O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Jornal digital 18 01-18

76 visualizações

Publicada em

Jornal Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal digital 18 01-18

  1. 1. Denúncia: ônibus acumulam linhas e passageiros alegam atrasos Nova esperança! Mota recebe garantia de recomeço da Serra do faxinal Temporada de colheita da pitaya começa com otimismo na região CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.334 R$ 2,00QUINTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2018 www.grupocorreiodosul.com.br 29º24º Muitas nuvens com curtas aberturas e pancadas de chuva localizadas a qualquer hora do dia. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense alegam atrasosalegam atrasosalegam atrasos Trânsito – Pág 6 Denúncia:Denúncia: ônibusônibusônibus acumulam linhasacumulam linhas Fatos – Pág 5 otimismo na regiãootimismo na região Agricultura – Pág 3 Extremo Sul Catarinense Segurança – Pág 10Segurança – Pág 10Segurança – Pág 10 ACIDENTE GRAVE ENVOLVE TRÊS CARROS E DEIXA MULHER SERIAMENTE FERIDA
  2. 2. CenáriocontinuaembaralhadoemSC Mexendo Ao assumir o Governo do Estado, vice- -governador Eduardo Moreira (PMDB) irá exonerar de imediato todos os cargos comissionados ligados ao PP, o que inclui o atual Secretário Executivo da Habitação e Regularização Fundiária, o sombrinese Leodegar Tiscoski. Por outro lado, Moreira pretende prestigiar vários políticos ligados ao PMDB do Sul do Estado. Na lista de convidados para integrar sua gestão está o ex-prefeito de Turvo, Ronaldo Carlessi, que, em princípio, não tem disposição de aceitar o convite, já que está totalmente emergido em suas atividades empresariais. Fonte ligada a Moreira, no entanto, diz que ele deverá in- sistir para que Carlessi aceite o chamado, de modo a reoxigenar os ânimos do PMDB de nossa região. Vale lembrar que com a saída de Luiz Fernando Vampiro da Secretaria da Infraestrutura, o cargo ficará aberto. AmineKleinubing Diante das dezenas de possibilidades de confi- gurações políticas, visando a disputa governa- mentaldesteano,umachamaaatençãoporsua pontualidade. Trata-se da pretensa disposição do deputado federal João Paulo Kleinubing de deixar o PSD. O descontentamento dele com opartidonãoédehoje,evemsendomanifesto desde que deixou a Secretaria de Estado da Saúde.Cadavezmaisdistantedacúpuladeseu partido, João Paulo dá a entender que se filiará ao DEM, objetivando buscar uma vaga na majoritária. Paralelo a isto, o parlamentar tem conversado bastante com o também deputado federalEsperidiãoAmin(PP),quenãoesconde seu desejo de disputar o governo catarinense novamente. Em função disto, as especulações dando conta de uma dobradinha entre Amin e Kleinubing não param de alfinetar os ouvidos de caciques do PSD, PMDB e PSDB, que seriam francamente prejudicados caso ela se confirme. Mesmas alfinetadas que também incomodam muita gente dentro do próprio PP de Esperidião, que consideram uma nova candidatura sua um ato suicida. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 O emaranhado político que se tornou a polí- tica catarinense está dando nó na cabe- ça até dos analistas mais experientes desta seara em nosso Estado. A principal causa é a relação de amor e ódio que une, e ao mesmo tempo desune, as principais siglas do cenário estadual. Até a eleição governamental de 2002 ainda era possível separar o joio do trigo na política estadual. Não se sabia muito bem quem era o joio, e quem era o trigo, mas o fato é que eles estavam em lados distintos. A consolidação dos novos mecanismos de pensamento político em nível nacional e estadual, no entanto, des- configurou quase que por completo o que estava já organizado a mais de um século em Santa Catarina. Desde então, ninguém mais é de ninguém, e todos são de todos. Chegamos ao ponto de quase termos uma aliança, em 2014, com Raimundo Colombo (PSD) ao governo, Eduardo Moreira (PMDB) a vice, e Joares Ponticelli (PP) ao Senado, na mesma coligação. Fechada esta aliança, fatalmente o PSDB entraria nela. Isto só não se con- figurou porque o então senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) tinha uma desavençapessoalcom Ponticelli. Se o PP tivesse substituído seu nome ao Senado, a coligação estaria fechada, e os eleitores catarinenses teriam que votar no PMDB e no PP enquanto companheiros de jornada! Se dependesse meramente do governador Raimundo Colombo esta aliança poderia ser fechada sem pro- blemas.Aliás, nos bastidores da políti- ca catarinense não falta quem defenda a ideia de que é justamente isso que ele quer, de modo a evitar rupturas e garantir, sem sair de casa, sua eleição ao Senado. A luz da razão, vale lembrar que a união de PSD, PMDB, PP e PSDB só não se dará porque não há espaço para contemplar os interesses de todos os caciques da política estadual ligados a estes partidos.As questões ideológicas e programáticas há muito deixaram de ser um empecilho para a aliança. O que pesa mesmo é o fato de ser impossível termos dois ou três governadores, mais uns dois vices, e uns quatro senadores. Só isto. Fosse possível, todos estariam de mãos dadas. Por outro lado, a inviabilidade de um projeto de grande união, que, num primeiro momento, deixasse apenas o PT de fora, pode jogar todos contra todos. Vale lembrar que, em que pese todas as especulações, não há nada fechado na política catarinense com vistas a disputa estadual deste ano. O PP tem uma franca tendência a se coligar com o PSD, mas isso não é uma verdade absoluta. Também não é verdade absoluta que o PSDB terá candidato ao governo.As chances dos tucanos cederem o vice ao PMDB são tãograndesquantoadelançarcandida- to a governador, se não maiores ainda. Porcontadistotudo,errafeioquem já fez suas apostas de forma irremediá- vel com vistas ao pleito estadual deste ano. Literalmente, tudo pode aconte- cer, o que inclui EsperidiãoAmin (PP) disputando o governo, a exemplo de Eduardo Moreira (PMDB). Tironopé Está mais do que provado que, sem marketei- ros, como Duda Mendonça ou João Santana, cúpula do PT se perde facilmente. Diante da proximidade do julgamento do ex-presidente Lula da Silva, peloTribunal Regional Federal de Porto Alegre, no próximo dia 24, o ex- -ministro José Dirceu, cujo nome é mais sujo que pau de galinheiro na política nacional, lança apelo em vídeo para que a sociedade, e especialmente os petistas, se mobilizem em defesa de Lula. Na mesma lógica, presidenta nacional do PT, senadora Gleise Hoffmann, afirmou que “vão ter que matar muita gente se quiserem prender Lula”. A não ser que a cúpula petista de fato queira que Lula seja preso, a estratégia de ataque ao judiciário está totalmente equivocada.Apartir de agora, absolver Lula é o mesmo que dar razão a Zé Dirceu, e se ajoelhar diante das ameaças de revolta popular. Tudoounada Vice-governador Eduardo Moreira (PMDB) temconfidenciadoacorreligionáriosdoSuldo Estadoqueapossibilidadededisputarogover- nocatarinensenãoestádescartada.Emmeados de fevereiro ele deve assumir o comando da gestão estadual, durante licença do governa- dor Raimundo Colombo (PSD). A partir de então, mesmo antes da renúncia de Colombo em abril, Moreira já pretende adotar medidas impactantes frente ao Governo do Estado, o que faria parte de sua estratégia de postular a candidatura de governador pelo PMDB. Macaco velho na política, Eduardo Moreira já sentiuqueapré-candidaturadeMauroMariani ao governo não vem decolando. Sabe também que Udo Dölher não renunciará a Prefeitura de Joinvilleparadisputarogoverno,semtertodas asgarantiasdeumembatecomreaischancesde vitória, o que de fato não existe. Já a pretensão do senador Dário Berger de se candidatar a sucessãodeRaimundoColomboétratadacom total irrelevância por parte de Moreira. O xis da questão, no entanto, é conseguir emplacar bem, tão logo assuma o governo. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho JORNAL CORREIO DO SUL Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA “O embate entre as forças políticas é interessante para o crescimento do Brasil, mas a unidade nunca pode ser deixada de lado. O embate faz o país crescer, mas só a unidade é o que garante este crescimento”. Tancredo Neves (1910/1985) Ex-presidente do Brasil
  3. 3. 3Agricultura Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 Ah, a vida no campo. Acordar ao som dos pássaros, aquelecheirodenatureza,fazer uma refeição mais gostosa e... trabalhar! Trabalhar muito. Só quem vive no meio rural sabe que trabalhar no campo é sinô- nimo de acordar cedo e tocar enquanto houver luz do dia.As mulheres que o digam. Rosa A acentuada queda no preço pago ao produtor pela saca de arroz e as dificuldades de comercialização foram te- mas de reunião do presidente da Câmara Setorial do Arroz, deputado estadual Zé Milton, em Turvo, com o presidente da Coopersulca,ArlindoManentti e o diretor Fernando Bendo. De acordo com Zé Milton é necessário que o governo reveja as políticas de importa- ção e exportação do grão. “A oferta de arroz do Mercosul é um fator de pressão. O custo de produção por saca no Brasil Bela e Deliciosa Dona de casa enfrenta e ama rotina no campo Lideranças debatem soluções para rizicultura Encontros tentam disseminar a cultura da fruta saborosa, exótica e bonita na região Schmidt Bozzelo, moradora de Jacinto Machado, diz que vive assim desde que nasceu, há 75 anos atrás, levantando às cinco da manhã e enfrentando lida. “Aprimeira coisa é tirar leite, é só para o gasto da casa, depois tratar dos animais, galinhas, porco, pato, e ainda pegar o ganso pelo pescoço, por que corre atrás de mim. Também cuidar da casa. Planto ervas, verduras, flores no quintal”, é bem maior que no Uruguai e naArgentina, além disto temos a questão tributária fortalece a importação do produto dos países vizinhos e prejudica o nosso agricultor”, defendeu Zé Milton. No próximo dia 6, às 14 h, às lideranças voltam a se reunir com o presidente e técnicos da Federarroz para debater e apre- sentar um estudo a ser encami- nhado ao governo na busca de medidas de estímulo à comer- cialização interna, para impor barreirasaogrãoimportadoede incentivo à exportação. “Nosso objetivo é dar continuidade nas ações, Rio Grande do Sul e conta com bom humor.Adona de casa mantém a rotina já há muito tempo, mas diz que muita coisa mudou na vida de quem mora no meio rural. “Hoje é melhor por que não se trabalha tanto.Tem máquinas e não se faz tanto esforço como antes, quando era tudo no bra- ço”,relembra.Alémdetodasas atividades da casa, Rosa ainda encontra tempo para um hobby junto às colegas. “Gosto de bordar, e no Clube de Mães se aprende muita coisa também”, declara. Mas, apesar de toda essa trabalheira de acordar cedo, ela diz que nada faz com queeladeixeavidanomeioru- ral. “Não venho para a cidade. Não quero nem que fale nisso. Cresci lá e só saio quando al- guém me levar. Gosto de viver no campo, venho na cidade só visitar as filhas e os irmãos. Tudo é melhor, natural. O leite tem outro gosto. Eu nem como nada fora, por que não confio”, completa.Ah,avidanocampo! Em todos os sentidos, não tem nada igual. Santa Catarina, de forma uni- ficada e com posicionamentos conjuntosentreopoderpúblico e entidades ligadas ao setor, paraquepossamosavançarnas medidas de proteção e garantir renda aos produtores”, frisou Zé Milton e citou mecanismos do Ministério da Agricultura como a realização de leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para estimular a retirada do cereal da região produtora. “O mecanismo per- mite também o escoamento do arroz para o exterior e com isto favorecemos aos rizicultores com aumento de sua receita”, finalizou. Gislaine Fontoura Região Aline Bauer Jacinto Machado Turvo Inicia colheita da pitaya O gerente da Epa- gri de Araran- guá, Reginal- do Ghellere, visitou nesta quarta-feira, agricultores e cooperativas da região que trabalham com o cultivo da pitaya. A fruta está na época da colheita e os frutos já começaram a aparecer nas prateleiras dos supermerca- dos e fruteiras. “Iniciou a colheita nas últimas semanas e mais uma vez a pitaya está com uma boa perspectiva de produção”, comemorou Reginaldo De acordo com o geren- te da Epagri, a pitaya tem sido uma alternativa bastante rentável para os produtores da região. Reginaldo contou também sobre uma cooperati- va de Turvo, que congrega 27 agricultores e que está com suas câmaras frias cheias da fruta, para processamento. “A pitaya não é rentável somente para o consumo in natura, mas também para produtos processados. Ela pode ser usada para fazer cerveja, vi- nho, espumantes, licores, en- tre outros produtos”, revelou. Segundo Reginaldo, a re- gião tem cerca de 150 produ- tores de pitaya. “Esperamos que esta cultura se consolide na região, conforme o tempo vai passando, pesquisas vão sendo feitas e são descobertos cada vez mais produtos que podem ser feitos da pitaya”, declarou. O cultivo de Pitaya, con- siderada uma fruta exótica, é novo na região, as lavouras monitoradas pela Epagri têm cerca de cinco anos e a fruta é muito saborosa. Dentre os muitos bene- fícios do consumo da pitaya estão o fato de ela proteger as células do organismo, visto a casca deste fruto é rica em polifenois que são antioxidantes e combater do- enças cardiovasculares, pois as sementes contêm ácidos graxos essenciais como o ômega 3.Apitaya ainda ajuda na digestão devido à presença de sementes na polpa.
  4. 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 Galeria Elias Jorge Elias, Sala 2 Praça Hercílio Luz, 70 - Centro (48) 3524.0666 | 9.9955.0533 Av. Getúlio Vargas, 41, Sala 2 Centro (em frente a Pizzaria Bom Gosto) (48) 3533.2531 | 9.9617.0202 SUPER DESCONTOS PARA SUA SAÚDE, DE SUA FAMÍLIA E DE SUA EMPRESA saudecardsul.com.br
  5. 5. A administração de Praia Grande renovou o convênio em apoio à Apae domunicípio.Aparceriafoi celebrada no início desta semana. O apoio à insti- tuição tem sido uma das grandes prioridades desse governo, pois já no início, para salvar a instituição, o governomunicipal,assumiu o transporte dos alunos da Apae e usando um micro- -ônibus adaptado, arcando com todas as despesas de motorista, combustível e manutenção. O fim de semana promete ser movimentado em Balneário Arroio do Silva. A programação inicia na sexta-feira, com apresentação do trio Mistura Fina. Os músicos Neto Nunes, EduardoNunesePauloFerreiradedicam-seaumrepertóriode clássicos nacionais e internacionais com arranjos que utilizam elementos do Jazz. Já no sábado, o show é por conta da dupla sertaneja Mara e Maycon. A atração inicia às 23h. Os shows fazem parte da programação da temporada de verão 2018 realizada pela administração municipal. Aprogramaçãoseguerepletadeatividadeseatraçõesatéo mêsdefevereiro.Atemporadadeeventosencerraoficialmente comarealizaçãoda28ªArrancadadeCaminhõesqueacontece nos dias 22 a 25 de fevereiro. Programação: 19/01/2018 Show com Mistura Fina (23 horas – Praça Central) 20/01/2018 Ginástica na Praça Central (9 horas) Festa de São Sebastião – Comunidade de Golfinhos Show com o Dupla Mara e Maicon (23 horas – Praça Central) 21/01/2018 Ginástica na Praça Central (9 horas) 26/01/2018 Show com a Dupla Léo e Monteiro (23 horas – Praça Central) 27/01/2018 Ginástica na Praça Central (9 horas) AtividadesRecreativasdeVerão–ParceriacomCenterShopping, Sesc e Senac (15 horas) Show com a Banda Três em Um (23 horas – Praça Central) 28/01/2018 Ginástica na Praça Central (9 horas) I OpenArroio – Vôlei de Praia – Centro Festa de São Brás – Praia da Caçamba Apae e prefeitura renovam convênio Atrações do fim de semana em Arroio O deputado estadual Manoel Mota parti- cipou de uma reunião, na manhã desta terça-feira, em Florianópolis, com o secretário adjunto da Secretaria de Es- tado da Infraestrutura, Paulo França, e engenheiros do Deinfra (Departamento Estadual de Infra- estrutura), e confirmou a retomada da obra de pavimenta- ção da Serra do Faxinal. A segunda colocada do processo licitatório, Conterra/Sultepa vai assumir a pavimentação do trecho da SC-290. Desde que houve a paralisação das obras, Mota cobra a sua retomada e acompanhou de perto todos os trâmites. JORNAL CORREIO DO SUL Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 No Molhes de Passo de Torres, a natureza merece ser contemplada, mesmo nos dias cinzentos e de mar revolto. Prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, sobre a Educação no município “Vamos ampliar os esforços por uma melhor educação, com todos os alunos recebendo tabletes, melhorando as condições de infraestrutura das escolas e qualificando cada vez mais nossos professores" Mota recebe garantia de retomada das obras na Serra do Faxinal "Lutamos para reverter o pro- cesso e estamos otimistas com o recomeço da obra, que só descanso quan- do estiver pron- ta", afirmou. A conquista foi muito comemorada pelo deputado, que não mediu esforços para ter a garantia do vice-governador Eduardo Moreira da sua retomada.
  6. 6. 6 TrânsitoJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 G.C.S LTDA - ME Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: Aline Bauer editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Erivaldo Ferreira (Aldo) cristian@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br “Vigilância e união” S em dúvida, para a maioria dos prefeitos e prefeitas catarinen- ses, 2017 foi um ano desafiador, principalmente para aqueles que assu- miram o cargo pela primeira vez. Senti- mos nos municípios muitos dos reflexos da crise política vivenciada pelo país e da instabilidade econômica. Apesar das dificuldades, o ano foi marcado por inúmeras conquistas municipalis- tas, tanto no âmbito estadual como no nacional. A maioria fruto da união de gestores e de mobilizações institucionais comandadas pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e pela Con- federação Nacional de Municípios (CNM), com o apoio das 21 Associações de Municípios. Junto ao Governo do Estado avançamos em pleitos reivindica- dos pelas administrações municipais. É o caso do reajuste do valor repassado aos municípios para custeio do transporte escolar dos alunos da rede estadual. Conseguimos um aumento de R$ 6 milhões no aporte. Outra negociação vito- riosa foi sobre o pagamento do ICMS do FundoSocial e Fundeb devido aos municípios, iniciado em julho do ano passado. Em Brasília, três grandes vi- tórias merecem registro. Os congressistas derrubaram dois vetos presidenciais neste ano. Um foi o veto 52/2016, que permitirá a distribuição igualitária, entre todos os municípios, da arrecadação com as vendas com cartão de crédi- to, débito, plano de saúde e leasing. Outro veto derrubado foi o 30/2017, que possibilitará o encontro de contas das dívidas previdenciárias dos municípios com a União. Para fechar as contas de final de ano, a pressão municipalista fez com que o governo federal anunciasse um Auxílio Financeiro aos Muni- cípios (AFM) no valor de R$ 2 bilhões – cerca de R$ 78 milhões destinados aos municípios de Santa Catarina. Para 2018, os municípios continuarão defendendo a mudança no pacto federativo, na qual se requer a redistribuição dos recursos entre os três entes federados. Para que neste novo ano consigamos avançar ainda mais nas pautas municipalistas, precisamos nos manter em vigilância e unidos. Temos que trabalhar muito para amenizar as dificuldades das gestões municipais. Os orçamentos municipais são finitos, mas a união e a força municipalista não têm fim. Vitória Uma das maiores vitórias muni- cipalistas de 2017 foi a derrubada do veto presidencial 52/2016, que permitirá a dis- tribuição igualitária, entre todos os muni- cípios, da arrecadação do ISS das vendas com cartão de crédito, débito, plano de saúde e leasing. Nessa votação, vale desta- car a unanimidade da bancada catarinen- se em prol do municipalismo. Foi a única a votar 100% pela derrubada do veto. Os municípios catarinenses poderão receber cerca de R$ 228 milhões com a redistri- buição do ISS a partir de 2018. União Seja por meio da Fecam ou em ações coordenadas por alguma das 21 As- sociações de Municípios, os prefeitos e pre- feitas de Santa Catarina mostram-se uni- dos na luta por medidas que amenizem as dificuldades administrativas e financeiras da gestão municipal. A participação cata- rinense nas mobilizações municipalistas é sempre significativa. A entidade A Fecam, em conjunto com as 21 Associações de Municípios de San- ta Catarina, continuará atuando inten- samente para fortalecer a gestão pública municipal e o movimento municipalista catarinense. Além de representar institu- cionalmente os 295 municípios em tratati- vas no âmbito estadual e nacional, a enti- dade manterá e, se possível, ampliará, seu trabalho de apoio técnico aos prefeitos, prefeitas, secretários e servidores munici- pais. “Como a maioria dos municípios do nosso estado é de pequeno porte, muitos têm na Fecam um braço de apoio”, desta- ca Adeliana. Luta constante Continuaremos defen- dendo a mudança no pacto federativo, na qual requer-se a redistribuição dos recur- sos entre os três entes federados. Se nós temos três entes da Federação - União, Estado e Municípios -, a distribuição do bolo tributário precisa ser mais justa en- tre todos. A presidente da Fecam afirma que “é muito desleal a diferença entre o que o município recebe de volta e o que a União retém em Brasília. Essa é a nossa principal demanda e continuaremos lu- tando por isso na esperança de dias me- lhores para os municípios”. Retrospectiva 2017/Perspectiva 2018 - Municípios Editado por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br Com apoio da Assessoria de Imprensa da entidade AscomFecam Pres. da Federação Catarinense de Municípios (Feacam), Adeliana Dal Pont U suários da em- presa de transpor- te públi- co Viação Cidade reclamam que estão desde o final do ano passado enfrentando dificuldades com atraso dos coletivos. Segundo uma moradora deArroio do Silva, que não quis se identificar e que pega o transporte no lado Sul do balneário, todos os dias de manhã para ir ao trabalho em Araranguá, os carros quebram constante- mente, o que causa atraso na chegada dos ônibus nos pontos. Conforme a mulher, o Gislaine Fontoura Araranguá Denúncia Ônibus acumulam linhas e passageiros reclamam de atrasos Descaso: Ônibus quebrados, linhas acumuladas e usuários se atrasando para trabalhar problema se agrava, porque desde o final do ano passado os ônibus estão acumulando linhas. A denunciante traba- lha no bairro Cidade Alta, emAraranguá e explicou que o carro que ela pega para ir ao trabalho, acumulou mais um bairro e passa também pelo bairro Urussanguinha, fazendo com que ela chegue atrasada ao serviço. Outra denunciante, mo- radora de Arroio do Silva e que trabalha no Centro de Araranguá, também re- clamou que está chegando atrasada no trabalho, devido ao acúmulo de linhas para o mesmo carro. A mulher ainda salientou que os ônibus são muito velhos e não tem acessibilidade. “Eles dimi- nuíram e disseram que este é o horário que vão fazer na temporada, porque agora não tem estudantes”, lamentou. A Viação Cidade, em coletiva de imprensa ano passado, informou que a em- presa realiza o transporte co- letivo urbano em Araranguá de forma precária, devido a desacordo com o município de Araranguá e que não tem condições de investir em novos veículos, enquanto a situação não se resolver. Também no último ano, a procuradoria da Prefeitura de Araranguá, informou para a imprensa que a previsão para que o município conclua o processo licitatório de con- tratação de nova empresa de transporte coletivo para Araranguá é para setembro deste ano.
  7. 7. 7Segurança Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 Assegurando Direitos Mais de 10 mil crianças receberam a pul- seira de identificação e 750 folders com dicas de prevenção e materiais educativos foram distribuídos, desde dezembro, até o momento, nas principais praias do Litoral Norte e Sul de Santa Catarina.Aação faz parte da campanha de prevenção de desaparecimento de crianças no litoral, que está na sua segunda edição. Uma delegacia móvel também foi disponi- bilizada para atender o projeto. O veículo está presente nos locais de maior fluxo de turistas Polícia faz campanha de prevenção de desaparecimento de crianças em praias Dicas de Segurança - Ensine a criança seu nome completo, nome dos seus responsáveis, seu endereço, telefone e referências. Mas, se houver dificuldades para memorizar, faça ela utilizar pulseiras de identificação com o nome dos pais e telefone. - Oriente a criança a não aceitar presentes, alimentos e caronas sem seu consentimento. - Sempre acompanhe as crianças ao banheiro público. Se não puder, peça a alguém de confiança. - Não tire os olhos da criança. Se algum adulto desconhecido aproximar-se, acompanhe ainda mais atentamente. - Evite lugares muito lotados. - Em locais com piscinas, redobre os cuidados. - Em caso de se perder da criança, procure rapidamente um agente público devidamente identi- ficado. Gislaine Fontoura Araranguá Estado OAB de Araranguá tem Comissão de Assuntos Prisionais A Subseção deAra- ranguá da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) reativou a Comissão de Segurança Pú- blica paraAssuntos Prisionais (Cospap), que é presidida pelo advogado Aulus Edu- ardo de Souza e tem ainda como membros os advogados Juliano Peres, Marjorie Ala- no, Vivian Marrone e Gabriel de Lucca. A Cospap tem como fi- nalidade verificar a violação de direito da população car- cerária e de seus familiares, bem como da população em geral. O presidente da comissão, por meio da OAB, ainda participa do Conselho da Comunidade e do Fórum de Segurança Pública de Araranguá. “O Conselho da Comunidade auxilia na po- lítica de gestão do presídio, na promoção da garantia dos direitos fundamentais dos detentos e na interação da comunidade com o Estado, no que se refere ao Presídio Regional de Araranguá”, ex- plicou Aulus Eduardo. Para o presidente da Cos- pap, o maior desafio a ser enfrentado pela comissão é a questão da superpopu- lação carcerária. “Sempre foi uma preocupação nossa, buscamos criar medidas para poder resolver esta questão, seja através de um mutirão institucional, para diminuir a quantidade de presos pro- visórios, seja no sentido de emitir ofícios, solicitando ao Poder Judiciário que tome as medidas necessárias para transferências de presos de outros estados, por exemplo, ou cobrando a construção do novo prédio do presídio”, ponderou o advogado. Aulus Eduardo contou que a comissão realizou uma inspeção técnica no presídio e elaborou um relatório, para dar subsídio às ações do Poder Judiciário, além de demonstrar à sociedade a re- alidade do Presídio Regional de Araranguá. “Visitamos, coletamos números, conver- samos com os funcionários, conversamos com a gerente”, revelou. e banhistas, nas sextas-feiras, sábados e domingos, cada dia em uma cidade diferente. O objetivo é alertar os pais ou responsáveis para redobrar a vigilância com seus filhos na praia, onde o índice de crianças perdidas e desaparecidas aumenta nesta época do ano. Este trabalho de orientação e divulgação segue até o final da Operação Veraneio. A equipe percorre os 560km do litoral catarinense e a receptividade da população tem sido positiva, já que, além das crianças, idosos, pessoas com deficiência e estrangeiros também são atendidos.
  8. 8. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas T ereza decide ficar em sua casa à espera de Fernão. Inácio e Izabel vão ao encontro dos cam- poneses, e Henriqueta os alerta sobre Delfina. Lucas, Inácio e Izabel relatam a Padre João que os campo- neses são ameaçados por Vasco e Delfina. Lucas e Angélica trocam olhares. Inácio percebe o estado de choque de Tereza e tenta ajudá-la, mas Delfina o impede. Artur desabafa com Vicente sobre Celina. Maria Vitória diz a Vicente que deseja morar no Brasil. Bernardo visita José Augusto. Tempo de Amar -18h A mália hesita em ou- vir as explicações de Afonso. Rodolfo fica nervoso ao perceber que ele poderá ser castigado pela lei que ele próprio criou. Rodolfo é salvo do castigo por um mensageiro que o avisa sobre o acidente na mina. Catarina dispensa Demétrio de suas funções até que Augusto retorne a Artena. Virgílio provoca Afonso ao vê-lo na barraca de Amália. Lucíola avisa a Catarina que o marquês está com febre. Catarina descarta o chá que o médico recomendou para Istvan. L aura conversa com Cla- ra. Adriana fica frustra- da por não conseguir avançar na relação com Duda. Tônia pede licença do hospital e vai para a clínica de Renato em Pedra Santa. Clara fala para Patrick que Duda nasceu no Tocantins. Vinícius consegue colher as digitais de Duda. Clara dá uma viagem de presente para Laura e Rafael. Cido devolve a Samuel o dinheiro que iria usar para comprar sua casa. Patrick e Clara pensam um no outro. Karina conta para Renato sobre o sócio misterioso do bordel. OOutroLadodoParaíso-21h Deus Salve o Rei-19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Terá um excelente entusiasmo e algumas coisas lhe favorecerão para isso. Uma dessas coisas será o Sol que iluminará bem o seu caminho. Evite se estressar por qualquer coisa pare e reflita antes. Alguns problemas dentro do seu planejamento acontecerão. Júpiter será um agente negativo nes- ta sua empreitada. Não se entregue facilmente a essas dificuldades. Vênus poderá ajudar a superar com perseverança. Não deve tornar tudo em algo complexo. Tente ser mais simples na forma de pensar e de agir. Júpiter na atividade diante da constelação geminiana fará com que você se sinta mais sozinho e deprimido. Será um dia repleto de emoções, com algumas boas novidades. Porém Vênus deixa-lo um pouco instável. Tende a ficar mais pegajoso, o que irá afastar algumas pessoas. Tente conter algumas emoções neste dia. Irá impor algumas regras que algumas pessoas levaram como uma ofensa. Pela forte presença de Mercúrio você deve ficar mais atento em determi- nadas atitudes que você vem tendo neste período. Uma atividade Lunar impositiva sobre Urano irá transformar o seu dia.Asua capacidade de mudar será importante para um melhor desenvolvimento do seu dia. Deve buscar na praticidade o caminho para melhorar. Os acontecimentos que circundam Saturno libertarão o seu sentido democrático.As energias serão de convergência positiva para as atividades sociais de diálogo. Procure abrir o caminho para novas ideias. A ideia de transformação cairá sobre você como uma luva. Plutão revelará seu instinto de intensi- dade. Sua estabilidade pode ser balançada por Vênus que lhe será negativo. Notará uma divergência de ideias com algumas pessoas de Gêmeos. Mercúrio lhe deixará mais confuso na sua busca de dar sentido a tudo. Bus- car um equilíbrio de ideias será a melhor opção. Buscar a competitividade será de extrema impor- tância para o signo de Capricórnio. Pois Júpiter tende a levar para baixo um pouco sua eficiência. Seja realista e avalie a opções que você tem. O autocontrole será uma constante durante um dia com algumas perturbações. O Ar lhe ajudará a pensar em aspectos emocionais mais aprofun- dados. Deve deixar florescer uma energia mais harmoniosa. Muita amabilidade durante este dia, será cativante para você. Não deve frequentar ambientes de muito baixo astral. Isso poderá ressaltar instintos melancólicos e demasiadamente depreciativos. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Mamãe coruja, Karina Bacchi não perde a chance de fazer cliques fofos do herdeiro, Enrico. No início da noite desta quarta-feira (17), a atriz usou as redes sociais para postar mais uma foto lindíssima com o pequeno.Na legenda, Karina escreveu: “Gostosura da Mamys.” Na tarde desta quarta-feira (17), Sabrina Sato foi uma das estrelas que passaram pela Feira Couromoda, que está acontecendo, desde o dia 15 e vai até a próxima quinta-feira (18), no Expo Center Norte, em São Paulo.Com um look todo jeans, a apresentadora deixou sua barriga sequinha à mostra e posou para os fotógrafos que estavam presentes no local.Vale lembrar que Sabrina e Duda, que começaram a namorar em março de 2016, agora estão noivos. Sobre o pedido de casamento, feito no início deste ano, ela disse: "Não estava esperando mesmo.Agente estava viajando com a família toda, mas ele me chamou para fazer um jantar romântico com ele. Daí ele fez o pedido. Eu vi tudo embaçado na hora", contou. JORNAL CORREIO DO SUL Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018
  9. 9. Jabson Muller com a família celebrando 3.5com maravilhosa festa! Festa Top!Jabson Muller no glamour com amigos! www.melhoresdosul.com ARGARETH SILVA SocialSocialmargareth.silvaa@yahoo.com.br margareth.silvaa@yahoo.com.br Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 14 de Setembro de 2017 Beth João celebrando com Cris- tina Grechi, Neca Garcia, Liege Kriguer e Ângela Boeira, a nova coleção da La Rue. Jabson Muller, diretor deste jornal e do Mailling, curtindo o filho Lucas. Mulheres mara- vilhosas da atual administração. Nossos aplausos Luci, Ariane, Alice, Paulinha e Margarete. Camila e Juliana Fer- nandes da Monalisa Modas no Lançamen- to Primavera-Verão 2018. Sucesso! Junior Muller e a filha Isa- beli, a linda debutante do Sombrio Tênis Clube. Vereador Jorge Luiz Pereira sendo emoldurado por João Pereira, Samuray Araujo e Edson Horstmann no maravilhoso baile debutantes. João Pedro e Zuleide Hermann com o querido casal Katiúsia e Antonio Pereira, elegantes no baile de debu- tantes do Grêmio. Prefeito Mariano Mazzuco com o vice Primo Junior e Daniel Viriato, presidente do Poder Legislativo, na festividade alusiva ao 7 de Setembro. www.melhoresdosul.com Melhores do Sul *Afesta de aniversário do diretor do Grupo Correio do Sul e proprietário do Mailling Jabson Muller levou todos os elogios.A sociedade do Pagode e Marlon Mattos embalaram a festa. Deliciosa Paella de Frutos do Mar comandada pelo Chef do Marling e os drinks top. *Marivania Farias a maravilhosa colaboradora do Grupo Correio do Sul, que atua desde a fundação, hoje recebe os aplausos pelo seu aniversário. Parabéns! *Volta às aulas é na Catherine Store você encontra a linha de mochilas, lancheiras, estojos, pratos.. Das marcas Skip Hop e Stephen Joseth.Marcas que mamães e filhos adoram. *Prefeitura do Balneário Arroio do Silva oferece nos finais de semana ginástica na praia. As aulas acontecem sábado e domingo das 9h as 10h com profissionais da Academia Saúde e Movimento. *Prefeito em Exercício Aldo Brognoli,Jacinto Machado recebeu a liberação de recursos para aquisiçãodeumaambulância.Oatotambémcontou com o prefeito licenciado o João Batista Mezzari. Deputado Estadual Ricardo Guidi recebeu os agradecimentos. *Casa Nena Decorações oferece aos clientes uma linha pronta de cortinas,cores e padrões que esti- lizam ambientes. Se preferir a cortina tradicional sob medida!Aequipe tem maravilhosas sugestões. *Capanna Morro dos Conventos lugar gostoso para reunir a família e os amigos. Projeto Boa Música e convidados hoje no palco com Lony Rosa comando. MARGARETH SILVA SocialSocialmargareth.silvaa@yahoo.com.br margareth.silvaa@yahoo.com.br Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 Dra.Maria Elisa Oliveira e Magali Bacha,no maravilhoso Reveillon dos Rosso. Mariane e Mikaela emoldurando Gabriel João. A equipe é da La Rue Homem que está com mega promoção! Nego do Capanna com Beto e Jaque Rizzoto curtindo boa música e deliciosos petiscos. Mário Aldo Serafin e Natalia Conti nos amores! Neuza e Everton Fernandes das famosas Lojas Alcidino. Feliz 2018. Deputado Estadual José Milton Schefer com o ex-prefeito Antonio de Faveri o aniversariante querido de hoje.Parabéns!
  10. 10. 10 SegurançaJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 Imprudência APolícia Militar de Som- brio realizou o cumprimento de um mandado de prisão contra Gislaine Euzébio Do- mingos por tráfico de drogas. Na tarde desta quarta- -feira, por volta das 13h, a Polícia Militar foi acionada por populares para verificar a ação de um homem que estava em atitudes suspeitas no bairro Bella Torres, em Passo de Torres, e que o referido homem carregava A PM foi acionada via Copom para atender uma ocorrência de furto na Ave- nida Jaguarari, na localidade de Glorinha, Santa Rosa do Sul. Segundo a PM o vítima estaria passando na Rodovia BR-101, quando viu sua casa, que fica na marginal da BR, sendo furtada por um Mulher é presa por tráfico de drogas Denúncia leva a ladrão de moto-bomba PM pega ladrão com botijão na mão Segundo a PM, a viatura fazia rondas pelo bairro Januária, por volta das 12h30min de terça-feira, quando abordou Gislaine naAvenida Quintino Manoel Domingos. Ao veri- ficar o nome da mulher, a po- uma moto-bomba. Diante a situação, a guarnição se deslocou até o local indicado pelos popu- lares e localizou Paulo Joel da Silva Borin com uma mo- to-bomba, um motor de água geralmente movido a com- bustível, da marca Lynus. Perguntado da procedência do motor, Paulo relatou que homem que estava de cami- seta rosa. O ladrão estava furtando o botijão de gás. Quando o dono conseguiu chegar à residência, o ho- mem já tinha fugido com o botijão.APM então realizou rondas e avistou um homem com as características do ladrão e que estava carre- gando um botijão de gás e o abordou. O homem se chama lícia observou no sistema que tinha um mando de prisão em aberto. Diante da situação, os policiais então deram voz de prisão para a mulher, que foi encaminhada para o Presídio Regional de Araranguá. havia pego em uma casa em construção. O homem levou a guarnição da PM ao local do furto e após identificada a residência, foi possível encontrar o proprietário. Foi dada voz de prisão ao homem, que foi con- duzido para Delegacia de Polícia Civil de Passo de Torres. Márcio Luiz Cândido, e ao ser indagado, ele confessou o furto. A vítima esteve no local e fez o reconhecimento de Márcio, além de reconhe- cer também o botijão de gás furtado. Diante dos fatos, a polícia deu voz de prisão e conduziu o autor do crime à delegacia de Polícia Civil de Santa Rosa do Sul para os devidos procedimentos. Baln. Gaivota / Sombrio Sombrio Passo de Torres Santa Rosa do Sul Grave acidente deixa três feridos na rodovia José Tiscoski U m grave acidente foi registrado na madrugada de quarta-feira, por volta da 1h50min na Rodovia José Tiscoski, que liga Sombrio a Balneário Gaivota. O acidente envolvendo três veículos aconteceu a aproximadamente 200 metros da ponte do Rio Caverá que faz a divisa entre os dois municípios. Trata-se de uma colisão, onde uma ca- mionete Ford Ranger de cor preta com placas de São João do Sul, que era conduzida por Cleber Santos Pereira, de 39 anos, que seguia sentido Sombrio-Balneário Gaivota, após atravessar a ponte teria perdido o controle do veículo invadindo a pista contrária colidindo de raspão na lateral de um Pálio de cor cinza, com placas de São José e posteriormente a camionete colidiu de frente com o veículo Hyundai Veloster, de cor branca com placas de Criciúma. Com o forte impacto, o Veloster foi lançado para barranco existente na margi- nal da rodovia deixando as duas passageiras presas nas ferragens do carro. Após a colisão, a camionete capotou na pista, e o condutor do veículo também ficou preso às ferragens. Imediatamente a Corpo de Bombeiros de Sombrio, Polícia Militar e Samu, foram acionados para atender a ocorrência, seguin- do para o local caminhão e veículo ASU dos bombeiros além da ambulância do Samu e duas viaturas da PM de Balneário Gaivota e Sombrio. O trânsito ficou interditado por aproximadamente 20 minutos, para que os bombeiros pudessem retirar as vítimas que estavam presas nas ferragens e também pelo fato de cilindro de gás GNV da camionete Ranger ter caído para fora do carro. Segundo informações extras oficias, o combustível começou a vazar do cilindro, informação não confirmada pelos órgãos de segurança. Após o desencarceramento das vítimas, foram realizados os primeiros socorros nas mulheres que estavam no Veloster, Deis Gon- çalves Sebastião, de 30 anos, que sofreu fratu- ra no braço esquerdo e suspeita de hemorragia interna e está em estado grave. A caroneira, Josele Giombelli Ribeiro, de 37 anos, teve ferimentos leves. Ambas foram conduzidas para o Hospital Dom Joaquim de Sombrio assim como Cleber, que estava na camionete Ranger e sofreu fratura no braço esquerdo e corte contuso na região posterior crânio. Deis acabou sendo transferida para Criciúma no decorrer da quarta-feira. Informações dão conta de que a jovem de 30 anos estaria em Camioneta ficou bastante destruída após capotar na pista e acabar com as rodas para cima estado grave e que deve passar por cirurgia na manhã desta quinta-feira. Os passageiros do veículo Pálio nada sofreram. De acordo com informações extraoficiais, Cleber estava aparente embriagado e foi en- contrado em sua camionete vestígio de bebida alcoólica. Cleber foi assunto de matéria no jornal Correio do Sul em 2017, quando esta- queou o dono de um bar em Balneário Gaivota.
  11. 11. 11Publicações Legais Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE MELEIRO AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA ATUALIZAÇÃO DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES 2018 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO, na forma do artigo 34, Parágrafo 1º da Lei Federal nº. 8.666/93 e alterações subseqüentes convoca as empresas interessadas para atualização ou ingresso no “Registro de Cadastro de Fornecedores”, para o exercício de 2018. Os interessados deverão procurar o Departamento de Compras e Licitações junto a Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371, Centro, Meleiro/SC, no horário de expediente das 07h00min as 13h00min de segunda a sexta feira ou para maiores informações pelo telefone (048) 3537-8400. Meleiro/SC, 17 de janeiro de 2018. ROGILDO BORDIGNON Prefeito Municipal em Exercício ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE MELEIRO AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRO DE PRODUTORES RURAIS Nº. 001/2018 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO, através da Secretaria Municipal de Educação, torna público o aviso de chamada pública para produtores rurais com o objetivo de fornecimento de gêneros alimentícios da agricultura familiar, destinados à alimentação escolar para o exercício de 2018 no Município de Meleiro/SC, conforme Lei nº. 11.947/2009 de 16/06/2009 e Resolução FNDE nº. 26/2013 de 17/06/2013. Os interessados deverão procurar o Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Meleiro, sido a Rua Sete de Setembro, nº 371, Centro, das 07:00 as 13:00 horas para retirar o edital ou através do site www.meleiro.sc.gov.br, para maiores informações pelo telefone 048 – 3537-8400. Meleiro/SC, 18 de janeiro de 2018. ROGILDO BORDIGNON Prefeito Municipal em Exercício ESTADO DE SANTA CATARINA SERV. AUT. MUN. AGUA E ESGOTO DE MELEIRO AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N.º 001/2018 O SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE AGUA E ESGOTO DE MELEIRO - SAMAE torna público para conhecimento dos interessados que no dia 06/02/2018, às 10:00 horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas referente a TOMADA DE PREÇOS N.º 001/2018, que tem como objeto PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA PARAABASTECIMENTO PÚBLICO DO SAMAE DE MELEIRO, CONFORME PROJETO DE EXECUÇÃO E DEMAIS ANEXOS DESTE EDITAL. A integra do Edital e maiores informações poderão ser obtidas pelo site HYPERLINK “http://www. meleiro.sc.gov.br” www.meleiro.sc.gov.br ou na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371 – Centro, Meleiro/SC, no horário das 7:00 as 13:00 horas, de Segunda a Sexta- Feira pelo fone (48) 3537-8400. Meleiro/SC, 17 de janeiro de 2018. ELOIR CÓRNEO Diretor do Samae ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE SOMBRIO DECRETO Nº. 006, DE 02 DE JANEIRO DE 2018. “CONFIRMA O FERIADO RELIGIOSO DE 20 DE JANEIRO” O PREFEITO MUNICIPAL DE SOMBRIO-SC, Senhora Zênio Cardoso, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com o que estabelece a Lei Orgânica Municipal de 06 de Abril de 1990, e Considerando que a Lei nº. 465, de 13 de outubro de 1982, “Considera feriado municipal o dia 20 de janeiro, data comemorativa à São Sebastião”; Considerando a especial devoção da comunidade católica de Sombrio e região a São Sebastião. DECRETA: Art. 1º. Fica confirmado o feriado religioso no Município de Sombrio, em homenagem a São Sebastião, no sábado, dia 20 de janeiro de 2018. Art. 2º. Em virtude do feriado municipal, os serviços e atividades consideradas essenciais de coleta de lixo, vigilância e SAMAE, funcionarão em escala de plantão. Art. 3º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Município de Sombrio - SC, 15 de Janeiro de 2018. Zênio Cardoso Prefeito Municipal Registrado e publicado nesta Secretaria em data supracitada. José Sidnei Januário Secretário Municipal de Finanças e Administração ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO SUL DECRETO Nº. 006 DE 17 DE JANEIRO DE 2018. Altera dispositivos do Decreto Municipal nº 101, de 23 de novembro de 2017 e 002 de 04 de janeiro de 2018 os que nomeiam membros para compor a subcomissão técnica para abertura da Concorrência nº 58/2017, destinada à contratação de empresa para execução de atividades de publicidade, previstas na Lei nº 12.232, de 29 de abril de 2010. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA, Prefeito Municipal de São João do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o disposto no Art. 6º, XVI, da Lei Federal nº. 8.666 de 21 de junho de 1993: DECRETA: Art. 1º Fica substituído um dos membros da Subcomissão Técnica para abertura da Concorrência Pública nº 58/2017, destinada à contratação de empresa para execução de atividades de publicidade, previstas na Lei Federal nº 12.232, de 29 de abril de 2010. Onde era: Renata Rocha Cardoso; Passa a ser: Bianca Francisco Goulart; Art. 2º Fica consolidada a composição dos membros Subcomissão Técnica para abertura da Concorrência Pública nº 58/2017, passando a vigorar a seguinte composição: Everaldo Teixeira Silveira; Bianca Francisco Goulart; e Saulo Bastos Pithan. Art. 3º As demais clausulas do Decreto Municipal nº 101, de 23 de novembro de 2017 e Decreto Municipal nº 04 de janeiro de 2018, permanecem inalteradas. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de São João do Sul, em 17 de janeiro de 2018. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA Prefeito Municipal Publicado e registrado nesta Secretaria aos quatro dias do mês de maio do ano de dois mil e dezessete. TAISE DOS SANTOS ALVES Secretário Municipal de Administração e finanças ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO SUL DECRETO Nº. 005 DE 17 DE JANEIRO DE 2018 DESIGNA COMISSÃO PARA AVALIAÇÃO DE BENS MÓVEIS INSERVÍVEIS E, DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA, Prefeito Municipal de São João do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o disposto no Art. 17, II, da Lei Federal nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, em vista da necessidade de alienar bens móveis inservíveis do patrimônio público do Município de São João do Sul, na modalidade leilão, em conformidade com a Lei Municipal n.º 1.683/2013 e LC 101/2001; DECRETA: Art. 1º - Ficam designados os seguintes servidores para, sob a presidência do primeiro, comporem a Comissão de Vistoria e Avaliação com o fim especial de vistoriar e avaliar bens móveis inservíveis destinados a leilão nº 001/2018, nos termos da Lei Municipal n.º 1.683, de 03 de setembro de 2013: Diego de Melo Herr, matrícula nº 3471; Joelcio Espíndola Rodrigues, matrícula n.º 370; Donizete Pereira Alexandre, matrícula n.º 935. Art. 2º - Cabe à Comissão constituída no art. 1º ‘deste Decreto vistoriar os lotes organizados pelo setor de Patrimônio e avaliar os bens móveis inservíveis, bem como elaborar Termo de Avaliação e encaminhá-lo à Comissão Permanente de Licitação ou Leiloeiro nomeado para que esta realize o leilão público, seguindo as normas estabelecidas nas leis invocadas. Parágrafo Único – A Comissão deverá exarar Laudo de Avaliação, no prazo de 10 (dez) dias. Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de São João do Sul, em 17 de janeiro de 2018. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA Prefeito Municipal Publicado e registrado nesta Secretaria aos dezessete dias do mês de janeiro do ano de dois mil e dezoito. TAISE DOS SANTOS ALVES Secretária Municipal de Administração e Finanças
  12. 12. 12 Publicações LegaisJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 165144; Devedor(es): CAROLINE PEREIRA DE OLIVEIRA - 090.852.159-60, End: Estrada Geral Rua Nova, S?N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ESTADO DE SANTA CATARINA; Sac: ESTADO DE SANTA CATARINA; Tit: 17009915200 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.588,09 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 97,64. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 28,44 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 97,64. Prot: 165236; Devedor(es): JOICE DUARTE MACHADO PATRICIO - 057.803.249-05, End: Rua José Quartieiro, 290, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ESTADO DE SANTA CATARINA; Sac: ESTADO DE SANTA CATARINA; Tit: 17016697620 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.501,83 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165142; Devedor(es): LUCAS LIMA DE CAMARGO - 059.431.659-67, End: Estrada Geral Boa Esperança, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ESTADO DE SANTA CATARINA; Sac: ESTADO DE SANTA CATARINA; Tit: 17013013585 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.617,41 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 81,58. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 12,38 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 81,58. Prot: 165237; Devedor(es): VILMAR DA SILVA LEMOS JUNIOR - 077.778.999-02, End: Rua Luiz Rodrigues da Rosa, 250, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ESTADO DE SANTA CATARINA; Sac: ESTADO DE SANTA CATARINA; Tit: 17017039600 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.496,90 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 18/01/2018. Sombrio - SC, 18/01/2018 ARLI ANTONIO SOUZA DA ROSA Escrevente Substituto
  13. 13. 13Publicidade Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018
  14. 14. Gremistaslamentamempatecomgolno fim em estreia no Gauchão: "Água fria" Porto Alegre 01-02-03-04-06 08-09-10-13-14 16-17-18-19-21 CONCURSO 1.613 LOTO FÁCIL 17/01 13-51-63-66-68 CONCURSO 4.5183 QUINA 17/01 11-19-22-33-34-53 CONCURSO 2.005 MEGA SENA 17/01 JORNAL CORREIO DO SUL Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 P or mais que o Grêmio tenha atuado com o grupo de tran- sição, há um sentimento de dor pelo empate em 1 a 1 com o São Luiz na noite desta quarta-feira. Não pelo resultado em si, mas pelo gol sofrido no final da partida. Matheus Henrique sin- tetizou a tristeza pela vitória perdida. O meia, autor do gol gremista, lamentou o gol de Ronaldinho Gramadense, ja nos acréscimos, aos 46 minu- tos do segundo tempo: - Foi triste. Tomar esse gol no final foi um banho de agua fria, mas o empate ficou bom. Guilherme Guedes com- partilhou o sentimento do par- ceiro. Para o lateral-esquerdo, o Grêmio não conseguiu se- gurar a pressão do São Luiz, mas a produção foi alentadora. - Sempre pode ser melhor. Infelizmente não seguramos no final, mas fizemos uma boa partida - declarou. Comoresultado,oGrêmio soma um ponto no Gauchão. Na segunda rodada, o time, ainda comandado por César Bueno, recebe o Caxias. A partida será neste sábado, às 16h30, na Arena. Criciúma A primeira rodada do Campeonato Catarinense, disputada na noite desta quarta-feira, contou com um clássico. No Estádio Or- lando Scarpelli, com o astro Romário na torcida pelo filho, o Figueirense venceu o Criciúma por 1 a 0. Com o resultado, o Fi- gueirense contabiliza seus primeiros três pontos na tabela de classificação do torneioestadual.OCriciúma, por sua vez, fica zerado. Em 2018, os dois tradicionais clubes tentam romper a he- gemonia da Chapecoense, campeã nas duas últimas temporadas. Pela segunda rodada do Campeonato Catarinense, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o Figueirense volta a campo para enfrentar o Tu- barão, no Estádio Domingos Gonzalez. No mesmo dia e horário, o Criciúma tenta a reabilitação diante do Con- córdia, no Heriberto Hulse. O único gol da partida disputada na noite desta quarta-feira saiu aos cinco minutos do segundo tempo. Em sua estreia com a cami- sa do Figueirense, Maikon Leite recebeu em velocidade de Felipe Amorim, esperou a definição do goleiro Luiz e mandou para as redes. A vida do Figueirense ficou mais fácil aos 15 mi- nutosdaetapacomplementar. Barreto, já advertido ante- riormente, cometeu falta dura em Betinho e foi expulso ao tomar o segundo cartão amarelo das mãos do árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira. O jogador nem reclamou. O ídolo Romário, herói do tetracampeonato em 1994 e atual senador, esteve no Estádio Orlando Scarpelli para torcer pelo filho.Aos 40 minutos do segundo tempo, Romarinho foi colocado pelo técnico Milton Cruz no lugar deAndré Luís. Em seu primeiro lance, ele recebeu de Betinho e assustou ao chutar de fora da área. Durante os acréscimos, o Criciúma levou perigo ao gol defendido por Denis e quase chegou ao empate no Orlando Scarpelli. Aos 47 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta, Car- los Eduardo acertou a trave do Figueirense, que soube como segurar a vitória nos instantes finais. Com Romário na torcida, Figueirense bate Criciúma na estreia
  15. 15. Inter pode ter maratona com um jogo a cada quatro dias até fim do Gauchão Campeonato Gaúcho Catarinense Porto Alegre 15Esporte Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 E nvolto em expectati- va, Odair Hellmann a p r o v e i t a os treinamentos para fazer os últimos ajustes no time titular do Inter, às vésperas da estreia no Gauchão e na temporada, já na quinta-feira, às 21h, contra o Veranó- polis, no Beira-Rio. Mas o calendário atribulado em um 2018 de Copa do Mundo faz o treinador abrir os olhos a todos os seus 32 jogadores e praticamente o obriga a rodar o elenco nos quase três meses de Campeonato Gaúcho que se avizinham. A arrancada no ano reser- va, de fato, um caminho re- pleto de compromissos e com tempo escasso para descanso e recuperação dos atletas. Do debut a uma eventual final do Gauchão, o Colorado pode percorrer uma maratona de 22 jogos em 80 dias até a grande decisão estadual, com uma média de uma partida a cada 3,6 dias (confira na tabela abaixo). Isso, caso avance à quarta fase da Copa do Bra- sil, em paralelo à disputa no certame gaúcho. A carga elevada de jogos torna inevitável que o treina- dor preserve seus principais jogadoreseadoteumaespécie de revezamento com atletas mais desgastados para evitar lesões. A estratégia para pre- servações ainda é debatida pela comissão técnica e não foi definida. Tampouco causa preocupação. Ao longo dos treinamen- tos, Odair dá bastante atenção à movimentação da equipe reserva, que chegou a anotar seis dos oito gols da goleada sobre o Lajeadense em jogo- -treino no último sábado. O técnico não só tem delimitada uma formação alternativa, no 4-1-4-1, como testaossuplen- tes para executar as mesmas funções dos titulares. O clube, aliás, vasculhou o mercado neste início de ano justamente para garantir peças de reposi- ção a todos os setores. – Ele (Odair) não falou em relação a isso com a gen- te. Mas acredito que esteja (pensando em preservar), porque é muito pouco tem- po de preparação. Se algo acontecer, ele vai preservar para não perder jogador, não ficar muito tempo parado. Quem entrar vai dar conta do recado – afirma Camilo. Entre viagens e partidas no Beira-Rio, o calendário permite ao treinador ter ape- nas uma semana livre para trabalhos a partir da próxima quinta-feira. O Colorado "folgará" entre os dias quatro e 15 de fevereiro, graças ao Gre-Nal do primeiro turno. Válido pela 6ª rodada, o clás- sico foi marcado apenas para o dia 11de março, em casa. Os compromissos em ex- cesso não são o único motivo de preocupação de Odair. O técnico ainda bate na tecla do curto tempo de preparação em pré-temporada. Ao todo, o Colorado trabalhará duran- te 16 dias desde a apresenta- ção do elenco até a véspera da estreia, nesta quarta-feira. Em seu planejamento, o co- mandante vê o grupo ainda em preparação, mesmo com o calendário em andamento. – Vai dar 13, 14 dias de treinamento. É pouco. Eu vou trabalhar em 14 dias (com trabalhos com bola). (O Inter) Vai entrar em campo e tentar dar seu melhor. É pouco em termos de pré-tem- porada. A pré-temporada vai continuar durante um ciclo. Espero que a gente consiga fazer jogo organizado, con- sistente, que possamos con- seguir a vitória. Espero que a gente possa fazer grande estreia – ressalta o treinador. O Inter faz um último treino antes da estreia em 2018 na tarde desta quarta- -feira. A primeira partida na temporada será na quinta- -feira, às 21h, no Beira-Rio, contra o Veranópolis, pela primeira rodada do Campe- onato Gaúcho.
  16. 16. QUINTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2018

×