SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.068 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 20 DE DEZEMBRO DE 2016
www.grupocorreiodosul.com.br
32º 22º
Nublado e Pancadas de Chuva - Muitas nuvens
com curtos períodos de sol e pancadas de chuva
com trovoadas.
Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense
Turvo
Projeto de disciplina militar melhora
comportamento de alunos
ADVOGADO DIZ QUE POLICIAL E GIRALDI
ESTAVAM TRABALHANDO NA NOITE DO CRIME
MAIS DE 40 PRESOS CONSEGUEM SAÍDA
TEMPORÁRIA PARA AS FESTAS DE FIM DE ANO
CÂMARA DE VEREADORES
FAZ HOMENAGEM AO
GRUPO CRIARTE
CASO IVONETE NA RUA
ERMO
Pag 11 Pag 11
Pagina 15
Pagina 3
MesaDiretorasuprapartidáriaemARA
Processo na Justiça Eleitoral que
pode cassar o registro de candidatura
do futuro vereador sombriense José
Eraldo Soares, o Peri (PP), poderá
trazer profundos reflexos políticos
dentro da oposição no legislativo
municipal. Peri está respondendo
por suposta compra de votos durante
período eleitoral. Caso seja cassado,
quem assumirá em seu lugar é o
primeiro suplente de sua coligação,
Nano Freitas (PSD). O problema da
oposição é que Nano não tem poupa-
do críticas ao PP, que, de acordo com
ele, deixou os candidatos do PSD à
deriva durante processo eleitoral.
No resumo da ópera, Nano tem dito
que não deve nada ao PP e que, caso
assuma a Câmara de Vereadores no
lugar de Peri, terá uma postura de
independência. “Se for feita justiça eu
vou assumir, e se assumir não farei
oposição cega”, alfinetou.
Independente
Semchances
Troca-troca
NaAmesc
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
“Não pergunte o que seu País pode fazer por você. Pergunte o que
você pode fazer por seu País”.
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
rolando_coelho@hotmail.com
(48) 9945.6787
John Kennedy (1917/1963)
Ex-presidente dos EUA
Se depender do PMDB Estadual,
deputado José Milton Scheffer (PP)
não emplacará no comando da Secre-
taria daAgricultura e Pesca do Estado.
Os peemedebistas já avisaram a Rai-
mundo Colombo (PSD) que a pasta não
está a disposição para negociações com
outros partidos. Atualmente, a secre-
taria é comandada pelo deputado es-
tadual Moacir Sopelsa, que já esteve a
sua frente no primeiro mandado do ex-
-governador Luiz Henrique da Silveira
(PMDB), entre 2003 e 2006. Sopelsa
não tem nenhuma intenção de deixar
aAgricultura, mas mesmo que deixe, o
PMDB quer continuar à frente de seu
comando. Recentemente, o deputado
Zé Milton foi convidado para assumir
a Secretaria de Assistência Social,
Habitação e Trabalho. O parlamentar
disse que não se sentia a vontade para
a função, mas ressaltou que caso fosse
convidado para comandar a Secretaria
da Agricultura aceitaria o desafio. Por
sua vez, o PMDB, que já está de nariz
torcido por conta das negociações entre
Colombo e o PP, não deve fazer nada
para facilitar a vida dos progressistas
no governo.
S
eguindo Regimento da
Câmara Municipal de Ve-
readores de Araranguá,
foi registrada ontem, em cartório, a
primeira chapa com vistas à disputa
pelo comando da Mesa Diretora do
legislativo da Cidade das Avenidas. O
vereador Daniel Viriato Afonso (PP)
consta como candidato a presidente.
Para a primeira vice-presidência o
indicado é o vereador João Abílio Pe-
reira (PRB). Já a segunda vice-presi-
dência tem como indicado José Paulo
Roldão (PSDB). A primeira secretaria
cabe a Pedro Paulo Souza (PSD) e
a segunda a Luciano Zeferino Pires
(PSB). Ainda que haja a possibilidade
do registro de pelo menos mais duas
chapas isto não deverá acontecer. É
que 13, dos 15 vereadores eleitos ou
reeleitos no último 2 de Outubro já
firmaram acordo para a eleição de
Daniel Viriato e seus pares na aludida
Mesa Diretora.
Por ora, quem não concorda inte-
gralmente com a chapa registrada são
o vereador reeleito Alexandre Pereira
(PPS) e o futuro vereador Cristiano
da Silva Costa, o Tano (PP), que foi
o mais votado do município no pleito
deste ano. Alexandre, no entanto, já
começou a convergir em direção ao
G-13. A expectativa é que Tano acabe
tomando o mesmo caminho, já que
seu partido, que é o mesmo de Daniel,
tem feito reiterados pedidos para que
ele reconsidere sua posição em nome
da unidade da sigla.
Interessante notar que todos os
componentes da futura Mesa Diretora
da Câmara de Araranguá disputaram a
eleição legislativa por coligações que
ajudaram a eleger o prefeito Mariano
Mazzuco Neto (PP). Ainda assim, a
chapa receberá, no mínimo, o apoio
de quatro vereadores eleitos por par-
tidos de oposição.
Ainda que não haja um consenso
absoluto em relação ao comando da
Mesa Diretora, Mariano Mazzuco
não deverá enfrentar qualquer tipo de
problema com o legislativo durante
boa parte de seu mandato. Primeiro
porque ele tem, no mínimo, dois
terços dos vereadores eleitos a seu
lado de forma franca. Outro fato que
contribuirá muito com a futura hege-
monia entre executivo e legislativo é
o de que, pelas regras atuais, Mariano
não poder disputar a reeleição. É que
no legislativo existe pelo menos meia
dúzia de vereadores de olho na dispu-
ta majoritária de 2020, pela situação.
O apoio de Mariano a qualquer um
dos nomes pode ser decisivo para que
este se ressalte em meio aos demais.
Por outro lado, quem se indispor com
Mariano já sabe que estará fora da
lista, para compor, de repente, como
candidato a vice-prefeito, ou mesmo
prefeito.
Afora isto, o que tem trazido,
ainda, agonia ao cenário político de
Araranguá é o fato do futuro prefeito
não ter anunciado oficialmente os no-
mes de seu colegiado, o que já é visto
por muitos ligados diretamente a ele
como algo preocupante. A Secretaria
de Administração, por exemplo, pre-
cisa começar a trabalhar, literalmen-
te, no dia 1º de janeiro, realizando
uma dezena de processos licitatórios
que viabilize o início do mandato. O
problema é que faltam dez dias para
essa data e ninguém foi convidado
ainda para assumir o cargo. Nesta
lógica, também ninguém sabe se o
convidado aceitará a função, o que
poderá ser um complicador para
Mariano.
Deputado estadual criciumense
Luiz Fernando Vampiro (PMDB) já é
tido como nome certo para a Secretaria
da Infraestrutura do governo de Rai-
mundo Colombo. Com isto o deputado
Manoel Mota (PMDB) passará a ser o
único representante do PMDB do Sul
do Estado na Assembleia Legislativa
a partir do ano que vem, tão logo se
concretize a posse dos novos secretá-
rios estaduais. Mas se o Sul tem tudo
para perder Vampiro no parlamento
estadual, por outro lado tem tudo
para ganhar o içarense Dóia Guglielmi
(PSDB) na Assembleia. É que, mesmo
contra a vontade do comando do PSDB,
o deputado Leonel Pavan (PSDB) de-
verá assumir a Secretaria de Turismo.
Com isto Dóia, que é primeiro suplente
dos tucanos, ocupará uma cadeira no
parlamento catarinense. Na prática,
o Sul perderá Vampiro, mas ganhará
Dóia na Assembleia.
Reunião dos prefeitos eleitos e
reeleitos pela nossa região, ontem,
na sede da Amesc, definiu como ficará
composta as próximas presidências
da instituição, para o quadriênio
2017/2020. O PSD, que elegeu cinco
prefeitos comandará a Amesc em
2017. O indicado para a função foi
o prefeito reeleito de Morro Grande,
Valdo Rocha. Já o PMDB, que elegeu
quatro prefeitos, ficará com a presi-
dência em 2018, através do prefeito
reeleito de Sombrio, Zênio Cardoso.
Com três prefeitos eleitos, o PP indi-
cará o presidente em 2019. Caberá ao
prefeito reeleito de Balneário Gaivota,
Ronaldo Pereira da Silva (PP) esta
tarefa. O último ano caberá ao PSDB,
que elegeu dois prefeitos. Como exer-
cerão o primeiro mandato, o prefeito
eleito de Praia Grande, Henrique Ma-
ciel, e o de Maracajá, Arlindo Rocha,
o Lale, ainda não decidiram entre si
quem será o presidente da Amesc em
2020. O prefeito eleito de Meleiro,
Eder Matos, que foi o único eleito pelo
PSB na região, abriu mão de presidir
a Amesc, o que facilitou o acerto entre
os demais partidos.
3
Comportamento
Geral
Alunos aprenderam a fazer formação antes de entrar nas salas de aula, diminuindo a correria que era bastante comum
Educadoras se uniram a polícia para combater a bagunça Lucas Lucco vem fazendo grande sucesso por todo o país
Q
uem houve os
comandos de
longe, acha que
a escola virou quartel, mas na
verdade é o projeto voltado
à ordem e à cidadania que
este ano mudou a rotina dos
alunos na rede municipal de
educação de Turvo. A neces-
sidade foi a mãe da mudança.
Ao contabilizar o número
de ocorrências registradas
em escolas, a Polícia Mili-
tar procurou firmar parceria
com a Secretaria de Educa-
ção porque era preciso agir.
“Identificamos um problema
de ordem e disciplina e este
Aline Bauer
Turvo
Ordem e
progresso
Arroio do Silva
ano foi violento nas escolas.
Nos reunimos e o comandante
da nossa companhia, Marcelo
Bertoncini Zanette, sugeriu
que visitássemos um colégio
militar e observássemos como
é a disciplina lá, para depois
implantar algo semelhante em
Turvo”, explicou o sargento
Marcelo Piccolo, que atua na
cidade e acompanha escolas
como a Laurita Manfredini,
localizada em Linha Contessi.
Cinco escolas da rede munici-
pal participaram do projeto e
a rede estadual já manifestou
interesse em adotá-lo também.
Diariamente, os alunos fazem
filas, recebem os comandos e
voltam para as salas. O hino
nacional é cantado nas segun-
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Noção militar muda rotina de escola
dasesextas-feiras.Asecretária
de EducaçãoValdete Cordeiro
ressaltou que as ações do
projeto, que começaram em
agosto desse ano, não valem
somente para os estudantes,
e que englobam mais do que
apenas a disciplina. “As medi-
das servem inclusive para pro-
fessores, reforçando a questão
hierárquica entre aluno, pro-
fessor, direção e secretaria. A
questão do respeito também é
muito buscada, pois a figura
do professor já não era mais
respeitada. Focamos em três
pontos: disciplina, o respeito
e obediência a hierarquia”,
explica Valdete.
No ano que vem, a segun-
da parte do projeto se estende-
rá aos pais. Essa, na verdade, é
aideiadesdeoinício,envolver
a família toda. E já vem dando
resultado. “Acabaram as ocor-
rências em ambiente escolar.
Tinha professor sendo agredi-
do fisicamente e verbalmente,
carros de professores riscados,
brigas entre os alunos. Isso
terminou”,informa o policial.
AdiretoradaescoladeLi-
nha Contessi, Eliane Casteller,
Um dos eventos tradicio-
nais e mais atrativos de Bal-
neário Arroio do Silva já tem
atração confirmada. Neste ano
quemsobeaopalcoparaanimar
o público e celebrar a chegada
de 2017 no Mega Réveillon é
o cantor e compositor Lucas
Lucco.
Conhecidonacionalmente,
o show promete atrair uma
multidão para o município. “O
Réveillonéumadataespeciale
queatraimuitagente.Comesta
atração não temos dúvida de
que teremos um público ainda
maior”, destacou o prefeito
Evandro Scaini, que encerrará
seu mandato de oito anos neste
dia.
A festa da virada do ano
Lucas Lucco confirmado na Virada
é realizado pela prefeitura e
a contratação de Lucco foi
possível através de recurso do
MinistériodoTurismo.Oshow
acontecerá na Praça Central e
o público tem acesso livre. O
Mega Réveillon conta também
com a tradicional queima de
fogos.
Na última edição quem
subiu ao palco e fez sucesso foi
o grupo Revelação.
tambémobservoudiferençano
comportamento das crianças e
adolescentesdepoisdaimplan-
tação do projeto. “Era preciso
procurar alunos nos banheiros
e bebedouros, mandando para
assalas,agorasedáocomando
e está todo mundo em posi-
ção. Já houve uma mudança
muito grande”, comemora. E
as mudançs devem continuar.
A continuidade das ações está
prevista para 2017, quando
haverão monitores nas salas
e comportamentos indevidos
serão repreendidos. Segundo
o policial, haverá mais respon-
sabilidade. “Não implantamos
isso ainda, mas na hora da
matrícula, eles receberão um
regulamento modificado e os
pais estarão cientes do que vai
acontecer”, avisa.
Uma das atitudes mais
comentadas é a participação
do aluno. Nas salas, todos os
dias há um subchefe de turma
que apresenta a sala ao pro-
fessor e relata se há alguma
alteração, como faltas. “Dessa
forma, quisemos repassar a
eles o respeito que devem ter
com os colegas e professores.
Assim eles não saem de forma
desordenada, prevenindo os
acidentes dentro do ambiente
escolar”, conclui Piccolo.
Vitória Bordignon Tra-
montin- 15 anos- 9° ano
Eu achei que não teria
futuro, não mudaria muita
coisa. Mas depois começou
a funcionar e acho que agora
tem mais disciplina e ordem na
escola. Era muita folia, gente
se batendo, e agora mudou. Na
hora da chamada, isso também
mudou bastante. Acho que a
escola está melhor hoje, por
que antes era muita injustiça.
Por causa de um, muita gente
era punido.
Heloisa Toretti Scarabe-
lot- 10 anos- 4° ano
Acho que melhorou mui-
to. Tem filas, cantamos o hino.
Está mais organizado, e agora
tem que apresentar a classe.
Marcio Roque- Profes-
sor de Português
Conseguimos focar mais
na ordem e disciplina na es-
cola. Os alunos se posicionam
corretamente, aguardam o pro-
fessor. Antes se perdia muito
tempo chamando a atenção,
isso mudou. Observamos que
a hierarquia acaba sendo res-
peitada também.
4 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
JABSON MULLER
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br
(48) 9955.5313
Valdo, Zênio, Ronaldo e Henrique
comandarão a Amesc até 2020
Anúncio de reforma na 93 FM
Faltou o povo
Desburocratização
P
refeitos eleitos estiveram reunidos na tarde de ontem pela primeira vez na
Associação dos Municípios do Extremo-Sul Catarinense (Amesc). A pauta
do encontro foi a escolha do próximo presidente da associação, já que o atual
presidente, Jonei Zanete, deixa de ser prefeito no dia 31 de dezembro.
Os novos prefeitos seguiram as regras e acordos dos seus sucessores, pelas quais o
partido com maior número de prefeitos eleitos fica com o comando do primeiro ano,
sendo depois substituído por um colega da sigla em segundo lugar em quantidade de
prefeituras e assim nos demais anos.
Como o PSD foi o partido que fez mais prefeituras, cinco no total, lhe coube a indi-
cação para a presidência em 2017. O escolhido, por unanimidade, foi o prefeito reeleito
de Morro Grande,Valdo Rocha. Depois será a vez do PMDB ficar com o segundo ano, já
definido que o partido será representado pelo prefeito reeleito de Sombrio Zênio Cardoso.
Em 2019 é a vez dos progressistas, que já indicaram o também reeleito Ronaldo Pereira,
de Balneário Gaivota. Em 2020 será a vez dos tucanos ter a presidência daAmesc. Eles
são dois,Arlindo Rocha, de Maracajá, que abriu mão para
o colega de Praia Grande Henrique Maciel.
O PSB, partido do prefeito de Meleiro Éder Matos,
não terá mandato na Associação nesses próximos quatro
anos. “Acho esse rodízio justo e estarei junto com meus
companheiros prefeitos ajudando no que for preciso”,
comentou Éder.
Presidente eleito Valdo Rocha, disse que dentro
da Associação de Municípios não existe partido e sim
um compromisso de todos com a região. “Aqui vamos
trabalhar todos juntos, para desenvolver cada vez mais
nossa região. Precisamos juntar esforços, pois quando
uma bandeira for levantada será uma bandeira de todos”,
enfatizou Valdo.
O prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso, inicia nesta terça-feira, às 8h45, na rádio 93,3
FM, uma série de entrevistas para falar sobre a reforma administrativa que realizará a
partir do início de 2017.
Zênio já finalizou o projeto junto da equipe de finanças do município e encaminha
para votação da Câmara, reduzindo cargos e gastos com pessoal.
“Projeto finalizado vamos à imprensa para falar para nossa população o que preten-
demos, mantendo nossa forma de trabalhar sempre séria e voltado ao controle de gastos
públicos e mais realização ao cidadão”, afirma o prefeito.
Zênio deve estar acompanhado da vice prefeita já diplomada e que assume o governo
ao seu lado dia 1º de Janeiro, Gislaine Cunha. Ambos, juntos, com o apoio dos partidos
que os elegeram em uma ampla coligação, sustentam todo o projeto que é de coragem e,
como ele mesmo diz, de muita seriedade com a coisa pública.
O prefeito não anteci-
pa quais são as mudanças
quefará,masesclareceque
elas têm como meta dimi-
nuir os custos, adequando
a folha de pagamento aos
tempos de vacas magras
que as prefeituras estão
vivendo, sem diminuir
a qualidade do serviço
ofertado aos cidadãos.
Zênio não é o único a pro-
gramar redução drástica de
pessoal comissionado, vá-
rios outros eleitos já estão
anunciando que assumirão
nomeando somente cargos
essenciais e mesmo os ree-
leitos planejam mudanças
neste sentido.
Não foi por falta de convite e nem de incentivo que a audiência pública para discutir
o Plano Diretor de teve pouca participação da população de maneira geral. Compare-
ceram engenheiros civis, corretores de imóveis, empreendedores, o promotor Daniel
Granzotto Nunes, porém o povão não deu as caras.
É lamentável, porque muita gente não acompanha as discussões, não participa e
depois se julga no direito de ficar criticando.
Se servir de consolo ao presidente da Câmara de Vereadores, onde a audiência foi
realizada, nos outros municípios não é diferente. Nego Gomes lamentou a ausência de
seus colegas
vereadores,
p o i s a l é m
dele, somen-
te Cézar Lu-
china estava
presente.
Por unanimidade, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou o
projeto de lei 178/2016, que visa facilitar o processo de abertura e fechamento de em-
presas em Santa Catarina. “Esse é um projeto de desburocratização, muito importante
para a classe produtiva. Queremos estimular o empreendedorismo, criando um ambiente
favorável com mais agilidade e eficiência”, diz o governador Raimundo Colombo.
De autoria do Governo do Estado, o projeto institui o princípio da Autodeclaração e
do Enquadramento Empresarial Simplificado (EES), relativo aos processos de concessão
e renovação de alvarás, aberturas, alterações, licenciamentos e fechamentos de empresas,
bem como de emissão de atestados. “Este primeiro passo, já existente em muitos paí-
ses, faz com que os servidores públicos do Estado possam receber a documentação dos
empresários por uma simples declaração sem comprovação ou fiscalização preliminar.
Isto é acreditar na palavra do cidadão”, diz o secretário de Estado do Desenvolvimento
Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini.
C.S. Empresa Jornalística LTDA.
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
Jabson Muller
l48l 9955.5313
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
correiodosul@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
editor@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
6 GeralJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Jornalistas na mira
Q
uanto mais a sociedade pede liberdade de expressão, mais jornalistas
são assassinados ou precisam fugir. Matéria divulgada ontem pela
Agência Brasil traz o resultado do relatório anual da organização não
governamental (ONG) Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e informa que 57
jornalistas morreram no mundo em 2016 no exercício da profissão, prin-
cipalmente em regiões de guerra. Em outubro o Brasil já aparecia como o
quarto do mundo com o maior número de casos desse tipo. Não só profis-
sionais da imprensa estão sendo mortos. Também constam da lista da RSF
nove “jornalistas-cidadãos” (blogueiros e youtubers) e oito “colaboradores”
de meios de comunicação. Ainda assim, há o que se comemorar. Se nada de
excepcional acontecer até o final do ano, 2016 terá registrado dez assassi-
natos de jornalistas a menos que em 2015. Não é que a situação esteja me-
lhorando. O que acontece é uma fuga desses profissionais das regiões mais
perigosas. Entre 2006 e 2016, pelo menos 780 jornalistas foram mortos ao
redor do mundo tendo como motivação as matérias e coberturas que faziam.
Consolidação O deputado Aldo Sch-
neider (PMDB) está entusiasmado com o
trabalho de consolidação das leis de Santa
Catarina. Ele preside a Comissão Especial
que trata do assunto e explicou que das 19
mil leis que regem a vida de quem mora
aqui, pelo menos 30% deixaram de ter va-
lor por serem, por exemplo, autorizativas,
ou por tratarem de órgãos já extintos.
Pioneirismo “Fizemos uma análise e já
conseguimos enxugar 10 mil leis, transfor-
madas em algo em torno de 50 leis”, expli-
cou, lembrando que o trabalho continuará
para a análise das 9 mil leis que restam.
“Esse é um trabalho pioneiro no Brasil.
Santa Catarina é o único estado que está
enfrentando essa questão e acredito que
até o final do ano que vem nós teremos o
trabalho concluído.”
Ensino Médio Um projeto de lei com-
plementar apresentado praticamente no
final do ano legislativo, na Assembleia,
pretende garantir a continuidade de dis-
ciplinas como Educação Física e Filoso-
fia no currículo do Ensino Médio catari-
nense. A proposta é do deputado Padre
Pedro Baldissera (PT) e ainda prevê um
currículo integrado, o retorno do caráter
interdisciplinar das matérias (a relação
entre diversos ramos do conhecimento) e
a organização escolar a partir de um siste-
ma que garante autonomia às escolas. “É
uma ideia para ser debatida pela comuni-
dade escolar. O que não podemos aceitar
é que uma proposta como a apresentada
pelo Governo Federal padronize a forma-
ção a partir de um patamar baixo”, criti-
ca o deputado.
Pressão Presidente da Associação de Ofi-
ciais Militares de Santa Catarina, o Coronel
da Reserva Sérgio Luís Sell realizou uma
reunião com a equipe de comunicação da
entidade. Quer novas campanhas publicitá-
rias com veiculação imediata que mostrem
à sociedade “os impactos das reformas em
tramitação envolvendo Previdência, pen-
sionistas e os servidores públicos em geral,
com prejuízos inerentes tanto para os mili-
tares quanto para as corporações, a segu-
rança e a própria governabilidade”.
Sem recesso Diferentemente dos de-
mais órgãos públicos, que fecham as por-
tas durante as festas de final de ano, os
cartórios extrajudiciais de todo o estado
permanecerão abertos e funcionarão em
horário normal em alguns dias no período
de festas. Aqueles que precisam autenti-
car documentos, reconhecer assinaturas,
lavrar escrituras de imóveis, testamentos,
entre outros, podem ficar tranquilos, pois
as serventias irão cumprir horário diferen-
ciado do Judiciário, funcionando normal-
mente nos dias 23, 27, 28 e 29 de dezem-
bro, sem horário especial. Quem precisar
registrar nascimento ou óbito, os ofícios
de registro civil funcionarão em regime de
plantão nos dias em que os cartórios esti-
verem fechados.
Com o Sebrae
todo mundo pode.
Por Andréa Leonora
redacao@peloestado.com.br
20/Dez/2016
Tecnologia na saúde
Uma boa notícia para a saúde do
Planalto Norte. O Hospital São Vi-
cente de Paulo, de Mafra, inaugura
hoje o Serviço de Cardiologista
Intervencionista e Hemodinâ-
mica. De alta tecnologia, o serviço
permitirá a realização de exames e
procedimentos de cateterismo e an-
gioplastia, bem como de cirurgias
cardiovasculares. O setor preenche um vazio assistencial. Até agora, a popu-
lação daquela região precisava se deslocar para outros centros, como Joinville
e Curitiba. O equipamento, que irá beneficiar 400 mil pessoas de 13 cidades
do Planalto Norte, foi adquirido por meio de recursos federais viabilizados
pelo deputado Mauro Mariani (PMDB). Na foto, procedimento já feito na
nova ala, e bem-sucedido.
Enviadapelaassessoriadeimprensa
7Geral Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Discussão
Equipe da técnica da administração municipal está apresentando as propostas de mudança no Plano Diretor para discussão com a população
Um dos destaques é o asfaltamento de Santa Rosa ao IFC
N
a última sexta-
-feira, enge-
nheiros civis
da prefeitura de Sombrio
apresentaram, durante uma
audiência pública, as altera-
ções propostas para o Plano
Diretor (PD) do município.
O PD foi elaborado em
2009 e está sendo revisado
para se adequar a nova re-
alidade e consertar alguns
equívocos cometidos então.
De maneira geral, trata-se
de um documento que esta-
belece todas as normativas
de desenvolvimento dos
municípios, estabelecendo
regras para a ocupação do
solo, tamanho dos terrenos
e outras questões.
Antes da audiência pú-
blica, a administração mu-
nicipal já tinha organizado
uma reunião mais técnica,
com empresários do setor
imobiliário e da construção
civil, engenheiros e arqui-
tetos. A intenção dos dois
encontros, é elaborar um
texto que ajude a projetar
Sombrio para os próximos
20 anos.
O advogado Everaldo
João Ferreira diz que é
recomendável uma discus-
são sobre o PD a cada dois
anos, diante das constantes
O t o t a l é d e R $
11.390.000,00 em investimen-
tos. Este foi o montante pago
neste ano pelo Governo do
Estado, por meio da Agência
de Desenvolvimento Regio-
nal (ADR) de Araranguá, às
prefeituras do Extremo-Sul,
através de convênios assina-
dos em 2016 com as adminis-
trações municipais.
O secretário executivo
da ADR, Ivan Gabriel Mi-
lanez Ávila, destaca que a
Agência está no ranking das
que mais firmou convênios
com municípios em 2016.
No total, foram 92 convênios
assinados, sendo que o valor
empenhado para o pagamento
dos mesmos foi superior a R$
18 milhões. Destes, 33 foram
totalmente concluídos e pagos
no exercício, e 59 devem ser
concluídos e pagos em 2017.
As assinaturas foram fei-
tas entre a ADR e todas as
15 prefeituras da região nos
mais diversos setores, princi-
palmente em obras que visam
a melhoria da infraestrutura
Sombrio
Região
mudanças nas cidades, e a
cada década, a discussão é
obrigatória. “Pena que nas
cidades menores, falte o
hábito de discutir o plane-
jamento urbano”, lamenta
Everaldo.
Um dos pontos po-
lêmicos em discussão é
a utilização das margens
da BR 101. Empreende-
dores defendem o maior
uso desse trecho do que a
proposta do município. A
ideia é de que as empresas
devem ser vistas por quem
passa pela rodovia federal.
A administração municipal
apresenta a proposta de um
recuo de 70 metros, além
dos 30 já previstos em lei,
por ser área federal. Ou
seja, os prédios ficariam a
no mínimo 100 metros da
BR 101.
O engenheiro civil Re-
nato Bristot, funcionário
público municipal, diz que
outra situação comum, a ser
combatida, é o surgimento
de loteamentos irregulares.
Sem estrutura adequada,
ele acaba sendo um peso
para o poder público, já que
os moradores desses terre-
nos cobram pavimentação
de ruas e outros serviços
que são de responsabilida-
de do loteador. Para evi-
tar este problema, o novo
Estado paga mais de R$ 11 milhões em convênios
Plano Diretor humaniza urbanização
urbana. Os dados podem ser
consultados através do Portal
da Transparência.
Entre os convênios, des-
taque para a pavimentação do
trecho de 2,2 quilômetros da
rodovia que liga o Centro a
Vila Nova, em Santa Rosa do
Sul, viabilizada com recursos
do Governo do Estado, com
investimento de R$ 2 mi-
lhões. A estrada dá acesso ao
campus do Instituto Federal
Catarinense (IFC), antiga Es-
cola Agrotécnica, que possui
cerca de 700 alunos nos cursos
de engenharia agronômica e
técnico em agropecuária inte-
grado ao ensino médio. Com a
pavimentação, inaugurada no
mês de julho, os professores e
alunos deixarão de rodar cerca
de 800 quilômetros de estrada
de chão ao longo de um ano
letivo. Esta foi a terceira etapa
de pavimentação realizada no
trecho, viabilizada pelo Go-
verno do Estado em parceria
com a prefeitura de Santa
Rosa do Sul.
Plano Diretor define que o
loteamento precisa obriga-
toriamente ter as ruas com
asfalto ou lajotas. A medida
deve encarecer os terrenos
em média em R$ 5mil. Os
loteamentos terão ainda
que reservar 8% das terras
para área verde e 7% para
destinação pública, como
a construção de um posto
de saúde, por exemplo.
Neste ponto, o promotor
de justiça Daniel Gran-
zotto Nunes sugere que
se evite a ‘verticalização’
excessiva das construções,
com prédios altos demais.
Ele também avalia que as
pessoas devem ser incen-
tivadas a morar nas perife-
rias, destinando o centro da
cidade principalmente para
receber estabelecimentos
comerciais.
Diante da discussão
que define os rumos do
crescimento sombriense,
o presidente da Câmara
de Vereadores, Nego Go-
mes, lamenta a pequena
participação das associa-
ções de moradores, outras
entidades e da população
em geral. Alguns aspectos
do debate são de interesse
da maioria dos moradores,
como o que trata do arma-
zenamento do lixo para
coleta.
O PD, depois da fase
de discussão, é enviado a
câmara, onde novamente
pode ser analisado e rece-
ber emendas, até a votação
final. Depois de aprovado
pelo legislativo e sancio-
nado pelo executivo, passa
então a valer como lei.
C
ésar exige saber de Mo-
cinha o que Tanaka tem
avercomamortedeseu
pai. Sinhá avisa a Tanaka que
sua irmã está em Arraial. Da-
masceno comenta com Mario
que irá interrogar as pessoas
na rua. Vittorio se incomoda
ao saber que Milena passou a
noite com Ralf. Mocinha conta para César a verdade sobre
a morte de seu pai. Alice se aconselha com Chica. Tiago
estranha o comportamento de Dora comYumi. César afirma
a Mocinha que Alice não entrará no plano de vingança.
EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão
Cruzadinha Novelas
D
iana fica furiosa com a
atitude de Léo contra
Gui e pede um tempo
para o rapaz. Júlia conta a
Gui que Vanda a ameaçou.
Gordo insiste para que Laila
não abandone a música. Néia
e Lázaro comemoram ao saber
que Diana pediu um tempo para
Léo. Júlia confessa a Edith que está fugindo da polícia. JF
desiste de fazer parte da banda. Gordo manda Nanda pagar
as despesas de Laila no hotel. Gilda tenta convencer Nicolau
a deixar a banda.
T
ião e Magnólia ficam juntos.
Vitória pede que Augusto a
acompanhe à festa de Ana
Luiza. Tiago leva Letícia para ver
Fausto. Magnólia garante a Gigi
quenãoestáapaixonadaporTião.
Beth e Ciro se encontram. Misael
brigacomYaraporcausadeAline.
ElioficaintrigadoaoverAnaLuiza
pesquisando sobre câmeras ocultas. Pedro pede para ter outro
filho com Helô. Mileide reclama dos pedidos de Jáder. Salete vai
comAugustoàfaveladaBica.Umex-clientedeLucianepedeuma
grandeencomendaderoupaseGledsoninsisteparaqueelaaceite.
Sol Nascente -18h
A Lei do Amor -21h
Rock Story -19h
Rapidinhas
Áries 21/03 a 20/04
21/04 a 20/05
21/05 a 20/06
21/06 a 20/07
21/07 a 20/08
21/08 a 20/09
21/09 a 20/10
21/10 a 20/11
21/11 a 20/12
21/12 a 20/01
21/01 a 20/02
21/02 a 20/03
Leão
HoróscopoHoróscopo
Sagitário
Gêmeos Libra Aquário
Touro
Filho do elemento fogo irá reinar hoje sob a pro-
teção do astro Rei da Via Láctea. Com coragem
e de forma destemida irá encontrar forças para
superar dificuldades. Evite o pensamento impo-
sitivo e diálogo agressivo.
Porsermuitoteimosoirágerarconflitosdeumaforma
muito estressante para você. Marte pode deixar você
muito incisivo, procure avaliar melhor o que está
acontecendo. Controle este tipo de ação para não
prejudicar suas relações.
Começara o dia bem equilibrado sem muitas
alterações, tende no decorrer deste período,
desenvolver melhor sua curiosidade para coisas
produtivas. Mercúrio vai beneficiar você para o
despertar desta sua habilidade.
Você irá se sentir muito bem preparado para
relacionamentos de proximidade com os seus
amigos. A Lua que rege esta afetuosa constela-
ção emancipará sua capacidade para ter boas
relações.
Oscilará muito entre ser decidido e ser inflexível,
estas suas duas características agirão intermiten-
temente. Isso acontecerá, pois Netuno e Urano
irão balancear a influência para esta constelação.
Seja mais objetivo naquilo que você quer.
Bons sinais para o relacionamento surgirão du-
rante o dia, seu aspecto mais observador pode
ser explorado. Aproveite a boa influência neste
dia do seu planeta regente. Evite fazer críticas
mais intempestivas para não gerar conflito.
Ficará muito bem durante um bom período do
seu dia. Sua diplomacia contribuirá para este
quadro mais positivo. Saturno é quem vai lhe
influenciar para esta questão bem forte na sua
personalidade.
De forma muito positiva irá apresentar um sentido
mais controlador, porém em atividades que neces-
sitam este tipo de atenção. Devido à atividade fraca
de Vênus e mais forte de Plutão irá poder valorizar
este aspecto.
Um dia muito propício para você expandir a sua
rede de relacionamento. Júpiter vai ajudar você
a se apresentar de forma menos dispersa. Isso
favorecerá para convergir seu bom humor em
uma relação interessante e próspera.
O realismo contribuirá para que você possa findar
negócios que já pareciam incertos. Marte que é
seu astro de exaltação deixará bem clara essa
sua aptidão para não fugir dos contextos daquilo
que realmente acontece.
Sua força de imaginação irá colaborar para que
você desenvolva novas ideias. Agir com hones-
tidade não apenas com os outros, mas consigo
mesmo será algo bem explorado neste dia.
Aproveite a boa influência de Urano.
Conseguirá galgar vários degraus na sua buscar
por sucesso. O elemento Água do qual este signo
pertence, será positivo para que alcance este
objetivo. Evite ser auto depreciativo para seguir
em frente.
Virgem Capricórnio
Câncer Escorpião Peixes
Priscila Pires deu uma guinada na vida pessoal
e decidiu mudar ainda mais antes do fim do ano. A
ex-BBB,queperdeu33quilosepassouafrequentar
a igreja evangélica, mudou o visual e abandonou
os fios pretos para exibir uma tonalidade bem mais
clara nos cabelos. “Eu gosto muito do cabelo pre-
to, de me ver morena. Acho que combina comigo
e, por isso, há muito tempo não mexia na cor. O
tempo passou e fiz tanta coisa, tantas mudanças
no corpo, mas o cabelo deixei de lado. Aí queria
mudar algo e nem sabia o que era, até que a minha
amiga, Thaiane Lopes, sugeriu abrir a cor e fazer
um moreno iluminado, combinando com tudo de
novo na minha vida”, disse ela ao EGO.
Rafa Brites já era bonita antes de engravidar,
agora, com oito meses de gestação, está mais
linda ainda. Prova disso é que ela foi clicada por
um paparazzo fazendo compras em uma loja de
materiaisdeconstruçãosemnenhumamaquiagem
na tarde desta segunda-feira, 19, em São Paulo, e
estava gata do mesmo jeito.
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
TÂNIA DUARTE
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
tania@grupocorreiodosul.com.br
facebook.com/tania.duartecoelho
48 3533.0762
Dia 13 de Dezembro foi dia do Ótico. O óptico é especializado e
capacitado para examinar e avaliar nossa visão, podendo atuar em diver-
sas frentes como laboratórios de surfaçagem, montagem, como consultor
óptico, em centros de adaptação de lentes de contato e até mesmo como
representante comercial de empresas do segmento.Parabéns ao Osni Tres-
pach e a todos os óticos pelo seu dia.
Meninas da Casa de Cultura de Sombrio,
em mais uma apresentação. Parabéns!!!
Na solenidade de diplomação, o prefeito
e o vice eleitos de Praia Grande, Henrique
Maciel e Mack, com as esposas.
A Escola
de Formação em
Saúde de Santa
Catarina realizou
no Clube Grêmio
Turvense, a forma-
tura de 24 alunos
do curso Técnico
em Enfermagem
no município de
Turvo.
A fisioterapeuta Rê Borges aderiu a bela campanha:
Doe medula! Doe sangue! Doe amor!
Pizzaria Casa
da Árvore inaugurou
na última quinta
(15) em Torres –
RS. Sucesso!
10 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
11Segurança Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Caso Ivonete
Advogado André Alves diz que tem testemunhas da inocência do policial Jaques, acusado de cúmplice em homicídio
Bárbara analisa a situação de cada preso que pede saída temporária no final do ano
O
promotor de
Justiça, titular
da 4ª Promotoria
do Júri da Comarca de Ara-
ranguá, Márcio Gai Veiga,
concluiu na última semana,
Procedimento Investigativo
Criminal (PIC) no qual apon-
tou o delegado Jorge Giraldi
como autor do homicídio de
Ivonete Mezzari Genuíno,
ocorridoemfevereirode2012.
Ivonete foi assassinada aos 25
anos,nafrentedafilha
que tinha com o dele-
gado Jorge Giraldi, na
época com um ano e
cinco meses de idade.
O representante
do Ministério Público
(MP) concluiu também que
o agente de Polícia Civil,
Jaques Douglas de Oliveira,
participou do crime e ofereceu
denúncia contra Giraldi por
autoria e contra Jaques por
participação no homicídio.
A denúncia ainda foi
acompanhada do pedido de
prisão preventiva dos dois. O
juiz titular da 1ªVara Criminal
da Comarca de Araranguá,
Guilherme Mattei Borsoi, re-
cebeu a denúncia e instaurou,
ainda na semana passada, um
O Presídio Regional de
Araranguá (PRA) tem 42 de-
tentos já autorizados pela Jus-
tiça para a saída temporária de
Natal e Ano Novo. Segundo
a diretora Bárbara Santos de
Souza, foram encaminhados
cerca de 50 pedidos ao Judici-
ário. Bárbara explica que para
terdireitoasaídatemporáriao
preso tem que ter certo tempo
de pena cumprida (um sexto
ou dois quintos, dependendo
do crime), bom comporta-
mento e estar no regime semi-
-aberto. O pedido é feito pela
unidade prisional, analisado
pelo Ministério Público e pelo
Judiciário e deferido ou não
pelo Judiciário.
O PRA está com a lota-
ção máxima de presos - 244 e
cerca de 60 têm direito a pedir
saída temporária de sete dias,
que acontecem cinco vezes
por ano e têm que respeitar
um período mínimo de 45
dias de reclusão, entre uma
Gislaine Fontoura
Araranguá
Gislaine Fontoura
Araranguá
processo sobre o caso, porém
indeferiu o pedido de prisão
preventiva de Giraldi e de
Jaques. O promotor fez dois
recursos contra o indeferi-
mento ao Tribunal de Justiça
de Santa Catarina e na última
sexta-feira, um dos recursos
foi negado pelo TJSC, man-
tendo os réus em liberdade, o
segundoaindanãofoijulgado.
A decisão judicial de pri-
meira instância determina
algumas restrições para os
policiais.Jaques Douglas de
Oliveira não pode atuar em
algumas delegacias,
onde trabalham po-
liciais que são teste-
munhas no processo,
tanto da acusação,
quanto da defesa. Por
este motivo foi realo-
cado para a Delegacia de Ma-
racajá, conforme informações
de seu advogado de defesa,
André Teobaldo BorbaAlves.
O promotor apurou na
investigação, que durou quase
um ano, que a participação de
Jaques no assassinato se deu
no sentido de ele estar no local
do crime e de ter escondido
a arma utilizada para matar
Ivonete,quenãofoilocalizada
durante as investigações. Ao
contrário de Giraldi, que por
orientação de seu advogado
Mais de 40 presos saem nas festas
Policial Jaques alega inocência
saída e outra.
Bárbara revela que Natal
e Ano Novo são as datas
comemorativas que concen-
tram maior pedido de saídas
temporárias, seguido de Dia
das Mães e Dia dos Pais.
Para a diretora, as saídas
são importantes para a análise
da progressão de regime do
semi-aberto para o aberto.
“No regime semi-aberto exis-
tem alguns direitos dados ao
interno, para que ele possa
demonstrarqueestáapto,para
daqui algum tempo, progredir
para o regime aberto e para o
detento é importante para que
ele consiga manter vínculos
familiares e possa retornar
ao convívio em sociedade”,
pondera.
Os detentos não são sol-
tos todos na mesma data,
a liberação depende do dia
que o preso tem direito, res-
de defesa, se recusou a depor
no MP, Jaques prestou de-
poimento e conforme André
Alves, contou que naquela
noite de fevereiro de 2012
estava com o delegado Jorge
Giraldi, trabalhando em uma
investigação, porém não es-
teve no local onde ocorreu
o assassinato, como acusa o
Ministério Público, e alegou
inocência.
André Alves revela que
as pessoas com quem Giraldi
eJaquesconversaramnanoite
do crime, durante a investiga-
ção que estavam realizando,
serão ouvidas como testemu-
nhas da defesa, o advogado
acredita que possa arrolar
mais de dez testemunhas.
André Alves teve acesso à
parte dos autos do processo
que está digitalizada, porém
seu cliente ainda não recebeu
a citação.
O advogado conversa
com Jaques constantemente
e contou que ele está bastante
abatido, porém recebendo
apoio de muitas pessoas. Ja-
ques tem 26 anos de polícia
e, segundo o advogado, com
conduta ilibada, sem nunca
responder a um processo
administrativo. “Tomei café
com ele, em um local público,
na sexta-feira, e todos que
chegavam até nós, davam
apoio ao Jaques e diziam
acreditar na inocência dele”,
declarou André.
De acordo com informa-
ções do delegado regional
Diego Archer De Haro, a
DIC de Araranguá, que era
comandada por Jorge Giraldi,
ficará até o final de março sob
ocomandododelegadoLucas
Fernandes da Rosa.
peitando os 45 dias reclusos.
Conforme Bárbara, na região,
asestatísticasdecometimento
de crimes durante o período
de saída temporária são bai-
xas, bem como as estatísticas
de não retorno espontâneo
à prisão, a grande maioria
dos detentos retorna. Ainda,
segundo Bárbara, grande
parte dos presos do regime
semi-abertojátrabalhaforada
unidade, ou dentro do PRA.
12 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Tudo é Festa
Mari Ferraz dá dicas para comemorar com muito estilo
F
oi declarada aberta
a temporada mais
temida e também
mais aguardada do ano pela
mulherada. As famosas ‘festas
de fim de ano’ e são muitas as
confraternizações. Na empresa,
na faculdade, escola, curso, na
Jesyca Rodrigues
O que é mais adequado para ser usado em uma festa
da empresa?
Mesmo sendo um evento descontraído e fora do ambiente de
trabalho, seu chefe continua seu chefe, assim como seus colegas,
então é bom usar cautela e bom senso pra não exagerar no look.
Nada de roupas muito sensuais. Tem que considerar o local e se
sua empresa é mais formal ou descontraída. Se for um almoço
num sítio, num clube, num restaurante ou na própria empresa,
aposte num vestido leve, soltinho e de comprimento médio, po-
dendo ser liso ou estampado já que estamos no verão, os longos
também são boa pedida, além de serem confortáveis. Nos pés
sapatilhas, salto anabela, as mules e sandálias tratoradas e solados
retos que estão em alta, para ficar no conforto e com estilo. Um
salto baixo também pode. Saia de comprimento médio, (jeans) ou
não, com regatinhas ou blusas um pouco soltinhas ou amplas.As
calças de tecido estampado soltas, ou uma boa calça jeans, flare
ou skinny e cintura alta,
também são ótimas. Uma
make super leve e se ou-
sar no pulseirismo, usar
brincos discretos e anéis
também, cabelo solto ou
preso num rabo de cavalo
básico, e o detalhe das
tranças sempre é ótima
opção. Para fechar, uma
bolsa tamanho médio ou
pequeno, dependendo do
seu estilo.
Região família, com os amigos, com o
amor, além das formaturas ou
outras festas sociais que também
acontecem neste período.
E aí surge a dúvida para to-
das:oquevestiremcadaocasião?
Nósfomosatrásderespostascom
aconsultorademodaMariFerraz,
querespondeualgumasperguntas
feitas pelas mulheres.
Estilista ensina a acertar a roupa
13Especial Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Amanda Bauer
Nesta época de muitas festas, quais peças coringa eu
devo ter para não repetir muito?
Sempre temos que ter peças coringa no guarda-roupas, e
é claro que nunca podemos dispensar um vestido preto básico,
um blazer, uma camisa ou camiseta branca, calça jeans, e uma
saia preta. Inclua nessa lista outra cor de camiseta, e uma blusa
ombro a ombro, super tendência. Listras ou estampa discretas,
ou lisa. Nesse caso, está sendo muito usado na estação de Verão
a sobreposição com slip dress, que é um vestido de alcinhas
num corte reto. Então se ele for usado com uma t-shirt lisa ou
listrada e sapatos, tênis ou sandálias como os metalizados você
terá um look super cool. E se você usar uma blusa de ombro à
ombro por baixo dele
terá um look noite, um
pouco ousado, porém
discreto por ter somen-
te os ombros de fora, e
com um salto no estilo
plataforma. Com essas
peças você monta vá-
rias looks usando um
pouquinho de criativi-
dade e nem vai parecer
que são as mesmas, vai
por mim.Aí você varia
os acessórios, make e
cabelo dependendo de
onde você for.
Thuany Machado
Qual o melhor look para o amigo secreto da turma da
faculdade, que será na praia?
Nos looks de praia sempre devemos prezar o frescor e o
conforto. Um short ou saia jeans, regata uma t-shirt (cor clara)
com uma rasteira, é uma opção super fácil ou um top cropped
com o jeans em cintura alta
deixa o look bem moderni-
nho. Um vestido de tecido
leve e soltinho também cai
super bem. Os macaquinhos
na versão curta, são uma
tendência forte do verão, es-
tampado é ótima pedida com
sandálias rasteiras, espadril-
les ou Anabela. Os vestidos
longos em crochê também
são sucesso e podem até ser
para versão noite. Um maca-
cão (tecido leve) pra noite
também pode. Os acessórios
como bolsas e bijuterias sem-
pre numa versão mais leve, e
no cabelo, não dispense um
coque samurai ou trança.
Gisele Barbosa
Tenho uma formatura mas não gosto muito de salto.
Que opções eu tenho para continuar elegante e com con-
forto?
Há muitas mulheres que não aderem ao saltão, então há op-
ções de saltos mínimos (tipo 5cm) ou se você não quer usar nada
de salto, como uma sapatilha. O bom seria você optar por peças
longasprapoderusarzerosaltoousaltomínimo,comoumvestido
longo ou um macacão.Assim nem vai dar para perceber a falta do
salto. Uma saia longa também é boa opção. Peças plissadas, cor
pretaouestampaemanimalprintsãoboasopçõespraessanoitede
festa. Uma calça de tecido de
corte reto, no estilo pantalona,
combinadacomblusaderenda
com bordados aplicados, e até
o lurex, detalhes de paetês,
ou seja os brilhos que já estão
por aí nas vitrines, são uma
boa alternativa. Os famosos
conjuntos que se vê também
por aí, calça e blusa em teci-
do plano numa padronagem
listrada ou printed, estão em
alta. Faça uma boa make e
capriche nos acessórios, mas
não exagere, cabelos num
penteado discreto.
Andiely Bock dos Santos
Tenho uma formatura de ensino médio neste fim de
ano. A festa será à beira da piscina, posso usar algo mais
despojado?
Piscina pode sim usar um look mais cool, e fica legal
brincar com a história de biquínis e maiôs. Usar o sutiã do
biquíni por baixo de um top cropped de renda ou crochê, um
maiô como blusa ou body com short ou saia jeans e sandálias
baixas, rasteiras. As t-shirts com estampas tipo personagens, e
frutas trends de verão ou camisa com amarração (nó) na frente
ficam descoladas. Se for à noite pode até ousar numa t-shirt
com bordados em pedrarias, e vestidos curtos porém soltos.
O vestido camisa bem
jogado com um maxi
colar e o vestido t-
-shirt são estilos super
cool. Os acessórios
em acrílico, como os
brincos de frutas, boca,
enfim, esse estilo bem
fun (divertido) que está
na tendência do verão
irá cair super bem à
beira da piscina. Cabe-
los e make mais leves
e clean, tipo acordei
assim(risos).
14 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
15Geral Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Merecido
Dançarinas e coreógrafa foram homenageadas em solenidade especial da Câmara de Vereadores na noite desta segunda
Meninas receberam carinho, reconhecimento e presentes
A
noite desta se-
gunda-feira foi
especial para as
bailarinas do Grupo CriAr-
te. O ano muito produtivo,
cheio de vitórias e reali-
zações, foi coroado com o
reconhecimento na Câmara
Municiapl de Vereadores de
Ermo.Aemoção tomou con-
ta de todos, principalmente
das bailarinas e da profes-
sora, Renata Possamai. “Não
poderíamos estar encerrando
2016 de um jeito melhor.
Todos estão felizes, porém
em clima de despedida para
as férias, o que nos deixa um
pouco tristes. Mas estaremos
de volta em 21 de janeiro”,
antecipou Renata.
A homenagem foi pelas
conquistas, mas principal-
mente em agradecimento
Ermo pelo grupo levar o nome
da pequena cidade a palcos
gigantes, com na última
viagem para a Argentina.
“É difícil sim, mas temos
que parabenizar a superação
dos problemas que esses
pais, professora e meninas
passam levando o nome
de Ermo até para fora do
país”, disse o presidente da
Casa, Renato Serafim. A
ideia de reconhecer desta
forma o trabalho intenso das
bailarinas foi do vereador
Moacir José Neto. Para ele,
comemorar também é uma
forma de valorizar o que
elas fazem. “Hoje é um dia
especial para nós é para o
CriArte. Quando se fala em
balé não é só diversão. Há
sacrifício trabalho e perse-
verança para a chegar onde
elas chegaram”, declarou.
Durante a solenidade
ainda foi lido um texto sobre
o balé, que transmitia exata-
mente o que as dançarinas
estavam vivendo. ‘Ser baila-
Câmara homenageia CriArte
Assessoria de Imprensa FIESC: (48) 3231 4670 www.fiescnet.com.brwf
FIESCéaquartamelhorempresadegrandeporte
paratrabalharemSC
As entidades da FIESC são a quarta melhor empresa de
grande porte para trabalhar no Estado, conforme pesquisa
realizada pela consultoria Great Place to Work (GPTW) e pela
revista Amanhã. Divulgada em dezembro a pesquisa Me-
lhores Empresas para Trabalhar em Santa Catarina faz uma
compilação das mais bem-sucedidas estratégias de gestão
de pessoas praticadas pelos departamentos de recursos hu-
manos das empresas. Ao todo, o levantamento destacou 35
companhias.
SESISantaCatarina
completa65anos
O SESI Santa Catarina com-
pletou 65 anos no dia 6 de
dezembro. A instituição, que
hoje foca sua atuação em
ações de saúde, também
promove ambientes de tra-
balho seguros e a melhoria
da escolaridade dos traba-
lhadores. No Estado, a enti-
dade realiza por ano mais de
1,5 milhão de atendimentos
de trabalhadores em servi-
ços de saúde, considerando
as vacinações, as clínicas, os
serviços de odontologia e
de segurança no trabalho.
CorridadoBemreúne
maisde11milem2016
O circuito Corridas do Bem,
iniciativa do SESI/SC que ob-
jetiva incentivar o voluntaria-
do, a qualidade de vida e o
bem-estar, concluiu no dia 4
de dezembro a última etapa
do ano em Jaraguá do Sul.
O evento, que reuniu 1.080
participantes na cidade.
Somando todas as etapas
realizadas em Chapecó, São
Miguel do Oeste, Concórdia,
Joaçaba, Caçador, São Bento
do Sul, Joinville, Itajaí, Blu-
menau, Brusque, Rio do Sul,
Florianópolis, Tubarão, Crici-
úma, Lages e Jaraguá do Sul,
o número de participantes
foi superior a 11 mil pessoas,
com mais de R$ 80 mil re-
passados a 18 entidades de
amparo social.
SENAIémarcapreferida
emensinotécnico
O SENAI é a marca com
maior afinidade dos consu-
midores de SC na categoria
Ensino Profissionalizante da
Pesquisa Impar (Índice das
Marcas de Preferência e Afi-
nidade Regional), realizada
pelo Grupo RIC e Ibope. A
premiação foi entregue em
Florianópolis. O SENAI foi o
destaque nas nove edições
já realizadas da pesquisa.
Além do destaque estadu-
al, o SENAI é a marca com
maior índice de afinidade
em todas as regiões pes-
quisadas. O levantamento
foi realizado pelo Ibope In-
teligência em setembro nas
regiões da Grande Florianó-
polis, Norte, Vale do Itajaí,
Foz do Itajaí e Oeste.
FIESC,UFSCeCerti
firmamparceria
A FIESC, o SENAI/SC, a UFSC
e a Fundação Certi firma-
ram convênio para ampliar a
agenda de cooperação nas
áreas de educação, pesquisa
e extensão, engenharia de
sistemas, manufatura avança-
da e indústria 4.0. A assinatura
do documento foi realizada
no dia 9 de dezembro, em
Florianópolis, durante visita
do ministro de Ciência, Tec-
nologia e Inovação, Gilberto
Kassab, ao Centro de Inova-
ção da Associação Catarinen-
se de Tecnologia (Acate).
rina não é só de corpo, mas
de alma. E não há emoção
maior a ser sentida do que
no dia do espetáculo’.
16 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
Apoio: CDL
Dia 22/12
Às 20h – Zumba na
Praça
Organização:
Prefeitura Municipal
de São João do Sul
Dia 23/12
19:30h – Apresentações Culturais e
Chegada do Papai Noel
20:30h – Show com a Banda Tcheruts
17Publicidade Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
18 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
19 Publicações LegaisJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
IMOBILIÁRIA HORIZONTE SA, inscrita no cadastro de Pessoa Jurídica CNPJ sob nº.
92.847.839/0001-88, com sede a Rua Joao Batista Velhinho, nº. 76 – Centro – Passo de Torres/
SC, torna público que requereu à Fundação Municipal do Meio Ambiente do Município de Passo de
Torres, Licença Ambiental Prévia – LP com dispensa de Instalação – LI para Atividade de Dragagem
e Desassoreamento do Braço do Rio Morto , com instalações à Rua Manoel Pereira Maciel, s/nº,
Centro, no município de Passo de Torres- SC.
EDITAL DE INTIMAÇÃO
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca
de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h
- 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse
tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados
nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo
discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que
não impedirá a lavratura do protesto.
PROT. ....................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ
Prot:153195;Devedor(es):CONFECCOESNETOLTDA-ME-03.922.355/0001-26,End:RuaJanuarioManoelBorges,
63,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL;
Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009043 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL
DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 3.774,74 + Juros Legais (1% a.m.);
Emol.: R$ 80,14. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$
19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14.
Prot: 153103; Devedor(es): DAIANE GONCALVES LEAL - 085.294.279-63, End: Rua João de Barro, 681, Balneario
Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: REF000069
;Apr: FCDL; VEN: 01/08/2013; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 509,00 + Juros Legais (1%
a.m.); Emol.: R$ 77,98.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução
R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98.
Prot: 153301; Devedor(es): DE PAULA COMERCIO DE TECIDOS LTDA - ME - 11.504.402/0001-40, End: Br 101
Pref. Santelmo Borba, 2035, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV
ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009308 ;
Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$
17.477,46 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 70,96. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 -
Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 9,96 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 70,96.
Prot: 153292; Devedor(es): DUFEFA FABRICA E COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA - - 09.264.547/0001-79, End:
Rod.SC485JoséTiscoski,9994,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIV
ATIVA-SIMPLESNACIONAL; Sac:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Tit:91414009205;Apr:
PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$6.883,96
+ Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 79,06. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência
R$ 46,00 - Condução R$ 18,06 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 79,06.
Prot: 153309; Devedor(es): ENIO BEZERRADASILVA- 003.380.699-33 e E.B. DASILVA- ME - 13.336.914/0001-70,
End:MarginaldaBr101Pref.SantelmoBorba,3376,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDA
NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit:
91414009356 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida
Ativa; Val:R$9.574,05+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$51,86.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição
R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153291; Devedor(es): FONTE NATURAL DISTRIBUIDORA DE AGUA LTDA - ME - 08.978.565/0001-50, End:
Rua Caetano Lummertz, 202, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV
ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009188 ;
Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$
7.386,57 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 -
Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153318; Devedor(es): ISMAIL CAMILO SPERFELD - 053.587.509-67 e ISMAIL CAMILO SPERFELD - ME
- 08.446.287/0001-90, End: Rua Edilio Antonio da Rosa, 435, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento;
Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES
NACIONAL; Tit: 91414018619 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp:
Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 1.413,87 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos
R$ 51,86.
Prot: 153284; Devedor(es): L.P.J. COMERCIO DE PECAS E SERVICOS AUTOMOTIV - 07.170.824/0001-59, End:
Br 101 Km 437, 1365, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-
SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009106 ; Apr:
PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$1.514,33
+ Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência
R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153174; Devedor(es): L.P.J. COMERCIO DE PECAS E SERVICOS AUTOMOTIV - 07.170.824/0001-59, End:
Br 101 Km 437, 1365, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-
SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91413004827 ; Apr:
PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$1.425,08
+ Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência
R$ 46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98.
Prot: 153248; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit:
378-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 536,34 + Juros
Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153244; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit:
374-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.151,14 + Juros
Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153246; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit:
376-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.090,65 + Juros
Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153245; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit:
375-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 764,83 + Juros
Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153247; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit:
377-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.129,26 + Juros
Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 153317; Devedor(es): MACHADAO DIESEL COMERCIAL LTDA - ME - 95.808.127/0001-48, End: Av. Getulio
Vargas, 1826, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES
NACIONAL; Sac:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Tit:91414009444;Apr:PROCURADORIA-
GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$2.389,79+JurosLegais(1%
a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução
R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot:153300;Devedor(es):MACSILCONFECCOESLTDA-ME-11.163.450/0001-11,End:RuaAlcidesJoséAmorim,
825,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL;
Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009293 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL
DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 8.485,85 + Juros Legais (1% a.m.);
Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$
6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot:153163;Devedor(es):MASIFERCOMERCIODEFERROSLTDA-ME-01.849.509/0001-76,End:MarginalBr101,
1145,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL;
Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91413004751 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL
DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 2.722,59 + Juros Legais (1% a.m.);
Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$
6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot:153179;Devedor(es):RONIVALDOCARDOSOBORGES-817.583.329-72eRONIVALDOCARDOSOBORGES
-ME-08.513.585/0001-55,End:EstradaGeral,S/N,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDA
NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit:
91413004864 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida
Ativa; Val:R$1.957,05+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$80,14.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição
R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14.
Prot:153288;Devedor(es):RONIVALDOCARDOSOBORGES-ME-08.513.585/0001-55,End:Rod.MunicipalSO381,
64, Sombrio;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDANACIONAL- DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL;
Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009164 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL
DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 3.927,24 + Juros Legais (1% a.m.);
Emol.: R$ 80,14. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$
19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14.
Prot: 153278; Devedor(es): T. N. CONSTRUTORA E COMERCIO DE MADEIRAS LTDA - 06.016.867/0001-11, End:
Marginal da BR 101 Pref. Santelmo Borba, 2450, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA
NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit:
91414009084 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida
Ativa; Val:R$4.019,33+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$51,86.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição
R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 20/12/2016.
Sombrio - SC, 20/12/2016
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
20 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
21Publicidade Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
AEC perde para Criciúma e é vice
Campeão Catarinense de master
Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
O Campeonato Som-
briense de Futebol Amador
Categorias de Base, se encer-
rou no último domingo com
um show de gols, emoções e
premiações para os pequenos
atletas que deram show em
campo nos dois meses de
jogos.
Guarani eAmja mais uma
vez estiveram em quase todas
as finais. Das quatro catego-
rias, sub17, sub14, sub12 e
sub10, as equipes já tradicio-
nais entre a garotada fizeram
três finais cada, se enfrentando
em duas, com uma vitória de
Sombrio
Criciúma
cada nos confrontos diretos.
Aliás, apesar de estarem em
tantas finais, apenas quando
se enfrentaram é que cada uma
ganhou um título, mas outras
duas foram vice campeões, o
que de forma alguma tira os
méritos dos excelentes traba-
lhos feitos nestas escolinhas
que têm como maior patroci-
nador a Prefeitura Municipal.
Outra escolinha munici-
pal que levantou um caneco
foiaescolinhaSãoLuiz/Cairu,
que ganhou pelo sub10.
Confira abaixo todos os
campeões, resultados, artilhei-
ros e goleiros menos vazado
da competição.
F
oi encerrado no ulti-
mosábado17,ocam-
peonato catarinense
de futebol master. A partida da
finalfoientreduasequipesdosul
doestado,ochamadoclássicodo
sul, revivendo o clássico do pas-
sado. O confronto foi realizado
no Centro de treinamentos do
CriciúmaEsporteClubenobairro
CristoRedentor,econtoucomum
bom publico.
O confronto começou com
o Araranguá em cima, e com 4
chances claras de gol e bola na
trave,umaentroucomoartilheiro
da competição, Rudnei abrindo
o marcador, o AEC parecia que
iria ganhar e ganhar bem, pois
foi para cima botou pressão mas
perdia muitos gols. No final
da primeira etapa, Wilsao, de
cabeça empatou a partida para o
Criciúma.
Na segunda etapa, o Cri-
ciúma retornou com algumas
Molecada encerra
ano com festa
mudanças, uma delas surtiu efei-
to, o meia Luizinho Vieira fez a
diferença desmontou o setor de
meio campo do Araranguá, deu
passes precisos e ditou o ritmo
de jogo, Marcelo Silva marcou
do gol da virada, o AEC tentou
reagir mais perdeu mais tres gols
que poderiam ter empatado. O
Criciúma se aproveitou e com
Marcelo Siva marcou mais um,
com o terceiro gol, o Araranguá
sentiu e praticamente jogou a
toalha levando mais um gol do
Criciúma, fechando o placar de 4
x 1 conquistando o titulo do Pri-
meiro Campeonato Catarinense
de master.
"Quero aqui agradecer a
todos nossos atletas, esses guer-
reiros da bola, foram jogos e
dias maravilhosos ao lado desses
jogadores,quealémdejogadores,
o laço de amizade ficou ainda
maior,obrigadoatodosquevesti-
ramacamisadoAEC,otitulonão
veio mais estamos de parabéns.
Agradecer a todas as equipes que
enfrentamos,ondeopósjogoque
mais valeu, as conversas, novas
amizades e a resenha" Frisou o
treinadordoAEC,ClederMaciel.
Apos a partida, aconteceu
o encerramento do campeonato
com a entrega dos troféus aos
campeões e vice campeões. O
AEC conquistou o vice campeo-
nato e o artilheiro da competição
que foi o Rudnei, o Criciúma
conquistou o titulo e o goleiro
menos vazado que foi o Evaldo.
"Queremos agradecer a to-
dos os participantes, as equipes,
agradecer a cada atleta que jogou
com lealdade, não tivemos nem
um problema com indisciplina, o
campeonato transcorreu 100%,
esperamos que ano que vem seja
aindamelhorecommaisequipes,
obrigado a todas as equipes que
em forma de confraternização
jogaramnabola"Frisouocoorde-
nadordocampeonato,Alexandre
Lopes da LCTF.
23Publicidade Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
TERÇA-FEIRA, 20 DE DEZEMBRO DE 2016

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018
 
Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18
 
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016
 
Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016
 
Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16
 
Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
 
Jornal digital 22-02-17
Jornal digital 22-02-17Jornal digital 22-02-17
Jornal digital 22-02-17
 
Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16
 
Jornal digital 13 11-17
Jornal digital 13 11-17Jornal digital 13 11-17
Jornal digital 13 11-17
 
Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016
 
Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016
 
Jornal digital 4880_seg_21032016
Jornal digital 4880_seg_21032016Jornal digital 4880_seg_21032016
Jornal digital 4880_seg_21032016
 
Jornal digital 4954_qua_06072016
Jornal digital 4954_qua_06072016Jornal digital 4954_qua_06072016
Jornal digital 4954_qua_06072016
 
Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17
 
Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18
 
Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016
 
Jornal digital 24 07-17
Jornal digital 24 07-17Jornal digital 24 07-17
Jornal digital 24 07-17
 

Destaque (20)

Especial de natal
Especial de natalEspecial de natal
Especial de natal
 
Guia de Compras
Guia de ComprasGuia de Compras
Guia de Compras
 
Classificado 15-12-16
Classificado 15-12-16Classificado 15-12-16
Classificado 15-12-16
 
Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16
 
Classificados
ClassificadosClassificados
Classificados
 
Retrospectiva 8 pag pb
Retrospectiva 8 pag pbRetrospectiva 8 pag pb
Retrospectiva 8 pag pb
 
Jornal digital 26 12-16
Jornal digital 26 12-16Jornal digital 26 12-16
Jornal digital 26 12-16
 
Classificado 8 pag pb
Classificado 8 pag pbClassificado 8 pag pb
Classificado 8 pag pb
 
Jornal digital 28 12-16
Jornal digital 28 12-16Jornal digital 28 12-16
Jornal digital 28 12-16
 
Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16
 
Jornal digital - 2 de Janeiro de 2017
Jornal digital - 2 de Janeiro de 2017Jornal digital - 2 de Janeiro de 2017
Jornal digital - 2 de Janeiro de 2017
 
Jornal digital 29 12-16
Jornal digital 29 12-16Jornal digital 29 12-16
Jornal digital 29 12-16
 
Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16
 
Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016
 
Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016
 
Jornal digital 5061 sex_09122016
Jornal digital 5061 sex_09122016Jornal digital 5061 sex_09122016
Jornal digital 5061 sex_09122016
 
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
 
Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016
 
Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016
 
Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016
 

Semelhante a Jornal digital 20 12-16

Semelhante a Jornal digital 20 12-16 (20)

Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016
 
Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17
 
Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
 
Jornal digital 10 11-17
Jornal digital 10 11-17Jornal digital 10 11-17
Jornal digital 10 11-17
 
Jornal digital 05 09-2018
Jornal digital 05 09-2018Jornal digital 05 09-2018
Jornal digital 05 09-2018
 
Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018
 
Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016
 
Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016
 
Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16
 
Jornal digital 4951_sex_01072016
Jornal digital 4951_sex_01072016Jornal digital 4951_sex_01072016
Jornal digital 4951_sex_01072016
 
Jornal digital 4887_qui_31032016
Jornal digital 4887_qui_31032016Jornal digital 4887_qui_31032016
Jornal digital 4887_qui_31032016
 
Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18
 
Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
 
Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016
 
Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16
 
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016
 
Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 
Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018
 

Jornal digital 20 12-16

  • 1. Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.068 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 20 DE DEZEMBRO DE 2016 www.grupocorreiodosul.com.br 32º 22º Nublado e Pancadas de Chuva - Muitas nuvens com curtos períodos de sol e pancadas de chuva com trovoadas. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Turvo Projeto de disciplina militar melhora comportamento de alunos ADVOGADO DIZ QUE POLICIAL E GIRALDI ESTAVAM TRABALHANDO NA NOITE DO CRIME MAIS DE 40 PRESOS CONSEGUEM SAÍDA TEMPORÁRIA PARA AS FESTAS DE FIM DE ANO CÂMARA DE VEREADORES FAZ HOMENAGEM AO GRUPO CRIARTE CASO IVONETE NA RUA ERMO Pag 11 Pag 11 Pagina 15 Pagina 3
  • 2. MesaDiretorasuprapartidáriaemARA Processo na Justiça Eleitoral que pode cassar o registro de candidatura do futuro vereador sombriense José Eraldo Soares, o Peri (PP), poderá trazer profundos reflexos políticos dentro da oposição no legislativo municipal. Peri está respondendo por suposta compra de votos durante período eleitoral. Caso seja cassado, quem assumirá em seu lugar é o primeiro suplente de sua coligação, Nano Freitas (PSD). O problema da oposição é que Nano não tem poupa- do críticas ao PP, que, de acordo com ele, deixou os candidatos do PSD à deriva durante processo eleitoral. No resumo da ópera, Nano tem dito que não deve nada ao PP e que, caso assuma a Câmara de Vereadores no lugar de Peri, terá uma postura de independência. “Se for feita justiça eu vou assumir, e se assumir não farei oposição cega”, alfinetou. Independente Semchances Troca-troca NaAmesc ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “Não pergunte o que seu País pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu País”. Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 rolando_coelho@hotmail.com (48) 9945.6787 John Kennedy (1917/1963) Ex-presidente dos EUA Se depender do PMDB Estadual, deputado José Milton Scheffer (PP) não emplacará no comando da Secre- taria daAgricultura e Pesca do Estado. Os peemedebistas já avisaram a Rai- mundo Colombo (PSD) que a pasta não está a disposição para negociações com outros partidos. Atualmente, a secre- taria é comandada pelo deputado es- tadual Moacir Sopelsa, que já esteve a sua frente no primeiro mandado do ex- -governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), entre 2003 e 2006. Sopelsa não tem nenhuma intenção de deixar aAgricultura, mas mesmo que deixe, o PMDB quer continuar à frente de seu comando. Recentemente, o deputado Zé Milton foi convidado para assumir a Secretaria de Assistência Social, Habitação e Trabalho. O parlamentar disse que não se sentia a vontade para a função, mas ressaltou que caso fosse convidado para comandar a Secretaria da Agricultura aceitaria o desafio. Por sua vez, o PMDB, que já está de nariz torcido por conta das negociações entre Colombo e o PP, não deve fazer nada para facilitar a vida dos progressistas no governo. S eguindo Regimento da Câmara Municipal de Ve- readores de Araranguá, foi registrada ontem, em cartório, a primeira chapa com vistas à disputa pelo comando da Mesa Diretora do legislativo da Cidade das Avenidas. O vereador Daniel Viriato Afonso (PP) consta como candidato a presidente. Para a primeira vice-presidência o indicado é o vereador João Abílio Pe- reira (PRB). Já a segunda vice-presi- dência tem como indicado José Paulo Roldão (PSDB). A primeira secretaria cabe a Pedro Paulo Souza (PSD) e a segunda a Luciano Zeferino Pires (PSB). Ainda que haja a possibilidade do registro de pelo menos mais duas chapas isto não deverá acontecer. É que 13, dos 15 vereadores eleitos ou reeleitos no último 2 de Outubro já firmaram acordo para a eleição de Daniel Viriato e seus pares na aludida Mesa Diretora. Por ora, quem não concorda inte- gralmente com a chapa registrada são o vereador reeleito Alexandre Pereira (PPS) e o futuro vereador Cristiano da Silva Costa, o Tano (PP), que foi o mais votado do município no pleito deste ano. Alexandre, no entanto, já começou a convergir em direção ao G-13. A expectativa é que Tano acabe tomando o mesmo caminho, já que seu partido, que é o mesmo de Daniel, tem feito reiterados pedidos para que ele reconsidere sua posição em nome da unidade da sigla. Interessante notar que todos os componentes da futura Mesa Diretora da Câmara de Araranguá disputaram a eleição legislativa por coligações que ajudaram a eleger o prefeito Mariano Mazzuco Neto (PP). Ainda assim, a chapa receberá, no mínimo, o apoio de quatro vereadores eleitos por par- tidos de oposição. Ainda que não haja um consenso absoluto em relação ao comando da Mesa Diretora, Mariano Mazzuco não deverá enfrentar qualquer tipo de problema com o legislativo durante boa parte de seu mandato. Primeiro porque ele tem, no mínimo, dois terços dos vereadores eleitos a seu lado de forma franca. Outro fato que contribuirá muito com a futura hege- monia entre executivo e legislativo é o de que, pelas regras atuais, Mariano não poder disputar a reeleição. É que no legislativo existe pelo menos meia dúzia de vereadores de olho na dispu- ta majoritária de 2020, pela situação. O apoio de Mariano a qualquer um dos nomes pode ser decisivo para que este se ressalte em meio aos demais. Por outro lado, quem se indispor com Mariano já sabe que estará fora da lista, para compor, de repente, como candidato a vice-prefeito, ou mesmo prefeito. Afora isto, o que tem trazido, ainda, agonia ao cenário político de Araranguá é o fato do futuro prefeito não ter anunciado oficialmente os no- mes de seu colegiado, o que já é visto por muitos ligados diretamente a ele como algo preocupante. A Secretaria de Administração, por exemplo, pre- cisa começar a trabalhar, literalmen- te, no dia 1º de janeiro, realizando uma dezena de processos licitatórios que viabilize o início do mandato. O problema é que faltam dez dias para essa data e ninguém foi convidado ainda para assumir o cargo. Nesta lógica, também ninguém sabe se o convidado aceitará a função, o que poderá ser um complicador para Mariano. Deputado estadual criciumense Luiz Fernando Vampiro (PMDB) já é tido como nome certo para a Secretaria da Infraestrutura do governo de Rai- mundo Colombo. Com isto o deputado Manoel Mota (PMDB) passará a ser o único representante do PMDB do Sul do Estado na Assembleia Legislativa a partir do ano que vem, tão logo se concretize a posse dos novos secretá- rios estaduais. Mas se o Sul tem tudo para perder Vampiro no parlamento estadual, por outro lado tem tudo para ganhar o içarense Dóia Guglielmi (PSDB) na Assembleia. É que, mesmo contra a vontade do comando do PSDB, o deputado Leonel Pavan (PSDB) de- verá assumir a Secretaria de Turismo. Com isto Dóia, que é primeiro suplente dos tucanos, ocupará uma cadeira no parlamento catarinense. Na prática, o Sul perderá Vampiro, mas ganhará Dóia na Assembleia. Reunião dos prefeitos eleitos e reeleitos pela nossa região, ontem, na sede da Amesc, definiu como ficará composta as próximas presidências da instituição, para o quadriênio 2017/2020. O PSD, que elegeu cinco prefeitos comandará a Amesc em 2017. O indicado para a função foi o prefeito reeleito de Morro Grande, Valdo Rocha. Já o PMDB, que elegeu quatro prefeitos, ficará com a presi- dência em 2018, através do prefeito reeleito de Sombrio, Zênio Cardoso. Com três prefeitos eleitos, o PP indi- cará o presidente em 2019. Caberá ao prefeito reeleito de Balneário Gaivota, Ronaldo Pereira da Silva (PP) esta tarefa. O último ano caberá ao PSDB, que elegeu dois prefeitos. Como exer- cerão o primeiro mandato, o prefeito eleito de Praia Grande, Henrique Ma- ciel, e o de Maracajá, Arlindo Rocha, o Lale, ainda não decidiram entre si quem será o presidente da Amesc em 2020. O prefeito eleito de Meleiro, Eder Matos, que foi o único eleito pelo PSB na região, abriu mão de presidir a Amesc, o que facilitou o acerto entre os demais partidos.
  • 3. 3 Comportamento Geral Alunos aprenderam a fazer formação antes de entrar nas salas de aula, diminuindo a correria que era bastante comum Educadoras se uniram a polícia para combater a bagunça Lucas Lucco vem fazendo grande sucesso por todo o país Q uem houve os comandos de longe, acha que a escola virou quartel, mas na verdade é o projeto voltado à ordem e à cidadania que este ano mudou a rotina dos alunos na rede municipal de educação de Turvo. A neces- sidade foi a mãe da mudança. Ao contabilizar o número de ocorrências registradas em escolas, a Polícia Mili- tar procurou firmar parceria com a Secretaria de Educa- ção porque era preciso agir. “Identificamos um problema de ordem e disciplina e este Aline Bauer Turvo Ordem e progresso Arroio do Silva ano foi violento nas escolas. Nos reunimos e o comandante da nossa companhia, Marcelo Bertoncini Zanette, sugeriu que visitássemos um colégio militar e observássemos como é a disciplina lá, para depois implantar algo semelhante em Turvo”, explicou o sargento Marcelo Piccolo, que atua na cidade e acompanha escolas como a Laurita Manfredini, localizada em Linha Contessi. Cinco escolas da rede munici- pal participaram do projeto e a rede estadual já manifestou interesse em adotá-lo também. Diariamente, os alunos fazem filas, recebem os comandos e voltam para as salas. O hino nacional é cantado nas segun- Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Noção militar muda rotina de escola dasesextas-feiras.Asecretária de EducaçãoValdete Cordeiro ressaltou que as ações do projeto, que começaram em agosto desse ano, não valem somente para os estudantes, e que englobam mais do que apenas a disciplina. “As medi- das servem inclusive para pro- fessores, reforçando a questão hierárquica entre aluno, pro- fessor, direção e secretaria. A questão do respeito também é muito buscada, pois a figura do professor já não era mais respeitada. Focamos em três pontos: disciplina, o respeito e obediência a hierarquia”, explica Valdete. No ano que vem, a segun- da parte do projeto se estende- rá aos pais. Essa, na verdade, é aideiadesdeoinício,envolver a família toda. E já vem dando resultado. “Acabaram as ocor- rências em ambiente escolar. Tinha professor sendo agredi- do fisicamente e verbalmente, carros de professores riscados, brigas entre os alunos. Isso terminou”,informa o policial. AdiretoradaescoladeLi- nha Contessi, Eliane Casteller, Um dos eventos tradicio- nais e mais atrativos de Bal- neário Arroio do Silva já tem atração confirmada. Neste ano quemsobeaopalcoparaanimar o público e celebrar a chegada de 2017 no Mega Réveillon é o cantor e compositor Lucas Lucco. Conhecidonacionalmente, o show promete atrair uma multidão para o município. “O Réveillonéumadataespeciale queatraimuitagente.Comesta atração não temos dúvida de que teremos um público ainda maior”, destacou o prefeito Evandro Scaini, que encerrará seu mandato de oito anos neste dia. A festa da virada do ano Lucas Lucco confirmado na Virada é realizado pela prefeitura e a contratação de Lucco foi possível através de recurso do MinistériodoTurismo.Oshow acontecerá na Praça Central e o público tem acesso livre. O Mega Réveillon conta também com a tradicional queima de fogos. Na última edição quem subiu ao palco e fez sucesso foi o grupo Revelação. tambémobservoudiferençano comportamento das crianças e adolescentesdepoisdaimplan- tação do projeto. “Era preciso procurar alunos nos banheiros e bebedouros, mandando para assalas,agorasedáocomando e está todo mundo em posi- ção. Já houve uma mudança muito grande”, comemora. E as mudançs devem continuar. A continuidade das ações está prevista para 2017, quando haverão monitores nas salas e comportamentos indevidos serão repreendidos. Segundo o policial, haverá mais respon- sabilidade. “Não implantamos isso ainda, mas na hora da matrícula, eles receberão um regulamento modificado e os pais estarão cientes do que vai acontecer”, avisa. Uma das atitudes mais comentadas é a participação do aluno. Nas salas, todos os dias há um subchefe de turma que apresenta a sala ao pro- fessor e relata se há alguma alteração, como faltas. “Dessa forma, quisemos repassar a eles o respeito que devem ter com os colegas e professores. Assim eles não saem de forma desordenada, prevenindo os acidentes dentro do ambiente escolar”, conclui Piccolo. Vitória Bordignon Tra- montin- 15 anos- 9° ano Eu achei que não teria futuro, não mudaria muita coisa. Mas depois começou a funcionar e acho que agora tem mais disciplina e ordem na escola. Era muita folia, gente se batendo, e agora mudou. Na hora da chamada, isso também mudou bastante. Acho que a escola está melhor hoje, por que antes era muita injustiça. Por causa de um, muita gente era punido. Heloisa Toretti Scarabe- lot- 10 anos- 4° ano Acho que melhorou mui- to. Tem filas, cantamos o hino. Está mais organizado, e agora tem que apresentar a classe. Marcio Roque- Profes- sor de Português Conseguimos focar mais na ordem e disciplina na es- cola. Os alunos se posicionam corretamente, aguardam o pro- fessor. Antes se perdia muito tempo chamando a atenção, isso mudou. Observamos que a hierarquia acaba sendo res- peitada também.
  • 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 5. JABSON MULLER Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br (48) 9955.5313 Valdo, Zênio, Ronaldo e Henrique comandarão a Amesc até 2020 Anúncio de reforma na 93 FM Faltou o povo Desburocratização P refeitos eleitos estiveram reunidos na tarde de ontem pela primeira vez na Associação dos Municípios do Extremo-Sul Catarinense (Amesc). A pauta do encontro foi a escolha do próximo presidente da associação, já que o atual presidente, Jonei Zanete, deixa de ser prefeito no dia 31 de dezembro. Os novos prefeitos seguiram as regras e acordos dos seus sucessores, pelas quais o partido com maior número de prefeitos eleitos fica com o comando do primeiro ano, sendo depois substituído por um colega da sigla em segundo lugar em quantidade de prefeituras e assim nos demais anos. Como o PSD foi o partido que fez mais prefeituras, cinco no total, lhe coube a indi- cação para a presidência em 2017. O escolhido, por unanimidade, foi o prefeito reeleito de Morro Grande,Valdo Rocha. Depois será a vez do PMDB ficar com o segundo ano, já definido que o partido será representado pelo prefeito reeleito de Sombrio Zênio Cardoso. Em 2019 é a vez dos progressistas, que já indicaram o também reeleito Ronaldo Pereira, de Balneário Gaivota. Em 2020 será a vez dos tucanos ter a presidência daAmesc. Eles são dois,Arlindo Rocha, de Maracajá, que abriu mão para o colega de Praia Grande Henrique Maciel. O PSB, partido do prefeito de Meleiro Éder Matos, não terá mandato na Associação nesses próximos quatro anos. “Acho esse rodízio justo e estarei junto com meus companheiros prefeitos ajudando no que for preciso”, comentou Éder. Presidente eleito Valdo Rocha, disse que dentro da Associação de Municípios não existe partido e sim um compromisso de todos com a região. “Aqui vamos trabalhar todos juntos, para desenvolver cada vez mais nossa região. Precisamos juntar esforços, pois quando uma bandeira for levantada será uma bandeira de todos”, enfatizou Valdo. O prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso, inicia nesta terça-feira, às 8h45, na rádio 93,3 FM, uma série de entrevistas para falar sobre a reforma administrativa que realizará a partir do início de 2017. Zênio já finalizou o projeto junto da equipe de finanças do município e encaminha para votação da Câmara, reduzindo cargos e gastos com pessoal. “Projeto finalizado vamos à imprensa para falar para nossa população o que preten- demos, mantendo nossa forma de trabalhar sempre séria e voltado ao controle de gastos públicos e mais realização ao cidadão”, afirma o prefeito. Zênio deve estar acompanhado da vice prefeita já diplomada e que assume o governo ao seu lado dia 1º de Janeiro, Gislaine Cunha. Ambos, juntos, com o apoio dos partidos que os elegeram em uma ampla coligação, sustentam todo o projeto que é de coragem e, como ele mesmo diz, de muita seriedade com a coisa pública. O prefeito não anteci- pa quais são as mudanças quefará,masesclareceque elas têm como meta dimi- nuir os custos, adequando a folha de pagamento aos tempos de vacas magras que as prefeituras estão vivendo, sem diminuir a qualidade do serviço ofertado aos cidadãos. Zênio não é o único a pro- gramar redução drástica de pessoal comissionado, vá- rios outros eleitos já estão anunciando que assumirão nomeando somente cargos essenciais e mesmo os ree- leitos planejam mudanças neste sentido. Não foi por falta de convite e nem de incentivo que a audiência pública para discutir o Plano Diretor de teve pouca participação da população de maneira geral. Compare- ceram engenheiros civis, corretores de imóveis, empreendedores, o promotor Daniel Granzotto Nunes, porém o povão não deu as caras. É lamentável, porque muita gente não acompanha as discussões, não participa e depois se julga no direito de ficar criticando. Se servir de consolo ao presidente da Câmara de Vereadores, onde a audiência foi realizada, nos outros municípios não é diferente. Nego Gomes lamentou a ausência de seus colegas vereadores, p o i s a l é m dele, somen- te Cézar Lu- china estava presente. Por unanimidade, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou o projeto de lei 178/2016, que visa facilitar o processo de abertura e fechamento de em- presas em Santa Catarina. “Esse é um projeto de desburocratização, muito importante para a classe produtiva. Queremos estimular o empreendedorismo, criando um ambiente favorável com mais agilidade e eficiência”, diz o governador Raimundo Colombo. De autoria do Governo do Estado, o projeto institui o princípio da Autodeclaração e do Enquadramento Empresarial Simplificado (EES), relativo aos processos de concessão e renovação de alvarás, aberturas, alterações, licenciamentos e fechamentos de empresas, bem como de emissão de atestados. “Este primeiro passo, já existente em muitos paí- ses, faz com que os servidores públicos do Estado possam receber a documentação dos empresários por uma simples declaração sem comprovação ou fiscalização preliminar. Isto é acreditar na palavra do cidadão”, diz o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini.
  • 6. C.S. Empresa Jornalística LTDA. Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br 6 GeralJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Jornalistas na mira Q uanto mais a sociedade pede liberdade de expressão, mais jornalistas são assassinados ou precisam fugir. Matéria divulgada ontem pela Agência Brasil traz o resultado do relatório anual da organização não governamental (ONG) Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e informa que 57 jornalistas morreram no mundo em 2016 no exercício da profissão, prin- cipalmente em regiões de guerra. Em outubro o Brasil já aparecia como o quarto do mundo com o maior número de casos desse tipo. Não só profis- sionais da imprensa estão sendo mortos. Também constam da lista da RSF nove “jornalistas-cidadãos” (blogueiros e youtubers) e oito “colaboradores” de meios de comunicação. Ainda assim, há o que se comemorar. Se nada de excepcional acontecer até o final do ano, 2016 terá registrado dez assassi- natos de jornalistas a menos que em 2015. Não é que a situação esteja me- lhorando. O que acontece é uma fuga desses profissionais das regiões mais perigosas. Entre 2006 e 2016, pelo menos 780 jornalistas foram mortos ao redor do mundo tendo como motivação as matérias e coberturas que faziam. Consolidação O deputado Aldo Sch- neider (PMDB) está entusiasmado com o trabalho de consolidação das leis de Santa Catarina. Ele preside a Comissão Especial que trata do assunto e explicou que das 19 mil leis que regem a vida de quem mora aqui, pelo menos 30% deixaram de ter va- lor por serem, por exemplo, autorizativas, ou por tratarem de órgãos já extintos. Pioneirismo “Fizemos uma análise e já conseguimos enxugar 10 mil leis, transfor- madas em algo em torno de 50 leis”, expli- cou, lembrando que o trabalho continuará para a análise das 9 mil leis que restam. “Esse é um trabalho pioneiro no Brasil. Santa Catarina é o único estado que está enfrentando essa questão e acredito que até o final do ano que vem nós teremos o trabalho concluído.” Ensino Médio Um projeto de lei com- plementar apresentado praticamente no final do ano legislativo, na Assembleia, pretende garantir a continuidade de dis- ciplinas como Educação Física e Filoso- fia no currículo do Ensino Médio catari- nense. A proposta é do deputado Padre Pedro Baldissera (PT) e ainda prevê um currículo integrado, o retorno do caráter interdisciplinar das matérias (a relação entre diversos ramos do conhecimento) e a organização escolar a partir de um siste- ma que garante autonomia às escolas. “É uma ideia para ser debatida pela comuni- dade escolar. O que não podemos aceitar é que uma proposta como a apresentada pelo Governo Federal padronize a forma- ção a partir de um patamar baixo”, criti- ca o deputado. Pressão Presidente da Associação de Ofi- ciais Militares de Santa Catarina, o Coronel da Reserva Sérgio Luís Sell realizou uma reunião com a equipe de comunicação da entidade. Quer novas campanhas publicitá- rias com veiculação imediata que mostrem à sociedade “os impactos das reformas em tramitação envolvendo Previdência, pen- sionistas e os servidores públicos em geral, com prejuízos inerentes tanto para os mili- tares quanto para as corporações, a segu- rança e a própria governabilidade”. Sem recesso Diferentemente dos de- mais órgãos públicos, que fecham as por- tas durante as festas de final de ano, os cartórios extrajudiciais de todo o estado permanecerão abertos e funcionarão em horário normal em alguns dias no período de festas. Aqueles que precisam autenti- car documentos, reconhecer assinaturas, lavrar escrituras de imóveis, testamentos, entre outros, podem ficar tranquilos, pois as serventias irão cumprir horário diferen- ciado do Judiciário, funcionando normal- mente nos dias 23, 27, 28 e 29 de dezem- bro, sem horário especial. Quem precisar registrar nascimento ou óbito, os ofícios de registro civil funcionarão em regime de plantão nos dias em que os cartórios esti- verem fechados. Com o Sebrae todo mundo pode. Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 20/Dez/2016 Tecnologia na saúde Uma boa notícia para a saúde do Planalto Norte. O Hospital São Vi- cente de Paulo, de Mafra, inaugura hoje o Serviço de Cardiologista Intervencionista e Hemodinâ- mica. De alta tecnologia, o serviço permitirá a realização de exames e procedimentos de cateterismo e an- gioplastia, bem como de cirurgias cardiovasculares. O setor preenche um vazio assistencial. Até agora, a popu- lação daquela região precisava se deslocar para outros centros, como Joinville e Curitiba. O equipamento, que irá beneficiar 400 mil pessoas de 13 cidades do Planalto Norte, foi adquirido por meio de recursos federais viabilizados pelo deputado Mauro Mariani (PMDB). Na foto, procedimento já feito na nova ala, e bem-sucedido. Enviadapelaassessoriadeimprensa
  • 7. 7Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Discussão Equipe da técnica da administração municipal está apresentando as propostas de mudança no Plano Diretor para discussão com a população Um dos destaques é o asfaltamento de Santa Rosa ao IFC N a última sexta- -feira, enge- nheiros civis da prefeitura de Sombrio apresentaram, durante uma audiência pública, as altera- ções propostas para o Plano Diretor (PD) do município. O PD foi elaborado em 2009 e está sendo revisado para se adequar a nova re- alidade e consertar alguns equívocos cometidos então. De maneira geral, trata-se de um documento que esta- belece todas as normativas de desenvolvimento dos municípios, estabelecendo regras para a ocupação do solo, tamanho dos terrenos e outras questões. Antes da audiência pú- blica, a administração mu- nicipal já tinha organizado uma reunião mais técnica, com empresários do setor imobiliário e da construção civil, engenheiros e arqui- tetos. A intenção dos dois encontros, é elaborar um texto que ajude a projetar Sombrio para os próximos 20 anos. O advogado Everaldo João Ferreira diz que é recomendável uma discus- são sobre o PD a cada dois anos, diante das constantes O t o t a l é d e R $ 11.390.000,00 em investimen- tos. Este foi o montante pago neste ano pelo Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Regio- nal (ADR) de Araranguá, às prefeituras do Extremo-Sul, através de convênios assina- dos em 2016 com as adminis- trações municipais. O secretário executivo da ADR, Ivan Gabriel Mi- lanez Ávila, destaca que a Agência está no ranking das que mais firmou convênios com municípios em 2016. No total, foram 92 convênios assinados, sendo que o valor empenhado para o pagamento dos mesmos foi superior a R$ 18 milhões. Destes, 33 foram totalmente concluídos e pagos no exercício, e 59 devem ser concluídos e pagos em 2017. As assinaturas foram fei- tas entre a ADR e todas as 15 prefeituras da região nos mais diversos setores, princi- palmente em obras que visam a melhoria da infraestrutura Sombrio Região mudanças nas cidades, e a cada década, a discussão é obrigatória. “Pena que nas cidades menores, falte o hábito de discutir o plane- jamento urbano”, lamenta Everaldo. Um dos pontos po- lêmicos em discussão é a utilização das margens da BR 101. Empreende- dores defendem o maior uso desse trecho do que a proposta do município. A ideia é de que as empresas devem ser vistas por quem passa pela rodovia federal. A administração municipal apresenta a proposta de um recuo de 70 metros, além dos 30 já previstos em lei, por ser área federal. Ou seja, os prédios ficariam a no mínimo 100 metros da BR 101. O engenheiro civil Re- nato Bristot, funcionário público municipal, diz que outra situação comum, a ser combatida, é o surgimento de loteamentos irregulares. Sem estrutura adequada, ele acaba sendo um peso para o poder público, já que os moradores desses terre- nos cobram pavimentação de ruas e outros serviços que são de responsabilida- de do loteador. Para evi- tar este problema, o novo Estado paga mais de R$ 11 milhões em convênios Plano Diretor humaniza urbanização urbana. Os dados podem ser consultados através do Portal da Transparência. Entre os convênios, des- taque para a pavimentação do trecho de 2,2 quilômetros da rodovia que liga o Centro a Vila Nova, em Santa Rosa do Sul, viabilizada com recursos do Governo do Estado, com investimento de R$ 2 mi- lhões. A estrada dá acesso ao campus do Instituto Federal Catarinense (IFC), antiga Es- cola Agrotécnica, que possui cerca de 700 alunos nos cursos de engenharia agronômica e técnico em agropecuária inte- grado ao ensino médio. Com a pavimentação, inaugurada no mês de julho, os professores e alunos deixarão de rodar cerca de 800 quilômetros de estrada de chão ao longo de um ano letivo. Esta foi a terceira etapa de pavimentação realizada no trecho, viabilizada pelo Go- verno do Estado em parceria com a prefeitura de Santa Rosa do Sul. Plano Diretor define que o loteamento precisa obriga- toriamente ter as ruas com asfalto ou lajotas. A medida deve encarecer os terrenos em média em R$ 5mil. Os loteamentos terão ainda que reservar 8% das terras para área verde e 7% para destinação pública, como a construção de um posto de saúde, por exemplo. Neste ponto, o promotor de justiça Daniel Gran- zotto Nunes sugere que se evite a ‘verticalização’ excessiva das construções, com prédios altos demais. Ele também avalia que as pessoas devem ser incen- tivadas a morar nas perife- rias, destinando o centro da cidade principalmente para receber estabelecimentos comerciais. Diante da discussão que define os rumos do crescimento sombriense, o presidente da Câmara de Vereadores, Nego Go- mes, lamenta a pequena participação das associa- ções de moradores, outras entidades e da população em geral. Alguns aspectos do debate são de interesse da maioria dos moradores, como o que trata do arma- zenamento do lixo para coleta. O PD, depois da fase de discussão, é enviado a câmara, onde novamente pode ser analisado e rece- ber emendas, até a votação final. Depois de aprovado pelo legislativo e sancio- nado pelo executivo, passa então a valer como lei.
  • 8. C ésar exige saber de Mo- cinha o que Tanaka tem avercomamortedeseu pai. Sinhá avisa a Tanaka que sua irmã está em Arraial. Da- masceno comenta com Mario que irá interrogar as pessoas na rua. Vittorio se incomoda ao saber que Milena passou a noite com Ralf. Mocinha conta para César a verdade sobre a morte de seu pai. Alice se aconselha com Chica. Tiago estranha o comportamento de Dora comYumi. César afirma a Mocinha que Alice não entrará no plano de vingança. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas D iana fica furiosa com a atitude de Léo contra Gui e pede um tempo para o rapaz. Júlia conta a Gui que Vanda a ameaçou. Gordo insiste para que Laila não abandone a música. Néia e Lázaro comemoram ao saber que Diana pediu um tempo para Léo. Júlia confessa a Edith que está fugindo da polícia. JF desiste de fazer parte da banda. Gordo manda Nanda pagar as despesas de Laila no hotel. Gilda tenta convencer Nicolau a deixar a banda. T ião e Magnólia ficam juntos. Vitória pede que Augusto a acompanhe à festa de Ana Luiza. Tiago leva Letícia para ver Fausto. Magnólia garante a Gigi quenãoestáapaixonadaporTião. Beth e Ciro se encontram. Misael brigacomYaraporcausadeAline. ElioficaintrigadoaoverAnaLuiza pesquisando sobre câmeras ocultas. Pedro pede para ter outro filho com Helô. Mileide reclama dos pedidos de Jáder. Salete vai comAugustoàfaveladaBica.Umex-clientedeLucianepedeuma grandeencomendaderoupaseGledsoninsisteparaqueelaaceite. Sol Nascente -18h A Lei do Amor -21h Rock Story -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Filho do elemento fogo irá reinar hoje sob a pro- teção do astro Rei da Via Láctea. Com coragem e de forma destemida irá encontrar forças para superar dificuldades. Evite o pensamento impo- sitivo e diálogo agressivo. Porsermuitoteimosoirágerarconflitosdeumaforma muito estressante para você. Marte pode deixar você muito incisivo, procure avaliar melhor o que está acontecendo. Controle este tipo de ação para não prejudicar suas relações. Começara o dia bem equilibrado sem muitas alterações, tende no decorrer deste período, desenvolver melhor sua curiosidade para coisas produtivas. Mercúrio vai beneficiar você para o despertar desta sua habilidade. Você irá se sentir muito bem preparado para relacionamentos de proximidade com os seus amigos. A Lua que rege esta afetuosa constela- ção emancipará sua capacidade para ter boas relações. Oscilará muito entre ser decidido e ser inflexível, estas suas duas características agirão intermiten- temente. Isso acontecerá, pois Netuno e Urano irão balancear a influência para esta constelação. Seja mais objetivo naquilo que você quer. Bons sinais para o relacionamento surgirão du- rante o dia, seu aspecto mais observador pode ser explorado. Aproveite a boa influência neste dia do seu planeta regente. Evite fazer críticas mais intempestivas para não gerar conflito. Ficará muito bem durante um bom período do seu dia. Sua diplomacia contribuirá para este quadro mais positivo. Saturno é quem vai lhe influenciar para esta questão bem forte na sua personalidade. De forma muito positiva irá apresentar um sentido mais controlador, porém em atividades que neces- sitam este tipo de atenção. Devido à atividade fraca de Vênus e mais forte de Plutão irá poder valorizar este aspecto. Um dia muito propício para você expandir a sua rede de relacionamento. Júpiter vai ajudar você a se apresentar de forma menos dispersa. Isso favorecerá para convergir seu bom humor em uma relação interessante e próspera. O realismo contribuirá para que você possa findar negócios que já pareciam incertos. Marte que é seu astro de exaltação deixará bem clara essa sua aptidão para não fugir dos contextos daquilo que realmente acontece. Sua força de imaginação irá colaborar para que você desenvolva novas ideias. Agir com hones- tidade não apenas com os outros, mas consigo mesmo será algo bem explorado neste dia. Aproveite a boa influência de Urano. Conseguirá galgar vários degraus na sua buscar por sucesso. O elemento Água do qual este signo pertence, será positivo para que alcance este objetivo. Evite ser auto depreciativo para seguir em frente. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Priscila Pires deu uma guinada na vida pessoal e decidiu mudar ainda mais antes do fim do ano. A ex-BBB,queperdeu33quilosepassouafrequentar a igreja evangélica, mudou o visual e abandonou os fios pretos para exibir uma tonalidade bem mais clara nos cabelos. “Eu gosto muito do cabelo pre- to, de me ver morena. Acho que combina comigo e, por isso, há muito tempo não mexia na cor. O tempo passou e fiz tanta coisa, tantas mudanças no corpo, mas o cabelo deixei de lado. Aí queria mudar algo e nem sabia o que era, até que a minha amiga, Thaiane Lopes, sugeriu abrir a cor e fazer um moreno iluminado, combinando com tudo de novo na minha vida”, disse ela ao EGO. Rafa Brites já era bonita antes de engravidar, agora, com oito meses de gestação, está mais linda ainda. Prova disso é que ela foi clicada por um paparazzo fazendo compras em uma loja de materiaisdeconstruçãosemnenhumamaquiagem na tarde desta segunda-feira, 19, em São Paulo, e estava gata do mesmo jeito. Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 9. TÂNIA DUARTE Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho 48 3533.0762 Dia 13 de Dezembro foi dia do Ótico. O óptico é especializado e capacitado para examinar e avaliar nossa visão, podendo atuar em diver- sas frentes como laboratórios de surfaçagem, montagem, como consultor óptico, em centros de adaptação de lentes de contato e até mesmo como representante comercial de empresas do segmento.Parabéns ao Osni Tres- pach e a todos os óticos pelo seu dia. Meninas da Casa de Cultura de Sombrio, em mais uma apresentação. Parabéns!!! Na solenidade de diplomação, o prefeito e o vice eleitos de Praia Grande, Henrique Maciel e Mack, com as esposas. A Escola de Formação em Saúde de Santa Catarina realizou no Clube Grêmio Turvense, a forma- tura de 24 alunos do curso Técnico em Enfermagem no município de Turvo. A fisioterapeuta Rê Borges aderiu a bela campanha: Doe medula! Doe sangue! Doe amor! Pizzaria Casa da Árvore inaugurou na última quinta (15) em Torres – RS. Sucesso!
  • 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 11. 11Segurança Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Caso Ivonete Advogado André Alves diz que tem testemunhas da inocência do policial Jaques, acusado de cúmplice em homicídio Bárbara analisa a situação de cada preso que pede saída temporária no final do ano O promotor de Justiça, titular da 4ª Promotoria do Júri da Comarca de Ara- ranguá, Márcio Gai Veiga, concluiu na última semana, Procedimento Investigativo Criminal (PIC) no qual apon- tou o delegado Jorge Giraldi como autor do homicídio de Ivonete Mezzari Genuíno, ocorridoemfevereirode2012. Ivonete foi assassinada aos 25 anos,nafrentedafilha que tinha com o dele- gado Jorge Giraldi, na época com um ano e cinco meses de idade. O representante do Ministério Público (MP) concluiu também que o agente de Polícia Civil, Jaques Douglas de Oliveira, participou do crime e ofereceu denúncia contra Giraldi por autoria e contra Jaques por participação no homicídio. A denúncia ainda foi acompanhada do pedido de prisão preventiva dos dois. O juiz titular da 1ªVara Criminal da Comarca de Araranguá, Guilherme Mattei Borsoi, re- cebeu a denúncia e instaurou, ainda na semana passada, um O Presídio Regional de Araranguá (PRA) tem 42 de- tentos já autorizados pela Jus- tiça para a saída temporária de Natal e Ano Novo. Segundo a diretora Bárbara Santos de Souza, foram encaminhados cerca de 50 pedidos ao Judici- ário. Bárbara explica que para terdireitoasaídatemporáriao preso tem que ter certo tempo de pena cumprida (um sexto ou dois quintos, dependendo do crime), bom comporta- mento e estar no regime semi- -aberto. O pedido é feito pela unidade prisional, analisado pelo Ministério Público e pelo Judiciário e deferido ou não pelo Judiciário. O PRA está com a lota- ção máxima de presos - 244 e cerca de 60 têm direito a pedir saída temporária de sete dias, que acontecem cinco vezes por ano e têm que respeitar um período mínimo de 45 dias de reclusão, entre uma Gislaine Fontoura Araranguá Gislaine Fontoura Araranguá processo sobre o caso, porém indeferiu o pedido de prisão preventiva de Giraldi e de Jaques. O promotor fez dois recursos contra o indeferi- mento ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina e na última sexta-feira, um dos recursos foi negado pelo TJSC, man- tendo os réus em liberdade, o segundoaindanãofoijulgado. A decisão judicial de pri- meira instância determina algumas restrições para os policiais.Jaques Douglas de Oliveira não pode atuar em algumas delegacias, onde trabalham po- liciais que são teste- munhas no processo, tanto da acusação, quanto da defesa. Por este motivo foi realo- cado para a Delegacia de Ma- racajá, conforme informações de seu advogado de defesa, André Teobaldo BorbaAlves. O promotor apurou na investigação, que durou quase um ano, que a participação de Jaques no assassinato se deu no sentido de ele estar no local do crime e de ter escondido a arma utilizada para matar Ivonete,quenãofoilocalizada durante as investigações. Ao contrário de Giraldi, que por orientação de seu advogado Mais de 40 presos saem nas festas Policial Jaques alega inocência saída e outra. Bárbara revela que Natal e Ano Novo são as datas comemorativas que concen- tram maior pedido de saídas temporárias, seguido de Dia das Mães e Dia dos Pais. Para a diretora, as saídas são importantes para a análise da progressão de regime do semi-aberto para o aberto. “No regime semi-aberto exis- tem alguns direitos dados ao interno, para que ele possa demonstrarqueestáapto,para daqui algum tempo, progredir para o regime aberto e para o detento é importante para que ele consiga manter vínculos familiares e possa retornar ao convívio em sociedade”, pondera. Os detentos não são sol- tos todos na mesma data, a liberação depende do dia que o preso tem direito, res- de defesa, se recusou a depor no MP, Jaques prestou de- poimento e conforme André Alves, contou que naquela noite de fevereiro de 2012 estava com o delegado Jorge Giraldi, trabalhando em uma investigação, porém não es- teve no local onde ocorreu o assassinato, como acusa o Ministério Público, e alegou inocência. André Alves revela que as pessoas com quem Giraldi eJaquesconversaramnanoite do crime, durante a investiga- ção que estavam realizando, serão ouvidas como testemu- nhas da defesa, o advogado acredita que possa arrolar mais de dez testemunhas. André Alves teve acesso à parte dos autos do processo que está digitalizada, porém seu cliente ainda não recebeu a citação. O advogado conversa com Jaques constantemente e contou que ele está bastante abatido, porém recebendo apoio de muitas pessoas. Ja- ques tem 26 anos de polícia e, segundo o advogado, com conduta ilibada, sem nunca responder a um processo administrativo. “Tomei café com ele, em um local público, na sexta-feira, e todos que chegavam até nós, davam apoio ao Jaques e diziam acreditar na inocência dele”, declarou André. De acordo com informa- ções do delegado regional Diego Archer De Haro, a DIC de Araranguá, que era comandada por Jorge Giraldi, ficará até o final de março sob ocomandododelegadoLucas Fernandes da Rosa. peitando os 45 dias reclusos. Conforme Bárbara, na região, asestatísticasdecometimento de crimes durante o período de saída temporária são bai- xas, bem como as estatísticas de não retorno espontâneo à prisão, a grande maioria dos detentos retorna. Ainda, segundo Bárbara, grande parte dos presos do regime semi-abertojátrabalhaforada unidade, ou dentro do PRA.
  • 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 13. Tudo é Festa Mari Ferraz dá dicas para comemorar com muito estilo F oi declarada aberta a temporada mais temida e também mais aguardada do ano pela mulherada. As famosas ‘festas de fim de ano’ e são muitas as confraternizações. Na empresa, na faculdade, escola, curso, na Jesyca Rodrigues O que é mais adequado para ser usado em uma festa da empresa? Mesmo sendo um evento descontraído e fora do ambiente de trabalho, seu chefe continua seu chefe, assim como seus colegas, então é bom usar cautela e bom senso pra não exagerar no look. Nada de roupas muito sensuais. Tem que considerar o local e se sua empresa é mais formal ou descontraída. Se for um almoço num sítio, num clube, num restaurante ou na própria empresa, aposte num vestido leve, soltinho e de comprimento médio, po- dendo ser liso ou estampado já que estamos no verão, os longos também são boa pedida, além de serem confortáveis. Nos pés sapatilhas, salto anabela, as mules e sandálias tratoradas e solados retos que estão em alta, para ficar no conforto e com estilo. Um salto baixo também pode. Saia de comprimento médio, (jeans) ou não, com regatinhas ou blusas um pouco soltinhas ou amplas.As calças de tecido estampado soltas, ou uma boa calça jeans, flare ou skinny e cintura alta, também são ótimas. Uma make super leve e se ou- sar no pulseirismo, usar brincos discretos e anéis também, cabelo solto ou preso num rabo de cavalo básico, e o detalhe das tranças sempre é ótima opção. Para fechar, uma bolsa tamanho médio ou pequeno, dependendo do seu estilo. Região família, com os amigos, com o amor, além das formaturas ou outras festas sociais que também acontecem neste período. E aí surge a dúvida para to- das:oquevestiremcadaocasião? Nósfomosatrásderespostascom aconsultorademodaMariFerraz, querespondeualgumasperguntas feitas pelas mulheres. Estilista ensina a acertar a roupa 13Especial Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Amanda Bauer Nesta época de muitas festas, quais peças coringa eu devo ter para não repetir muito? Sempre temos que ter peças coringa no guarda-roupas, e é claro que nunca podemos dispensar um vestido preto básico, um blazer, uma camisa ou camiseta branca, calça jeans, e uma saia preta. Inclua nessa lista outra cor de camiseta, e uma blusa ombro a ombro, super tendência. Listras ou estampa discretas, ou lisa. Nesse caso, está sendo muito usado na estação de Verão a sobreposição com slip dress, que é um vestido de alcinhas num corte reto. Então se ele for usado com uma t-shirt lisa ou listrada e sapatos, tênis ou sandálias como os metalizados você terá um look super cool. E se você usar uma blusa de ombro à ombro por baixo dele terá um look noite, um pouco ousado, porém discreto por ter somen- te os ombros de fora, e com um salto no estilo plataforma. Com essas peças você monta vá- rias looks usando um pouquinho de criativi- dade e nem vai parecer que são as mesmas, vai por mim.Aí você varia os acessórios, make e cabelo dependendo de onde você for. Thuany Machado Qual o melhor look para o amigo secreto da turma da faculdade, que será na praia? Nos looks de praia sempre devemos prezar o frescor e o conforto. Um short ou saia jeans, regata uma t-shirt (cor clara) com uma rasteira, é uma opção super fácil ou um top cropped com o jeans em cintura alta deixa o look bem moderni- nho. Um vestido de tecido leve e soltinho também cai super bem. Os macaquinhos na versão curta, são uma tendência forte do verão, es- tampado é ótima pedida com sandálias rasteiras, espadril- les ou Anabela. Os vestidos longos em crochê também são sucesso e podem até ser para versão noite. Um maca- cão (tecido leve) pra noite também pode. Os acessórios como bolsas e bijuterias sem- pre numa versão mais leve, e no cabelo, não dispense um coque samurai ou trança. Gisele Barbosa Tenho uma formatura mas não gosto muito de salto. Que opções eu tenho para continuar elegante e com con- forto? Há muitas mulheres que não aderem ao saltão, então há op- ções de saltos mínimos (tipo 5cm) ou se você não quer usar nada de salto, como uma sapatilha. O bom seria você optar por peças longasprapoderusarzerosaltoousaltomínimo,comoumvestido longo ou um macacão.Assim nem vai dar para perceber a falta do salto. Uma saia longa também é boa opção. Peças plissadas, cor pretaouestampaemanimalprintsãoboasopçõespraessanoitede festa. Uma calça de tecido de corte reto, no estilo pantalona, combinadacomblusaderenda com bordados aplicados, e até o lurex, detalhes de paetês, ou seja os brilhos que já estão por aí nas vitrines, são uma boa alternativa. Os famosos conjuntos que se vê também por aí, calça e blusa em teci- do plano numa padronagem listrada ou printed, estão em alta. Faça uma boa make e capriche nos acessórios, mas não exagere, cabelos num penteado discreto. Andiely Bock dos Santos Tenho uma formatura de ensino médio neste fim de ano. A festa será à beira da piscina, posso usar algo mais despojado? Piscina pode sim usar um look mais cool, e fica legal brincar com a história de biquínis e maiôs. Usar o sutiã do biquíni por baixo de um top cropped de renda ou crochê, um maiô como blusa ou body com short ou saia jeans e sandálias baixas, rasteiras. As t-shirts com estampas tipo personagens, e frutas trends de verão ou camisa com amarração (nó) na frente ficam descoladas. Se for à noite pode até ousar numa t-shirt com bordados em pedrarias, e vestidos curtos porém soltos. O vestido camisa bem jogado com um maxi colar e o vestido t- -shirt são estilos super cool. Os acessórios em acrílico, como os brincos de frutas, boca, enfim, esse estilo bem fun (divertido) que está na tendência do verão irá cair super bem à beira da piscina. Cabe- los e make mais leves e clean, tipo acordei assim(risos).
  • 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 15. 15Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Merecido Dançarinas e coreógrafa foram homenageadas em solenidade especial da Câmara de Vereadores na noite desta segunda Meninas receberam carinho, reconhecimento e presentes A noite desta se- gunda-feira foi especial para as bailarinas do Grupo CriAr- te. O ano muito produtivo, cheio de vitórias e reali- zações, foi coroado com o reconhecimento na Câmara Municiapl de Vereadores de Ermo.Aemoção tomou con- ta de todos, principalmente das bailarinas e da profes- sora, Renata Possamai. “Não poderíamos estar encerrando 2016 de um jeito melhor. Todos estão felizes, porém em clima de despedida para as férias, o que nos deixa um pouco tristes. Mas estaremos de volta em 21 de janeiro”, antecipou Renata. A homenagem foi pelas conquistas, mas principal- mente em agradecimento Ermo pelo grupo levar o nome da pequena cidade a palcos gigantes, com na última viagem para a Argentina. “É difícil sim, mas temos que parabenizar a superação dos problemas que esses pais, professora e meninas passam levando o nome de Ermo até para fora do país”, disse o presidente da Casa, Renato Serafim. A ideia de reconhecer desta forma o trabalho intenso das bailarinas foi do vereador Moacir José Neto. Para ele, comemorar também é uma forma de valorizar o que elas fazem. “Hoje é um dia especial para nós é para o CriArte. Quando se fala em balé não é só diversão. Há sacrifício trabalho e perse- verança para a chegar onde elas chegaram”, declarou. Durante a solenidade ainda foi lido um texto sobre o balé, que transmitia exata- mente o que as dançarinas estavam vivendo. ‘Ser baila- Câmara homenageia CriArte Assessoria de Imprensa FIESC: (48) 3231 4670 www.fiescnet.com.brwf FIESCéaquartamelhorempresadegrandeporte paratrabalharemSC As entidades da FIESC são a quarta melhor empresa de grande porte para trabalhar no Estado, conforme pesquisa realizada pela consultoria Great Place to Work (GPTW) e pela revista Amanhã. Divulgada em dezembro a pesquisa Me- lhores Empresas para Trabalhar em Santa Catarina faz uma compilação das mais bem-sucedidas estratégias de gestão de pessoas praticadas pelos departamentos de recursos hu- manos das empresas. Ao todo, o levantamento destacou 35 companhias. SESISantaCatarina completa65anos O SESI Santa Catarina com- pletou 65 anos no dia 6 de dezembro. A instituição, que hoje foca sua atuação em ações de saúde, também promove ambientes de tra- balho seguros e a melhoria da escolaridade dos traba- lhadores. No Estado, a enti- dade realiza por ano mais de 1,5 milhão de atendimentos de trabalhadores em servi- ços de saúde, considerando as vacinações, as clínicas, os serviços de odontologia e de segurança no trabalho. CorridadoBemreúne maisde11milem2016 O circuito Corridas do Bem, iniciativa do SESI/SC que ob- jetiva incentivar o voluntaria- do, a qualidade de vida e o bem-estar, concluiu no dia 4 de dezembro a última etapa do ano em Jaraguá do Sul. O evento, que reuniu 1.080 participantes na cidade. Somando todas as etapas realizadas em Chapecó, São Miguel do Oeste, Concórdia, Joaçaba, Caçador, São Bento do Sul, Joinville, Itajaí, Blu- menau, Brusque, Rio do Sul, Florianópolis, Tubarão, Crici- úma, Lages e Jaraguá do Sul, o número de participantes foi superior a 11 mil pessoas, com mais de R$ 80 mil re- passados a 18 entidades de amparo social. SENAIémarcapreferida emensinotécnico O SENAI é a marca com maior afinidade dos consu- midores de SC na categoria Ensino Profissionalizante da Pesquisa Impar (Índice das Marcas de Preferência e Afi- nidade Regional), realizada pelo Grupo RIC e Ibope. A premiação foi entregue em Florianópolis. O SENAI foi o destaque nas nove edições já realizadas da pesquisa. Além do destaque estadu- al, o SENAI é a marca com maior índice de afinidade em todas as regiões pes- quisadas. O levantamento foi realizado pelo Ibope In- teligência em setembro nas regiões da Grande Florianó- polis, Norte, Vale do Itajaí, Foz do Itajaí e Oeste. FIESC,UFSCeCerti firmamparceria A FIESC, o SENAI/SC, a UFSC e a Fundação Certi firma- ram convênio para ampliar a agenda de cooperação nas áreas de educação, pesquisa e extensão, engenharia de sistemas, manufatura avança- da e indústria 4.0. A assinatura do documento foi realizada no dia 9 de dezembro, em Florianópolis, durante visita do ministro de Ciência, Tec- nologia e Inovação, Gilberto Kassab, ao Centro de Inova- ção da Associação Catarinen- se de Tecnologia (Acate). rina não é só de corpo, mas de alma. E não há emoção maior a ser sentida do que no dia do espetáculo’.
  • 16. 16 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 Apoio: CDL Dia 22/12 Às 20h – Zumba na Praça Organização: Prefeitura Municipal de São João do Sul Dia 23/12 19:30h – Apresentações Culturais e Chegada do Papai Noel 20:30h – Show com a Banda Tcheruts
  • 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 18. 18 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 19. 19 Publicações LegaisJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 IMOBILIÁRIA HORIZONTE SA, inscrita no cadastro de Pessoa Jurídica CNPJ sob nº. 92.847.839/0001-88, com sede a Rua Joao Batista Velhinho, nº. 76 – Centro – Passo de Torres/ SC, torna público que requereu à Fundação Municipal do Meio Ambiente do Município de Passo de Torres, Licença Ambiental Prévia – LP com dispensa de Instalação – LI para Atividade de Dragagem e Desassoreamento do Braço do Rio Morto , com instalações à Rua Manoel Pereira Maciel, s/nº, Centro, no município de Passo de Torres- SC. EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. ....................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot:153195;Devedor(es):CONFECCOESNETOLTDA-ME-03.922.355/0001-26,End:RuaJanuarioManoelBorges, 63,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009043 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 3.774,74 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 80,14. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14. Prot: 153103; Devedor(es): DAIANE GONCALVES LEAL - 085.294.279-63, End: Rua João de Barro, 681, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: REF000069 ;Apr: FCDL; VEN: 01/08/2013; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 509,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,98.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98. Prot: 153301; Devedor(es): DE PAULA COMERCIO DE TECIDOS LTDA - ME - 11.504.402/0001-40, End: Br 101 Pref. Santelmo Borba, 2035, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009308 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 17.477,46 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 70,96. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 9,96 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 70,96. Prot: 153292; Devedor(es): DUFEFA FABRICA E COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA - - 09.264.547/0001-79, End: Rod.SC485JoséTiscoski,9994,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIV ATIVA-SIMPLESNACIONAL; Sac:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Tit:91414009205;Apr: PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$6.883,96 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 79,06. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 18,06 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 79,06. Prot: 153309; Devedor(es): ENIO BEZERRADASILVA- 003.380.699-33 e E.B. DASILVA- ME - 13.336.914/0001-70, End:MarginaldaBr101Pref.SantelmoBorba,3376,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDA NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009356 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val:R$9.574,05+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$51,86.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153291; Devedor(es): FONTE NATURAL DISTRIBUIDORA DE AGUA LTDA - ME - 08.978.565/0001-50, End: Rua Caetano Lummertz, 202, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009188 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 7.386,57 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153318; Devedor(es): ISMAIL CAMILO SPERFELD - 053.587.509-67 e ISMAIL CAMILO SPERFELD - ME - 08.446.287/0001-90, End: Rua Edilio Antonio da Rosa, 435, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414018619 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 1.413,87 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153284; Devedor(es): L.P.J. COMERCIO DE PECAS E SERVICOS AUTOMOTIV - 07.170.824/0001-59, End: Br 101 Km 437, 1365, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA- SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009106 ; Apr: PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$1.514,33 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153174; Devedor(es): L.P.J. COMERCIO DE PECAS E SERVICOS AUTOMOTIV - 07.170.824/0001-59, End: Br 101 Km 437, 1365, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA- SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91413004827 ; Apr: PROCURADORIA-GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$1.425,08 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98. Prot: 153248; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 378-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 536,34 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153244; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 374-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.151,14 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153246; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 376-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.090,65 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153245; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 375-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 764,83 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153247; Devedor(es): LARISSA SUAREZ PERES - 946.685.079-20, End: Av. Nereu Ramos, 1580, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 377-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.129,26 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 153317; Devedor(es): MACHADAO DIESEL COMERCIAL LTDA - ME - 95.808.127/0001-48, End: Av. Getulio Vargas, 1826, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Tit:91414009444;Apr:PROCURADORIA- GERALDAFAZENDANACIONAL;VEN:ÀVISTA;Esp:CertidãodeDívidaAtiva; Val:R$2.389,79+JurosLegais(1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot:153300;Devedor(es):MACSILCONFECCOESLTDA-ME-11.163.450/0001-11,End:RuaAlcidesJoséAmorim, 825,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009293 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 8.485,85 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot:153163;Devedor(es):MASIFERCOMERCIODEFERROSLTDA-ME-01.849.509/0001-76,End:MarginalBr101, 1145,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDANACIONAL-DIVATIVA-SIMPLESNACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91413004751 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 2.722,59 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot:153179;Devedor(es):RONIVALDOCARDOSOBORGES-817.583.329-72eRONIVALDOCARDOSOBORGES -ME-08.513.585/0001-55,End:EstradaGeral,S/N,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:FAZENDA NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91413004864 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val:R$1.957,05+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$80,14.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14. Prot:153288;Devedor(es):RONIVALDOCARDOSOBORGES-ME-08.513.585/0001-55,End:Rod.MunicipalSO381, 64, Sombrio;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDANACIONAL- DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV ATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009164 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DAFAZENDANACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 3.927,24 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 80,14. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 19,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,14. Prot: 153278; Devedor(es): T. N. CONSTRUTORA E COMERCIO DE MADEIRAS LTDA - 06.016.867/0001-11, End: Marginal da BR 101 Pref. Santelmo Borba, 2450, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Sac: FAZENDANACIONAL - DIVATIVA-SIMPLES NACIONAL; Tit: 91414009084 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val:R$4.019,33+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$51,86.ApontamentoR$15,00-SeloR$1,70-Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 20/12/2016. Sombrio - SC, 20/12/2016 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  • 20. 20 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 21. 21Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 22. AEC perde para Criciúma e é vice Campeão Catarinense de master Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016 O Campeonato Som- briense de Futebol Amador Categorias de Base, se encer- rou no último domingo com um show de gols, emoções e premiações para os pequenos atletas que deram show em campo nos dois meses de jogos. Guarani eAmja mais uma vez estiveram em quase todas as finais. Das quatro catego- rias, sub17, sub14, sub12 e sub10, as equipes já tradicio- nais entre a garotada fizeram três finais cada, se enfrentando em duas, com uma vitória de Sombrio Criciúma cada nos confrontos diretos. Aliás, apesar de estarem em tantas finais, apenas quando se enfrentaram é que cada uma ganhou um título, mas outras duas foram vice campeões, o que de forma alguma tira os méritos dos excelentes traba- lhos feitos nestas escolinhas que têm como maior patroci- nador a Prefeitura Municipal. Outra escolinha munici- pal que levantou um caneco foiaescolinhaSãoLuiz/Cairu, que ganhou pelo sub10. Confira abaixo todos os campeões, resultados, artilhei- ros e goleiros menos vazado da competição. F oi encerrado no ulti- mosábado17,ocam- peonato catarinense de futebol master. A partida da finalfoientreduasequipesdosul doestado,ochamadoclássicodo sul, revivendo o clássico do pas- sado. O confronto foi realizado no Centro de treinamentos do CriciúmaEsporteClubenobairro CristoRedentor,econtoucomum bom publico. O confronto começou com o Araranguá em cima, e com 4 chances claras de gol e bola na trave,umaentroucomoartilheiro da competição, Rudnei abrindo o marcador, o AEC parecia que iria ganhar e ganhar bem, pois foi para cima botou pressão mas perdia muitos gols. No final da primeira etapa, Wilsao, de cabeça empatou a partida para o Criciúma. Na segunda etapa, o Cri- ciúma retornou com algumas Molecada encerra ano com festa mudanças, uma delas surtiu efei- to, o meia Luizinho Vieira fez a diferença desmontou o setor de meio campo do Araranguá, deu passes precisos e ditou o ritmo de jogo, Marcelo Silva marcou do gol da virada, o AEC tentou reagir mais perdeu mais tres gols que poderiam ter empatado. O Criciúma se aproveitou e com Marcelo Siva marcou mais um, com o terceiro gol, o Araranguá sentiu e praticamente jogou a toalha levando mais um gol do Criciúma, fechando o placar de 4 x 1 conquistando o titulo do Pri- meiro Campeonato Catarinense de master. "Quero aqui agradecer a todos nossos atletas, esses guer- reiros da bola, foram jogos e dias maravilhosos ao lado desses jogadores,quealémdejogadores, o laço de amizade ficou ainda maior,obrigadoatodosquevesti- ramacamisadoAEC,otitulonão veio mais estamos de parabéns. Agradecer a todas as equipes que enfrentamos,ondeopósjogoque mais valeu, as conversas, novas amizades e a resenha" Frisou o treinadordoAEC,ClederMaciel. Apos a partida, aconteceu o encerramento do campeonato com a entrega dos troféus aos campeões e vice campeões. O AEC conquistou o vice campeo- nato e o artilheiro da competição que foi o Rudnei, o Criciúma conquistou o titulo e o goleiro menos vazado que foi o Evaldo. "Queremos agradecer a to- dos os participantes, as equipes, agradecer a cada atleta que jogou com lealdade, não tivemos nem um problema com indisciplina, o campeonato transcorreu 100%, esperamos que ano que vem seja aindamelhorecommaisequipes, obrigado a todas as equipes que em forma de confraternização jogaramnabola"Frisouocoorde- nadordocampeonato,Alexandre Lopes da LCTF.
  • 23. 23Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 20 de dezembro de 2016
  • 24. TERÇA-FEIRA, 20 DE DEZEMBRO DE 2016