Jornal digital 4666 Ter 12-05-15

243 visualizações

Publicada em

JornalDigital-4666 Ter 12-05-15

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4666 Ter 12-05-15

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.666 TERÇA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 22º 15º Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense GeralGeralGeral Tecnologiaaumenta transparência na CâmaradeVereadores Família aindaespera indenizaçãopor SCSombrio-Jacinto Odramadas escolasestaduais Santa Rosa do SulCS 25 AnosEducação 13Página4 e 5Página3Página DiversasliderançaspolíticasdaregiãoestiveramontememJoinville, participandodovelórioesepultamentodosenadorLuizHenriquedaSilveira. NafotoestãooprefeitodeSombrioZênioCardoso,osecretárioregional AdemirdaSilvaeodeputadoestadualManoelMota,queestavainconsolável. TambémestiveramemJoinvilleovice-prefeitodeTurvoThiagoZilli,abancada doPMDBdevereadoresdeSombrio,alémdeoutrosamigosecorreligionários. OAdeusa LuizHenrique Tristeza 2Página Apolônio continua interditada e Castro Alves fica alagada
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO Repercussão da morte de Luís Henrique (48) 3522-3777 Governador Raimundo Colombo Vice-governador Eduardo Moreira Deputado Federal Edinho Bez Presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merísio “Perdemosumgrandeamigo,uma pessoa muito especial, com um cora- ção enorme, princípios e valores. Um grandelíder.LuizHenriqueeraparceiro paratodasashoras,principalmentenas mais difíceis. Por toda Santa Catarina, como ele dizia, conquistou amigos e, hoje, o Estado inteiro derrama lágri- masdereconhecimentodapessoaque perdemos.Éummomentomuitotriste paratodosnós,paraoEstadoetambém para o Brasil. Sou uma pessoa de fé, masdóimuitonocoraçãoetemosque superar”. “LuísHenrique,queeu conhecia há 30 anos, era um homem que exerceu naplenitudeasuavocação paraacausapública.Dedi- cou-se com perseverança, conquistas,superação,mas acimadetudocomespírito visionário, enxergou um desenvolvimentoparaSan- ta Catarina, com questões éticas e morais”. “Perdemos um grande líder político. Herdamos um legado de trabalho, cultura e luta por Santa Catarina e pelo Brasil. Culto, trabalhador incansável e homem de palavra, Luiz Henrique da Silveiradeixaumlegadoquejamaisserá esquecido”. Venho manifestar a minha eterna admiração e respeito por este que foi, comcerteza,umadasmaioreslideranças de Santa Catarina. E compartilho com a classe política do nosso Estado este sentimento de pesar. Hoje, há que se erguer não apenas as bandeiras de um estado, de um país e de um partido, mas os estandartes da solidariedade e da união”. “O Brasil perdeu um líder con- solidado há 40 anos, sempre pres- tandoserviçopúblico,atendendoas pessoas com a essência do servidor. Temos poucos líderes como esse, que nos deixou prematuramente, porque ainda tinha uma carreira muito longa pela frente”. DA REDAÇÃO Na última sexta-feira, o secre- tário regional Ademir da Silva, o Dema,esteveemSãoJoãodoSul, onde participou de um encontro promovido por produtores de polvilho da região. O deputado federalRonaldoBenedettambém esteve no encontro e ambos se comprometeram em envolver os governos estadual e federal para reverter questões que prejudicam os produtores catarinenses e a formadecultivaropolvilhoecon- sequentemente seus derivados. DemaeBenedettambémesti- veramemSombrio,ondeacompa- Polvilho e HDJ na pauta de Dema nhadospeloprefeitoZênioCardoso e a secretária municipal de Saúde, GislaineDiasdaCunha,visitaramo HospitalDomJoaquim.Avisitateve como objetivo verificar a situação do HDJ e suas necessidades. Dema verificará o pedido protocolado na Secretaria Regional na última quinta-feira, para intervir junto a Secretaria de Estado da Saúde para tentar fechar a contratuali- zação necessária para iniciar as internações do SUS na unidade hospitalar.
  3. 3. e o gerente de infraes- trutura, Frederico Lei- te Pereira, montaram um projeto baseado nas exigências do Corpo de Bombeiros para atender a regulamentação de segurança e prevenção contra incêndios - mo- tivo pelo qual a escola foi interditada, uma vez que apresentava sérios riscos de curto-circuito. O projeto acabou sendo orçado em R$ 59 mil. Na última quinta- -feira, Nilson e o secre- tário regional Ademir da Silva, o Dema, esti- veram em Florianópo- lis, na sede do Governo do Estado, para levar pessoalmente um ofício que pedia a liberação do valor necessário para contratar uma empresa e realizar a reforma. Eles foram recebidos pela di- retora de Infraestrutura da Secretaria de Estado da Educação (SED), Ka- ren Lippi, que acolheu o pedido. “Nos próximos dias, o governador Raimundo Colombo toma conhe- cimento do projeto e, de antemão, já nos foi garantido que o dinheiro sairá até, no máximo, quarta-feira”, adiantou Nilson. Ainda não se sabe se a contratação de uma empresa se dará por licitação ou por carta- -convite. A intenção do gerente é poder executar a obra por carta-convite porque, segundo ele, é um processo mais rá- Geral 3Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 ³Sala do Saede foi uma das que ficaram alagadas com o forte temporal ³Gerente regional de Educação batalha por recursos para obras emergenciais > ARARANGUÁ Mais uma escola da redeestadualestásofrendo com alagamentos durante as fortes chuvas. Além do Colégio Estadual e da Maria Garcia Pessi, em Araranguá, e da Apolônio Ireno Cardoso, em Balne- ário Arroio do Silva, agora é a vez da Escola Castro Alves, no Centro de Ara- ranguá, a sofrer com as inundações.Paraosalunos e professores, isso não é novidade - muito menos para o poder público. On- ChuvaalagaoCastroAlves tem, durante a chuvarada damanhãedatarde,assalas de aula novamente ficaram cheais de água. Dentre os locais alaga- dos, estão a sala dos profes- sores,asaladeartes,assalas da educação especializada (Saede),dentreváriosoutras. Paispreocupadosafirmamjá teremprocuradooMinistério Público, e a Secretaria do Desenvolvimento Regional (SDR) e a Gerência Regional deEducação(Gered)também já estão cientes da situação da infraestrutura da escola, que já vinha enfrentando também a greve dos profes- sores da rede estadual. Segundo a diretora Adelina Rosso de Lucca, o problema das inundações ocorre há, no mínimo, três anos, e várias pequenas reformas já foram feitas, mas, segundo ela, o pro- blema sempre retorna. “São reparos pequenos, manutenção que precisa ser realizada com alguma frequência, senão, quando a chuva vem, alaga várias salas”,comentaadiretora. A SDR e a Gered solici- taram na quinta-feira a liberação somente de R$ 6.300,00 para a reforma do telhado e ouviram um ‘não’como resposta. Djonatha Geremias Djonatha Geremias Recurso para reforma sai até quarta Interditada > ARROIO DO SILVA Até amanhã, deve chegar o recurso necessário para contra- tar uma empresa que vai reformar a escola estadual Apolônio Ireno Cardoso, de Balneário Arroio do Silva, interdi- tada desde 20 de abril. A afirmação foi feita pelo gerente regional de Edu- cação, Nilson Costa, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regio- nal (SDR) de Araranguá, na última sexta-feira, em entrevista ao Correio do Sul. Segundo ele, a Ge- rência Regional de Edu- cação (Gered), a SDR Gerente de Educação afirma ter conseguido dinheiro junto ao governo do estado para contratar empresa e reabrir escola pido, mas depende da legislação. “Esta semana vou me reunir com a diretoria e a comunidade escolar da Apolônio Ireno Cardoso para vermos como ficará o ano letivo dos estudan- tes. Toda paralisação é prejudicial aos alunos, mas posso garantir que a escola cumprirá os 200 dias letivos”, com- plementa o gerente de Educação. A escola, por ser estadual, também já vinha sofrendo com a greve dos professores da rede pública, que havia inviabilizado parcial- mente as aulas na escola, antes da interdição total, que agora deixou 810 alu- nos desassistidos.
  4. 4. 4 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Construída em 1995, nova rodovia José Tiscoski, que liga Jacinto Machado e Sombrio, cortou imóveis de pelo menos 40 proprietários. Oito entraram na Justiça pedindo indenização, mas ainda aguardam pelo pagamento ³Proprietário das terras morreu com mágoa sem receber indenização, contam filho Nildo e o neto Cleiton Para lembrar.... Proprietáriosdeterrasaguardam 20anosporindenização Sombrio Motivo para mui- tas matérias, antes identificada como SC 485 e hoje como SC 449, a rodovia José Tis- coski (Balneário Gaivota/ Sombrio/Jacinto Macha- do) nem sempre esteve nas péssimas condições em que se encontra atualmente; mas, se- gundo indicam os ar- quivos do Correio do Sul, parece que desde a sua construção foi mo- tivo de controvérsias. Ao completar 25 anos de sua fundação, o jornal reviu uma reportagem de 1999, quando pro- prietários de terras rurais cortadas pela rodovia reivindicavam na Justiça o direito à indenização. Em 2015 a estrada com- pleta 20 anos, mas não há nenhum motivo para comemorações. Figura conhecida no município de Sombrio, tanto por sua simplicida- de quanto pela tradição das famílias Coelho e Freitas, herdada de seus pais, seu Lídio Norberto Freitas foi proprietário de grande parte do bairro São José, fruto de muito trabalho e com o objeti- vo de que seus herdeiros pudessem desfrutar de uma vida melhor que a sua. “Meu pai vendeu umas poucas terras que tinha no Pirão Frio (hoje bairro São Francisco), veio para cá, trabalhou e depois foi comprando as terras vizinhas às suas”, conta Nildo Coelho de Freitas, um dos seis filhos de seu Lídio. O montante da propriedade chegou a 26 hectares, locali- zados na extremidade oeste da avenida Getúlio Vargas, entre os bairros São José, Nova Brasília e Morretinhos. Com o início da cons- trução da nova rodovia que ligaria Sombrio a Ja- cinto Machado, as terras de seu Lídio foram as pri- meiras a serem afetadas, já que seriam divididas para permitir o avanço da obra. “Meu pai nunca quis se desfazer da terra. Chegou a chorar quan- do viu o que ia acontecer e por isso decidiu entrar na Justiça para receber a indenização”, lembra Nildo, que recebeu a reportagem do Correio do Sul na companhia do filho Cleiton. Segundo Nildo, o tra- çado da rodovia que seria asfaltada passou exatamente onde se encontrava a antiga casa da família, que na época da construção já residia em outro endere- ço. “Antes de chegar na ponte sobre o rio da Laje, de um lado estão três co- queiros e do outro lado algumas árvores. Nossa casa ficava no meio, bem onde hoje passa a estrada”, identifica Nildo, que da frente de sua residência enxerga – a cerca de 300 metros – o local onde cresceu com os irmãos. A reportagem do Correio do Sul, reprodu- zida em 13 de julho de 1999 e intitulada ‘Agri- cultores pedem indeni- zação na justiça’, traz uma foto de seu Nildo mostrando suas terras, já cortadas por uma es- trada ainda sem asfalto, no ponto onde passou parte de sua vida e criou seus filhos. ‘A estrada velha, que continua fun- cionando até terminar a nova que será asfaltada, já passou pelas suas terras. Hoje o agricultor pede na justiça, além Da redação Casa antiga
  5. 5. Especial 5Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 ³Em 1999 Correio fez reportagem com seu Lídio Política Rolando Christian Coelho A inda que se especule uma dúzia de nomes a procura de um her- deiro para o legado político de LuizHenriquedaSilveira,ofato é que esta figura não existe. Todos os peeme- debistascontemporâneosdofalecidosenador, quetêmoutiveramumavisãoparecidacoma dele, já não estão mais na ativa, e, em alguns casos,jánãoestãomaisnemnopartido,como é o caso do ex-senador Jaison Barreto. Outros jáfaleceram,comooex-governadorPedroIvo Campos, ou se tornaram meramente líderes regionais,comooex-deputadoValmordeLuc- ca. Da safra de Luiz Henrique resta ao PMDB catarinenseoex-governadorCasildoMaldaner, mas que nem de longe reúne as habilidades políticas desfrutadas pelo falecido senador. Diante do quadro o PMDB precisará construirnecessariamenteumnovonomeque, ressalte-se,levarámuitotempoparaemplacar. Dentre os cotados estão o vice-governador Eduardo Moreira, o deputado federal Mauro MarianieosenadorDárioBerger.Oproblema doPMDBéquenenhumdelestêmahabilidade Luiz Henrique não tem substituto necessária para lidar com a complexidade da política catarinense, que é pautada por uma infinidade de divisões e subdivisões, quase que sem precedentes no país. Neste momento, por exemplo,MoreiraeogovernadorRaimundoCo- lombo(PSD)estãocomsuasrelaçõesestremeci- das,porcontadedeclaraçõesfeitaspeloviceem relação ao Governo do Estado. Mariani é outro quesóentrounacampanhadeColomboaos45 dosegundotempo,porlhefaltarahabilidadeda composição, típica em Luiz Henrique. Já Dário Berger é cristão novo no PMDB. Egresso do PFL terá que se esforçar muito para convencer os peemedebistas de seus reais propósitos. Se dentre os caciques da sigla faltam predicados tão essenciais, o que dizer então do segundo escalão do partido, fortemente caracterizado por interesses regionais. É muito provável que o PMDB volte a se caracterizar por uma divisão de poder em macrorregiões do Estado. O maior beneficiado comistoseráoPSD,queteráapossibilidadede negociar com o partido em separado, o fragili- zando ainda mais. PTB empolgado Coordenador regional do PTB, Sander Pacheco, diz que pretende conversar com o prefeito de Araranguá Sandro Maciel (PT) sobre a retomada de espaço da sigla junto a administração municipal. Com as filiações de Beto Coan, Antônio Pereira, o Toninho da Roça, Cleder Maciel e Osmar dos Santos, o PTB se sente revigorado para postular um cargo de relevância junto ao governo Sandro, perdido desde que o ex-presidente da sigla, Vado Zilli, deixou a Subsecretaria de Turismo. Empolgado principalmente pela entrada de Beto Coan ao partido, que disputou a Câmara Federal no ano passado, o coordenador diz que pretende acelerar o trabalho de organização do PTB em toda a região, de modo a preparar a sigla para as eleições municipais do ano que vem. Adelor no comando Vice-prefeitodeJacintoMachado,Adelor Emerich, assumiu a presidência do PP Muni- cipal. Adelor, que é um dos cotados para a sucessão do prefeito Antônio de Fáveri (PT) dentrodesuacoligação,dissequepretendese dedicarnospróximosmesesaofortalecimento do partido, com vistas a 2016. O objetivo do PP, por óbvio, é o de emplacar a cabeça de chapa,numadisputaqueprovavelmenteserá travada com o PMDB. O partido administrou omunicípiopelaúltimaveznomandatoentre 1996e2000,comojáfalecidoAlcidesÂngelo Saretto (PP). De lá para cá foram dois gover- nosdoPMDBforadopoder,edoisdoPTcom os progressistas figurando como apoiadores. Para o PP a hora da retomada do comando municipalcomeçanaeleiçãodoanoquevem. Boeira cotado PP de Criciúma já fala abertamente no nome do deputado federal araranguaense Jorge Boeira (PP) como sucessor do prefeito Márcio Búrigo (PP) no projeto político pro- gressista.Odeputadosurgecomoaalternativa mais plausível tanto para a eleição municipal de 2020, quanto para a do ano que vem, caso Márcio Búrigo opte por não disputar a reelei- ção. A transferência de domicilio eleitoral de Boeira de Araranguá para Criciúma em parte já tinha este objetivo. Sabia que, em sendo deputado federal representando o município, mais cedo ou mais tarde seu nome seria co- gitado seriamente para disputar a prefeitura. Pelo andar da carruagem os desdobramentos finalmente convergiram para o desejo do parlamentar, que tem se mostrado um exímio estrategista político. Homenagem a LHS Líderes do PMDB de nossa região se deslocaram ontem em peso para Joinville, com o objetivo de prestar uma última home- nagem ao falecido senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB). Deputado estadual Manoel Mota (PMDB), que era seu amigo pessoal há várias décadas, e foi líder de seu governo na Assembleia Legislativa por sete anos, se disse inconsolado. “Santa Catarina nunca mais terá umhomempúblicoàalturadeLuizHenrique. Ficamos órfãos”, resumiu. O prefeito de São João do Sul João Rubens dos Santos (PMDB), enalteceu o poder de articulação do senador, e sua habilidade para apaziguar desavenças internaseexternar:“Perdemosnossobombei- ro”, comentou. O sentimento de desamparo é notório no PMDB. DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Filho quer resposta da indenização, que a estrada velha seja fecha- da e as suas terras de- volvidas. O idoso conta que no ano passado um homem desconhecido o procurou e prometeu que a indenização viria logo (...)’, descrevia a matéria publicada em 1999. A estrada velha a que se refere é hoje a extensão da rua Caeta- no Lummertz, que cruza São José e Centro. Na época, além de seu Lídio, outros sete proprietários também optaram por tentar o pagamento de indeni- zação através de meios judiciais. Entre eles, os irmãos Otávio e Antônio Cardoso de Oliveira. “A maior parte das terras tomadas pela estrada foram do meu irmão”, lembra Otávio, que até hoje aguarda uma res- posta para o processo aberto em 1999. Em pesquisa realiza- da no site do Judiciário catarinense, o Correio do Sul verificou que a ação em nome de seu Lídio administrada pelas advogadas Anamara de Souza e Vivian Martins Cardoso teve sentença favorável já em outubro de 2001, condenando o DER/SC (Departamento de Estradas de Roda- gem de Santa Catarina), hoje Deinfra, ao paga- mento de R$ 44.772,80, acrescidos de juros com- pensatórios a partir da ocupação das terras, correção monetária, ju- ros moratórios a contar do início da ação e nova correção a partir da pe- rícia no local; além de honorários das advoga- das e de peritos. Publicada a senten- ça, em janeiro de 2002 o governo do Estado recorreu. Em novembro do mesmo ano, nova publicação anunciou a execução da senten- ça. No mesmo mês, um processo anexo (depen- dente) foi iniciado, com pedido para que fosse desapensado (separa- do) em setembro de 2010, depois de ter sido arquivado definitivamen- te cinco anos antes. “Meu pai até sou- be dessa sentença em 2001, mas nunca mais foi procurado”, lembra Nildo. Seu Lídio faleceu oito anos depois da pu- blicação da reportagem do Correio do Sul, com 88 anos de idade. Mes- mo sendo proprietário de vários hectares de terras onde hoje Sombrio se expande, residia ainda em uma pequena casa de madeira, próxima ao cruzamento das aveni- das prefeito Francisco Lumertz Júnior e Getúlio Vargas. “Meu pai sempre foi assim, viveu toda a sua vida com humilda- de. As terras que adqui- riu com o seu trabalho foram para que os filhos tivessem um patrimônio”, conta Nildo. Segundo Nildo, seu Lídio ainda guardava a esperança de que fosse feita a justiça em relação ao fruto de seu trabalho que foi toma- do sem nenhuma com- pensação. Esperança quase esquecida pelos filhos, que também não tiveram mais nenhuma informação ao longo dos anos em que perdurou o processo. “Eu conhe- cia a história, que era contada pelo vô, mas não tinha ideia de que essa indenização ainda não tinha sido paga”, afirma o filho mais novo de Nildo, Cleiton, neto de seu Lídio. De acordo com filho e neto, o resgate da história pelo Correio do Sul trouxe de volta a vontade de solucionar em definitivo a questão. “Vamos em busca de um advogado para ver como está esse proces- so”, afirmam.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Mães são homenageadas > JACINTO MACHADO O Governo do Muni- cípio de Jacinto Machado, através da Secretaria do De- senvolvimento Social e da Família, realizou, durante o encontro semanal dos idosos, uma homenagem com en- trega de presentes relativas ao Dia das Mães. Fizeram partedasolenidadeoprefeito Antônio João de Fáveri, se- cretáriadoDesenvolvimento Social e da Família Zete Molgaro Possamai Della, assistente social Susana Casagrande, vice-primeira dama Cristiane Possamai e mães do grupo, que dedica- ram mensagens de carinho e admiração para todas as mães presentes. A tarde foi completacommúsica,danças e café colonial. ³Mães participaram de uma tarde de brincadeiras ³Prefeito Antônio participou da comemoração Mulheres no mundo digital Acesso > PRAIA GRANDE Na quinta-feira, a prefeituradePraia Grande, juntamente com a Gestão Municipal do Bolsa Família, iniciou um projeto deinclusãodigitalrealizado exclusivamente para as beneficiárias do programa. Esta ação complementar tem como foco primordial incluir as participantes no mundo do computador bus- cando a integração entre educação, tecnologia e cida- dania, visando à transfor- mação social. Os encontros serão realizados todas as quintas-feirasnasaladein- clusão digital do município, queseencontradisponívele aberta a comunidade. Outra ação da prefeitu- ra, esta através das Secre- tarias deAssistência Social, Saúde, Educação e Cras, foi a homenagem as mães, que tiveram uma tarde de descontração. Com show, danças e brincadeiras, as mulheres confraternizaram e concorreram ao sorteio de brindes ofertados pelo comércio local. Aprimeira damaAnge- la Daros elogiou a organiza- çãodoencontroeagradeceu as mães que aceitaram o convite. “Nossas mães são guerreiras do mundo, significado de paz, amor e responsabilidade”, disse Angela. PeloEstado Uma van, vinda de Blumenau, trazia o pre- feito Napoleão Bernardes, deputados esta- duais e o senador Dalírio Beber, todos do PSDB, que chegarm no início da tarde ao local do velório de Luiz Henrique. Circuns- tancialmente, foram recebidos com longo cumprimentos pelo deputado federal licen- ciado e secretário de Saúde João Paulo Klei- nübing, que deu apoio ao grupo. "Sei que é doloroso, já passei por isso", declarou Klei- nübing, que perdeu o pai, Vilson Kleinübing, também ex-governador e senador no exercí- cio do cargo. Mesmo que tenha sido frustrada a partir da morte de Luiz Henrique, o encontro acertado pelo senador com Raimundo Colombo e E- duardo Pinho Moreira deve sair nos próxi- mos dias. É inevitável e inadiável. Ministro Manoel Dias, Trabalho e Emprego, e a ex-ministra Ideli Salvatti (Direitos Hu- manos) acompanharam Dilma na viagem a Joinville. Pela proximidade, dão pistas que estão prestigiados pela presidente. Aliás, há muito tempo a presidente não recebia suces- sivas salvas de palmas pelo seu discurso. Amigo de longa data, o ministro Marco Au- rélio Gastaldi Buzzi, do Superior Tribunal de Justiça, conversava quase que diariamente com o senador Luiz Henrique, em Brasília, e relatou a proximidade na presença do ex- deputado federal Ivo Vanderlinde e do de- sembargador Nelson SchaeferMartins, presidente do Tribunal de Justiça. Buzzi e Luiz Henrique eram vizi- nhos, na Super Quadra Sul 309, já que os ministros da corte superior ocupam aparta- mentos funcionais na mesma área dos se- nadores. O corpo do senador Luiz Henrique foi sepultado na "ala dos políticos", próximo do túmulo do ex-prefeito Wittich Freitag, que um dia foi seu aliado, mas responde também pela única derrota na carreira do senador. Em 1992, foi derrotado à prefei- tura de Joinville, na primeira vez que uma eleição municipal foi disputada em se- gundo turno no Estado. O corpo do ex-go- vernador Pedro Ivo Campos também está sepultado no mesmo Cemitério Municipal de Joinville. Roberto Azevedo (interino) Florianópolis - 12Mai15 O país veio a Joinville A relevância do senador Luiz Henrique foi medida pela presença dos po- deres da República e do Estado que se instalaram em Joinville para a des- pedida do líder peemedebista. As reverências da presidente Dilma Rousseff,uma dezena de ministros, e de senadores que acompanharam o presi- dente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi mais do que uma homenagem em tempos em que classe política carece de referências ou de bons exemplos. Luiz Henrique tinha defeitos humanos e virtudes políticas, tanto que as pontes que construiu para criar alianças e sólidas coligações eram repetidas a todo o momento por centenas de homens públicos e autoridades que visitaram o Centrevento Cau Hansen, movimentado em um dia que o Estado demorará a esquecer. Das primeiras às mais sensatas reflexões sobre o futuro do PMDB, a conclusão é de que demorará um pouco para se saber o rumo que a sigla tomará. Ipiniões que ligam diveregentes históricos na sigla, como o vice-governador E- duardo Pinho Moreira e o deputado federal Mauro Mariani, ambos bastante emocionados no adeus a Luiz Henrique. O governador Raimundo Colombo, que ressalta os valores humanos do senador falecido, também tinha acertadocom ele um encontro para amanhã com o vice-governador, uma tentativa de diminuir a tensão dos últimos dias, em funcção das declarações de Pinho Moreira. Há uma compreensão de que ambos mantêm o diálogo, muito em função da perda de Luiz Henrique, desde domingo até ontem, mas o quadro ainda é instável. Os mais próximos de Colombo acre- ditam que o governador se livra da trava que Luiz Henrique representava, e que muitas vezes o fez pensar duas ou três vezes para evitar o revide de ações dos peemedebistas no governo. No PMDB, há quem acredite que algumas práticas do PSD incomodam, mas um pedido de Luiz Henrique para que Eduardo Pinho Moreira assuma a interlocução entre o partido e o governo não será desprezado pelo vice-governador. O futuro da aliança deve levar a um caminho em busca de um elemento con- ciliador.Alguém que tenha proeminência na sigla e o respeito do governo, e que, necessariamente, não esteja entre os prováveis candidatos a liderar uma cam- panha. O nome recai sobre o ex-senador Casildo Maldaner, nome que teria o respaldo até do PSD. Perdemos um grande homem. Dalirio Beber, senador (PSDB), com lágrimas nos olhos ao chegar ao Centreventos Cau Hansen para se despedir do titular Luiz Henrique.‘‘ ’’
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Sete Vidas -18h Alto Astral -19h Babilônia -21h M ari e Benjamin se olham com admiração. Grego tenta beijar Mari. Danda picha o carro de Lindomar. Xime- na acusa Mari de estar perseguindo Grego. Soraya e Margot trocam insultos por causa de Benjamin. Lindalva finge que está em boa situação financeira e envia uma foto para Mari. Eva e Jurandir brigam. Mari consegue um trabalho como faxineira na Pilartex. M arina marca um encontro com Miguel. Lígia decide conversar com Vicente antes de ver Miguel. Irene conversa com Isabel sobre Diana. Miguel vê Lígia e Vicente juntos. Marta convence Eriberto a sair sozinho com Re- nan. Marina comenta com Taís que pensa em ficar com Miguel. Miguel acredita que Lígia reatou com Vicente. Bernardo pede ajuda a Júlia. Pedro enfrenta Iara para defender Vicente. Luca e Sofia questionam Luís sobre a discussão entre Branca e Esther. E stela confirma a história de que Inês e Cristóvão tinham um caso. Regina se emociona ao lembrar do pai. Ivan alerta Diogo para os riscos que ele corre ao se envolver com Beatriz. Estela sugere que Inês e Cristóvão eram cúm- plices e Regina fica magoada. Bento diz a Vinícius que ele errou ao mentir para Regina. Dora diz para Regina que é difícil aceitar que Cristóvão e Inês eram amantes. Rapidinhas Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Hoje temos a fase lunar minguante que indica um período de reflexão e interiorização. Importante você refletir sobre comotemusadoasuacapacidadedeiniciativaeautonomia. Questionamentos sobre as amizades e as sintonias emocio- nais que você estabelece com as pessoas, ariano. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 A Lua minguante propõe uma diminuição no ritmo das atividades dos sagitarianos. O momento é interessante para observar, refletir e aprimorar o próprio comporta- mento. Momento importante também para conversas comamigoseaprendizadosemocionais. Gêmeos 21/05 a 20/06 ALuaminguantepropõeumareflexãosobreseusideais, crenças e valores, geminiano. É um momento oportuno para silenciar mais, para refletir e observar os aconteci- mentos.Leituras,palestrasecursospodemajudarnoseu desenvolvimento. Libra 21/09 a 20/10 ALuaminguantepropõearesoluçãodependênciascom as parcerias e os relacionamentos. Período importante para refletir sobre como você tem agido em relação às pessoas.Étambémumafasesignificativaparavocêrefletir sobre suas atitudes emocionais. Aquário 21/01 a 18/02 É em seu signo que ocorre hoje a fase lunar minguante, aquariano. Os próximos dias são de interiorização e de assimilaçãodosrecentesaprendizados.Éummomento importante para você avaliar o que tem real valor em sua vida. Touro 21/04 a 20/05 O Sol em seu signo e a Lua em Aquário, caracterizam a fase lunar minguante, taurino. É um momento de reflexão e percepção das lições que você tem aprendido nas últimas semanas. Momento interessante para concluir trabalhos e tarefas pendentes. Virgem 21/08a20/09 A partir de hoje e pelos próximos dias, será um período demaiorinteriorizaçãoereflexão.Hojetemosafaselunar minguantequepropõereflexõessobrecomoestálidan- docomasemoções,asaúdeeotrabalho.Faseoportuna para eliminar velhas condutas e padrões emocionais. Capricórnio 21/12 a 20/01 A fase lunar minguante ocorre no setor financeiro dos capricornianos. É um momento oportuno para você refletir sobre como tem lidado com o dinheiro e os recursos materiais. É um momento muito significativo para a reflexão e contemplação. Câncer 21/06 a 20/07 ALuaregente,canceriano,estáagoranasuafaseminguante. O período é importuno para refletir sobre o que falta trans- formar e eliminar. É um momento de percepção das novas iniciativas que você teve ao longo das últimas semanas. Escorpião 21/10 a 20/11 Com a Lua minguante, o período é oportuno para a introspecção e balanço do que ocorreu nos últimos dias. É uma fase muito interessante para você concluir tarefaseprocedimentospendentes.Éhoraderespeitar mais o próprio ritmo e a individualidade. Peixes 19/02 a 20/03 Sensibilidade,intuiçãoepressentimentosacentuadosnesse momento. Temos hoje a fase lunar minguante que é um período mais introspectivo e de observação. O momento é oportuno para seguir sua voz interior e contar com o auxílio da espiritualidade. Horóscopo Énosetorderelacionamentosleoninosquetemosafase lunarminguante.Éumabelaoportunidadedevocêrefletir comotemreagidoemseusrelacionamentos.Ummomen- tooportunoparaprofundasreflexõeseinteriorizaçãoque promovemoautoconhecimento. O conhecido amor de Xuxa Meneghel pelos animais agora rendeu um programa interessante para a loira: ela irá comandar uma atração no site da Record, o R7, que visa a adoção de animais abandonados. A assessoria de imprensa da emisso- ra confirmou a informação para a repor- tagem de O Fuxico e deu mais detalhes sobre como será a atração. Sob o nome Dono de Estimação, o programa será semanal e vai procurar candidatos dispostos a adotar animais de rua. O formato de como será apresentada a atração ainda está sendo definido junto com a direção da emissora, mas sabe-se que será ao vivo pela internet e terá início ainda no segundo semestre de 2015. O que ainda não se tem mais infor- mações é sobre o programa principal de Xuxa na Record, um talk show inspirado no americano The Ellen Degeneres Show, muito popular nos EUA e exibido no Brasil pelo canal a cabo GNT. Enquanto a equipe de produção do programa é definida, a eterna Rainha dos Baixinhos cuida do conteúdo que pretende trazer. Recentemente Xuxa fez uma espé- cie de apelo em sua página no Facebook para tentar entrevistar ninguém menos que Silvio Santos. “Tio Silvio, sou sua fã e admiradora, quero muito te entrevistar...quero apren- der muito na nossa conversa,topa?”, escreveu a apresentadora. Ainda sem resposa, Silvio já deu os primeiros sinais de aproximação da Record, já que foi ele quem coordenou uma entrevista do dono da emissora, o bispo Edir Macedo, ao Conexão Repórter, programa de Roberto Cabrini no SBT.
  9. 9. ³ A linda e estilosa Juliana Garcia esteve de aniver ontem. Parabéns!!! Social Tânia Duarte Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho Passeio ciclístico mobiliza Maracajá Em virtude do mau tempo, o pas- seio ciclístico, previsto para sábado não aconteceu. A nova data ainda não foi definida. O bicicletasso vai abrir a Semana do MeioAmbiente em Maracajá. Seis bicicletas serão sor- teadas no evento que deve acontecer pela manhã, com saída em frente a prefeitura. O dia 5 de junho é a data escolhida para celebrar anualmente o Dia Mundial do Meio Ambiente. Em Maracajá as atividades começam com o passeio ciclístico e seguem até a sexta-feira, dia 6 de junho. Arroio do Silva A Administração Municipal de Balneário Arroio do Silva firmou con- vênio com a Federação de Jiu-Jitsu Olímpico do Estado de Santa Catari- na na tarde da quinta (7).AFederação é do município e realiza um projeto social através da CB Team, atendendo dezenas de crianças gratuitamente. Atualmente são realizados treinos nas segundas, quartas e sextas-feiras das 18h30 às 20h. ³ Festa de um ano do Felipe, papais Cynara e Gustavo Scheffer super felizes. Parabéns!!! Foto: André Jacob. ³ Comemoração do Dias das Mães na última sexta (8) no Iemes, Infantil IV. Obrigada,professora Alice, lindo demais!!! 48 8804.2871 ³ Mães dos alunos da Escola Municipal Passo Fundo, no Balneário Arroio do Silva, foram homenageadas pelos alunos, que realizaram apresentações especiais na tarde de sexta. 48 3533.0762
  10. 10. Publicidade10 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Formatura
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 ³Sindicatos discutiram o dissídio dos comerciários > ARARANGUÁ AGerência do Presídio Regional de Araranguá, em ação conjunta com o DepartamentodeAdminis- tração Prisional e o Poder Judiciário, realiza hoje, a partir das 11h, almoço de confraternização - paella de carnes brancas - na ala feminina do presídio, em alusão ao Dia das Mães. O renomado chefe de cozinha Motta, atenden- Presas terão dia especial do ao convite do gerente do presídio Adércio José Velter, voluntariamente, conduzirá os trabalhos de elaboração do cardápio que será servido às presas, seus filhos e suas mães. SegundoAdércio,oeven- to busca resgatar e estreitar os laços familiares, fatores que considera de fundamen- talimportânciaàrecuperação ereinserçãosocialdasmulhe- res.“Trabalhamoscomavisão de que é preciso acreditar, participar e transformar, pois aqueles que ora estão recolhidos na unidade, são oriundos da nossa socieda- de e em algum tempo, para ela retornarão”, diz. O Presídio Regional conta hoje com 228 inter- nos, dos quais 30 são mu- lheres. A capacidade da unidade é para 128 vagas. Os alimentos para confec- ção do almoço estão sendo doados por supermercados deAraranguá. quenemumdosladosquer,” lembrou. A diretora do Sitracom Ana Maria Chechetto des- tacou que a discussão não travou as negociações, e sim, apenas não obteve avanços. “Esperamos que na próxima reunião avan- ce”, salientou. OSitracomcontoucom uma presença importante na negociação, o diretor da Federação dos Trabalhado- res no Comércio no Estado de Santa Catarina Ivo Castanheira, que a avaliou como importante neste mo- mento. Da redação > REGIÃO Ocorreu na manhã desta segunda-fei- ra,aprimeirareuniãoentre o Sindicato dos Comerciá- rios do Vale do Araranguá (Sitracom) e o Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Araranguá (Sindilojas). O encontro foi a pedido do sindicatolojista,etevecomo objetivo negociar as cláusu- laseconômicasesociaiscom data-base maio de 2015. Também estiveram pre- sentesnareuniãorepresen- tantes dos supermercados Angeloni, Giassi e Abimar, alémdemercadosdeArroio doSilvaeBalneárioGaivota e a loja de departamentos Havan. Conforme o presidente do Sitracom, Joelcio Cesar dos Santos, o Saba, os em- presários do comércio vare- jista e dos supermercados apresentaram uma propos- ta bem abaixo do esperado. “Mas isso é normal, até por ser a primeira reunião. Esse mês ainda vamos nos reunirdenovo,poistemque fechar até o dia 30 de maio, se não vai pra dissídio. O Sindicatosnegociam reajuste Comércio “Todos os anos preci- samos negociar os salários e é uma responsabilidade dos dois sindicatos fechar o acordo coletivo, pois os co- merciáriosestãoesperando peloreajuste”,disse.“Apro- posta a princípio, no nosso ponto de vista é inviável, mas eles estão dispostos a continuar negociando, o quetornapossívelchegara um acordo”, concluiu. O Sitracom agora aguarda uma contrapro- posta dos Sindilojas, que também deverá marcar uma data para um novo encontro. Para pensar – e rir – com Millor ProcóPio Lamarca T enham um bom dia lendo essa coleção de genia- lidade do genial Millor Fernandes. Eu posso não ser um grande humorista, mas tenho certeza de que sou constante motivo de riso de muita gente. Sempre disse aqui e repito: eu também não sou um homem livre. Mas muitos poucos estiveram tão perto. Eu sempre sei do que estou falando. Tirando isso não sei mais nada. O que espero dos leitores é que cum- pram a sua missão, como eu cumpro a minha. Eu sou escritor, escrevo. Leitores leem. Muitos dão a vida por suas crenças. Nunca arrisquei a vida pelo meu ceticismo. Não posso falar dos seres huma- nos que mais admirei na vida porque são pessoas sem nome, que nunca frequentaram a luz da ribalta. Gente que viveu a vida como deve ser vivida – de maneira puramente existencial. Quanto aos que merecem ser esque- cidos, ah, desses coerentemente eu não me lembro. Fiz três revoluções, todas perdi- das.Me senti como um navio abando- nando os ratos. A primeira revolução foi contra Deus, e ele me venceu com um sórdido milagre. A segunda com o destino, e ele me bateu, deixando-me só, com seu pior enredo.A terceira contra mim mesmo, e a mim me con- sumi e vim parar aqui. Não se iludam comigo. Mesmo no verão, quando vocês me virem, saudável, correndo pela praia às 7 da matina, podem estar certos de que já consumi pelo menos um jornal inteirinho. A infância não, a infância dura pouco.A juventude não, a juventude é passageira.A velhice sim. Quando um cara fica velho é pro resto da vida.E cada dia fica mais velho. É o meu consolo. Da vida só me tiram morto. A gente só morre uma vez, mas é para sempre. Existe imposto de renda depois da morte? Reparem só: ao nascer e ao morrer o homem parece um santo. Pode não preocupar os cientistas, mas a mim preocupa muito: será que também existe vida imbecil em outros planetas? Só tenho uma certeza: os jogadores de futebol brasileiros são os maiores jogadores de futebol do Brasil. Quanto a Deus, vou acabar acreditando nele. Tá difícil acreditar em qualquer outra coisa. Nunca estive em Cuba. Mas não cometo a injustiça de julgar esse país pelo que os comu- nistas falam dele. Já pensei em fundar uma religião, mas tenho medo de que me sigam. Vocês me perguntam porque se luta tanto pelo poder.Ah, filhos, porque o ar é a condição principal da vida. Daí todos quererem ter um ar importante.A democracia é importante. Ademocra- cia é formada por um presidente, um vice, e outros menos votados. Houve um tempo em que, ao anoitecer, as pessoas se sentavam em cadeiras na calçada e conversa- vam. Depois botaram as cadeiras na frente da televisão, os automóveis nas calçadas, e nunca mais conversaram.
  12. 12. 12 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Publicidade
  13. 13. Geral 13Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 ³Sandra está estruturando Conselho de Turismo ³Sessão de ontem pode ser considerada histórica ao tornar o legislativo mais próximo e aberto a sociedade ³Vereadores agora podem votar por meio eletrônico Rafael Andrade > ARROIO DO SILVA A administração municipal de Balneá- rio Arroio do Silva tem, a partir deste ano, um novo departamento: o de cultura. Quem está à frente da pasta é Sandra Peruchi, formada em his- tória, pós-graduada em ensino religioso escolar e teologiacomparada,eque é professora. Adiretoraestánaati- va e colocando os projetos do município em prática. O trabalho tem sido foca- donacriaçãodoConselho Cultura ganha departamento MunicipaldeCultura,no levantamento cultural do balneário e na criação do Plano Municipal de Cultura. “Sempre gostei e me interessei em tudo que envolve a cultura. Estásendoprazerosotra- balharnestaáreaetenho certeza de que grandes projetos serão desenvol- vidos, fortalecendo ainda mais a cultura do nos- so município”, registrou Sandra. O Departamento de Cultura é subordinado à Secretaria de Educação, Cultura e Esporte. discussões de matérias e pautas do dia de forma mais transparente. O sistema lançado ontem, desenvolvido por uma em- presa de Braço do Norte, aumenta a aproximação com a comunidade. O técnico responsável Fabrício de Souza detalha que o processo está em pe- ríodo de teste. Ele explica que os vereadores têm má- quinas ligadas ao sistema e, à medida que votam as matérias, o nome completo e a foto aparecem em um telão no plenário. Também podem ser acompanhados via internet no site: santa- rosadosul.softcam.com.br. Em menos de uma sema- na, o endereço eletrônico para acesso será cmvsrs. sc.gov.br. Esta página fica- rá fixa. “Como estamos em um período de teste, ainda é utilizado o endereço direto do sistema, mas já está de acordo para acesso, inclusive com possibilida- Com sistema implantado ontem, cidadãos podem acompanhar pautas das sessões e as votações em tempo real. Processo também elimina papelada Tecnologia Câmaraaumentaatransparência > SANTA ROSA DO SUL Amodernidade e a transparência bateram a porta da Câ- mara de Vereadores de Santa Rosa do Sul. O lançamento do sistema Softcam ocorreu na noite de ontem. As sessões or- dinárias da casa legisla- tiva acontecem todas as segundas-feiras, a partir das 19 horas. Desde 2013, o cidadão já podia acom- panhar os trabalhos por meio da rede mundial de computadores. São quatro filmadoras em ângulos di- ferentes, que possibilitam este acesso ao público. Agora, o eleitor também poderá acompanhar as de de acessibilidade para deficientes visuais e audi- tivos“, diz Fabrício. “Estamos fazendo isso para dar comodidade ao morador de Santa Rosa e aproximar o poder legisla- tivo da comunidade“, diz o presidente da Casa, Age- nor Francisco Carvalho. Ontem, por exemplo, os vereadores discutiram e votaram o projeto de lei 1024, que declara de utilidade pública a Asso- ciação A Esperança, para tratamento de dependen- tes químicos; depois, foi votada a resolução PL, que altera dois artigos do regimento interno; e, após, a moção PL número 02, de apoio aos servidores do po- der judiciário de Santa Ca- tarina. Todos foram apro- vados por unanimidade. O parlamentar Anselmo de Souza Bittencourt, não pode comparecer à sessão por motivos de doença na família.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015
  15. 15. Geral 15Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Resultados das operações: 344 veículos abordados 399 pessoas abordadas 13 veículos recolhidos 02 TC por posse de drogas 04 boletins de ocorrência policial > ARARANGUÁ A Comarca de Araran- guáimplantouemsetembro de 2013 os serviços da De- fensoria Pública do Estado. Desde então, a quantidade de atendimentos cresce verticalmente. Ontem o coordenador da Defensoria Pública Regional Cássio Kury Lopes esteve na Câ- mara de Vereadores e falou sobre os serviços prestados a população. Segundo o defensor, o Núcleo Regional da Defen- Defensoriaatende 650notrimestre soriaPúblicadeAraranguá contacomoapoiodequatro estagiários, um técnico e umanalista.Oórgãopresta assistênciajudicialeextra- judicial gratuita aos que comprovem insuficiência de recursos. “É importante dispordessaestruturapes- soal porque a demanda de atendimentoscresceacada dia. Entre os meses de ja- neiro, fevereiro e março de 2015, nada menos do que 651 cidadãos utilizaram nossos serviços. Pessoas semcondiçõesdearcarcom asdespesasdeumprocesso judicial”, explica Cássio. Da redação ³Policiais arrecadaram donativos para serem enviados aos colegas de Xanxerê > REGIÃO As Companhias do 19º Batalhão de Polícia Militar, que inclui Araranguá, Sombrio e Tur- vo, arrecadaram donativos paraseremdoadosaosmili- taresatingidospelotornado em Xanxerê. Foram arrecadadas di- versas cestas básicas, ma- terial de limpeza e higiene, que na manhã de ontem foram recolhidos pelos sar- gentos Márcio dos Santos e Marcos Antônio Vieira, da Diretoria de Apoio Lo- gístico e Finaceiro (Dalf), para posteriormente serem entregues ao município do oeste catarinense. Todo o efetivo se mobi- lizou com o intuito de aju- dar os policiais que foram atingidos de alguma forma pelo tornado, que devastou a cidade no dia 20 de abril. O maior número de arreca- dações foi realizado pela 2ª CompanhiadeSombrio,sob o comando do capitão Luiz Paulo Fernandes. Ao mesmo tempo em que arrecadava donativos, o 19º Batalhão comandado pelotenente-coronelAntônio Carlos Mota Machado, deu início, na última quinta-fei- ra,aumasériedeoperações de segurança, que serão re- PM recolhe donativo para policiais Ajuda e Ação alizadaspeloscomandantes da 1ª, 2ª e 3ª Companhia, de Araranguá, Sombrio e Tur- vo, com abrangência dos 15 municípios da região. OperaçãoPresença,Lei Seca e Varredura foram deflagradas de quinta a domingoedevemcontinuar sendo realizadas. Com o ob- jetivodefiscalizarotrânsito eestabelecimentos,abordar pessoas em atitude suspei- ta, fortalecer a sensação de segurança da comunidade e reprimir crimes, dezenas de policiais militares estão nas ruas. Na quinta-feira as operações foram coman- dadas pelo tenente Diego Schwartz, já na sexta pelo capitão Alberto Cardoso Cichella e sábado e domin- go o comando ficou com o tenente Rogério Ferrigo.
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 ESTADO DE SANTACATARINA PREFEITURAMUNICIPAL DE ARARANGUÁ EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 134816; Devedor(es).: DANIEL DASSOLER BURIN - 040.394.719-70, End: Av. Alvim Manoel Lardo, 185, Balneário Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COOPERATIVADE ECON. CRED. MUTUO DOS EMP TRANSP; Sac: COOPERATIVA DE ECON. CRED. MUTUO DOS EMP TRANSP; Tit: 01/0001 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 24/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 300,00+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 75,28. Prot: 134889; Devedor(es).: JOSÉ SILVEIRA CARDOSO - 17.772.854/0001-99, End: Rua 2, 618, Balneário Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: SANTERRA S/A COMERCIO E DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS; Sac: SANTERRAS/ACOMERCIO E DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS; Tit: 045264-1/2 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 04/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 268,79+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 70,13. Prot: 134880; Devedor(es).: LORENA DA SILVA STELMACH - 690.359.700-04, End: Rua André Alves da Silva Sobrinho, 650, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA - EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: 2890 ; Apr: FCDL; VEN: 24/05/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 134,40+Juros Legais (1% a.m.); Emol.: 46,96. Sombrio - SC, 12/05/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA AVISO DE RESULTADO DE LICITAÇÃO FRACASSADA O presidente da Comissão Permanente de Licitação, juntamente com demais membros, informam que a licitação nº 58/2015, na modalidade convite, cujo objeto foi a seleção e contratação de empresa do ramo pertinente para execução de serviços de transporte, dos atletas da subsecretaria municipal de esportes que representam o município de Araranguá em competições realizadas no ano de 2015, nos âmbitos municipal, regional e estadual, com total estimado de 25.000 quilômetros para o período, foi declarada FRACASSADA, por ter aparecido somente uma empresa interessada até as 11h00 do dia 27/03/2015. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PASSO DE TORRES Extrato do Contrato de Comodato nº 001/2015/PMPT Comodatário: MUNICÍPIO DE PASSO DE TORRES Comodante: SABB – SOCIEDADE AMIGOS DE BALNEÁRIO BELLATORRES Valor: Sem ônus Vigência: Inicio 10.04.2015 Término: 10.04.2020 Passo de Torres, 10 de Abril de 2015. JUAREZ GODINHO SCHEFFER Prefeito Municipal Araranguá, 27 de março de 2015. Luiz Carlos de Souza Presidente Valdir José Sauer Membro Gesse Espindola Membro Concessionárias aderem à campanha Maio Amarelo, realizada no país inteiro para conscientizar motoristas Visando ressaltar a importância de um trânsito seguro, a Dimasa, neste mês, aderiu à campanha Maio Amarelo. O movimento, realizado no Brasil inteiro, tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o trânsito é a nona maior causa de mortes no mundo e a primeira causa de mortes entre jovens de 15 e 24 anos. Considerando que os acidentes de trânsito, atualmente, são comparados a uma epidemia, o Maio Amarelo é inspirado em campanhas de prevenção, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul. Durante o mês de maio, as concessionárias Dimasa Honda e Dimasa Volkswagen, estão utilizando nos anúncios e campanhas publicitárias um laço na cor amarela, símbolo do movimento.SegundoagerentedemarketingdaDimasa,IveteRodrigues,aintençãoéchamar aatençãodasociedadeparaacausa.“Nossoobjetivoélembrarquemanterotrânsitoseguro é responsabilidade cada um de nós”, conclui. Dimasaincentivatrânsitoseguro
  17. 17. ro tempo. No retorno da partida, o técnico Deivid Fernandes, mais conhe- cido por Bolinho, realizou algumas alterações para manter o nível do jogo. “Nossa equipe trabalhou bem a bola, fez boas joga- das e conseguiu finalizar quatro vezes. E como estávamos bem posicio- nados o adversário não causou perigo à nossa defesa”, disse Bolinho. Os gols da Casa-Lar fo- ram anotados por Bruno Nagel, Jhonatan Batista, Marco Nicolete e João Manoel. As equipes da Casa- -Lar voltam a jogar no dia 23 de maio, onde enfrentarão os times do Sangão. Os jogos serão no Complexo Esportivo da Casa-Lar, no bairro Polícia Rodoviária. rias enfrentaram o DME/ Cocal do Sul e venceram. Os jogos aconteceram no Complexo Esportivo da Casa-Lar e a primeira equipe a entrar em campo foi a Sub-11, que aplicou uma goleada em cima do adversário. Ganhou de 6 x 0 de Cocal do Sul, com gols de Luan Borba (2), Gustavo Simão, Augusto Leonardo, Gabriel Perei- ra e Flávio Darolt. Em seguida, foi a vez da categoria sub-13 jogar. Também obteve um bom resultado, venceu por 5 x 2. Leonardo Borges mar- cou quatro vezes para a equipe araranguaense e Manoel Colares fechou o placar. A categoria sub- 15 manteve o domínio da partida, conseguindo fazer três gols no primei- > ARARANGUÁ As três equipes (sub-11, sub-13 e sub-15) da Associação Irmã Carmen (Casa-Lar) entraram em campo no último sábado, pela 2ª rodada do Campeonato Regional de Escolinhas, organizado pela Liga Urussanguense de Fute- bol (LUD). As três catego- Terça-feira, 12 de maio de 2015 ³ 06-27-61-70-72CONCURSO 3.784 QUINA 11/05 ³ 01-03-04-07-09 ³ 10-11-12-13-14 ³ 15-18-19-21-24 CONCURSO 1.207 LOTO FÁCIL 11/05 Próxima rodadaCleder Maciel Futebol Casa-LarvencenoRegionaldeEscolinhas Centrovenceelíderamunicipal > TURVO Domingo de muito futebol pelo campe- onato municipal de Turvo, Taça Donato Panata. Mais uma ro- dada de muito futebol e muitos gols no es- tádio municipal. Dois jogos deixaram o time do Centro na lideran- ça da competição. No primeiro jogo da tarde o União Agrí- cola Noroeste bateu o Botafogo pelo placar magro de 1 x 0, mas o que valeu foram os três pontos, que deixaram a equipe em terceiro lugar . Na segunda parti- da houve uma chuva de gols. Os artilheiros estavam em alta neste domingo, quando foram anotados 10 gols nessa partida bastante mo- vimentada. O Centro bateu a Vila/Imigrantes/ Santa Luzia, pelo placar de 6 x 4. Com essa vitó- ria, o Centro é o líder isolado da competição com 6 pontos, já o Vila é o lanterna, pois ainda não somou pontos em duas partidas. A próxima rodada está marcada para o do- mingo 17. As 13h15min jogam Cidade Alta x São Luiz e em seguida se en- frentam Vila/Imigrantes/ Santa Luzia x São Cris- tóvão. Os artilheiros da competição são o André Mota do Centro com 3 gols, seguido pelo João Simon do São Cristóvão, com 2 gols. O campeona- to é organizado pelo De- partamento Municipal de Turvo, com a coorde- nação da JB Esportes do professor José Búrigo e sua equipe.
  18. 18. Publicidade18 Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015
  19. 19. chutavamcontraosgoleiros daintermediária.Aránguiz se destacou, com um alto índice de aproveitamento. No final da atividade, os jogadores treinaram co- branças de pênaltis. A provável formação temAlisson;William,Alan Costa, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado, Arán- guiz, Jorge Henrique (Ni- colás Freitas ou Valdívia), D’Alessandro e Eduardo Política 19Correio do Sul Terça-feira, 12 de maio de 2015 Sasha; Lisandro López. Namanhãdestaterça, o grupo volta a trabalhar. A atividade está prevista para ocorrer às 10h. Na quarta, às 22h, ocorre a partida de volta entre In- ter e Atlético-MG pelas oitavas de final da Liber- tadores. Como o confronto no Independência acabou empatado em 2 a 2, o Co- loradoseclassificaatécom igualdade em 1 a 1. > PORTO ALEGRE As chances de Nil- mar enfrentar o Atlético-MG diminuíram ainda mais nesta segunda- -feira. Mais uma vez, o cen- troavante ficou de fora do treino. E, sem ele, Lisandro López receberá mais uma oportunidade. Entretanto, oInteraindatemumadúvi- da.NicolásFreitas,Valdívia e Jorge Henrique disputam umavagaentreostitulares. Emrecuperaçãodeuma lesão muscular na coxa di- reita, Nilmar sequer saiu do vestiário. Até por isso, Lisandro recebeu atenção especial de Diego Aguirre. A dupla teve uma conversa reservada no gramado. Oexercíciodestasegun- da-feira esboçou a equipe que estará em campo. Em apenas metade do campo, Aguirre colocou 12 joga- dores de linha. Mais uma vez, Ernando foi utilizado como lateral-esquerdo. As EmtreinosemNilmar,Aguirreabre disputainternaporvaganaequipe jogadas se iniciavam por ele, William, Alan Costa ou Juan.Elestrocavampasses e passavam para Rodrigo Dourado, Nico ouAránguiz dar prosseguimento.Abola passava por D’Alessandro, que municiava Eduardo Sasha, Valdívia ou Jorge Henrique para colocar na área. Lá, se encontravam Lisandro e D’Ale. Após o arremate, os volantes pegavam a bola e Grêmioencaminhaa contrataçãodeVitinho, artilheirodoCatarinense > PORTO ALEGRE OGrêmioestápróximo de fechar com o artilheiro doCampeonatoCatarinen- se. Trata-se de Vitinho, de 24 anos, atacante do Gua- rani de Palhoça, que deve chegarnestasegunda-feira a PortoAlegre como a nova contratação do Tricolor para o setor ofensivo. O clube gaúcho con- firma a chegada do novo jogador e projeta a apre- sentação nesta segunda- -feira. A ideia é observar o centroavanteemumperío- do de testes, até dezembro de 2015. O novo reforço gremista tem passagens por Madureira, Vitória- -ES e Cachoeiro-ES, antes de chegar ao Guarani de Palhoça.
  20. 20. TERÇA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2015

×