. Virgem 21/08a20/09 Você é a pessoa que vai colocar em marcha um sonho de alguém. Com fé e otimismo pautados na realidade, você animará alguém que anda temeroso e descrente. Acertos e ajustes começam a funcionar desde hoje --esforços terão sucesso. Capricórnio 21/12 a 20/01 Com seu jeitinho agradável e discreto, você alargará seus horizontes. Pode ser numa viagem, por meio de um mestre. Abertura de horizontes a seu favor, mas siga adiantecomadoçura.Nãoreveleseussentimentospara qualquerumhoje. Câncer 21/06 a 20/07 Carnaval terminando sob o signo do reconhecimento do queéeterno,quenãomorrecomamoda.Assuntoquevocê entende! Os amores mais consistentes trazem paz e acolhi- mento. Paqueras e encontros passam --não deixam marcas. Escorpião 21/10 a 20/11 Você conta com o entendimento profundo de pessoas queoamamdeverdade,quenãoestãoaíparajulgar,mas paratorcerafavor.Intuiçãoemalta,conectandovocêcom seusfilhoseamores.Criatividadeemaltoestilo.Presentes estãochegando. Peixes 19/02 a 20/03 A Lua transcorre em seu signo hoje, pedindo então tempo e silêncio para você se recuperar do Carnaval. A música tem seu papel salutar, mas é bom proteger seus pezinhos! Um presentevemvindoporaí,eboasnotíciastambém!Anime-se. Novidades boas para você neste fim de Carnaval, e che- gamlogonoiníciodatarde!Coloqueumsorrisonorosto e capriche na boa apresentação. Você terá seu talento reconhecidoembrevetambém.Saúdeumtantodelicada --cuidebemdela. Certas coisas são para você entender, mas não divulgar paraninguém!SoleMarteestãoemtensãoainda:cuidado com esforços e exercícios fortes demais. Seja atencioso compessoasdeautoridadeparanãoterproblemasbobos. O Carnaval é tempo de festa e alegria, mas a última noite do Carnaval em Lambari, em Minas Gerais, foi marcada por um acon- tecimento triste com o cantor Naldo Benny. Ele teria começado o show com 30 minutos de atraso durante o Bloco Hard Roça. Porém, o período desagradou o todos os presentes. O show teria começado após as 4h da manhã. Apartirdaí,Naldointerrompeuoshowe, visivelmente irritado, xingou o público, que chegou a atirar objetos no palco. Mesmo percebendo que o público não estava gostando nada do que estava acon- tecendo, Naldo ainda tentou recomeçar o show, mas o público continuou reclamando da apresentação. Com isso, o cantor encer- rou o show, sem ele sequer ter começado direito. Em nota, a produção do artista disse que Naldo Benny lamentou o ocorrido e pediu desculpas ao público. Confira a nota na íntegra abaixo: O cantor Naldo Benny lamenta imen- samente o ocorrido em Lambari (MG) nesta madrugada de 10 de fevereiro. Ele pede desculpas ao público que estava na casa para assistir seu show e explica que nunca havia passado por uma situação dessas e acabou se alterando com parte de público que já estava ofendendo o artista, antes mesmo do show começar. Inclusive muitos objetos foram atirados no palco durante toda a apresentação. O show começou com 30 minutosdeatrasonohoráriocombinadocom o contratante, mas nada justifica o ocorrido. Os organizadores do evento não tomaram nenhuma atitude para proteger o artista e a produção do artista acredita que a alteração do público foi consequências do alto nível de bebida alcoólica consumida por eles durante o evento, que era open bar.
  9. 9. Margareth Silva Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 margareth.silvaa@yahoo.com.br www.melhoresdosul.com facebook.com/lacymargareth.silva Sobre Carnaval Carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil. Iniciou no período colonial com os Portugueses. Faziam uma bagunça com água e fa- rinha entre os escravos.Amenizavam a tristeza, celebrando alegria. Grêmio Fronteira levou todos os elogios. Mor- ro naAlegria reúniu famílias inteiras se misturando com turmas de amigos. Balneário Arroio do Silva invade a avenida com maravilhoso desfile. ³ Tiago Zilli, o vice-prefeito de Turvo, com a esposa Luci Zilli curtiu a folia de carnaval. ³ Vado e Nani Zilli, da presidência do Grêmio Fronteira, celebram o sucesso do Confete e Serpentina e curtiram Morro na Alegria. ³ A anfitriã Bruna Coelho entre amigas na Fes- ta a Fantasia que reuniu amigos na maravilhosa residência do Morro dos Conventos. ³ Rosângela de Fáveri, primeira dama de Jacin- to e da Amesc e Zeti da Assistência Social no retorno da Terceira Idade em ritmo de carnaval. Junto está Cris, vice-dama. ³ Zé e Nivea nos amores com o filho Milto, no Camarão Express no Center. ³ Joni e Claudia Zanette curtiram a Marques da Sapucaí no Rio de Janeiro. ³ Gustavo e Carla, Imobiliária Lummertz, casal de bem com a vida. ³ Felipe e Ramon com a equipe do Camarão Express inaugu- rando no Center Shopping Araranguá. Minas Piram Sunset Praia, na Lagoa Cortada, no Balneário Gaivota, onde as minas piram com o show de Gabriel Valin neste sábado. Jeito Louco embala a festa no antes e depois o DJ André Fernandes. Arroio do Silva A maior festa regional e o maior evento do gênero automobilístico do mundo, a XXVI Arrancada de Cami- nhões acontece no próximo dia 18 com muita adrenalina até dia 21. A competição a beira mar reúne grande multidão. Estrelados Celebram aniversário Laureci Volpato, Tainara Becker, Adércio Velter, Beti Redivo, Salete Colode, Micheli Silva e Aline Pereira. Princesa Georgia e André Zanette felizes com o nascimento da Sophia na Maternidade Perinatal no Rio de Janeiro, no último dia 4 de fevereiro. Parabéns! Amesc Prefeito de Jacinto Machado Antônio de Fáveri voltou de férias e assumiu novo cargo na Fecam, é o 3º vice-presidente da entidade.
  10. 10. Segurança10 Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Gislaine Fontoura > ArArAnguá Na tarde de terça- -feira, vândalos atearam fogo em salas de aula do Centro de Educa- ção Infantil (CEI) Caic, do bairro Jardim das Aveni- das.A creche atende cerca de 100 crianças de quatro meses a seis anos de ida- de, que ficam até 12 horas por dia no espaço. Já na terça, os vizi- nhos acreditavam que o incêndio havia sido cri- minoso e na manhã desta quarta-feira, o Instituto Geral de Perícias (IGP), revelou que foram oca- sionados cinco focos de incêndio ao mesmo tempo, aumentando a suspeita de crime. Várias salas de aula foram arrombadas, os móveis estavam revi- rados e alguns extintores de incêndio foram esva- ³Bombeiros combateram o fogo que tudo indica foi provocado por marginais Crianças são atendidas no Centro Fogo na Creche ziados. Segundo um dos bombeiros que atendeu a ocorrência, uma sala ficou totalmente queima- da e outras quatro, que estavam com princípio de incêndio, tiveram os focos extintos antes de se alastrarem. De acordo com a se- cretária de Educação Ro- sângela Casagrande, qua- tro salas atingidas pelo fogo eram do CEI e uma de Educação Artística da escola do Caic, localizada ao lado da creche. Segun- do Rosângela, a sala do pré-escolar foi totalmente tomada pelas chamas, destruindo colchões e car- teiras escolares. A secretária revelou que os bens de maior valor, como freezer, com- putadores e televisores, de todas as creches muni- cipais que estão fechadas durante as férias escola- res, estão guardados em um local seguro, para evi- tar que sejam destruídos ou levados por bandidos. Rosângela explicou que as aulas da rede pú- blica municipal iniciam dia 22 e durante as férias as crianças que necessi- tam ficar nas creches para os pais trabalharem estão divididas em pólos. Por esta razão, as crianças do Caic estão estudando no Centro, onde ficarão até a construção de um novo prédio. Segundo Rosângela, o CEI do Caic já seria de- molido e no mesmo espaço será construída uma nova creche, a obra inclusive está licitada e a secretária acredita que deve ficar concluída apenas para o ano letivo de 2017. Ontem a mobília da creche foi re- tirada para guardar. Já a sala de Educação Artística será reformada antes do início do ano letivo. A secretária falou so- bre o desrespeito ao di- nheiro público. “A gente encontrou a creche em uma situação que nenhum edu- cador gostaria, para mim como gestora foi uma situ- ação difícil de ver, porque eu faço a gestão do dinheiro público e sei as dificulda- des que encontramos. Nós temos feito muita coisa, mas tudo muito controla- do, para fazer uma reforma em uma sala, eu tenho que deixar de fazer alguma coisa em outra unidade”, lamentou Rosângela.
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 ³Motorista ficou detido no posto da Polícia Rodoviária Federal até resolver a situação e vai pagar multas placa como se fosse uma cortinamesmo,impedindo o veículo de ser identifica- do. “Isso demonstra má fé por parte desse visitante. Demos voz de prisão ao condutoreoapresentamos na Central de Polícia de Araranguá onde ele pagou uma fiança de R$1,500,00 pararesponderemliberda- de” explicou Vinícius. Duranteaconversana tarde de ontem, o Correio doSulteveaoportunidade de flagrar um automóvel da Argentina transitando pela BR 101 sem a placa traseira. Segundo o poli- cial, às vezes os veículos andam até mesmo sem as duas placas. “O condutor apresenta um documen- to expedido na justiça brasileira ou argentina alegando que perdeu ou teve suas placas furtadas. É complexo, já que não existeumaplacapadrãono Mercosul, e se tem de en- contrar uma solução para quarta-feira, no posto da PRF de Araranguá. Ele falou sobre a relação entre os motoristas do país vizi- nho e o trânsito na região. SegundoVinicius,umadas mais visíveis atitudes dos argentinos é a velocida- de bem acima da média. “Quando abordados eles falam que é por causa da distância e pela demora em chegar ao seu destino. Comaansiedade,aceleram demais. Só que a lei é para todos e quem ultrapassa os limites de velocidade é penalizado”, comenta o policial. A PRF também já fla- grou algumas artimanhas usadas pelos ‘hermanos’ para fugir das multas. No final de janeiro um veículo abordado tinha uma es- pécie de cortina sobre as placas, um aparelho aco- plado junto as placas que funcionava com controle remoto. De dentro do carro o motorista podia tapar a > ArArAnguá Assunto que sem- pre fez parte das conversas da população do litoral de Santa Cata- rina é a vinda dos turistas argentinos no verão, sua contribuição financeira e cultural para o estado. Também é comentado, porém, a falta de respeito de alguns deles às normas do trânsito brasileiro. Atualmente os mo- toristas estrangeiros são multadosdamesmaforma queosnacionais,acabando com a impunidade que an- tes reinava nas estradas. Mesmo assim, o compor- tamento de uns poucos ar- gentinosvempreocupando a Polícia Rodoviária Fede- ral(PRF),queemresposta temadotadomedidasmais rigorosas de fiscalização. A reportagem do Jor- nal Correio do Sul conver- sou com policial rodoviário Vinícius na tarde desta PRFpegacarroargentinosemplaca Malandro “Q horror.... isto aconteceu do lado da minha casa! Na hora meu filho de 7 anos foi na padaria, logo em seguida escutei os disparos e pensei, "isso é tiro". (...)Na hora levei um choque, passou um filme na cabeça.... seu filho na rua, bandido correndo, tiros!! Não temos mais tranquilidade está ficando preocupante!” Gislaine Tomás 11 curtidas 4 comentários 1 compartilhamento 2.285 pessoas alcançadas 3.989 pessoas alcançadas 51 curtidas 7 comentários 5 compartilhamentos na Rede As notícias que mais se destacaram no Facebook do jornal Caic do Jardim das Avenidas é alvo de vandalismo Casa do diretor do PRA é alvo de criminosos Polícias Civil e Militar prendem autores de roubo em confecção Casa é furtada em plena luz do dia 1.565 pessoas alcançadas 20 curtidas 3 compartilhamentos 2.803 pessoas alcançadas 19 curtidas 1 comentário 5 compartilhamentos Vídeo de furto à loja O Boticário em Sombrio na madrugada de domingo, 6 de fevereiro Vídeo de ônibus que pegou fogo na BR-101 no dia 8 de fevereiro 13.393 pessoas alcançadas 3.096 visualizações 121 curtidas 5 comentários 19 compartilhamentos 4.654 pessoas alcançadas 882 visualizações 14 curtidas 7 comentários 2 compartilhamentos “Os extintores nos veículos não serve de muita coisa nessa hora”, Gleison Raquel que oveículonãoandesem placa. É válido salientar que alguns usam essa al- ternativa de má fé para se livrar da fiscalização, mas conduzirveículosemplaca gera multa de R$191,00”, alertaopolicialrodoviário. A reportagem conver- sou com o motorista ar- gentino, que alegou ter perdido a placa no seu próprio país e não provi- denciou outra antes de viajar. Durante a ação da PRF um cônsul da Ar- gentina ligou para o posto policial perguntando qual seria o procedimento com o condutor e se ele ficaria preso. Automóvel e moto- rista ficaram no posto da PRFatéqueumaempresa de Araranguá fosse até lá fazer uma placa provisó- ria.Omotoristapagoupor ela, assinou a documenta- ção referente as multas e seguiu viagem. “Infelizmente não são sóosargentinosquecostu- mam tentar burlar o sis- tema. Muitos brasileiros também estão usando o suporte de bicicleta, que é umitemlegal,para escon- der a placa. Isso é ilegal e ocondutoréautuadocomo diz a lei”, explica a PRF.
  12. 12. 12 Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Publicações Legais AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 05/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO UNITÁRIO OBJETO: A presente licitação tem por objeto à aquisição de reagentes e soluções para uso no Laboratório da Estação de Tratamento Nº. 3 (ETA-III) desta Autarquia Municipal. ENTREGA DE ENVELOPES: até as 16h00min do dia 24 de fevereiro de 2016, no Setor de Compras do SAMAE DE ARARANGUÁ, com sede na Rua Expedicionário Iracy Luchina, 711, Urussanguinha. ABERTURA DE ENVELOPES: Às 16h00min do dia 24 de fevereiro de 2016, na sala de reuniões do Setor de Compras do SAMAE de ARARANGUÁ/SC. EDITAL COMPLETO: está à disposição dos interessados no Setor de Compras da Autarquia, durante o horário de expediente, e através do endereço eletrônico: www.samaeararangua.com.br. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone (48) 3524.0837 ramal 226 e através do e-mail: compras.samae@contato.net. Base Legal: Leis Federais n.º: 10.520/2002 e 8.666/93, LC nº 123/2006, Decreto Municipal nº 2.676/2005 e demais legislações aplicáveis. Araranguá, SC, 10 de fevereiro de 2016. Alex Sandro Pereira Bianchin Diretor Geral Interino Tiago da Rosa Teixeira Diretor Administrativo e Financeiro - Interino ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE AVISO DE LICITAÇÃO Processo Adm. Nº: 04/2016 Edital: CONCORRÊNCIA P/COMPRAS E SERVIÇOS Nº.: 01/2016 Tipo: Melhor Proposta Objeto: CONCESSÃO DE ESPAÇO PÚBLICO PARA FINS DE EXPLORAÇÃO DE BAR/CANTINA, PARA PESSOAS FÍSICAS OU JURÍDICAS, NO GINASIO MUNICIPAL JAIRO REIS DA SILVA, POR 06 SEIS ANOS. Entrega dos Envelopes: 14:00 horas do dia 18 de MARÇO de 2016. Abertura dos Envelopes: 14:00 horas do dia 18 de MARÇO de 2016. O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário: Rua Irineu Bornhausen, 320, nos dias úteis, de Segunda à Sexta, das 13:00 ás 19:00 horas ou pelo fone (048) 3532-0132. PRAIA GRANDE, 04 DE FEVEREIRO DE 2016. VALCIR DAROS Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO GRANDE AVISO DE LICITAÇÃO - PREGÃO PRESENCIAL Nº 4/2016 A PREFEITURA DE MORRO GRANDE, localizada a Rua Rui Barbosa, nº 310, CEP 88.925-000, Centro, Morro Grande/SC, torna público para conhecimento dos interessados, que está sendo publicado o Edital de Pregão Presencial nº 4/2016, cujo objetivo é a aquisição de base de seixo rolado peneirado para manutenção de estradas vicinais do município de Morro Grande. Os envelopes contendo a proposta de preços e documentação de habilitação serão recebidos até às 09h00min do dia 25/02/2016, com abertura no mesmo dia às 09h30min, junto ao Setor de Licitações desta prefeitura. Informamos que a íntegra do Edital e seus anexos poderão ser lidos ou obtidos no endereço supracitado ou no site www.morrogrande.sc.gov.br. Maiores informações estarão disponíveis os telefones (0xx48) 3544-0015/3544-0016 ou pelo e-mail licita@morrogrande.sc.gov.br. Valdionir Rocha - Prefeito Municipal. EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 144031; Devedor(es): ALINE DE SOUZA BARRIM - 057.930.779-44, End: Br 101 Km 437, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA - EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: 8151 ; Apr: FCDL; VEN: 24/01/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 272,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 144017; Devedor(es): CARLA CORREIA MORAES - 038.737.179-64, End: Estrada Geral, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Sac: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Tit: 1506 ; Apr: FCDL; VEN: 05/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 106,08 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 72,99. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 11,99 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 72,99. Prot: 144079; Devedor(es): CLEIDE TEREZINHA MATTOS MARQUES DORNELES - 889.609.789-49, End: Av. Getulio Vargas, 538, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COMERCIAL CARLESSI LTDA; Sac: COMERCIAL CARLESSI LTDA; Tit: 042864-3/4 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 15/01/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 59,07 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 144024; Devedor(es): GESSICA MARTINS DE JESUS - 097.512.689-07, End: Rua I, 940, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA - EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: REF155 ; Apr: FCDL; VEN: 25/07/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 814,02 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 84,18. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 23,18 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,18. Prot: 144080; Devedor(es): JAZIDA SOARES LTDA - 22.333.266/0001-99, End: Rod. Municipal SO404, 910, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: BANCO COOPERATIVO DO BRASIL S.A.; Sac: SIENKO SONDAGEM E PER; Tit: NF 138 ;Apr: BANCO DO BRASILSA; VEN: 28/01/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 3.400,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 85,26. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 24,26 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 85,26. Prot: 144028; Devedor(es): KARLA DANIELA DOS SANTOS - 096.761.029-03, End: Rua Manoel Teixeira da Rosa, 68, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA - EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: 3333 ; Apr: FCDL; VEN: 20/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 341,30 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 144022; Devedor(es): LARA PEREIRA FONTANA - 061.094.199-23, End: Rua Edilio Antonio da Rosa, 545, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1471041 ;Apr: FCDL; VEN: 26/12/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 12.291,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 144025; Devedor(es): LUCIANO GOMES - 991.032.810-00, End: Rua das Flores, 369, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA- EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: 28421 ; Apr: FCDL; VEN: 15/10/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 258,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 61,00. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 0,00 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 61,00. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 11/02/2016. Sombrio - SC, 11/02/2016 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  13. 13. Polícia 13Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 Gislaine Fontoura ³Renan volta a cadeia ³Henrique é suspeito de envolvimento em morte ³Polícia Militar nem sempre tem sucesso ao tentar tirar ladrões de circulação Rapazépresode novopelomesmocrime > Sombrio Quanto tempo um suspeito fica preso? De- pende do mandado de prisão expedido pela jus- tiça. É por isso que Re- nan Costa Sant’Helena ficou apenas cinco dias preso após uma longa investigação das polí- cias do Paraná e Santa Catarina. Renan foi preso em Balneário Gaivota no dia 15 de janeiro com um mandado de prisão temporária e passou menos de uma semana atrás das grades.Agora, foi preso novamente em Sombrio, pelo mesmo crime. A prisão aconte- ceu na sexta-feira. Em liberdade, o ra- paz que tinha sido enca- minhado para Curitiba, voltou para Sombrio. Na tarde de sexta ele foi abordado no Centro da cidade pela Polícia Militar, que consultou seu nome no sistema e apareceu um novo man- dado da justiça parana- ense. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido a delegacia. Segundo a Polícia Ci- vil, em novembro de 2015 Renan praticou um roubo contra uma família em Curitiba. O senhor assal- tado disse a polícia que dois homens violentos teriam se aproximado dele e anunciado o as- salto. No começo a dupla queria levá-lo a caixas eletrônicos para fazer saques, a conhecida ação de sequestro relâmpago. O senhor reagiu e os bandidos se contenta- ram em roubar uma caminhonete Amarok e pertences como cartei- ra contendo dinheiro, cartões de crédito e che- ques. Apolícia de Curitiba iniciou a investigação e chegou a um assaltante que estava em Som- brio. Os investigadores paranaenses entraram em contato com os co- legas sombrienses que também passaram a investigar o caso. As diligências começaram em dezembro e levaram a Renan. A imagem dele foi enviada a polícia de Curitiba, que mostrou a vítima. O senhor não teve dúvida e disse com clareza que era um dos envolvidos no roubo. Crime no Paraná notas caírem no chão, e segundo a vítima, levou em torno de R$ 100,00. Um comparsa esperava do lado de fora em uma motocicleta CG 125, que estava ligada para agili- zar a fuga. Após o assaltante sair, a proprietária começou a na avenida Getúlio Var- gas, no bairro Jardim das Avenidas, e anunciou um assalto. Bastante nervoso, o bandido retirou dinhei- ro do caixa, enquanto a proprietária do estabele- cimento ficou parada ao lado. Com pressa, o crimi- noso deixou R$ 120,00 em > ArArAnguá Na manhã des- ta quarta-feira, por volta das 10h30min, um homem entrou de capacete e revólver em um mercado localizado Mais um comércio é assaltado Tá Feio Morteemrodoviaestadual SuspeitodematarCassinhoépreso > ermo Na madrugada de terça-feira um acidente foi registrado na SC > Sombrio Na tarde de ontem a reportagem do Jornal Correio do Sul buscou informação sobre a in- vestigação a respeito da morte de Cássio Generoso dos Santos, assassinado em Bal- neário Gaivota, e teve conhecimento de que Henrique Rodrigues da Rosa, um dos suspeitos de envolvimento no cri- me foi preso. Cássio, que tinha 26 anos e era conheci- do como Cassinho, foi morto a tiros no dia primeiro de janeiro. Desde então a Polícia Civil investiga o crime e chegou a Henrique. Ele está foragido da re- gião e acabou preso em Porto Alegre. Com três jovens, um deles menor de idade, Henrique te- ria participado de um assalto a um comércio. A Brigada Militar foi 108, rodovia que liga Jacin- to Machado a Ermo. Valmir Dalponte, de 49 anos, estava de moto quando próximo a comunidade de Santana, acionada e perseguiu os bandidos, que atiraram con- tra a viatura. Os policiais revidaram atirando nos pneus do veículo. Durante a fuga os marginais começa- ram a jogar os produtos do furto pela janela do carro. O bando acabou preso e foi constatado também que o carro usado no assalto tam- bém tinha sido furtado. O suspeito da morte de Cassinho foi levado para em uma ponte, colidiu contra um ciclista. Val- mir caiu e morreu no local, e o ciclista não foi encontrado. o Presídio Central de PortoAlegre, onde ficará a disposição da justiça gaúcha e catarinense. Investigadores da Polícia Civil também relataram que o advo- gado de Alexsandro dos Santos Antunes, outro suspeito de matar Cás- sio, entrou em contato com a polícia dizendo que ele iria se entregar, o que não fez até o momento. berrar e os comerciantes vizinhos foram para fren- te da loja em seu auxílio. No momento do cri- me não havia clientes no estabelecimento, es- tavam a proprietária de 42 anos, sua filha de 19, que também trabalha no caixa e um açougueiro. A moça, quando percebeu o assalto, correu para os fundos da loja e ligou para o telefone de emer- gência da Polícia Militar, porém quando os policiais chegaram os ladrões já haviam fugido. Segundo a filha da proprietária, o criminoso que entrou no mercado tem cerca de 1,70m, é moreno e magro, as ca- racterísticas do comparsa que esperava na moto não foram observadas pelas vítimas. No mercado exis- te câmera de monitora- mento, que será analisada pela polícia. De acordo com a co- merciante, o estabele- cimento já havia sido assaltado há seis meses. Proprietária do mercado há cinco anos, a mulher contou que logo no início foi vítima de uma ten- tativa de roubo, por um homem armado com uma faca. APolícia Militar reali- zou buscas pelas adjacên- cias, porém não conseguiu localizar a dupla.
  14. 14. > Arroio do SilvA Os motores já co- meçam a aquecer com a chegada da 26ª edição da Arrancada de Caminhões em Balneário Arroio do Silva. A maior competição automobilís- tica à beira mar no mun- do acontece na próxima semana, nos dias 18 a 21 de fevereiro. Pilotos de vários cantos do país já se preparam para participar do Arrancadão que reúne um público de milhares de pessoas apaixonadas por caminhões, pegas e muita adrenalina. central, na categoria feminino, AraraSporte enfrenta Sky Board’s/ Içara; já na categoria masculino Atlético Ca- nis disputa a taça contra Marka Multi Esporte/ Forquilhinha. Os jogos acontecem às 20h e 21h. A competição é uma realização da prefeitura através do departamen- to de esportes e organi- zação de JB Esportes. > ArroiodoSilvA O Campeonato de Futsal taças Santa He- lena Colchões e Setep Construções chegam na reta final em Bal- neário Arroio do Silva. Nesta quinta-feira, dia 11, serão conhecidos os grandes campeões. No primeiro jogo da noite realizado na quadra Hojetemfinaldofutsal Contagemregressiva paraaArrancada Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 ³ 10-14-33-50-62CONCURSO 4.005 QUINA 10/02 ³ 1º 62941 300.000,00 ³ 2º 17012 17.000,00 ³ 3º 91779 16.000,00 ³ 4º 54323 15.000,00 ³ 5º 13756 14.087,00 CONCURSO 5.048 Destino Bilhete Valor do Prêmio (R$) LOTERIA FEDERAL 10/02 Candidatas à rainha ³ 06-25-43-57-58-59 CONCURSO 1.789 MEGA SENA 10/02 ³ 02-03-04-06-07 ³ 09-10-11-13-14 ³ 18-19-20-23-24 CONCURSO 1.321 LOTO FÁCIL 10/02 Além da competição, o evento conta com grandes shows. A programação já está confirmada. Na quinta-feira, dia 18, tem show com Everton Ferraz & Banda; na sexta-feira, dia 19, será realizada a abertura oficial com homenagem especial ao Paulo César Maciel da Silva em reconhecimento aos esforços pela criação do evento. Ainda nesta noite haverá a escolha da Rainha e Princesas e show com Neguinho & Emanuel. No sábado, dia 20, quem anima o público no parque da arrancada é a banda Vinil Pra K7 e a Banda Beat Samb House. AArrancada de Cami- nhões,queérealizadapela Administração Municipal com o apoio do Governo do Estado e Santur e com o patrocínio das empresas DPaschoal e Librelato, acontece no lado norte do município – na Avenida Beira Mar Norte. Garotas acima dos 18 anos podem se inscrever para concorrer ao título de rainha e princesas da 26ª Arrancada de Caminhões. As inscrições podem ser feitas na prefeitura ou diretamente na empresa Gálatas que fica locali- zada em Araranguá, na avenida Sete de Setembro no bairro Vila São José, ou através do telefone (48) 3522-1602. O Departamento Mu- nicipal de Turismo do Arroio está também à disposição para dúvidas ou realização de inscri- ções. As interessadas po- dem entrar em contato com secretário de turismo Cristiano Oliveira pelo telefone (48) 9955 5541. As inscrições encer- ram na próxima terça- -feira, dia 16.
  15. 15. do futebol brasileiro. Começou a carreira no próprio Araranguá e teve passagens por Flu- minense, Joinville, Ca- xias, Criciúma, Avaí , Grêmio e outros clubes. “Contratamos um jogador com experiência e carisma, um cara hu- milde e que com certeza irá realizar um grande trabalho junto ao AEC este ano, começando pelo regional da Larm. Além disso, em 2014 ele foi campeão da se- gunda divisão da Larm vestindo nossa camisa, faz parte da história do time e confiamos no seu trabalho”, frisou o dire- tor Reginaldo Severino, o Regi. A lista de jogadores do Araranguá para a Copa Sul também foi divulgada e conta com jogadores remanescen- tes da Larm e outros recém contratados. > araranguá Na última sexta- -feira foi anun- ciado pelo diretor de futebol do Araranguá Esporte Clube, Reginal- do Severino, o novo trei- nador que vai dirigir a equipe na Copa Sul dos Campeões. O nome substitui Geraldo Auré- lio, que foi vice campeão do regional da Larm no ano passado e não faz mais parte dos planos da diretoria. O novo téc- nico é o araranguaense e ex zagueiro Marcelo Luiz Honório, o Téio, que já tem a lista de atletas disponibilizada para a competição. Téio acertou com o AEC na sexta-feira. O ex zagueiro de 40 anos que joga futebol amador na região tem em seu currículo passa- gens por grandes clubes Política 15Correio do Sul Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 AECdivulganovotreinador > Veranópolis Não foi uma apre- sentação de gala, mas suficiente para manter o Grêmio com 100% de aproveitamento no Gau- chão 2016. Com gol de Bobô e destaque para o jovem Lincoln, o time de Roger Machado venceu o Veranópolis por 1 a 0 na noite desta quarta- -feira, na terceira rodada da competição, na serra gaúcha.Avitória mantém o Grêmio na liderança dividida com o Juventude – nove pontos e cinco gols Comreservas,GrêmiovenceVECe mantémliderançadoGauchão2016 de saldo. O Veranópolis continua na 11ª colocação, com um ponto. Por ter adiantado a partida contra o São José, o Grêmio volta a campo já na próxima sexta-feira contra o time do Passo D’Areia. Será a primeira partida pelo Gauchão na Arena, marcada para as 19h30. O Veranópolis via- ja no domingo a Erechim, onde enfrenta o Ypiranga às 18h. O Veranópolis nem teve tempo para mostrar a organização da equipe no início de partida. Com 12 minutos perdeu dois Goleiros: Thiago Jung Tiago Silva L. Direito: Giliard Murilo Fernandes L. Esquerdo: Vitinho Maiquinho Viana Zagueiros: Maicon Torres Roberto Torres Juliano Marcel Nazário Volantes: Renan Maia Maicon Borges Jean 7 Ricardo Zeferino Meias: Dudú Criciúma Maicon Lagoão ( Curió) Leandro Lele Atacantes: Borrachinha João Simon Dirceu Felipe Sasso Treinador: Marcelo Luiz Honório ( Téio) A lista de jogadores Time P J V E D GP GC SG % 1 Juventude 9 3 3 0 0 7 2 5 100.0 2 Grêmio 9 3 3 0 0 7 2 5 100.0 3 São José-RS 7 3 2 1 0 5 0 5 77.8 4 São Paulo-RS 6 3 2 0 1 4 3 1 66.7 5 Novo Hamburgo 5 3 1 2 0 2 0 2 55.6 6 Ypiranga-RS 4 3 1 1 1 7 4 3 44.4 7 Glória 4 3 1 1 1 4 3 1 44.4 8 Internacional 4 2 1 1 0 3 2 1 66.7 9 Lajeadense 3 3 1 0 2 3 5 -2 33.3 10 Brasil de Pelotas 2 3 0 2 1 3 5 -2 22.2 11 Veranópolis 1 3 0 1 2 1 4 -3 11.1 12 Cruzeiro-RS 1 3 0 1 2 1 5 -4 11.1 13 Aimoré 0 3 0 0 3 2 7 -5 0.0 14 Passo Fundo 0 2 0 0 2 0 7 -7 0.0 CAMPEONATO GAÚCHO 2016 19h30 São José - RS 2 x 0 Cruzeiro - RS 20h30 Juventude 0 x 0 Aimoré 20h30 Brasil de Pelotas 1 x 0 Ypiranga 20h30 Novo Hamburgo 0 x 0 Glória 20h30 Lajeadense 0 x 0 São Paulo-RS 21h45 Veranópolis 0 x 1 Grêmio 19h30 Internacional x Passo Fundo 3ª Rodada Quarta - 10/02/2016 Quinta - 11/02/2016 Time P J V E D GP GC SG % 1 Chapecoense 7 3 2 1 0 4 2 2 77.8 2 Criciúma 7 4 2 1 1 3 3 0 58.3 3 Brusque 5 4 1 2 1 4 4 0 41.7 4 Avaí 4 3 1 1 1 5 2 3 44.4 5 Inter de Lages 4 3 1 1 1 4 3 1 44.4 6 Figueirense 4 2 1 1 0 3 2 1 66.7 7 Joinville 4 3 1 1 1 3 3 0 44.4 8 Metropolitano 4 3 1 1 1 3 6 -3 44.4 9 Guarani de Palhoça 2 3 0 2 1 2 3 -1 22.2 10 Camboriú 1 4 0 1 3 1 4 -3 8.3 CAMPEONATO CATARINENSE 2016 19h30 Inter de Lages 3 x 0 Criciúma 20h30 Brusque 1 x 0 Camboriú 21h45 Guarani de Palhoça 2 x 2 Figueirense 19h00 Avaí x Chapecoense 21h30 Joinville x Metropolitano 4ª Rodada Quarta - 10/02/2016 Quinta - 11/02/2016 jogadores por lesão – o lateral-esquerdo Lúcio e o meia Washington. Mesmo assim, o time da casa não se intimidou foi para cima do Tricolor gaúcho. O atacante Zambi, aberto pelo lado esquerdo, foi o destaque da primeira etapa. Aos 16, ele rece- beu na entrada da área e chutou duas vezes em cima de Marcelo Hermes. O Grêmio respondeu aos 20, quando o goleiro Léo Rodrigues saiu mal do gol, Fernandinho pegou a bola, mandou por cober- tura, mas Léo D’Agostini subiu mais alto e tirou a bola da cabeça de Bobô. A superioridade téc- nica gremista apareceu aos 27, quando Giuliano deixou Lincoln na cara do gol, e o jovem acertou na trave ao tocar por cima do goleiro. Na defesa, o estre- ante Fred e seu parceiro, Bressan, seguravam as investidas do VEC, que se aproveitava da fragili- dade dos volantes Moisés e Edinho. Aos 41, Roger perdeu mais um jogador da posição por lesão. Zam- bi deu uma janelinha em Moisés, que o derrubou e recebeu o cartão amarelo, mas o movimento do jo- elho direito pode indicar um problema grave no ligamento. Na volta do intervalo, a superioridade técnica imperou. Logo aos cin- co minutos, Lincoln deu passe milimétrico para Bobô invadir a grande área e tocar de canhota para o fundo das redes do Veranópolis. Aos 10, Júlio Madureira recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou forte, mas por cima da meta de Bruno Grassi. Em período de recupe- ração física, Giuliano deu lugar a Felipe Tontini aos 15 minutos.Aos 22, nova- mente Júlio Madureira quase empatou. Bruno Grassi falhou em dois cruzamentos seguidos, e o meia-atacante tocou de cabeça para fora, mas foi atrapalhado pelo compa- nheiro Zambi. Aos 33, Lê aparou cobrança de falta em elevação por Zambi, mas mandou para fora. Aos 42, Zambi chutou cruzado da direita, porém, ninguém apareceu para concluir. Foi a última chance de empate do time de Luiz Carlos Winck.
  16. 16. quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

×