O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Jornal digital 19 01-18

127 visualizações

Publicada em

Jornal Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal digital 19 01-18

  1. 1. Fé e tradição: Festa da Figueirinha acontece no sábado Corte de gastos: Estado diminui combustível da Polícia Civil Homem morto é encontrado em banheiro após dias passando mal CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.335 R$ 2,00SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO, 19, 20 E 21 DE JANEIRO DE 2018 www.grupocorreiodosul.com.br 27º21º Possibilidade de Chuva - Nebulosidade variável com pequena chance de chuva. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Religião – Pág 6 Fé e tradição:Fé e tradição: Polícia CivilPolícia Civil Segurança – Pág 15 passando malpassando mal Segurança – Pág 13 Extremo Sul Catarinense Saúde – Págs 10 e 11Saúde – Págs 10 e 11Saúde – Págs 10 e 11 HRA REABREE SENTIMENTO É DE OTIMISMO E CONFIANÇA NO IDEAS
  2. 2. MichelTemer:meumalvadofavorito Sem sentido Deputado estadual Manoel Mota (MDB) esteve reunido com o Secretário Adjunto da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Paulo França, e com técnicos do Deinfra. O parlamentar foi comunicado que as obras de pavimentação da Serra do Faxinal, entre Praia Grande e a divisa como Rio Grande do Sul, serão retomadas em breve. O mais incrível disso é que Mota acreditou na his- tória. Tirou foto com o pessoal e tudo mais. Mas Mota não acreditou por maldade. Ele acreditou porque acredita mesmo que isto sejapossível,apesardetodomundosaberque isto não acontecerá. Não existe dinheiro para a Serra do Faxinal. O que havia foi alocado para outras obras no Estado. Desta história, a única verdade que há é a de que Mota de fato acredita no reinício da obra.Tudo o mais é uma grande fantasia. É bucha! Governo do Estado liberou mais R$ 8,5 mi- lhõesparaobrasviáriasnaregiãodeCriciúma. Durante um ato pomposo, acontecido ontem pela manhã, foi assinada a ordem de serviço para que os dez quilômetros da SC 445, que ligaaBR101atéCriciúma,passandoporIça- ra, sejam completamente revitalizados. Obra deprimeiromundo,assimcomoaViaRápida, inaugurada recentemente, e que irá ligar, do mesmo modo, Criciúma a 101, a um custo de nadamenosqueR$150milhões.Não.Nãodi- giteiumnúmeroamais.Sãocentoecinquenta milhõesdereaismesmo,partedelestiradosda SerradoFaxinal,queestáentregueàsmoscas. Enquanto isto, o trecho da SC 449, ligando SombrioaJacintoMachado,maisparecesolo lunar, de tanto buraco. Aliás, a lista de coisas não feitas pelo governo estadual em nossa região daria e encher umas dez páginas de jornal, e já não está mais nem valendo a pena gastar tinta com este tipo de assunto. Basta ver que nem mesmo uma mísera cabeceira de ponte, entre Sombrio e Balneário Gaivota, a SecretariadeEstadodaInfraestruturasedigna a consertar. Falta de dinheiro não é. Está aí Criciúma para provar. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 P residente Michel Temer (PMDB) está longe de ser unanimidade nacio- nal. Aliás, nem 5% da população gosta dele.Até Collor de Mello, prestes a ser expulso do Palácio do Planalto em 1992, tinha me- nos rejeição que Temer. Nosso estimado mandatário nacional está atolado até o pescoço nos desdobramentos da Lava Jato. Isto só não aparece em alto e bom tom porque Temer é profissional. Edu- ardo Cunha (MDB), por exemplo, está lá, cumprindo sua pena quietinho. Quem não quis ficar quieto foi Joesley Batista, que inventou de tocar pedra em Temer e agora está vendo o sol nascer quadrado. Temer não brinca em serviço. Dilma Rousseff e todo o PT foram mandados embora do governo através de suas arti- culações, e isto não é pouca coisa. Não estamos falando de uma republiqueta, mas sim de um país com mais de 200 milhões de habitantes. Passar a perna em todo mundo e ficar com a caneta de chefe nas mãos não é coisa para amador. Em seus atos políticos, nosso esti- mado presidente não se diferencia em nada dos que o antecederam. No que diz respeito às questões ligadas a corrupção, sua única vantagem é a discrição. No en- tanto, apesar de todos os seus predicados negativos, Temer está tirando o Brasil do atoleiro. E está fazendo isto por um único motivo: ele tem senso de realidade. Dentre todos que passaram pelo comando do país nos últimos 60 anos, Michel Temer é de longe o que mais conhece de administração pública. Neste sentido, esbarra apenas em Getúlio Var- gas, pelo ineditismo das ações deste. O elogiado Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, só assinava aquilo que vi- nha de Harvard, sob encomenda. Ainda hoje, FHC não deve saber o que é Receita Líquida Corrente em uma prefeitura. Se apertar ele gagueja mais do que já costu- ma gaguejar. Temer não passa por estes perrengues. Ele é advogado e professor constituciona- lista. Sabe como o Estado funciona. Sabe o que é preciso fazer e o que não se deve fazer na gestão pública. É desta experi- ência que emana uma inflação baixíssima como a que tivemos em 2017, que até pode ter sido alta para as classes A e B, mas que de fato não foi nada sofrível para a grande maioria da população. Depois de anos de discussão, Michel Temer também conseguiu readequar a legislação trabalhista a realidade atual, o que vai levar nossos índices de desem- prego a patamares da média européia e americana nos próximos anos. Do que adiantava uma legislação trabalhista que garantia tudo, se ela não garantia o mais importante, que é a economia aquecida e receptiva aos trabalhadores? Vale lembrar que Temer também tem razão quando fala em reforma da Previdência. Até hoje não entendi como alguém pode querer pagar R$ 200,00 por mês durante 30 anos, e depois receber R$ 2 mil por mês nos 30 anos seguintes. É claro que isto não é bom para mim, nem para você, mas Temer tem razão. Ele é realista e, por isto, ninguém gosta dele. Não há dúvidas de que ele é um baita de um sacana, mas pelo menos não é um sacana que quer se perpetuar no poder lu- dibriando o povo, criando falsas regalias e fazendo a população pobre achar que está rica só porque comprou um carro financiado em 84 meses. Estado grave Ex-prefeitodePassodeTorres,NewtonBitten- courtdaSilva,oAlemão(MDB),estáinterna- doemestadogravenoHospitalSantaLuzia,de CapãodaCanoa(RS).Nanoitedequarta-feira, Alemão foi cobrar uma conta imobiliária e acabou sendo agredido pelo suposto devedor, que teria lhe desferido golpes com uma barra deferronacabeça.Socorrido,oex-prefeitofoi levadoparaoHospitalNossaSenhoradosNa- vegantes,emTorres(RS).Devidoagravidade dos ferimentos, acabou sendo transferido para Capão da Canoa, já que o Hospital Regional deAraranguáencontrava-sefechadoatéaque- le momento. Alemão administrou Passo de Torres entre 2004 e 2008, quando conquistou sua reeleição. Em 2009 ele perdeu o mandato, depois que a Justiça Eleitoral considerou que suareeleiçãohaviasidoconquistadacombase na compra de votos. Boas novas Instituto Ideas, que firmou contrato com o Governo do Estado para administrar o Hospital Regional de Araranguá por seis meses, antecipou a reabertura da unidade de saúde para ontem, às 19h. Previamente, a reabertura estava agendada para acontecer na manhã desta sexta-feira. Depois de quase um mês e meio de impasses, finalmente as coisas parecem que irão andar no Regional. ASPDM, ex-gestora, deixou definitivamente o comando do Regional; o Sindisaúde, que é o sindicato que representa os trabalhadores na área da saúde, chegou a um acordo com a nova gestora, e o Governo do Estado con- cordou em prover as medidas necessárias para que o hospital tivesse condições de funcionamento. Em princípio, 315 funcio- nários já estarão trabalhando neste final de semana. Este número pode aumentar em mais 40 funcionários, por conta de um novo edital de contratação que foi lançado. Afora este contingente, há também as equipes médicas, que atenderão no pronto socorro, centro cirúr- gico, centro obstétrico e enfermarias. Todos os setores ligados a urgência e emergência já estão em funcionamento desde ontem à noite. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA “Quem é pouco ativo, deve fazer mais atividades. Quem faz muitas atividades, deve ser menos ativo. O Universo é reinado pelo encontro do equilíbrio, não por seus extremos. Os extremos são os pais da destruição”. Lúcio Eneu Sêneca (4a.C – 65d.C) Advogado e pensador romano
  3. 3. 3Geral Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 Os frequentadores do Par- que Ecológico de Maracajá e moradores da região podem ficar tranquilos, os quase 100 exemplares de macacos-prego que vivem no local, não são ameaçasaproliferaçãodafebre amarela que é registrada no su- desteenortedopaís.Agarantia é do diretor de saúde de Mara- cajá, Diogo Copetti. Segundo ele, na verdade, a transmissão é feita pelo mosquito Aedes Aegypti, mesmo transmissor da dengue e outras doenças, daí a importância da população continuar se prevenindo contra a formação de condições ideais para proliferação do mosquito: água limpa parada. A febre amarela era uma doença extinta, mas reapare- ceu, segundo Copetti, por uma sériedemotivos.“Sãodiversos Festa em União Macacos do Parque Ecológico não são ameaça de febre amarela Torneio virou festa, adversários ficaram amigos, e ainda teve boa comida junto fatores que levaram com que o vírus voltasse a se espalhar pelo país, como os próprios cuidados com as residências. Quanto o envolvimento do macaco em tudo isso, acontece que o mosquito pica o animal, ocorre uma mutação no san- gue, assim podendo haver a transmissão da doença”. Além disso, o diretor ainda comenta que não há casos em Santa Catarina. “Mesmo não sendo diagnosticados casos, o estado solicitou que ficássemos de alerta e orientássemos a popu- lação sobre esse problema de saúde pública”. A responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica deMaracajá,SilvanaBilésimo, salienta que as pessoas que vão viajar para alguns estados, como Rio de Janeiro, São Pau- lo,eMinasGerais,devemfazer a vacina com antecedência, mas antes devem procurar o Cemasas, para se informar so- breanecessidadedavacinação. Silvana ainda esclarece que “hoje há uma norma que estabelece que crianças que nasceram até 2017 e tenham mais de nove meses, devem fazeravacinaçãoeassimcomo as pessoas que forem viajar para alguns estados específi- cos- pelo menos 15 dias antes, já que a vacina não tem efeito imediato, bem como caminho- neiros e idosos que possuírem recomendaçãomédica”.Diogo relata que os efeitos da doença são muito parecidos, com o de outras viroses. “Os sintomas são febre, dores no corpo, sangramento pelas vias orais, náusea, dor de cabeça, tudo em excesso; aos primeiros sinais, a unidade de saúde deve ser procurada”, orienta o diretor de Saúde. Aline Bauer Ermo Maracajá Torneio de estilingue termina em amizade A conteceu no quente domin- go passado o 1° Torneio de Estilingue de Ermo.Acompetiçãocomeçou de manhã e terminou só quan- doosganhadoressesagraram. Clarice JoãoAntunes, que faz partedafamíliaqueorganizou o torneio, disse que diversão, não faltou. “Foi muito bom apesar da chuva que caiu de- pois. Terminou eram 8 horas da noite”, conta ela. Havia certa rivalidade entre os com- petidoresdeErmo,cidadeque sediou o evento, e um grupo de acreanos que trabalha nas obras da Serra da Rocinha, em Timbé do Sul. Um torneio parecido acontece na cidade vizinha, e foi essa competição que deu a ideia de fazer algo do gênero em Ermo. Mas se enganaquemachaqueoclima era de inimizade. Segundo Clarice, os competidores pro- tagonizaram momentos boni- tos. “Nós fizemos camisetas, e meu primo, Cristiano, que foi um dos organizadores, pro- meteu que se o acreano, Rai- mundinho, viesse ao torneio, daria a camiseta de presente, para que ele levasse para a família. Foi muito legal”, conta ela. No fim das contas, o estilingue virou esporte para juntar quem gosta de estar em comunhão, celebrando a vida. Ao meio dia foi servido almoço, que fez sucesso. “Tinha bastante comida, e o almoço foi uma delícia”, diz Clarice. E não foram só os homens que jogaram. Teve mulher dando um show e levando troféu para casa. No entanto, o que fez do torneio uma competição tão especial, foi o simples fato de celebrar. Clarice conta que foi um dia de muita conversa, e troca de experiências, visto que os trabalhadores que vieram do norte do país, contaram um pouco de sua vida no Acre. “Foi muito bonito. Os acre- anos vão ficar aqui só mais dois meses, emTimbé do Sul, e depois vão para Minas Ge- rais. Segundo eles, gostaram daqui, mas sentem saudades da terra-natal”, continua. E os ermenses são só elogios para os adversários, que acabaram se tornando amigos. “São um pessoal divertido, respeitoso. Em conversa com a gente, Classificação: Feminino 1° Rose(Acre) 2° Daniele(Maracanã) 3° Joice(Ermo) Masculino 1° Catiça (Timbé do Sul) 2°.Raimundo(Acre) 3° Deco(Ermo) disseram que não costuma ter esse tipo de competição lá, por que no Acre existem muitas facções que brigam pelo poder de controle das pessoas. Aqui no torneio eles se sentiram em família, foi uma brincadeira”, completa Clarice. É, no final, não hou- veram vencedores, apenas pessoas praticando esportes e celebrando a pureza de uma boa amizade.
  4. 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 Novidade Máquina para enxerto ósseo e cirurgia com sedação são novidades na clínica do cirurgião dentista Gislaine Fontoura - Araranguá Doutor José Augusto apresenta inovações no tratamento dentário O cirurgião dentista José Augusto de Bem Pereira inaugurou sua clínica de Implantodontia e Cirurgia Avançada no final do ano passado, que funciona ane- xa a Fisioclin, na rua Caetano Lummertz, 1147, no Centro de Araranguá, próximo a Ma e Na Turismo, na rua do Giassi Supermercados. No consultório, doutor Augusto atende casos de reconstrução, enxertos ósseos, implantes den- tários e cirurgias do siso, como também proce- dimentos clínicos como restaurações, limpeza. Aclínica funciona de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia e da 1h30min às 20 horas. Doutor José Augusto é formado em Odon- tologia pela Universidade Federal de Santa Ca- tarina (Ufsc) e pós-graduado em Implantodontia e CirurgiaAvançada, pelaAssociação Brasileira de Cirurgiões Dentistas.Antes de inaugurar sua própria clínica, ele trabalhou em dois outros consultórios dentários em Araranguá, onde conquistou uma clientela fiel. O consultório do doutor Augusto conta com parceiros em serviços de Ortodontia e Endodontia, que são realizados por outros profissionais especiali- zados nas áreas. Um dos grandes diferencias da clínica é que ela oferece como opcional a sedação em cirurgias, que é feita por um médi- co anestesista, e possibilita o paciente dormir durante o procedimento. Ainda, uma máquina para enxerto de osso, coletando o sangue do próprio paciente para o enxerto, o que propor- ciona uma recuperação mais rápida e eficiente, além de diminuir custos. Para agendar um horário, o paciente pode ligar para o telefone (48) 3522-0201 ou mandar uma mensagem de WhatsApp para (48)9.9955- 1826. Ainda, doutor Augusto disponibiliza o telefone (48) 9.8825-4047, somente para casos de urgência e emergência. Quem quiser saber mais sobre o trabalho do cirurgião dentista pode acessar a página dele no Instagram - @ augustodebem.
  5. 5. Após anos de reivindicação, a resolução que autoriza o uso do nome social de travestis e transexuais nos registros escolares da educação básica foi homologada. Isto significa que, agora, quem for maior de 18 anos pode solicitar que a matrícula nas instituições de ensino seja feita usando o nome social. Já aqueles que são menores de idade, terão que apresentar uma solicitação pelos seus representantes legais. O uso do nome social por travestis e transexuais já era possível nas inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, apenas em 2017, 303 candidatos fizeram uso desse direito. São Paulo foi o Estado que teve mais pedidos, com 72 solicitações. Esta resolução que foi homologada tem como objetivo propagar o respeito à identidade de gênero e minimizar as estatísticas de violência e abandono da escola por causa de bullying, assédio, constrangimento e preconceitos. Além disso, o texto determina que as escolas de edu- cação básica brasileiras, assegurem diretrizes e práticas para combater qualquer forma de discriminação por conta da orientação sexual e identidade de gênero de estudantes, professores, gestores, funcionários e respectivos familiares. Ao final do ano de 2017, aproximadamente 59,9 milhões de brasileiros estavam negativados, segundo estimativa do SPC Brasil. Entre os consumidores que ficaram com o nome sujo ao longo de 2017 (17%), 81% possuem parcelas no cartão de crédito pendentes, 69% estão com dívidas vencidas no cartão de lojas e 67% com parcelas pendentes em carnês ou boletos. As contas que estão a mais tempo sem pagar são as parcelas do cartão de crédito (9 meses, em média) e as dívidas do cartão de lojas (média de 8,6 meses). E as que estão a menos tempo são as contas do telefone (2,7 meses) e a de água e luz (1,6 meses). Em média, o valor total da dívida em atraso é de R$ 3.902. Cerca de 34% pretendem limpar o nome, mas não têm uma previsão definida. Entre quem pretende limpar o nome em 2018, a média de tempo prevista para efetuar os pagamentos e sair da lista de negativados é de quatro a cinco meses. Em relação ao emprego, 35% consideram-se estáveis em seus cargos. Entre os 19% que estão desempregados atualmente, 49% estão nessa situação há mais de um ano, sendo a média de 10 meses sem trabalho. Homologado o uso do nome social de travestis e transexuais em registros escolares Dívida dos brasileiros inadimplentes chegou a média de R$ 3.902 A produção de leite vem numa crescente em Santa Catarina. Em dez anos, o estado am- pliou em 82% a sua capacidade produtiva, chegando a 3,1 bilhões de litros produzidos em 2016. No mesmo período, a produção brasileira aumentou em 32%. As expectativas são de um cres- cimento ainda maior para os próximos anos, focado principal- mente no mercado externo. De 2006 a 2016, Santa Catarina saltou de 1,7 bilhão de litros produzidos para 3,1 bilhão de litros – fazendo do estado o quarto maior produtor nacional de leite. E as estimativas do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/ Cepa) já apontam para uma produção ainda maior em 2017 – o estado pode ter produzido 3,4 bilhões de litros e o país 35 bilhões de litros de leite. O leite é a atividade agropecuária que mais cresce no estado e envolve 45 mil produtores em diversos municípios do estado. “O setor leiteiro é um grande destaque de Santa Catarina e vem JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 De surpresa o pequeno Davi Lucas veio ao mundo, nascendo em regime de emergência no HDJ de Sombrio. Na foto com os pais, Sirléia e William. São 3,400 kg de pura saúde! Secretário adjunto de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies “A força da agropecuária catarinense está muito assentada na sua conexão com o mercado global, e o mundo continua consumindo. Esta crise é uma crise made in Brazil” SC celebra aumento de 82% na produção leiteira passando por grandes trans- formações, com o investimento em pastagens, tecnologias e genética. Ainda temos muitos desafios pela frente para que o nosso leite seja competitivo para exporta- ção”, ressalta o secretário de Estado daAgricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa. A produção catarinense é bem maior do que o consumo estadual, mais da metade da produção é destinada ao abasteci- mento de outros estados.Atendência é que a produção estadual continue crescendo nos próximos anos, o que deve aumentar a participação estadual no mercado interno e ampliar as pos- sibilidades de o estado alcançar também o mercado externo.
  6. 6. 6 ReligiãoJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 G.C.S LTDA - ME Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: Aline Bauer editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Erivaldo Ferreira (Aldo) cristian@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br “Inovar para crescer” O Banco Regional de Desenvolvimento do Ex- tremo Sul (BRDE) acredita que 2018 será um ano de aumento da demanda por crédito em toda a região Sul do Brasil. As perspectivas para a economia são de melhora, desde que o governo fede- ral consiga aprovar a reforma da Previdência e uma simplificação tributária. Aqui, no BRDE, já temos observado um incremento considerável da demanda por crédito em segmentos ligados ao agronegócio, por exemplo. Um fato novo no Banco é o incremento de pedidos de financiamento à inovação aplicada ao agronegócio. Tanto a agricultura como a agroindús- tria têm buscado mais recursos, e novos investimen- tos devem começar a se concretizar em 2018. Santa Catarina vem se destacando no desenvolvimento de projetos de novos equipamentos para a agroindústria e softwares com aplicação direta no agronegócio. Toda uma cadeia inovando para manter o setor competitivo internacionalmente. Nos últimos dois anos, de re- tração da economia, observamos no BRDE que os empresários têm concentrado seus investimentos em soluções para a redução de custos operacionais. É aí que entram os financiamentos à inovação e para a eficiência energética. As empresas estão atentas às oportunidades de otimização dos custos e projetos de microge- ração distribuída de energia, com painéis solares, por exemplo, têm atraído in- vestimentos. Sistemas e equipamentos que visem a economia de energia também estão nos planos. Para 2018, o BRDE conta com um novo programa de fomento ao turismo, com recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur). Sabemos que Santa Catarina tem um enorme potencial turístico e se mantém no topo da lista do melhor estado do Brasil para se visitar há vários anos. Mas precisamos continuar melhorando nossa infraestrutura, a investir na ampliação da oferta de rotas e atrações para receber cada vez mais visitantes internacionais. Outro projeto para 2018 é o lançamento, em parceria com o Executivo estadualgoverno do Estado, de um programa de microcrédito. Os micro e pequenos negócios con- tribuem de maneira efetiva para o desenvolvimento do nosso estado, gerando em- prego e renda. Um banco de desenvolvimento como o nosso precisa estar atento a estas necessidades e oferecer soluções de crédito a quem mais precisa. Microcrédito O BRDE encerrou o ter- ceiro trimestre de 2017 com 26,6 mil clien- tes em sua carteira de microcrédito, em operações que somaram R$ 314.120.667. O montante considera os financiamentos para empresas e produtores rurais de pe- queno porte. O maior parceiro do BRDE em operações de microcrédito é a Viacre- di, com mais de 20,3 mil contratos. A Via- credi tem hoje 83 postos de atendimento e cerca de 428 mil cooperados, a maioria na região do Vale e Alto Vale do Itajaí. Fungetur O Banco firmou convênio com o Ministério do Turismo para financiar a implantação, ampliação, modernização ou a reforma de empreendimentos turísti- cos como hotéis, pousadas, restaurantes, agências de viagens e parques temáticos com recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur). A iniciativa vai permitir que o BRDE some às suas atuais linhas de crédi- to os recursos do Fundo para financiar em- preendimentos turísticos em toda a região Sul por meio do programa BRDE Protur - Programa de Fortalecimento do Turismo. Líder do Sul O BRDE chega ao final de 2017 na liderança do ranking das 41 instituições credenciadas do BNDES para operações de crédito com recursos do ban- co nacional de fomento na Região Sul. As informações do BNDES demonstram que o BRDE desembolsou, até o mês de novembro, mais de R$ 2 bilhões em 4.840 operações de crédito para empreendedo- res do Rio Grande do Sul, Santa Catari- na e Paraná. Quando se trata do ranking das 53 instituições que operaram recursos do BNDES, considerando o Brasil todo de janeiro a novembro de 2017, o BRDE ocupa a sexta posição, embora atue em apenas três estados. Crédito para Inovação O BRDE, a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e a Cooperativa Cen- tral de Crédito (Sicredi-Sul) firmaram par- ceria para permitir que as mais de 2,9 mil empresas do setor tecnológico do estado possam financiar seus projetos pelo pro- grama BRDE Inova, do BRDE, via Sicre- di. A Acate fará a divulgação das linhas de financiamento e vai ajudar o empresá- rio a reunir documentos necessários para a captação do recurso. As cooperativas fi- liadas ao Sicredi farão a análise do projeto e de sua viabilidade econômica. Assim, o processo ganha agilidade na tramitação dentro do Banco, responsável pela libe- ração dos recursos. Desde sua criação, no fim de 2013, o Programa BRDE Inova já financiou cerca de R$ 500 milhões, dos quais 47% aplicados em Santa Catarina. Retrospectiva 2017/Perspectiva 2018 - Desenvolvimento Editado por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br Com apoio da Assessoria de Imprensa da instituição AscomBRDE Vice-pres. e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE em SC, Neuto Fausto De Conto J á estão na fase final os prepa- rativos para a tradicional Festa de São Sebastião ou Festa da Figueirinha, que começa hoje e continua no sábado. A celebração mobi- liza a comunidade religiosa de toda a região, e carrega consigo sempre uma emo- ção muito grande para quem participa. A expectativa da organização é que a festa seja maior neste ano, visto que a data coincidiu com o fim de semana. Segundo Adriana Santana, membro da Caep da comunidade, são mais Baln. Gaivota Fé e Tradição Festa da Figueirinha começa hoje Hoje tem procissão com imagem, e no sábado, missas e caminhada dos romeiros de 30 pessoas atuando para deixar tudo pronto a tempo da grande festa. “São mais de 30 pessoas e temos mais pessoas que fazem parte da equipe da Irmandade de São Sebastião, que faz o café da madrugada de graça para os romeiros e depois elas fazem o almoço”, conta. Dona Alzira Scheffer faz parte dessa irmandade. Ela diz que a comunidade está toda envolvida para receber os romeiros, e que todos estão felizes por participar da pre- paração. Os trabalhos, claro, começam cedo. “A partir de hoje começamos a arrecada- ção das doações, e a partir das 2 da manhã, estaremos lá no sábado recebendo os ro- meiros. Não recebemos nada por isso. Nosso pagamento é ter saúde para trabalhar em prol da igreja”, conta. As co- munidades da paróquia doam bolos, café, açúcar e leite, tudo para receber quem chega emocionadoecansadoàigreja da Figueirinha. Se algo sobrar das doações, tudo é distribuí- do a quem precisa na região.A festa começa nesta sexta-feira comaprocissãodaimagemde São Sebastião às 20horas, e no sábado, dia 20, feriado em Sombrio e Balneário Gaivota, às 6hs da manhã tem a primei- ra missa dos romeiros. Outras 3 acontecem no decorrer do dia e são todas debaixo da famosa figueira.
  7. 7. 7Verão JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 Tem muita coisa linda na nossa região, cachoeiras de águas crista- linas, ou trilhas em contato com a natureza, também paisagens des- lumbrantes ou tudo junto, como a trilha do Malacara em Praia Gran- de, que essa galera sombriense aproveitou muito. Leve a Vida Mais Leve! Aproveite as delícias do verão, faça aquilo que mais gosta. Quem resiste aquele marisco preparado em casa, depois de um dia de diversão na areia? Duranteoverãoénecessáriotercuidadosredobradoscomaalimen- tação. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estado de Saúde(Dive/SES)alertaparaoscasosdeviroseeintoxicaçãoquetendem a crescer neste período, em função do aumento do consumo de alimen- tos e bebidas contaminados ou conservados de maneira inadequada e pelo contato com água imprópria para banho, aliado a um aumento na circulação de vírus, bactérias e parasitas que causam essas doenças. O maior risco é a desidratação decorrente de uma possível diarreia ou vômito. Por isso, é importante ingerir líquidos, especialmente água filtrada. As viroses são altamente contagiosas, podendo sobreviver por atésetediasnassuperfícies.Sãotransmitidasdiretamente–pessoapara pessoa-ouindiretamente,pormeiodealimentosouáguacontaminados pelo manuseio. Acometem adultos e crianças, sendo caracterizadas por náusea,vômito,diarreia,febre,doresepigástricaeabdominalcomqua- dro clínico leve a moderado e duração, em geral, de um a cinco dias. Não consuma alimentos que estejam fora do prazo de validade estabelecido pelo fabricante, mesmo que sua aparência seja normal, ou que pareçam deteriorados,comaroma,corousaboralterados;nãoconsumaalimentos em conserva cujas embalagens estejam estufadas ou amassadas; lave frequentemente as mãos com água e sabão; quando levar alimentos para a praia, garanta que eles estão bem protegidos e com a conserva- ção térmica adequada; não tome banho em praias impróprias ou em rios e córregos poluídos. Em época de chuva, o risco se agrava devido ao espalhamento de lixo e esgoto, aumentando as áreas com poluição; e higienize bem os alimentos. Duranteoverãoénecessáriotercuidadosredobradoscomaalimen- tação. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estado de Saúde(Dive/SES)alertaparaoscasosdeviroseeintoxicaçãoquetendem Verão Mais Leve e Saudável
  8. 8. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas L ucerne se esconde de José Augusto. Alzira reclama da proximidade de Bernardo e JoséAugusto. Pepito se queixa do com- portamento de Alzira com Celina e Balbina. Emília comenta com Carolina que conheceu seu pai. Artur e Olímpia elogiam a ideia de Celina para o Grêmio Cultural e decidem fazer aulas de costura juntos. José Augusto beija Lucerne. Felícia, Natália e Helena passeiam juntas. Inácio e Lucas se aproximam. Tereza recebe uma ordem de despejo e todos se revoltam contra Fernão. Tempo de Amar -18h A fonso consegue evi- tar que Amália caia no abismo. Martinho agradece Afonso por ter salvado sua filha. Catarina fica surpresa ao ver o mar- quês bem disposto. Rodolfo é saudado pelo povo. Julião tenta ameaçar Rodolfo ao descobrir que sua mulher o traiu com o príncipe. Afonso teme ser reconhecido por alguém de Montemor. Betânia diz a Brumela que há rumores de que Afonso foi atrás de uma mulher. Rodolfo pede a Osiel que faça um retrato pintado dele. Afonso pede Amália em casamento. C lara pede a Patrick para conversar com Duda.Suzy descobre que está grávida. Gael fala com Tomaz sobre Clara. Um oficial de Justiça pro- cura por Tônia no hospital. Nádia alerta Bruno sobre uma possível gravidez de Tônia. Mariano beija Sophia. Suzy faz exames no hospital. Laura confidencia a Melissa que tem medo de se casar. Clara tenta descobrir o verdadeiro nome de Duda.Adriana convida Henrique, Jô e Natanael para irem à audiência de Duda. Tônia e Zé Victor se encontram de novo. OOutroLadodoParaíso-21h Deus Salve o Rei -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Haverá uma influência bem significativa dentro Vê- nus. Você mostrará uma atitude demasiadamente egoísta. Deixar essa característica lhe envolver lhe afastará de boas pessoas e até mesmo de alguns bons negócios. Estará preso ainda a alguns aspectos ligados apenas a beleza das coisas. Não seja tão perfec- cionista aprenda lidar com esta situação. Marte passará elevando esse seu lado. Aja com deter- minação para atingir seus objetivos. Vai passar bem a maior parte do dia, sem proble- mas de grande importância. Vai estar com a sua capacidade de se comunicar excelente novamen- te. Mercúrio enaltecerá a sua inteligência neste período positivo para você. Irá sentir uma emoção muito forte seu coração estará à flor da pele. Deve exalar toda essa sua sensibilidade desenvolvida ao longo do dia. Os números também tendem estar ao seu favor, porém conte apenas com seus esforços. Momentos de individualidade farão com que você venha a cometer alguns equívocos em relação às pessoas que você gosta. Deve agir com calma e cautela, pois Urano aspira a criar dificuldades para os seus planos neste dia. Começará o dia muito bem, com todo o seu pla- nejamento organizado e prático. Porém Vênus pode te levar para baixo devido ao seu apego aos mínimos detalhes. Será importante exaltar mais a praticidade do que o perfeccionismo. Manifestará uma forma de abordagem mais manipuladora, incisiva e superficial. Marte irá prejudicar a sua forma de abordagem com as pessoas. Tentar ser mais sociável irá fazer com que resolva essa questão. O seu lado mais controlador será evidenciado devido a uma passagem muito forte de Urano na sua constelação. Esse sua vontade de querer superintender tudo deve ser superada caso aja mais com a sua percepção. Com otimismo iniciará o dia eliminando as dúvidas que havia sobre você. Júpiter será o planeta chave para seu signo, é ele quem exaltará seu carisma. Com muita coragem irá conseguir providenciar as suas necessidades. Sentirá um pouco o peso de agir com tanta ga- nância em algumas de suas empreitadas. Pode passar um pouco dos limites e chegar a uma situação irreversível. Resolverá essa situação se agir com mais complacência. Começara o dia razoavelmente bem, porém seus tornozelos demonstrarão certa fragilidade. Isso indica que haverá algumas imprevisibilidades no andamento do seu dia. O Sol é quem afetará seu temperamento. Manterá sua tranquilidade neste período, somente Mercúrio pode tirar seu sossego. Deixará você um pouco melancólico e desanimado algumas coisas que vem acontecendo. Dará a volta por cima cultivando bons pensamentos. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Isis Valverde continua curtindo lua de mel com o namorado, André Resende, no Havaí. A atriz, que retomou o namoro, após ficar dez dias separada do modelo, tem compartilhado fotos belíssimas da viagem, no Instagram.Na manhã desta quinta-feira (18), Isis chegou a postar um clique em que aparece em na sacada de um hotel. Os seguidores da atriz adoraram a postagem e encheram sua página de elogios. Anahí celebrou o primeiro ano de seu filho, Manuel, com uma bela homenagem nas redes sociais. O bebê, que é a cara da mamãe famosa, é fruto do casamento da ex-RBD com o político mexicano Manuel Velasco."Feliz aniversário, meu bebê. Te amamos com todo o coração! Deus te abençoe", escreveu. JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
  9. 9. FRASE “Todos os seus sonhos podem se tornar realidade se você tem coragem para persegui-los” – Walt Disney JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 ROMILDO BLACK romildoblack@hotmail.com facebook.com/romildoblack Aniversário de Jabson Muller N a última terça-feira a festa foi dele, Jabson Muller, empresário que fez questão de junto de seus amigos e familiares comemorar seus 35 anos de muitas lutas, trabalho e sucesso. A top festa aconteceu em sua linda residência em Balneário Gaivota, que recebeu na decoração elementos do Mailing Pub Music lembrando o sucesso que seu novo empreendimento. Muita gente bonita e influente além de amigos de longa data do empresário esteve presente para ver Jabson apagar as velinhas! Parabéns Jabson, muitas felicidades e ainda mais sucesso em sua caminhada!
  10. 10. 10 JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 E sta quinta-feira foi marcada pela reabertura do Hospital Regional de Araranguá (HRA), que iniciou seu atendimento à população de todo extremo-sul catarinense, após quarenta dias do início da greve dos funcionários e 12 dias completamente fechado. Às 19 horas, o hospital foi reaberto e Lizete Borges Martins, de 51 anos, moradora de Maracajá, foi a primeira paciente a ser atendida após a reabertura. “Eu tive na UPA(Unidade de ProntoAtendimento), mas lá eles não batem ultrassom, então vim aqui tentar fazer meu exame”, contou. Dona Lizete soube da reabertura do hospital no Posto de Saúde da Prefeitura de Maracajá. Segundo Dr. Leon Iotti, diretor geral, do Instituto Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas), inicialmente a unidade retomou todas as especialidades ligadas à urgência e emergência, como Pronto Socorro, Centro Cirúrgico, Centro Obstétrico e Enfermarias.Aprevisão de abertura para o Ambulatório é para a próxima semana. Entre as ações procedidas pelo novo gestor desde que recebeu as chaves do hospital, no último dia 11, com presença de representantes da Secretaria de Estado da Saúde e Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, estavam desinfecção, inventário, locação e aquisição de insumos e equipamentos e seleção de profissionais. Segundo Dr. Leon a unidade está abastecida e não faltarão insumos, como medicamento e alimentação. “Farmácia nós temos medicação para 15 dias, obviamente que vamos correr contra o tempo, para fazer com que a farmácia também seja abastecida regularmente e não falte medicamento. Nossa comida está sendo comprada semanalmente, porque faltam locais para guardar”, explicou. O atendimento iniciou com 315 profissionais já classificados, além de equipe médica. Outras 40 vagas deverão ser preenchidas até o final de semana, já que foi lançado segundo edital de Gislaine Fontoura - Araranguá HospitalRegionaldeAraran Saú Reab seleção emergencial, com vistas ao preenchimento de vagas remanescentes. Enquanto as portas eram abertas para a população, o diretor geral do HRAconversou com os funcionários e agradeceu a colaboração de todos, que trabalharam incansavelmente para que o hospital pudesse reabrir nesta quinta-feira. Quanto ao possível desacordo com os funcionários, motivado por divergências salariais, Dr. Leon, afirma que ele foi solucionado e que os funcionários contratados pelo Ideas estão trabalhando normalmente. “Alguns funcionários estavam desistindo por questão salarial, mas esta demanda já foi solucionada”, asseverou.
  11. 11. nguáretomaatendimentos úde berto nguáretomaatendimentos 11úde JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 berto atendimentosatendimentos Renata Pacheco Ribeiro, administradora do Hospital SãoRoque,JacintoMachado Aumentou bastante o número de casos. Foi tudo muito repentino. Muitas situações nós tivemos que resolver por aqui, coisa bem difícil, relativo à gravidade e diag- nóstico, e em outras vezes, ligamos para outros hospitais, transferindo pacientes para Florianópolis. Nos primeiros dias foi bem complicado, e por fim já sabíamos mais para onde encaminhar. Nós ficamos sem suporte, sem referência. Nessa épo- ca nosso hospital fica vazio, e está bem cheio. Está sendo bem atípico para nós, aumentou consideravelmente. Acho que temos que aguardar, não dá para ser muito otimistas, ver como vai ficar. Temos que pensar na segurança do paciente. É um hospital importante, e são muitos que dependem do suporte dele. Walmiro Charão, administrador do Hospital Dom Joaquim, Sombrio Percebemos sim, algum aumento. Nessa época é normal aumentar nosso movi- mento, por causa das praias. Dentro de nossa capacidade nós tentamos fazer o melhor. Era importante, claro, que o Re- gional abrisse. Na verdade, ele é nossa referência, então para nós, é vital que ele atenda. Mesmo sendo um contrato emergencial, e que depois haverá outra troca, o que é sempre traumático, esperamos que as coisas se encaminhem. É importante que ele volte à atividades, sim. Leandro Fernandes, diretor do Hospital Santo Antônio, Timbé do Sul Não houve um aumento muito grande, na verdade. Ninguém vem de Araranguá ser atendido aqui. Porém, quando o caso é mais grave, transferimos direto para Criciúma. Não aumentou muito por causa do regional. Nossa vocação é mais eletiva, algo mais local, então quase não mudou. Acredito que a situação não é definitiva, mas que agora as coisas vão caminhar melhor, pelo menos pelos próximos me- ses. Estou otimista por que é um hospital referência aqui, então queremos que funcione da melhor forma. A falta que o Regional faz No dia 9 de dezembro, há exatos 41 dias começava uma greve que deixava o Hospital Regional deAraranguá completamente fechado.Amaior instituição de saúde da região daAmesc era, agora, apenas um prédio trancado, cercado de problemas e com entraves bastante preocupantes para sua reabertura. A população logo sentiu. As unidades menores começaram a receber mais pessoas e houveram casos graves que tiveram que recorrer a hospitais maio- res. O setor de saúde do extremo Sul catarinense ficou sem sua referência. Nos hospitais da região, o movimento aumentou, e pacientes tiveram que percorrer distâncias maiores para conseguir algum atendimento.Acoisa ficou difícil. Um menino morreu na UPA de Araranguá, um bebê nasceu a caminho de Içara, e ontem finalmente o HRA foi reaberto. Areportagem do Correio do Sul conversou com administradores de instituições de saúde da região, hospitais menores e que veem no Regional, seu suporte em casos que fogem às suas competências, e fez a eles duas perguntas: houve aumento no número de atendimentos depois do fechamento do HRA? E há otimismo quanto à situação do hospital? Confira as respostas. Jean Gonçalves, administrador Hospital Nossa Senhora de Fátima, Praia Grande Aumentou bastante. Tem dias que o tem- po de espera é cinco horas. Foi 12% de aumento, de 1900 atendimentos por mês para 2138. Acho que o Ideas tem experiência para resolver as questões. O que não pode acontecer é a falta de transparência. Era essa dificuldade que enfrentávamos. O que tem que ser feito é conversar com os hospitais pequenos. Ele tem que fazer a alta complexidade, coisa que nós não temos. O Regional tem que tratar casos realmente graves, que nós não temos estrutura para isso. O nosso máximo, é o mínimo deles. É preciso vislumbrar uma gestão dessa forma. O meu sentimento é que esse instituto é experiente.
  12. 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
  13. 13. 13Segurança Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 Por volta das 15h30min desta quinta-feira, o corpo de um homem, que vivia em um banheiro de uma casa de madeira demolida, medindo 4m², foi encontrado por vi- zinhos, na rua Atlântico Sul, em BalneárioArroio do Silva. A vítima é Valdeci Daniel, de 58 anos e o local onde ele foi encontrado, já sem vida, estava muito sujo, não tinha vaso sanitário, chuveiro e nem ventilação. O corpo deValdeci estava em cima de uma cama pequena e ao lado dele havia uma garrafa de água. A Polícia Militar do Bal- neário Arroio do Silva foi acionada e informada sobre um idoso que estaria morto em uma pequena edificação a Reincidente Corpoéencontradoembanheiroqueserviademoradia Presos estão a mais tempo maior que o previsto em lei nas celas beira mar, constatou o fato e acionou os demais órgãos de Segurança Pública. Polícia Ci- vil, Instituto Geral de Perícia (IGP)eInstitutoMédicoLegal (IML) também trabalharam na ocorrência. Segundo informa- ções repassadas à polícia, a vítima morava naquele local desdeoúltimoinvernoedesde quarta-feira estava passando mal. De acordo com vizinhos, o socorro foi chamado na quarta e na quinta-feira, po- rém não apareceu, um amigo de Valdeci contou que ele era alcoólatra e recusava trata- mento. Sombrio Gislaine Fontoura Arroio do Silva Deapvoltaadescumpriroprazoestabelecido U m problema que parecia estar se resolvido no fi- nal de 2017, voltou a trazer transtorno para a Polícia Civil de Sombrio. Trata-se do descumprimento do prazo de 24 horas para que o Deap conduza os presos da cela da delegacia da Polícia Civil de Sombrio, para o Presídio Regional de Araranguá De acordo com o dele- gado Luiz Otávio Pohlmann, na quinta-feira a cela da delegacia da Polícia Civil de Sombrio já estava com quatro presos esperando ser conduzidos, para o presídio. Três deles já ultrapassaram o limite de tempo estabelecido com o Poder Judiciário que é para ficar na cela da DP, no prazo máximo de 24 horas e já estão a quase 48 horas na DP. De acordo com o de- legado, dois homens foram presos por cumprimento de mandado, onde um foi preso por estupro e outro por vio- lência doméstica (Maria da Penha), os mandados foram cumpridos em 16 de janeiro de 2018. Também estão pre- sos na mesma cela mais dois homens que foram também presos nos dias 16 e 17. Segundo o delegado Po- hlmann, o presídio afirma não ter vagas e nem previsão para as busca dos presos. “É válido ressaltar que é um problema que já vem se prologando há muito tempo e no mês de dezembro chegou a acontecer duas fugas da cela da delega- cia”, lembra o delegado. “A Polícia Civil não tem a função de guarda de preso e nem mesmo estrutura para tal. A função de guardar presos é competência exclu- sivamente ao Deap”, comenta o delegado, e explica que há uma resolução da Delegacia Geral que diz que fica vedada a custódia de presos ainda que provisoriamente nas celas da Polícia Civil, e que na hipótese de prisão em fla- grante, é permitida a perma- nência do preso somente até a conclusão dos procedimentos necessários. “Tão logo seja cumprido a formalidade do cumprimento o preso e en- caminhado ao Deap”, prevê o documento. “Adecisão da vara crimi- nal deAraranguá responsável pela corregedoria do presídio estabeleceu esse prazo de 24 horas, que já é uma flexibi- lização da lei, e vinha sendo cumprida, mas já no primeiro mês de 2018, o Deap simples- mente esquece os presos nas delegacias, não vem buscar”, desabafa o delegado. Pohl- man ainda ressalta: “Segundo a lei os agentes têm o dever de executar as atividades que envolvem o processo de cumprimento das penas esta- belecidas e das condenatórias a prisão. Eles têm que receber os presos e fazer o trabalho que é deles!” De acordo com a au- toridade policial, a Polícia Civil, fazendo o trabalho que é do Deap, acaba deixando de cumprir a sua função. “Muitas vezes necessito des- viar atenção dos policiais da atividade de investigação criminal”, diz. O delegado lembra que crimes não faltam na região para serem investi- gados, mas que muitas vezes ficam parados pois os agentes precisam fazer a guarda de presos. “Até onde essa deci- são de interdição é benéfica? Pois a decisão judicial impõe pela interdição, estabelece o prazo para que seja recolhido, mas na prática se retornou os presos do presídio e acabaram os jogando para a Polícia Civil fazer a guarda”, finaliza. A Polícia Civil de Ar- roio do Silva vai apurar as circunstâncias do óbito, para averiguar se ocorreu uma su- posta omissão de socorro, por parte de algum órgão público e possível abandono material, com resultado morte, por parte dos familiares.
  14. 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 25 de Agosto de 2017 Av. Papa João XXIII, 438, Parque das Avenidas, Sombrio - SC
  15. 15. 15Segurança Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 Na noite de quarta-feira, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Passo de Torres foram acionados para atender uma ocorrência, na rua Mar Báltico,bairroSilveira,emPas- so de Torres, onde segundo in- formações estava acontecendo uma briga entre duas pessoas. Ao chegar ao local, foi constatado que tratava-se de Newton Bitencourt da Sil- va, conhecido também como Alemão, que já foi prefeito do munícipio de Passo de Torres. O segundo envolvido na briga era seu inquilino Salésio de Borba Pereira. De acordo com as infor- mações da PM e de populares, Alemão teria ido até a casa onde Salésio mora para cobrar Um foragido foi captu- rado pela PM após denúncia. Na manhã desta quinta-feira, a Polícia Militar de Passo de Torres foi informada pelo Conselho Tutelar sobre um homem de 31 anos, que teria fugido do presídio de Itajaí, se aproveitando do benefício da saída temporária e não mais retornando a prisão. Ele Cortando Gastos Ex-prefeito fica ferido em briga PM recaptura foragido de Itajaí Delegado Luiz Otávio Pohlmann diz que corte dificulta trabalho da Polícia o aluguel que estava atrasado, então durante essa cobrança se desencadeou uma briga, na qual Salésio feriu gravemente Alemão com uma barra de ferro. O ex-prefeito, então, foi socorrido e encaminhado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Torres. O agressor foi detido pela PM e conduzi- responde por uma suspeita de um estupro no norte do estado. Diante das informações, a PM, com apoio de viaturas de Sombrio, foi até a localidade deMiraTorres, ondeo homem morava em uma casa alugada. Porém, o homem inicialmente não foi encontrado. Por volta das 14h, a Polícia recebeu a informação da chegada do homem na residência, onde foi realizado um cerco para do para delegacia da Polícia Civil de Passo de Torres. Após prestar depoimento, ele foi liberadorespondendoinquérito em liberdade. Ainda segundo informa- ções, na manhã de quinta-feira Alemão foi transferido para o hospital de Hospital de Capão da Canoa. captura do foragido. Quando os militares chegaram, avis- taram o homem nos fundos de sua residência, conversan- do com sua companheira e posteriormente, foi abordado trafegando pela rodovia Inter- praias. Após ser reconhecido, o foragido recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil de Passo de Torres para procedi- mentos cabíveis. Sombrio / Baln. Gaivota Passo de Torres Passo de Torres Estado diminui o repasse de combustível para Polícia Civil N o início de 2018 aPolíciaCivilfoi informada pelo Estado de Santa Catarina que teria cortes de gastos no forne- cimento de combustível para as viaturas, com cortes em média de 25%, situação que acontecerá em todo estado. Em conversa com o dele- gado Luiz Otávio Pohlmann, ele relatou à reportagem do Jornal Correio do Sul, no caso da DP de Sombrio foi cortado 25% de combustível e Balne- ário Gaivota o corte foi maior, atingindo em torno de 60%. A DPde Balneário Gaivota tinha 250 litros disponíveis por mês para fazer a atividade policial e foi cortado para 100 litros de combustível. “Esse corte vem dificultar o trabalho da Policia Civil, já que mesmo sem os cortes no ano de 2017 foi necessário so- *PARCELAS À PARTIR DE R$458,89 CONSÓRCIOS PARA IMÓVEIS INVISTA NOS SEUS PROJETOS DE FORMA ECONÔMICAE SEGURA www.consorciomenegalli.com.br licitar aditivos para conseguir realizar os trabalhos policiais. Logo esse corte vem tornar o trabalho da Polícia Civil mais difícil devido as diligências que tem de ser realizadas para fazer as investigações, onde muitas vezes é necessário ir para outras cidades e até estados para investigar cri- mes que acontecem em nosso munícipio, mas cometidos por pessoas de fora”, reclama o delegado.
  16. 16. 16 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
  17. 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
  18. 18. Com gol de Pottker, Inter supera o VeranópolisevenceaprimeiranoGauchão Porto Alegre 02-20-27-34-38-41 07-27-28-43-44-50 CONCURSO 1.745 DUPLA SENA 18/01 27-41-62-77-80 CONCURSO 4.5184 QUINA 18/01 JORNAL CORREIO DO SUL Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 V aleu pelos três pontos, pela ar- rancada com o pé direito e pelo triunfo no Beira- -Rio. Na noite desta quinta- -feira, o Inter superou o Vera- nópolis por um magro 1 a 0, pela estreia no Campeonato Gaúcho, mas deixou claro que ainda tem um caminho longo para engrenar na temporada. Após um primeiro tempo pra- ticamentenulo,otimedeOdair Hellmann cresceu na segunda etapa e balançou as redes com William Pottker. A equipe ain- da desperdiçou chances claras com Leandro Damião e sofreu grandes riscos na defesa. Com a vitória, o Inter fica em quarto na tabela do Gau- chão, com o mesmo número de pontos dos líderes, mas menor quantidade de gols. Na próxi- ma rodada, enfrenta o Novo Hamburgo no Estádio do Vale. O VEC fica em nono, somente a frente de Novo Hamburgo e Juventude, pelo saldo qua- lificado. No domingo, o time recebe o São José. O primeiro jogo oficial da temporada de Inter e Ve- ranópolis teve os primeiros 45 minutos sem muita emo- ção. Os colorados tiveram dificuldade para ultrapassar o bloqueio do meio de campo que o VEC montou. Assim, poucas chances de gol apare- ceram. A mais perigosa delas veio somente aos 38, em boa jogada de Cláudio Winck pela direita que Camilo finalizou por cima. O zagueiro Rafael Bonfimtambémcabeceoupara fora na área do Inter. Na primeira amostragem do time de Odair Hellmann, uma curiosidade. Danilo Fer- nandes passou a atuar quase como líbero, com os pés, para ajudar na saída de bola. Em um Campeonato Gaúcho Catarinense desses lances, não só evitou uma jogada de ataque doVEC, como matou a bola no peito e saiu jogando. Apartir do instante em que a bola rolou para o segundo tempo, foi como se o jogo tivesse realmente iniciado. A partida ganhou em energia e entrega, o que fez o gol deixar a timidez de lado. Logo aos 3 minutos, Dourado roubou bola no círculo central e Pottker ganhou passe esticado para disparar em direção ao gol. O centroavante ganhou na velo- cidade e deslocou Reynaldo na saída do goleiro!Aresposta dos visitantes veio com uma cabeçada de Dagostini, rente a trave de Danilo. Melhor em campo, o Inter mordia no ataque e criava chances a profusão. Por outro lado, não era a noite de Lean- dro Damião. O centroavante colorado perderia ao menos três chances claras, na cara do gol, mas não conseguiu ba- lançar as redes. Fabrício, num chute de fora da área, e Gabriel Silva, para defesa de Danilo Fernandes, desperdiçaram a chance de deixar tudo igual.
  19. 19. FimdesemanaémovimentadonolitoralBaln. Gaivota 19Esporte Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 O VivaVerãoGaivota traz muita adrena- lina e música para este final de semana com a pri- meira corrida noturna, apresen- tação de slackline, bodyboard, Open de Boxe e reggae com a banda Los Marisqueiros. O sábado amanhece com milhares de fiéis chegando à comunidade da Figueirinha, festa religiosa mais tradicional no Balneário Gaivota, a festa de São Sebastião. Carinhosamente chamadadeFestadaFigueirinha, pelofatodamaistradicionalfesta de romeiros ser no bairro de Fi- gueirinhaemBalneárioGaivota. Ainda no sábado, logo pela manhã os atletas do bodyboard estarão entrando no mar para mais um Open do esporte, que começa às 8h30min e segue até o final do domingo com a competição que será disputada em 6 categorias, mirim, júnior, feminino, local, máster e open. O slackline (manobras na fita) entra para agenda de verão com a programação da Tenda Cultural, que traz Alexandre Macarinni,atletacomreconheci- mentomundialnoesporteparao BalneárioGaivota,quefarásuas apresentações por volta das 18 horasnaBeiradaPraia,próximo a Tenda Cultural. Para os amantes da corrida de rua, o município preparou a sua primeira corrida noturna, a Gaivota Night Run deve ser a primeira de muitas corridas noturnasaseremorganizadasno balneário. "Temos certeza que será mais um evento que chega para se eternizar nas programa- ções de verão, esta corrida é um pedido dos próprios praticantes das corridas de ruas, haja vista que a grande maioria realiza a EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. ...................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 165255; Devedor(es): DAIANE MEZZARI PINTO - 068.852.329-39, End: Rua Otavio Tomaz Cardoso, 252, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COMERCIAL AGROPECUARIA VARGAS LTDA; Sac: COMERCIALAGROPECUARIAVARGASLTDA; Tit:01;Apr:FCDL;VEN:25/08/2015;Esp:DuplicataVendaMercantil por Indicação; Val: R$ 1.023,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08.Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165146; Devedor(es): EZEQUIELPEDROTTI DASILVA- 012.303.970-35, End: Rua CastroAlves, 61, Sombrio; Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:ESTADODESANTACATARINA; Sac:ESTADODESANTACATARINA; Tit: 17013017068 ;Apr: PROCURADORIA-GERALDO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 1.561,58 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165300; Devedor(es): GALETERIA DA DOCA LTDA - 01.998.270/0001-04, End: Av. Nereu Ramos, 1460, Sombrio;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 1583-2017 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 984,98 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165207; Devedor(es): VALDECI NUNES DANIEL - 376.623.179-00, End: Rod. Br 101 Km 437, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: PITALANIO CORAL BOAROLI; Sac: PITALANIO CORAL BOAROLI; Tit:109;Apr:COOPERATIVADECREDITODELIVREADMISSAO;VEN:08/01/2018;Esp:DuplicataVendaMercantil por Indicação; Val: R$ 405,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 19/01/2018. Sombrio - SC, 19/01/2018 ARLI ANTONIO SOUZA DA ROSA Escrevente Substituto ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ARARNGUÁ AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 01/2018 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO UNITÁRIO OBJETO: A presente licitação tem por objeto à aquisição de 150.000 Kg (cento e cinqüenta mil quilogramas) de hipoclorito de sódio 10 a 12% de cloro ativo, sendo este aplicado no tratamento de água realizado pelas Estações de Tratamento de Água e no tratamento de esgoto realizado pelas Estações de Tratamento de Esgoto do SAMAE. ENTREGADE ENVELOPES: até as 15h00min do dia 02 de fevereiro de 2018, no Setor de Compras do SAMAE DEARARANGUÁ, com sede na Rua Expedicionário Iracy Luchina, nº 711, Urussanguinha. ABERTURA DE ENVELOPES: Às 15h00min do dia 02 de fevereiro de 2018, na sala de reuniões do Setor de ComprasdoSAMAEdeARARANGUÁ/SC.EDITALCOMPLETO:estáàdisposiçãodosinteressadosnoSetorde Compras daAutarquia, durante o horário de expediente, e através do endereço eletrônico: HYPERLINK “http:// www.samaeararangua.com.br” www.samaeararangua.com.br. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone (48) 3524-0837 ramal 226 e através do e-mail: compras.samae@contato.net. Base Legal: Leis Federais nº 10.520/2002 e 8.666/93, LC nº 123/2006, Decreto Municipal nº 2.676/2005 e demais legislações aplicáveis. Araranguá, SC, 19 de janeiro de 2018. Jose Hilson Sasso Diretor Geral Margarete Timboni Baran Diretora Administrativa prática do esporte durante a noi- te, melhorando o rendimento de cada um", comenta Cleiton Rios Burin, diretor do Departamento Municipal de Esportes. Logo após a corrida, Los Marisqueiros invade a Avenida Beira Mar com um show com muito reggae em comemoração ao aniversário da WebNet, que está promovendo o evento em parceria com o Departamento de Cultura. No domingo, o rinque do Boxeestaráprontoparaa2ªEdi- çãodoOpendeBoxeencerrando asatividadesdofinaldesemana, que ainda conta com uma tarde com o Viva Verão Kids, que são brinquedos infláveis para a criançada aproveitar o verão com muita diversão além da praia e lagoas que o município oferece. O praiano de Futebol de Areia também é uma das ativi- dades do final de semana com rodadanosábadoenodomingo.
  20. 20. SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO, 19, 20 E 21 DE JANEIRO DE 2018

×