Plantas e gravidez

2.669 visualizações

Publicada em

Curso de plantas medicinais e fitoterapia - Caso 4 - Plantas e gravidez

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.669
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.716
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plantas e gravidez

  1. 1. PLANTAS MEDICINAIS E GRAVIDEZ CURSO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERAPIA PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
  2. 2. PLANTAS E GRAVIDEZ Na utilização de qualquer medicamento na gravidez, deve ser sempre levado em conta a relação custo benefício. Este mesmo cuidado deve ser aplicado ao uso de plantas medicinais. Se para muitos medicamentos as informações disponíveis são escassas, para as plantas medicinais esta escassez de dados é ainda mais acentuada. Como regra geral plantas medicinais devem ser evitadas durante a gravidez.
  3. 3. ATENÇÃO! O uso de plantas medicinais durante a gravidez ou lactação, pode causar estímulo da contração uterina e consequente aborto ou parto prematuro; ações hormonais que possibilitem alterações no desenvolvimento fetal, ou ainda ações mutagênicas e teratogênicas que podem levar a má formação do feto.
  4. 4. EXEMPLOS DE PLANTAS E SEUS POTENCIAIS RISCOS NA GRAVIDEZ E LACTAÇÃO ALCACHOFRA Nome científico: Cynara escolimus Restrição de uso: Amamentação Efeito: Redução do leite BABOSA Nome científico:Aloe vera L. Restrição de uso: Gestação Efeitos: Hemorragia e aborto
  5. 5. ARNICA Nome científico: Arnica montana L. Restrições de uso: Gestação e amamentação Efeitos: Vômitos e cólicas; Hemorragia e aborto; BUCHA DO NORTE OU CABAÇINHA Nome científico: Lufta operculata (L.) Cogn. Restrição de uso: Gestação Efeitos: Hemorragia e aborto
  6. 6. *BOLDO DO CHILE Nome científico: Peumus boldus Mol. Restrição de uso: Gestação Efeito: Aborto MALVA-SANTA OU FALSO BOLDO Nome científico: Plectranthus barbatus Andr. Restrição de uso: Gestação Efeito: Aborto *Folhas de boldo dessecadas
  7. 7. CANELA Nome científico: Cinnamomum zeylanicum Nees. Restrição de uso: Gestação Efeito: Aborto CARQUEJA Nome científico: Bacharis trimera (Less) DC. Restrição de uso: Gestação Efeito: Pode causar contrações uterinas
  8. 8. CAVALINHA Nome científico: Equisetum arvense L. Restrição de uso: Gestação Efeito: Deficiência de tiamina (Vitamina B1 ) CÁSCARA SAGRADA Nome científico: Ramnus purshiana D.C. Restrições de uso: Gestação e Amamentação Efeitos: Contrações e aborto; Cólicas e diarréia do lactente
  9. 9. ESPINHEIRA SANTA Nome científico: Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek Restrição de uso: Amamentação Efeito: Redução do leite GUACO Nome científico: Mikania glomerata Spreng. Restrição de uso: Gestação Efeito: Risco de hemorragia
  10. 10. LOSNA Nome científico: Artemisia absinthium L. Restrição de uso: Gestação Efeitos: Contrações e aborto Cólicas e convulsões POEJO Nome científico: Mentha pulegium L. Restrição de uso: Gestação Efeito: Aborto
  11. 11. QUEBRA PEDRA Nome científico: Phyllanthus niruri Linn. Restrições de uso: Gestação e amamentação Efeitos: Aborto, Cólicas e diarréia ROMÃ Nome científico: Punica granatum L. Restrição de uso: Gestação Efeitos: Contrações e aborto
  12. 12. RUIBARBO Nome científico: Rheum palmatum L., Restrições de uso: Gestação e amamentação Efeitos: Contrações e aborto Cólicas e diarréia do lactente *SENE Nome científico: Sena alexandrina Mill. Restrições de uso: Gestação e amamentação Efeitos: Contrações e aborto Cólicas e diarréia do lactente *Folíolos de sene dessecados
  13. 13. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departameto de Atenção Báscia. Práticas integrativas e complementares; plantas medicinais e fitoterapia na Atenção Báscia/Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica – Brasília: Ministério da Saúde, 2012. MATOS, F.J.A. et al. Plantas Tóxicas: Estudo de Fitotoxicologia Química de Plantas Brasileiras. São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora, 2011,247p. SIMÕES, C.M.O.; SCHENKEL E.P.; GOSMANN, G.; MELLO J.C.P.; MENTZ L.A.; PETROWICK P.R.: Farmacognosia: da planta ao medicamento. 2. ed. Porto Alegre/Florianópolis: Ed. UFRGS, 2000. Cap. 35, p:755-788. SILVEIRA, F S. BANDEIRA, M A M, ARRAIS, P S D. Farmacovigilância e reações adversas às plantas medicinais e fitoterápicos: uma realidade. Departamento de Farmácia, Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Revista Brasileira de Farmacognosia . 18(4): 618-626, Out./Dez. 2008.

×