Jornal digital 4661_ter_05052015

247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4661_ter_05052015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.661 TERÇA-FEIRA, 5 DE MAIO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 21º 15º Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Geral Corpoéencontrado norioMampituba Relembrefatosque marcaramaregião Passo de Torres CS 25 anos 3Página 4Página 5Página Coluna Rolando Christian Eleições Leodegarnãodescarta candidaturaaprefeito VENDEDORES Araranguá Afestadapadroeira emimagensdefé 15Página Projetoreúneescolae comunidadeemtornodamesa Sombrio 11Página
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Não há nenhum problema e tenho absoluta certeza que eu e Renan (presidente do Senado) caminharemos juntos. Eu, Renan, Cunha (presidente da Câmara), todos nós”. Ele disse: ‘ ‘Vice-presidente Michel Temer, pregando unidade dentre as lideranças do PMDB. PP de Sombrio apresenta novos filiados P artido Progressista de Sombrio efetivou no sábado a filiação de algumas lideranças que já haviam anunciado suas idas para o time do “11” em 2015. Tratam-se dos ex-vereadores Gilmar Beckhauser (ex-PMDB) e Lourival Raupp da Rosa (ex-PFL), além de Dilton Paulo Garcia e Antônio da Silva Baltazar. O ato contou com as presenças do presidente da sigla José Eraldo Soares, o Peri, do ex-prefeito Professor Jusa e do deputado estadual Zé Milton, que abonou as filiações. Antes do encontroemSombrio,odeputado já havia participado de eventos semelhantes em Timbé do Sul e Em suas passagens pela Capital do Estado, o verea- dor Nego Gomes (PMDB) e o presidente do Democratas de Sombrio, Janeo Margute, (48) 3522-3777 Praia Grande. “Estou muito feliz em ver o PP crescendo em toda a região e as pessoas reconhecendo um trabalho coletivo que viemos realizando em favor do nosso estado e do nosso município. Nós Os pedidos de Zé Milton! Depois de participar das homenagens a Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Araranguá, o deputado estadual José Milton Scheffer (PP) entrou em contato com a coluna no final da tarde de ontem para informar a pauta de reivindicações para o encontro que a bancada de deputado do Sul terá hoje com o governador Raimundo Colombo (PSD). Além de endossar os pedidos dos demais parlamentares, Zé Milton abordará os investimentos no setor de energia elétrica do extremo-sul, tanto na linha de transmissão para que a Ceprag possa efetivar sua subestação, atendendo melhor Praia Grande, São João do Sul e Passo de Torres, quanto na ampliação da oferta de energia para Jacinto Machado, através da Cejama. Os outros pedidos de Zé Milton serão para que o governador interceda na pavimentação da Serra do Faxinal, em Praia Grande, e busque recolocar a Barragem do Rio do Salto no rol das obras financiadas pelo PAC. O encontro da bancada com o governador está marcado para as 10 horas. temos uma história de trabalho e resultado para a nossa população. A vinda de cada um dos novos Emenda para o esporte Posse Com a licença do vereador Adair Jordão (PT), o suplente de vereador Márcio Honório (PRB) assume por 30 dias uma vaga na Câmara de Araranguá. Os legisladores estiveram reunidos com o presidente Rony da Silva (PMDB), acertando os detalhes para a posse. A primeira sessão do mês de maio será realizada amanhã, as 19h. filiados é fruto dessa semente que plantamos. Trabalho este, com o objetivo de garantir um futuro melhor para nós e nossos filhos”, discursou o parlamentar. A prin- cípio, os novos filiados chegam parasomar,semoobjetivodecon- correr a cargos eletivos em 2016. fizeram um pedido especial ao deputado estadual Narcizo Parisotto (DEM). A foto regis- tra o momento da entrega do ofício, solicitando uma emenda no valor de R$ 200 mil para a construção do campo de fute- bol do bairro São Luiz. Nego e Janeo são incentivadores do esporte municipal.
  3. 3. feitura de Passo gastou R$ 150 mil. “O contrato deve ser renovado para a con- tinuidade deste processo. Estasemanaoproprietário damáquinadeveviraquie vamosconversarsobreisso. Um fato é concreto: a atual administração não vai dei- xar de dragar a barra, pois a necessidade é grande”, avalia o secretário de Meio Ambiente da prefeitura de Passo de Torres Tiago Zacca. A draga vinda de Navegantes tem capaci- dade de 70 metros cúbicos por sucção, cerca de oito toneladas de areia por dia. O material é utilizado na construção civil. “Tenho uma redinha e dependo deste local para sustentaraminhafamília. Do jeito que está, mal con- sigo pescar para comer”, reclama o pescador arte- sanal João Souza Freitas. Desde 2004 não era reali- zado este tipo de trabalho no canal da barra, sendo retomado somente no ano passado. Geral 3Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 fica bastante raso nas proximidades da barra e afasta muitas espécies de peixe.Paraminimizaresta situação é necessário dra- garocanaltodososanos.É um trabalho árduo e caro. A prefeitura de Torres não é parceira na realização da dragagem que está sendo feita exclusivamente pela administração municipal de Passo de Torres, depois deárduabatalhadoprefei- toJuarezGodinhoScheffer. De abril a dezembro de 2014, a draga da em- presa GSG, do município de Navegantes, realizou a extraçãodeareiaefacilitou por um período a vida do pescador e das embarca- ções.Duranteatemporada de verão, quando Passo e Torres somam mais de 200 mil habitantes - 80% turistas - e seria necessá- rio a mudança do sistema de sucção de eletrônico para manual, a dragagem parou. Somentenoperíodoem que estava na barra, a pre- > PASSO DE TORRES Um drama de mui- tosanosnaregião é a falta de dragagem na barra do rio Mampitu- ba, na divisa de Passo de Torres com Torres/RS. O local é utilizado por cerca de 50 barcos pesqueiros industriais das duas cida- des e outras dezenas de embarcações menores pra- ticamente todos os dias. O movimentoeaimportância da barra aumentam neste período, quando a partir do dia 15 começa a safra da tainha. No entanto, o risco de encalhar é muito grande, principalmente quando o mestre de bordo é de fora e não conhece os molhes. Além disso, os pescadores amadores de tarrafas e varas reclamam que falta peixe. A cada puxada da tar- rafa uma decepção. Em dias de maré baixa, o rio ³Um dos barcos encalhados ao se aproximar de Passo, um município pesqueiro Prefeitura tenta continuar trabalho no rio Mampituba e espera conversar com proprietário da draga especial esta semana Rafael Andrade Rafael Andrade Da redação Dragagemdabarracontinuaparada Expectativa CorpoéencontradonorioMampituba Inauguraçõescomemoramaniversário > PASSO DE TORRES Pescadores avistaram um corpo boiando no rio Mampituba na manhã de ontem, por volta das 9h30min, próximo à mar- gem de Passo de Torres, no bairroAltoFeliz,bemperto de um estaleiro. A Polícia Militar foi acionada e pou- cosminutosdepoisagentes da Polícia Civil também estiveram no local e já ini- ciaram as investigações. A equipe do Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá recolheu o homem, que estava de camiseta e ber- muda e não portava docu- mentos.Cercadeumahora depoisfoiidentificadocomo > MARACAJÁ AcomunidadedeEspi- gão Grande, em Maracajá, recebe oficialmente, nesta quarta-feira, a quadra po- liesportiva coberta Hercílio José de Souza. A obra vai beneficiar cerca de 300 alunosdaE.E.B.M.Eulália Oliveira de Bem, que já podem contar com o novo espaço para as ativida- des esportivas e eventos. A inauguraçãocontarácoma presença de autoridades e teráapresentaçãodedança dos alunos e abertura dos jogosintersalas. Orecurso total para a obra é de cerca de R$ 550 mil, em parceria com o governo federal. Douglas da Silva, natural de Caxias do Sul/RS. Familiares foram con- tatados e alegaram que a vítima estava na região pas- sando uma temporada. O delegadoLuizVanderleiSala comanda a investigação que vai apurar a causa da mor- te. A informação depende do laudo do médico legista, que deve sair nos próximos dias, para delinear o inqué- rito,instauradoaindaontem. Inicialmente, existem três hipóteses: homicídio, afoga- mentoouachamada‘desova’ na linguagem policial, que significa abandonar ou jogar ocorpoemumlocaldiferente do ponto onde suspostamen- te teria sido assassinado. Não há informações de que Douglas tivesse participação Segundo o prefeito Wag- ner da Rosa, o novo espaço servirá para o desenvolvi- mento de habilidades, incen- tivoàintegraçãoeaoconvívio social por meio de práticas desportivas, pedagógicas e culturaisealémdisso,aqua- draeraumareivindicaçãode anosdaunidadeeducacional. Onomedadoàquadraéuma homenagem ao um membro ativo da comunidade, seu Hercílio. Desde a época em que Espigão Grande era vinculado ao Encruzo, Her- cílio sempre exerceu papel de liderança, participando de inúmeras conquistas na comunidade, como a cons- trução do salão e da igreja católica. Também foi um dos sócios-fundadoresdoSindica- to dos Trabalhadores Rurais no tráfico de drogas, pas- sagens policiais ou teria algum desafeto na região. A Polícia Civil de Caxias poderáapoiaraequipelocal no repasse de informações. Caso seja confirmado um possível homicídio, se- riaoprimeiroregistradodo ano em Passo, uma das ci- dades que apresenta o me- noríndicedecriminalidade noextremosulcatarinense. Familiaresdorapazchega- ramaoIMLararanguaense quase no fim da tarde de ontem e não quiseram se pronunciar sobre a morte. O caso segue um mistério. OsepultamentodeDouglas ocorrerá em Veranópolis, na serra gaúcha, onde ele tinha muitos amigos e boa parte da família. de Maracajá, lutando ao lado da respectiva classe na reivindicação de seus direitos. Já na quinta, serão inauguradas a pavimen- tação, drenagem e calçada nas ruas José Antônio Fa- rias,LindorvinaMargarida Feliciano, Pedro Teixeira e JoséMarques.Aspavimen- tações foram executadas com recursos do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) e irão promover aqualidadedevidadosmo- radores e melhorar as con- dições de tráfego nas vias. Já a drenagem pluvial vai evitar o acúmulo de água, favorecendo o escoamento. Asinauguraçõesfazem partedaprogramaçãode48 anos do município.
  4. 4. 4 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Para lembrar.... OquefoinotícianoCorreio doSulnosúltimos25anos FoiManchete Marco Antônio Búrigo é dessas pessoas que acre- ditam que quem critica tem obrigação também de apresentar soluções. Daí surgiu a idéia de desenvolver o projeto Natal Verão em Araranguá. Sua idéia logo ganhou adesões e um grupo de amigos sem qual- quer ligação com instituições e/ou partidos políticos resolveu apostar no projeto...O orçamento estimado é de R$ 45 mil. Mais quatro auto-escolas de Araranguá tiveram as atividades suspensas por determinação da equi- pe que apura as denúncias de irregularidades na concessão de carteiras de habilitação...Está sendo investigado o caso do senhor analfabeto que diz que pagou R$ 200,00 pela carteira e que só fez exame de visão. A Corregedoria de Justiça já constatou irregula- ridades na emissão de 250 carteiras de habilitação liberadas pela Ciretran de Araranguá apenas no mês de outubro de 98. Uma cena no mínimo estranha aconteceu na ma- nhã de ontem na Câmara de Vereadores de Sombrio. AS 8h20min o vereador Jair de Souza Cândido, o Pingo (PFL) entrou para trabalhar nas funções de presiden- te. Pouco mais tarde a vereadora Alzira Ramos de Souza (PSDB) chegou com o mesmo objetivo. Alzira, no entanto, não pode entrar na sala da presidência, pois Pingo havia trocado a fechadura e estava com a chave. Alzira pediu que um funcionário imprimisse a palavra ‘Presidência’ e colocasse na porta da sala que estava usando. A Unesc está elaborando um projeto para trans- formar uma área de 104 hectares de mata nativa e restinga, em Maracajá, em um parque ecológico. Desde 1990 a área é de utilidade pública, parte já pertencente a prefeitura e parte em negociação, como informa o prefeito Antenor Rocha, o Tata (PPB). (….)O local priorizará as trilhas ecológicas e os espa- ços de lazer, e o prefeito também pretende incluir no projeto um galpão do produtor rural. Um sucesso. Essa é a avaliação do presidente do Lions Clube de Meleiro Domingos Salvaro, sobre a campanha que o clube está realizando para auxiliar o hospital do município e a Apae. A campanha Saco de Arroz está arrecadando doação de arroz junto aos produtores. O produto será vendido e o dinheiro entregue as duas entidades. As eleições do ano que vem serão totalmente informatizadas no Vale e nos próximos dias as co- marcas já devem receber algumas urnas eletrônicas para teste. Se chegarem a tempo, o juiz Alvaro Luiz Pereira de Andrade pretende colocá-las a disposição do público no rodeio do CTG Galpão de Estância. Faltam poucos dias para a vida de Valdinei Co- lares Cardoso, de 22 anos, mudar drasticamente. Morador de Santa Rosa do Sul, ele sofre de insufici- ência renal e faz hemodiálise três vezes por semana. A cirurgia de transplante que pode livrá-lo deste mal está marcada para o dia 13 de abril. A doadora de um rim é uma tia de 51 anos, moradora de Sombrio. Odete dos Santos Cardoso já fez todos os exames e é compatível com o sobrinho. Natal Verão Escândalo das CNHs Confusão na Câmara Parque Ecológico Lions de Meleiro Urnas eletrônicas Tia doa rim
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Leodegar admite ser candidato em Sombrio Projeto pesquisa energia Alternativas E x-deputado federal Leodegar da Cunha Tiscoski (PP), admitiu a possibilidade de ser candidato a prefeitodeSombrioanoquevem. A pretensão, no entanto, não faz parte de seus planos.Dedicadoàiniciativaprivadadesdeque deixou a Secretaria Nacional da Mobilidade Urbana, órgão vinculado ao Ministério das Ci- dades,Leodegardizqueapolíticapartidárianão éprioridadenestemomento.“Tenhovistomeu nome ser citado entre os possíveis candidatos a prefeito de Sombrio, mas não fui contatado internamenteemnenhummomentoparafalar sobre o assunto. Ainda que fosse, acho cedo para discutir esta possibilidade”, comenta o ex- -deputado, ressaltando que o foco do PP, neste momento, deve ser as convenções municipais e a estadual. Para Leodegar, qualquer conversa neste sentido deve ser iniciada “só mais para o fim do ano”. Questionado sobre a possibilidade de discutir seriamente sua possível candidatura a prefeito,Leodegaréenfático:“Empolíticatudoé possível.Sehouverumaconvergênciadoparti- doeumalinhamentodefatores,porquênão?”. Filho do ex-prefeito José Tiscoski (UDN), e tio do também ex-prefeito Jusa Tiscoski da Silva (PP), Leodegar Tiscoski sempre teve seu nome ventilado para uma disputa municipal em Sombrio. Nos últimos 30 anos, no entanto, esteveligadodiretamenteadisputasestaduais, e a cargos públicos ligados ou ao Governo do Estado,ouaoGovernoFederal.Porcontadistoa possibilidadedeumadisputamunicipalsempre foidescartada.Ocenárioagoraédiferente.Além denãoestarexercendocargoeletivo,Leodegar tambémnãotemexpectativasacurtoprazode voltar a atuar dentro da esfera governamental, nem em nível estadual, nem nacional. Afora isto,adisputadaprefeiturapoderialheservirde palco para o retorno a voos maiores na política eleitoral. > PRAIA GRANDE Na semana passada, reuniram-se no Centro de Informações Turísticas de Praia Grande, empresá- rios, funcionários públicos e representantes da so- ciedade para a primeira Município discute Plano Diretor audiência pública com o objetivo de tratar da revi- são e atualização do Plano Diretor do município. O prefeito Valcir Da- ros fez a abertura da reu- nião falando da importân- cia da atualização da le- gislação que rege diversos assuntos da vida da cida- de, como a definição das áreas residenciais e in- dustriais,criadanaadmi- nistração do prefeito João José de Matos em 1985. Apresentou a arquiteta Claudia Damásio da em- presa Latus Consultoria, Pesquisa e Assessoria de projetos, que explanou os vários pontos referentes ao tema, cronograma de trabalho, atualização da legislação tributária e Código Ambiental. A primeira audiên- cia foi considerada um sucesso, contando com a participação da popula- ção praiagrandense que discutiu e sugeriu formas para a elaboração deste projeto. Da redação > ARROIO DO SILVA Um projeto de pesquisa sobre energias alternativas está sendo desenvolvido Em Balneário Arroio do Silva pela professora do curso de engenharia de energia da UFSC,Dra.CarladeAbreu D’Aquino, e as acadêmicas ³Projeto vai mostrar formas alternativas de produzir energia elétrica no município ³Arquiteta explicou processo para criação do plano Nágila Lucietti Schmidt e Raffaela Zandomenego. Após alguns meses de es- tudo, a comunidade poderá conhecer um pouco sobre o potencialenergéticodomu- nicípionapalestraqueserá realizada na quinta-feira, às 19 horas, na Câmara de Vereadores. O projeto tem como ob- jetivo estudar e desenvol- ver o potencial energético na plataforma de pesca, com o intuito de converter a energia das ondas em energia elétrica. O tema proposto pelo projeto e as informações serão apre- sentadas e toda a comu- nidade está convidada a participar. O estudo está sendo realizado pela UFSC e tem o apoio da prefeitura e a Plataforma de Pesca. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Articulado Empresário Carlo Alano, que assumiu recentementeapresidênciadoPMDBdeSom- brio, tem se dedicado também a articulação políticadogovernodoprefeitoZênioCardoso (PMDB).Emprincípiotemconseguidoaparar váriasarestasqueaindaestavamremanescen- tesdentrodaadministração.Temfeitoumbom trabalhotambémnoquedizrespeitoaorelacio- namentoentreexecutivoelegislativo.Aolado do Secretário do Desenvolvimento Regional, Ademir da Silva, o Dema, Carlo Alano é um dos nomes fortes do partido para uma futura disputamunicipal.EgressodoantigoPFL,tem a vantagem de ter um bom trânsito dentro do grupopolítico,capitaneadopeloPP,queseopõe aoprefeitoZênio.Comisto,ampliaseucampo de atuação em um embate. Consenso PSDBdeMaracajádeveráelegerseunovo comando através de uma chapa consensual, na convenção que acontece no próximo dia 16.Oatualpresidente,OdilonMota,passaráa presidênciaparaovereadorPrezalinoRamos Neto, o Preto, que já chegou a assumir o exe- cutivo interinamente, e também disputou a prefeituranaeleiçãocomplementarde2010, realizadaemvirtudedoafastamentodoentão prefeito Antônio Carlos Oliveira, o Cacaio (PP). No que diz respeito a 2016, permanece a incógnita tucana sobre que rumo tomar no município. Aliado do PP em 2012, o partido hoje está mais próximo do PMDB do prefeito Wagner da Rosa. A condição do PSDB para qualquer coligação passa pela participação do partido na chapa majoritária. Para se aliar aoPMDB,portanto,oPT,atualvice,teriaque ficar fora da próxima dobradinha, cedendo espaçoaostucanos.Paraleloaisto,oPTnutre vontadedeencabeçarumachapamajoritária. Se batendo PT regional tem fomentado os ânimos de suas principais lideranças através de um desafio:disputaramaiorquantidadedecargos eletivos no pleito municipal do ano que vem. O que pode parecer uma contradição, afinal o PTdeveráenfrentarseupiormomentopolítico justamente na próxima eleição, na verdade trata-sedeumultimatodiantedarealpossibi- lidade da sigla minguar definitivamente, caso nãodêacaraatapa.Emnossaregiãooobjetivo é lançar a maior quantidade possível de can- didatos a prefeito, vice e vereador, de modo a superar até mesmo o número de postulantes já lançados no passado. Mesmo sabedora que as urnas lhe deverão ser ingratas em 2016, a siglavailutarparaqueosdemaispartidosnão façam a festa sozinhos ano que vem. Esmorecendo Nãodáparasaberaocertoaindaseépor estratégia,ouporfaltadeforçainterna,maso fatoéqueogrupopolíticoligadoaodeputado estadual Manoel Mota está cada vez menos arredioaopresidentedoPMDBararanguaense, AnísioPrêmoli,easeucompanheirodejornada política, o empresário César Cesa. Seria estra- tégia se o grupo de Mota estiver planejando tomar o partido de assalto na convenção que deverá ser realizada no segundo semestre. MantendoumaaparenteharmoniacomAnísio e César, os até então descontentes estariam tentando neutralizá-los diante de um futuro embateinterno.Oobjetivoseriaderrubá-losno contrapé. Pelo andar da carruagem, porém, a hipótesemaisprováveléadefaltadeforçapara derrubar a dupla, o que, fatalmente, também causaria um prejuízo político bastante grande ao PMDB da Cidade das Avenidas. Com isto, se fortalece a tese de candidatura própria em 2016.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Outras tiveram que ser construídas depois de duas enxurradas já registradas este ano no município ³Prefeito e secretário vistoriam melhoria de ponte Comunidades têm pontes reformadas Acessos > TIMBÉ DO SUL Localizado ao ‘pé da serra’,TimbédoSul possui histórico de fortes chuvas que provocam en- chentes e enxurradas, além de ser cortado por diversos rios.Daíagrandenecessida- dedeconstruiremanterem boascondiçõesaspontesque dão viabilidade de tráfego aos cidadãos. O mau tempo que atin- giu o município em feve- reiro trouxe prejuízos que a prefeitura agora tenta recuperar. A Secretaria de Obras iniciou a construção e recuperação das pontes. Asnovasforamconstruídas nas comunidades de Vila Nova, Figueira Bordignon, Molha Coco e Rio Do Norte. Necessitaram de recupera- ção em vigas e a parte su- perior duas pontes em Vila Nova, duas na localidade de FigueiraAléssio, uma no bairro Nossa Senhora das Graças, uma na Rocinha, outra na Serra Velha, mais uma no Rio do Salto e uma em Rio do Norte. “Fomos atingidos por duas enxur- radas em menos de um mês. As pontes de Rocinha e Serra Velha foram recu- peradas duas vezes em 15 dias”, comentou o prefeito Eclair Alves Coelho. A preocupação da pre- feituraeragarantiroacesso de moradores e visitantes. “Realizamososreparoscom recursos da próprios. As famíliasnãopoderiamficar ilhadas, pois precisam se locomover aos outros locais e há escoamento de produ- ção”, explicou o prefeito. Para que as pontes sejam mais resistentes, município e Defesa Civil vão construir duas cabecei- rasdeconcretoeumaponte de transposição sobre o rio Fortuna, na comunidade de Figueira Bordignon e no rio Sanga Aléssio, na loca- lidade de Figueira Aléssio. “Temos bastante serviço a todo o momento, mas após concluído vemos que as pessoasqueprecisamdesta passagemficamsatisfeitas. É um retorno positivo”, de- clarouosecretáriodeObras Edualdo Serafin. PeloEstado Antes mesmo dos presidentes estaduais de PSB e PPS, Paulo Bornhausen e Car- men Zanotto, conversarem sobre a fusão das duas siglas no plano estadual, pode- se projetar o nascimento de um partido mais robusto em Santa Catarina, caso não existam defecções: quatro prefeitos, 16 vices, 82 vereadores, três deputados estad- uais e uma deputada federal. Com sete senadores, o projeto nacional é bem maior, já que o bloco, onde também devem estar PV e SD, deverá contar com 67 cadeiras, na Câmara dos Deputados, só abaixo dos 69 parlamentares da bancada do PT. Na opinião da secretária Angela Albino (Assistência Social, Trabalho e Habita- ção), aumentou a responsabilidade da pasta com a divulgação do Atlas de Ex- clusão Social que coloca Santa Catarina com os melhores índices de educação, se- gurança e distribuição de renda, um dos mais igualitários do país. Considera que os números reforçam os desafios de diminuir as desigualdades regionais ain- da existentes no Oeste e na Serra Catari- nense. Devidamente instalado no gabinete da presidência na Eletrosul, o engenheiro ca- tarinense Márcio Zimmermann aguarda tão somente o retorno do ministro Eduar- do Braga dos Estados Unidos, provavel- mente amanhã, para marcar a data da transmissão de cargo das mãos do petista Eurides Mescolotto. Solução técnica abençoada pela presidente Dilma Rous- seff, com quem trabalhou no Ministério das Minas e Energia, Zimmermann, fun- cionário de carreira da Eletrosul há 35 anos, não esconde três satisfações: re- tornar ao Estado para ficar ao lado da fa- mília, elogiar o desempenho da empresa que comanda e de ser o primeiro enge- nheiro do grupo Eletrobras a chegar à condição de ministro. Roberto Azevedo Florianópolis - 05Abr15 O recurso questionável E m 2013, muito antes das manifestações de junho que se espalharam pelo país sem um foco definido, coube ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deflagrar a antecipação do debate sobre a eleição que ocorreria um ano de- pois.A tática, que foi vitoriosa, embora o resultado apertadíssimo, certamente em função dos muitos escândalos que vieram a público, tinha o objetivo de provar que a oposição não tinha um líder nem estava unida em torno de um projeto capaz de comprometer a reeleição de uma já desgastada Dilma Rousseff (PT). O mesmo recurso questionável começa a ganhar corpo em Santa Catarina di- ante de uma injustificável antecipação da eleição de 2018. Certamente porque um dos protagonistas das últimas oito eleições ao governo, o PMDB – há 13 anos no poder -, não esteja apaziguado internamente e também não tenha, além do nome emblemático do senador Luiz Henrique ou da possibilidade do cresci- mento do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, ora licenciado, alguém que incorpore tamanha liderança em meio à dúvida sobre os papeis do deputado federal Mauro Mariani, do senador Dário Berger ou do deputado estadual Valdir Cobalchini, atual presidente em exercício. A diferença, o PMDB não é oposição. Daí que as declarações acaloradas de Pinho Moreira, de que “não manda nada no governo”, motivadas pelo assassinato da médica Mirella Maccarini Pe- ruchi, em Criciúma, base eleitoral do vice, não tenham agradado o governador Raimundo Colombo (PSD), que pretende renunciar para deixar os peemedebis- tas no último ano de governo. Provocar a ira dos pessedistas e de Colombo faz parte da mesma tática de Lula, na versão catarinense, recheada por muitos de- scontentamentos internos e pela falta de cargos para indicar aliados. Porém, serve como elemento mobilizador da enorme militância e do exército de filiados do PMDB para marcharem mais fortes na eleição municipal que se avizinha, cujo resultado é fator decisivo para a escolha do próximo governador. Novainvestida A executiva do PMDB, reu- nida ontem, quer intensi- ficar ainda mais os eventos nas diversas regiões do Es- tado. A ofensiva, iniciada pelo Oeste e pelo Planalto Norte, pretende buscar mais filiações de olho em 2016. A ordem é trazer gente com voto para a sigla. SimoneSartori/Divulgação
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Sete Vidas -18h Alto Astral -19h Babilônia -21h L aura descobre que Úrsula não é sua mãe. Dirce vai jantar na casa de Afeganistão. Bia descobre que Israel está engor- dando para que ela acredite que ele está apaixonado por ela. Laura coloca Úrsula contra a parede e exige saber quem é sua mãe. Laura vai atrás da sua mãe verdadeira. Samantha, Adriana e Tina recebem uma visita inesperada. L ígia diz a Miguel para se afastar dela. Pedro fala para Taís que prefere continuar no Rio de Janeiro. Elisa tenta consolar Júlia. Eriberto reclama do comportamento de Marta, e ela reage com impaciência. Marlene briga com Bernardo por causa de Durval, mas se arrepende. Lígia afirma a Irene que não quer mais voltar com Miguel. Miguel confessa a Lauro que queria ficar com Lígia. Miguel visita Felipe antes de sua operação. Vicente não deixa Irene falar sobre Lígia. B eatriz e Inês discutem no hospital. Alice e Evandro pensam um no outro. Diogo e Regina especulam sobre quem matou Cristóvão. Celina se preocupa ao saber que Beatriz visitou Inês no hospital. Alice vai à casa de Murilo bus- car suas roupas e os dois se desentendem. Regina vai à casa de Beatriz e ela mente que Inês e Cristóvão eram amantes. Rapidinhas Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Oiníciodasemanaenalteceasquestõesmateriaiseemocio- nais, ariano. É um bom momento para constatar o que você construiu e o que é preciso desapegar. Manter e eliminar são desafios que estão presentes nesta Lua cheia, ariano. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Éhoradeperceberoqueaindadevesereliminadoetrans- formado,sagitariano.Digaadeusaopassadoepercebaos ensinamentosnelecontidos.Asquestõesligadasàsaúde eaotrabalhochegamaoápicenestemomento. Gêmeos 21/05 a 20/06 SaúdeetrabalhosãoostemasenfatizadosnaLuacheiade hoje.Éummomentodeimportantesreflexõesemocionais e espirituais, geminiano. É hora de mudar hábitos e de buscarumavidamaissaudáveleprofunda. Libra 21/09 a 20/10 A fase lunar cheia que ocorre nesse momento destaca as questões financeiras dos librianos . É um momento importanteparapercebernoquevocêvaiperseverareo queéprecisoeliminar.Parcerias,intimidade,sexualidade e finanças estão evidenciadas. Aquário 21/01 a 18/02 A Lua cheia evidencia a necessidade de um balanço maior entre as questões íntimas e profissionais. É um momento importante para perceber o que ainda falta modificar e desapegar. Reconheça a abundância e a prosperidade como energias presentes na sua vida. Touro 21/04 a 20/05 OSolemseusignoeaLuanosignooposto,caracterizauma fase lunar cheia. É um momento muito importante para as emoções, valores e relacionamentos taurinos. Cuidado com a teimosia e perceba o que precisa mudar em suas relações. Virgem 21/08a20/09 A Lua cheia representa o auge do atual processo dos virginianos. É um momento muito importante que en- fatiza estudos e reflexões sobre os seus ideais e valores. Capacidade de concretização de ideias e de projetos, virginiano. Capricórnio 21/12 a 20/01 Amor e amizade são os temas enfatizados na fase lunar cheia que ocorre agora. É um momento muito importante para perceber a sintonia emocional que estabelece com as pessoas. Questões ligadas à vida afetiva, grupos e empresas estão enfatizadas. Câncer 21/06 a 20/07 A Lua, astro regente canceriano, está agora na fase cheia. É um momento de intensidade emocional e de importantes questõesenvolvendooamoreaamizade.Projetoscriativos e questões afetivas estão enfatizadas neste momento. Escorpião 21/10 a 20/11 ÉemseusignoquetemoshojeaLuacheia,escorpiano. É um momento muito importante para suas emoções, relacionamentos e parcerias. Pratique o desapego e perceba no que precisa persistir. Peixes 19/02 a 20/03 Importantes lições emocionais e espirituais caracterizam a faselunarcheia.Omomentoatualchegaaoseuápiceemuitas questõesficamintensificadas.Éumperíodoimportantepara estudos,viagensedesenvolvimentoespiritualdospiscianos. Horóscopo Afaselunarcheiaenfatizaasquestõesligadasàvidafami- liareemocionaldosleoninos.Éumimportantemomento parabuscarumequilíbriomaiorentreasdemandaspes- soaiseprofissionais.Acontecimentosmuitosignificativos naesferadacarreira,dolaredafamília. Deborah Secco e Hugo Moura são pura alegria. Depois de emendar dois trabalhos, a atriz vai dar uma pausa na carreira para dar à luz e assumir o papel de mãe. Segundo publicado pelo Jornal Extra desta segunda-feira (4), os detalhes para a cerimônia dos pombinhos anda está em segundo plano já que a gravidez é o que estáocupandoacabeçadelaporenquanto. Em entrevista à revista Isto É Gente, a atriz contou que ainda não vai pensar sobre o assunto, apesar de eles terem trocado alianças de noivado. “Estou muito feliz, mas é cedo para falar qualquer coisa. Nós pensamos em casar, mas ainda estamos voltados para essa notícia, curtindo esse momento... Não estou pensando em mais nada, de verdade”, afirmou a atriz, depois de contar sobre os planos com o amado. Segundo publicou a coluna Retratos da Vida, eles vão subir ao altar numa Praia da Bahia, onde a família do surfista vive. Os pombinhos ainda fariam os convites na mesma empresa que Preta Gil e Rodrigo Godoy imprimiram os seus. Vale lembrar que os padrinhos do casamento de Preta receberam uma caixa com tela de led e tudo para anunciar o casamento.
  9. 9. ³ A talentosa Suzie Valerim Tiskoski está de aniversário amanhã. Na foto com o marido Russel e o neto Felipe. Parabéns!!! Social Tânia Duarte Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho BailedeDebutantes Municipal O ano de 2015 será marcado pela terceira edição do Baile de Debutan- tes Municipal Sonho de Menina. O evento social realizado em Balneário Arroio do Silva reúne garotas de 14 e 15 anos que sonham em debutar e ter uma noite especial. Meninas nascidas entre 15 de agosto de 1999 a 14 de agosto de 2001 podem se inscrever no Centro de Referência Social (Cras) de terça a sexta das 8h às 12h, acom- panhadas pelo responsável legal e munidas dos documentos necessários. Casa da Cultura A Casa da Cultura de Sombrio comemorou seis anos no sábado (25), em uma missa especial na Igreja Matriz Santo Antônio de Pádua, com dança, músicas e ofertas, que foram pensadas especialmente para uma celebração religiosa. Nesses seis anos de Casa, houve um aumento signifi- cativo de cursos e oficinas gratuitas oferecidas. ³ Casa de Cultura de Sombrio comemorou 6 anos com uma missa. ³ Na noite da última sexta (1), após o encerramento das Talhas de Caná, aconteceu no pátio da Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Ara- ranguá, a festa das tendas. Tendo como exemplo as primeiras comunidades cristãs a organização da festa da padroeira pelo segundo ano consecutivo realizou a festa das tendas, um momento de partilha entre todas as comunidades e movimentos da paróquia. 48 8804.2871 ³ Doutoranda da Costa Rica desenvolve projeto de robótica com alunos do Pré-Esco- lar em Araranguá. Projeto tem a parceria da UFSC e Secretaria Municipal de Educação. ³ - A futura mamãe Talita Barrin esteve de aniversário ontem. Parabéns!!! 48 3533.0762
  10. 10. Publicidade10 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Formatura A atual geração do Corolla acaba de receber suas primeiras mudanças. A Toyota anunciou a chegada da linha 2016 do sedã médio, que traz como destaque uma nova versão, batizada de GLiUpper, equipada com o motor 1.8 litro e transmissão automática do tipo CVT. O novo Toyota Corolla GLiUpper se diferencia pelo inovador acabamento interno. Além do tecido, os bancos dianteiros e traseiros, painel das portas e descanso de braço dianteiro são revestidos em couro na cor cinza. Além disso, o modelo oferece descanso de braço central traseiro com porta-copos e rebatimento 60/40 dos bancos. Há também rodas de liga-leve de 16 polegadas – os demais GLi conta com rodas de aço aro 16, com calotas. Nositensdesérie,háaindacincoairbags,freioABScomEBD,sistemaIsofix,direção elétrica, ar-condicionado manual, trio elétrico, chave canivete, computador de bordo com sete funções, sistema de som com entradas USB e para iPod e Bluetooth, volante multifuncional com regulagem de altura e de profundidade, hodômetro e relógio digital, entre outros. AvarianteXEidoCorollatambémpassouporalteraçõeseagoraofereceretrovisores externos com rebatimento elétrico, para-sol com espelho e luz de cortesia para motorista e passageiro dianteiro e acendimento automático dos faróis (itens já oferecidos na geração anterior, mas que foram cortados no modelo atual). O Altis, por sua vez, agora dispõe de limpador de para-brisa variável e intermitente com ajuste de velocidade. A gama de motores oferece o 1.8 Dual VVT-i, que entrega 139 cv com gasolina, a 6.000 rpm, e 144 cv com etanol, também a 6.000 giros, e torque de 17,7 kgfm e 18,4 kgfm, respectivamente, sempre a 4.200 rpm, com câmbio manual de seis marchas (apenas para o primeiro modelo GLi) ou automático Multi-Drive do tipo CVT com sete marchas, de série nos demais. Já o XEi e o Altis contam com o 2.0 Dual VVT-i, de 143 cv com gasolina, a 5.000 rpm, e 154 cv com etanol, a 5.800 rpm. O torque máximo é de 19,4 kgfm, a 4.000 rpm, e 20,3 kgfm, a 4.800 rpm. Neste caso, a transmissão é sempre automática. Oveículofoilíderdevendasdosegmentoem2014,nomercadobrasileiro,eomais vendidonahistóriadaindústriaautomobilísticamundial,commaisde40milhõesde unidades comercializadas nos cinco continentes, desde 1966, ano do lançamento da 1ª geração. Saiba mais desta nova versão na Strada Motors, localizada na Av. Presidência João Goulart, Araranguá. CorollaganhaversãoGLiUpper2016
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Projeto serve para unir a família, estudantes e professores, além de discutir a importância da leitura guloseima caseira, que dá umarzinhodecampo.Éum grande café colonial, onde discutimosoandamentodas aulas, como estão os profes- sores, entre outras tantas conversas, que podem ser muito bem aproveitadas neste momento”, destaca a diretora Eliziana Coelho. Ela detalha que o meio am- biente,oincentivoàleiturae debatessobrematasciliares tambémmarcaramomêsde discussãodoprojeto,quenão paraporaí.Aterceiraedição já está garantida e deverá reunir ainda mais pais e familiares para o próximo ano,semprenomêsdeabril. Em 2014, boa parte dos alunos realizaram saídas decampoparaincrementar o aprendizado. A secretária de Educação de Sombrio, Zulma Simon, prestigiou a confraternização. O próximo projeto da escola está marcado para junhoetemtemadefinido:a etniaitaliana,muitopresen- ³Mesa farta e em torno dela uma experiência que aproxima a escola dos pais Rafael Andrade > SOMBRIO Uma proposta que deu certo! Assim foidefinidooProjetoCaféno Sítio, da Escola Fioravante Minatto, na localidade de Garuva, em Sombrio. A ideia é reunir pais, alunos e professores para ramificar os sabores da comunidade, uma das mais rurais do município. Apresentações teatrais, de músicas e dan- ças, na última quinta-feira, marcaram o ‘Dia D’ do pla- nejamento pedagógico da unidade, que atende 128 estudantes do ensino in- fantil ao 5º ano do ensino fundamental. “Temos como foco tam- bém trazer o pessoal da cidade para o interior.Abri- mos espaço para uma tarde de confraternização com os pais, que trazem um prato de bolo, bolacha ou outra Escola oferece ‘Caféno Sítio’ Gostoso Saber te na comunidade de Garu- va.UmavisitaaUrussanga, na região de Criciúma, está sendo agendada. Cilandra Bada, mãe de um aluno do 2ºano,apoiaainiciativada direção e de professores e salienta que a presença dos pais ou responsáveis na escola é um dos alicer- ces que garantem um bom retorno de aprendizado. “Quando viemos à esco- la, podemos ter o contato direto com o professor do nosso filho e saber com andam as coisas. Esta troca de experiências e informaçõesresultaemum ganho no conjunto da obra e na própria relação entre o educador e o estudante”, observa Cilandra. Além de Garuva, a FioravanteMinattoatende alunos das comunidades do Maracanã, Linha Flo- resta, Morro do Cipó, Li- nha Tamandaré, Perdida, Sanga Negra, Cotovelo e Garuva Nova. O país mais uma vez precisa dos coxinhas ProcóPio Lamarca Petistas têm tentado desqualificar as manifestações contra o governo federal, que são principalmente contra Dilma Roussef e o ex-presidente Lula (é, ele ainda dá as cartas), taxando os manifestantes de elite, dizendo que é coisa de classe média, já que as pessoas mais pobres estariam com o governo. O grupo que neste feriadão pos para correr a presidente Dilma, com uma bela manifestação em frente ao prédio onde ela estava em Porto Alegre, foi ‘acusado’ de ser branco de classe média. De certa forma os petistas têm ra- zão, porque todos os protestos, todas as mobilizações deste país sempre foram feitas na maioria pela classe média. Pessoas bem pobres e pessoas bem ricas não costumam ocupar as ruas. Os dois extremos, cada um a sua maneira, quase sempre ignoram a situação do restante da população. É a classe média, esta que paga impostos porque não é rica o suficiente para es- capar deles nem pobre que não tenha o que pagar. É a classe média que traba- lha, que estuda, quase sempre estuda e trabalha ao mesmo tempo. É a classe média que não consegue escapar dos péssimos serviços públicos, mas que tem consciência que merece mais. O Brasil é um país sem revolução. Não houve revolução na independên- cia. Boa parte da elite que comandou o processo tinha sido educada em Coimbra. Não houve revolução na abolição da escravidão, votada pelo Congresso depois de muita pressão dos abolicionistas, todos de classe média, ocupando cargos de destaque. Não houve revolução na proclamação da República, final de um processo co- mandadoporpessoasdaclassemédia. A classe média foi para a rua pedir o impeachment de Collor, com apoio do PT. Eram estudantes universitários, o que ainda significa classe média hoje e significava ainda mais em 1990. Eram pessoas ligadas a sindicatos, que tanto antes quanto agora formam uma elite entre os trabalhadores. Claro que existem exceções. Um ou outro ricaço que apóia as mudanças indo para a rua, um ou outro morador de áreas extremamente carentes que vai a protestos por convicção, sem ser levado de ônibus com a promessa de lanche e pagamento feitos pelos pe- legos que apoiam o PT. Mas as ruas sempre foram daqueles que os petistas agora chamam, como ofensa, de ‘coxi- nhas’. Os coxinhas participaram da luta pelas diretas quando votar para presi- dente era proibido. Os coxinhas sabem que pagam a conta, os coxinhas não são ricos a ponto de dar uma banana para o estado nem pobres a ponto de viver as custas de esmolas do estado. Os coxinhas estão de saco cheio da roubalheira e não têm mais vergonha nem medo do PT. Os coxinhas são livres, tomaram as ruas e não parecem dispostos a sair delas tão cedo. Os petistas, hoje a elite nacional, que se cuidem. Os coxinhas são mais difíceis de domar e de botar cabresto com sin- dicatos pelegos e os tais movimentos sociais que seguem a orientação de partidos. Os coxinhas são o futuro da nação. Como foram o passado. Mesmo uma das poucas revoluções que este país já teve, a Farroupilha, foi feita pe- los coxinhas de então. Fazendeiros e seus filhos, comerciantes, militares. A todos hoje o PT chamaria de coxinhas. Coxinhas já mostraram que são bons de briga. E já ficaram calados demais enquanto os petistas enriqueciam com suas ‘consultorias e palestras’, com seus cargos em ONGs e entidades que vivem de dinheiro público. Bem vindos as ruas, coxinhas, o Brasil novamente precisa de vocês.
  12. 12. 12 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Publicidade
  13. 13. Polícia 13Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Da redação ³Diretoria do Conseg busca apoio da população ³Capitão Cichella já foi aluno e instrutor de vários cursos de aperfeiçoamento Família e música Para conhecer melhor: capitão Cichella comanda o trabalho operacional da Polícia Militar na comarca de Araranguá Segurança Ohomemcertonolugarcerto Da redação > ARARANGUÁ Ele é o responsável pela gestão do tra- balho operacional da Polí- cia Militar em Araranguá, Balneário Arroio do Silva e Maracajá. Trata-se do capi- tãoAlbertoCardosoCichella, que está há dois anos e três meses na função de coman- dante da 1ª Companhia do 19º Batalhão de Polícia Militar(1ªCia/19ºBPM),com sede emAraranguá. O capitão Cichella é bacharel em Segurança Pú- blica pela Univalli, bacharel em Direito pela Unisul e pós-graduado a nível de especialização em Políticas e Gestão em Segurança Pública, pela Universidade Estácio de Sá.É natural de Maracajá, mas com um ano de idade passou a residir em Criciúma. Entrou para a PM em 2002 e hoje é ins- trutordeTécnicasdePolícia Ostensiva; de Sistema de SegurançaPúblicanoBrasil; de Dispositivo Eletrônico de Controle (Taser); de Dispo- sitivoElétricoIncapacitante (SPARK) e de Armas. Tam- bém já foi aluno em muitos cursos e durante a carreira foi agraciado com diversos elogios, dentre eles, pela coordenação dos trabalhos de ronda escolar, bancária e comercial e por atuação em ações operacionais do 19º BPM. Foi condecorado com o brasão de mérito pessoal de 3ª categoria e com a me- dalhadebronze.Foisoldado em Criciúma e como oficial desempenhou as funções de chefe do Setor de Inteligên- cia do 19º BPM; atualmente é o comandante do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT); comandante da 1ª Cia/19º BPM, membro da Comissão de Vistorias da PMSC e oficial vistoriador dos estádios de futebol de Santa Catarina. É casado com Márcia dos Santos Cichella, com quem tem duas filhas: Ta- mires e Joana. Nas horas > TURVO A nova diretoria do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Turvo tomou posse na semanapassada.Luzinei José Marcon presidiu a mesa de autoridades que contou com a presença da subtenente Silvana Terezinha Blind da Silva, assessora da Diretoria de Segurança Cidadã, do Conseg de Turvo tem nova diretoria prefeitoRonaldoCarlessi e o vice Tiago Zilli; do presidentedaCâmarade Vereadores Esio Simão; do capitão Marcelo Ber- toncini Zanette, coman- dante da 3ª Companhia de Polícia Militar e do delegadoregionalAriJosé Soto Riva. ApresidênciadoCon- selho ficou a cargo de Sandra Regina Blazius que tem como sua vice Adriana Severino de Mello. defolgagostadefazerexer- cícios físicos, tocar teclado eviolão,principalmenteem churrascos com os amigos e com a família. Sobre sua vida, conta: “Fui vendedor de picolé no Centro de Cri- ciúma durante toda minha infância. Na juventude trabalhei em olarias, fui ajudante de marceneiro, labutei em empresas em que precisei limpar rios po- luídos e limpezas das mais diversas até conquistar uma vaga para trabalhar na Cerâmica Cecrisa. Tudo isso foi muito importante paraomeudesenvolvimen- to. Não parei de estudar, com afinco e determina- ção, para entrar na Polícia Militar”. Atualmente, trabalha com uma equipe de po- liciais militares que na sua avaliação superam as expectativas na área operacional. “Vamos tra- balhar cada vez mais para fazer frente a criminalida- de e primar pela parceria e aproximação com a comu- nidade”, afirma Cichella. Conhecido do capitão desde os tempos em que trabalharam juntos como soldados em Criciúma, o tenente Diego Schwartz – chefe da Seção de Comu- nicação Social do 19º BPM – afirma: “Ele é um dos melhores oficiais do estado e vem desenvolvendo uma brilhantecarreiranaPolícia Militar.”
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015
  15. 15. Especial 15Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 Imagens da festa de Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Araranguá ontem. A tarde a comemoração foi sendo encerrada com a grande procissão, missa e show com o padre Reginaldo Manzotti. Fotos do facebook da paróquia Multidãopede benção apadroeira Devoção
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 ESTADO DE SANTACATARINA PREFEITURAMUNICIPAL DE SOMBRIO DECRETO Nº 070, DE 16 DE ABRIL DE 2015. ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR AO ORÇAMENTO FISCAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SOMBRIO – SC. O PREFEITO MUNICIPAL DE SOMBRIO, Senhor Zênio Cardoso, no uso das atribuições que lhe confere a Lei Orgânica do Município de Sombrio, de 06 de abril de 1990 e o artigo 6º, da Lei nº 2189 de 04 de Dezembro de 2014, (Lei Orçamentária) DECRETA: .Art..1º..Fica.aberto..ao.orçamento.fiscal.da.Prefeitura.Municipal.de.Sombrio,.crédito.suplementar,.no. valor de R$ 1.482.997,61 (hum milhão, quatrocentos e oitenta e dois mil, novecentos e noventa e sete reais e sessenta e um centavos ), nas seguintes dotações do orçamento vigente: 04.00 - SECRET. MUN. DE OBRAS, VIAÇÃO E SERV. URBANOS 04.03 - DIRETORIA DE SERVIÇOS URBANOS 1.037 - Aquisição de Equipamentos para Coleta de Lixo 4.4.90.00.00.00.00.00.0514 - Aplicações Diretas................................R$ 816.000,00 4.4.90.00.00.00.00.00.3091 - Aplicações Diretas................................R$ 17.000,00 04.04 - DIRETORIA DE ESTRADAS E RODAGENS 2.046 - Manut. da Rede Viaria Municipal 4.4.90.00.00.00.00.00.0510 - Aplicações Diretas................................R$ 600.000,00 4.4.90.00.00.00.00.00.3091 - Aplicações Diretas................................R$ 49.997,61 .Art..2º...A.abertura.de.Crédito.de.que.trata.o.art..1º,.correrá.a.conta.do.provável.excesso.de.arrecadação. das fontes 3091 (Alienação de Bens). 514 e 510. Art. 3º. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Município de Sombrio – SC, 13 abril de 2015. Zênio Cardoso Prefeito Municipal Registrado e publicado nesta secretaria em data supracitada José.Sidnei.Januário Secretário Municipal de Finanças, Administração e Planejamento EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento,.os.títulos.cujos.responsáveis.estão.abaixo.discriminados..Ficam.esclarecidos,.também,.de. que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 134645; Devedor(es).: ANTONIO RAMOS LUIZ - 417.687.019-20, End: Estrada Geral Lagoinha - Palmeira, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Sac: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Tit: 123 ; Apr: FCDL; VEN: 10/01/2012; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 810,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 96,82. Prot: 134538; Devedor(es).: B A N DA SILVA - 029.342.580-92, End: Rua Caetano Lummertz, 557, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: PERSOLFLEX INDUSTRIA E COMERCIO DE; Sac: PERSOLFLEX INDUSTRIA E COMERCIO DE; Tit: 3810C ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 16/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 329,52+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 46,96. Prot: 134642; Devedor(es).: CONFECÇÕES MACEDO LTDA ME - 10.289.364/0001-97, End: Rodovia José.Tiskoski,.4039,.BALNEÁRIO.GAIVOTA;.Tip:.Normal;.....Mot:.Falta.de.pagamento;.Ced:.INWIKO. IND.E.COM.DE.MALHAS.LTDA;..Sac:.INWIKO.IND.E.COM.DE.MALHAS.LTDA;..Tit:.04549-B.;.Apr:. BANCO DO BRASIL SA; VEN: 25/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 437,55+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 65,05. Prot: 134603; Devedor(es).: DONATILIO COLARES DOS SANTOS - 345.034.719-53, End: Rua Maranhão,.448,.SOMBRIO;.Tip:.Normal;.....Mot:.Falta.de.pagamento;.Ced:.AGROPECUÁRIA.SOMBRIO. LTDA;..Sac:.AGROPECUÁRIA.SOMBRIO.LTDA;..Tit:.004210-3/1.;.Apr:.BANCO.DO.BRASIL.SA;.VEN:. 23/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 32,50+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 70,13. Prot: 134659; Devedor(es).: LENOIR DOS SANTOS SEBERINO - 015.890.450-84, End: Estrada Geral, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Sac: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Tit: 123 ; Apr: FCDL; VEN: 14/07/2011; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 709,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 78,80. Prot: 134647; Devedor(es).: LEONARDO DE QUADROS COSTA - 866.911.129-20, End: Rua das Orquideas, S/N, Balneario Gaivota;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Sac: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDA ME; Tit: 123 ; Apr: FCDL; VEN: 21/01/2011; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 495,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 65,05. Prot: 134651; Devedor(es).: MARIAELIZIAPEREIRA- 823.042.389-04, End: Estrada Geral Palmeira, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Sac: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Tit: 1233 ;Apr: FCDL; VEN: 01/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 500,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 91,67. Prot: 134650; Devedor(es).: NELSON PEREIRA - 378.172.999-00, End: Estrada Geral Figueirinha, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Sac: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Tit: 123 ;Apr: FCDL; VEN: 11/10/2010; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 270,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 76,22. Prot: 134656; Devedor(es).: NERIMACEDORAMOS-239.686.300-25,End:EstradaGeralAnitaGaribaldi, S/N,BalnearioGaivota;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:COML.DEALIMENTOSGENEROSO LTDAME; Sac: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Tit: 123 ;Apr: FCDL; VEN: 11/05/2012; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 945,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 94,24. Prot:.134649;.Devedor(es).:.TIAGO.DE.OLIVEIRA.-.067.550.099-03,.End:.Rua.João.José.Pereira,.60,. Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COML.DE ALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Sac: COML.DEALIMENTOS GENEROSO LTDAME; Tit: 1212 ;Apr: FCDL; VEN: 23/12/2011; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 550,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 65,05. Prot: 134595; Devedor(es).: VERA LUCIA BARBOSA DA SILVA - 409.863.570-49, End: Rua 7, 731, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: L.L. ROTH ME; Sac: L.L. ROTH ME; Tit: 5145-21 ;Apr: CAIXAECONÔMICAFEDERAL; VEN: 18/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 790,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 70,13. Sombrio - SC, 05/05/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  17. 17. edição 2015, com uma boa campanha. Na es- treia, ganhou de virada do Interlagos, no campo do adversário no Morro dos Conventos por 3 x 1. Na segunda rodada no último domingo, na Coloninha, manteve os 100% de aproveitamento, vencendo o Estrela Soli- tária pelo placar de 1 x 0. Com esses dois resul- tados positivos, os atle- tas e comissão técnica estão bastante satisfei- tos. Com seis pontos na tabela de classificação, o time praticamente ga- rantiu sua classificação na segunda fase. A pró- xima partida da equi- pe no campeonato será > ARARANGUÁ Aequipe do Juven- tus/Flaec come- çou o campeonato mu- nicipal de Araranguá, Q u e r e m o s a q u i agradecer a todos os nossos colaborado- res, patrocinadores e amigos que estão nos apoiando neste campe- onato, pois sem eles não conseguiríamos colocar o time na competição, já que os gastos são muitos, diz Cleder. Os apoiadores são: Pedra 90, Neguinho Constru- ções, Sandrinos Bar (Bar do Sandrino), Des- pachante JJ, Flaec, Funerárias Santa Ca- tarina, Madeireira CL, Sandremar e Churras- quinho do Luiz. Além de outros amigos. Terça-feira, 5 de maio de 2015 ³ 02-05-32-49-60CONCURSO 3.778 QUINA 04/05 ³ 01-02-05-07-08 ³ 09-12-13-15-16 ³ 19-20-21-22-23 CONCURSO 1.204 LOTO FÁCIL 04/05 ApoiadoresCleder Maciel Municipal Juventuscomeçacomboacampanha diante da Associação Coloninha, no clássico do bairro, no próximo domingo, às 13h15min. “Para este ano con- tamos com um grupo de jogadores jovens, assi- namos bons contratos com nomes vindos de fora, e assinamos tam- bém com uma garotada aqui da nossa cidade. O que não irá nos faltar será preparo físico, pois a gurizada corre e pega junto. Estou muito fe- liz, pois não é um time apenas, e sim um grupo de amigos, a união do nosso time é o grande diferencial”, frisou o presidente e treinador do time Cleder Maciel. Definidossemifinalistas doMunicipal deFutebol > MARACAJÁ O Campeonato Muni- cipal de Futebol de Campo- Taça Antônio Ronconi, de Maracajá, já tem definidos os semifinalistas: São Cris- tóvão, Centro, Cruzeiro do Sul e Vila Beatriz. Os confrontos vão acontecer dia 17 de maio, a partir das 13h30min, no Com- plexo EsportivoAntônio da Rocha. No último domingo,no primeiro confronto, a Vila Beatrizconseguiuumadas vagas para a semifinal ao empatar com o time do Ju- venilem2a2.AVilajogava comavantagemdoempate e com a classificação vai enfrentar a equipe do Cru- zeiro do Sul na semifinal. No segundo jogo o São Cristóvão derrotou o Mor- retes por 2 a 0 e garantiu a outra vaga. A equipe disputa a semifinal contra o Centro. Não haverá jogo no próximo domingo, 10, de- vido ao Dia das Mães.
  18. 18. Publicidade18 Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015
  19. 19. fofocas ou pessoas inte- ressadas em plantar uma situação ruim - disparou o treinador. Propostas da China, do Catar, e até dos Es- tados Unidos foram no- ticiadas. Nas vésperas do clássico da final do Gauchão, começou a se espalhar o boato de que Política 19Correio do Sul Terça-feira, 5 de maio de 2015 SOMBRIENSE 2015 RODADA E TABELAS Felipão poderia se des- pedir, principalmente em caso de título. O título não veio, e o técnico mantém sua palavra de cumprir os doisanosemeioacertados entre ele e Fábio Koff, então presidente, ainda internado no hospital por problemas nas vias respi- ratórias. > PORTO ALEGRE Luiz Felipe Scolari foi muito claro em suas manifestações na entrevista coletiva após a perda do título gaúcho para o Inter, no Beira-Rio. Aderrota,segundoele,não tem peso algum para seu futuro no clube. E mais: disparou contra os boatos que davam conta de uma possível saída em meio a notícias de propostas do exterior. Afirmou que seguirá comandando a equipe do seu coração, dandosequênciaaoprojeto que a direção construiu junto com ele quando foi contratado, na metade do ano passado. O placar do Gre-Nal da decisão do Gauchão ficou em 2 a 1 para os colorados, que comemoraram o penta- campeonato (assista aos melhores momentos no vídeo acima). - Pelo amor de Deus. Vocês têm que cuidar quem escreve. São pesso- as interessadas na minha saída do Grêmio. Sempre surge uma coisinha. Eu já Felipãodisparacontra"fofocas"sobre saídaegarantequeseguenoGrêmio disse e volto a dizer: não tenhoFacebook,nãotenho Twitter, tudo que tiver no meu nome é falso. Mais uma vez: é falso. Eu não me dirijo sem ser através do Acaz (Fellegger, asses- sor de imprensa) e de mim próprio nas entrevistas. Vocês me ouviram dizer que sairia? Nunca. São D'Alechegaao10ºtítuloem seteanosdeInterereforça statusdepapa-taças > PORTO ALEGRE Foi como uma sensa- ção de "déjà vu".Assim que o árbitro Leandro Vuaden encerrou o Gre-Nal com vitória colorada por 2 a 1 (veja acima os melhores momentos), neste domin- go, D’Alessandro puxou a festa. Correu sozinho em direção as arquibancadas, tentando driblar jornalis- tas em busca de declara- ções, até comemorar com a torcida. O gesto já se tornou repetitivo. Afinal, o camisa 10 chegou ao sexto títuloestadual.Nototal,fe- chou dez taças levantadas pelo clube gaúcho, desde 2008. -Éumahistóriabonita pelo Inter. Estou feliz por ser parte de uma história vitoriosa do clube. Mas sou uma parte muito pequena disso tudo - vibra, ao falar com o GloboEsporte.com. O argentino puxou a festa. Aproximou-se de torcedores e “pegou em- prestado” um bumbo que estampava o seu rosto. To- couoinstrumento,gerando ovaçãodetorcedores.D'Ale tambémteveseumomento família. Após dar a volta olímpicacomapesadataça do Gauchão no Beira-Rio, parou para abraçar os fi- lhosMartinaeSantino,em um gesto de carinho.
  20. 20. TERÇA-FEIRA, 5 DE MAIO DE 2015

×