SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
O BEM ESTAR DOS BRASILEIROS NA 
NOVA DÉCADA 
Marcelo Neri - SAE /PR 
Temas: Crescimento e Desigualdade de Renda 
A Evolução Geral do Mercado de Trabalho
Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as 
Fontes Por Quintil 
20% + 
Pobres 
“O importante é não restringir de início a pontos específicos mas antes 
ter a visão geral. O crescimento de renda real per capita (isto é 
descontando a inflação e o crescimento populacional) foi 3,48% contra 
1,4% do crescimento do PIB per capita (Pib total cresceu 2,3% em 
2013).” 
Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 
20% a 
40% 
40% a 
60% 
60% a 
80% 
20% + 
Ricos Total 
2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48%
Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as 
Fontes Por Quintil – A Visão da Nova Década 
20% + 
Pobres 
20% a 
40% 
2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48% 
2011-2012 11,62% 9,11% 8,35% 7,16% 7,26% 7,66% 
2011-2013 6,37% 6,73% 6,38% 5,54% 5,17% 5,55% 
Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 
40% a 
60% 
60% a 
80% 
20% + 
Ricos Total 
“Devemos ir além de anos específicos. A visão geral do último triênio 
PNAD é “Crescimento para Todos os Brasileiros” acima de 5,1% para os 
40% do topo e acima de 6,3% para a base e o meio da distribuição”
Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as 
Fontes Por Quintil - A Visão das Décadas 
20% + 
Pobres 
20% a 
40% 
2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48% 20,3 
2011-2012 11,62% 9,11% 8,35% 7,16% 7,26% 7,66% 9,4 
2011-2013 6,37% 6,73% 6,38% 5,54% 5,17% 5,55% 12,8 
2001-2013 6,41% 5,77% 5,06% 3,96% 2,36% 3,31% 21,3 
1993-2013 4,97% 4,54% 4,15% 3,51% 2,35% 2,98% 23,6 
Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 
40% a 
60% 
60% a 
80% 
20% + 
Ricos Total 
Tempo para 
Dobrar a 
Renda (Em 
Ao ritmo dos últimos dois anos (2011-13) levaria 12,8 anos para dobrar 
a renda dos brasileiros quase duas vezes mais rápidos do que os 20 
ultimos anos (23,6 anos entre 1993 e 2013).
Resumo trabalhista – Massa de Renda 
Massa de Renda 
Trabalho 
Renda Trab. dos 
Ocupados 
* Nível de Ocupação = 
Resumo das Mudanças Trabalhistas % 
Variação % 
Variação % Anual Média 
2012-13 2011-2013 
Nível de Ocupação 0,62 1,27 
Rendimento Real R$ 3,84 4,7 
Massa de Rendimentos 4,48 6,03
Resumo – Proteção Trabalhista 
Quantidade de Postos de Trabalho Formais (+ Qualidade) 
Em 2013 Em 2012 e 2013 
Empregados Com Carteira 925 mil 2,356 Milhões 
Micro-Empresários 286 mil 532 mil 
Total Postos Protegidos 1,211 Milhões 2,888 Milhões 
“Outro ganho qualitativo: Cai na população jovem (e infantil) 
e sobe a taxa de ocupação para todas as faixas adultas 
não jovens (fora da idade de estudo).”
Educação Profissional dos Jovens 
Proporção que Frequenta Cursos Técnicos de 15 a 29 anos % 
As matrículas federais totais foram as que mais cresceram de 
2002-2012 (173% contra 108,9% do total – INEP/Mec) 
Entre 2010 e 2012 as matrículas federais sobem 27,5% contra 
22,5% Estaduais, 16,1% privadas e -5,6% Municipais – INEP/Mec 
Fonte: Ipea/Sae a partir dos microdados da PME/IBGE. 
O aumento de educação técnica dos jovens (que não entra na PNAD) também 
indica igualdade de oportunidades e ajuda a explicar os “nem nem” (Jovens que 
não estudam e não trabalham)

Mais conteúdo relacionado

Destaque (20)

Educação não tem cor
Educação não tem corEducação não tem cor
Educação não tem cor
 
091107 Si El Amor Nos Hiciera
091107 Si El Amor Nos Hiciera091107 Si El Amor Nos Hiciera
091107 Si El Amor Nos Hiciera
 
Las Plantas
Las PlantasLas Plantas
Las Plantas
 
Acórdão integra Kamel x Marco Aurélio
Acórdão integra Kamel x Marco AurélioAcórdão integra Kamel x Marco Aurélio
Acórdão integra Kamel x Marco Aurélio
 
Alcântara Machado
Alcântara MachadoAlcântara Machado
Alcântara Machado
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Historia de la comunidad
Historia de la comunidadHistoria de la comunidad
Historia de la comunidad
 
Dos Hermanas
Dos HermanasDos Hermanas
Dos Hermanas
 
Feliz nividad 2011
Feliz nividad 2011Feliz nividad 2011
Feliz nividad 2011
 
lexislacion
lexislacionlexislacion
lexislacion
 
Tipos De Maltrato
Tipos De MaltratoTipos De Maltrato
Tipos De Maltrato
 
Movilidad Internacional - Escuela Colombiana de Ingeniería Julio Garavito
Movilidad Internacional - Escuela Colombiana de Ingeniería Julio GaravitoMovilidad Internacional - Escuela Colombiana de Ingeniería Julio Garavito
Movilidad Internacional - Escuela Colombiana de Ingeniería Julio Garavito
 
Presentacion
PresentacionPresentacion
Presentacion
 
Navidad Fibroamigas
Navidad FibroamigasNavidad Fibroamigas
Navidad Fibroamigas
 
Olá
OláOlá
Olá
 
COELCE
COELCECOELCE
COELCE
 
Anrijase Pac4
Anrijase Pac4Anrijase Pac4
Anrijase Pac4
 
Slideshare 063
Slideshare 063Slideshare 063
Slideshare 063
 
Tribus Urbanas
Tribus UrbanasTribus Urbanas
Tribus Urbanas
 
Privacidad en la red
Privacidad en la redPrivacidad en la red
Privacidad en la red
 

Semelhante a Crescimento de Renda e Oportunidades para os Brasileiros na Nova Década

Cenário Macroeconômico 2014
Cenário Macroeconômico 2014Cenário Macroeconômico 2014
Cenário Macroeconômico 2014grupoflytour
 
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013Palácio do Planalto
 
Censo da Educação Superior 2013
Censo da Educação Superior 2013Censo da Educação Superior 2013
Censo da Educação Superior 2013Luciano Sathler
 
Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013Jose Aldemir Freire
 
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche Fundação Fernando Henrique Cardoso
 
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta ArretcheComo voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta ArretcheRafaela Martins
 
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020leandro-duarte
 
Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012sergihelmer
 
Destaques de 2012 do Governo na WEB
Destaques de 2012 do Governo na WEBDestaques de 2012 do Governo na WEB
Destaques de 2012 do Governo na WEBpontodepauta.com.br
 
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021ssuser4f703e
 
Bons Resultados no Ideb
Bons Resultados no Ideb Bons Resultados no Ideb
Bons Resultados no Ideb Iasmin Marinho
 

Semelhante a Crescimento de Renda e Oportunidades para os Brasileiros na Nova Década (20)

Informe PED Especial - Jovens
Informe PED Especial - Jovens Informe PED Especial - Jovens
Informe PED Especial - Jovens
 
Apresentação do Lançamento do 4º Caderno Vozes da Nova Classe Média
Apresentação do Lançamento do 4º Caderno Vozes da Nova Classe MédiaApresentação do Lançamento do 4º Caderno Vozes da Nova Classe Média
Apresentação do Lançamento do 4º Caderno Vozes da Nova Classe Média
 
Cenário Macroeconômico 2014
Cenário Macroeconômico 2014Cenário Macroeconômico 2014
Cenário Macroeconômico 2014
 
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
 
Censo da Educação Superior 2013
Censo da Educação Superior 2013Censo da Educação Superior 2013
Censo da Educação Superior 2013
 
Apresentação Rais 2013
Apresentação Rais 2013 Apresentação Rais 2013
Apresentação Rais 2013
 
Sis ibge
Sis ibgeSis ibge
Sis ibge
 
Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013
 
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
 
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta ArretcheComo voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal? - Marta Arretche
 
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020
Cenários do RS - Finanças Públicas - RS 2020
 
Causas de desaparecimento das micros e pequenas empresas
Causas de desaparecimento das micros e pequenas empresasCausas de desaparecimento das micros e pequenas empresas
Causas de desaparecimento das micros e pequenas empresas
 
Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012
 
Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012Ações governamentais 2012
Ações governamentais 2012
 
Destaques de 2012 do Governo na WEB
Destaques de 2012 do Governo na WEBDestaques de 2012 do Governo na WEB
Destaques de 2012 do Governo na WEB
 
Apresentação do ministro Marcelo Neri no Lançamento do 3º caderno Vozes da No...
Apresentação do ministro Marcelo Neri no Lançamento do 3º caderno Vozes da No...Apresentação do ministro Marcelo Neri no Lançamento do 3º caderno Vozes da No...
Apresentação do ministro Marcelo Neri no Lançamento do 3º caderno Vozes da No...
 
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021
apresentacao_censo_da_educacao_superior_2021
 
"Determinantes da Produtividade do Trabalho para a Estratégia de Sustentabili...
"Determinantes da Produtividade do Trabalho para a Estratégia de Sustentabili..."Determinantes da Produtividade do Trabalho para a Estratégia de Sustentabili...
"Determinantes da Produtividade do Trabalho para a Estratégia de Sustentabili...
 
Proposta de reforma da Previdência: necessidades e urgências, por Luis Henriq...
Proposta de reforma da Previdência: necessidades e urgências, por Luis Henriq...Proposta de reforma da Previdência: necessidades e urgências, por Luis Henriq...
Proposta de reforma da Previdência: necessidades e urgências, por Luis Henriq...
 
Bons Resultados no Ideb
Bons Resultados no Ideb Bons Resultados no Ideb
Bons Resultados no Ideb
 

Mais de Conversa Afiada

Representação ao Procurador-Geral
Representação ao Procurador-GeralRepresentação ao Procurador-Geral
Representação ao Procurador-GeralConversa Afiada
 
João santana peticão comparecimento
João santana   peticão comparecimentoJoão santana   peticão comparecimento
João santana peticão comparecimentoConversa Afiada
 
Gabrielli afoga Cerra no pré-sal
Gabrielli afoga Cerra no pré-salGabrielli afoga Cerra no pré-sal
Gabrielli afoga Cerra no pré-salConversa Afiada
 
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)Klouri e PHA surram Dantas (de novo)
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)Conversa Afiada
 
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"Conversa Afiada
 
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociais
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociaisMais crédito e sem cortes nos direitos sociais
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociaisConversa Afiada
 
Compromisso desenvolvimento
Compromisso desenvolvimentoCompromisso desenvolvimento
Compromisso desenvolvimentoConversa Afiada
 
Documento para eduardo nepomuceno
Documento para eduardo nepomucenoDocumento para eduardo nepomuceno
Documento para eduardo nepomucenoConversa Afiada
 
Parecer impeachment bercovici
Parecer impeachment bercoviciParecer impeachment bercovici
Parecer impeachment bercoviciConversa Afiada
 
Parecer bandeira comparato
Parecer bandeira comparatoParecer bandeira comparato
Parecer bandeira comparatoConversa Afiada
 
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPRResposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPRConversa Afiada
 

Mais de Conversa Afiada (20)

Peticao senado moro_cnj
Peticao senado moro_cnjPeticao senado moro_cnj
Peticao senado moro_cnj
 
Depoimentol Lula à PF
Depoimentol Lula à PFDepoimentol Lula à PF
Depoimentol Lula à PF
 
Representação ao Procurador-Geral
Representação ao Procurador-GeralRepresentação ao Procurador-Geral
Representação ao Procurador-Geral
 
João santana peticão comparecimento
João santana   peticão comparecimentoJoão santana   peticão comparecimento
João santana peticão comparecimento
 
Gabrielli afoga Cerra no pré-sal
Gabrielli afoga Cerra no pré-salGabrielli afoga Cerra no pré-sal
Gabrielli afoga Cerra no pré-sal
 
Liminar
LiminarLiminar
Liminar
 
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)Klouri e PHA surram Dantas (de novo)
Klouri e PHA surram Dantas (de novo)
 
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"
Estudo "Pnad 2014 - Breves análises"
 
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociais
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociaisMais crédito e sem cortes nos direitos sociais
Mais crédito e sem cortes nos direitos sociais
 
Compromisso desenvolvimento
Compromisso desenvolvimentoCompromisso desenvolvimento
Compromisso desenvolvimento
 
Relatório CPI Carf
Relatório CPI CarfRelatório CPI Carf
Relatório CPI Carf
 
Carta à Dilma
Carta à DilmaCarta à Dilma
Carta à Dilma
 
Documento para eduardo nepomuceno
Documento para eduardo nepomucenoDocumento para eduardo nepomuceno
Documento para eduardo nepomuceno
 
Documentos para janot
Documentos para janotDocumentos para janot
Documentos para janot
 
Parecer impeachment bercovici
Parecer impeachment bercoviciParecer impeachment bercovici
Parecer impeachment bercovici
 
Parecer bandeira comparato
Parecer bandeira comparatoParecer bandeira comparato
Parecer bandeira comparato
 
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPRResposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR
Resposta do Prof. Ricardo Marcelo Fonseca, da UFPR
 
Matéria carta pcc
Matéria carta pccMatéria carta pcc
Matéria carta pcc
 
20150915133500986
2015091513350098620150915133500986
20150915133500986
 
20150915105209704
2015091510520970420150915105209704
20150915105209704
 

Crescimento de Renda e Oportunidades para os Brasileiros na Nova Década

  • 1. O BEM ESTAR DOS BRASILEIROS NA NOVA DÉCADA Marcelo Neri - SAE /PR Temas: Crescimento e Desigualdade de Renda A Evolução Geral do Mercado de Trabalho
  • 2. Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as Fontes Por Quintil 20% + Pobres “O importante é não restringir de início a pontos específicos mas antes ter a visão geral. O crescimento de renda real per capita (isto é descontando a inflação e o crescimento populacional) foi 3,48% contra 1,4% do crescimento do PIB per capita (Pib total cresceu 2,3% em 2013).” Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 20% a 40% 40% a 60% 60% a 80% 20% + Ricos Total 2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48%
  • 3. Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as Fontes Por Quintil – A Visão da Nova Década 20% + Pobres 20% a 40% 2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48% 2011-2012 11,62% 9,11% 8,35% 7,16% 7,26% 7,66% 2011-2013 6,37% 6,73% 6,38% 5,54% 5,17% 5,55% Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 40% a 60% 60% a 80% 20% + Ricos Total “Devemos ir além de anos específicos. A visão geral do último triênio PNAD é “Crescimento para Todos os Brasileiros” acima de 5,1% para os 40% do topo e acima de 6,3% para a base e o meio da distribuição”
  • 4. Crescimento Anual Médio da Renda Per Capita Todas as Fontes Por Quintil - A Visão das Décadas 20% + Pobres 20% a 40% 2012-2013 1,37% 4,41% 4,44% 3,94% 3,11% 3,48% 20,3 2011-2012 11,62% 9,11% 8,35% 7,16% 7,26% 7,66% 9,4 2011-2013 6,37% 6,73% 6,38% 5,54% 5,17% 5,55% 12,8 2001-2013 6,41% 5,77% 5,06% 3,96% 2,36% 3,31% 21,3 1993-2013 4,97% 4,54% 4,15% 3,51% 2,35% 2,98% 23,6 Fonte: SAE a partir dos microdados da PNAD/IBGE 40% a 60% 60% a 80% 20% + Ricos Total Tempo para Dobrar a Renda (Em Ao ritmo dos últimos dois anos (2011-13) levaria 12,8 anos para dobrar a renda dos brasileiros quase duas vezes mais rápidos do que os 20 ultimos anos (23,6 anos entre 1993 e 2013).
  • 5. Resumo trabalhista – Massa de Renda Massa de Renda Trabalho Renda Trab. dos Ocupados * Nível de Ocupação = Resumo das Mudanças Trabalhistas % Variação % Variação % Anual Média 2012-13 2011-2013 Nível de Ocupação 0,62 1,27 Rendimento Real R$ 3,84 4,7 Massa de Rendimentos 4,48 6,03
  • 6. Resumo – Proteção Trabalhista Quantidade de Postos de Trabalho Formais (+ Qualidade) Em 2013 Em 2012 e 2013 Empregados Com Carteira 925 mil 2,356 Milhões Micro-Empresários 286 mil 532 mil Total Postos Protegidos 1,211 Milhões 2,888 Milhões “Outro ganho qualitativo: Cai na população jovem (e infantil) e sobe a taxa de ocupação para todas as faixas adultas não jovens (fora da idade de estudo).”
  • 7. Educação Profissional dos Jovens Proporção que Frequenta Cursos Técnicos de 15 a 29 anos % As matrículas federais totais foram as que mais cresceram de 2002-2012 (173% contra 108,9% do total – INEP/Mec) Entre 2010 e 2012 as matrículas federais sobem 27,5% contra 22,5% Estaduais, 16,1% privadas e -5,6% Municipais – INEP/Mec Fonte: Ipea/Sae a partir dos microdados da PME/IBGE. O aumento de educação técnica dos jovens (que não entra na PNAD) também indica igualdade de oportunidades e ajuda a explicar os “nem nem” (Jovens que não estudam e não trabalham)