SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
Baixar para ler offline
SECRETARIA DE ESTADO DA
CIÊNCIA, TECNOLOGIA E
ENSINO SUPERIOR

SECRETÁRIO JOÃO CARLOS GOMES

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

ONDE ESTAMOS?
ENSINO PRESENCIAL (36 municípios)

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

ONDE ESTAMOS?
ENSINO A DISTÂNCIA (47 polos*)

* em 2014 serão 60 polos do Ensino a Distância com ofertas de Cursos de Graduação e
Pós-Graduação pelas Universidades Estaduais no Paraná
2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

PERFIL DO SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•

ALUNOS: 97.776
Graduação: 79.138
Especialização: 12.780
Pós-Graduação Stricto Sensu: 5.858
DOCENTES: 7.612
AGENTES UNIVERSITÁRIOS: 8.293
CURSOS DE GRADUAÇÃO: 401
. Presencial: 385
. A Distância: 16
CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO:
ESPECIALIZAÇÃO: 426
MESTRADO: 152
DOUTORADO: 56
HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS: 4
2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

ALUNOS UNIVERSIDADES ESTADUAIS
Número de alunos

Estado
São Paulo
Paraná
Bahia
Rio de Janeiro
Minas Gerais
Santa Catarina
Rio Grande do Sul

(Graduação/Pós-Graduação – Mestrado
e Doutorado)

160.000
85.000*
45.000
29.000
14.500
11.000
2.500

* As Universidades Estaduais do Paraná possuem 60% dos alunos de Graduação e PósGraduação Stricto-sensu em Universidades Públicas (Estaduais e Federais ) matriculados
no Estado do Paraná.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

AVALIAÇÃO MEC / IGC
MEC/PR (Nota de 1 a 5):
Universidades com nota 4
UEL, UEM, UEPG, UNICENTRO, UNIOESTE, UFPR e UTFPR
Universidades com nota 3
UENP, PUC/PR

AVALIAÇÃO MEC / ENADE-2012/2013
Paraná / 27 Cursos nota Máxima (5)
. 14 Universidades Estaduais

.
.
.

9 Instituições Privadas
3 Instituições Federais
1 Instituição Municipal

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

PARQUE TECNOLÓGICO VIRTUAL DO
PARANÁ
Plataforma que visa a cooperação técnico
científica entre academia, governo e empresas de
base tecnológica.
Fixar e atrair empresas de base tecnológica para o
Estado do Paraná.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

PROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO EM
MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE
PEQUENO PORTE NO ESTADO DO
PARANÁ

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

SUBVENÇÃO ECONÔMICA
Apoiar, por meio de Subvenção
Econômica, o desenvolvimento de inovações
que promovam incremento da competitividade
das microempresas e empresas de pequeno
porte em setores estratégicos nas políticas
públicas.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Temas de Apoio
Setores estratégicos do MCTI:
• Petróleo e gás
• Energias alternativas
• Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC)
Setores prioritários do Governo do Paraná:
• Ciências Biológicas e Biotecnologia
• Ciências e Tecnologias Ambientais
• Ciências e Tecnologias Agrárias e Agronegócio
• Mobilidade
• Metalmecânica e Eletroeletrônica

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Contrato de Subvenção Econômica*
Valor contratado - R$ 22,5 milhões
Recursos da FINEP
• R$ 15 milhões

Recursos da contrapartida estadual (SETI)
• R$ 7,5 milhões

* Os valores aprovados

para cada empresa dependerão da
classificação do projeto na fase de avaliação do mérito e
relevância.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Público beneficiário
Microempresas (MEE):
Faturamento anual em 2012: até R$ 360 mil
Empresas de Pequeno Porte (EPP):
 Faturamento anual em 2012:
> R$ 360 mil e < R$ 3,6 milhões
Empresas de Base Tecnológica instaladas até 6 meses
antes da data de lançamento da Chamada Pública e
registradas na Junta Comercial e com CNPJ do Paraná,.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS

•O
Programa
Universidade
Sem
Fronteiras (Lei Estadual), elaborado
pela Secretaria de Estado da Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior do Paraná
e executado pelas Universidades.
•É hoje, em investimento financeiro e
capital humano a maior ação de
extensão universitária em curso no
Brasil.
•O critério fundamental que orienta a
proposição e seleção dos projetos, é o
seu desenvolvimento nos municípios
socialmente mais críticos, identificados a
partir da mensuração do seu Índice de
Desenvolvimento Humano (IDH-M).

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

BOM NEGÓCIO PARANÁ
O Governo do Estado do
Paraná criou o Programa Bom
Negócio Paraná e a Linha de
Crédito
do
Banco
do
Empreendedor
Paraná
especialmente voltados às
micro e pequenas empresas
dos
setores
industrial,
comercial e de serviços de
todo o estado.
A partir de 2014 será ofertado
o Curso de Capacitação para o
Programa
Bom
Negócio
Paraná
no
formato
a
Distância,
o
que
vai
possibilitar atender milhares de
empreendedores em todo o
Estado do Paraná
2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

O PDE é hoje uma Lei Estadual e visa a capacitação dos
professores da Rede Pública de Ensino Básico.
Anualmente professores se afastam da sala de aula para
realizar cursos que são ofertados pelas Universidades
Estaduais.
O Programa além de capacitar professores, promove a
integração entre o ensino básico e o ensino superior.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

. 7.220 professores capacitados
. 4.035 professores em capacitação

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

. 30 vagas a cada 2 anos
. Dissertação do Mestrado desenvolvida na área de atuação do
Servidor Público Estadual.
. Está em oferta a 3ª turma

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Curso de especialização em Projetos e Obras Públicas
de Edificação
. 200 residentes (engenheiros/arquitetos graduados até no máximo
três anos que deverão cumprir 30 h de atividades semanais, num
órgão publico), recebendo uma bolsa no valor de R$ 1.900,00.
. 100 vagas para servidores
engenheiros/arquitetos.

estaduais

no

cargo

2014

de
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Curso de especialização em Gestão Pública com
Ênfase em Assistência Social
. 210 residentes (serviço social / contabilidade / psicologia /
direito / pedagogia / jornalismo..., graduados até no máximo três
anos que deverão cumprir 30 h de atividades semanais, num
órgão público) recebendo uma bolsa no valor de R$ 1.900,00.
. 560 vagas para servidores estaduais.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

O Paraná Fala Línguas Estrangeiras
Primeira Etapa: O Paraná Fala Inglês

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Público Alvo ou “Beneficiado”
Estudantes de graduação, pós-graduação, docentes e agentes administrativos.
Estudantes das áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras.

 Aplicação de teste de nivelamento (TOEFL ITP) para os
candidatos interessados – 120 vagas por universidade
 Início dos cursos de proficiência em língua inglesa, na
modalidade presencial, com as seguintes características:
• Curso pré-preparatório para exames internacionais de língua
inglesa (nível intermediário), com duração de 120 horas.
•

Curso preparatório para exames internacionais de língua inglesa
(nível pós-intermediário), com duração de 120 horas.
2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Paraná Fala Inglês

Impactos socioeconômicos do projeto
Ampliação das condições de participação dos alunos no Programa Ciência
sem Fronteiras;
Impulso para a internacionalização do Estado e das universidades;
Capacitação da população do Estado para a internacionalização,
principalmente no que tange à pós-graduação stricto sensu;
Melhoria da parceria e intercâmbio com instituições internacionais
congêneres.

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
Para o projeto da CASA DO VISITANTE INTERNACIONAL, levouse em conta alguns fatores como primordiais:
•Abrigar os visitantes de outros países nas IES em local próprio;
•Dar conforto aos futuros usuários do local, como por exemplo,
privacidade e comodidade devido as relações didáticas;
•Ambiente com a melhor insolação possível, gerando sensação de
conforto e bem estar;
•Ambiente climatizado e dotado de infraestrutura de apoio e logística;
•Acessibilidade;
•Racionalização do projeto e estética;
•Aproveitamento do terreno;
•Uso da luz natural;
•Setorização dos serviços;
PERSPECTIVAS
Perspectiva Externa
Perspectiva Externa
Planta – Apartamento
Legenda
1 – Cozinha
2 – Quarto
3 – Banheiro
4 – Fosso Iluminação

4
2
3

1
Perspectiva Interna

Quarto
Perspectiva Interna

Quarto - Banheiro
Perspectiva Interna

Cozinha
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

INVESTIMENTOS
SISTEMA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

ANO

R$

2006

R$ 858.835.311,21
R$ 959.061.111,32
R$ 1.164.770.595,45
R$ 1.335.688.766,29
R$ 1.472.706.626,71
R$ 1.516.251.011,76
R$ 1.760.479.753,85
R$ 2.382.704.708,00
R$ 2.674.913.350,00 (PREVISÃO)

2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

ORÇAMENTO APLICADO
UNIVERSIDADES ESTADUAIS

ANO

R$

2006

R$ 716.577.483,00
R$ 803.374.708,00
R$ 982.560.277,00
R$ 1.134.363.182,00
R$ 1.269.625.356,00
R$ 1.389.438.673,00
R$ 1.536.607.809.00
R$ 2.118.666.284,00
R$ 2.372.135.450,00

2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014(PREVISÃO)

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

INVESTIMENTOS NA INFRAESTRUTURA NAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Programa de Infraestrutura IEES
Unidade Gestora do Fundo Paraná - UGF

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

Programa de Infraestrutura IEES
Unidade Gestora do Fundo Paraná
Instituições

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013/2014

1. UEL

3.601.506,00

4.510.457,00

5.145.008,00

5.779.559,00

5.652.000,00

6.047.640,00

6.000.000,00

9.000.000,00

46.131.810,00

2. UEM

3.112.066,00

3.897.492,00

4.445.808,00

4.994.125,00

5.511.000,00

6.736.770,00

6.000.000,00

9.000.000,00

44.083.031,00

3. UNIOESTE

2.137.205,05

2.676.594,00

3.053.150,00

3.429.705,00

3.242.000,00

4.468.940,00

3.000.000,00

4.500.000,00

26.734.534,05

4. UEPG

1.962.393,63

2.457.664,00

2.803.419,00

3.149.174,00

2.493.000,00

2.667.510,00

6.000.000,00

4.500.000,00

26.207.670,63

5. UNICENTRO

1.105.748,00

1.384.817,00

1.579.639,00

1.774.462,00

2.575.000,00

2.755.250,00

3.000.000,00

4.500.000,00

18.855.166,00

6. UENP

684.910,49

846.886,96

978.862,99

1.112.049,27

1.818.986,00

1.946.315,02

3.000.000,00

4.500.000,00

15.015.339,75

7. FAFIPA

262.900,00

325.444,00

376.038,52

426.801,93

706.000,00

755.420,00

428.570,00

8. FECILCAM

194.441,31

240.400,02

277.773,30

315.315,35

705.000,00

754.350,00

428.570,00

9. FAFIPAR

171.512,43

212.052,00

245.018,15

278.153,15

659.000,00

705.130,00

428.570,00

10. FECEA

125.655,51

155.355,00

179.507,87

203.828,75

634.000,00

678.380,00

428.570,00

4.500.000,00

22.814.371,43

11. FAFIUV

182.963,00

226.224,01

261.395,73

296.734,25

489.000,00

523.230,00

428.570,00

12. FAP

228.834,21

282.922,00

325.759,64

371.058,65

295.000,00

315.650,00

428.570,00

13. EMBAP

232.286,00

282.922,00

326.906,00

371.058,65

220.000,00

235.400,00

428.570,00

Total Anual:

14.002.421,63

17.499.229,99

19.998.286,20

22.502.025,00

24.999.986,00

28.589.985,02

29.999.990,00

40.500.000,00

199.841.922,86

2014

Total Geral
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

2014
SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

% DE REAJUSTE CONCEDIDOS AOS PROFESSORES DO
MAGISTERIO SUPERIOR
ANO

DATA BASE
(Mês de maio)

AUMENTO
REAL * (Mês de outubro)

TOTAL
ACULUMULADO
%

2011

6,5

-

6,5

2012

5,1

7,14

19,92

2013

6.49

7,14

36,82

2014

6.5**

7,14

56,12***

2015

6.5**

7,14

78,14***

* Lei nº 17.280 de 22 de agosto de 2012
** Previsão aumento data base anos mês de maio (2014 e 2015)
*** Previsão dos anos de 2014 e 2015, considerando a Lei já aprovada e sancionada pelo Governador
Beto Richa
RESUMINDO:
O Governador Beto Richa, até o final de seu primeiro mandato (2014) dará um aumento real aos professores das
Universidades Estaduais Paranaenses, totalizando 56,12%.
E se considerarmos as 4 parcelas já aprovadas e que serão implantadas até o final de 2015, o aumento dos
professores será de 78,14%

2014
2014

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Relatório SETI 2014

Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...
Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...
Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...Universidade de Pernambuco
 
Programa aluno voluntário 2013 atualizado
Programa aluno voluntário 2013 atualizadoPrograma aluno voluntário 2013 atualizado
Programa aluno voluntário 2013 atualizadoPesquisa Acaraú
 
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e UrbanísticaOficina de Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e UrbanísticaFernando Zornitta
 
Edital tae 2019 definitivo
Edital tae 2019 definitivoEdital tae 2019 definitivo
Edital tae 2019 definitivoblogdoelvis
 
Apresentação Senac Jaboticabal | Parcerias 2014
Apresentação Senac Jaboticabal |  Parcerias 2014Apresentação Senac Jaboticabal |  Parcerias 2014
Apresentação Senac Jaboticabal | Parcerias 2014Cátia Ferreira
 
Apresentação senac jaboticabal parcerias 2014
Apresentação senac jaboticabal   parcerias 2014Apresentação senac jaboticabal   parcerias 2014
Apresentação senac jaboticabal parcerias 2014Cátia Ferreira
 
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...Governo do Estado do Ceará
 
Caderno Institucional da Uninter
Caderno Institucional da UninterCaderno Institucional da Uninter
Caderno Institucional da UninterCamila Tremea
 
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...Alexey Carvalho
 
Ciência sem Fronteiras
Ciência sem FronteirasCiência sem Fronteiras
Ciência sem FronteirasConfap
 
O olhar crítico sobre "este" digital na educação
O olhar crítico sobre "este" digital na educaçãoO olhar crítico sobre "este" digital na educação
O olhar crítico sobre "este" digital na educaçãoFernanda Ledesma
 
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIE
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIEApresentação 1º ESLE/XXI SBIE
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIECesar Martins
 
Menten plano de gestão-pdf
Menten plano de gestão-pdfMenten plano de gestão-pdf
Menten plano de gestão-pdfDiogo Luis Nalle
 
Etica e cidadania no setor público
Etica e cidadania no setor públicoEtica e cidadania no setor público
Etica e cidadania no setor públicoPomPeu Pompeu
 
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03gueste13600
 
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência Aberta
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência AbertaAvaliação Científica na Política Nacional de Ciência Aberta
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência AbertaLígia Maria Ribeiro
 

Semelhante a Relatório SETI 2014 (20)

141020 gestão ii-2
141020 gestão ii-2141020 gestão ii-2
141020 gestão ii-2
 
Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...
Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...
Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia da Computação ( Universida...
 
Programa aluno voluntário 2013 atualizado
Programa aluno voluntário 2013 atualizadoPrograma aluno voluntário 2013 atualizado
Programa aluno voluntário 2013 atualizado
 
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e UrbanísticaOficina de Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística
Oficina de Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística
 
Edital tae 2019 definitivo
Edital tae 2019 definitivoEdital tae 2019 definitivo
Edital tae 2019 definitivo
 
Apresentação Senac Jaboticabal | Parcerias 2014
Apresentação Senac Jaboticabal |  Parcerias 2014Apresentação Senac Jaboticabal |  Parcerias 2014
Apresentação Senac Jaboticabal | Parcerias 2014
 
Apresentação senac jaboticabal parcerias 2014
Apresentação senac jaboticabal   parcerias 2014Apresentação senac jaboticabal   parcerias 2014
Apresentação senac jaboticabal parcerias 2014
 
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...
Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromi...
 
Caderno Institucional da Uninter
Caderno Institucional da UninterCaderno Institucional da Uninter
Caderno Institucional da Uninter
 
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...
REFLEXÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO BRASIL: QUESTÃO SOCIAL, QUALIDADE E E...
 
Ciência sem Fronteiras
Ciência sem FronteirasCiência sem Fronteiras
Ciência sem Fronteiras
 
Edital Nº 019/2016 IFRN
Edital Nº 019/2016 IFRNEdital Nº 019/2016 IFRN
Edital Nº 019/2016 IFRN
 
ENEM - TÁ LIGADO?
ENEM - TÁ LIGADO?ENEM - TÁ LIGADO?
ENEM - TÁ LIGADO?
 
O olhar crítico sobre "este" digital na educação
O olhar crítico sobre "este" digital na educaçãoO olhar crítico sobre "este" digital na educação
O olhar crítico sobre "este" digital na educação
 
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIE
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIEApresentação 1º ESLE/XXI SBIE
Apresentação 1º ESLE/XXI SBIE
 
Menten plano de gestão-pdf
Menten plano de gestão-pdfMenten plano de gestão-pdf
Menten plano de gestão-pdf
 
Bom negocio modelo
Bom negocio modeloBom negocio modelo
Bom negocio modelo
 
Etica e cidadania no setor público
Etica e cidadania no setor públicoEtica e cidadania no setor público
Etica e cidadania no setor público
 
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
Apresentacao Proinfo Reuniao Tecnica 17 03
 
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência Aberta
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência AbertaAvaliação Científica na Política Nacional de Ciência Aberta
Avaliação Científica na Política Nacional de Ciência Aberta
 

Último

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 

Último (20)

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 

Relatório SETI 2014

  • 1. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR SECRETÁRIO JOÃO CARLOS GOMES 2014
  • 2. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 3. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 4. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR ONDE ESTAMOS? ENSINO PRESENCIAL (36 municípios) 2014
  • 5. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR ONDE ESTAMOS? ENSINO A DISTÂNCIA (47 polos*) * em 2014 serão 60 polos do Ensino a Distância com ofertas de Cursos de Graduação e Pós-Graduação pelas Universidades Estaduais no Paraná 2014
  • 6. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR PERFIL DO SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ • • • • • • • • • • • • • • ALUNOS: 97.776 Graduação: 79.138 Especialização: 12.780 Pós-Graduação Stricto Sensu: 5.858 DOCENTES: 7.612 AGENTES UNIVERSITÁRIOS: 8.293 CURSOS DE GRADUAÇÃO: 401 . Presencial: 385 . A Distância: 16 CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO: ESPECIALIZAÇÃO: 426 MESTRADO: 152 DOUTORADO: 56 HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS: 4 2014
  • 7. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR ALUNOS UNIVERSIDADES ESTADUAIS Número de alunos Estado São Paulo Paraná Bahia Rio de Janeiro Minas Gerais Santa Catarina Rio Grande do Sul (Graduação/Pós-Graduação – Mestrado e Doutorado) 160.000 85.000* 45.000 29.000 14.500 11.000 2.500 * As Universidades Estaduais do Paraná possuem 60% dos alunos de Graduação e PósGraduação Stricto-sensu em Universidades Públicas (Estaduais e Federais ) matriculados no Estado do Paraná. 2014
  • 8. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR AVALIAÇÃO MEC / IGC MEC/PR (Nota de 1 a 5): Universidades com nota 4 UEL, UEM, UEPG, UNICENTRO, UNIOESTE, UFPR e UTFPR Universidades com nota 3 UENP, PUC/PR AVALIAÇÃO MEC / ENADE-2012/2013 Paraná / 27 Cursos nota Máxima (5) . 14 Universidades Estaduais . . . 9 Instituições Privadas 3 Instituições Federais 1 Instituição Municipal 2014
  • 9. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 10. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 11. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR PARQUE TECNOLÓGICO VIRTUAL DO PARANÁ Plataforma que visa a cooperação técnico científica entre academia, governo e empresas de base tecnológica. Fixar e atrair empresas de base tecnológica para o Estado do Paraná. 2014
  • 12. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 13. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 14. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR PROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO EM MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO ESTADO DO PARANÁ 2014
  • 15. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR SUBVENÇÃO ECONÔMICA Apoiar, por meio de Subvenção Econômica, o desenvolvimento de inovações que promovam incremento da competitividade das microempresas e empresas de pequeno porte em setores estratégicos nas políticas públicas. 2014
  • 16. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Temas de Apoio Setores estratégicos do MCTI: • Petróleo e gás • Energias alternativas • Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) Setores prioritários do Governo do Paraná: • Ciências Biológicas e Biotecnologia • Ciências e Tecnologias Ambientais • Ciências e Tecnologias Agrárias e Agronegócio • Mobilidade • Metalmecânica e Eletroeletrônica 2014
  • 17. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Contrato de Subvenção Econômica* Valor contratado - R$ 22,5 milhões Recursos da FINEP • R$ 15 milhões Recursos da contrapartida estadual (SETI) • R$ 7,5 milhões * Os valores aprovados para cada empresa dependerão da classificação do projeto na fase de avaliação do mérito e relevância. 2014
  • 18. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Público beneficiário Microempresas (MEE): Faturamento anual em 2012: até R$ 360 mil Empresas de Pequeno Porte (EPP):  Faturamento anual em 2012: > R$ 360 mil e < R$ 3,6 milhões Empresas de Base Tecnológica instaladas até 6 meses antes da data de lançamento da Chamada Pública e registradas na Junta Comercial e com CNPJ do Paraná,. 2014
  • 19. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 20. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS •O Programa Universidade Sem Fronteiras (Lei Estadual), elaborado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná e executado pelas Universidades. •É hoje, em investimento financeiro e capital humano a maior ação de extensão universitária em curso no Brasil. •O critério fundamental que orienta a proposição e seleção dos projetos, é o seu desenvolvimento nos municípios socialmente mais críticos, identificados a partir da mensuração do seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M). 2014
  • 21. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 22. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR BOM NEGÓCIO PARANÁ O Governo do Estado do Paraná criou o Programa Bom Negócio Paraná e a Linha de Crédito do Banco do Empreendedor Paraná especialmente voltados às micro e pequenas empresas dos setores industrial, comercial e de serviços de todo o estado. A partir de 2014 será ofertado o Curso de Capacitação para o Programa Bom Negócio Paraná no formato a Distância, o que vai possibilitar atender milhares de empreendedores em todo o Estado do Paraná 2014
  • 23. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 24. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR O PDE é hoje uma Lei Estadual e visa a capacitação dos professores da Rede Pública de Ensino Básico. Anualmente professores se afastam da sala de aula para realizar cursos que são ofertados pelas Universidades Estaduais. O Programa além de capacitar professores, promove a integração entre o ensino básico e o ensino superior. 2014
  • 25. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR . 7.220 professores capacitados . 4.035 professores em capacitação 2014
  • 26. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 27. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR . 30 vagas a cada 2 anos . Dissertação do Mestrado desenvolvida na área de atuação do Servidor Público Estadual. . Está em oferta a 3ª turma 2014
  • 28. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Curso de especialização em Projetos e Obras Públicas de Edificação . 200 residentes (engenheiros/arquitetos graduados até no máximo três anos que deverão cumprir 30 h de atividades semanais, num órgão publico), recebendo uma bolsa no valor de R$ 1.900,00. . 100 vagas para servidores engenheiros/arquitetos. estaduais no cargo 2014 de
  • 29. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Curso de especialização em Gestão Pública com Ênfase em Assistência Social . 210 residentes (serviço social / contabilidade / psicologia / direito / pedagogia / jornalismo..., graduados até no máximo três anos que deverão cumprir 30 h de atividades semanais, num órgão público) recebendo uma bolsa no valor de R$ 1.900,00. . 560 vagas para servidores estaduais. 2014
  • 30. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 31. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR O Paraná Fala Línguas Estrangeiras Primeira Etapa: O Paraná Fala Inglês 2014
  • 32. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Público Alvo ou “Beneficiado” Estudantes de graduação, pós-graduação, docentes e agentes administrativos. Estudantes das áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras.  Aplicação de teste de nivelamento (TOEFL ITP) para os candidatos interessados – 120 vagas por universidade  Início dos cursos de proficiência em língua inglesa, na modalidade presencial, com as seguintes características: • Curso pré-preparatório para exames internacionais de língua inglesa (nível intermediário), com duração de 120 horas. • Curso preparatório para exames internacionais de língua inglesa (nível pós-intermediário), com duração de 120 horas. 2014
  • 33. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Paraná Fala Inglês Impactos socioeconômicos do projeto Ampliação das condições de participação dos alunos no Programa Ciência sem Fronteiras; Impulso para a internacionalização do Estado e das universidades; Capacitação da população do Estado para a internacionalização, principalmente no que tange à pós-graduação stricto sensu; Melhoria da parceria e intercâmbio com instituições internacionais congêneres. 2014
  • 34. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 35. Para o projeto da CASA DO VISITANTE INTERNACIONAL, levouse em conta alguns fatores como primordiais: •Abrigar os visitantes de outros países nas IES em local próprio; •Dar conforto aos futuros usuários do local, como por exemplo, privacidade e comodidade devido as relações didáticas; •Ambiente com a melhor insolação possível, gerando sensação de conforto e bem estar; •Ambiente climatizado e dotado de infraestrutura de apoio e logística; •Acessibilidade; •Racionalização do projeto e estética; •Aproveitamento do terreno; •Uso da luz natural; •Setorização dos serviços;
  • 39. Planta – Apartamento Legenda 1 – Cozinha 2 – Quarto 3 – Banheiro 4 – Fosso Iluminação 4 2 3 1
  • 43. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 44. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR INVESTIMENTOS SISTEMA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR ANO R$ 2006 R$ 858.835.311,21 R$ 959.061.111,32 R$ 1.164.770.595,45 R$ 1.335.688.766,29 R$ 1.472.706.626,71 R$ 1.516.251.011,76 R$ 1.760.479.753,85 R$ 2.382.704.708,00 R$ 2.674.913.350,00 (PREVISÃO) 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2014
  • 45. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 46. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 47. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR ORÇAMENTO APLICADO UNIVERSIDADES ESTADUAIS ANO R$ 2006 R$ 716.577.483,00 R$ 803.374.708,00 R$ 982.560.277,00 R$ 1.134.363.182,00 R$ 1.269.625.356,00 R$ 1.389.438.673,00 R$ 1.536.607.809.00 R$ 2.118.666.284,00 R$ 2.372.135.450,00 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014(PREVISÃO) 2014
  • 48. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 49. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR INVESTIMENTOS NA INFRAESTRUTURA NAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS 2014
  • 50. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Programa de Infraestrutura IEES Unidade Gestora do Fundo Paraná - UGF 2014
  • 51. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Programa de Infraestrutura IEES Unidade Gestora do Fundo Paraná Instituições 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013/2014 1. UEL 3.601.506,00 4.510.457,00 5.145.008,00 5.779.559,00 5.652.000,00 6.047.640,00 6.000.000,00 9.000.000,00 46.131.810,00 2. UEM 3.112.066,00 3.897.492,00 4.445.808,00 4.994.125,00 5.511.000,00 6.736.770,00 6.000.000,00 9.000.000,00 44.083.031,00 3. UNIOESTE 2.137.205,05 2.676.594,00 3.053.150,00 3.429.705,00 3.242.000,00 4.468.940,00 3.000.000,00 4.500.000,00 26.734.534,05 4. UEPG 1.962.393,63 2.457.664,00 2.803.419,00 3.149.174,00 2.493.000,00 2.667.510,00 6.000.000,00 4.500.000,00 26.207.670,63 5. UNICENTRO 1.105.748,00 1.384.817,00 1.579.639,00 1.774.462,00 2.575.000,00 2.755.250,00 3.000.000,00 4.500.000,00 18.855.166,00 6. UENP 684.910,49 846.886,96 978.862,99 1.112.049,27 1.818.986,00 1.946.315,02 3.000.000,00 4.500.000,00 15.015.339,75 7. FAFIPA 262.900,00 325.444,00 376.038,52 426.801,93 706.000,00 755.420,00 428.570,00 8. FECILCAM 194.441,31 240.400,02 277.773,30 315.315,35 705.000,00 754.350,00 428.570,00 9. FAFIPAR 171.512,43 212.052,00 245.018,15 278.153,15 659.000,00 705.130,00 428.570,00 10. FECEA 125.655,51 155.355,00 179.507,87 203.828,75 634.000,00 678.380,00 428.570,00 4.500.000,00 22.814.371,43 11. FAFIUV 182.963,00 226.224,01 261.395,73 296.734,25 489.000,00 523.230,00 428.570,00 12. FAP 228.834,21 282.922,00 325.759,64 371.058,65 295.000,00 315.650,00 428.570,00 13. EMBAP 232.286,00 282.922,00 326.906,00 371.058,65 220.000,00 235.400,00 428.570,00 Total Anual: 14.002.421,63 17.499.229,99 19.998.286,20 22.502.025,00 24.999.986,00 28.589.985,02 29.999.990,00 40.500.000,00 199.841.922,86 2014 Total Geral
  • 52. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 2014
  • 53. SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR % DE REAJUSTE CONCEDIDOS AOS PROFESSORES DO MAGISTERIO SUPERIOR ANO DATA BASE (Mês de maio) AUMENTO REAL * (Mês de outubro) TOTAL ACULUMULADO % 2011 6,5 - 6,5 2012 5,1 7,14 19,92 2013 6.49 7,14 36,82 2014 6.5** 7,14 56,12*** 2015 6.5** 7,14 78,14*** * Lei nº 17.280 de 22 de agosto de 2012 ** Previsão aumento data base anos mês de maio (2014 e 2015) *** Previsão dos anos de 2014 e 2015, considerando a Lei já aprovada e sancionada pelo Governador Beto Richa RESUMINDO: O Governador Beto Richa, até o final de seu primeiro mandato (2014) dará um aumento real aos professores das Universidades Estaduais Paranaenses, totalizando 56,12%. E se considerarmos as 4 parcelas já aprovadas e que serão implantadas até o final de 2015, o aumento dos professores será de 78,14% 2014
  • 54. 2014