AS REFORMAS RELIGIOSAS
DO SÉCULO XVI.
AULA DE HISTÓRIA.
PROFESSOR
Seu Riba.
PARA COMEÇAR.
A Palavra ECLESIA (IGREJA) significa assembleia.
Hoje é usada de várias formas.
O Brasil e predominantemente...
PARA ENTENDER O ASSUNTO
A Igreja Católica em crise.
A Igreja Idade Média
- Rica e poderosa.
- Grande influencia social e p...
Questionamentos fora da igreja.
- Humanismo – denunciavam a corrupção e a postura dos clérigos.
- A burguesia – via a igre...
Praticas questionadas da Igreja.
- Sangramentos – ritual para santificar as pessoas.
- A venda de indulgencias – perdão do...
Fatores que contribuíram
- A decadência do feudalismo.
-
- A consolidação dos Estados Nacionais
- A invenção da imprensa
O LUTERANISMO
Afixando na porta da Igreja de Wittenberg as 95 Teses, documento que condenava a venda
de indulgências, entr...
O CALVINISMO
João Calvino
- Criou o Calvinismo
- Predestinação
- aprovava o lucro e a riqueza através do trabalho
- apoio ...
O ANGLICANISMO
-
Reforma protestante na Inglaterra.
Questão religiosa. Henrique VIII, queria anular o seu casamento com
Ca...
A CONTRA REFORMA
- CONCILIO DE TRENTO – assembleia dos religiosos
- TRIBUNAL DO SANTO OFICIO OU INQUISIÇÃO – julgar os ato...
•1 Sobre a Reforma Protestante, analise as afirmativas abaixo:
I – A doutrina calvinista admitia o mundo dependente da von...
Fonte:;;
http://exercicios.mundoeducacao.com/exercicios-
historia/exercicios-sobre-reforma-protestante.htm
http://pensador...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.

369 visualizações

Publicada em

Aspectos principais do surgimento, expansão e efeitos das Reformas Protestantes do século XVI e a reação da Igreja Católica.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
369
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.

  1. 1. AS REFORMAS RELIGIOSAS DO SÉCULO XVI. AULA DE HISTÓRIA. PROFESSOR Seu Riba.
  2. 2. PARA COMEÇAR. A Palavra ECLESIA (IGREJA) significa assembleia. Hoje é usada de várias formas. O Brasil e predominantemente católico mais tem a presença de várias religiões. *O Que significa tolerância religiosa? *Em sua opinião qual é a importância da fé religiosa? *Qual a relação entre a devoção cristão a Deus e a vida em sociedade? Missa de Páscoa na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição (Foto: Reprodução/TV Tapajós) culto evangélico
  3. 3. PARA ENTENDER O ASSUNTO A Igreja Católica em crise. A Igreja Idade Média - Rica e poderosa. - Grande influencia social e política. - Monopolizava a cultura e a religião. -Não permitia questionamentos mesmo assim surgiram as heresias. Movimento que contraria os preceitos de uma religião. A Igreja na Idade Média - sua trajetória e principais ...www.mundoeducacao.com280 × 163Pesquisa por imagem igreja na Idade Média Entre 1485 e 1501 foram queimadas 250 pessoas em Toledo. Em Barcelona, em 1491 três foram executadas e 220 condenadas à morte em in absentia.
  4. 4. Questionamentos fora da igreja. - Humanismo – denunciavam a corrupção e a postura dos clérigos. - A burguesia – via a igreja como entrave para o comercio. A Igreja Católica medieval criou uma instituição que mudaria o mundo: a universidade As Universidades – locais de questionamentos e discursão.
  5. 5. Praticas questionadas da Igreja. - Sangramentos – ritual para santificar as pessoas. - A venda de indulgencias – perdão dos pecados Cobrança de indulgências pela Igreja Católica apostólica Romana, visava a construção da. Basílica de São Pedro durante o papado de Leão X. - Simonia – venda de objetos religiosos.
  6. 6. Fatores que contribuíram - A decadência do feudalismo. - - A consolidação dos Estados Nacionais - A invenção da imprensa
  7. 7. O LUTERANISMO Afixando na porta da Igreja de Wittenberg as 95 Teses, documento que condenava a venda de indulgências, entre outras práticas e doutrinas da Igreja. - 1520 – Lutero é excomungado Traduz a bíblia para o alemão Criticou a Igreja católica e o papado. Criou a Igreja Luterana condenava o comércio teve o apoio de reis e príncipes Rebeliões na Alemanha - 1524 – Revolta dos anabatistas. – Revolta camponesa - Paz de Augsburgo – obediência ao príncipe. O LUTERANISMO Afixando na porta da Igreja de Wittenberg as 95 Teses, documento que condenava a venda de indulgências, entre outras práticas e doutrinas da Igreja. - 1520 – Lutero é excomungado Traduz a bíblia para o alemão Criticou a Igreja católica e o papado. Criou a Igreja Luterana condenava o comércio teve o apoio de reis e príncipes
  8. 8. O CALVINISMO João Calvino - Criou o Calvinismo - Predestinação - aprovava o lucro e a riqueza através do trabalho - apoio dos comerciantes Expansão. - huguenotes, franceses -presbiterianos escoceses - puritanos ingleses As guerras religiosas - A mais sangrenta foi a noite de são Bartolomeu. No dia 24 de agosto de1572, 3 mil huguenotes foram mortos pelos católicos. Em 1598 – Henrique IV – Assinou o edito de Nantes – garantia liberdade de culto. O Massacre da noite de São Bartolomeu
  9. 9. O ANGLICANISMO - Reforma protestante na Inglaterra. Questão religiosa. Henrique VIII, queria anular o seu casamento com Catarina de Aragão (que não lhe dera um filho homem) para se casar com Ana Bolena. - Foi excomungado. - Confiscou os bens da Igreja e distribuiu aos nobres. - O ato de supremacia. O oficializou o rompimento com o papado - Henrique VIII como chefe supremo da Igreja Inglesa. - Henrique VIII casou-se varias vezes.
  10. 10. A CONTRA REFORMA - CONCILIO DE TRENTO – assembleia dos religiosos - TRIBUNAL DO SANTO OFICIO OU INQUISIÇÃO – julgar os atos heréticos - COMPANHIA DE JESUS, JESUITAS – catequização. - INDEX – livros proibidos.
  11. 11. •1 Sobre a Reforma Protestante, analise as afirmativas abaixo: I – A doutrina calvinista admitia o mundo dependente da vontade absoluta de Deus, estando os homens sujeitos à predestinação: como pecadores por natureza, somente alguns estariam predestinados à salvação eterna; II – Com o auxílio do teólogo Felipe Melanchton, Lutero redigiu um documento que fundamentava sua doutrina, afirmando que a fé constituía a única e verdadeira fonte de salvação; III – Considerado um dos precursores da Reforma Protestante, John Wyclif pregava o confisco dos bens da Igreja na Inglaterra e a adoção pelo clero dos votos de pobreza material do cristianismo primitivo. Assinale a alternativa: a) Somente se as afirmativas I e II estiverem corretas. b) Somente se as afirmativas I e III estiverem corretas. c) Somente se as afirmativas II e III estiverem corretas. d) Se todas as afirmativas estiverem corretas. e) Se todas as afirmativas estiverem incorretas. 2 - (UnB-DF) A Reforma Protestante rompeu a unidade cristã existente na Europa e deu origem a uma reforma religiosa na Igreja Católica, a chamada Contrarreforma. A esse respeito julgue os itens adiante: () C () E – O combate ao lucro e à usura, bases da vida comercial e financeira que se dinamizava ao final da Idade Média, mostrava o descompasso da Igreja romana em relação às transformações ocorridas na sociedade. () C () E – As ideias de Lutero centravam-se na salvação pela fé e na leitura direta e interpretação pessoal do Evangelho, além de contestarem a supremacia da Igreja sobre o Estado. () C () E – Exaltando o trabalho e a poupança na conduta humana, Calvino consagrava valores morais e políticos defendidos pela burguesia mercantil. () C () E – A Contrarreforma significou a tentativa da Igreja Católica de reorganizar-se com base em princípios liberais: abrandamento da hierarquia clerical e da autoridade papal, tolerância quanto aos hereges e abandono das práticas de censura. Resposta Questão 1 - Letra D. 2 - C-C-C-E. Ao contrário do que afirma o último item, a Igreja com a Contrarreforma fortaleceu todas aquelas características . 3 - C) VERDADEIRA. A reforma anglicana foi instituída pelo governo inglês através do Ato de Supremacia. Além disso, promoveu a centralização do poder ao atribuir assuntos de natureza religiosa ao próprio rei. 3 - (FCC-SP) OAto de Supremacia, promulgado por HenriqueVIII, na Inglaterra, contribuiu para: a) divulgar intensamente a doutrina calvinista no país, sobretudo na região da Escócia. b) iniciar a expansão externa, formando, assim, as bases do império colonial inglês. c) promover a reforma anglicana, ao mesmo tempo em que contribuiu para a centralização do governo. d) implantar o catolicismo no reino, o que foi acompanhado de repressão aos reformistas. e) restaurar os antigos direitos feudais, que foram limitados pela Magna Carta de 1215.
  12. 12. Fonte:;; http://exercicios.mundoeducacao.com/exercicios- historia/exercicios-sobre-reforma-protestante.htm http://pensador.uol.com.br/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Cosme_de_M%C3%A9dici http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html http://www.google.com.br/imgres. https://www.google.com.br/imghp?hl=pt-BR&tab=ii http://kdfrases.com/autor/santo-agostinho http://museoprado.mcu.es/muerte.html http://www.youtube.com/watch?v=pTV6euIO63o : http://www.brasilsemmiseria.gov.br/sala-de-imprensa/ http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-e-filosofia- escolastica https://www.youtube.com/watch?v=_vlO-3Nv4fQ http://www.mundoeducacao.com.br/historiageral/feiras- medievais.htm Acessado dia 05/07/15. FELIZ 2015. FIQUEM EM PAZ.

×