Práticas de Gestão de Pessoas

1.902 visualizações

Publicada em

Uma empresa é feita de pessoas e são elas as responsáveis diretas pelos resultados e metas alcançadas. E como fazer para que cada um desempenhe o papel certo na equipe em busca dos melhores resultados? É sobre isso falamos no curso online, com a gerente de RH da ContaAzul, Daiane Andognini.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.902
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.214
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Práticas de Gestão de Pessoas

  1. 1. O melhor sistema de gestão para micro e pequena empresa Práticas de Gestão de Pessoas
  2. 2. Cenário Comum de pessoas em MPE Contratação por indicação, para ajudar quem precisa, ou porque confia na pessoa. Análise das capacidades do sujeito com base nas experiências e nas referências anteriores. Não há critérios claros e ferramentas adequadas para avaliar o desempenho Plano de crescimento restrito ou ausente Promoções e aumento de salário sem critérios definidos
  3. 3. Como o MPE pode obter uma vantagem competitiva voltada para pessoas - Investimento (máquina/equipamento)? - Treinamento e desenvolvimento? - Alianças tecnológicas? - Gestão? Estratégia competitiva: Onde investir recursos / energias da organização Padrões de competitividade Repertório de competências Ambiente e mercado Sucesso?Empresa Hoje
  4. 4. Como MPE pode ter as melhores pessoas FONTE: PORTER, Michael. Vantagem Competitiva. São Paulo: Atlas, 2002 “A estratégia competitiva na área de Gestão de Pessoas consiste em ter as pessoas certas, no lugar certo e com a motivação para produzir .”
  5. 5. Ferramentas de Gestão de Pessoas Perfil dos Cargos Recrutamento e Seleção de Profissionais Integração Avaliação de Desempenho
  6. 6. Análise e Descrição dos Cargos Segundo PONTES, (2001, p. 41) É o agregado de tarefas atribuídas a cada cargo na organização. CHIAVENATO (2000, p. 11) A análise de um cargo e sua descrição são formas de ajudar na contratação de empregados dentro do perfil desejado, atendendo às necessidades das atividades que o empregador deseja.
  7. 7. Análise e Descrição dos Cargos DESCRIÇÃO DE CARGO: Analista de sistemas DATA: 08/12 TÍTULO: Analista de Sistemas de Informação REPORTE: Supervisor da área SUMÁRIO: Objetivo: desenvolver sistemas a partir da análise de coleta de informações, estudando fluxos de trabalho, necessidades de recursos para propor alterações de rotina e elaborar propostas. RESPONSABILIDADES: FORMAÇÃO: É responsável por planejar e coletar informações junto aos usuários, a fim de implantar sistemas de processamento de dados. Implanta e mantém sistemas, observando eficiência, racionalidade e solução de problemas técnicos. Elabora manuais de sistemas para funcionalidade da empresa. Superior completo em Sistemas de Informação, Ciências ou engenharia da Computação EXPERIÊNCIA: Jr - 2 anos Pl - 4 anos Sr - 6 anos CONHECIMENTOS: Sistema Java, Delphi HABILIDADES: *Capacidade de concentração e análise *criatividade
  8. 8. Recrutamento e Seleção Desafio é recrutar onde está a demanda Processo seletivo coerente com as exigências do cargo Avaliar as competências organizacionais e os valores pessoais do candidato para perceber se o “jeito de ser” dele tem semelhanças com a cultura da empresa.
  9. 9. Integração É o momento de Incluir o colaborador na empresa, treiná-lo na sua função e de promover o relacionamento com os novos colegas de trabalho Um bom processo de Integração precisar ter…. História da empresa cultura e valores Conhecer outros setores e o que eles fazem Normas e regras, o que se espera do colaborador Treinamento técnico Avaliação da integração nos períodos de experiência
  10. 10. Avaliação de desempenho Estabelece parâmetros para avaliar o desempenho do colaborador Competências técnicas, comportamentais e indicadores (metas). Métricas de classificação: treinamento, promoção ou desligamento. Serve para respaldar decisões sobre o funcionário
  11. 11. Conclusões A área de gestão de pessoas possui ferramentas capazes de ajudar a gestão dos talentos e obter através disso uma vantagem competitiva nas MPE O desafio está em tornar esses processos perma- nentes e tê-los como embasamento para tomar decisões voltadas a melhoria do negócio
  12. 12. Dúvidas?
  13. 13. Obrigada

×