Jornal digital 4585_qua_ 14012015

402 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4585_qua_ 14012015

  1. 1. 4Página 13Página 17Página Evasãoescolaracende sinaldealertanoCT Presoladrãoque trocavafurtopordroga Primeiras-damassão elocomapopulação Geral Polícia Geral Araranguá Turvo Região www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.586 QUARTA-FEIRA, 14 DE JANEIRO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 35º 24º Sol com aumento de nuvens ao longo do dia. À noite ocor- rem pancadas de chuva. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Entregadorcommoto Página 3Página Próximos dias serão de transição entre Associação Hospitalar e novo proprietário do hospital Isev assume Dom Joaquim Sombrio
  2. 2. Política Jarbas Vieira CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “A chance que temos de ganhar é ter um nome da base do governo, onde você tem dissidentes. Teria que ser uma figura respeitável da base do governo”. Ele disse: ‘ ‘Senador José Agripino, líder do DEM, sobre a eleição para presidência do Senado São João do Sul terá loteamento regularizado C omum nas grandes cidades, loteamentos regularizados, com toda a infraestrutura necessária ainda são raridades na região. Em São João do Sul, o prefeito João Rubens (PMDB) está dan- do o suporte necessário para que empresários locais e da região viabilizem um grande empreendimento. O loteamento ficará no terreno que estava des- tinado para o Parque Industrial do Município. Os empreendedo- res se encarregarão de fornecer toda a infraestrutura necessária, Samae de Ara- ranguá tem dado um resultado bastante expressivo ao governo do prefeito Sandro Maciel (PT). A au- tarquia promoveu a implantação de novas redes de abastecimen- to de água em 14 co- munidades, totalizando 80.830 metros de tubulação subterrânea e investimentos de R$ 1.346,622 em 2014. “Aproximadamente 1.700 famílias, a maioria delas do interior do município foram diretamente beneficiadas com estas obras públicas”, ponderou o prefeito. Sandro ainda elogiou o trabalho feito pelo Samae lembrando outras melhorias feitas pela autarquia como a nova Estação de Tratamento de Água, a implantação de três novos fil- tros de purificação, a construção de uma cisterna com capacidade de 450 metros cúbicos de armazenamento e o investimento de R$ 300 mil na aquisição de cinco mil novos hidrômetros. Resultado expressivo (48) 3522-3777 No páreo... Senador catari- nense Luiz Henrique da Silveira (PMDB) continua tendo seu nome cogitado pela oposição para con- correr a presidência doSenado,provavel- mente contra Renan Calheiros (PMDB). Em reportagem do G1, sua assessoria confirmou que o catarinense tem “conversado bastante” com políticos “de todos os lados”, mas que não fará campanha. Caso seja “designado” para a disputa, declarou estar “preparado”. PSDB, DEM e outros partidos de oposição querem apoiar um candidato da chamada ala independente, dentre as siglas que apóiam o governo. Porém, não é do perfil de LHS ir paraumadisputaquenãopossaganhar.Nofinaldesuacarreirapolítica, não pretende ter uma derrota para “manchar” seu currículo vencedor. Luto CorpodeAristilianoLinoGo- mes,seuAriGomes(79anos),foi veladoduranteodiadeontemna Câmara de Vereadores de Som- brio. Pai do vereador licenciado e secretário de Obras de Sombrio, Nego Gomes (PMDB), seu Ari sempre militou no PMDB, sendo umdosfundadoresdopartidoem Santa Rosa do Sul, onde também fez parte da luta por sua emanci- pação de Sombrio. como determina a lei. Como o loteamento será regularizado, as famílias interessadas poderão fazer uso dos financiamentos habitacionais oferecidos pelo governo, com juros menores. “Esse investimento fará com que a economia gire. As lojas de material de construção vende- rão mais, assim também como haverá mais trabalho para os profissionais especializados, como pedreiros, pintores, entre outros. Com certeza será muito positivo para a cidade”, avalia João Rubens. Facetas Prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso (PMDB), precisa ficar atento. Tem presidente de par- tido da base aliada, com alguns cargos na prefeitura, que na sua frente lhe rasga elogios. Porém, basta que vire as costas para o discurso mudar comple- tamente, deixando a oposição no chinelo! Escaldado Recebendo diversos elogios pela revitalização da avenida Beira-Mar, o prefeito de Balne- ário Gaivota, Ronaldo Pereira (PP), sabe que não pode se des- lumbrar. “O mesmo morador ou turista que está nos elogiando nessa temporada, nos cobrará na próxima, pedindo a amplia- ção da obra. Por isso, temos que continuar trabalhando”, comenta o progressista que já possui projeto para a continui- dade da revitalização. www.vitaanalise.lablaudo.com.br
  3. 3. reforma que deve aconte- cer no Hospital Dom Jo- aquim foi conquistada de forma gratuita pelo pre- feito e será feita na antiga ala pediátrica. O objetivo dessa reforma é a obra de revitalização da UBS Central, que acontecerá nas próximas semanas. A UBS se transfere para este setor do HDJ por 60 dias, até que se concreti- ze a obra do posto, para a seguir tudo voltar ao normal e a ala reformada ficar a disposição do Isev. “Temos três novas unidades de saúde bási- ca sendo construídas em Sombrio e vamos refor- mar a Central que está com uma estrutura muito ruim, por isso precisamos desse espaço e já temos um acordo com o doutor Juarez, presidente do Isev”, explica Zênio. Os últimos passos da transição da Associação Hospitalar Dom Joaquim para o Isev se darão com a rescisão dos funcionários, que a partir da saída, serão recontratados pelo Instituto, mantendo uma equipe já entrosada e co- nhecedora do ambiente e da região. A previsão é que em fevereiro a transição es- teja concretizada, a As- sociação seja desfeita ou ganhe novo rumo, e o Isev tenha de vez a ad- ministração do Hospital Dom Joaquim. “Como dizem os jovens nas redes sociais hoje em dia, é hora de hash tag Vida Nova (#VidaNova)”, finalizou o prefeito, visivelmente contente com os encami- nhamentos da reunião. acordos. “A Unimed está no aguardo, para que após a transição e a definitiva posse do Isev reiniciemos as conversas afim de fir- marmos a melhor parce- ria para ambos e para a população sombriense. Até agora tratei de tudo com muita cautela para evitar dar passos maiores que a perna, por isso até demorou um pouco para chegarmos onde estamos hoje. E assim continuare- mos, cautelosos, mas es- perançosos, com fé de que só pessoas e entidades de bem e com boas intenções com os sombrienses e a região se aproximem do Dom Joaquim”, salientou Zênio. A primeira obra de Geral 3CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Da redação Reformas e funcionários > SOMBRIO Uma reunião rea- lizada na manhã desta terça-feira em uma dassalasdoprédiodoHos- pitalDomJoaquim(HDJ), marcou o início da transi- ção da administração da Associação Hospitalar, que está há dez anos no comando, para o Instituto deEducaçãoeSaúdeVida, o Isev. Com a presença do prefeito Zênio Cardoso, do vice Valmir Daminelli, e dasecretáriamunicipalde SaúdedeSombrioGislane DiasdaCunha,oencontro durou cerca de duas horas e serviu para troca de in- formações sobre questões burocráticasenúmerosda entidade. “Hoje é um dia mar- cante porque é o início dessa nova vida do nosso hospital. Depois de tanta luta, de dez anos aos tran- cosebarrancos,commuito esforço dos funcionários que aqui estão ou que por aqui passaram, dos presidentes, da sociedade em geral, chegamos num ponto de partida bom, que nos leva a um processo queserácauteloso,masde resultados que temos cer- teza, serão satisfatórios”, disse o prefeito. Do Isev, além de mem- brosdadiretoria,apresen- ça notável foi da gestora hospitalar Luciane Sper- lin, que permanece em Sombrio ocupando uma sala do Dom Joaquim, re- alizando a transição entre o Instituto e a Associação presididaporCarlosAlber- Inicia transição do HDJ para IsevAdquirido em outubro através de leilão, Hospital Dom Joaquim começa a ter novo proprietário, Instituto Vida, assumindo efetivamente a sua administração Primeiro Passo to Machado. Machado estava acompanhado de compa- nheiros de diretoria e de funcionários mais expe- rientes do HDJ, como en- fermeiras e colaboradores do setor administrativo. Detalhes como conta de energia elétrica, de água, responsabilidadepelopré- dio, por obras e reformas nas alas, manutenção, transferência de como- dato de aparelhos, ou de posse dos mesmos, serão encaminhadasduranteos próximos dias. Tambémnospróximos dias, análises nas contas, nos recursos disponíveis e nasparceriascommunicí- pios e estado serão feitas para projetar o futuro, a capacidadedeatendimen- to,amelhorespecialização a ser buscada e a abertu- ra de portas para novos inauguração ocorreu em 2002, já não comportava tamanha demanda de usuários”, destacou. A UBS contará com auditório, sanitários acessíveis, área de circu- lação, com aproveitamen- to de água para limpeza externa e acessibilidade para portadores de ne- cessidades especiais. No total, a estrutura terá 16 salas e seis sanitários e custará R$ 480.696,72 mil. A contrapartida da prefeitura é de R$ 330.696,84. Além deste montante, outros R$ 50 mil foram destinados à aquisição de móveis e equipamentos. Já o valor repassado pelo Go- verno Federal, por meio de emenda viabilizada pelo deputado Ronaldo Benedet é de R$ 200 mil. > ARARANGUÁ O prefeito de Ara- ranguá Sandro Maciel esteve vistoriando as obras de construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Polícia Rodoviária. Acompanhado pelo assessor especial de ga- binete Jonas Soares, o prefeito conversou com os trabalhadores obser- vou detalhes e constatou que faltam os acabamen- tos, a limpeza e a insta- lação da rede elétrica no local. “Este prédio é am- plo (possui um espaço fí- sico construído de 429,20 metros quadrados), mo- derno e seguro. O bairro Polícia Rodoviária é um dos que mais cresce em população no município e a antiga UBS, cuja Obra em posto está quase terminando Sandro vistoriou construção do novo posto Zênio conversou com representantes do Instituto Alugo 02 casas em Bal. Arroio do Silva á 150mts. do mar. Na Av. Getúlio Vargas, nº1520 Valor: R$160,00 a diária casa p/07 pessoas R$100,00 a diária casa p/06 pessoas Contato: (54) – 84013523 Fotos no www.casadepraia-arroiodosilva. webnode.com
  4. 4. direitosprevistosemleiga- rantidos”, ressalta Rejane. Quando os menores cometem atos de vanda- lismos e crimes, é função do Conselho Tutelar estar presente nas delegacias quando os pais se ausen- tam. “Primeiramente, ten- tamos encontrar os pais e convencê-los a ir – embo- ra muitos não queiram, porque já estão cansados de sempre irem buscar os filhos na delegacia – e quando não vão, nós assu- mimos a responsabilidade temporariamente e entre- gamos a algum parente responsável”,explicaacon- selheira, que já presenciou casos apavorantes. Segun- do ela, a maioria dos casos envolvendoinfraçõeslegais por menores no município é cometida pela “prata da casa”, ou seja, crianças e adolescentes próprios de Araranguá. Em 2014, fo- ram116casosnaDelegacia deProteçãoàCriança,Ado- lescente, Mulher e Idoso em que o Conselho Tutelar Geral4 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Djonatha Geremias Evasãoescolarpreocupouem2014 Conselho Tutelar > ARARANGUÁ Seguindo a série de reportagens sobre osrelatóriosdeatendimen- tosfeitosem2014,oCorreio doSultrazhojeoresultado do trabalho do Conselho Tutelar deAraranguá, que enfrenta uma série de difi- culdadesdeinfraestrutura e de respaldo social. Ainda assim,conseguelidarcoma grandemaioriadosproble- mas envolvendo crianças e adolescentes no município mais populoso da região. No ano passado, fo- ram 734 atendimentos registrados, fora os que não chegaram a ser oficia- lizados, e a evasão escolar foi o item que mais deu trabalho para a equipe de seis conselheiros. A conselheira Rejane SoaresEliasexplicaqueas escolas comunicam quan- do algum aluno falta as aulas com regularidade, e então o Conselho averigua a situação. Dentre os mo- tivos mais comuns para a evasão, estão a vontade ou necessidade de trabalhar emhoráriodeaula,odesejo desairparabrincarouficar em ociosidade e, por fim, a falta de estímulo para con- tinuarestudandodianteda negligência da família. “Os pais dizem que o filho não quermaisirpraescolapor- que ‘já está rodado mesmo’ ouporque‘elenãoquer,não adianta insistir’. Pois nós dizemos que os pais têm obrigação de impor limites nas vontades dos filhos e não podem se ausentar da responsabilidadedeeducá- -los”, exclama Rejane. A evasão escolar atin- ge meninos e meninas de todas as idades e de todas as classes sociais, ou seja, da classe baixa a média, especialmente das escolas públicas. Quando o motivo é o trabalho, o abandono dosestudosémaisfrequen- te entre adolescentes dos 14 aos 16 anos de idade. Quandoomotivoéodesejo de ficar em casa ou fugas para brincar ou sair com os amigos, a faixa etária reduz para os alunos das séries iniciais, dos 7 aos 10 anos.NavisãodoConselho Tutelar,muitospaisacham que perder aulas nas sé- ries iniciais não é algo tão grave. Porém, conforme explica a conselheira, é nessaépocaqueascrianças começamacriarospadrões de comportamento para a vida adulta, isto é, quando crescerem um pouco mais, vãocontinuarachandoque faltar à escola não é um problema.Osperíodoscom mais índice de evasão con- tinuam sendo fevereiro e julho,apósofimdasférias. Quando o Conselho descobre os casos e inves- tiga os motivos, tenta re- solver principalmente com conversas. Se não surtir efeito, encaminha para o Programa Estadual de Combate à Evasão Escolar (Apoia). Em 2014, foram 145 encaminhamentos ao Apoia de Araranguá. Se novamente não houver resolução com apoio profis- sionalespecializado,éfeita uma denúncia à promoto- ria do Ministério Público. Em 2014, incluindo outros casos, foram 207 encami- nhamentos à promotoria da Vara da Infância e da Juventude e mais 70 para oJuizadodeMenores.Fora esses, o Conselho Tutelar aindaatendeuaoutros100 casos na área da educação. “O Conselho Tutelar não é polícia para menores de idade”, frisa a conse- lheira Rejane. Segundo ela, muitos pais chamam a equipeparadarum“susto” nos filhos, fazer pressão para que obedeçam em casa, como se o Conselho Tutelarfosseumaentidade punitiva para as crianças e adolescentes. Segundo Rejane, é exatamente o contrário. “O Conselho é uma entidade que defende os direitos das crianças e dos adolescentes. Se for preciso, protegemos eles dos próprios pais, quando sãonegligentes.Aindaexis- teavisãodeturpadadeque oConselhoexisteparatirar os filhos dos pais, e nossa função é apenas garantir que os menores tenham os Na delegacia Ameaças de morte Conselheiras encerram relatório de atividades e comemoram mais um ano de serviços prestados a população deu apoio. Os seis conselheiros tutelares de Araranguá fazem um trabalho multi- tarefado: precisam muitas vezes também fazer papel de psicólogo, de amigo, de investigadoredepais.Lidar comsituaçõesdifíceisjálhes custouatéameaçasdemor- te. Foi o que aconteceu com a conselheira Rosane Gui- marães,quejáfoijuradade morteporumpaitraficante que não queria abrir mão da guarda da criança. “Ele veiodentrodoConselhome ameaçar, mas eu disse não para ele. Onde já se viu, alémdeagentetermedolá fora, quando precisa entrar em comunidades perigosas semproteçãoalguma,ainda vem querer entrar na casa doConselhoparaseimpor? De jeito nenhum. Depois vieram uns amigos dele aqui na janela me botar medo, pois mandei eles embora e fechei a janela”, conta. Em 2014, foram 212 visitas sociais do Conselho Tutelar nas casas e enca- minhamentosapsicólogos. Por outro lado, não há apoio psicológico para os conselheiros, que muitas vezes chegam do trabalho emocionalmente carrega- doscomashistóriaselutas que enfrentam lidando com pessoas de todo tipo, em casos difíceis e até do- lorosos. Rosane conta que a válvula de escape que encontra é desabafar. “Eu preciso falar, botar para fora, porque senão a gente nãodáconta.Euamooque faço,vouemborajáqueren- do voltar no dia seguinte, mas as nossas condições de trabalho são de dar dó”, lamenta a conselheira. O Conselho Tutelar trabalha de segunda à segunda, em regime de plantão24horaspordia.Se otelefonetocademadruga- da,éprecisosairparaaten- deràocorrênciaquandour- gente.Apesardisso,nãohá pagamento de hora-extra, nem adicional noturno, nempelosplantõesnosfins desemana.“Nossosalárioé baixíssimocomparadocom aenormeresponsabilidade que temos, e não somos valorizados”,pontuaacon- selheira. Nos últimos três anos, os conselheiros tive- ram apenas um curso de atualização. Na sede, um imóvelalugadodaSecreta- riaMunicipaldeEducação, parte dos registros ficam guardados em caixas de papelão e pastas improvi- sadas. Recentemente, che- gou um armário de metal para ajudar a organizar a documentação. No ano passado, en- trouemvigornomunicípio uma nova lei que altera a forma de contração de conselheiros tutelares e que dificulta a seleção, por meiodeumaprovaescrita, que osconselheirosalegam serinconstitucionaleespe- ramoparecerdoMinistério Público.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 E stá virando e mexendo, e o go- vernador Raimundo Colombo (PSD) ainda não deu fim ao imbróglio que envolve a esco- lha do próximo secretário, ou secretária, da Secretaria de Desenvolvimento Regional de nossa região. Em princípio a nomeação deve- ria ter sido feita no início do ano, como uma consequência do processo de exoneração do ex-secretário Heriberto Afonso Schmidt. No entanto, até agora nada. A briga nos bastidores continua grande, com um PMDB contido e um PSD, aqui do Extremo Sul, revoltado. É que ao PSD cabem duas das cinco indicações de SDRs do Sul do Estado. O deputado estadual Zé Nei Ascari (PSD) já optou por Braço do Norte e acenou emdireçãoaSDRdeTubarão,oqueliquidaria suascotas.Éjustamenteporcontadistoqueo PSD de nossa região está cuspindo fogo. Por sua vez o PMDB, tendo em vista as preferên- SDR: O impasse continua cias de Zé Nei, se mantém calmo. O estranho é que não há um posiciona- mento oficial por parte do governador. Em Criciúma, por exemplo, o secretário também não foi empossado ainda, mas já é líquido e certo que ele será o empresário João Fabris. NoquedizrespeitoaSDRdeAraranguá,além denãoterhavidoaindaaposse,tampoucose sabe quem estará em seu comando. Este impasse só tem servido para que cresçam os rumores em relação a escolha do novo titular da Secretaria. O PSD, por exemplo, tem apostado em um canetaço do governadorRaimundoColomboqueconduza Gisela Scaini a função de secretária regional, mesmocomseupartidoocupandoasSDRsde Braço do Norte e Tubarão. Seria como uma declaraçãodeguerraaovice-governadorEdu- ardo Moreira (PMDB). A cúpula do PSD de nossa região, todavia, pergunta: Esta guerra já não está declarada? Possível mudança Lideranças do PMDB de Sombrio têm ventiladoapossibilidadedoempresárioOmir Stuart (PPS) concorrer como candidato a vice-prefeito do partido no próximo pleito municipal. Hoje o PPS já tem o vice no muni- cípio,atravésdeValmirDaminelli.Muitospe- emedebistas têm observado, no entanto, que Omir teria mais penetração na sociedade por estar ligado ao setor empresarial. Daminelli, por sua vez, está ligado à agricultura, setor da economia que a cada ano tem diminuído seu contingente eleitoral por conta do franco processo de incremento das indústrias e do comércio do município. Uma das vantagens deOmiremumpossívelprocessodemudança interna de seu partido é o fato dele sempre ter se posicionado como um escudeiro de primeira linha da gestão do prefeito Zênio Cardoso (PMDB). Velha guarda FaleceuontememSombrioeserásepul- tado hoje em Santa Rosa do Sul Aristiliano Gomes, popularmente conhecido como Ari Gomes. Ele era um dos integrantes da velha guarda do PMDB dos dois municípios. Sua atuação política mais notória, no entanto, foi sentida em Santa Rosa, por onde foi candidatoavereadorrepresentandooentão distrito, tendo sido cotado depois para dis- putar a prefeitura do novo município. Ari é pai do vereador e atual secretário de Obras de Sombrio, Agenor Gomes, o Nego Gomes. O ex-vereador por Santa Rosa, Enor Gomes, tambéméseufilho,assimcomoAntenorGo- mes, o Loro, que por duas ocasiões disputou aCâmaraMunicipaldePraiaGrande.Aveia políticadafamíliatambémfoitestadaatravés dacandidaturaaolegislativosulsantarrosen- se de Nailor Gomes, já falecido. Algumas obras feitas no interior em 2014: - Pavimentação na comunidade de Pontão, em frente ao Centro Comunitário; -Pavimentação na estrada geral do Caverazinho; - Pavimentação na estrada geral do Soares; - Implantação de rede de abastecimento de água nas comunidades de Sanga do Marco,Volta Curta, Santa Rosa de Lima, Lagoa da Serra, Manhoso, Loteamento Araras, Fundo Grande, Santa Catarina, Canjiquinha, Itoupaba, Taquaruçú, Polícia Rodoviária, Vila Rica e Campo Verde. - Reforma e ampliação da Escola de Rio dos Anjos e do Fundo do Cedro. - Instalação de comportas de água em Rio dos Anjos e Volta Curta. DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ Secretário avalia ações do Interior Trabalho > ARARANGUÁ Adeptodafilosofiade conversar menos e trabalhar mais, como ele próprio faz questão de enfa- tizar, o secretário municipal do Interior Maureci Raul Rodrigues avaliou o ano de 2014 como altamente positivo em termos de resul- tados proporcionados pelas ações desenvolvidas pela sua pasta. Maureci lembrou que Araranguáaindaéummuni- cípio bastante agrícola e, por consequência,ademandade atendimentos na área rural é grande. De acordo com o censo demográfico de 2010, a população do interior é de 10.784 pessoas. Isso corres- ponde a 17,6% do total de moradores deAraranguá. O secretário respalda sua tese em dados. Só em 2014, a prefeitura, por meio da Secretaria do Interior, realizou nada menos do que 6.879 horas de prestação de serviço com máquinas aos agricultores. Deste total fo- ram 3.907 horas de trabalho comapoiodaretroescavadei- ra, 3.230h usando o arado/ grade,1012horasutilizando aesterqueira,463hdeensila- deirae267hdecolheitadeira. Segundo Maureci, esse apoiooperacionaléfeitoapós agendamento e pagamento de taxas ao município. “A ajuda inclui assistência especializada e orientação que fortalecem a produção agrícola local, aquecem a economia, colaboram para a geração de renda e riqueza, incentivando os agricultores a ter melhor qualidade de vida e a permanecer moran- do no campo”, relata. Outro ponto destacado pelo secretário refere-se à manutenção das estradas do interior, fundamental para facilitar o escoamento da produção agrícola e a chegadadeinsumos.“Noano passado, realizamos 6.173 metros cúbicos de melhorias nosacessosviáriosutilizados pelos agricultores.Além dis- so, houve a revitalização de 14.310 metros cúbicos das estradas vicinais”, informa. Ao finalizar a análise, Maureci lembrou que a terceiraediçãodaExpofeira da Agricultura Familiar do Caminho dos Cânyons, rea- lizada no mês de agosto em Araranguácomapoiodogo- vernomunicipal,cresceuem quantidadedeparticipantes e qualidade dos produtos. Da redação Maureci Rodrigues faz balanço de 2014 e divulga números como as 6.879 horas de prestação de serviço com máquinas feitas em propriedades rurais Maureci chama atenção para população do interior Turatti prefeito (I) Presidente da Câmara Municipal de Araranguá, Rony da Silva (PMDB), não tem escondido seu apreço pelo prefeito Sandro Maciel (PT). A proximidade de ambos é um claro indicativo de que o grupo no PMDB ligado a Rony trabalhará de forma afincada para que o partido esteja aliado ao PT de Sandro em 2016, indicando o vice na cha- pa do prefeito que concorrerá à reeleição. Como consequência, o atual vice-prefeito Rodrigo Turatti (PDT) teria que ser alijado do processo. De olho nesta movimentação, e sabedor do descontentamento de Turatti com o PDT, lideranças do PSDB de Ara- ranguá já vislumbram a possibilidade de Rodrigo Turatti ingressar no ninho tucano paraconcorrercomocandidatodeoposição. Como bem diz o adágio popular: sonhar não custa nada. Turatti prefeito (II) Dentro da seara da realidade, no en- tanto, o mais provável é que Rodrigo Turatti permaneça aliado a Sandro Maciel, mesmo que não ocupe mais a vaga de vice. A leitura deste quadro é simples: nos dois primeiros anos da gestão de ambos, Turatti não deu nenhum indicativo de que pretende alçar voos mais altos na política, mesmo estando na posição privilegiada de vice-prefeito. Se atéagoranãoarticulounestesentidoestando na situação, muito menos tentará articular pela oposição, que fatalmente contará tam- bém com uma candidatura do PP tentando derrubar o atual prefeito em seu projeto de reeleição. De repente, se tudo chegar ao ápice da discórdia entre ele e Sandro Maciel, Turatti poderia até concorrer como vice dos progressistas, algo que também é pouco plausível.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 A bem da paz, não se deve permitir que se abuse das crenças para a causa da violência ou da guerra. Devemos ser claros e inequívocos ao desafiar as nossas comunidades a viverem plenamente os princípios da paz e da coexistência, que se encontram em cada religião, e denunciar atos de violência sempre que são cometidos. Papa Francisco, ontem, em discurso durante Encontro Inter-religioso e Ecumênico no Sri Lanka “ ” Vetos vão exigir conversa com a base PeloEstado O Executivo estadual tem até o dia 21, quarta-feira da pró- xima semana, para divulgar sua posição sobre todos os projetos aprovados pela Assembleia Legislativa no final do ano passado, num total de 136. Um dos mais polêmicos já foi vetado pelo governador Raimundo Colombo, decisão publicada no Diário Oficial. O Projeto de Lei Complementar 0021/2014, que propõe a instituição do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores do Ministério Público, foi considerado inconstitu- cional pela Procuradoria Geral do Estado, indicação acatada pelo governador. Agora a matéria volta para a Assembleia Legislati- va e o esforço do Executivo será no sentido de convencer a base aliada, maioria na composição da Casa, a manter o veto. Outro assunto que promete render debate na volta dos trabalhos na As- sembleia é a criação do plano de previdência complementar do Poder, o AlescPrev, com efeito retroativo a 2001, beneficiando de- putados e comissionados. A matéria foi aprovada na última ses- são legislativa de 2014 e a tendência é que Colombo também opte pelo veto para, depois, iniciar conversas com deputados aliados a fim de manter a decisão. Romaria Período de transição é também período de pressão. Lideranças de parti- dos da coligação que reelegeu o governo Raimundo Colombo/Eduardo Moreira têm feito uma verdadeira romaria ao Cen- tro Administrativo. Chegam com listas de nomes de apadrinhados que querem, a todo custo - e às vezes sem qualquer crité- rio -, que sejam nomeados. Farinha pouca... Em se tratando de am- biente político, essa prática é até normal. O grande desafio que já bate às portas do governador Colombo está em conciliar a pressão que vem dos partidos, a qualifica- ção dos indicados, que nem sempre têm condições para exercer os cargos preten- didos, e ainda ajustar as contas, com a re- dução de gastos que quer implantar. Vistoria Falandoemgovernador,amanhã ele faz mais uma vistoria de obras rodovi- árias. Dessa vez vai ser no Caminho das Neves, que liga São Joaquim ao Rio Gran- de do Sul, importante para ampliar o po- tencial turístico da região. Após sobrevoo, desce para observar o andamento da obra. Recentemente foram liberados mais R$ 4,9 milhões para o 10º Batalhão de Enge- nharia de Construção do Exército, sedia- do em Lages e responsável pela constru- ção, dar continuidade às ações previstas. Andréa Leonora Florianópolis - 14Jan15 Redeemexpansão Reunião em Caçador mar- cou o início da prospecção da Havan para a construção de uma unidade no município. O presidente da rede de lojas, Luciano Hang, garantiu ao deputado Valdir Cobalchini (PMDB), que está interme- diando as negociações, que uma equipe da empresa já iniciou os estudos e a escolha do terreno. Seu objetivo é atender em Caçador uma população de 500 mil habitantes de todo o Vale do Rio do Peixe. A importância do investimento para a região pode ser percebida pelos presentes à reunião. Na foto, da esquerda para a direita, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Caçador, Henrique Basso, Hang, Cobalchini, o prefeito de Caçador, Beto Comazzetto, o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) e o ex-prefeito Imar Rocha. Atualmente, a Havan tem 27 lojas em Santa Cata- rina e três indicadas no site para breve inauguração: Porto União, Araran- guá e mais uma em Balneário Camboriú. A rede tem 93 lojas (incluindo as inaugurações previstas) em 12 estados brasileiros. JorgeTadeu/Divulgação
  7. 7. Geral 7CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Crianças se refrescam em piscina na creche Público que no ano passado assistiu o CDC xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx > MARACAJÁ Janeiro, verão, mês de férias na escola, e o que fazer com as crianças? Em Maracajá, 50 alunos estão matriculadosnacolôniade fériasdoCentrodeEduca- ção Infantil Margareth Maria Tomasi Rocha, e durante todo o mês vão participar de atividades diferenciadas. Durante o período de férias, que encerra dia 30 deste mês, as crianças vão passar por várias salas de oficinas como uma de reciclado e outra de pintura. Segundo a integran- te da equipe gestora do CEI Juliana Dassoler, cada turma irá ficar um dia em cada oficina, pas- sando por todas elas na semana. “Também são promovidas atividades > JACINTO MACHADO A 11ª edição do CDC (Campo Demonstrativo Cooperja) acontecerá nos dias 11 e 12 de fevereiro, emJacintoMachado,onde mais de duas mil pessoas estão sendo esperadas. No dia 11 (quarta- -feira) o foco são as cultu- ras de maracujá, banana, milho e soja e, no dia 12 a produção de arroz. No se- gundo dia acontece ainda a solenidade de abertura e durante todo o evento será possível conhecer as tendênciasenovidadesem pastagens, exposição de animais, projetos de irri- gação e plantas bioativas. Crianças participam de colônia de férias Cooperja organiza mais um CDC coletivas como o banho de chuveirão, banho de piscina, brinquedos, sala de jogos, sala de vídeo e parquinho”,completa. Os lanches também são diferenciados e elaborados pela nutricionista de acordo com o calor da estação. Os pequenos ainda desfrutam Também haverá exposição de máquinas e implementos agrícolas, almoço, brinca- deiras para as crianças e atrações culturais. No espaço destinado ao arroz, a Epagri apresenta- rá variedades já tradicio- dades dos alunos do pro- jeto Verão Feliz”,comenta Silviane. O final de semana passado foi o primeiro com atendimento inte- gral, atendendo propos- ta do prefeito Ronaldo Pereira da Silva. “Desde que assumimos o governo municipal trabalhamos para estar ao lado dos gaivotenses em todos os momentos, e em especial neste, em que diversas famílias necessitam dos empregos gerados no verão” frisou. Para deixar as crian- ças na creche no horário especial os responsáveis devem apresentar docu- mentos que comprovem que estão trabalhando. Da redação > BALNEÁRIO GAIVOTA Overão nos bal- neários é o pe- ríodo em que se mais se trabalha no comércio varejista, restaurantes e serviços que atendem turistas e moradores das praias. Muitos desses trabalhadores são pais e trabalham também nos finais de semana. Em Balneário Gaivota eles podem ficar mais tranqui- los quanto ao cuidado dos seus filhos. Mais uma vez a Secretaria Municipal de Educação colocou em prática o programa Verão Feliz, Creche Aberta o Ano Inteiro. PaistêmcrechenofimdesemanaMães que durante a temporada de verão trabalham aos sábados e domingos contam com local para deixar crianças Alívio O projeto começou em 2013, com uma creche recebendo as crianças de 4 meses à 5 anos de idade durante toda a tempo- rada, incluindo os sába- dos e domingos. “Neste período as atividades são diferenciadas”, diz a secretária Rosinéa Alves Ferreira. De acordo com a se- cretária, o cardápio é ela- borado pela nutricionista Silviane Colares ofer- tando uma diversidade de alimentos saudáveis e ricos em nutrientes para cada faixa etária. “Cada idade exige uma alimentação adequada e nós conseguimos ofertar isso, pois acompanha- mos de perto as necessi- Creche Estrelinha do Mar está aberta durante todo o verão para atender pais de ambiente climatizados com ar condicionado, o que favorece a realização das atividades. A creche funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30às18h30,paragaran- tir a tranquilidade de pais quenãopodemsairdeférias no primeiro mês do ano. nalmente cultivadas e também novas cultivares. A exposição de animais tambéméalgonovo,poisa atividade pecuária ganha corpo na região, inclusive como auxilio na diversifi- cação da propriedade.
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Boogie oogie -18h Alto Astral -19h Império -21h A feganistão decide ficar acordado para ver quem faz a co- mida à noite. Manoel sai de carro com Afeganistão para fazê-lo dormir. Marcos e Caíque se enfrentam e Escobar intervém. Marcos diz a Laura que Caíque se sente aliviado por ter terminado com ela. Emerson diz a Afeganistão que a família dele já deve saber quem faz a comida e não quer lhe contar. Úrsula incentiva Ricardo a retomar sua carreira. C arlota mente para Fernando. Fernando exige que Cristina descubra o segredo de Carlota. Vitória chantageia Beatriz, que pede ajuda a Sandra. Beto discute com Tadeu. Vicente reclama da aula de ginástica de Inês. Leonor fica feliz com a de- monstração de interesse de Elísio. Carlota se irrita com a ida de Homero à delegacia. Artur pede aumento a Luisa. Beto informa a Carlota que desviou dinheiro de fornecedores da Vip Turismo. M aria Marta e Cristina pressionam Maurílio. José Pedro dispensa a ajuda de Cora. Danielle fala de Amanda para Cora. Felipe ameaça Cláudio e Beatriz se preocu- pa com o marido. Maria Marta aceita o dinheiro de Maurílio e Cristina se irrita. Ismael reclama de Maurílio para Maria Clara. Merival vai à delegacia para ajudar Cláudio. Maria Clara ouve Maurílio ameaçar Cristina. Enrico avisa a Téo que Cláudio foi preso. José Alfredo manda Josué investigar a vida de Maurílio. Rapidinhas CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Áries 21/03 a 20/0421/03 a 20/0421/03 a 20/04 Atenção com a tendência a expectativas exageradas e ideali- zadas, que não correspondem com a realidade. É preciso que aja mais em função dos seus sonhos e ideais, mas também mantenha os pés no chão. Leão 21/07 a 20/0821/07 a 20/0821/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/1221/11 a 20/12 Um belo dia para fazer uma limpeza emocional que ainda falta aos sagitarianos. Momento que favorece a interioriza- ção, reflexão e a percepção do que pode ser melhorado e aperfeiçoado. Gêmeos 21/05 a 20/0621/05 a 20/0621/05 a 20/06 Podemhaveragoradesafiosentreosseusinteressesprofis- sionaiseasquestõesdosrelacionamentos.Éumdiamuito interessante para você fazer um diagnóstico de como está agindoemrelaçãoaotrabalho. Libra 21/09 a 20/1021/09 a 20/1021/09 a 20/10 Reflitasobreosvaloresquelhesãomaisessenciaiseprio- ritários, nativo de Libra. O dia favorece uma consciência da necessidade de aperfeiçoamento, conhecimentos e da maneira de trabalhar. Aquário 21/01 a 18/0221/01 a 18/02 Procure não misturar assuntos financeiros com questões ligadas às amizades, aquariano. O dia é oportuno para refletirsobreoquefaltadesenvolvernostermosemocionais eprofissionais. Touro 21/04 a 20/0521/04 a 20/0521/04 a 20/05 Observeassuasatitudesemocionaisnosrelacionamentos,parce- riaseassociações.Éimportantequetenhaaféaespiritualidade comoguianessemomentodegrandesdesafios. Virgem 21/08a20/0921/08a20/09 Um dia favorável para você prestar mais atenção nas nuances psicológicas de suas atitudes. A capacidade de perspicácia e de ir ao cerne das questões está enfatizada nestemomentoaosvirginianos. Capricórnio 21/12 a 20/0121/12 a 20/01 Momentodeimportantesinsightseintuiçõesrelacionadas a questões pessoais. Um dia significativo para você refletir sobreoverdadeirovalordaamizade. Câncer 21/06 a 20/0721/06 a 20/0721/06 a 20/07 Um dia que enfatiza os sentimentos, a sexualidade e a criatividade dos cancerianos. É hora de agir com mais co- erência e responsabilidade em relação às suas demandas profissionais. Escorpião 21/10 a 20/1121/10 a 20/11 A Lua está se movimentando em seu signo, enfatizando as emoções e a percepção dos escorpianos. O momento é oportuno para você ter uma consciência maior dos seus valoresemocionais. Peixes 19/02 a 20/0319/02 a 20/0319/02 a 20/03 Estejaatentoaoslimitesdecertasquestõesemocionaisefami- liares,pisciano.Ajadeacordocomassuaspossibilidadesenão seexijademaisnestemomento. Horóscopo Umdiaquefavoreceumaprofundaanáliseeautoconheci- mentoaosleoninos.Omomentoéoportunoparavocêes- tarmaiscientedanecessidadedematuridadeemocional. O Big Brother Brasil estreia no dia 20 de janeiro e 13 dos 15 participantes foram divul- gados pela Globo nesta terça-feira (13). Entre dentistas, bailarinos, escritor, uma auxiliar de enfermagem, o perfil dos participantes voltou ao mais comum das primeiras edições, como prometia a propaganda do reality. Os outros dois candidatos surpresa ainda vão ficar para fazersuspensesobrequemcompletaotimena 15ªedição.Rafael,estudantedeadministração do Espírito Santo já conquistou os internautas e algumas fãs já declararam sua torcida pela belezacapixaba.“Jágamei!”,“Conquistoumeu coração”, escreveram alguns internautas no Twitter. Cariocas, pernambucanos, gaúchos e goianosaindacompletamotimedeparticipan- tes que entram na casa na próxima terça-feira (20).Oprogramaaindamisturaumestudante de direito com um gerente de salão de beleza e outra perita criminal. Promete ferver! Neste ano, a atração vai contar com a participação deRodrigoSant’Annaemumquadrosemanal. RodrigoDouradoéodiretorgeraldo‘BBB15’, quetemapresentaçãodePedroBial. Deborah Secco encerra sua participação emBoogieOogiedepoisdegravarsuasúltimas cenasnestaterça-feira(13).Jáproduzidacomo a aeromoça Inês, a loira fez uma selfie para o Instagram e anunciou que está em clima de despedida na trama das seis aos fãs, antes de começarostrabalhos. “Atenção, senhores passageiros com destino a uma saudade enorme! Hoje gravo meuúltimocapítulocomoaeromoça.Vousentir falta da minha Inês! E vocês? Apertem os cin- tos, respirem fundo e vamos partir!”, escreveu aartista,todaemocionadacomostrabalhos.
  9. 9. Correio Especial Igor Borges igor.borges@grupocorreiodosul.com.br www.facebook.com/igor.borges @igormborges Fábricas Esta é uma grande oportunidade das marcas de nossa região se conso- lidarem. O modelo outlet possi- bilita aos fabricantes ter acesso direto ao consumidor final, e com preço mais acessível, podendo massi- ficar mais sua marca, uma vez que o custos com propaganda, manutenção, e lucros das lojas varejistas são menores. Inaugura amanhã O QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO Foto do Dia #fotododiacorreiodosul Na última segunda- -feira, quem come- morou aniversário foi o Jeferson Rau- pp, secretário de Administração e Fi- nanças de Balneário Gaivota. Aqui fica nossa homenagem “‘Nunca deixe que tirem de você a esperança’. - Papa Francisco” Shopping Outlet Japonês WJ Uma das marcas estreiantes na região é a WJ, famosa por suas bol- sasesapatos. Alojaquetraz com exclusividadeamarcaéaBag & Shoes que estará no Novo ShoppingOutletJaponês.Cor- re pela boca miúda que só ao saber da possibilidade de encontrar uma bolsa ou sapato da marca WJ com descontos de R$ 100 ou mais, “as mina pira”!!! CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015 As portas abrem para o público amanhã às 20h Investimento Para colocar de pé este empreendi- mento foram investidos por volta de R$ 12 milhões. Desde seu pro- jeto, idealizado pela Empreteca, em- presa especialista em novos negócios, a parte arquitetônica, com a arquiteta Priscila Barreto, construção e instala- ção de equipamentos, podemos dizer que é o que existe de mais moderno. #shoppingoutletjaponês Inauguração Poucos acreditavam que o novo Shopping Outlet Japonês fosse sair do papel, mais em menos de 10 meses o empreendimento foi erguido e inaugu- ra amanhã, com as portas se abrin- do às 21 horas para o público. Terá show de fogos de artifício e o ator Rafael Cardoso, o Vicente da novela Império, estará presente para tirar va- rias selfies. Um novo lugar de compras no Sul. #shoppingoutletjaponês Outras Entre algumas marcas que podem ser encontradas no Novo Shopping Outlet estão: Alten- burg, Sol Paraglidres, Enzo Milano, BannyPel - Monica Schimtt, Evidence, Lojas Ita- lianinho, Dille, Lis Bless, Sol Store, D´Talhe, JDiuli, Ainas e muito mais, #shoppingoutletjaponês Outlet Um dos maiores receios de quem houve a palavra outlet, é ser enganado e encontrar preços mais caros. Mas não é o caso do Novo Shopping Outlet Japonês. Por contrato, todas as lo- jas têm que ter no mínimo 50% de produtos que estão a venda com preços 50% mais baratos do que em um loja de varejo tradi- cional. É sinal de produtos baratos. #shoppingoutletjaponês
  10. 10. 10 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Publicidade
  11. 11. Especial 11CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Os erros de português não impedem que se leia o pedido por um novo Brasil Da redação > SANTA ROSA DO SUL Aos 72 anos de idade, seu Isaurino João da Silva está cansado. Não é cansaço físico, nem cansaço da vida. Ele está cansado de verosdesmandosdasautori- dades que governam os país, os estados e os municípios. Seu João é produtor de banana, hoje aposentado, e morador de Sanga da Areia, interiordeSantaRosadoSul. Nos últimos dias, ele se dedi- cou a escrever um desabafo sobre o que o incomoda na realidade brasileira. A agri- cultura, claro, tem destaque. O agricultor explica que mal sabe ler e escrever, pois es- tudou somente até o terceiro ano, mas a dificuldade com as letras não o impediu de encher, a caneta, várias pá- ginas de um caderno. Depois eleprocurouoCorreiodoSul, pois queria ver suas ideias divulgadas. A agricultura é descrita por ele, com propriedade, como o “coração do nosso Brasil”, mas que estaria sen- dotratadapelosgovernantes como uma brincadeira. A banana e o maracujá esta- riam se perdendo devido ao preço baixo. A primeira sendo comercializada a R$ 7.50 a caixa de 20 quilos. Agricultor faz desabafo contra as autoridades“O maracujá conheço gente que tem estoque de mais de quatro toneladas e não pode vender”, diz o idoso. O fumo e o leite também estão desvalorizados e prejudicam as famílias rurais. “Só peço uma coisa: acorda deputado, governoeDilma.Osfilhosdo agricultor estão indo embora para as cidades. Arvoredo muito velho não produz”, alerta seu João. O aposentado analisa que o Brasil teve escravidão desdeoinício,econtinuaten- do hoje. Os escravos atuais seriam os agricultores. “Isso é uma denúncia para que tomem providências”, desa- bafa. Na sua opinião, é pre- ciso parar de plantar fumo, devido a desvalorização. Seu Joãocontadeumaentregade fumo em que 16 fardos não foram aceitos pela empresa fumageira por não ser da classequeelacompra.“Agora tem que jogar fora. E alguns já foram multados porque dizem que nas lavouras tem gente trabalhando como es- cravo. Mas eu pergunto: o agricultor não é escravo?”. Em mais um trecho do texto ele critica a fiscalização feita sobreoprodutorrural,quan- do tantas outras categorias também têm dificuldades e nada acontece. Um exemplo dado pelo idoso são os traba- lhadores da coleta de lixo do município, que teriam con- dições indignas de trabalho. Para seu João muitas leis são injustas e ele clas- sifica de ‘burra’ a ideia de que menores de 16 anos não podem trabalhar. E se preocupa com o avanço da criminalidade. “As leis no Brasil estão falidas, não dão mais volta. Os traficantes é que mandam e os bandidos é que têm direito”, reclama. Os políticos acrescenta, só fazem coisas erradas, que prejudicamopovo.“Quemdá umchequesemfundopagase quer, porque o vagabundo é protegido. O que vocês políti- cosfazeméerrado,protegem bandido que assalta e bota fogo em ônibus, isso é uma vergonha”. E o agricultor faz mais um apelo: “Dilma, faz alguma coisa, senadores e deputados federais, não deixem pra amanhã, o povo não merece” As críticas são destina- dastambémaCidasc,quede acordo com o aposentado age como se fosse dona da pro- priedade rural. Segundo ele, osbananaissãomonitorados, cadastradosetudoquefizero agricultortemquecomunicar a empresa do governo do estado responsável pelo con- troleetransportedeprodutos vegetais em Santa Catarina. “ACidascagoranãoaparece, só vem pra inderditar galpão e dar multa”, escreve. Atento as notícias atu- ais, o aposentado critica a presidente Dilma Roussef por reduzir a pensão das viúvas, conforme já anuncia- do, enquanto os deputados ganham,comseusbenefícios, quase R$ 80 mil. Este senhor nunca teve cargopolíticoenãorepresen- ta ninguém além dele mes- mo. Ainda assim, o Correio do Sul divulga seu desabafo por entender que representa a angústia de muita gente quetambémestácansadade tantosdesmandosnestepaís. País que, conforme seu João termina seu relato, “é lindo e nós amamos”. Legais e imorais
  12. 12. 12 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Publicidade
  13. 13. do renegociar o aparelho furtado, em pleno centro de Turvo. Maraca foi detido na casa de Janete Ba, sua companheira. A operação iniciou às 14 horas de ontem e só terminou à noite. O três foram enquadrados por crimes diferentes. Ela caiu no artigo 33, parágrafo 2º da Lei 11.343, a Lei de Tóxicos, que prevê deten- ção de um a três anos em regime fechado, pois cedia a sua casa para usuá- rios de entorpecentes. Um adolescente de 17 anos foi detido com Janete e Mara- ca. O trio fumava crack no momento da chegada dos policiais. O delegado que coor- denou a operação, André Gazzoni Coltro, revela que o grupo ainda sati- rizou as buscas na casa. “Eles garantiram que não acharíamos drogas, pois já haviam vasculhado todos os cantos em busca de mais para uso. É uma doença o vício, principalmente de crack”, alerta André. Vários resquícios de Polícia 13CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Rafael Andrade Grupo acabou na delegacia a espera de transferência para presídio do estado Uma das ações de prevenção realizada no ano passado pela subsecretaria Trio é detido depois de furtosQuatro foram presos em operação da Polícia Civil no Morro da Prefeitura, um deles com mais de 30 passagens Pela droga > TURVO Um furto realizado no estabelecimen- to comercial Aislan Ferros, no início da semana, levou a Polícia Civil de Turvo a realizar uma operação na tarde de ontem, no Morro da Prefeitura. O ladrão é Elder Amauri Rocha, o Maraca, de 29 anos, de Maracajá, que tem mais de 30 passagens policiais na região e cumpria pena em regime aberto. Ele carregou um aparelho de TV 20 po- legadas LED, cobertores e algumas peças de roupas, tudo para ser trocado por crack e maconha. A farra de Maraca, que é suspeito de tam- bém arrombar e furtar, nos últimos dias, objetos na Aliança Agropecuária, Padaria Manentti e Bar Lacavenita, todos estabe- lecimentos comerciais de Turvo, negociou a TV com Emerson da Silva, o Negão, 30, preso por receptação. Negão foi flagrado tentan- droga, um cachimbo e parte do material furta- do na Aislan Ferros fo- ram apreendidos. Maraca foi enquadrado por furto qualificado e pode ter a sua situação piorada por ser reincidente. Negão, que também tem algumas passagens foi preso por receptação. O adolescente foi liberado a um respon- sável. A avó, chorando, foi buscá-lo na delegacia. “Foi envolvimento com droga, é lamentável”, disparou a senhora. Andréinformaqueotrio está disponível ao sistema prisional e deverá ser enca- minhado ou para o presídio de Lages ou à unidade de São Joaquim, já que o Pre- sídioRegionaldeAraranguá continua impossibilitado em receber presos, devido à superlotação e a uma ordem judicial. A operação surgiu após incessante investiga- ção da equipe da Polícia Civil de Turvo. “É bom que os criminosos fiquem aten- tos! Estamos de olho e não vamos dar trégua”, garante o delegado. Morte de idoso comove família Subsecretaria intensifica o combate as drogas > ARROIO DO SILVA AcomunidadedePraia do Melão, no interior de Balneário Arroio do Silva, se assustou na tarde de segunda-feira, quando um cidadão encontrou um ido- so sem vida. Semninguémsaberse o caso era de homicídio ou mortenatural,aPolíciaMi- > ARARANGUÁ A Subsecretaria de Políticas Públicas Sobre Drogas, o Ambulatório de Dependência Química e o Ambulatório de Saúde Mental de Araranguá tem realizado uma série de ações visando auxiliar às pessoas sobre a importân- cia da conscientização e prevenção quanto ao uso de entorpecentes. litar e o Corpo de Bombeiros foram chamados com urgên- cia, por volta das 16h20min, reunindo uma multidão de curiosos, parentes, vizinhos e amigos. Ohomemestavadeitado em uma rede espreguiça- deira, sem sinais vitais e sem qualquer tipo de mostra de violência. A família ten- tou reanimá-lo, já no chão, Todos estes serviços es- tão instalados na rua Padre Antônio Luiz Dias, próximo ao Terminal Urbano de Ôni- bus. OprefeitoSandroRober- to Maciel avalia o trabalho realizado pela subsecretaria como amplo, complexo e im- portante no contexto social. “É um problema complexo com soluções complexas. Va- mos juntos extirpar este mal emAraranguá, lutando dia a após cortar a rede, mas não adiantou.Osbombeirosen- tenderam que houve morte natural, e a população se acalmou.Ocorpofoirecolhi- do após consentimento da família, a qual, segundo a PMestavaapenaspassean- do na Praia do Melão, mas mora no bairro Mato Alto, emAraranguá.Avítima fa- leceu aos 71 anos de idade. dia, pois o prejuízo é das fa- mílias e de toda sociedade”, destacou. SandroMacieltambém lembrou que, ao lado de Içara Araranguá criou a primeira Subsecretaria de Políticas Públicas Sobre Drogas do estado. “Isto nos orgulhamuitopeloexcelen- tetrabalhodesenvolvidono município, principalmente nas escolas, no sentido da prevenção”, ponderou.
  14. 14. Publicidade14 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  15. 15. Geral 15CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 > ARARANGUÁ O Tribunal de Justi- ça manteve condenação imposta a quatro pessoas, apontadas como integran- tes de uma quadrilha que explorava o comércio de entorpecentes na região. Adecisão partiu da 1ª Câ- mara Criminal do TJ, em julgamento de apelação ocorridodurantesessãona manhã de ontem, com re- latoria do desembargador Paulo Roberto Sartorato. O grupo era liderado por um traficante que já estava recolhido ao Pre- sídio Regional de Araran- guá, de onde continuava comandando o rentável negócio com o auxílio de sua companheira. Ela era TJmantémpena detraficantes responsável por efetuar e concretizar as transações, promover cobranças do tráfico. Investigado pela Polícia Civil, inclusive por meio de interceptações te- lefônicas autorizadas judi- cialmente, o grupo viu seu esquema ruir na véspera do Natal de 2011. Na ocasião, um táxi que transportava a mu- lher do condenado e mais dois homens que com ela negociavam a compra de drogas, foi abordado em barreira policial, com a apreensão de maconha e crack. As condenações im- postas aos envolvidos, que variaram de oito a 12 anos de reclusão, todas a serem cumpridas em regime fe- chado, foram mantidas pelo Tribunal. Solenidades Nós vemos como somos frágeis diante da nature- za, quando geralmente estamos acostumados a ir a um local, a um incêndio, por exemplo, e resolver o problemanahora”,analisa. Duas solenidades vão marcar as últimas sema- nas do tenente Samuel em Araranguá.Aprimeiraserá aindaemjaneiro,comdiaa ser definido, quando a com- panhia receberá três veícu- los, sendo dois de porte leve e novos, prontos para casos de prevenções, e um cami- nhão-tanque reformado. O caminhão antigamente possuía um chassi de auto- Djonatha Geremias Comandante Samuel Ambroso se prepara para deixar o cargo em Araranguá depois de quase um ano e meio Comando vai mudar em fevereiro que mora em Siderópolis com esposa e filhos, e que já tem o hábito de fazer o trajeto até Araranguá diariamente. “Não vou precisar mudar de casa, só que agora meu trajeto será menor”, acrescenta . Foi emAraranguá que o oficial alcançou a patente de primeiro-tenente, em junho de 2014. Atingir a próxima meta ainda deve levar uns três anos, chegar a capitão. Até lá, afirma não ter pressa nem estar ansioso, mas quer continu- ardiariamenteexercendoa vocação. Enquanto esteve na região de Araranguá, desde que assumiu em Sombrio, Samuel pode se aprimorar nos resgates marítimos e serranos, já queageografiadoextremo- -sul permitiu esse aprendi- zado. “Tivemos uma série de resgates de banhistas em águas tanto de rio quanto do mar, e também resgates na serra, turistas perdidos nos cânions, por exemplo”, lembra. Porém, o que mais o marcou foi enfrentar em dezembro último as turfas araranguaenses. Para ele, foiaexperiênciamaismar- canteporqueoincêndioera um fenômeno puramente natural, e não havia ne- nhuma solução imediata. “Nós fizemos os aceiros paraimpediraexpansãodo fogo, estouramos açudes e bloqueamos valas de água para inundar os hectares em chamas, mas depois disso, ainda precisamos esperar mais de três se- manas para ver a situação resolvida”, ressalta o co- mandante. Isso porque o fogoaconteceuporbaixodo solo, e apenas molhar com mangueiras ou borrifado- res não seria suficiente e gastaria água demais. “A solução foi estra- tégica e inédita. Por fim, usamos o mínimo de re- cursos naturais possível e menos profissionais para solucionar o problema. Foi incrível para mim estar diantedaquelafumaçasem poder fazer nada diante da natureza, apenas ajudar a amenizar os estragos. Esses casos amadurecem os bombeiros, sem dúvida. > ARARANGUÁ Em fevereiro, have- rá mudança de co- mandodaCompanhiaMili- tar do Corpo de Bombeiros da comarca de Araranguá. O primeiro-tenente Sa- muelAmbroso será substi- tuído pelo tenente Vinicius Marcolin, que atualmente comanda a corporação de Sombrio. A mudança co- meça com a alteração na companhia de Itajaí, cujo atual comandante deixará o cargo. Vai substituí-lo o comandante de Içara, a qual, por sua vez, receberá o tenente Samuel, que está à frente da companhia de Araranguá desde outubro de 2013. Nestes 15 meses em Araranguá, o tenente Sa- muel afirma ter aprendido muito. “Foi muito praze- roso, e fiz muitos amigos aqui”, comentou. Ele teve a oportunidade de traba- lhar com colegas do tempo em que estudava no curso paraserbombeiro,em1998 em Florianópolis, quase 17 anos depois. Tenente Samuel já está acostuma- do com as mudanças de cidade devido a profissão. Depois que se formou em Florianópolis, trabalhou em São Miguel do Oeste, Criciúma, Sombrio e agora Araranguá. Ir para Içara nãovaiserumesforçomui- to grande para o homem Após 15 meses, tenente Ambroso deixa companhia de Araranguá, que passará a ser comandada pelo tenente Marcolin, de Sombrio Bombeiros escada, mas que estava em péssimascondiçõesejánem era usada. Com a reforma, aautoescadasai,eoveículo se torna um autotanque, considerado ainda melhor para as ocorrências. Em outubro de 2014, a compa- nhia já havia recebido um veículo com tração quatro por quatro. Para Samuel, a melhoria em infraestru- tura da companhia é uma conquista da equipe. Já em fevereiro, tam- bémemdiaaserconfirma- do, acontece a solenidade para troca de comando, em que o Samuel Ambro- so entregará a liderança da companhia ao tenente Marcolin.
  16. 16. Publicidade16 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  17. 17.  Reunidas na Associação dos Municípios as mulheres discutem os problemas e as soluções que são comuns  Primeiras-damas e assistentes sociais dos 15 municípios discutem atividades Geral 17CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Fortes e unidas Djonatha Geremias > REGIÃO Ser esposa de um prefeito significa ter um papel a mais na so- ciedade. Dar bom exemplo, ser humilde e popular são algumas das principais características das primei- ras-damas, na avaliação delas mesmas. Geralmente carismáticas, elas têm um apelo social mais forte jun- to às mulheres adultas e idosas da comunidade. Por isso, costumam atuar em serviços voluntários nos Clubes da Terceira Idade e em Clubes de Mães, em parceria com as Secreta- rias Municipais de Assis- tência Social. Na região, as 15 primeiras-damas traba- lham unidas também entre si, por meio da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc). Quando se encontraram pela´última vez em 2014, juntas já decidiram parte do calendário de eventos 2015. “As mulheres fazem questão que nós participe- mos de todos os eventos. É curioso como elas têm uma identificação maior com a gente, às vezes mais do que com os prefeitos. Elas também se sentem mais seguras para fazer pedidos e reivindicações, achando que somos um elo entre elas e o prefeito. Porém, não podemos fazer Elassãodamasesãodeprimeiraesse tipo de intervenção. Os prefeitos têm o plane- jamento da administração pública e secretários es- pecíficos para cada área. Nós tentamos explicar às mulheres a situação e, em geral, elas compreendem e continuamos as atividades tranquilamente”, comenta a primeira-dama do muni- cípio de Meleiro, Adriana Zanette, exemplificando que os pedidos são dos mais variados, do reparo de um buraco de rua até a troca de lâmpada de algum poste. A primeira-dama de Praia Grande, Ângela Da- rós, complementa que na conversa com a popula- ção é possível ficar bem informada. “Às vezes, sa- bemos mais que os prefei- tos dos problemas e casos da comunidade”, diz. Ela lembra que o programa itinerante do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) foi um dos principais movimentos que aproximaram o aten- dimento ao público à comu- nidade. “Muita gente não ia até o Cras desfrutar dos serviços que o poder públi- co oferece por causa da dis- tância. Então o programa Cras Itinerante atendeu as pessoas diretamente nos bairros, e aí sim elas iam participar. Eu visitei os bairros e conheci de perto muito da nossa gente”, con- taAngela.Além do Cras, as primeiras-damas também atuam junto às Secretarias de Saúde e dos Conselhos Tutelares. Porém, o principal foco continua sendo os Clubes de Mães e da Terceira Idade. A primeira-dama de Morro Grande, San- tina Rocha, lembra que Afetando vidas uma das atividades que mais a marcou foi a visita dos idosos à Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em setembro. “Os idosos fica- ram muito sensibilizados. Muitos tinham até pre- conceito com os estudan- tes, nem chegavam perto, porque não conheciam a realidade dessas pessoas. No entanto,mudaram de visão. Passaram a gostar e a sentir carinho pelos estudantes. Eu me emo- cionei com essa mudança de alguns idosos. É lindo ver que uma atividade simples feita pelo grupo mudou a cabeça de várias dessas pessoas da terceira idade”, pondera Santina, que também faz visitas nas residências dos idosos, es- pecialmente dos acamados, para dar mais atenção, e vê o brilho nos olhos deles ao receberem a primeira- -dama. “Nós somos pes- soas comuns, mas o povo – não sei o porquê – nos vê como pessoas especiais e alguns se emocionam quando nós vamos à casa deles, ou quando conver- samos olhando nos olhos. Eles percebem que nós somos mulheres iguais, que sentimos o que eles sentemtambém”,completa a primeira-dama de Morro Grande. A coordenadora de As- sistência Social contratada daAmesc em 2014, Rosân- gela Paulino Alexandrino, trabalhou de perto nos últimos quatro meses com as primeiras-damas dos 15 municípios da região. Durante a última reunião de trabalho de 2014, ela homenageou as esposas dos prefeitos e as coorde- nadoras municipais de Assistência Social pelo trabalho realizado, o qual geralmente não é tão di- vulgado, em especial os de municípios menores, mas que, segundo Rosângela, faz a diferença na vida da comunidade que viven- cia de perto essas ações. “Graças ao empenho cole- tivo das primeiras-damas, foi possível realizar o 5º Encontro Regional dos Clubes de Terceira Idade da Amesc, que aconteceu em Turvo. Nesses even- tos, reunimos centenas ou milhares de pessoas, que trocam experiências e ideias, aprendendo en- tre si, confraternizando e fortalecendo os grupos”, exemplifica Rosângela. As primeiras-damas confirmaram algumas da- tas dos municípios para o calendário oficial de even- tos da região. Nos dias 10 ou 11 de abril, Araranguá já reserva a data para o 3º AraranguáFest. Já Turvo prepara a Festa do Colono no dia 14 de agosto. Morro Grande tem Agrofest nos dias 24 e 25 de julho. Já os encontros da Terceira Idade integrados ficam para os dias 20 de junho em Maracajá, 7 de junho em Meleiro, 14 de novem- bro em Praia Grande e 17 de outubro em Santa Rosa do Sul.
  18. 18. Publicidade18 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  19. 19. Publicações Legais 19CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 968/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento BNM5679 55640726D 2336920/0 03/02/2014 CYB1792 54560414E 181 * IX5460/0 17/12/2013 DFQ5783 54560736E 1675185/1 17/12/2013 DGE2853 54560674E 1675185/1 18/12/2013 DNC1100 54561049E 2336920/0 18/12/2013 EPJ8125 54560240E 181 * XVII5541/4 24/12/2013 IAV0156 54560553E 162 * V5045/0 18/12/2013 IAV0156 54560554E 163 c/c 162 * V5096/0 18/12/2013 IAW4380 54560046E 162 * I5010/0 28/01/2014 IAW4380 54560047E 164 c/c 162 * I5118/0 28/01/2014 IIS1050 54561047E 2336920/0 18/12/2013 IKP5745 54561242E 2336920/0 21/01/2014 ING5911 54561051E 2336920/0 19/12/2013 IQK4421 55066644D 2336920/0 28/01/2014 LAL9911 54560045E 181 * I5380/0 28/01/2014 LYW5612 54560388E 181 * VIII5452/1 21/12/2013 LZY0583 54560386E 181 * VIII5452/1 21/12/2013 MAM6959 54560750E 244 * III7056/1 24/12/2013 MCC2375 54560894E 162 * I5010/0 03/02/2014 MCC2375 54560895E 164 c/c 162 * I5118/0 03/02/2014 MCC2375 54560896E 230 * V6599/2 03/02/2014 MCD1495 55640731D 2336920/0 03/02/2014 MCF5744 54560880E 162 * I5010/0 31/01/2014 MCF5744 54560881E 164 c/c 162 * I5118/0 31/01/2014 MCF5744 54560882E 230 * V6599/2 31/01/2014 MCL7155 54560395E 181 * VIII5452/1 21/12/2013 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MCX1820 55640736D 2336920/0 04/02/2014 MDT8726 55066647D 2336920/0 28/01/2014 MEE9189 54560125E 162 * I5010/0 19/12/2013 MEE9189 54560555E 230 * V6599/2 19/12/2013 MEE9189 54560556E 164 c/c 162 * I5118/0 19/12/2013 MFN8474 54560883E 162 * I5010/0 01/02/2014 MGA6921 54561058E 2336920/0 19/12/2013 MGA7482 54561057E 2336920/0 19/12/2013 MGG5800 55640724D 2336920/0 03/02/2014 MHK8083 54561055E 2336920/0 19/12/2013 MHO4133 54560379E 2326912/0 21/12/2013 MHO4133 54560380E 1955835/0 21/12/2013 MHO4133 54560381E 252 * IV7340/0 21/12/2013 MHO4133 54560382E 1705215/2 21/12/2013 MHZ2682 55640742D 2336920/0 04/02/2014 MHZ4919 54560418E 2326912/0 20/12/2013 MIY0649 54560044E 252 * VI7366/2 28/01/2014 MKX2228 54560748E 181 * XI5487/0 24/12/2013 MLB2252 54561042E 252 * VI7366/2 18/12/2013 MLG8411 54560389E 181 * IX5460/0 21/12/2013 MMM2191 54561237E 181 * VIII5452/2 20/01/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 2 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 969/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento ION4559 54560909E 2336920/0 29/11/2013 R$ 127,69 IPG5351 54560606E 2336920/0 13/11/2013 R$ 127,69 MAY7483 54560023E 181 * IX5460/0 13/11/2013 R$ 85,12 MBC3667 54560618E 2336920/0 14/11/2013 R$ 127,69 MGA9718 54560908E 2336920/0 29/11/2013 R$ 127,69 MGV9758 54560028E 230 * XVI6700/0 23/11/2013 R$ 127,69 MIZ5689 54560904E 2336920/0 29/11/2013 R$ 127,69 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO. FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 970/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento DDU7743 55639136D 206 * IV6025/0 07/02/2014 EMK9101 54560694E 2336920/0 26/12/2013 IAX6417 54560700E 2336920/0 26/12/2013 ILM9090 54560689E 2336920/0 26/12/2013 IMA0299 54560695E 2336920/0 26/12/2013 KKN0853 54560681E 2336920/0 26/12/2013 LWS9400 54560391E 181 * IX5460/0 21/12/2013 LYC8959 55639137D 230 * V6599/2 16/02/2014 MBQ2716 54560879E 230 * VII6610/2 31/01/2014 MBY8676 54560687E 2336920/0 26/12/2013 MFE8712 54560697E 2336920/0 26/12/2013 MGF0196 54560680E 2336920/0 26/12/2013 MGK1430 54560685E 2336920/0 26/12/2013 MGS0264 54560684E 2336920/0 26/12/2013 MGW4318 54560238E 181 * XI5487/0 24/12/2013 MJS9179 55094060E 1955835/0 16/02/2014 MJS9179 55094061E 186 * I5720/0 16/02/2014 MJS9179 55094062E 230 * V6599/2 16/02/2014 1 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 972/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento CFG7834 55094057E 162 * I5010/0 15/02/2014 CFG7834 55094058E 164 c/c 162 * I5118/0 15/02/2014 CFG7834 55094059E 230 * V6599/2 15/02/2014 DAU4011 54561120E 2336920/0 13/02/2014 DET9849 54560688E 2336920/0 26/12/2013 GKM9638 54561100E 2336920/0 09/01/2014 HMM3279 54561093E 2336920/0 07/01/2014 IKB8729 54561108E 2336920/0 13/02/2014 ILV5340 54561158E 1955835/0 14/01/2014 LXJ4709 54561112E 2336920/0 13/02/2014 MAT4685 54561121E 2336920/0 13/02/2014 MBR4305 54561094E 2336920/0 07/01/2014 MDJ3028 54561222E 2336920/0 13/01/2014 MES3477 55639134D 181 * IX5460/0 02/01/2014 MEZ3470 54561216E 2336920/0 09/01/2014 MEZ9838 54561224E 2336920/0 13/01/2014 MGJ7736 54561152E 230 * VII6610/2 11/01/2014 MHS6710 54561217E 2336920/0 09/01/2014 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA
  20. 20. Publicações Legais20 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 976/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento ALB8793 54561078E 1675185/1 07/01/2014 ALB8793 54561079E 1675185/2 07/01/2014 BUM6321 55096461E 182 * IV5606/0 25/02/2014 DZW1156 54560888E 181 * XI5487/0 03/02/2014 GMY0036 55066646D 2336920/0 28/01/2014 IDP2921 55096457E 2336920/0 24/02/2014 IFS4641 55640735D 2336920/0 03/02/2014 IJA4232 55094007E 2336920/0 18/02/2014 IPX3025 55640728D 2336920/0 03/02/2014 IQD6462 54561113E 2336920/0 13/02/2014 ITV6993 55094019E 2336920/0 18/02/2014 LNQ2003 55094003E 2336920/0 18/02/2014 LXK6228 54561116E 2336920/0 13/02/2014 LZX5864 54560877E 162 * I5010/0 18/01/2014 LZX5864 54560878E 164 c/c 162 * I5118/0 18/01/2014 LZX8894 54561109E 2336920/0 13/02/2014 MBE1360 54560891E 162 * I5010/0 03/02/2014 MBE1360 54560892E 164 c/c 162 * I5118/0 03/02/2014 MBE1360 54560893E 230 * V6599/2 03/02/2014 MCA4833 55094005E 2336920/0 18/02/2014 MCC3303 54560897E 162 * V5045/0 03/02/2014 MCC3303 54560898E 164 c/c 162 * V5142/0 03/02/2014 MCC3303 54560899E 162 * III5037/1 03/02/2014 MCW1484 54561106E 2336920/0 13/02/2014 MDE9829 54560884E 162 * I5010/0 03/02/2014 MDE9829 54560885E 164 c/c 162 * I5118/0 03/02/2014 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MDE9829 54560886E 230 * V6599/2 03/02/2014 MDT2033 54561118E 2336920/0 13/02/2014 MEM2327 55094104E 2326912/0 24/02/2014 MEM2327 55094105E 250 * I * a7234/0 24/02/2014 MFE5423 54560971E 162 * I5010/0 16/02/2014 MFE5423 54560972E 163 c/c 162 * I5061/0 16/02/2014 MFL0577 55094013E 2336920/0 18/02/2014 MGP1780 55640743D 2336920/0 05/02/2014 MHC4940 54561232E 2336920/0 17/01/2014 MJA4290 55094051E 162 * I5010/0 15/02/2014 MJA4290 55094052E 164 c/c 162 * I5118/0 15/02/2014 MJA4290 55094053E 230 * V6599/2 15/02/2014 MJA4290 55094055E 1695207/0 15/02/2014 MJA4290 55094056E 1955835/0 15/02/2014 MJB9000 55640729D 2336920/0 03/02/2014 MJN2736 55096460E 181 * I5380/0 25/02/2014 MLA7071 54561102E 252 * VI7366/2 08/02/2014 MVZ9199 54561111E 2336920/0 13/02/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 973/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento AGL4789 54560926E 2336920/0 04/12/2013 R$ 127,69 MBN7088 54560964E 2336920/0 13/12/2013 R$ 127,69 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 1 / 1 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 974/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento BFO0808 54561060E 2336920/0 02/01/2014 BIU1013 54561229E 2336920/0 15/01/2014 CDE4287 54561095E 2336920/0 07/01/2014 DBE1893 54560562E 252 * VI7366/2 19/01/2014 HRY1819 54561129E 181 * XVII5541/5 20/02/2014 IAR4400 54561228E 2336920/0 15/01/2014 ICD2346 54561085E 2336920/0 07/01/2014 ICG5776 54561246E 2336920/0 23/01/2014 IKO0235 54561066E 2336920/0 02/01/2014 IMJ8796 54561235E 2336920/0 17/01/2014 JUX0481 55096458E 2336920/0 24/02/2014 LIK3778 54561090E 2336920/0 07/01/2014 MBZ2364 55639135D 244 * I7030/1 02/02/2014 MCC0981 54561059E 2336920/0 02/01/2014 MCG5531 54561243E 2336920/0 21/01/2014 MCM8906 54561161E 230 * XXII6769/2 15/01/2014 MCP5626 55094102E 244 * II7048/1 21/02/2014 MCP5626 55094103E 1955835/0 21/02/2014 MCZ5582 54561125E 1675185/1 20/02/2014 MEB2302 54561072E 162 * I5010/0 04/01/2014 MEB2302 54561073E 164 c/c 162 * I5118/0 04/01/2014 MEB2302 54561074E 1955835/0 04/01/2014 MEB2302 54561075E 2326912/0 04/01/2014 MEW1054 55066640D 2336920/0 28/01/2014 MGI9399 54561065E 2336920/0 02/01/2014 MHG4526 54561245E 2336920/0 23/01/2014 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MHT3193 54561063E 2336920/0 02/01/2014 MHZ9148 55639138D 230 * V6599/2 20/02/2014 MIF8217 54561064E 2336920/0 02/01/2014 MJQ1519 54561163E 203 * V5967/0 17/01/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 975/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento ALJ2522 54560732E 230 * VII6610/2 13/12/2013 R$ 127,69 IDI7520 54561010E 181 * IX5460/0 13/12/2013 R$ 85,12 MBE9524 54561014E 2336920/0 13/12/2013 R$ 127,69 MEV1762 54560735E 230 * V6599/2 17/12/2013 R$ 191,53 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO.
  21. 21. Publicações Legais 21CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Tabelião do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533- 0318 - CEP 88960-000, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot:131406;Dev:FFARIASDOSSANTOSME-12.794.528/0001- 69; Ced: BANCO COOPERATIVO SICREDI SA; Sac: ADEMAR MANOEL RICARDO & CIA LT; Tit: 003551 ; Apr: BANCO BRADESCO S A ; VEN: 31/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 200,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131488; Dev: MARISANE PATRICIO - 837.481.489-68; Ced: SAUDILES MARCIEL DE OLIVEIRA; Sac: SAUDILES MARCIEL DE OLIVEIRA; Tit: S2672 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 30/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 170,00+Juros Legais; Emol.: 71,89. Prot: 131510; Dev: RODRIGO SANTOS DASILVA- 912.496.279- 15; Ced: BANCO COOPERATIVO DO BRASIL S.A.; Sac: RINAVI COMERCIO E TRA; Tit: 120/4-4 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 13/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 940,00+Juros Legais; Emol.: 54,62. Sombrio - SC, 14/01/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA DE MORRO GRANDE AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 2/2015 REGISTRO DE PREÇOS A PREFEITURA DE MORRO GRANDE, localizada a Rua Rui Barbosa, nº 310, CEP 88.925-000, Centro, Morro Grande/ SC, torna público para conhecimento dos interessados, que está sendo publicado o Edital de Pregão Presencial nº 2/2015, cujo objetivo o registro de preços para aquisição de gêneros alimentícios destinados à alimentação de alunos da rede pública municipal de Ensino Infantil, Fundamental e para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV do município de Morro Grande. Os envelopes contendo a proposta de preços e documentação de habilitação serão recebidos até às 08h30min do dia 28/01/2015, com abertura no mesmo dia às 09h00min, junto ao Setor de Licitações desta prefeitura. Informamos que a íntegra do Edital e seus anexos poderão ser lidos ou obtidos no endereço supra citado ou no site www.morrogrande.sc.gov.br. Maiores informações estarão disponíveis os telefones (0xx48) 3544-0015/3544-0016 ou pelo e-mail licitacao@morrogrande. sc.gov.br. Morro Grande/SC, 13 de janeiro de 2015. Valdionir Rocha Prefeito Municipal. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE TERMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2015 –IL Nº 01/2015 CONTRATADO: JANETE SANTOS RAMOS SPIDO DO OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos da rede municipal de ensino Infantil e Fundamental, no período de janeiro a julho de 2015. DO VALOR:R$ 4.967,55(quatro mil, novecentos e sessenta e sete reais e cinquenta e cinco centavos). Do Fundamento Legal: Artigo 25, Inciso I, da Lei 8.666/93 de 21 de junho de 1993. JUSTIFICATIVAS: A Inexigibilidade justifica-se por inviabilidade de competição, haja visto a escolha dos fornecedores se fazer por credenciamento, através de chamada pública, necessária para o cumprimento da aplicação de no mínimo 30% (trinta por cento) do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE. DA VIGENCIA: 02/01/2015 à 31/07/2015. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE AVISO DE CADASTRO DE FORNECEDORES A Prefeitura Municipal de Praia Grande-SC, em atenção ao que preceitua o art. 35, parágrafo primeiro, da lei 8.666/93 e suas alterações, COMUNICA aos interessados que encontra-se abertas as inscrições para ingresso no cadastro de fornecedores e/ou renovação de cadastros, que enviem a documentação para o setor de licitações, sito a Rua Irineu Bornhausen 320-Centro- Praia Grande- SC -CEP: 88990.000, de segunda a sexta-feira, das 07: 00 às 13:00 hs. Praia Grande, 13 de janeiro de 2015. Valcir Daros Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE TERMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2015 –IL Nº 01/2015 CONTRATADO: COOPERATIVAREGIONAL DOSAGRICULT DE SÃO J DO SUL- COOPERSERTÃO DO OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos da rede municipal de ensino Infantil e Fundamental, no período de janeiro a julho de 2015. DO VALOR:R$ 7.868,00 (sete mil, oitocentos e sessenta e oito reais). Do Fundamento Legal: Artigo 25, Inciso I, da Lei 8.666/93 de 21 de junho de 1993. JUSTIFICATIVAS: A Inexigibilidade justifica-se por inviabilidade de competição, haja visto a escolha dos fornecedores se fazer por credenciamento, através de chamada pública, necessária para o cumprimento da aplicação de no mínimo 30% (trinta por cento) do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE. DA VIGENCIA: 02/01/2015 à 31/07/2015. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE TERMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2015 –IL Nº 01/2015 CONTRATADO: TEODORO DA SILVEIRA PINTO DO OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos da rede municipal de ensino Infantil e Fundamental, no período de janeiro a julho de 2015. DO VALOR:R$ 5.880,00(cinco mil, oitocentos e oitenta reais).. Do Fundamento Legal: Artigo 25, Inciso I, da Lei 8.666/93 de 21 de junho de 1993. JUSTIFICATIVAS: A Inexigibilidade justifica-se por inviabilidade de competição, haja visto a escolha dos fornecedores se fazer por credenciamento, através de chamada pública, necessária para o cumprimento da aplicação de no mínimo 30% (trinta por cento) do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE. DA VIGENCIA: 02/01/2015 à 31/07/2015. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE TERMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2015 –IL Nº 01/2015 CONTRATADO: VILMAR LUMERTZ ROLDÃO DO OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos da rede municipal de ensino Infantil e Fundamental, no período de janeiro a julho de 2015. DO VALOR:R$ 990,00(novecentos e noventa reais) Do Fundamento Legal: Artigo 25, Inciso I, da Lei 8.666/93 de 21 de junho de 1993. JUSTIFICATIVAS: A Inexigibilidade justifica-se por inviabilidade de competição, haja visto a escolha dos fornecedores se fazer por credenciamento, através de chamada pública, necessária para o cumprimento da aplicação de no mínimo 30% (trinta por cento) do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE. DA VIGENCIA: 02/01/2015 à 31/07/2015. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE TERMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2015 –IL Nº 01/2015 CONTRATADO: VILSON LOPES DOS SANTOS DO OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos da rede municipal de ensino Infantil e Fundamental, no período de janeiro a julho de 2015. DO VALOR:R$ 1.436,40(um mil, quatrocentos e trinta e seis reais e quarenta centavos). Do Fundamento Legal: Artigo 25, Inciso I, da Lei 8.666/93 de 21 de junho de 1993. JUSTIFICATIVAS: A Inexigibilidade justifica-se por inviabilidade de competição, haja visto a escolha dos fornecedores se fazer por credenciamento, através de chamada pública, necessária para o cumprimento da aplicação de no mínimo 30% (trinta por cento) do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE. DA VIGENCIA: 02/01/2015 à 31/07/2015. Valcir Daros - Prefeito Municipal
  22. 22. Publicidade22 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  23. 23. Segurança 23CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 vidade da situação, que demanda uma grande atenção até ser resolvida. A ampliação no presí- Da redação Delegados Jorge Giraldi, Jair e Riva durante sessão na câmara de vereadores > ARARANGUÁ Um dos assuntos que receberá no- vamente a atenção dos vereadores de Araranguá este ano é o Presídio Re- gional, que foi tema de reuniões em Florianópo- lis e na Câmara em 2014. Um dos fatos marcantes no empenho das auto- ridades da região pela reforma do prédio foi a participação dos delega- dos Luiz Vanderlei Sala, Jorge Giraldi, Ari José Soto Riva e Jair Pereira Duarte, na sessão do dia 17 de novembro, quando expuseram suas preo- cupações com relação as condições de trabalho da Polícia Civil, tais como falta de estrutura e de efetivo. Outra questão grave é a superlotação Presídiocontinuasendoproblema Sem solução do presídio, que está in- terditado. Essa exposição rea- lizada pelas autoridades policiais culminou em dois desdobramentos: a realização de uma audi- ência, no dia 11 de dezem- bro, sobre segurança com vereadores, delegados e outras lideranças com o secretário de Justiça e Cidadania Sady Beck Ju- nior, na capital do estado, na sede da Secretaria de Estado da Justiça e Ci- dadania, e a discussão e aprovação do Projeto de Lei No 38/2014, de auto- ria do Executivo, que al- tera a tabela que define os índices de uso do solo da sede urbana constante no art. 3o, da Lei No 864 de 1981. O projeto dará base legal para que o estado realize a reforma do Pre- sídio Regional de Araran- guá. A reunião legislativa do dia 15 de dezembro foi novamente acompanhada por autoridades da área de segurança pública. Neste ano, o empenho dos vereadores para que o assunto continue sendo tratado com a devida im- portância continua. No primeiro dia de trabalho após o recesso de fim de ano, no dia 5, o presidente Rony da Silva já assinalou a disposição no sentido de dar continuidade à luta pela viabilização da obra e o comprometimento da Casa Legislativa com as- suntos dessa magnitude. “Vamos dar continuidade a algumas lutas, como o Presídio e o Hospital Regional”, adiantou Rony. Salientando também a relevância da retomada do assunto, o vereador Ronaldo Soares, o Ronal- dinho, um dos engajados em temas relacionados à segurança, destacou em algumas sessões a gra- dio deverá custar um pou- co mais de R$ 8 milhões. O local hoje apresenta uma população carcerária de 450 presos, sendo que possui a capacidade para 128, poderá abrigar 240 homens e 60 mulheres.
  24. 24. quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  25. 25. Grama Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 ³ 08-09-29-66-79CONCURSO 3.688 QUINA 13/01 ³ 02-30-35-39-42-48 ³ 21-24-25-27-35-48 CONCURSO 1.350 DUPLA SENA 13/01 > Arroio do SilvA Depois da abertu- ra da competição, agora as rodadas são todas as terças, quartas, quintas e sextas-feiras no campo de futebol suíço do Morro dos Conventos, um dos mais disputados e fortes campe- onatos do verão esportivo do sul. São 12 equipes na categoria livre e mais 12 na categoria veteranos que passam a brigar pelo título. A competição a cada ano vem se consolidando e trazendo grandes atletas que querem jogar neste campeonatotãocomentado, que além de ser forte atrai um grande público que ain- dapodeapreciarabelezado lindo Morro dos Conventos. O subsecretário muni- cipal de Esportes Luciano Pires, juntamente com sua equipe, organiza a competi- ção e convida a todos para prestigia-la. A JB Esportes do professor José Búrigo e sua equipe coordenam o campeonato mais uma vez. Os jogos da rodada des- ta noite prometem, pois estarão em campo quatro grandes equipes que podem brigar pelo título. Equipes quetodososanosvemfortes paraestacompetição.Então hoje é noite de lotar as de- pendências e aos arredores do campo central do Morro dos Conventos. Hoje a noite Rodada Dois jogos pela categoria livre acontecem esta noite no tradicional campeonato de futebol do Morro dos Conventos SuíçodoMorrodosConventosseguehoje Cleder Maciel Vende-se Terreno em Baln. Gaivota no Bairro Jardim Ultramar próx. á Escola Dar- ci Ribeiro. Aceito carro no negócio. Fone: (48) 99080293. As 20h entra em campo o Cruzeiro do bairro Mato Alto, que tem a frente o Binha e seu filho Gil. Um grande time que foi monta- do este ano e que quer bri- gar de igual com os grandes em busca da taça. Do outro lado está o adversário desta noite, o Areti/Duvalle, do presidente Marcos Paulo, que traz também um gran- de time que onde disputa é sempre para brigar por título. Dois bons times que abrem a rodada desta noite ecertamenteirãofazeruma grande partida. Emseguida,às21h,um dos jogos mais aguardados dessa primeira fase de clas- sificação bota de um lado a Innal/Esportivo, do Alex e dos amigos do Esportivo. Uma equipe a ser batida e respeitada, forte e que mais uma vez certamente vem para brigar por vitória. O adversário da Innal é nada maisnadamenosqueoRafa Cabeleireiro/CentroEventos Praiano. O time do Rafa é novamente um dos maiores favoritos ao título, escolhido a dedo, cheio de jogadores experientes e que quer con- quistar o campeonato deste ano. Será uma partida de arrepiar e certamente deci- didaedefinidanosdetalhes. Ainda essa semana mais quatro equipes fazem suas estreias na competição nacategorialivre.Nasexta- -feira às 20 h jogam Z Féras Pinturas x Independente e em seguida Santa Cruz/ Cia do Sapato x Catari- nense/Imbrasilos. Antes, na quinta-feira, acontece mais uma rodada e mais quatroestreiasdacategoria veteranos. As 20h jogam AmigosBarranca/Tia Vena/ Arabrindes x Sapiranga e em seguida jogam Areti x Interlagos.
  26. 26. Aestréia oficial do time carvoeironatemporada2015 será no dia 31, às 17 horas, contraoGuaranidePalhoça, no estádio Heriberto Hülse, pelo Estadual. (Federação Catarinense de Surf) para julgamento das notas e um sistema de computação de notas da SurfPro. “É um momento deintegraçãoetambémde descobrir novos talentos”, afirma o vice presidente surpresasekitscompletos para os primeiros coloca- dos. A etapa é realizada nosmoldesdecompetições de alto nível, com uma grande estrutura mon- tada a beira mar, juízes credenciados na Fecasurf Hoje o bicho pega No suíço do Morro dos Conventos. Eu que sempre digo, esse é o melhor e mais forte campeonato do verão em toda nossa região. Mais forte ainda que o praião do Rincão ao meu ver. Das12equipesquedisputamacategorialivre,nomínimo8delas são fortíssimas e podem brigar pelo título. Equipes que a cada ano se reforçam mais. E hoje será prova disso, quando quatro grandes times estarão em campo. Cruzeiro, Areti, Innal e Rafa, todos de qualidade e que trazem bons jogadores. Pode apostar que serão dois jogos de arrepiar na noite de hoje pelo que sei das equipes e seus reforços. Vamos lotar a arena de jogos hoje no Morro e conferir. Boleros UmnovotimeestásurgindoemAraranguá,éoBolerosdoRodrigo edoBango.Elesestãomontandoumaequipeparajogarocampeonato municipal de Araranguá na segunda divisão, isso se arrumarem uma vaga.Sealgumaequipedesistirdasegundadivisãoelesentramnavaga. Os dois montaram uma grande equipe já no praião do Sobre as Ondas com o apoio do amigo Ricardo Ghelere, e para o municipal da segunda divisão estão querendo também fazer um grande time para subir para primeira divisão de 2016. Sucesso a eles. Paulão em Araranguá QuemnãolembradograndezagueiroPaulão,oxerifãodazagado Araranguá, o AEC. Ele está em Araranguá e Arroio do Silva passando uns dias de férias. Lembro até hoje deste zagueiro jogando com uma chuteira de futebol suíço. Muitas alegrias deu ao AEC. Abraços ao Paulão e sucesso ao amigo. Neste final de semana Acontece no sábado a 3º Taça BG de Vôlei de Praia, na Gaivota. As inscrições serão no masculino e no feminino, no local da competi- ção. O valor da inscrição é de 30 reais por dupla. As partidas serão na quadra central 3º avenida, com inicio as 17h. A competição faz parte do Viva Verão Gaivota. Abraços ao amigo Daniel 2 CORREIO DO SUL Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 > ARROIO DO SILVA Com previsão de boas ondas para o final de semana, quando acontece o 4º Nascente Astralina Marbon de Surf Amador, em BalneárioAr- roiodoSilva,adiretoriada Asbas (Associação de Surf doBalneárioArroiodoSil- va), trabalha nos últimos detalhes da competição. A expectativa é de que mais de100atletasdisputemas oito categorias. O palanque do cam- peonato será montado em frente a nova praça do Centro do Arroio e os surfistas vão competir em oito categorias: iniciante, mirim, júnior, open, local, soul surf, sênior e master. Tradicional e muito esperado, o campeonato vai distribuir seis pran- chas, dois blocos, prêmios CampeonatoatraisurfistasaoArroio Final de semana será de muita adrenalina e emoção nas águas do Arroio, onde são esperados mais de cem competidores Tigre joga em casa jogo treino contra o Cruzeiro/RS e joga amistoso em Novo Hamburgo Preparação Esporte Cleder Maciel Esporte (48) 9900 3535 esportes@grupocorreiodosul.com.br https://www.facebook.com/cleder.maciel O Criciúma confirmou os locais e os adversários dos dois testes da equipe antes da estréia no Cam- peonato Catarinense. No dia 21 deste mês, às 16 horas, o Tigre irá enfrentar o Cruzeiro (RS) no Centro de Treinamento, no bairro CristoRedentor.Osegundo confrontoseráumamistoso fora de casa contra o Novo Hamburgo RS, no dia 24, às 17 horas. Nojogotreino,foicom- binadoquecadaumdosdois times usará uma equipe para cada tempo de jogo. Paraoamistosoestarãoau- torizadassetesubstituições. Criciúmaconfirmaamistosoejogotreino Queromandarosabraços da coluna hoje para o amigo Daniel, grande pessoa, ser hu- mano de um coração enorme e puro. Daniel é conhecido por relevantes trabalhos de segurança. Quem o conhece sabe o quanto é uma pessoa boa, um cara extrovertido e sempre brincando, e amigo dos amigos. Abraços ao Daniel, e nes- safotooamigomedeixamuito feliz e emocionado, pregando na igreja. Deus abençoe meu amigo,oSaulinho,oDica,seus filhos e toda sua família. daAsbas, Fernando Vitor. Para o presidente da associação, Clailton Oli- veira, a realização deste evento comprova a força doesporte.“Temosmuitos adeptos ao surf no sul e nossa praia não pode ficar deforadarotadosgrandes campeonatosamadoresdo estado”, completa. O campeonato é uma realização daAsbas e pre- feitura de Balneário Ar- roiodoSilvaetemopatro- cínio de Nascente Astra- lina, Marbon Skate Surf Shop, Vida Marinha, Orla Marinha, Lojas Fátima, Lojas Adelino, El Colégio, Gastrô03RistorantePub, NutricionalDistribuidora, SupermercadodasFrutas, Ronald Teixeira Corretor de Imóveis, Rafa Shot, Guru das Ondas, Criati- ve Comunicação Visual, InsaneWater,MaréMare Rádio Transamérica. Partidas de preparação Jogo treino 21/01 - 16 horas - CT do Criciúma Criciúma x Cruzeiro (RS) Amistoso 24/01 - 17 horas - Novo Hamburgo (RS) Novo Hamburgo (RS) x Criciúma

×