www.grupocorreiodosul.com.br
ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.789
quinta-feira, 5 de novembro de 2015
R$ 2,00
Grupo
20º 17º
Chuvoso dur...
Política
Jarbas Vieira
Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015
jarbas@grupocorreiodosul.com.br
(48) 9966.5326
C...
tários seja compatível com
Luiza, é possível auxiliar
outras pessoas que estão
a espera de um doador.
“Eu soube da campanh...
Geral4 Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015
Gislaine Fontoura
³Mulheres participam de oficina de artesanato
...
novosempreendimentosde
basetecnológicaesocialba-
seados no uso da inovação.
O evento deve discutir
as políticas e os mecan...
Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente
Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador J...
Publicidade 7Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015
Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão
Novelas
Além do Tempo -18h
I love Paraisópolis -19h
A Regra do Jogo -21h
P
e...
Margareth Silva
Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015
margareth.silvaa@yahoo.com.br
www.melhoresdosul.com
fac...
10 Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015 Publicidade
Alzira, oficial da infância.
O projeto de reinte-
gração de jovens infrato-
res foi idealizado pelo juiz
Evandro Rizzo. Já...
A Pedido:
ainda está muito atrás de
outros partidos, apesar de
ser o segundo partido em
número de filiados em todo
o país....
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA
Conselho Municipal de Educação de Balneário Gaivota
Res...
14 Correio do Sul
Quinta-feira,
5 de novembro de 2015 Publicações Legais
expedidas pelo Conselho Municipal de Educação.
Ar...
Campeõesdofutsal
serãoconhecidosnasexta
> araranguá
Após um mês de
meio de disputas
emocionantes,chegaaofim
o Campeonato M...
quinta-feira, 5 de novembro de 2015
sicoobsc.com.br
Credija
Um seguro de vida especial para a mulher
em todos os momentos ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal digital 4789_qui_05112015

316 visualizações

Publicada em

Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4789_qui_05112015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.789 quinta-feira, 5 de novembro de 2015 R$ 2,00 Grupo 20º 17º Chuvoso durante o dia e a noite Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense C Slassi ul te ej moH Geral Geral Geral Assaltoapostodesta vezrendesócadeia Agricultorescontabilizam perdascomachuva Adolescentestrocam infraçãoporoportunidade Araranguá Sombrio Justiça 3 4 11 Página Página Página 4 e 11 3Página Solidariedade Iniciativa da PM leva grupo ao Hemosc
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Nosso partido, independente de eu assumir ou não, tem uma posição de defender o Eduardo. Queremos o impeachment da Dilma e achamos que é preciso manter o Eduardo para conseguir o impeachment”. Ele disse: ‘ ‘Deputado federal Paulinho da Força (SDD) defendendo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). Mudança no secretariado de Ermo P refeito de Ermo Aldoir Cadorin, o Zica, (PSD), promoveu mudanças no colegiado. O vereador Fabiano Bristot (PSD) assumiu a Secretaria de Administração de Finanças. Com isso, a suplente Elenir Barbosa (PSD) assume uma cadeira na Câmara de Vereadores. Os três estive- ram juntos nessa semana, acertando os detalhes da mudança. “Meu compromisso é apoiar as ações do prefeito Zica e buscar potencializar nossos recursos para podermos fazer mais com menos para o povo ermense,” comenta o novo secretário. Já a nova ve- readora destacou seu trabalho em prol da sociedade, mesmo sem o mandato. “Sempre tenho lutado e buscado trabalhar pelas causas da municipalidade e neste momento assumo a função de vereadora com o compromisso de fazer valer os votos que me foram confiados e trabalharei por minha comunidade e por todo o município de Ermo,” concluiu. Passo de Torres possui três jazidas legalizadas que, diaria- mente, promovem um intenso tráfego pesado nas ruas das comunidades de Curralinhos e São Francisco. Atendendo a um apelo dos moradores, o (48) 3522-3777 Acordo para diminuição da poeiraMais efetivo Presidente da Câmara de Vereadores de Balneário Gaivota, Antonio Aniceto (PSD), esteve no gabinete do deputado estadual José Milton Scheffer (PP) pedindo apoio para o aumento do efetivo policial no município. O presidente sabe que a Operação Veraneio, programada para dezembro, irá reforçar os quadros da polícia, porém está pre- ocupado com os períodos que antecedem e sucedem a temporada. Perspectiva Aindaseacostumandocoma novasigla(PPS)depoisdemuitos anosdoPMDB,o ex-presidenteda CDL de Araranguá, Luiz Gonzaga Pereira, comenta que a sigla, que recebeu diversos novos filiados, estáafavordeAraranguáenãode um determinado partido. “Vamos somar forças e apoiar um projeto quefaçabemparaanossacidade”, afiançou. prefeito de Passo de Torres, Ju- arez Godinho (PSD), pediu para que os secretários municipais encontrassem uma alternativa junto aos proprietários para minimizar os efeitos da poeira nessas localidades. Do encontro saiu um acordo para que a partir de dezembro as estradas sejam molhadas diariamente pelas empresas. Uma escala está sendo produzida, com o cronograma de cada mês, que será colocado em ata.
  3. 3. tários seja compatível com Luiza, é possível auxiliar outras pessoas que estão a espera de um doador. “Eu soube da campanha e fiz questão de participar. É algo rápido e prático que pode fazer grande diferença na vida de al- guém. Sugiro que outras pessoas compartilhem dessa ideia não somente pela Luiza, mas para ajudar todos que estão esperando uma doação” comentou a vendedora Bruna Figueiredo, que participou da caravana do bem. Jovens frequenta- dores da Igreja Bola de O sargento sombriense mobilizou amigos e cole- gas e ontem participou da caravanaatéohemocentro deCriciúma.Algunsvolun- tários, além de coletarem material para medula ós- sea também aproveitaram para fazer a doação de sangue. A campanha iniciou no sul do estado a apro- ximadamente um mês e conseguiu a adesão de pes- soas da área de segurança públicaedeoutrossetores. Todos sensibilizados pelo rostoangelicaldabebêque, vencendo a doença, tem uma vida toda pela frente. A reportagem do Jor- nal Correio do Sul acom- panhouosvoluntáriosatéo Hemoscnestaquarta-feira, para cobrir o ato de solida- riedade mas também para se inscrever como doador de medula. O percurso até Criciúmafoifeitoemclima de muita animação, com o grupo tendo a consciência dequeestavaparticipando de uma ação do bem. Mes- moquenenhumdosvolun- > Sombrio Na manhã de quarta-feira,às 8h30min, saiu da sede da Polícia Militar de Sombrio um grupo de aproxima- damente 20 pessoas com destinoaoHemoscdeCrici- úmaparafazerocadastra- mentodedoaçãodemedula óssea.Ainiciativa da PM é de apoio a pequena Luísa SilveiradosSantos,filhade um policial militar de São MigueldoOeste.Amenina é portadora da Síndrome de Kostmann, que acome- te a medula e não produz neutrófilos que atuam na defesa contra infecções por bactérias e fungos. A cura é o transplante de medula óssea. Na região, o sargento Lapa abraçouacampanha que tenta encontrar um doador compatível com a criança de um aninho. Quanto mais doadores, maior a possibilidade de tornarotransplanteviável. Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Gislaine Fontoura Da redação ³Voluntários sombrienses aguardam no Hemosc o momento de doar sangue e medula para ajudar menina Mais de 20 pessoas unidas por Luísa Mobilização Polícia Militar organiza ônibus da solidariedade e leva grupo para ajudar menina que precisa de transplante de medula Neve aderiaram a causa e ajudaram o sucesso da campanha iniciada pela Polícia Militar. “Recebe- mos o convite do sargento Lapa e fizemos questão de levar aos amigos, que não pensaram duas vezes em participar, pois fazer o bem e muito bom”, disse um dos jovens, Pimentel. O sargento agradeceu a participação voluntária dos sombrienses e lem- brou que quem não pode colaborar desta vez pode procurar o Hemosc de Criciúma a qualquer mo- mento, na avenida Cente- nário, 1700, bairro Santa Bárbara, Criciúma. apartamento de dois quartos, com garagem, localizado próximo ao Beto Gil Bairro: Barranca - Araranguá R$ 400,00 Contato: 9922-5227 ou 3522-1729 Aluga-se ³PM mostra o que recolheu com Jonathan > ArArAnguá Na noite de terça- -feira, a Polícia Militar de AraranguáprendeuJona- than Inácio, de 20 anos, em flagrante, instantes depois de um assalto a umpostodecombustíveis localizado entre a rodovia SC-447 e a avenida Ge- túlio Vargas, no bairro Jardim dasAvenidas. O roubo ocorreu por volta das 22 horas, quan- dodoishomenschegaram numa moto CB 300, com a placa pintada de pre- to, ao estabelecimento comercial munidos de uma arma de fogo. Um dos criminosos desceu da motocicleta e anunciou o assalto,rendendoacaixa, enquanto o outro esperou com o veículo ligado. Aproximadamente R$ 600,00 foram rouba- dos do caixa do posto e os criminosos fugiram pela rodovia, sentido bairro Divinéia, quando uma guarnição da Polícia Mi- litar, que já havia sido informadadocrime,foide encontro aos assaltantes e conseguiu capturar um deles. Conforme informa- ções do sargento Guizzo, um cerco foi montado assim que a PM recebeu PM prende assaltante de posto a ligação informando do assalto. A moto furou a barreira policial, mas um dos ladrões pulou do veí- culo e foi preso. Com ele foi recuperado dinheiro e apreendida a arma utili- zada no roubo. Mais tarde, em di- ligências no bairro e in- formações colhidas junto a populares, os policiais chegaramaumaresidên- cia onde foi localizada a motocicleta utilizada no roubo e as vestes, capace- te e moletom, da cor que o ladrão fugitivo usava. “Um casal que estava na residênciafoiconduzidoà delegacia,pelofatodeter- mos localizado algumas evidênciasdocrimenesta casa”, declarou Guizzo. O dinheiro e uma armacalibre38comcinco munições intactas foram recolhidos. Conforme re- velouosargento,segundo características da motoci- cleta, as últimas ocorrên- cias de roubo na cidade podemtersidopraticadas pela dupla.APolícia Mili- tar ainda tentou localizar osegundoassaltante,sem êxito.Ocrimeagorapassa a ser investigado pela Polícia Civil. Jonathan Inácio tem diversas passagens po- liciais, desde a adoles- cência, e foi entregue na Central de Polícia.
  4. 4. Geral4 Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Gislaine Fontoura ³Mulheres participam de oficina de artesanato Agricultor calcula perda com chuva Aline Bauer Excesso Lavouras de fumo e mandioca estão sendo afetadas pelo elevado índice de chuva que cai na região desde setembro ³Edio mostra uma raiz de mandioca que se desmancha devido a alta umidade sos monitores. Na tarde de ontem, a terapeuta ocupacional Ana Ruth Reis comandou uma aula de artesanato. Para Ana essas atividades vêm ao encontro da saúde dos idosos. “Aprendemos a fazer guirlanda de natal com materiais reciclá- veis, exigindo habilidades manuais e mentais. Isso traz benefícios para a saúde dos idosos, pois estimula áreas do celebro > Santa RoSa do Sul Grupos da terceira idade são sinônimos de alegria e em Santa Rosa do Sul isso não é diferente. Nos encon- tros realizados todas as quartas-feiras os idosos se divertem com mui- ta dança, mas desde o inicio do ano as coisas melhoraram. Ao invés do tradicional bailinho ao longo da tarde, ago- ra eles participam de outras atividades re- creativas. Duas vezes ao mês são oferecidas oficinas de artesanato, palestras sobre saúde, jogos de dominó e de ba- ralho e quando tem sol até partidas de bocha são disputadas. Para dona Maria Aparecida,de 66 anos, os encontros melhora- ram. “Agora a gente exercita o corpo e a me- mória. Doenças como o mal de Alzheimer estão aí e essas brincadeiras ajudam a ativar a men- te”, acredita. As atividades são ministradas por diver- Terceira idade aprende artesanato ³Amanda e Fabio mostraram ter conhecimento nizadora enviou para a escola as provas, que fo- ram realizadas no dia15 de maio, em todo o país. “Cada turma estuda os conteúdos e faz a prova, que é de conhecimentos gerais sobre astronomia e astronáutica”, disse. > aRaRanguá Dois alunos do 6º e do 8º ano do Ensino FundamentaldoColégio Éthicos de Araranguá, participaram da 18ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astro- náutica e conquistaram medalhas de prata e bronze. A olimpíada é pro- movida pela Sociedade Astronômica Brasileira e pela Agência Espacial Brasileira, em nível na- cional. A coordenadora pe- dagógica, Adriana Prati Von Muhlen, explicou que a comissão orga- Alunos são medalhistas em astronomia Os alunos reali- zaram a prova, todos receberam certificados e dois deles, Amanda Kroeff Moreira e Fábio Guilherme de Limas, conquistaram meda- lhas,Amanda,adebron- ze e Fábio, a de prata. responsáveis pela cria- tividade e a memória”, enfatizou Ana. O material é forne- cido pelo Cras assim como o lanche da tarde oferecido pela prefeitu- ra. Para a coordenadora da terceira idade Rosa Rodriguez esses encon- tros tem sido um suces- so. “No início enfrenta- mos algumas criticas, mas contornamos com muito trabalho.” gem, até fica em uma cor boa, mas na roça ele não tem consistência. Creio que vou perder umas 200 arrobas, cerca de 30%”, calculaoagricultor.Alguns produtores têm seguro da lavoura, mas nem sempre cobre a perda. “A gente luta, desde o plantio até a colheita, mas não há ne- nhum incentivo do gover- no, nenhuma opção para melhorar a nossa vida. Não dá para se manter trabalhando assim.Aagri- cultura é uma incerteza sempre”, reclama Clesio. A previsão do tempo para os próximos três me- ses é de chuva acima da média para todo o sul do país, devido ao fenômeno climático El Niño, que acabaportrazermaisumi- dade para essa região. Suas plantações ficaram paraoregimededoisanos, quando a planta é deixada nalavourapormaistempo além da safra convencio- nal para que engrosse e adquira maior valor co- mercial. “Se eu tivesse colhido no inverno, não teria perdido”, lamenta Edio, que acredita haver apenas uma alternativa. “Vou arar tudo de novo e replantar. O problema é que, se continuar choven- do, o ciclo da nova planta será encurtado, e temos prejuízo outra vez”. Para Clesio Zeferino, que além da mandioca também planta fumo, a situaçãopoucomuda.“Por causa da umidade o fumo ficadoenteeagenteperde, porqueelenãodesenvolve. Na estufa, depois da seca- > SombRio Achuva excessi- va tem causado muitos prejuízos para a agriculturanaregião.Pro- blemas que vão desde o plantio à colheita de qual- quer produto. No cultivo da mandioca, por exem- plo, o excesso de água se infiltra na terra e causa apodrecimento nas raízes da planta, deixando-a im- própria para a comercia- lização. “Devo ter perdido uns quatro hectares dos 15 que tenho plantados. A raiz vira um polvilho curtido debaixo da terra e não serve para nada”, confirma Edio Soares, morador da comunidade de Santa Fé, em Sombrio.
  5. 5. novosempreendimentosde basetecnológicaesocialba- seados no uso da inovação. O evento deve discutir as políticas e os mecanis- mosdeapoiodisponíveisno âmbito federal e estadual paraaimplantaçãodeCen- tros Regionais de Inovação que façam a gestão e mate- rializem essas proposições. “O objetivo é difun- dir o conhecimento sobre tecnologia e inovação e o papel desta área para o desenvolvimento econô- mico da região, além de propor uma maior relação entre governo, academia e empresas”, declara o secretário municipal de Desenvolvimento Econô- micoSustentável,Maureci Rodrigues. Apromoçãodo evento é do Laboratório e NúcleodeInovaçãoTecno- lógica (LabNita), curso de TecnologiasdaInformação e Comunicação campus Araranguá/UFSC; As- sociação Empresarial do ValedoAraranguá(Aciva) eprefeituradeAraranguá. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Prefeitos estão desesperados com 2015 D e forma generalizada, pre- feitos de nossa região estão rezando, para tudo quanto é santo, para que consigam fechar 2015 sem que a contabilidade dos executivos entre no vermelho. Isto signi- ficaria sugestão de reprovação de contas por parte do Tribunal de Contas do Estado e complicações políticas em um futuro próximo. Dentre as complicações a fatal inelegibilidade por oito anos. Dentre as medidas que têm sido to- madas estão o corte de salários, redução do horário de expediente, controle austero das despesas, diminuição da prestação de serviços e redução, ou rescisão, de contrato com fornecedores. A coisa, no entanto, deverá enfear ainda mais, já que as de- missões de cargos comissionados têm se mostrado inevitável. Hoje cerca de 600 pessoas trabalham de forma comissiona- da no conjunto das prefeituras de nossa região, e estima-se que pelo menos 30% será dispensada antes do final do ano, sem previsão de recontratação a curto prazo. Basicamente o que está acontecendo é o seguinte: as prefeituras deverão fechar 2015 com uma receita que deve variar en- tre 4% e 7% a menos do que 2014, o que dá uma média de 5,5%. Somado a isto há o acumulado da inflação deste ano, que deverá ficar entre 9% e 10%, com média de 9,5%. Na prática, o custeio das prefeituras aumentará 9,5% e a receita cairá 5,5%, o que da um “prejuízo” de 15%. O problema é que as prefeituras não têm estes 15% de sobra para bancar o prejuízo. Prefeituras trabalham com uma capacidade de investimento que varia entre 5% e 10%, nos casos considerados excepcionais. Fazer sobrar 10% da receita para investir é algo do outro mundo. Se não sobra 10% nem a pau e o prejuízo previsto é de 15%, não precisa nem dizer que os cortes são inevitáveis. Um outro dilema é a previsão para 2016, que não é nem um pouco diferente do que está se vivenciando neste ano. Isto sugere uma retração ainda maior das prefeituras em relação às demandas da sociedade, assim como de seu quadro fun- cional. A situação é grave porque será um prejuízo sobre um prejuízo, já consolidado e sem reversão. O que se perdeu em 2015 não se recupera, e o que se perderá em 2016 terá como base o resultado negativo do ano anterior. No aspecto de realizações, a única coisa que se pode dizer é o seguinte: os prefeitos que conseguiram fazer alguma coisa até agora, fizeram. Os que deixaram para o último ano, podem agarrar o rumo de casa. Evento discute inovação Tecnologia > ArArAnguá Nesta sexta-feira, Araranguá sedia- rá o I Seminário de Inova- çãodoValedoAraranguá.O tema será Tecnologia e Inovação Para o Desenvol- vimentodoValedoAraran- guá, e visa discutir formas de produzir conhecimento que leve a inovação na região. A discussão acontece noauditóriodaUFSC,reu- nindo empresários, repre- sentantes governamentais e instituições de ensino, buscando aproximá-los do Sistema Regional de Inovação. Para que a ini- ciativaprivadasebeneficie com a produção e pesquisa das universidades locais, e os representantes gover- namentais atuem como intermediadoresdoproces- so tecnológico e inovativo proporcionando ambientes adequados para o desen- volvimento econômico por meio da inovação. O seminário servirá ainda para apresentação e discussão de uma política de inovação para Araran- guá e região envolvendo aspectos legais, fiscais e relativos a outras políticas públicas como as de educa- ção e gestão do setor públi- co. Sua proposta é trazer experiênciasjárealizadase emimplantaçãoquesirvam de base para discussão. O encontroabordarátambém a criação de espaços de inovaçãocomoParquesTec- nológicos e Incubadoras de Empresas de Base Tecno- lógica, bem como, o apoio à estruturaçãodeempreendi- mentos econômicos sociais. A ideia é apresentar os resultados alcançados por esses empreendimentos no país, discutindo os desafios e as condições necessárias para sua implantação na região.Outrotemarelevan- te será a discussão sobre o papel das instituições de ensinonaformaçãodeuma cultura empreendedora e sua aplicação na criação de Consolidando Em Santa Rosa do Sul, Nelson Cardo- so (PSD) contra Geci Casagrande (PMDB). Em Morro Grande, Valdo Rocha (PSD) contra Ênio Zuchinalli (PMDB). Em Timbé do Sul, Luciano Moro (PMDB) contra Beto Biava (PP). Em Sombrio, Zênio Cardoso (PMDB) contra Cristian Rosa (PP). Aos poucos o pleito municipal de 2016 vai ganhando forma em nossa região. Em política nada é certo, mas tudo é provável. O que já se vê é uma nítida convergência para determinados nomes, que em grande maioria deverão, de fato, estarem a frente do processo sucessório ano que vem. Nada a declarar Questionado sobre seu futuro político, ex-prefeito de Sombrio Professor Jusa Tis- coski (PP), diz que, por ora, não tem nada a declarar. Questionado sobre o recurso judicial que tenta derrubar o parecer do Tribunal de Contas do Estado, motivo pelo qual teve suas contas rejeitadas pela Câma- ra de Vereadores, a resposta é a mesma: “Deixa quieto, vamos ver no que é que vai dar, mas por enquanto nada a declarar”. Vale lembrar que em 2005 o ex-prefeito de Araranguá, Primo Menegalli, teve suas cotas rejeitadas pela Câmara Municipal e mesmo assim, embasado em decisão judicial, conseguiu concorrer novamente em 2008. Ressalte-se que o TCE não havia rejeitado as contas de Primo, o que se deu só pela Câmara. De todo modo pode-se dizer que há uma meia jurisprudência em relação a este fato, o que deixaria Jusa apto para 2016. Descontente Pré-candidato a prefeito de Araran- guá, José Pereira, o Zé da Aspekto, dá a entender que deixará o PR caso o partido não abra uma ampla discussão sobre o processo eleitoral de 2016. É que pouco tempo depois de sua filiação, que tinha como foco desencadear uma articulação com vistas a uma composição para o executivo municipal, quem também se filiou ao partido foi o ex-prefeito Primo Menegalli, figura emblemática da políti- ca municipal. Sem meias palavras, Zé já tem alardeado no meio político: “Partido onde tem cacique eu não fico”. Contramão PMDB Estadual tem obstruído o que pode articulação do governador Rai- mundo Colombo (PSD), na Assembleia Legislativa, que visa transformar as SDRs em Agências de Desenvolvimento, o que significaria o início do fim de to- das elas. O partido do falecido senador Luiz Henrique da Silveira, na verdade, está tentando tapar o sol com a peneira. As SDRs só existem no papel. Colombo centralizou todos os recursos em Floria- nópolis novamente, e sem dinheiro nem carrinho de pipoca consegue se estabili- zar. Com o fim da verba, grande parte dos mais de três mil funcionários das SDRs se tornaram figuras decorativas, pois não têm poder de ação. Até querem, mas não têm o que fazer. Na prática, manter as atuais estruturas das SDRs é o mesmo que bancar mensalmente uma despesa em grande parte desnecessária. ³Secretário Maureci defende um amplo debate sobre a tecnologia e inovação > ArArAnguá No próximo sábado e domingo,aAssociaçãoBom PraBicho,oInstitutoBicho Urbano e a prefeitura de Araranguá, realizam um mutirão de castração de cães e gatos. As inscrições são realizadas na Casa do Agricultor, próximo a Rodoviária, e na Cyber Informática, na rua Jorge Lacerda, Cidade Alta. Os interessadostambémpode- rão se inscrever no sábado pela manhã, em frente aos Correios, no Calçadão de Araranguá.As vagas serão limitadas O valor é de R$ 80,00 e mais R$ 20,00 caso a pessoa queira levar o me- dicamento pós-operatório. Segundo a tesoureira da Associação Bom Pra Bicho MariaHelenaPéricodaSil- va, a ação está autorizada e será documentada pelo Conselho Regional de Me- dicina Veterinária. “Para os dois dias, teremos dois veterinários e um técnico Cães e gatos serão castrados em mutirão veterinário, além do auxilio dos parceiros. Na inscrição, será divulgado o local do mutirão e as orientações para o dia da castração”, relataaoadiantarqueentre as orientações, os animais deverão estar por, pelo me- nos, 8 horas em jejum. Equipes da Secretaria de Saúde do município, Fundação Araranguaense de Meio Ambiente (Fama e Programa Saúde Bem Estar Animal estarão nos dois dias auxiliando os trabalhos.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro l48l 3533.0870 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 BR- 470: “Questão vital para SC” PeloEstado S enador Dalirio Beber (PSDB-SC) falou com exclusividade à Coluna Pelo Estado sobre o encontro do Fórum Parlamentar Catarinense, que reunirá representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), senadores, deputados, prefeitos e vereadores de San- ta Catarina, amanhã, em Blumenau, para tratar da situação da BR-470. Ele comemorou o fato de o coordenador do Fórum, deputado Mauro Mariani (PMDB-SC) tenha levado o encontro para Blumenau. “A questão é vital para o Vale do Itajaí e para todo o estado Santa Catarina. Essa rodovia é o grande gargalo da nossa economia, e, infelizmente, sempre foi colocada num plano secundário”, afirmou ao enumerar: “Lançaram quatro editais, celebraram quatro contratos e ordens de serviço, mas, lamentavelmente, a velocidade com que as obras têm sido tocadas não nos permite acreditar que esteja concluída no prazo determinado, final de 2017”. Além de representantes do DNIT, participarão representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Ministério dos Transportes e de empresas que estão estudando a possibilidade de apresentar uma proposta de manifestação de interesse, tendo em vista que a BR-470 está no pacote das rodovias federais que podem ser concedidas ano que vem, e os estudos devem ser concluídos para definir a modelagem da concessão até janeiro. “Queremos conhecer as reais condições do cronograma da obra e pressionar no que for possível o governo federal para que o desenvolvimento das quatro etapas já contrata- das e com ordem de serviço já em execução não sofram descontinuidade.” Boas oportunidades Em seu primeiro mandato, o deputado Cleiton Salvaro (PSB) manteve uma postura mais obser- vadora no primeiro semestre. Segundo ele próprio, focou em planejar as ações do mandato e aprender com os colegas. Nas últimas semanas, porém, já mudou o tom. Tem ocupado a tribuna diaria- mente, apresentado projetos e liderado ações, principalmente para o Sul do Es- tado. Esta semana, seus discursos segui- ram uma linha que pode até inspirar sua campanha à prefeitura de Criciúma, em 2016: o de que a crise revela boas opor- tunidades para quem decide arriscar. A luta do Brasil contra a corrupção é tema de seminários que acontece, hoje, na George Washington University Law School, em Washington, nos Estados Unidos. O professor e advogado catari- nense Joel de Menezes Niebuhr, doutor em Direito Administrativo, é um dos convidados do evento e vai falar especi- ficamente sobre as fragilidades das lici- tações públicas brasileiras. O catarinen- se é considerado um dos maiores e mais atuantes nomes da área no Brasil, tem seis livros publicados sobre o assunto e uma série de ensaios e artigos em revis- tas especializadas. Andréa Leonora �lorian�polis -�lorian�polis - 05Nov15 /sebraesc @Sebrae_SC Para melhorar a gestão e a produtividade e trazer mais inovação para seu negócio, conte conosco. SUA VIDA É SE SUPERAR A CADA DIA? ESTAMOS JUNTOS. Integraçãopelasmulheres A Bancada Feminina da Assem- bleia Legislativa, composta pelas deputadasAna Paula Lima (PT), Dirce Heiderscheidt (PMDB) e a coordenadora Luciane Carmi- natti (PT), recebeu ontem a con- sultora sobre Acesso à Justiça do escritório da ONU Mulheres para o Brasil, Wânia Pasinato. Ela e apresentou o projeto que visa integrar setores da Segurança Pública, Judiciário, Legislativo e o Executivo catarinense na construção de diretrizes de tratamento aos casos de violência contra a mu- lher. O objetivo é orientar os profissionais e transformar o modo de olhar para o crime, buscando identificar quando a mulher é vítima somente pelo fato de ser mulher. A proposta, um projeto piloto da ONU, será desenvolvida no Dis- trito Federal e em cinco estados brasileiros, entre eles Santa Catarina. O Brasil foi escolhido por já ter implantado a Lei do Feminicídio, que endurece a pena contra os agressores, e outras políticas públicas de proteção à mulher. EsterKochdaVeiga CulturaTalian Durante o Ciclo de Palestras em Caçador, na noite de terça-feira (3), o governador Raimundo Colombo recebeu do escritor Aliduino Zanella o livro Croniche D’Un Talian, escrito na língua Talian, reconhecida como patrimônio cultural brasileiro. Trata-se de uma língua formada no Brasil pelos imigrantes italianos que vieram há 140 anos, com vários dialetos, principalmente da região Norte da Itália. JamesTavares/Secom Casa do Ar inaugura em Sombrio Sombrio e região já contam com uma loja especializada em clima- tização.A“CasadoAr”inau- gurou na noite da última terça-feira, com uma pro- posta diferenciada para os consumidores que buscam qualidadeeprofissionalismo na aquisição e instalação de aparelhos de ar condi- cionado. Amigos e colaboradores prestigiaram o casal pro- prietário Edson Pacheco e a Sandra Pereira Prudêncio duranteainauguração.Edi- nho,aliás,possuigrandeex- periêncianoramoeacredita que Casa do Ar facilitará a vidadaspessoas,agregando aparelhos de várias marcas e potências para pronta en- trega, além da manutenção ehigienizaçãodosaparelhos já instalados. A Casa do Ar fica na avenida Nereu Ramos, pró- xima ao Fórum de Sombrio. Ostelefonessãoo3533-3645 e o 9961-2222.
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Além do Tempo -18h I love Paraisópolis -19h A Regra do Jogo -21h P enúltimo capítulo de I Love Paraisópolis. Fique ligado no Gshow e acompanhe as emoções finais de ‘I Love Paraisó- polis’! V itóriasedesesperaetentafalarcomEmília.Anitasesurpreen- decomocomprometimentodeRobertocomseuspacientes. Melissasofrecomsuadordeestômago.Felipetentaacalmar Alex.VitóriaeLuizprocuramEmília.VitóriaacusaEmíliadeseruma pessoa má e Luiz tenta acalmá-la. Ariel alerta Lívia e Anita sobre a visita deVitória a Emília. Gema descobre que Chico fugiu de casa. Líviadesconfiadosúbitomal-estardamãe.Líviasedistraiaocelular comPedroeacabaatingidapelocarrodeFelipe. J uliano confessa que descobriu a verdade sobre Zé Maria e afirma a Tóia que Romero é um bandido. Adisabeba se preocupacomseussentimentosporZéMaria.Tóiadesabafa comAscâniosobreRomeroeJuliano.JulianorevelaaMerlô quecolocaráZéMarianacadeia.AdisabebapedeajudaaMerlô paraconversarcomJuliano.JucaameaçaabandonarDomingas, que se humilha para o marido. Oziel se ofende quando Tina propõequeosdoissejamamantes.IraqueflertacomDomingas. Rapidinhas Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Foconasmudançasqueprecisamserfeitasnaáreafinanceira! Contecomumbomsextosentidoeótimoolhoparaescolhas --a partir do fim da tarde, nada de negócios, porém. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Augúriospositivosparavocênapartedamanhã,amelhor dodia.Ótimoparamostrarseuvalorevencerumaparada delicada.Turbulênciassociaissensibilizamseuespírito. Gêmeos 21/05 a 20/06 Nem só de lógica vive o geminiano, não é mesmo? Estes diassãodepuraintuição,comideiasepercepçõesótimas chegandoatévocê.Anotepararetomardepois. Libra 21/09 a 20/10 Prepare-separaumdiademuitotrabalhoeatividadeemque terádelidarcompessoasdifíceis.Aindanãoémomentode reconhecimento,masdetrabalharduro. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 Alguém novo que vem chegando tem espírito curioso e natureza firme, pode ser ótimo par em busca de um sonho comum. Artes, propaganda e moda em alta hoje. Virgem 21/08a20/09 De hoje a sábado, Mercúrio e Netuno sintonizam infor- mação com inspiração, ideias com tendências, sacadas comespiritoinvestigativo.Vocêestácomtudonasmãos. Capricórnio 21/12 a 20/01 Detalhes e aperfeiçoamento na apresentação, no visual, naposturaterãoefeitoótimoemsuaimagem.Percepção agudadeoportunidadessociais.Apuroerefinamento. Câncer 21/06 a 20/07 Sensodevalorpessoalajudaaescolheroqueémelhorpara você neste momento --em todos os sentidos. A noite traz o imponderável, melhor não armar nada de importante. Escorpião 21/10 a 20/11 Nestetempoderenovaçãoparavocê,alémdevitalidadee disposição,contecombonsamigosegruposinteressantes ondedesaguarsuaenergia.Canalizetendências. Peixes 19/02 a 20/03 Nãosepreocupeembuscarlógicaouobjetividadehoje,me- nosaindaemseucomportamento.Vocêestáindonadireção certa e verá como isso é verdadeiro em breve. ALuaemseusignohojepededescanso,retiroecuidado com suas próprias mazelas, necessidades e desejos. Im- pulsoscontraditórioseintranquilidade. Andressa Soares, mais conhecida como Mulher Melancia,estáemmaisumaturnêpelosEstadosUnidos.A funkeira está passando por várias cidades americanas com seu show e conversou com OFuxico para contar um pouco de sua viagem, carreira e mundo do funk. “Já é a quarta ou quinta vez que faço show nos EUA. Recebemos muitas solicitações de contratantes brasileiros e americanos que são apaixonados pelo funk brasileiro”, conta ela. Comrelaçãoaapresentação,Andressacontaqueela investebastantenasroupasqueusa,parapoderdiversificar sempre. “Tenhoumshowpronto.Apenasensaiobastanteasco- reografiascomasdançarinasetambémcrionovosfigurinos”. Segundo ela, as pessoas que vão aos seus shows fora do Brasil é bem diversificado. “Fico impressionada como o funk ultrapassa as bar- reiras e fronteiras. Os brasileiros cantam todas as músicas, os gringos dançam, é uma grande festa onde todos se divertem”, conta. Donadeumsupercorpo,Melanciarevelaque,apesar de ser super sensual, não acha difícil achar alguém que compreenda seu trabalho. “Nãosintoessadificuldade.Éomeutrabalho.Sersen- sualébemdiferenteseservulgar,eissomudamuitacoisa. Sousensualsemservulgar,issomantémorespeito”,afirma. Além disso, a funkeira contou que procura evitar se expor muito e isso faz com que a falsidade do universo dos famosos não chegue até ela. “Tenhopoucapaciência.Porissoficomuitonaminha. Vivo para minha casa e para minha família. Meu trabalho é prioridade. Sou bem centrada em relação a isso. Acho que dessaformaconsigoblindarumpoucominhavidapessoal”. Pelo fato de trabalhar com o corpo, Andressa precisa ficar sempre ligada em sua alimentação, mas durante as viagens costuma ser mais complicado. “Édifícilmanteradieta,aindamaiscomasmudanças de fuso horário e quebra de rotina. Para compensar procuro sempre me hospedar em hotéis que tenham academia. Diminui o sentimento de culpa (risos)”, conta. Nomundodamúsicaháumbomtempo,elatambém conta que conseguiu atingir um bom padrão financeiro. “Posso dizer que consegui realizar alguns sonhos e meus e da minha família, mas tenho muito mais para conquistar”, diz. Alémdafalsidade,Andressacontouqueainvejaexiste no mundo do funk, mas que não dá importância. “Invejarolaemqualquerlugar!Achoqueéopiorsenti- mentoqueoserhumanopodecultivar.Soumuitoreservada eminhasgrandesamizadesnemsãodomeioartístico.Mas não me preocupo muito com isso, cada uma dá aquilo que tem de melhor”. Comumnomemaisdoqueconsolidadoeconhecido no funk, ela garante que não tem pretensão de parar. “Funkéminhavida,meutrabalho.Otemamusicalde fundoquecontaaminhahistória.Soumuitojovemecomecei a trabalhar muito cedo. Tenho muito caminho para trilhar e muitasconquistaspelafrente.Nãopensoemparartãocedo”. Descubra algo interessante e intrigante para pesquisar notrabalho.Vaitetrazerânimo!Mercúriopedepesquisa einvestigaçãonaáreaprofissional.Etrazreconhecimento ealegriacomisso.
  9. 9. Margareth Silva Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 margareth.silvaa@yahoo.com.br www.melhoresdosul.com facebook.com/lacymargareth.silva Mix Aciva apoia o projeto de revitalização do Calçadão de Araranguá junto a CDL, Sindilojas e Sindicont . O projeto visa modernizar e aperfeiçoar a estrutura do calçadão. Aciva em 2016 passa a ter uma nova estrutura física.Asede da entidade será no antigo Tênis Clube. O presidente Kleber Frigo ressalta que os associados terão mais conforto com salas específicas para cada setor e auditórios. A mudança traz mais organização. Estrelados A loja de locação espe- cializada emDeputado Jorge Boeira celebrou aniversário na quarta-feira. Parabéns. Querida Francielle Maçaneiro trocou idade na semana que passou,ela que comemora junto ao marido Bolinho o nascimento do Joaquin. Felicidades a toda família. Chá de Panela A lindona Helen Becker reúne as amigas neste sábado com chá de panela. O encontro das amigas novas e antigas acontece nas dependências do Hotel Becker. O chá promete reunir mulheres bonitas e elegantes. Azul Novembro Azul, a campanha que move o Brasil, já começou, incentivando os homens ao exame da prevenção ao câncer de próstata. Agende Festa dos Amigos Anos 80 no próximo dia 21 no Espaço Festa. Os Djs Belada e Richard co- mandam o som e Cristia- noRodriguesnoacústico; ingressos antecipados no Mazzuco. Dicas Marché Gitan em Araranguá, nesta sexta a partir das 10h com móveis recicla- dos e antigos, mais brechó(roupas estilosas e vintage). Confira o bom gosto da Lais e sua mãe Marli. Espaço Festa Natal, a loja especiali- zada em artigos natalinos para compra ou locação. A loja também oferece tudo para festas e eventos em locação. Confira na Praça Hercílio Luz antigo Elaine Garcia. ³ Leandro e Marcelo,do marketing e administração do maravilhoso Center Shopping. Celebram o sucesso do empreendimento. ³ Nivaldo e Jaque com a equipe da Tosato. Ele é o presidente do Center Shopping com muitos elogios. ³ Raul Olivo e Natalia Eyng comemorando o aniversário dele no Il Picollo. ³ Emerson, a matriarca Terezinha, Everton e Fran celebrando a nova Styllus (moda masculina desde 1979). ³ Rafael, dos famosos Los Le- guitos, com Olivia e Leonardo, na entrada do Center Shopping. ³ Rose e equipe da loja Admit com elogios as novas instalações. E a linda coleção feminina. ³ Juliano da Loop Jeans com Alexandre e Giane da Smat Sistema,emoldurando a atriz Natalia Casassola. Que recebeu fila de fãs para a foto. ³ Ingride com a filha Raquel , emoldurando o genro Igor na linda loja Dock´s na lotada inaugu- ração.
  10. 10. 10 Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Publicidade
  11. 11. Alzira, oficial da infância. O projeto de reinte- gração de jovens infrato- res foi idealizado pelo juiz Evandro Rizzo. Já são 33 menoresformados.“Depois que esse projeto se iniciou, o número de reincidência caiu muito”, informou o juiz. A coordenadora do Creas de Sombrio Dilane Freitas Borges confirma. “O número de atendidos diminuiumuito.Resultado de um trabalho que deu certo”. Geral 11Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Aline Bauer > Sombrio A terceira turma do projeto Oficina Profissio- nalizante, se encerrou na tardedeontemnosalãodo TribunaldoJúri,noFórum deSombrio.Quatroadoles- centes concluíram o curso de informática,no que foi classificado como um pro- jeto “digno de ser louvado” pelas muitas autoridades que estiveram presentes. Trabalhando na co- ordenação das oficinas, FrancineCoimbraeAlzira Scheffer estavam emocio- nadas. “Nesses quase dois anos, estabelecemos uma relação diferente com os adolescentes. Se cria um vinculo de respeito”, disse Francine,assistentesocial. “Cheiosdevida,devalores, de vontade de vencer, é assim que eles são. Uma oportunidade pode mudar um destino”,acrescentou ³Juiz Evandro (centro) implantou projeto de oficina Adolescentes pagam pena aprendendo Oportunidade > Sombrio No início da noite de terça-feira, uma grande confusãomobilizouaPolí- ciaMilitardeSombrio.Os policiais foram avisados de que na comunidade de Guarita, próximo a um campo de futebol sinté- tico, uma família estava trancada dentro de uma casa apavorada, pois do lado de fora estava um homemfazendoameaças. Munido de um pedaço de ferro,batendonaparedee na porta, ele gritava que iria matar o morador da Homem provoca terror em família residência,queéseuprimo. Segundo informações, os primos estavam traba- lhando juntos na safra de fumo e o agressor desistiu da empreitada, provocan- do discussão entre os dois envolvendo dinheiro. O homem teria ido a casa do outro cobrar a sua parte no trabalho. As vítimas revelaram que viveram momentos de terror, já que ouviam de dentro de casa o homem batendo no carro e nas pa- redes, assustando o casal que estava em casa com uma criança.Omoradorse escondeudentrodobanhei- ro, pois era o verdadeiro alvo do agressor que após muita tentativas conseguiu arrombar a portadosfundosdacasa e se deparou com a mu- lher e o filho do primo. Ele gritava procurando o primo e jurando-o de morte. A PM foi chamada e vendo o tamanho do problema pediu apoio para viaturas de Santa RosadoSul.Orevoltado recebeu voz de prisão e todos foram conduzidos a delegacia de Sombrio. Como o agressor não ficaria preso, a família, com medo, abandonou a casa naquela noite. O projeto acontece quando um adolescente pratica um ato infracional e tem de escolher entre as medidas sócio-educativas ou as oficinas profissiona- lizantes. São três horas de cursosporsemanadurante sete meses. Os cursos são de corte e costura, infor- mática e vendas, minis- trados em parceria com a Secretaria de Assistên- cia Social das prefeituras de Sombrio e Balneário Gaivota. Vários adoles- centes já foram colocados no mercado de trabalho. Na cerimônia de ontem, a mãe de um 17 anos, Marli Machado,estava orgulho- sa. “Estou muito emocio- nada e sem palavras para agradecer a todos que au- xiliaram ele nessa etapa”, disse. Estavam presentes ainda o presidente da Câmara de Vereadores de Sombrio,Ademir Cardoso, o desembargador Cézar Medeiros, o juiz substituto StefanMoreno,oadvogado André Barreto represen- tando a OAB, a vice-pre- feita de Gaivota Terrimar Ferreira e a promotora Elizandra Sampaio Porto.
  12. 12. A Pedido: ainda está muito atrás de outros partidos, apesar de ser o segundo partido em número de filiados em todo o país. O que se faz agora é um novo momento de investigação.Nosgovernos tucanos foram feitas 48 operações pela Polícia Fe- deral, nos governos petis- tas já temos mais de 2.200 operações.Todavia,filiados ao PT também são pegos nestadesgraça,enós,como petistas, devemos puní-los implacavelmente!” O vereador Marcello Areão deixou claro que: “ser petista, de maneira alguma, é considerar o partido como um time de futebol e defender toda e quaisqueraçõesdomesmo. Pelo contrário, como mui- tos de nós têm formação política nas lutas sociais, nunca devemos amolecer oespírito,massim,quando necessário, trazer e travar o embate no interior do partido.Nãocansodedizer: Jamais a classe trabalha- dora deve estar a mando do PT - e a própria prática nos têm mostrado que isto não acontece -, mas sim o PTdeveserinstrumentode lutadaclassetrabalhadora brasileira. Em geral, nossa turmadeSombriovembri- gando muito. Por exemplo, comovereador,fuiautorde moção de repúdio às Medi- das Provisórias n° 664 e n° 665 editadas pelo Governo Federal. Se há necessida- desdeajustesquesejacom a reorganização da remes- sa de lucros das grandes empresas ao exterior, ta- xação de grandes fortunas, maior diferenciação nos percentuais de imposto de renda - quem recebe R$ 40.000 por ano não pode pagar o mesmo percentual do que quem ganha R$ 1 milhão -, definição da fun- ção social da terra.” O PT em Sombrio, nos últimos anos, recebeu grande número de filia- ções.Atualmente, Sombrio possui a segunda maior quantidade de filiados ao partido no extremo sul de PartidodosTrabalhadoressegue realizandoreuniõesdefiliaçãoemSombrio N a noite do dia 22 de outubro foi realizadamaisumareu- nião de filiação coletiva ao Partido dos Traba- lhadores em Sombrio. Ingressounopartidoum grupo de trabalhadores no comércio que tem por intenção contribuir na organização e for- talecimento da classe trabalhadora em geral. Na ocasião, o pre- sidente do PT em Som- brio, Adriano Antunes Rodrigues-oPerna-,fa- lou sobre parte da atual situaçãodopartido:“por vezes se tem colocado a corrupção como exclu- sividade do PT. Grande bobagem! Infelizmente, a corrupção vem desde antes da chegada dos portugueses e, silencio- samente, está em mui- tas das atitudes cotidia- nas de nossa sociedade. E na lista de candidatu- rasimpedidaspor“ficha suja” junto a TRE, o PT 12 Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Geral Santa Catarina. De acor- do com Samuel Hipólito: “nossaturmapercebeerros e participa de espaços para debate de soluções. Não podemosnosdesviardeum projeto desenvolvimentis- ta e com real valorização da classe trabalhadora. Todavia, é válido destacar que boa parte da grande mídia passa 24 horas des- tacandoaspectosnegativos - ou mesmo sabotando - o Governo Federal. Antiga- mente,duranteosgovernos de Fernando Henrique Cardoso, os jornalões da- vam capa positiva para as pífias melhorias dos salá- rios de miséria, inflações de quase dois dígitos ou desemprego gigantesco. Hoje, os mesmos jornalões querem chacinar progra- mas fundamentais para a classe trabalhadora como o Prouni, Minha Casa, Minha Vida ou MaisMédicos.OPT,que jádeveriaterrespondido a muito tempo, deve fazê-lo urgentemente e de maneira articulada e sólida. Assim, a popu- lação poderá enxergar melhor a conjuntura e seguir opinando sobre nosso país.”
  13. 13. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA Conselho Municipal de Educação de Balneário Gaivota Resolução nº 10/2015 Fixa normas para o funcionamento do ensino fundamental no município de Balneário Gaivota a partir do ano letivo de 2016. O presidente do Conselho Municipal de Educação do município de Balneário Gaivota, no uso de suas atribuições, considerando o disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/96 e na Lei nº 484/06 que dispõe sobre o sistema municipal de ensino de Balneário Gaivota. Resolve: Capítulo I Do Ensino Fundamental Art. 1º O ensino fundamental no município de Balneário Gaivota terá duração de nove (9) anos, devendo os pais ou responsáveis efetivar matrícula aos seis (6) anos completos ou a completar até 31 de março do ano letivo. Art. 2º No ensino fundamental são denominados “anos iniciais” aqueles compreendidos de seis (6) a dez (10) anos de idade, que correspondem do primeiro ao quinto ano e “anos finais” os enquadrados de onze (11) a quatorze (14) anos de idade que correspondem do sexto ao nono ano. Art. 3º A jornada escolar no ensino fundamental será de no mínimo quatro (4) horas diárias em turno único, através de trabalho efetivo em sala de aula, sendo se possível, a ampliação do período de permanência na escola, através de projetos específicos. Parágrafo único: são ressalvados os casos do ensino noturno e das formas alternativas de organização e funcionamento de ensino. Art. 4º A organização das turmas dar-se-á mediante proposta pedagógica construída pela unidade escolar, conforme diretrizes da Secretaria Municipal de Educação e aprovada por esse Conselho Municipal de Educação. Art. 5º O número de alunos por classe será de 25 (vinte e cinco) alunos para o 1º, 2º e 3º ano,de 30 (trinta) alunos para o 4º e 5º ano correspondente aos anos iniciais e de 35 (trinta e cinco) alunos do 6º ao 9º ano correspondente aos anos finais. Parágrafo Único: O desdobramento de turmas poderá ocorrer quando ultrapassar em no máximo03 (três) alunos para o 1º, 2º e 3º ano e do 4º ao 9º ano 02 (dois) alunos do limite estabelecido no “caput” deste artigo. Em caso de aluno especial, assegurado com laudo médico, o total máximo permitido de alunos na turma será diminuído em 10%. Art. 6º O Ensino Fundamental será ministrado em Língua Portuguesa. Art. 7º A organização da Educação de Jovens e Adultos contará com toda a estrutura curricular do ensino fundamental, respeitada as características próprias. Art. 8º Os estabelecimentos de ensino, na elaboração dos seus projetos políticos pedagógicos levarão em conta: I - Os princípios gerais do seu regimento escolar; II - O currículo escolar e a matriz curricular definida pela secretaria municipal de educação, aprovada pelo conselho municipal de educação; III - Os princípios administrativos da instituição, tais como: a - o calendário escolar; b - o processo de admissão dos seus alunos; c - o processo de avaliação dos seus alunos; d - o processo de escrituração e guarda da documentação; e - as exigências quanto a formação, atuação e condições gerais de seus profissionais da educação; f - a regulamentação relativa ao acompanhamento de alunos, professores e funcionários, com as respectivas sanções, conforme a infração. Art. 9º Na constituição e tratamento metodológico do projeto político pedagógico, os estabelecimentos de ensino assegurarão os princípios da qualidade do ensino, e do relacionamento entre as diversas atividades educacionais. Capítulo II Do Currículo e do Rendimento Escolar Art. 10º Os currículos, como parte do projeto político pedagógico em todos os níveis de ensino, respeitado as idades próprias de cada nível, deverão promover o desenvolvimento das capacidades físicas, mentais, emocionais, sociais, culturais, políticas e religiosas, bem como, toda variedade de conhecimentos e habilidades profissionais, respeitando oprocesso natural de crescimento e desenvolvimento da criança e do adolescente. Art. 11º Na organização dos currículos respeitadas às disposições legais superiores, os estabelecimentos deverão dar atendimento prioritário as necessidades globais dos alunos. Art. 12° No Sistema Municipal de Educação, os currículos serão organizados com observância das seguintes especificações: I - mínimos curriculares estabelecidos pelo conselho nacional de educação; II - matriz curricular estabelecida pela Secretaria Municipal de Educação e aprovada pelo Conselho Municipal de Educação. Art. 13º O desporto escolar, o lazer e a recreação, as atividades artísticas e outras atividades de capacitação e formação cultural, humana e social, estarão incluídas no Projeto Político Pedagógico e poderão ser realizadas em convênios ou parcerias com instituições educacionais congêneres ou instituições civis e sociais. Art. 14º Os currículos e projetos educativos atenderão primeiramenteas necessidades do aluno e posteriormente os interesses da comunidade escolar. Art. 15º A verificação do rendimento escolar é de responsabilidade dos estabelecimentos de ensino, na forma do seu regimento escolar e do projeto político pedagógico, compreendendo a avaliação do aproveitamento e da apuração da assiduidade. Parágrafo único - os estabelecimentos de ensino, ao fixarem em seus regimentos escolares e projetos políticos pedagógicos os critérios para avaliação do rendimento escolar, atenderão os pressupostos básicos de avaliação previstos na legislação superior e o disposto nessa resolução. Capítulo III Da Avaliação Art. 16º A avaliação do processo ensino aprendizagem pautar-se-á em: I - possibilitar o aperfeiçoamento do processo ensino-aprendizagem; II - aferir o desempenho do aluno quanto à apropriação de competências e conhecimento em cada área de estudo e atividades escolares; III - aferir o desempenho do docente previsto no projeto político pedagógico do estabelecimento de ensino; IV - aferir as condições físicas e materiais que substanciam o processo ensino aprendizagem. Art. 17ºAavaliação do aproveitamento do aluno será contínua e de forma global, mediante verificação de competências e de aprendizagem de conhecimentos, em atividades de classe e extraclasse. Art. 18º A avaliação do aproveitamento será atribuída pelo professor do ano escolar, ou disciplina, analisada em conselho de classe. Art. 19º Na avaliação do aproveitamento a ser expresso em notas de 0 a 10, de maneira somatória,com prevalência dos aspectos qualitativos sobre os quantitativosdos resultados obtidos durante os três (03)trimestres do ano letivo. §1ºO registro de avaliação deverá seguir os seguintes critérios mínimos: I – Avaliações individuais = Peso 6,0 II – Avaliações em grupo = Peso 3,0 III – Assiduidade, comportamento e participação = Peso 1,0 (sendo representada no diário pela sigla ACP). § 2ºA avaliaçãose dará de forma somatória dos critérios elencadospara soma da média trimestral. § 3º O aluno deverá obrigatoriamente ter no mínimo 03 avaliações diferentes no trimestre, devidamente registrado no diário de classe do professor. Art. 20º Para que o aluno obtenha aprovação e consequente promoção, é necessário que tenha frequentado pelo menos 75% (setenta e cinco por cento) do total de horas letivas. Art. 21º Nos casos que o aluno se vir impedido, por razões comprovadas, de cumprir o mínimo de frequência previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96), poderá haver recurso formal junto à Escola para análise que repassará a Secretaria Municipal de Educação, que por sua vez, encaminhará para o Conselho Municipal de Educação, para deferimento ou indeferimento do recurso. Art. 22º Ter-se-ão como aprovados quanto ao aproveitamento para os alunos do 3º ao 9º ano: I - Os alunos que alcançarem os níveis de apropriação dos níveis de conhecimento, em conformidade com esta resolução que no seu registro de notas, não seja inferior a 70% (setenta por cento) dos conteúdos efetivamente trabalhados por disciplina. Seguindo o critério:Média trimestral igual ou superior a 07 (sete),sendo que a soma para aprovação direta deverá ser de 21 (vinte e um) pontos. II–Os alunos com aproveitamento inferior a 21 (vinte e um) pontos conforme previsto no inciso anterior serão submetidos ao provão final. Para a aprovação do aluno a nota do provão final somado com a média anual dividido por 02 (dois) deverá ser igual ou superior a 05 (cinco). Art. 23º Os alunos do 1º e 2º ano receberão parecer descritivo no sistema avaliativo municipal, de acordo com a Resolução nº 7, de 14 de dezembro de 2010 do Conselho Nacional de Educação, não sendo passível de reprovação. Parágrafo único– Será necessário considerar os três anos iniciais do Ensino Fundamental como um bloco pedagógico ou um ciclo sequencial não passível de interrupção no 1º e 2º ano, voltado para ampliar a todos os alunos as oportunidades de sistematização e aprofundamento das aprendizagens básicas, imprescindíveis para o prosseguimento dos estudos. Art. 24º Cabe a cada instituição de ensino expedir históricos escolares, declaração de conclusão de ano, diplomas e certificados de conclusão de curso, com as especificações cabíveis, com abrangência a todas as modalidades e níveis de ensino. Capítulo IV Da recuperação de Estudos Art. 25º Os estabelecimentos de ensino proporcionarão estudos de recuperação aos educandos que demonstrarem aproveitamento insuficiente no decorrer do ano escolar, mediante programa de atividades extracurriculares, respeitando os critérios elencados no Projeto Político Pedagógico de cada unidade escolar. Art. 26º Entende-se por recuperação de estudos o processo didático-pedagógico que visa a oferecer novas oportunidades de aprendizagem ao aluno para superar deficiências ao longo do processo ensino aprendizagem. Capítulo V Da Aceleração de Estudos Art. 27ºAdmite-se a adoção de critérios que permitam avanços sucessivos dos alunos pela conjugação dos elementos de idade e rendimento escolar. Art. 28ºO avanço nos anos ocorrerá sempre que se constatar apropriação pessoal de conhecimento por parte do aluno. Art. 29ºAbanca de avaliação nesse caso será designada pela direção do estabelecimento de ensino, constituída por membros do corpo docente e de profissionais do serviço de apoio da instituição aprovado pelo conselho municipal de Educação. Art. 30º A capacidade comprovada deverá ter nível mínimo de 70% (setenta por cento) de aprovação dos conteúdos de todas as disciplinas do ano. Art. 31º A iniciativa de propor o avanço nos anoscaberá ao estabelecimento de ensino após ter ouvido o conselho de classe e consultado o aluno, os pais ou responsáveis. Capítulo VI Do Conselho de Classe Art. 32º O conselho de classe, de exigência obrigatória e permanente, é o órgão que possibilita: I - avaliação global do aluno e o levantamento das suas dificuldades; II - avaliação dos envolvidos no trabalho educativo e no estabelecimento de ações para a superação das dificuldades; III - a avaliação do processo ensino-aprendizagem desenvolvido pela escola na implantação das ações propostas e verificação dos resultados; IV- a definição de critérios para a revisão da avaliação quando necessário; V - a avaliação da prática docente enquanto motivação e produção de condições de apropriação do conhecimento, no que se refere à metodologia, aos conteúdos programáticos e a totalidade das atividades pedagógicas realizadas. Art. 33º O conselho de classe será composto: I - pelos professores da turma; II - pela direção do estabelecimento de ensino ou seu representante; III – pela equipe pedagógica da escola; IV – pelo Diretor de Ensino da Secretaria Municipal de Educação ou seu representante. Parágrafo único: O projeto político pedagógico estabelecerá a forma de funcionamento do conselho de classe e a participação ou não de discentes. Art. 34º O conselho de classe reunir-se-á, ordinariamente por turma, nos períodos que antecedem ao registro definitivo do aproveitamento dos alunos nos processos de apropriação de conhecimento e será proponente das ações que visem à melhoria da aprendizagem. Art. 35º O conselho de classe poderá reunir-se extraordinariamente, convocado pela direção do estabelecimento de ensino e com no mínimo 1/3 (um terço) dos professores do conselho de classeda turma. Capitulo VII Do Serviço de Docência Art. 36º Os serviços de docência e apoio pedagógico dos estabelecimentos de ensino integrantes do sistema municipal de educação tem por finalidade garantir a ação educativa de forma harmoniosa, mediante os seguintes serviços: I - da docência; II - da orientação educacional; III – da supervisão escolar; IV - da administração. Art. 37º A direção dos estabelecimentos de ensino será exercida por funcionários do grupo docente ou do grupo de apoio pedagógico efetivos na rede municipal de ensino com habilitação em cursos de licenciatura e com no mínimo dois anos de efetivo trabalho em escola da rede municipal. Capítulo VII Das Disposições Finais Art. 38º Os estabelecimentos municipais de ensino terão prazo de 60 (sessenta) dias, após a publicação desta resolução para adaptarem seus estatutos, regimentos escolares e projeto político pedagógico a presente norma. Art. 39º Ficam automaticamente ajustadas, quanto à nomenclatura, as disposições de legislação anterior à vigência da presente resolução, estabelecendo-se o seguinte: I - Cabe a Secretaria Municipal de Educação fixar as normas específicas para regulamentação da matrícula, assegurada às peculiaridades do sistema municipal de educação e das unidades escolares. II - As normas e exigências complementares para o cumprimento das condições previstas serão Publicações Legais 13Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015
  14. 14. 14 Correio do Sul Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 Publicações Legais expedidas pelo Conselho Municipal de Educação. Art. 40º Faz parte dessa resolução no anexo I a matriz curricular do 1º ao 9º ano. Art. 41º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, e revogam-se na íntegra a resolução nº 01 de 05 de julho de 2007, a resolução nº 02 de 13 de março de 2008 e a resolução nº 06 de 16 de abril de 2012. Balneário Gaivota, 27 de outubro de 2015. Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal Rosinéa Alves Ferreira Secretária Municipal de Educação Presidente e Membros do Conselho Municipal de Educação. Conselho Municipal de Educação de Balneário Gaivota Resolução nº 11/2015 Fixa a diretriz curricular mínima obrigatória para os Centros de Educação Infantil da rede municipal de Balneário Gaivota a partir do ano de 2016. O presidente do Conselho Municipal de Educação do município de Balneário Gaivota, no uso de suas atribuições, considerando o disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/96, na Lei nº 484/06 que dispõe sobre o sistema municipal de ensino de Balneário Gaivota e em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil; Resolve: Art. 1º - A Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, terá como diretriz curricular os seguintes princípios: a) Éticos: da autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum, ao meio ambiente e às diferentes culturas, identidades e singularidades. b) Políticos: dos direitos de cidadania, do exercício da criticidade e do respeito à ordem democrática. c) Estéticos: da sensibilidade, da criatividade, da ludicu7idade e da liberdade de expressão nas diferentes manifestações artísticas e culturais. Art. 2º - As práticas pedagógicas que compõem a proposta curricular da educação Infantil devem ter como eixos norteadores as interações para garantir à criança acesso a processos de apropriação, renovação e articulação de conhecimentos e aprendizagens de diferentes linguagens, assim como direito à proteção, à saúde, à liberdade, à confiança, ao respeito, à dignidade, à brincadeira e a convivência com outras crianças. As práticas e experiências pedagógicas devem ser desenvolvidas pelo professor pedagogo, por auxiliar de ensino ou por professores específicos de áreas como o de educação física e de arte do berçário ao pré-escolar. Art. 3º - Contemplar o cuidado na esfera nos Centros de Educação Infantil significa compreendê-lo como parte integrante da educação, embora possa exigir conhecimentos, habilidades e instrumentos que extrapolam a dimensão pedagógica. Cuidar de uma criança em contexto educativo demanda integração de vários campos de conhecimentos e a cooperação de profissionais de diferentes áreas. Art. 4º - Os eixos norteadores devem: a) promover o conhecimento de si e do mundo por meio da ampliação de experiências sensoriais, expressivas, corporais que possibilitem movimentação ampla, expressão da individualidade e respeito pelos ritmos e desejos da criança. b) favorecer a imersão das crianças nas diferentes linguagens e o progressivo domínio por elas de vários gêneros e formas de expressão: gestual, verbal, plástica, dramática e musical; c) possibilitar às crianças experiências de narrativas, de apreciação e integração com a linguagem oral e escrita, e convívio com diferentes suportes e gêneros textuais orais e escritos; d) recriar, em contextos significativos para as crianças, relações quantitativas, medidas, formas e orientações espaço temporais; e) ampliar a confiança e a participação das crianças nas atividades individuais e coletivas; f) possibilitar situações de aprendizagem medidas para a elaboração da autonomia das crianças nas ações de cuidado pessoal, auto-organização, saúde e bem-estar; g) possibilitar vivências éticas e estéticas com outras crianças e grupos culturais, que alarguem seus padrões de referência e de diálogo e conhecimento da diversidade; h) incentivar a curiosidade, a exploração, o encantamento, o questionamento, a indagação e o conhecimento das crianças em relação ao mundo físico e social, ao tempo e à natureza; i) promover o relacionamento e a interação das crianças com diversas manifestações artísticas: música, artes plásticas e gráficas, cinema, fotografia, dança, teatro, poesia e literatura; j) promover a interação, o cuidado, a preservação e o conhecimento da biodiversidade e da sustentabilidade da vida na Terra, assim como o não desperdício dos recursos naturais; k) propiciar a integração e o conhecimento pelas crianças das manifestações artísticas e tradições culturais brasileiras; l) possibilitar a utilização de recursos tecnológicos e midiáticos. Art. 5º - Na observância das diretrizes, a proposta pedagógica do ensino infantil deve garantir que 1 Anexo I Matriz Curricular Séries iniciais – 1º ao 5º ano Língua Portuguesa 05 horas/aula (professor pedagogo) Matemática 05 horas/aula (professor pedagogo) Ciências 02 horas/aula (professor pedagogo) História 02 horas/aula (professor pedagogo) Geografia 02 horas/aula (professor pedagogo) Ensino Religioso 01 hora/aula (professor área específica) Educação Física 03 horas/aula (professor área específica) Arte 03 horas/aula (professor área específica) Língua Inglesa 02 horas/aula (professor área específica) Séries finais – 6º ao 9º ano Língua Portuguesa 04 horas/aula Matemática 04 horas/aula Ciências 03 horas/aula História 03 horas/aula Geografia 03 horas/aula Educação Física 03 horas/aula Arte 02 horas/aula Língua Inglesa 02 horas/aula Ensino Religioso 01 hora/aula Educação Ambiental 01 hora/aula ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA elas cumpram plenamente sua função sociopolítica e pedagógica. Art. 6º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação. Balneário Gaivota, 27 de outubro de 2015. Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal Rosinéa Alves Ferreira Secretária Municipal de Educação Presidente e Membros do Conselho Municipal de Educação. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO Aviso de Licitação - Modalidade de Leilão Processo de Licitação nº 64/2015 – LEILÃO nº 64/2015 – Tipo Melhor Preço Ofertado. Objeto: Alienação bens móveis (1 ônibus Scania e 1 automóvel Toyota Corolla) inservíveis a Administração Publica. Abertura da Sessão para entrega de documentos e em seguida abertura para lances: a partir das 9 horas do dia 23/11/2015. Informações e cópia do edital: departamento de compras e licitações da Prefeitura de Turvo, Rua Nereu Ramos, 609, Centro, Turvo/SC, das 7h30min as 11h30min e das 13h30min as 17 horas em dias úteis. Fone (48) 3525-8100, fax (48) 3525-0186. Turvo /SC, 4 de novembro de 2015. Bernardete Biz Souza Leiloeira EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINARIA SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DO VALE DO ARARANGUÁ e a FEDERAÇÃO DO COMERCIO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, pelo que determina o artigo 612 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e do TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA no. 041/02 de 20 de fevereiro de 2002 do Ministério Público do Trabalho CONVOCAM as empresas da categoria econômica do COMÉRCIO dos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Sombrio, Timbé do Sul e Turvo, para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA que será realizada na Av. Getulio Vargas, 352 – sala 30 – Sede do SindilojasAraranguá - centro –Araranguá/SC, dia 10 de novembro de 2015 (terça-feira) às 18h00min em primeira chamada, com o número legal de participantes e às 18h30min em segunda e última chamada, com o quorum presente, para á seguinte ordem do dia: (1) Outorga de poderes ao SINDICATO e a FEDERAÇÃO para deliberar e celebrar Convenção Coletiva de Trabalho que regulamentará a JORNADADE TRABALHO durante o período do HORARIO ESPECIAL DO NATAL 2015. Araranguá, 05 de novembro de 2015. JADNA ZENILDA FARIAS PRESIDENTE ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE PRAIA GRANDE Aviso de Licitação Processo Adm. N. 14/2015 Edital: Pregão Presencial n. 04/2015 Tipo: Menor Preço Por Item Objeto: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE CENTRAL DE PRAIA GRANDE, de acordo com anexos a este edital. Entrega dos Envelopes:14:00 horas do dia 20 de Novembro de 2015. Abertura dos Envelopes:14:00 horas do dia 20 de Novembro de 2015. O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário: Rua Irineu Bornhausen, 320, nos dias úteis, de segunda à sexta, das 13:00 às 19:00 ou pelo telefone 048 3532-0132. Praia Grande-SC, 03 de Novembro de 2015. Valcir Daros Prefeito Municipal
  15. 15. Campeõesdofutsal serãoconhecidosnasexta > araranguá Após um mês de meio de disputas emocionantes,chegaaofim o Campeonato Municipal de Futsal de Araranguá – TaçaProdapys2015.Nesta sexta-feira, dia 6, as aten- ções esportivas do municí- pio estarão voltadas para o Ginásio de Esportes Padre Ézio Julli, local de todas as partidas disputadas ao longo do campeonato e que de lá sairão os campeões de seis categorias.As finais iniciam às 18 horas. Na categoria sub09, disputamotituloasequipes Bola Pra Cima e Sementi- nhas; no sub11 também se enfrentamBolaPraCimae Sementinhas; no feminino Quinta-feira, 5 de novembro de 2015 ³ 08-15-20-24-47CONCURSO 3.925 QUINA 04/11 ³ 1º 95561 300.000,00 ³ 2º 46323 18.600,00 ³ 3º 46446 18.300,00 ³ 4º 76876 18.000,00 ³ 5º 55076 17.067,00 CONCURSO 5.020 Destino Bilhete Valor do Prêmio (R$) LOTERIA FEDERAL 04/11 ³ 13-25-28-37-43-56 CONCURSO 1.757 MEGA SENA 04/11 Na categoria masculino livre, a principal do campeonato araranguaense, a final será entre Inter/Fátima Esportes e Boleiros/Funerária Santa Terezinha o duelo será entre Black White e Ararasport. Na categoriamasculinolivre,a principaldaTaçaProdapys, sairáocampeãodapartida entre Inter/Fátima Espor- tes e Boleiros/Funerária Santa Terezinha. Nanoitedeterça-feira, 3,foramconhecidososfina- listas das categorias sub13 esub15.Naprimeirasemi- finaldanoite,aequipeBola Pra Cima goleou Urussan- guinha por 9 a 0, e fará a final da categoria sub13 com a garotada do Lagoão, que venceu o Grêmio Fron- teira pelo placar de 7 a 5. E na categoria sub15, Megga Center venceu por 9 a 0 o Lagoão, e enfrentará na de- cisãoaequipeSementinhas/ Hiper Escola, vencedora do confronto com o Grêmio Fronteira por 3 a 2. “Está chegando o gran- de dia. Todas as equipe da Taça Prodapys demonstra- ramgrandeespíritoesporti- voaolongodocampeonato. Asfinaisirãocoroarogran- de espetáculo que foi este período de competição”, destaca o subsecretário municipaldeEsportes,Lu- ciano Pires ao acrescentar que espera novamente um público em bom número como vinha ocorrendo du- rante os jogos. A Taça Pro- dapys é uma realização da Prefeitura de Araranguá, por meio da Subsecretaria Municipal de Esportes. Preparaçãopara oJogosEscolares > arroio do Silva Jovensatletassepre- param para participar da 45ª edição dos Jogos Escolares da Região do Vale do Araranguá (Jer- va).Acompetição escolar acontece neste mês de novembro e as equipes estão empenhadas nos treinos. Neste último fim de semana foi realizado um amistoso de vôlei entre as equipes (masculino e feminino) de Balneário Arroio do Silva e Som- brio.Ojogodeintegração foi realizado no Arroio e contou com a participa- ção de dezenas de jovens atletas, profissionais de educação física, além da presença do prefeito Evandro Scaini e do di- retordeesportes,Cleber- son Vieira (Chico), que acompanhouoamistoso. EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DAROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 140081; Devedor(es): EDVALDO BORGES BALTAZAR - 035.670.819-50, End: Rua José de Oliveira Borges, 66, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: BRENO MATERIAIS CONSTRUÇÃO E CIA LTDA; Sac: BRENO MATERIAIS CONSTRUÇÃO E CIA LTDA; Tit: 900 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 30/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 500,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 71,89. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 15,94 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 71,89. Prot: 140324; Devedor(es): JAQUELINE FERREIRA BORGES - 083.359.499-05, End: rua João jose Coelho, sn, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LICO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA ME; Sac: LICO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDAME; Tit:A-018272 ;Apr: CAIXAECONÔMICA FEDERAL; VEN: 20/10/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 435,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 140392; Devedor(es): JOAO PEREIRAROCHO - 288.800.729- 00, End: Rua ZeferinoAlves, 217, Sombrio;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LAJOSUL MATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Sac: LAJOSUL MATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Tit: 56732 ; Apr: FCDL; VEN: 20/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 524,31 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 140227; Devedor(es): MARIA HELENA FERNANDES DOS SANTOS - 063.697.629-70, End: Av. Prefeito José João Scheffer, 492, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 7819 ; Apr: FCDL; VEN: 06/08/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 850,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 140319; Devedor(es): ROSIMERE DA ROSA MARCELINO RODRIGUES - 040.286.479-40, End: Rod. Manoel Januario Borges, 39, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: BRENO MATERIAISCONSTRUÇÃOECIALTDA; Sac:BRENOMATERIAIS CONSTRUÇÃO E CIA LTDA; Tit: 975 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 20/10/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 304,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 71,89. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 15,94 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 71,89. Prot: 140273; Devedor(es): VARGON PECAS SERV MEC LTDA - 01.687.799/0001-07, End: Rua Vereador Oscar Manoel Monteiro, 185, Sombrio;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SA; Sac: ROLICAMPOS ROLLT; Tit:781D;Apr:BANCOSANTANDERSA;VEN:25/10/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 390,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 05/11/2015. Sombrio - SC, 05/11/2015 - ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  16. 16. quinta-feira, 5 de novembro de 2015 sicoobsc.com.br Credija Um seguro de vida especial para a mulher em todos os momentos da vida. SICOOB SEGUROS VIDA MULHER Vida Mulher é um seguro para a associada com idade entre 18 e 65 anos que escolheu viver com tranquilidade agora e no futuro. Acesse o site www.sicoob.com.br para mais informações. Para contratar, procure sua cooperativa. Conheça o Sicoob Seguros Vida Mulher e todos os benefícios que ele oferece. ASSOCIADO AO SEU FUTURO. ASSOCIADO A VOCÊ. Ouvidoria08007250996

×