SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
AULA 04 (ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS – PROF. LUSTOSA)

       OBSERVAÇÃO: Dessa fase do ensino em diante, o aluno deverá, obrigatoriamente, trazer para a
sala de aula uma CALCULADORA, haja vista que todo o aprendizado se dará através de cálculos de
percentuais e índices financeiros.

                               ANÁLISE VERTICAL E HORIZONTAL

       Vamos aprofundar a análise com o uso de técnicas adicionais, a primeira delas é a Análise Vertical /
Horizontal. Por intermédio desse tipo de análise podem-se conhecer pormenores das demonstrações
financeiras.

       A Análise Vertical/Horizontal aponta qual o principal credor e como se alterou a participação de cada
um nos últimos exercícios. Uma empresa teve reduzida sua margem de lucro; a Análise Vertical / Horizontal
apontará, por exemplo, que isso se deveu ao crescimento desproporcional das despesas administrativas, etc.
                     Vejamos a Análise Vertical dos Balanços da Cia. Vencedores:
                                                        31.12.2007              31.12.2008
          BALANÇO DO EXERCÍCIO FINDO EM:              Valor      AV            Valor      AV
                                                     Absoluto                 Absoluto
        ATIVO
        CIRCULANTE
             Disponível                              34.665        1           26.309       1
             Aplicações Financeiras                  128.969       5           80.915       2
             Clientes                               1.045.640      38        1.122.512      28
             Estoque                                 751.206       28        1.039.435      26
        TOTAL DO ATIVO CIRCULANTE                   1.960.480      72        2.269.171      57
        REALIZÁVEL A LONGO PRAZO                       ---                       ---
        PERMANENTE
             Investimento                            72.250        3          156.475       4
             Imobilizado                             693.448      25         1.517.508     38
             Intangível                                ---        ---          40.896       1
        TOTAL DO ATIVO PERMANENTE                    765.698      28         1.714.879     43
        TOTAL DO ATIVO                              2.726.178     100        3.984.050     100
        PASSIVO
        CIRCULANTE
             Fornecedores                            708.536       26         639.065       16
             Outras Obrigações                       275.623       10         289.698       7
             Empréstimos Bancários                   66.165        2           83.429       2
             Duplicata Descontada                    290.633       11         393.885       10
        TOTAL DO PASSIVO CIRCULANTE                 1.340.957      49        1.406.077      35
        EXIGÍVEL A LONGO PRAZO
             Empréstimos                             314.360       12         792.716       20
             Financiamento                             ---         ---        378.072       10
        TOTAL EXIGÍVEL A LONGO PRAZO                 314.360       12        1.170.788      30
        PATRIMÔNIO LÍQUIDO
             Capital e Reservas                      657.083      24         1.194.157     30
             Lucros Acumulados                       413.778      15          213.028       5
        TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO                 1.070.861     39         1.407.185     35
        TOTAL DO PASSIVO                            2.726.178     100        3.984.050     100
Na Análise Vertical da Demonstração do Resultado do Exercício, calcula-se o percentual de cada
conta em relação às vendas. Obviamente o valor das vendas é igualado a 100. Vejamos a Análise:
                                                           31.12.2007              31.12.2008
              EXERCÍCIOS FINDOS EM:                 Valor Absoluto  AV        Valor Absoluto     AV
       RECEITA LÍQUIDA                                4.793.123     100         4.425.866        100
        Custo dos Produtos Vendidos                   3.621.530     76          3.273.530         74
        LUCRO BRUTO                                   1.171.593     24          1.152.336         26
        Despesas Operacionais                          495.993      10           427.225           9
        Outras Rec. / Desp. Operacionais                8.394         -           17.581           -
        LUCRO ANTES ITENS FINANCEIROS                  683.994      14           742.692          17
        Receitas Financeiras                           10.860         -           7.562            -
        Despesas Financeiras                           284.308       6           442.816          10
        LUCRO OPERACIONAL                              410.546       8           307.438           7
        Resultado Não Operacional                       1.058         -             ---            -
       LUCRO ANTES DO I.R.                             411.604       8           307.438           7
       LUCRO LÍQUIDO                                   223.741       5           167.116           4

             Vejamos a Análise Horizontal do Balanço Patrimonial da Cia. Vencedores:
                                                         31.12.2007              31.12.2008
            BALANÇO DE EXERCÍCIO FINDO EM:           Valor Absoluto   AH     Valor Absoluto    AH
       ATIVO
       CIRCULANTE
            Disponível                                   34.665       100       26.309          76
            Aplicações Financeiras                      128.969       100       80.915          63
            Clientes                                   1.045.640      100     1.122.512        107
            Estoque                                     751.206       100     1.039.435        138
       TOTAL DO ATIVO CIRCULANTE                       1.960.480      100     2.269.171        116
       REALIZÁVEL A LONGO PRAZO                            ---         ---        ---           ---
       PERMANENTE
            Investimento                                 72.250       100      156.475         217
            Imobilizado                                 693.448       100     1.517.508        218
            Intangível                                     ---        ---       40.896          ---
       TOTAL DO ATIVO PERMANENTE                        765.698       100     1.714.879        224
       TOTAL DO ATIVO                                  2.726.178      100     3.984.050        146
       PASSIVO
       CIRCULANTE
            Fornecedores                                708.536       100      639.065          90
            Outras Obrigações                           275.623       100      289.698         105
            Empréstimos Bancários                        66.165       100       83.429         126
            Duplicata Descontada                        290.633       100      393.885         136
       TOTAL DO PASSIVO CIRCULANTE                     1.340.957      100     1.406.077        105
       EXIGÍVEL A LONGO PRAZO
            Empréstimos                                314.360        100      792.716         252
            Financiamento                                ---          ---      378.072          ---
       TOTAL DO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO                 314.360        100     1.170.788        372
       PATRIMÔNIO LÍQUIDO
            Capital e Reservas                          657.083       100     1.194.157        182
            Lucros Acumulados                           413.778       100      213.028          51
       TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO                     1.070.861      100     1.407.185        131
       TOTAL DO PASSIVO                                2.726.178      100     3.984.050        146
Vejamos a Análise Horizontal da Demonstração do Resultado do Exercício da Cia. Vencedores:
                                                     31.12.2007              31.12.2008
         EXERCÍCIOS FINDOS EM:                      Valor     AH             Valor    AH
                                                  Absoluto                 Absoluto
RECEITA LÍQUIDA                                   4.793.123 100            4.425.866 92
 Custo dos Produtos Vendidos                      3.621.530 100            3.273.530 90
 LUCRO BRUTO                                      1.171.593 100            1.152.336 98
 Despesas Operacionais                             495.993    100           427.225    86
 Outras Rec. / Desp. Operacionais                   8.394     100           17.581    209
 LUCRO ANTES ITENS FINANCEIROS                     683.994    100           742.692   108
 Receitas Financeiras                              10.860     100            7.562     70
 Despesas Financeiras                              284.308    100           442.816   156
 LUCRO OPERACIONAL                                 410.546    100           307.438    75
 Resultado Não Operacional                          1.058       -              ---      -
LUCRO ANTES DO I.R.                                411.604    100           307.438    75
LUCRO LÍQUIDO                                      223.741    100           167.116    75


Exemplo das Conclusões da Análise Vertical e Horizontal da Cia. Vencedores.
   O ativo total da empresa cresceu em cerca de 46% de 31.12.2007 a 31.12.2008 em
 termos reais. Esse crescimento deveu-se principalmente ao Ativo Permanente que teve
 expansão de 124%. Já o Ativo Circulante apresentou crescimento de apenas 16%. Dessa
 forma, alterou-se a estrutura de Ativo da empresa. Em 2007, 72% dos recursos achava-se
 investido no Ativo Circulante, percentual esse que caiu para 57% em 2008. Esse
 crescimento foi financiado basicamente por Capitais de Terceiros de Longo Prazo que
 passaram em 2007, de 12% do Passivo Total para 30% em 2008, constituindo-se no
 principal grupo de financiamento neste último ano. O Patrimônio Líquido, que fornece
 39% dos recursos em 2007, caiu para 35% em 2008, enquanto o Passivo Circulante caiu
 nesse mesmo período de 49% para 35%. A empresa financiou parte deste último com
 Exigível a Longo Prazo.
   Em resumo, a empresa investiu maciçamente no Ativo Permanente, fez ainda algum
 investimento no Ativo Circulante, financiou a maior parte dessa expansão com Capitais de
 Terceiros e aumentou o risco global. A situação financeira não ficou sacrificada em virtude
 de a empresa ter se válido de Exigíveis a Longo Prazo.
   Infelizmente para a empresa, porém, suas despesas financeiras explodiram, crescendo
 56% e, portanto, muito mais do que as vendas. Essas despesas que consumiram 6% da
 Receita em 2007 passaram a consumir 10% em 2008, fazendo a empresa perder 4 pontos
 percentuais. As Despesas Operacionais mantiveram-se em proporções aceitáveis para a
 empresa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atps estrutura e análise das demonstrações financeiras
Atps   estrutura e análise das demonstrações financeirasAtps   estrutura e análise das demonstrações financeiras
Atps estrutura e análise das demonstrações financeirasMai Reginato
 
Financas demonstracoes financeira natura 2008
Financas demonstracoes financeira natura 2008Financas demonstracoes financeira natura 2008
Financas demonstracoes financeira natura 2008controladoriacontab
 
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015Capebe Cooperativa
 
Modelo de demonstrações contábeis NBC TG 1000
Modelo de demonstrações contábeis   NBC TG 1000Modelo de demonstrações contábeis   NBC TG 1000
Modelo de demonstrações contábeis NBC TG 1000Renata Santana Santos
 
Contabilidade i 10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...
Contabilidade i   10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...Contabilidade i   10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...
Contabilidade i 10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...geral contabil
 
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel Adm
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel AdmEstacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel Adm
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel AdmEstácio Participações
 
Definição dos titulos da dre
Definição dos titulos da dreDefinição dos titulos da dre
Definição dos titulos da drezeramento contabil
 
Demonstrações financeiras anuais completas
Demonstrações financeiras anuais completasDemonstrações financeiras anuais completas
Demonstrações financeiras anuais completasJorge Meline
 
Estrutura das demonstrações Cont. modelo da dre - 2015.1
Estrutura das demonstrações Cont.   modelo da dre - 2015.1Estrutura das demonstrações Cont.   modelo da dre - 2015.1
Estrutura das demonstrações Cont. modelo da dre - 2015.1Eduardo Baroni
 
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...CG - Choque de Gestao
 

Mais procurados (19)

Apostila financeira
Apostila financeiraApostila financeira
Apostila financeira
 
Atps estrutura e análise das demonstrações financeiras
Atps   estrutura e análise das demonstrações financeirasAtps   estrutura e análise das demonstrações financeiras
Atps estrutura e análise das demonstrações financeiras
 
Financas demonstracoes financeira natura 2008
Financas demonstracoes financeira natura 2008Financas demonstracoes financeira natura 2008
Financas demonstracoes financeira natura 2008
 
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2015
 
Apostila analise de balanco ii
Apostila analise de balanco iiApostila analise de balanco ii
Apostila analise de balanco ii
 
Exerc pract irc 2008
Exerc pract irc 2008Exerc pract irc 2008
Exerc pract irc 2008
 
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de RelatóriosApresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
 
Modelo de demonstrações contábeis NBC TG 1000
Modelo de demonstrações contábeis   NBC TG 1000Modelo de demonstrações contábeis   NBC TG 1000
Modelo de demonstrações contábeis NBC TG 1000
 
Atps cont int final.
Atps cont int final.Atps cont int final.
Atps cont int final.
 
Mep -resolucao_exercicios
Mep  -resolucao_exerciciosMep  -resolucao_exercicios
Mep -resolucao_exercicios
 
Contabilidade i 10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...
Contabilidade i   10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...Contabilidade i   10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...
Contabilidade i 10 - unidade x – demonstração dos lucros ou prejuízos acumu...
 
Demonstrações financeiras 2009 -2010
Demonstrações financeiras 2009 -2010Demonstrações financeiras 2009 -2010
Demonstrações financeiras 2009 -2010
 
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel Adm
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel AdmEstacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel Adm
Estacio Part D Fs 31 12 2008 Versao 17 03 09 Sem Marcas V Final 17h Mais Rel Adm
 
Definição dos titulos da dre
Definição dos titulos da dreDefinição dos titulos da dre
Definição dos titulos da dre
 
Demonstrações financeiras anuais completas
Demonstrações financeiras anuais completasDemonstrações financeiras anuais completas
Demonstrações financeiras anuais completas
 
Dre
DreDre
Dre
 
Estrutura das demonstrações Cont. modelo da dre - 2015.1
Estrutura das demonstrações Cont.   modelo da dre - 2015.1Estrutura das demonstrações Cont.   modelo da dre - 2015.1
Estrutura das demonstrações Cont. modelo da dre - 2015.1
 
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...
Estudo de viabilidade economica escola particular com concessão de bolsas e d...
 
Apresentação 2T07
Apresentação 2T07Apresentação 2T07
Apresentação 2T07
 

Destaque

Analise Demonst Financ2
Analise Demonst Financ2Analise Demonst Financ2
Analise Demonst Financ2Anderson Silva
 
Analise demonstracoes financeira_aula05
Analise demonstracoes financeira_aula05Analise demonstracoes financeira_aula05
Analise demonstracoes financeira_aula05contacontabil
 
Analise De DemonstraçõEs Financeiras
Analise De DemonstraçõEs FinanceirasAnalise De DemonstraçõEs Financeiras
Analise De DemonstraçõEs Financeirasadmfape
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 09 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 09 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 09 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 09 cathedra icms-rjcontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 08
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 08Exercicios resolvidos contabilidade   aula 08
Exercicios resolvidos contabilidade aula 08contacontabil
 
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras respostas exercicios
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras   respostas exerciciosEstrutura da demonstra das demonstracoes financeiras   respostas exercicios
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras respostas exerciciosClaudio Parra
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 02 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 02 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 02 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 02 cathedra icms-rjcontacontabil
 
Módulo 5 análise das demonstrações contábeis
Módulo 5   análise das demonstrações contábeisMódulo 5   análise das demonstrações contábeis
Módulo 5 análise das demonstrações contábeisPUC Minas
 
Estrutura das dem contabeis aula 1
Estrutura das dem contabeis   aula 1Estrutura das dem contabeis   aula 1
Estrutura das dem contabeis aula 1joseesade
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05contacontabil
 
Analise demonstracoes financeira_aula01
Analise demonstracoes financeira_aula01Analise demonstracoes financeira_aula01
Analise demonstracoes financeira_aula01contacontabil
 
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontalAula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontalReginaldo Santana
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosdudu_rosa
 

Destaque (18)

Analise financeira
Analise financeiraAnalise financeira
Analise financeira
 
Analise+das+demonstrações+financeiras
Analise+das+demonstrações+financeirasAnalise+das+demonstrações+financeiras
Analise+das+demonstrações+financeiras
 
Analise Demonst Financ2
Analise Demonst Financ2Analise Demonst Financ2
Analise Demonst Financ2
 
Analise demonstracoes financeira_aula05
Analise demonstracoes financeira_aula05Analise demonstracoes financeira_aula05
Analise demonstracoes financeira_aula05
 
Analise De DemonstraçõEs Financeiras
Analise De DemonstraçõEs FinanceirasAnalise De DemonstraçõEs Financeiras
Analise De DemonstraçõEs Financeiras
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 09 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 09 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 09 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 09 cathedra icms-rj
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 08
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 08Exercicios resolvidos contabilidade   aula 08
Exercicios resolvidos contabilidade aula 08
 
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras respostas exercicios
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras   respostas exerciciosEstrutura da demonstra das demonstracoes financeiras   respostas exercicios
Estrutura da demonstra das demonstracoes financeiras respostas exercicios
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 02 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 02 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 02 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 02 cathedra icms-rj
 
Módulo 5 análise das demonstrações contábeis
Módulo 5   análise das demonstrações contábeisMódulo 5   análise das demonstrações contábeis
Módulo 5 análise das demonstrações contábeis
 
Análise de Balanços
Análise de BalançosAnálise de Balanços
Análise de Balanços
 
Estrutura das dem contabeis aula 1
Estrutura das dem contabeis   aula 1Estrutura das dem contabeis   aula 1
Estrutura das dem contabeis aula 1
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
 
Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09
 
Analise demonstracoes financeira_aula01
Analise demonstracoes financeira_aula01Analise demonstracoes financeira_aula01
Analise demonstracoes financeira_aula01
 
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontalAula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
 
Dfc fluxo caixa
Dfc fluxo caixaDfc fluxo caixa
Dfc fluxo caixa
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
 

Semelhante a Analise demonstracoes financeira_aula04

Analise demonstracoes contabeis dcs
Analise demonstracoes contabeis dcsAnalise demonstracoes contabeis dcs
Analise demonstracoes contabeis dcsadmcontabil
 
Analise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisAnalise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisadmcontabil
 
Analise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisAnalise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisapostilacontabil
 
Balanço da Abril
Balanço da AbrilBalanço da Abril
Balanço da AbrilLuis Nassif
 
Tarefa 2 b gestão de recursos financeiros e materiais
Tarefa 2 b gestão de  recursos  financeiros e materiaisTarefa 2 b gestão de  recursos  financeiros e materiais
Tarefa 2 b gestão de recursos financeiros e materiaisLUIZ E Leila
 
Indicadores financeiros balanço ripasa
Indicadores financeiros   balanço ripasaIndicadores financeiros   balanço ripasa
Indicadores financeiros balanço ripasaprofessoredmilson
 
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008OrlandoNeto
 
111156195 atps-estrutura
111156195 atps-estrutura111156195 atps-estrutura
111156195 atps-estruturaJuliana Pereira
 
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_ingls
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_inglsDemonstraes financeiras 4_t11_portugus_ingls
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_inglslyneeee
 
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SP
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SPProposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SP
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SPRafael Duarte
 
Análise das demonstrações financeiras da Redecard
Análise das demonstrações financeiras da Redecard Análise das demonstrações financeiras da Redecard
Análise das demonstrações financeiras da Redecard Érica Rangel
 
Prestação de contas 2010
Prestação de contas 2010Prestação de contas 2010
Prestação de contas 2010sddh
 
Demonstração financeira Gerdau
Demonstração financeira GerdauDemonstração financeira Gerdau
Demonstração financeira Gerdauanauliam
 
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008Endesa Brasil
 
Cteep apresentacao 2_t11
Cteep apresentacao 2_t11Cteep apresentacao 2_t11
Cteep apresentacao 2_t11Cteep
 

Semelhante a Analise demonstracoes financeira_aula04 (20)

Analise demonstracoes contabeis dcs
Analise demonstracoes contabeis dcsAnalise demonstracoes contabeis dcs
Analise demonstracoes contabeis dcs
 
Analise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisAnalise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeis
 
Analise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeisAnalise demonstracoes contabeis
Analise demonstracoes contabeis
 
Balanço da Abril
Balanço da AbrilBalanço da Abril
Balanço da Abril
 
Tarefa 2 b gestão de recursos financeiros e materiais
Tarefa 2 b gestão de  recursos  financeiros e materiaisTarefa 2 b gestão de  recursos  financeiros e materiais
Tarefa 2 b gestão de recursos financeiros e materiais
 
Indicadores financeiros balanço ripasa
Indicadores financeiros   balanço ripasaIndicadores financeiros   balanço ripasa
Indicadores financeiros balanço ripasa
 
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008
Ferbasa Demonstracoes Anuais 2008
 
Execução Orçamentário 30112012
Execução Orçamentário 30112012Execução Orçamentário 30112012
Execução Orçamentário 30112012
 
111156195 atps-estrutura
111156195 atps-estrutura111156195 atps-estrutura
111156195 atps-estrutura
 
Demonstrações contábeis 2009
Demonstrações contábeis 2009Demonstrações contábeis 2009
Demonstrações contábeis 2009
 
Demonstrações contábeis 2008-2009
Demonstrações contábeis 2008-2009Demonstrações contábeis 2008-2009
Demonstrações contábeis 2008-2009
 
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_ingls
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_inglsDemonstraes financeiras 4_t11_portugus_ingls
Demonstraes financeiras 4_t11_portugus_ingls
 
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SP
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SPProposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SP
Proposta Orçamentaria São Caetano do Sul - SP
 
Rrelatorio contas 2012
Rrelatorio contas 2012Rrelatorio contas 2012
Rrelatorio contas 2012
 
Análise das demonstrações financeiras da Redecard
Análise das demonstrações financeiras da Redecard Análise das demonstrações financeiras da Redecard
Análise das demonstrações financeiras da Redecard
 
Prestação de contas 2010
Prestação de contas 2010Prestação de contas 2010
Prestação de contas 2010
 
Maion2
Maion2Maion2
Maion2
 
Demonstração financeira Gerdau
Demonstração financeira GerdauDemonstração financeira Gerdau
Demonstração financeira Gerdau
 
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008
Relatorio de Sustentabilidade Ampla 2008
 
Cteep apresentacao 2_t11
Cteep apresentacao 2_t11Cteep apresentacao 2_t11
Cteep apresentacao 2_t11
 

Mais de contacontabil

500 questões concursos
500 questões concursos500 questões concursos
500 questões concursoscontacontabil
 
Contabilidade introdutoria exercicios
Contabilidade introdutoria   exerciciosContabilidade introdutoria   exercicios
Contabilidade introdutoria exercicioscontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
Exercicios resolvidos contabilidade   esafExercicios resolvidos contabilidade   esaf
Exercicios resolvidos contabilidade esafcontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 13 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 13 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 13 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 13 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 15 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 15 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 15 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 15 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 11 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 11 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 11 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 11 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 09 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 09 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 09 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 09 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 07 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 07 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 07 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 07 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 03 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 03 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 03 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 03 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 16 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 16 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 16 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 16 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 12 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 12 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 12 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 12 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 10 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 10 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 10 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 10 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 06 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 06 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 06 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 06 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 04 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 04 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 04 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 04 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 02 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 02 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 02 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 02 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral indice
Exercicios resolvidos contabilidade geral   indiceExercicios resolvidos contabilidade geral   indice
Exercicios resolvidos contabilidade geral indicecontacontabil
 
Contabil diversas bancas
Contabil diversas bancasContabil diversas bancas
Contabil diversas bancascontacontabil
 

Mais de contacontabil (20)

500 questões concursos
500 questões concursos500 questões concursos
500 questões concursos
 
Contabilidade introdutoria exercicios
Contabilidade introdutoria   exerciciosContabilidade introdutoria   exercicios
Contabilidade introdutoria exercicios
 
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
Exercicios resolvidos contabilidade   esafExercicios resolvidos contabilidade   esaf
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 13 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 13 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 13 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 13 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 15 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 15 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 15 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 15 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 11 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 11 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 11 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 11 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 09 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 09 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 09 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 09 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 07 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 07 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 07 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 07 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 03 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 03 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 03 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 03 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 16 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 16 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 16 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 16 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 12 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 12 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 12 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 12 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 10 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 10 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 10 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 10 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 06 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 06 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 06 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 06 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 04 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 04 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 04 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 04 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 02 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 02 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 02 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 02 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral indice
Exercicios resolvidos contabilidade geral   indiceExercicios resolvidos contabilidade geral   indice
Exercicios resolvidos contabilidade geral indice
 
Contabil diversas bancas
Contabil diversas bancasContabil diversas bancas
Contabil diversas bancas
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 

Analise demonstracoes financeira_aula04

  • 1. AULA 04 (ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS – PROF. LUSTOSA) OBSERVAÇÃO: Dessa fase do ensino em diante, o aluno deverá, obrigatoriamente, trazer para a sala de aula uma CALCULADORA, haja vista que todo o aprendizado se dará através de cálculos de percentuais e índices financeiros. ANÁLISE VERTICAL E HORIZONTAL Vamos aprofundar a análise com o uso de técnicas adicionais, a primeira delas é a Análise Vertical / Horizontal. Por intermédio desse tipo de análise podem-se conhecer pormenores das demonstrações financeiras. A Análise Vertical/Horizontal aponta qual o principal credor e como se alterou a participação de cada um nos últimos exercícios. Uma empresa teve reduzida sua margem de lucro; a Análise Vertical / Horizontal apontará, por exemplo, que isso se deveu ao crescimento desproporcional das despesas administrativas, etc. Vejamos a Análise Vertical dos Balanços da Cia. Vencedores: 31.12.2007 31.12.2008 BALANÇO DO EXERCÍCIO FINDO EM: Valor AV Valor AV Absoluto Absoluto ATIVO CIRCULANTE Disponível 34.665 1 26.309 1 Aplicações Financeiras 128.969 5 80.915 2 Clientes 1.045.640 38 1.122.512 28 Estoque 751.206 28 1.039.435 26 TOTAL DO ATIVO CIRCULANTE 1.960.480 72 2.269.171 57 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO --- --- PERMANENTE Investimento 72.250 3 156.475 4 Imobilizado 693.448 25 1.517.508 38 Intangível --- --- 40.896 1 TOTAL DO ATIVO PERMANENTE 765.698 28 1.714.879 43 TOTAL DO ATIVO 2.726.178 100 3.984.050 100 PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores 708.536 26 639.065 16 Outras Obrigações 275.623 10 289.698 7 Empréstimos Bancários 66.165 2 83.429 2 Duplicata Descontada 290.633 11 393.885 10 TOTAL DO PASSIVO CIRCULANTE 1.340.957 49 1.406.077 35 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Empréstimos 314.360 12 792.716 20 Financiamento --- --- 378.072 10 TOTAL EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 314.360 12 1.170.788 30 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital e Reservas 657.083 24 1.194.157 30 Lucros Acumulados 413.778 15 213.028 5 TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1.070.861 39 1.407.185 35 TOTAL DO PASSIVO 2.726.178 100 3.984.050 100
  • 2. Na Análise Vertical da Demonstração do Resultado do Exercício, calcula-se o percentual de cada conta em relação às vendas. Obviamente o valor das vendas é igualado a 100. Vejamos a Análise: 31.12.2007 31.12.2008 EXERCÍCIOS FINDOS EM: Valor Absoluto AV Valor Absoluto AV RECEITA LÍQUIDA 4.793.123 100 4.425.866 100 Custo dos Produtos Vendidos 3.621.530 76 3.273.530 74 LUCRO BRUTO 1.171.593 24 1.152.336 26 Despesas Operacionais 495.993 10 427.225 9 Outras Rec. / Desp. Operacionais 8.394 - 17.581 - LUCRO ANTES ITENS FINANCEIROS 683.994 14 742.692 17 Receitas Financeiras 10.860 - 7.562 - Despesas Financeiras 284.308 6 442.816 10 LUCRO OPERACIONAL 410.546 8 307.438 7 Resultado Não Operacional 1.058 - --- - LUCRO ANTES DO I.R. 411.604 8 307.438 7 LUCRO LÍQUIDO 223.741 5 167.116 4 Vejamos a Análise Horizontal do Balanço Patrimonial da Cia. Vencedores: 31.12.2007 31.12.2008 BALANÇO DE EXERCÍCIO FINDO EM: Valor Absoluto AH Valor Absoluto AH ATIVO CIRCULANTE Disponível 34.665 100 26.309 76 Aplicações Financeiras 128.969 100 80.915 63 Clientes 1.045.640 100 1.122.512 107 Estoque 751.206 100 1.039.435 138 TOTAL DO ATIVO CIRCULANTE 1.960.480 100 2.269.171 116 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO --- --- --- --- PERMANENTE Investimento 72.250 100 156.475 217 Imobilizado 693.448 100 1.517.508 218 Intangível --- --- 40.896 --- TOTAL DO ATIVO PERMANENTE 765.698 100 1.714.879 224 TOTAL DO ATIVO 2.726.178 100 3.984.050 146 PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores 708.536 100 639.065 90 Outras Obrigações 275.623 100 289.698 105 Empréstimos Bancários 66.165 100 83.429 126 Duplicata Descontada 290.633 100 393.885 136 TOTAL DO PASSIVO CIRCULANTE 1.340.957 100 1.406.077 105 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Empréstimos 314.360 100 792.716 252 Financiamento --- --- 378.072 --- TOTAL DO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 314.360 100 1.170.788 372 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital e Reservas 657.083 100 1.194.157 182 Lucros Acumulados 413.778 100 213.028 51 TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1.070.861 100 1.407.185 131 TOTAL DO PASSIVO 2.726.178 100 3.984.050 146
  • 3. Vejamos a Análise Horizontal da Demonstração do Resultado do Exercício da Cia. Vencedores: 31.12.2007 31.12.2008 EXERCÍCIOS FINDOS EM: Valor AH Valor AH Absoluto Absoluto RECEITA LÍQUIDA 4.793.123 100 4.425.866 92 Custo dos Produtos Vendidos 3.621.530 100 3.273.530 90 LUCRO BRUTO 1.171.593 100 1.152.336 98 Despesas Operacionais 495.993 100 427.225 86 Outras Rec. / Desp. Operacionais 8.394 100 17.581 209 LUCRO ANTES ITENS FINANCEIROS 683.994 100 742.692 108 Receitas Financeiras 10.860 100 7.562 70 Despesas Financeiras 284.308 100 442.816 156 LUCRO OPERACIONAL 410.546 100 307.438 75 Resultado Não Operacional 1.058 - --- - LUCRO ANTES DO I.R. 411.604 100 307.438 75 LUCRO LÍQUIDO 223.741 100 167.116 75 Exemplo das Conclusões da Análise Vertical e Horizontal da Cia. Vencedores. O ativo total da empresa cresceu em cerca de 46% de 31.12.2007 a 31.12.2008 em termos reais. Esse crescimento deveu-se principalmente ao Ativo Permanente que teve expansão de 124%. Já o Ativo Circulante apresentou crescimento de apenas 16%. Dessa forma, alterou-se a estrutura de Ativo da empresa. Em 2007, 72% dos recursos achava-se investido no Ativo Circulante, percentual esse que caiu para 57% em 2008. Esse crescimento foi financiado basicamente por Capitais de Terceiros de Longo Prazo que passaram em 2007, de 12% do Passivo Total para 30% em 2008, constituindo-se no principal grupo de financiamento neste último ano. O Patrimônio Líquido, que fornece 39% dos recursos em 2007, caiu para 35% em 2008, enquanto o Passivo Circulante caiu nesse mesmo período de 49% para 35%. A empresa financiou parte deste último com Exigível a Longo Prazo. Em resumo, a empresa investiu maciçamente no Ativo Permanente, fez ainda algum investimento no Ativo Circulante, financiou a maior parte dessa expansão com Capitais de Terceiros e aumentou o risco global. A situação financeira não ficou sacrificada em virtude de a empresa ter se válido de Exigíveis a Longo Prazo. Infelizmente para a empresa, porém, suas despesas financeiras explodiram, crescendo 56% e, portanto, muito mais do que as vendas. Essas despesas que consumiram 6% da Receita em 2007 passaram a consumir 10% em 2008, fazendo a empresa perder 4 pontos percentuais. As Despesas Operacionais mantiveram-se em proporções aceitáveis para a empresa.