Saude_bucal_autocuidado_DM

4.244 visualizações

Publicada em

Autocuidado: como apoiar a pessoa com Diabetes - Nível superior - Unidade 3 - Módulo 5

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.244
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.641
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saude_bucal_autocuidado_DM

  1. 1. Como promover o autocuidado no dia a dia: Intervenções para Mudança de Hábitos de Vida e Autocuidado Apoiado no Diabetes Mellitus - Saúde Bucal - Marilene Issa Fernandes Cassiano K. Rösing Doutores em Periodontia/Profes. Associados UFRGS
  2. 2. Como promover o autocuidado no dia a dia • Intervenções para Mudança de Hábitos de Vida e Autocuidado Apoiado no Diabetes Mellitus: – Saúde Bucal. • Um comportamento de autocuidado associado a saúde bucal esta associado ao entendimento da interrelação entre doença periodontal e doenças sistêmicas, identificando as características clínicas associadas a doença e estratégias voltadas a um comportamento que favoreça a saúde.
  3. 3. DOENÇA PERIODONTAL gengivite periodontite A gengivite é um pré-requisito para o estabelecimento de uma periodontite, mas nem toda a gengivite evolui para uma periodontite. A gengivite é uma inflamação limitada à gengiva, enquanto a periodontite acomete as estruturas que suportam os dentes.
  4. 4. Gengivite • É um processo inflamatório decorrente da presença do biofilme supragengival; • Caracteriza-se por gengivas sangrantes e vermelhas; • Frequentemente associada à halitose; • Não apresenta perda das estruturas de suporte / tecido ósseo; • O tratamento da gengivite é o controle do biofilme supragengival. Biofilme supragengival
  5. 5. Controle do biofilme supragengival • Necessidade de remoção de fatores que dificultem a remoção do biofilme, por exemplo cálculo dental, pelo profissional; • Adequada remoção do biofilme supragengival, duas vezes ao dia, com escova dental, fio dental ou outros instrumentos, indicados de acordo com necessidades específicas. O principal autocuidado com a saúde bucal é a higienização dos dentes diariamente, que tem como objetivo a remoção do biofilme supragengival.
  6. 6. Periodontite • É um processo inflamatório decorrente da presença do biofilme subgengival; • A presença do biofilme subgengival é determinada pelo exame profissional; • Caracteriza-se por sangramento periodontal ou supuração; • Ocasiona a destruição dos tecidos de suporte do dente/perda óssea; • O tratamento está associado ao controle do biofilme subgengival. Biofilme subgengival
  7. 7. Controle do biofilme subgengival • A remoção do biofilme subgengival é de responsabilidade do profissional, cirurgião dentista.
  8. 8. Inter-relação entre Doenças Periodontais e Doenças Sistêmicas Osteoporose Agressão Microbiana Resposta Imuno- Inflamatória do hospedeiro Metabolismo do Tecido Conjuntivo e Ósseo Sinais Clínicos da DP: Início e Progressão Anticorpo Antígenos PMN Fatores de Virulência LPS Parto pretermo MMPs Citocinas Fumo Diabetes StressObesidade Doenças Cardiovasculares AVC Doenças respiratórias Diabetes Fatores desconhecidos Fatores genéticos RÖSING et al., 2006
  9. 9. Periodontite • A periodontite é uma infecção bucal crônica comum e a principal causa de perda de dentes em adultos. É considerada a sexta complicação do diabetes mellitus, mostrando ser um fator de risco para o controle glicêmico.
  10. 10. o Gengiva inchada o Cor avermelhada o Sangramento espontâneo
  11. 11. o Controle glicêmico inadequado o Abcesso periodontal o Sangramento gengival espontâneo o Gengiva edemaciada / inchada
  12. 12. Diabetes e doença periodontal • Há uma clara relação entre o grau de hiperglicemia e da severidade da periodontite. Prevalência de D.P. em diabéticos é maior que em não-diabéticos Prevalência de diabetes em pacientes periodontais é duas vezes maior que em pacientes sem periodontite
  13. 13. 04 95 92 92 95 03 Avaliação radiográfica
  14. 14. Dados Epidemiológicos • Dados epidemiológicos confirmam que o diabetes é um fator de risco para periodontite com suscetibilidade aumentada em cerca de três vezes. A periodontite é altamente prevalente, a forma severa afeta 10-15% dos adultos, com impacto negativo na qualidade de vida.
  15. 15. o Sangramento espontâneo o Presença de pus o Gengiva inchada o Queixa de halitose
  16. 16. Periodontite x Diabetes • Atualmente, há um alerta na relação entre o diabetes e a periodontite, pois não só o diabetes é um fator de risco para periodontite, mas também a periodontite pode ter um efeito negativo sobre o controle da glicemia, sendo uma relação de “duas vias”. periodontite diabetes
  17. 17. Área estimada do epitélio da bolsa em contato com o biofilme, em um paciente com periodontite de moderada a severa, correspondendo a 72 cm2.
  18. 18. Periodontite x Diabetes • Assim, a atuação clínica da equipe de saúde precisa estar atenta na avaliação dos sintomas indicativos de periodontite e gengivite para que um adequado tratamento seja indicado. • Observar queixa de: – Sangramento gengival; – Mobilidade dos dentes; – Edema ou inchaço; – Dor na gengiva; – Halitose.
  19. 19. Considerações finais • A terapia periodontal em pacientes com diabetes está associada com melhorias no controle glicêmico ,o que pode ser clinicamente relevante na gestão da diabetes; • A saúde bucal deve ser promovida em pessoas com diabetes como um componente integrante do controle da saúde como um todo; • O autocuidado de higienização dos dentes diariamente é importante; • Uma colaboração mais estreita entre as equipes de saúde é necessário para a gestão conjunta de pessoas com diabetes e periodontite.
  20. 20. • Nery, CP Diabetes e relação com as doenças periodontais. Revista Perio News, 2008, 2 (3): 178-83. – http://www.perionews.com.br/materia-capa/Perio-mat-v.2-n.3.pdf • Silva-Boghossian C. et al., Relação entre o tratamento periodonta e o controle metabólico do Diabete Mellitus - Revisão de Literatura. Revista de Periodontia, 2009, v19 (3): 20-25. – http://www.revistasobrape.com.br/arquivos/set_2009/artigo3.pdf • Monteiro AM et al., interrelação doença periodontal Diabetes Mellitus: uma análise crítica. Rev Inst Ciencia Saúde 2006, 24(3): 223-30. – http://www.unip.br/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2006/03_jul_set/V24 _N3_2006_p223-230.pdf • Novaes Júnior AB, et al., Inter- relação doença periodontal Diabetes Mellitus. Revista de Periodontia,2007, 17(2): 39-44. – http://www.revistasobrape.com.br/arquivos/edicao_atual/ed_junho_07.pdf Referências:

×