Conage dizimo andre

1.982 visualizações

Publicada em

9º Congresso Nacional de Gestão Eclesial

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.982
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
119
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • Conage dizimo andre

    1. 1. DÍZIMO: Recurso Pastoral para uma Gestão Renovada
    2. 2. “A renovação da paróquia exige atitudes novas dos párocos e dos sacerdotes que estão a serviço dela. A primeira exigência é que o pároco seja um autêntico discípulo de Jesus Cristo, porque só um sacerdote enamorado do Senhor pode renovar uma paróquia. Mas ao mesmo tempo, deve ser um ardoroso missionário que vive o constante desejo de buscar os afastados e não se contenta com a simples administração” DA 201
    3. 3. O que é renovar? O dízimo não é algo antigo? Afinal o dízimo é recurso financeiro ou Pastoral? Basta ter uma boa Pastoral do Dízimo? Onde fica a gestão?
    4. 4. Não basta administrar... TEM QUE SER... CR IAT IVO OR D VA INO TER DE ADO MIN PERSE VERAN T E ACREDITAR NA PALAVRA E NO FIEL ...é necessário empreender
    5. 5. “O Empreendedor é aquele que assume as funções, os papéis e as atividades do administrador de forma complementar a ponto de saber utilizá-lo no momento adequado para atingir seus objetivos” (Dornelas, 2001)
    6. 6. “O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos produtos e serviços, pela criação de novas formas de organização ou pela exploração de novos recursos e materiais” (Schumpeter, 1949)
    7. 7. Um proposta antiga, mas inovadora: “Trazei o dízimo completo para o cofre do templo, para que haja alimento em minha casa. Fazei a Experiência – diz o Senhor dos exércitos – e vereis se não vos abro os reservatórios do céu e se não derramo a minha bênção sobre vós muito além do necessário” – Malaquias 3,10.
    8. 8. Uma proposta Inovadora da Igreja no Brasil na X Assembleia Geral da CNBB ( São Paulo, 1969): “os bispos do Brasil, respondendo a uma insistente solicitação dos presbíteros , classificou como “pastoralmente inadequado o sistema de taxas” e votou que se fizesse um estudo teológico e científico sobre o dízimo a ser aplicado sistematicamente”. (Doc de Estudos – 08)
    9. 9. Sob a Luz da Palavra e dos documentos da Igreja, alinhados às Ferramentas de Gestão e Marketing, a opção pelo dízimo é uma ferramenta inovadora, como dizia São Francisco para “Reconstruir a Igreja”, ligada a uma conversão Pastoral e a uma ação Missionária. Como se fala nas organizações: uma ferramenta estrategicamente adequada.
    10. 10. MOTIVAÇÃO “A motivação última e mais profunda, que leva a uma opção pelo dízimo, não é financeira, mas pastoral” – Com ele levamos a cada Cristão resgatar a ovelha perdida, e ao mesmo tempo sentir-se esta ovelha. (Doc de Estudos – 08)
    11. 11. DECISÃO “Qualquer mudança de sistema supõe coragem para correr riscos. Funcionando bem ou mal, um sistema existente traz segurança: qualquer mudança em direção a algo novo acarreta insegurança.” (Doc de Estudos – 08)
    12. 12. RENOVAÇÃO “A implantação do dízimo é um instrumento pastoral poderoso de renovação em direção à comunidade. Seja qual for o ponto de partida, a formação de uma comunidade consciente deve ser o objetivo em mira.” (Doc de Estudos – 08)
    13. 13. UMA AÇÃO PASTORAL UMA ORGANIZAÇÃO PARTICIPATIVA “Para não perder a sua essência, a fé Cristã precisa ocupar-se da história, porque nela se realiza a abertura do ser humano para a transcendência. Nesse encontro entre o visível e o invisível, o humano encontra o sentido, a cura e a salvação de toda sua existência. Ainda que a sociedade moderna seja prisioneira do consumismo e do utilitarismo, a Igreja há de se orientar por valores baseados numa sociedade onde a civilização do amor encontre seu espaço e novas oportunidades” Estudo CNBB 104 – Comunidade de Comunidades: Uma nova Paróquia.
    14. 14. uma perfeita ação participativa de todos Ferramenta pastoral adequada grande meio de sustentabilidade
    15. 15. Ferramentas de Marketing para ajudar na Gestão Eclesial em torno do Dízimo Marketing Católico •Identificar e satisfazer as necessidades dos Fiéis. •Desenvolver um conjunto de atividades para obter e manter dizimistas com uma melhor conversão.
    16. 16. 4 P’s do Marketing Produto: Retomar um processo de Evangelização, apresentando a Salvação dada por Cristo, levando um individuo a um encontro pessoal através da própria Igreja.
    17. 17. 4 P’s do Marketing Preço: Nenhuma comunidade deve se isentar de entrar decididamente, com todas as suas forças, nos processos constantes de renovação missionária e de abandonar as ultrapassadas estruturas que já não favoreçam a transmissão da fé (abro aqui esses parêntese para ressaltar sobre as práticas de bingos, rifas, taxas, vendas de bebidas alcoolicas, leilões, etc). Os bispos, presbíteros, diáconos permanentes, consagrados e consagradas, leigos e leigas, são chamados a assumir uma atitude de permanente conversão pastoral, que envolve escutar com atenção e discernir “o que o Espírito está dizendo às Igrejas” (Ap 2,29) por meio dos sinais dos tempos nos quais Deus se manifesta (DA 365-366).
    18. 18. 4 P’s do Marketing Praça: O reconhecimento da necessidade de formação de comunidades menores é uma tarefa importante no processo de renovação paroquial... Já o documento de Aparecida entende a paróquia comunidade de comunidades, propondo a sua setorização.”(153) - Estudo CNBB 104 – Comunidade de Comunidades: Uma nova Paróquia.
    19. 19. 4 P’s do Marketing Promoção: Criar um espaço voltado aos dizimistas promovendo encontros de reflexões, tarde de laser, retiros, celebrações, visitas, envolve-lo nas pastorais e nas diversas atividades comunitárias, etc.
    20. 20. DÍZIMO Algumas Estratégias para uma Gestão Renovada: 1 – Informatização (banco de dados) 2 – Pesquisa de satisfação 3 – Pesquisa de opinião 4 – Valorize o CAEP 5 – Prestação de contas
    21. 21. DÍZIMO Algumas Estratégias para uma Gestão Renovada: 6 – Criação de um caixa único 7 – Capacitação dos funcionários no atendimento 8 – Secretaria especifica 9 – Investimento na dimensão social 10 – Uso da Internet e das redes sociais
    22. 22. DÍZIMO Algumas Estratégias para uma Ação Pastoral: 1 – Conquiste pessoas para a Pastoral do Dízimo. 1 a 2 agentes para cada múltiplo de 10 dizimistas. 2 – Curso de formação para os novos agentes (espiritualidade, história, conceito, bíblia, pastoral, etc) 3 – Escolha os agentes para ser missionários da pastoral. 4 – Preparar a equipe de plantão (atendimento) 5 – Formação dos funcionários e lideranças da paróquia.
    23. 23. DÍZIMO Algumas Estratégias para uma Ação Pastoral: 6 – implantar o dízimo mirim na paróquia 7 – formação nas diversas áreas da Catequese 8 – Celebração do Mês do Dízimo. 9 – Encontro com todos os dizimistas 10 – Inserção dos dizimistas na ação pastoral
    24. 24. “Confiando na ação do Espírito Santo, as Paróquias tem condições de compreender que esse é o tempo mais oportuno para uma nova Evangelização... Acreditanto que para Deus nada é impossível, é importante vencer o péssimismo da situação. Ele mesmo renova todas as coisas. É hora de renovarmos as Paróquias para que se organizem em Comunidades e favereçam as multiformes manifestações da Vida Crista” Estudo CNBB 104 – Comunidade de Comunidades: Uma nova Paróquia.
    25. 25. Com o dízimo equilibrado sobra tempo para o mais importante: Evangelizar.
    26. 26. Muito Obrigado e que Deus seja Louvado! André Luiz Moreira dos Santos Comunidade Católica Jesus Estrela Guia jesusestrelaguia@gmail.com (71) 9164-2007 (Tim)

    ×