POSCOMP – 2006        Exame de Sele¸˜o para P´s-Gradua¸˜o em                     ca        o        ca                    ...
Instru¸˜es Gerais aos Candidatos                    co• O tempo total de dura¸˜o do exame ser´ de 4 horas.                ...
˜           ´                           QUESTOES DE MATEMATICA1. [MT] Seja T o operador linear em R3 definido por: T (x, y,...
4. [MT] A equa¸ao da reta tangente ` par´bola y = x2 no ponto (−2, 4) ´:              c˜                   a    a         ...
8. [MT] As coordenadas do centro e do raio da circunferˆncia                                                        e     ...
11. [MT] O n´mero de seq¨ˆncias de bits de comprimento 7 que cont´m um n´mero par               u        ue               ...
15. [MT] N˜o ´ correto afirmar que:          a e    (a) Se as colunas de uma matriz s˜o vetores dois a dois ortogonais, ent...
17. [MT] i. Um problema ´ selecionado aleatoriamente e resolvido pelo algoritmo. Qual                           e    a pro...
˜                            ¸˜                 QUESTOES DE FUNDAMENTOS DA COMPUTACAO21. [FU] Considere dois sistemas A e ...
(a) somente I.    (b) somente I e IV.     (c) somente I, II e IV.    (d) somente IV.     (e) todas s˜o verdadeiras.       ...
(a) n/2    (b) (n + 2)/2     (c) (n − 1)/2    (d) n(n + 3 + 2/n)/2     (e) (n + 1)/226. [FU] A respeito da representa¸ao d...
(e) N˜o ´ poss´          a e      ıvel determinar se a afirma¸˜o (V) ´ verdadeira ou falsa, para uma                       ...
Seja T (n) o tempo de execu¸ao da fun¸˜o Pot para as entradas x e n. A ordem de                              c˜        ca ...
33. [FU] Como o procedimento abaixo deve ser completado para que ele seja capaz de    ordenar um vetor de n elementos (n ≤...
35. [FU] Que valores s˜o impressos quando o seguinte algoritmo, escrito em Pascal, ´                      a               ...
(a) Somente (II) e (IV)    (b) Somente (II), (IV) e (V)    (c) Somente (III), (V) e (VI)    (d) Somente (II), (IV), (V) e ...
38. [FU] A complexidade desse Algoritmo da quest˜o anterior ´ :                                                a          ...
˜                           ¸˜                   QUESTOES DE TECNOLOGIA DA COMPUTACAO                                ´41. ...
Quantos acessos a disco s˜o necess´rios para fazer a jun¸ao de A com B usando o                              a        a   ...
Escolha, dentre as afirmativas abaixo, a correta:     (a) A consulta retorna os c´digos dos departamentos cujos empregados ...
(a) m(f + g) = m(f ) + m(g); M(f + g) = M(f ) + M(g)     (b) ru´ gaussiano; ru´ impulsivo           ıdo            ıdo    ...
(a) (300/13, 40/13, −100/13)    (b) (150/13, 80/13, −200/13)    (c) (150/13, 40/13, −200/13)    (d) (300/13, 80/13, −100/1...
(a) Entradas e sa´ ıdas externas, intera¸oes com usu´rios, interfaces externas, e ar-                                     ...
function mdc (int a, int b)        int temp, value;        a := abs(a);        b := abs(b);        if (a = 0) then        ...
(a) A abordagem construtivista possibilita entender como a informa¸˜o que chega `                                         ...
Est˜o corretas:      a    (a) Somente (I) e (III)    (b) Somente (II) e (IV)    (c) Somente (I), (II) e (IV)    (d) Soment...
Quantas poss´               ıveis respostas a interroga¸˜o abaixo fornece (considerando o backtrack-                      ...
66. [TE] Os endere¸os IP s˜o divididos em classes. Qual afirma¸ao ´ incorreta?                  c       a                  ...
69. [TE] Sobre algoritmos de exclus˜o m´tua em sistemas distribu´                                   a   u                 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cadernodequestes ano2006

662 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
662
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cadernodequestes ano2006

  1. 1. POSCOMP – 2006 Exame de Sele¸˜o para P´s-Gradua¸˜o em ca o ca Ciˆncia da Computa¸˜o e ca Caderno de Quest˜es oNome do Candidato:Identidade:
  2. 2. Instru¸˜es Gerais aos Candidatos co• O tempo total de dura¸˜o do exame ser´ de 4 horas. ca a• Vocˆ receber´ uma Folha de Respostas junto do Caderno de Quest˜es. Confira se o e a o seu Caderno de Quest˜es est´ completo. O n´mero de quest˜es ´: o a u o e (a) Matem´tica (MT): 20 quest˜es (da 1 ` 20); a o a (b) Fundamentos da Computa¸˜o (FU): 20 quest˜es (da 21 ` 40); ca o a (c) Tecnologia da Computa¸˜o (TE): 30 quest˜es (da 41 ` 70). ca o a• Coloque o seu nome e n´mero de identidade ou passaporte no Caderno de Quest˜es. u o• Verifique se seu nome e identidade est˜o corretos na Folha de Respostas e assine-a no a local apropriado. Se houver discrepˆncia, entre em contato com o examinador. a• A Folha de Respostas deve ser preenchida dentro do tempo de prova.• O preenchimento do formul´rio ´tico (Folha de Respostas) deve ser feito com caneta a o a a a ´ esferogr´fica azul ou preta (n˜o pode ser de outra cor e tem que ser esferogr´fica). E tamb´m poss´ realizar o preenchimento com l´pis preto n´mero 2, contudo, o mais e ıvel a u seguro ´ o uso de caneta. Cuidado com a legibilidade. Se houver d´vidas sobre a sua e u resposta, ela ser´ considerada nula. a• O examinador avisar´ quando estiver faltando 15 minutos para terminar o tempo, e a novamente quando o tempo terminar.• Ao terminar o tempo, pare imediatamente de escrever. N˜o se levante at´ que todas a e as provas tenham sido recolhidas pelos examinadores.• Vocˆ poder´ ir embora caso termine a prova antes do tempo, mas isso s´ ser´ poss´ e a o a ıvel ap´s a primeira hora de prova. o• As Folhas de Respostas e os Cadernos de Quest˜es ser˜o recolhidos no final da prova. o a• N˜o ´ permitido tirar d´vidas durante a realiza¸ao da prova. a e u c˜
  3. 3. ˜ ´ QUESTOES DE MATEMATICA1. [MT] Seja T o operador linear em R3 definido por: T (x, y, z) = (2y + z, x − 4y, 3x). Assinale a afirma¸˜o verdadeira. ca (a) A dimens˜o da imagem de T ´ 1 e a dimens˜o do n´cleo de T ´ 2. a e a u e (b) A dimens˜o da imagem de T ´ 3 e a dimens˜o do n´cleo de T ´ 0. a e a u e (c) A dimens˜o da imagem de T ´ 2 e a dimens˜o do n´cleo de T ´ 1. a e a u e (d) A dimens˜o da imagem de T ´ 0 e a dimens˜o do n´cleo de T ´ 3. a e a u e (e) A dimens˜o da imagem de T ´ 2 e a dimens˜o do n´cleo de T ´ 2. a e a u e2. [MT] Seja o sistema de equa¸oes lineares nas vari´veis x, y e z: c˜ a x+y−z =1 2x + 3y + az = 3 x + ay + 3z = 2 Assinale a alternativa com os valores de a para os quais o sistema possui respectiva- mente: (i) nenhuma solu¸˜o, (ii) mais de uma solu¸˜o, (iii) uma unica solu¸ao. ca ca ´ c˜ (a) (i) a = −3; (ii) a = 2; (iii) a = 2 e a = −3 (b) (i) a = 2 e a = −3; (ii) a = 2; (iii) a = −3 (c) (i) a = 2; (ii) a = 2 e a = 3; (iii) a = −3 (d) (i) a = −3; (ii) a = 2 e a = −3; (iii) a = 2 (e) (i) a = −3; (ii) a = 2; (iii) a = 2 ou a = −33. [MT] Quantos anagramas distintos podem ser formados com a palavra cochilo? Um anagrama ´ uma palavra formada pela transposi¸ao das letras de outra palavra. e c˜ Iracema e Rmciaae s˜o dois exemplos de anagramas distintos da palavra Am´rica. a e Observe que a palavra formada n˜o precisa ter sentido. a (a) 5040 (b) 2520 (c) 630 (d) 1260 (e) 120
  4. 4. 4. [MT] A equa¸ao da reta tangente ` par´bola y = x2 no ponto (−2, 4) ´: c˜ a a e (a) 4x − y + 4 = 0 (b) 4x + y + 4 = 0 (c) y − 4x + 4 = 0 (d) 4y − x + 4 = 0 (e) 4y + x − 4 = 05. [MT] Se f (x) = loga 1/x, ent˜o f (an ) ´: a e (a) 1/n (b) −1/n (c) n (d) −n (e) 1/a6. [MT] Considere que custo total para se produzir x pe¸as por dia em uma f´brica c a 1 seja dado por c(x) = 4 x2 + 35x + 25 Reais e que o pre¸o de venda de uma pe¸a seja c c v(x) = 50 − 1 x Reais. Para maximizar o lucro total, a produ¸ao di´ria, x, deve ser de: 2 c˜ a (a) 12 pe¸as/dia c (b) 20 pe¸as/dia c (c) 15 pe¸as/dia c (d) 10 pe¸as/dia c (e) 100 pe¸as/dia c7. [MT] A distˆncia da origem ` reta 4x − 3y − 15 = 0 ´: a a e (a) 1/3 (b) 3 (c) -3 (d) -1/3 (e) 2/3
  5. 5. 8. [MT] As coordenadas do centro e do raio da circunferˆncia e 2 2 2x + 2y − 10x + 6y − 15 = 0 s˜o: a (a) centro = (5, −3) e raio = 15 (b) centro = (3/2, 5/2) e raio = 7/2 (c) centro = (−5, 3) e raio = 15 (d) centro = (5/2, −3/2) e raio = 4 (e) centro = (−5/2, 3/2) e raio = 4 9. [MT] Assinale a proposi¸˜o logicamente equivalente a ¬(p ∨ q) ∨ (¬p ∧ q) ca (a) ¬p ∧ (q ∨ ¬q) (b) ¬p (c) (p ∨ q) ∧ (p ∨ ¬q) (d) (p ∨ q) ∨ (p ∧ ¬q) (e) p10. [MT] Considere as seguintes proposi¸˜es: co (I) ¬p ∨ q (II) ¬(p ∧ ¬q) (III) p −→ q (IV) (V −→ q) ∨ (p −→ F ) Quais das proposi¸~es acima s~o logicamente equivalentes ? co a (a) Somente (I)≡(III) (b) Somente (I)≡(II) (c) Somente (I)≡(II)≡(III) (d) (I)≡(III) e (II)≡(III) mas (III)≡(IV) (e) (I), (II), (III) e (IV) s˜o todas equivalentes. a
  6. 6. 11. [MT] O n´mero de seq¨ˆncias de bits de comprimento 7 que cont´m um n´mero par u ue e u de zeros ´: e (a) 128 (b) 64 (c) 32 (d) 16 (e) 812. [MT] Seja o conjunto A = {x ∈ R, |x| ≥ 1}. Qual das alternativas ´ uma parti¸˜o do e ca conjunto A. (a) {x < −1}, {x > 1}, {1, −1} (b) {x ≤ 0}, {x ≥ 1}, {0} (c) {x ≤ −1}, {x ≥ 3}, {1 ≤ x ≤ 3} (d) {x ≤ −5}, {−5 < x ≤ −3}, {−1}, {x ≥ 1} (e) Todas as alternativas s˜o parti¸˜es de A. a co13. [MT] Dados dois vetores no espa¸o euclidiano R4, u = (1, 3, -2, 7) e v = (0, 7, 2, 2), c pode-se afirmar que: (a) o quadrado da norma de u ´ igual a 58 e (b) o quadrado da distˆncia entre u e v ´ dado por 63 a e (c) o quadrado da norma de v ´ igual a 57 e (d) os vetores u e v s˜o ortogonais a (e) nenhuma das anteriores14. [MT] Uma condi¸ao necess´ria e suficiente para que o sistema Ax=b tenha solu¸˜o c˜ a ca unica ´: ´ e (a) Ax=0 tem solu¸ao unica. c˜ ´ (b) As linhas de A s˜o vetores linearmente independentes. a (c) As colunas de A s˜o vetores linearmente independentes que geram um subespa¸o a c contendo b. (d) A matriz A ´ quadrada e n˜o-singular. e a (e) O posto de A ´ igual a seu n´mero de linhas. e u
  7. 7. 15. [MT] N˜o ´ correto afirmar que: a e (a) Se as colunas de uma matriz s˜o vetores dois a dois ortogonais, ent˜o sua inversa a a ´ sua transposta. e (b) Se a inversa de uma matriz ´ ela pr´pria, ent˜o toda potˆncia dessa matriz ´ ela e o a e e pr´pria ou a identidade. o (c) Se uma matriz singular ´ o produto de duas outras matrizes quadradas, ent˜o e a uma destas tamb´m ´ singular. e e (d) Se trˆs matrizes quadradas A, B e C satisfazem A(B-C)=0, ent˜o A=0 ou B=C. e a (e) Se A e B s˜o matrizes triangulares inferiores ent˜o AB tamb´m ´ triangular infe- a a e e rior.16. [MT] Seis amigos re´nem-se para disputar partidas de xadrez em trˆs tabuleiros dife- u e rentes. Calcule o n´mero de partidas diferentes poss´ u ıveis levando-se em conta os ta- buleiros mas n˜o a cor das pe¸as. Isto ´, se os jogadores A e B jogam no primeiro a c e tabuleiro ´ uma partida diferente deles jogando no segundo tabuleiro, mas quem joga e com as brancas ou pretas ´ irrelevante. e (a) 15 (b) 30 (c) 90 (d) 120 (e) 720 As duas quest~es a seguir s~o baseadas no seguinte enunciado: o a - Um algoritmo probabil´stico A resolve problemas de dois tipos: ı {Problemas do tipo 1}: os quais s~o resolvidos corretamente com probabilidade 3/4, a e correspondem a 1/3 do total de problemas. {Problemas do tipo 2}: os quais s~o resolvidos corretamente com probabilidade 1/2, a e correspondem a 2/3 do total de problemas.
  8. 8. 17. [MT] i. Um problema ´ selecionado aleatoriamente e resolvido pelo algoritmo. Qual e a probabilidade de que a resposta obtida seja correta? (a) 3/4 (b) 5/12 (c) 5/8 (d) 7/12 (e) 3/818. [MT] ii. Verifica-se, utilizando algum m´todo determin´ e ıstico, que a resposta encon- trada pelo algoritmo est´ realmente correta. Qual a probabilidade de que o problema a resolvido seja do tipo 1? (a) 4/9 (b) 3/4 (c) 7/12 (d) 3/7 (e) 7/319. [MT] A representa¸˜o polar do n´mero complexo 5 i ´ dada por: ca u e (a) (5, −900 ) (b) (5, 900 ) (c) (5, 1800 ) (d) (5, −1800 ) (e) nenhuma das alternativas20. [MT] Se x = 2 + 2i e y = i, ent˜o, o produto x.y ´ dado por: a e (a) 2 + 2 i (b) 4 + 2i (c) -2 + 2 i (d) 4 i (e) nenhuma das alternativas
  9. 9. ˜ ¸˜ QUESTOES DE FUNDAMENTOS DA COMPUTACAO21. [FU] Considere dois sistemas A e B compostos por um processador, cache e mem´ria o cuja unica diferen¸a ´ a cache de dados. As caches de dados possuem em comum ´ c e palavras de 2 Bytes, capacidade (por exemplo, 2 KBytes), tamanho de bloco (por exemplo, 8 Bytes por linha) e s˜o implementadas com a mesma tecnologia, por´m com a e organiza¸oes diferentes como definidas abaixo: c˜ (Cache de A) Cache com mapeamento direto, utilizando pol´ ıticas write–through e no-write allocate (escritas n˜o utilizam a cache) a (Cache de B) Cache 4–way set-associative, utilizando pol´ ıticas write–back, write– allocate e LRU Considere as seguintes afirma¸oes para os sistemas A e B executando um mesmo pro- c˜ grama t´ ıpico: (I) O sistema A deve possuir um miss rate maior do que B (II) O sistema B deve possuir um hit rate menor do que A (III) A cache de dados de A ´ mais r´pida do que a de B e a (IV) A cache de dados de A ´ mais simples de ser implementada do que a de B e (V) Em m´dia, uma escrita de dados no sistema A ´ mais r´pido do que em B e e a (VI) As caches de dados de A e B possuem o mesmo n´mero de linhas u Quais s˜o as afirma¸˜es verdadeiras? a co (a) Somente as afirma¸oes (II), (III) e (IV) s˜o verdadeiras c˜ a (b) Somente as afirma¸oes (I), (III) e (VI) s˜o verdadeiras c˜ a (c) Somente as afirma¸oes (I), (III) e (IV) s˜o verdadeiras c˜ a (d) Somente as afirma¸oes (II), (V) e (VI) s˜o verdadeiras c˜ a (e) Todas as afirma¸oes s˜o verdadeiras c˜ a22. [FU] Para a representa¸ao de n´mero ponto flutuante no padr˜o IEEE, quais das c˜ u a afirma¸oes abaixo s˜o verdadeiras? c˜ a I) a parte exponencial ´ polarizada e II) existe apenas uma representa¸ao do n´mero zero c˜ u III) todas as representa¸˜es s˜o normalizadas co a IV) quando todos os bits da parte exponencial s˜o iguais a um e todos os bits da parte a fracion´ria s˜o zeros, o n´mero representado ´ + infinito ou -infinito; a a u e
  10. 10. (a) somente I. (b) somente I e IV. (c) somente I, II e IV. (d) somente IV. (e) todas s˜o verdadeiras. a23. [FU] De acordo com o teorema de DeMorgan, o complemento de X + Y · Z ´: e (a) X + Y · Z (b) X · Y + Z (c) X · (Y + Z) (d) X · Y · Z (e) X · Y + Z24. [FU] Num processador superescalar com emiss˜o dinˆmica de instru¸oes para o est´gio a a c˜ a de execu¸˜o, o circuito com a l´gica de emiss˜o de instru¸oes (algoritmo de Tomasulo, ca o a c˜ ou algoritmo do placar) tem as seguintes fun¸˜es: co (I) computar, em tempo de execu¸ao, o grafo de dependˆncias entre as instru¸˜es; c˜ e co (II) manter a ordem de execu¸ao das instru¸oes segundo o c´digo fonte; c˜ c˜ o (III) trocar a ordem de execu¸˜o das instru¸˜es, segundo o c´digo fonte; ca co o (IV) tolerar a latˆncia dos acessos ` mem´ria; e a o (V) expor a latˆncia dos acessos ` mem´ria. e a o (a) Somente as alternativas (I), (II) e (IV) s˜o verdadeiras. a (b) Somente as alternativas (I), (III) e (IV) s˜o verdadeiras. a (c) Somente as alternativas (I), (II) e (V) s˜o verdadeiras. a (d) Somente as alternativas (I), (III) e (V) s˜o verdadeiras. a (e) Todas as alternativas s˜o verdadeiras. a25. [FU] Dada uma lista linear de n + 1 elementos ordenados e alocados sequencialmente, qual ´ o n´mero m´dio (n´mero esperado) de elementos que devem ser movidos para e u e u que se fa¸a uma inser¸˜o na lista, considerando-se igualmente prov´veis as n+1 posi¸oes c ca a c˜ de inser¸ao? c˜
  11. 11. (a) n/2 (b) (n + 2)/2 (c) (n − 1)/2 (d) n(n + 3 + 2/n)/2 (e) (n + 1)/226. [FU] A respeito da representa¸ao de um grafo de n v´rtices e m arestas ´ correto dizer c˜ e e que: (a) a representa¸˜o sob a forma de matriz de adjacˆncia exige espa¸o Ω(m2 ). ca e c (b) a representa¸ao sob a forma de listas de adjacˆncia permite verificar a existˆncia c˜ e e de uma aresta ligando dois v´rtices dados em tempo O(1). e (c) a representa¸˜o sob a forma de matriz de adjacˆncia n˜o permite verificar a ex- ca e a istˆncia de uma aresta ligando dois v´rtices dados em tempo O(1). e e (d) a representa¸˜o sob a forma de listas de adjacˆncia exige espa¸o Ω(n + m). ca e c (e) todas as alternativas est˜o corretas. a27. [FU] Considere as afirma¸˜es abaixo, onde o alfabeto das linguagens ´ sempre dado co e por Σ = {0, 1}. (I) A linguagem fomada por todas as cadeias x ∈ Σ∗ onde ap´s cada dois zeros o consecutivos sempre ocorrem pelo menos dois uns. Note que: os uns n˜o a precisam ser consecutivos, nem precisam ocorrer imediatamente ap´s os zeros. o (II) Se L ´ livre de contexto e R ´ regular, ent˜o a linguagem {y| para algum x, z ∈ e e a ∗ Σ temos xyz ∈ L e xz ∈ R} ´ sempre livre de contexto. e (III) A linguagem {uv|u, v ∈ Σ∗ , com u = v} n˜o ´ livre de contexto. a e (IV) Dados dois autˆmatos finitos, A1 e A2 , sempre podemos decidir se s˜o equiva- o a lentes, isto ´, se aceitam a mesma linguagem. e (V) Dada uma m´quina de Turing, M , e um n´mero inteiro k ≥ 0, sempre podemos a u decidir se a linguagem aceita por M tem pelo menos k cadeias distintas. Escolha a afirma¸˜o correta: ca (a) As afirma¸oes (II), (III) e (IV) s˜o verdadeiras. c˜ a (b) H´ duas afirma¸˜es falsas entre (I), (II) e (V). a co (c) H´ duas afirma¸˜es verdadeiras entre (I), (IV) e (V). a co (d) Entre todas as cinco afirma¸oes, pelo menos 3 (trˆs) s˜o falsas. c˜ e a
  12. 12. (e) N˜o ´ poss´ a e ıvel determinar se a afirma¸˜o (V) ´ verdadeira ou falsa, para uma ca e m´quina de Turing gen´rica e um k ≥ 0 gen´rico. a e e28. [FU] Qual das seguintes afirma¸˜es ´ falsa? co e (a) Todo autˆmato finito n˜o determin´ o a ıstico com transi¸˜es vazias pode ser reduzido co para um autˆmato finito determin´ o ıstico. (b) Nem todo autˆmato com pilha n˜o determin´ o a ıstico pode ser reduzido para um autˆmato com pilha determin´ o ıstico. (c) Toda m´quina de Turing com N ≥ 1 fitas pode ser reduzida para uma m´quina a a de Turing padr˜o. a (d) Para se provar que uma linguagem ´ regular basta usar o lema do bombeamento e (pumping lemma) de linguagens regulares. (e) M´quinas de Turing aceitam linguagens geradas por gram´ticas irrestritas. a a29. [FU] Considere a fun¸ao Pot que calcula xn , para x real e n inteiro: c˜ Function Pot(x: real; n: integer): real; begin if x = 0 then Pot := 0 else if n = 0 then Pot := 1 else if n < 0 then Pot := 1/Pot(x,abs(n)) else if odd(n) then Pot := x * sqr(Pot(x,(n-1) div 2)) else Pot := sqr(Pot(x,n div 2)) end;
  13. 13. Seja T (n) o tempo de execu¸ao da fun¸˜o Pot para as entradas x e n. A ordem de c˜ ca T (n) ´: e (a) T (n) = O(1) (b) T (n) = O(log n) (c) T (n) = O(n) (d) T (n) = O(n log n) (e) T (n) = O(n2 )30. [FU] Seja P o problema de ordenar, usando compara¸˜o, n ≥ 1 elementos e C a classe ca dos algoritmos que resolvem P . O limitante inferior de C ´: e (a) Ω(1) (b) Ω(log n) (c) Ω(n) (d) Ω(n log n) (e) Ω(n2 )31. [FU] Quais algoritmos de ordena¸ao tˆm complexidade O(n log n) para o melhor caso, c˜ e onde n ´ o n´mero de elementos a ordenar. e u (a) Insertion Sort e Quicksort (b) Quicksort e Heapsort (c) Bubble Sort e Insertion Sort (d) Heapsort e Insertion Sort (e) Quicksort e Bubble Sort32. [FU] Qual dos seguintes mecanismos ´ o menos recomendado para se implementar e regi˜es cr´ o ıticas em sistemas operacionais? (a) Sem´foro a (b) Espera ocupada (c) Troca de mensagens (d) Monitores (e) Vari´veis de condi¸ao a c˜
  14. 14. 33. [FU] Como o procedimento abaixo deve ser completado para que ele seja capaz de ordenar um vetor de n elementos (n ≤ 100) em ordem crescente. .... type VetorType = array[0..100] of integer; procedure Ordena(n: integer; var a: VetorType); var i,j,x: integer; begin for i := 2 to n do begin x := a[i]; j := i - 1; ___________________; While x < a[j] do begin a[i+j] := a[j]; __________________; end; ____________________; end; end; (a) a[j] := x; j := j - 1; a[j] := x; (b) a[i] := x; j := j + 1; a[i] := x; (c) a[0] := x; j := j - 1; a[j+1] := x; (d) a[i] := x; j := j - 1; a[j+1] := x; (e) a[0] := x; j := j + 1; a[j] := x;34. [FU] Sejam [6, 4, 2, 1, 3, 5, 8, 7, 9] e [7, 4, 3, 2, 1, 6, 5, 10, 9, 8, 11] as sequˆncias e produzidas pelo percurso em pr´-ordem das ´rvores bin´rias de busca T1 e T2, respec- e a a tivamente. Assina-le a afirma¸ao incorreta: c˜ (a) T1 possui altura m´ ınima dentre todas as ´rvores bin´rias com 9 n´s. a a o (b) T1 ´ uma ´rvore AVL. e a (c) T1 ´ uma ´rvore rubro-negra. e a (d) T2 possui altura m´ ınima dentre todas as ´rvores bin´rias com 11 n´s. a a o (e) T2 ´ uma ´rvore rubro-negra. e a
  15. 15. 35. [FU] Que valores s˜o impressos quando o seguinte algoritmo, escrito em Pascal, ´ a e executado? Program P; var a,b:integer; Procedure Mist(x:integer; var y:integer); begin x:=y+a+1; y:=x+b+1 end begin a:=1; b:=2; Mist(a,b); Write(a,b) end. (a) 1 2 (b) 3 1 (c) 3 5 (d) 1 7 (e) 4 736. [FU] Seja G = (V, E) um grafo simples conexo n˜o-euleriano. Queremos construir um a grafo H que seja euleriano e que contenha G como subgrafo. Considere os seguintes poss´ ıveis processos de constru¸˜o: ca (I) Acrescenta-se um novo v´rtice, ligando-o a cada v´rtice de G por uma aresta. e e (II) Acrescenta-se um novo v´rtice, ligando-o a cada v´rtice de grau ´ e e ımpar de G por uma aresta. (III) Cria-se uma nova c´pia G do grafo G e acrescenta-se uma aresta ligando cada o par de v´rtices correspondentes. e (IV) Escolhe-se um v´rtice arbitr´rio de G e acrescentam-se arestas ligando este e a v´rtice a todo v´rtice de grau ´ e e ımpar de G. (V) Duplicam-se todas as arestas de G. (VI) Acrescentam-se arestas a G at´ se formar o grafo completo com |V | v´rtices. e e Quais dos processos acima sempre constroem corretamente o grafo H?
  16. 16. (a) Somente (II) e (IV) (b) Somente (II), (IV) e (V) (c) Somente (III), (V) e (VI) (d) Somente (II), (IV), (V) e (VI) (e) Somente (I), (III), (IV) e (V)37. [FU] Considere o programa: program p; var n: integer; function f(n: integer; var k:integer): integer; var p,q:integer; begin (* f *) if n < 2 then begin f := n; k := 0 end else begin f := f(n-1, p) + f(n-2, q); k := p + q + 1 end; write(n,’ ’,k,’; ’) end (* f *); begin n := 4; write(f(3,n),n) end. Quais os valores impressos pelo programa? (a) 1 0; 0 0; 2 1; 1 0; 3 2; 2 4 (b) 1 4; 0 0; 2 1; 1 0; 3 2; 2 2 (c) 1 0; 0 0; 2 1; 1 0; 3 2; 2 2 (d) 1 0; 0 0; 2 1; 1 0; 3 2; 2 3 (e) 1 4; 0 4; 2 4; 1 4; 3 4; 2 4
  17. 17. 38. [FU] A complexidade desse Algoritmo da quest˜o anterior ´ : a e (a) O(log2 n) (b) O(n) (c) O(n log2 n) (d) Ω(n log2 n) (e) Ω(n2 )39. [FU] O uso de associa¸oes ´ muito importante em programa¸ao orientada a objetos. c˜ e c˜ Considere agora as afirma¸oes abaixo, relativas ao uso de associa¸˜es: c˜ co I. A multiplicidade de uma associa¸ao ´ uma restri¸˜o imposta a essa associa¸ao que c˜ e ca c˜ de-fine o n´mero de instˆncias das classes envolvidas nesse relacionamento. u a II. A ordena¸ao n˜o ´ considerada uma restri¸ao a associa¸˜es, j´ que ordena as c˜ a e c˜ co a instˆncias envolvidas no relacionamento que caracteriza a associa¸˜o em quest˜o. a ca a III. O uso de pap´is s´ ´ permitido em associa¸˜es reflexivas bin´rias, pois em outros e oe co a tipos de associa¸˜es os pap´is causam problemas na modelagem das classes. co e Baseado nas afirma¸˜es acima, escolha a op¸˜o correta: co ca (a) As trˆs afirma¸˜es s˜o falsas. e co a (b) As trˆs afirma¸˜es s˜o verdadeiras. e co a (c) Apenas a afirma¸˜o I ´ verdadeira. ca e (d) As afirma¸oes I e II s˜o verdadeiras. c˜ a (e) Apenas a afirma¸˜o III ´ verdadeira. ca e40. [FU] Na modelagem de classes usando UML (Unified Modeling Language) ´ recomend´vel e a especificar a multiplicidade dos relacionamentos (associa¸˜es). Um tipo muito comum co de multiplicidade ´ a um-para-muitos. Nos casos abaixo, diga qual ´ o caso que se trata e e de uma associa¸ao um-para-muitos, seguindo a nota¸ao ”associa¸ao (classe1, classe2)”. c˜ c˜ c˜ (a) Votar (Presidente, Eleitor) (b) Casar (Marido, Esposa) (c) Torcer (Time, Torcedor) (d) Escrever (Livro, Autor) (e) Assinar (Revista, Assinante)
  18. 18. ˜ ¸˜ QUESTOES DE TECNOLOGIA DA COMPUTACAO ´41. [TE] Sobre os operadores da Algebra Relacional, ´ correto afirmar que: e ¸˜ (a) O operador de SELECAO seleciona as colunas de uma tupla que satisfazem a uma determinada condi¸ao. c˜ u c˜ ¸˜ (b) O n´mero de tuplas resultantes da aplica¸ao do operador de PROJECAO em uma dada rela¸ao R ´ sempre igual ao n´mero de tuplas de R. c˜ e u u c˜ ¸˜ (c) O n´mero de tuplas resultantes da aplica¸ao do operador de JUNCAO em duas rela¸˜es R e S ´ sempre maior do que o n´mero de tuplas resultantes do PRO- co e u DUTO CARTESIANO de R e S. c˜ c˜ ˜ ¸˜ (d) A aplica¸ao das opera¸oes de UNIAO e INTERSECAO requerem que as rela¸oesc˜ envolvidas sejam compat´ıveis quanto ` uni˜o. a a u ca ¸˜ (e) O n´mero de tuplas resultantes da aplica¸˜o do operador de SELECAO em uma rela¸˜o R ´ sempre menor do que o n´mero de tuplas de R. ca e u42. [TE] Considere os esquemas das rela¸oes abaixo: c˜ Empregado(rg, nome, rua, cidade, rg-gerente), onde o atributo ”rg”´ chave da rela¸ao e c˜ Empregado. Empresa(cod, nome, cidade), onde o atributo ”cod”´ chave da rela¸˜o Empresa. e ca Trabalha(rg-emp, cod-empresa, salario), onde ”rg-emp”referencia o atributo ”rg”na rela¸˜o Empregado, ”cod-empresa”referencia o atributo ”cod”na rela¸˜o Empresa ca ca e os atributos ”rg-emp”e ”cod-empresa”formam a chave da rela¸ao trabalha. c˜ A consulta expressa em C´lculo Relacional {e.nome | e ∈ Empregado AN D t ∈ a Trabalha AN D a ∈ Empresa AN D e.rg = t.rg-emp AN D t.cod-empresa = a.cod AN D e.cidade = a.cidade} tem como melhor tradu¸ao a consulta: c˜ (a) ”Quais s˜o os nomes dos empregados que trabalham na cidade em que moram?” a (b) ”Quais s˜o os nomes dos gerentes dos empregados que trabalham na cidade em a que moram?” (c) ”Quais s˜o os nomes dos empregados que trabalham em alguma cidade?” a (d) ”Quais s˜o os nomes dos gerentes dos empregados?” a (e) ”Quais os nomes dos empregados que trabalham na cidade em que mora o seu gerente?”43. [TE] Considere uma rela¸˜o A com 1000 registros e taxa de ocupa¸ao de 5 registros por ca c˜ p´gina de disco e uma rela¸˜o B com 800 registros e taxa de ocupa¸ao de 16 registros a ca c˜ por p´gina de disco. a
  19. 19. Quantos acessos a disco s˜o necess´rios para fazer a jun¸ao de A com B usando o a a c˜ algoritmo de la¸o aninhado usando bloco, onde o bloco dispon´ de mem´ria para c ıvel o realizar a jun¸˜o ´ de 22 p´ginas e A ´ a rela¸˜o externa do la¸o? ca e a e ca c (a) 455 (b) 500 (c) 809 (d) 810 (e) 70044. [TE] Assinalar a op¸˜o correta acerca das senten¸as abaixo: ca c I. Os n´ıveis de isolamento de uma transa¸ao SQL s˜o: Read Uncommitted, Read c˜ a Committed, Repeatable Read e Serializable. II. Atomicidade e Durabilidade s˜o garantidas pelo Gerenciador de Recupera¸ao do a c˜ SGBD. III. S˜o propriedades de uma transa¸˜o: Atomicidade, Consistˆncia, Integridade e a ca e Durabilidade. (a) Apenas I ´ verdadeira. e (b) Apenas I e II s˜o verdadeiras. a (c) Apenas II e III s˜o verdadeiras. a (d) Apenas I e III s˜o verdadeiras. a (e) Todas s˜o verdadeiras a45. [TE] Considere os seguintes esquemas de rela¸˜o: ca Departamentos (codDepto, nome, gerente) Empregados (codEmp, nome, codDepto, salario) Considere tamb´m que o atributo codDepto na rela¸ao Empregados ´ uma chave es- e c˜ e trangeira que faz referˆncia ` rela¸ao Departamentos. Suponha a seguinte consulta e a c˜ formulada na linguagem SQL: SELECT d.codDepto FROM Empregados e, Departamentos d WHERE e.codDepto = d.codDepto GROUP BY d.codDepto HAVING AVG(sal) > ALL (SELECT e.sal FROM Empregados e, Departamentos d WHERE e.codDepto = d.codDepto AND d.nome = ’vendas)
  20. 20. Escolha, dentre as afirmativas abaixo, a correta: (a) A consulta retorna os c´digos dos departamentos cujos empregados tˆm sal´rio o e a maior do que a m´dia dos sal´rios dos empregados que trabalham no departamento e a de vendas. (b) A consulta retorna os c´digos dos departamentos cujos empregados tˆm sal´rio o e a maior do que os sal´rios dos empregados que trabalham no departamento de a vendas. (c) A consulta retorna os c´digos dos departamentos cuja m´dia de sal´rio dos seus o e a empregados ´ maior do que a m´dia dos sal´rios dos empregados que trabalham e e a no departamento de vendas. (d) A consulta est´ formulada incorretamente. a (e) Nenhuma das afirmativas acima est´ correta. a46. [TE]A respeito da gram´tica G abaixo, a S -> a A a S -> b A b A -> b A -> epsilon considere as afirmativas: I. G ´ SLR(1). e II. G ´ LL(1). e III. G ´ sens´ ao contexto. e ıvel ´ E correto afirmar que: (a) Somente I ´ verdadeira e (b) Somente II ´ verdadeira e (c) Somente III ´ verdadeira e (d) Somente I e III s˜o verdadeiras a (e) Todas as 3 afirmativas s˜o verdadeiras a47. [TE] Considere os filtros espaciais da m´dia (m) e Mediana (M) aplicados em imagens e em n´ıveis de cinza f e g. Qual par de termos ou express˜es a seguir n˜o est´ associado, o a a respectivamente, a caracter´ ısticas gerais de m e M?
  21. 21. (a) m(f + g) = m(f ) + m(g); M(f + g) = M(f ) + M(g) (b) ru´ gaussiano; ru´ impulsivo ıdo ıdo (c) convolu¸ao; filtro estat´ c˜ ıstico da ordem (d) preserva¸ao de pequenos componentes; n˜o preserva¸ao de pequenos componentes c˜ a c˜ (e) filtragem com preserva¸ao de contornos; filtragem sem preserva¸˜o de contornos c˜ ca48. [TE] A convolu¸ao da m´scara [−1 2 − 1] com uma linha de uma imagem contendo c˜ a uma seq¨ˆncia de pixels do tipo [. . . 3 4 5 6 7 8 9 10 . . .] resulta na transforma¸˜o (sem ue ca considerar efeitos de borda): (a) [. . . 3 4 5 6 7 8 9 10 . . .] e representa o filtro da m´dia com 2-vizinhos mais pr´ximos e o (b) [. . . 0 0 0 0 0 0 0 0 . . .] e representa o laplaciano no espa¸o discreto c (c) [. . . 0 0 0 0 0 0 0 0 . . .] e representa uma eros˜o morfol´gica a o (d) [. . . 1 1 1 1 1 1 1 1 . . .] e ´ equivalente a um filtro passa-baixas e (e) [. . . 7 9 11 13 15 17 19 . . .] e ´ equivalente a um filtro passa-altas e49. [TE]Considere as afirma¸˜es abaixo: co I. Um terminal raster apresentar´ o efeito "pisca-pisca" quando a cena for muito a complexa. II. Uma c´lula de vizinhan¸a 4 no algoritmo de boundary-fill sempre preenche a regi~o e c a interior completamente quando a borda da regi~o de preenchimento tiver largura de 2 a pixels. III. No algoritmo do ponto m´dio para tra¸ado de c´rculos, se e c ı f(xM,yM) = r2 - x2 - y2 < 0, o ponto (xM,yM) ´ interior ` circunfer^ncia e a e IV. Em uma cena composta apenas de objetos convexos, a elimina¸ao de superf´cies c~ ı ocultas restringe-se ` remo¸~o das faces posteriores (back faces). a ca V. No mapeamento janela-viewport, mantendo-se a viewport fixa e aumentando-se o tamanho da janela provoca-se o efeito de zoom-in. (a) Apenas I - II - III s˜o verdadeiras a (b) Apenas II - IV - V s˜o verdadeiras a (c) Todas s˜o verdadeiras a (d) Todas s˜o falsas a (e) Apenas I - II s˜o verdadeiras. a50. [TE] Considere o plano definido pelos pontos A(10, 0, 0), B(0, 10, 0) e C(2, 2, 20). A proje¸ao do ponto D(20, 20, 10) sobre o plano dadao. segundo a dire¸ao de proje¸ao c˜ c˜ c˜ U=(-5, -10, -15) ´: e
  22. 22. (a) (300/13, 40/13, −100/13) (b) (150/13, 80/13, −200/13) (c) (150/13, 40/13, −200/13) (d) (300/13, 80/13, −100/13) (e) (300/13, 40/13, −200/13)51. [TE] Quando se aplica um filtro passa-baixas (low-pass filter) a uma imagem com dimens˜es 100x100 em tons de cinza (grayscale) com todos os pixels na cor preta, a o imagem resultante (a) Fica reduzida ` metade das dimens˜es da imagem original a o (b) Fica ampliada ao dobro das dimens˜es da imagem original o (c) Tem as mesmas dimens˜es da imagem original, com todos os pixels na cor preta o (d) Tem as mesmas dimens˜es da imagem original, com todos os pixels na cor branca o (e) Nenhuma das afirma¸oes acima ´ correta c˜ e52. [TE] A nota¸ao da Unified Modeling Language (UML) que descreve a seq¨ˆncia de c˜ ue atividades com suporte para comportamento condicional usando branches e merges e comportamento paralelo usando forks ´: e (a) Casos de uso. (b) Diagrama de seq¨ˆncia. ue (c) Diagrama de classes. (d) Diagrama de atividades. (e) Diagrama de estados.53. [TE] Dentre as afirma¸oes dadas a seguir, assinale a afirma¸ao falsa. c˜ c˜ (a) O objetivo dos testes ´ detectar erros. e (b) Os testes aplicados a um software tamb´m devem ter controle de vers˜es. e o (c) As atividades de teste come¸am ap´s o t´rmino da fase de codifica¸˜o. c o e ca (d) Testes devem verificar n˜o somente se o software faz o que ´ desejado, mas tamb´m a e e se ele n˜o faz algo indesejado. a (e) As atividades de teste compreendem, entre outras, o projeto, a especifica¸ao e a c˜ implementa¸ao de casos de teste. c˜54. [TE] Os pontos de fun¸˜o em um software s˜o calculados estimando-se as seguintes ca a caracter´ ısticas do software:
  23. 23. (a) Entradas e sa´ ıdas externas, intera¸oes com usu´rios, interfaces externas, e ar- c˜ a quivos utilizados pelo sistema. (b) Tamanho do c´digo, entradas e sa´ o ıdas externas, interfaces externas, e produtivi- dade do sistema. (c) Complexidade do produto, experiˆncia pessoal, prazo, n´mero de pessoas envolvi- e u das, e confiabilidade. (d) Tamanho do c´digo, produtividade do sistema, experiˆncia pessoal, prazo, e ar- o e quivos utilizados pelo sistema. (e) Volatilidade da plataforma de desenvolvimento, entradas e sa´ ıdas externas, n´mero u de pessoas envolvidas, intera¸oes com usu´rios, e confiabilidade. c˜ a55. [TE] No desenvolvimento em espiral, cada loop representa uma fase do processo de software. Identifique abaixo a op¸˜o que cont´m os quatro setores que comp˜em cada ca e o loop do desenvolvimento em espiral: (a) Defini¸˜o dos requisitos, an´lise, projeto e testes. ca a (b) Descri¸˜o dos objetivos, planejamento, identifica¸ao dos riscos e testes. ca c˜ (c) Requisitos, desenvolvimento, valida¸ao e evolu¸ao. c˜ c˜ (d) Identifica¸ao dos riscos, projeto, implementa¸ao e testes. c˜ c˜ (e) Defini¸˜o de objetivos, avalia¸˜o e redu¸ao dos riscos, desenvolvimento e va- ca ca c˜ lida¸˜o, e planejamento. ca56. [TE] Suponha que s˜o dados 3 valores inteiros, A, B e C, em ordem decrescente, a representando os lados de um triˆngulo. Cada valor deve estar entre 1 e 100. O a programa deve fornecer como sa´ o tipo do triˆngulo (eq¨il´tero, is´sceles, escaleno, ıda a u a o retˆngulo) ou a mensagem “entradas inv´lidas” caso os valores n˜o representem um a a a triˆngulo v´lido. Qual dos conjuntos de teste abaixo poderiam ser usados nos testes a a de valores-limite para esse programa? (a) (5, 3, 4), (0, 0, 0), (10, 5, 5) (b) (101, 20, 5), (1, 0, 0), (30, 1, -1) (c) (3, 4, 7), (12, 9, 6), (1,1,1) (d) (2, 2, 2), (3, 5, 8), (5, 5, 5) (e) (0,0,0), (minint, maxint, maxint), (0, 0, -1) onde maxint representa o maior inteiro poss´ e minint, o menor. ıvel57. [TE] O c´digo abaixo implementa uma fun¸˜o que calcula o MDC de dois n´meros o ca u inteiros usando o algoritmo de Euclides:
  24. 24. function mdc (int a, int b) int temp, value; a := abs(a); b := abs(b); if (a = 0) then value := b; // b ´ o MDC e else if (b = 0) then exce¸ao; c~ else repeat temp := b; b := a mod b; a := temp; until (b = 0) value := a; end if; return value; end mdc Qual dos conjuntos de teste dados a seguir poderiam ser usados para atender ao crit´rio e de todos os ramos? (a) {(0, 3), (4, −2), (5, 4)} (b) {(0, −1), (4, 0), (−1, 0)} (c) {(6, 3), (4, 2), (0, 0)} (d) {(12, 9), (0, 2), (4, 0)} (e) {(3, 5), (−1, −1), (9, 4)}58. [TE]A percep¸˜o humana ´ um processo ativo fundamental na intera¸˜o humano- ca e ca computador. Duas classes importantes de teorias que explicam a maneira como percebe- mos s˜o representadas pelas abordagens construtivista e ecol´gica. Assinale a alterna- a o tiva incorreta:
  25. 25. (a) A abordagem construtivista possibilita entender como a informa¸˜o que chega ` ca a retina ´ decomposta em partes significativas. e (b) A abordagem ecol´gica possibilita entender as propriedades visuais de objetos em o termos de quanto esses objetos evocam a¸oes a serem realizadas sobre eles. c˜ (c) Affordance ´ um conceito relacionado ` abordagem construtivista. e a (d) Psic´logos Gestaltistas foram os primeiros a descrever princ´ o ıpios gerais subja- centes ao processo de organiza¸ao perceptual. c˜ (e) S˜o princ´ a ıpios da Gestalt para organiza¸ao perceptual: proximidade, similaridade, c˜ fecho, continuidade e simetria.59. [TE] Os modelos de ciclo de vida surgidos na ´rea de Intera¸ao Humano-computador a c˜ apresentam uma tradi¸˜o mais forte de foco no usu´rio, quando comparados aos mod- ca a elos de ciclo de vida da Engenharia de Software. Assinale a alternativa incorreta: (a) O desenvolvimento de prot´tipos ´ parte integral do design iterativo centrado no o e usu´rio porque possibilita que designers testem suas id´ias com usu´rios. a e a (b) O modelo de ciclo de vida Estrela surgiu de um trabalho emp´ ırico de observa¸ao c˜ de como os designers de interface de usu´rio trabalhavam. a (c) O modelo de ciclo de vida Estrela n˜o especifica a ordem em que as atividades a devem ser realizadas. (d) O modelo de ciclo de vida Estrela ´ centrado na avalia¸˜o; sempre que uma e ca atividade ´ completada, seu resultado deve ser avaliado. e (e) No modelo de ciclo de vida Estrela o projeto deve iniciar com a avalia¸ao de uma c˜ situa¸˜o existente. ca60. [TE] Avalia¸ao de interface de usu´rio, em sentido amplo, envolve coletar dados sobre c˜ a a usabilidade de um design ou produto. Constituem tipos de avalia¸ao: c˜ (I) Avalia¸ao r´pida, na qual os designers obtˆm um feedback informal de usu´rios ou c˜ a e a consultores. (II) Testes de usabilidade, que envolvem avaliar o desempenho de usu´rios t´ a ıpicos na realiza¸˜o de tarefas em laborat´rio. ca o (III) Estudos de campo, que s˜o realizados em ambientes reais para verificar o impacto a do design em atividades naturais do usu´rio em seu contexto. a (IV) Avalia¸˜o preditiva, em que especialistas aplicam seu conhecimento a respeito ca de usu´rios t´ a ıpicos visando prever problemas de usabilidade.
  26. 26. Est˜o corretas: a (a) Somente (I) e (III) (b) Somente (II) e (IV) (c) Somente (I), (II) e (IV) (d) Somente (II), (III) e (IV) (e) Todas as afirma¸oes (I), (II), (III) e (IV). c˜61. [TE] Considere o seguinte problema de programa¸˜o linear: ca Max c1 x + c2 y Sujeito a x+y ≥3 x≥1 y≥1 Ent˜o: a (a) Como (λ, λ) ´ solu¸ao vi´vel para λ ≥ 3/2, ent˜o n˜o existe solu¸˜o ´tima. e c˜ a a a ca o (b) Como (λ, λ) ´ solu¸ao vi´vel para λ ≥ 3/2, ent˜o existe um n´mero infinito de e c˜ a a u solu¸˜es ´timas. co o (c) Existe uma solu¸ao ´tima apenas se c1 ≤ 0 e c2 ≤ 0. c˜ o (d) (1, 2) ou (2, 1) ´ necessariamente uma solu¸ao ´tima. e c˜ o (e) O problema dual ´ invi´vel. e a62. [TE]Dado um perceptron simples de duas entradas e um bias , cujos pesos s˜o w1 = a 0,5, w 2 = 0,4 e w 0 = - 0,3, respectivamente, assinalar a resposta correta: (a) o perceptron realiza a fun¸ao NOR c˜ (b) o perceptron realiza a fun¸ao AND c˜ (c) o perceptron realiza a fun¸ao OR c˜ (d) o perceptron realiza a fun¸ao XOR c˜ (e) nenhuma das alternativas63. [TE] Considere o programa Prolog: blabla([ ],L,L). blabla([X|L1],L2,[X|L3]):- blabla(L1,L2,L3).
  27. 27. Quantas poss´ ıveis respostas a interroga¸˜o abaixo fornece (considerando o backtrack- ca ing)? ?- blabla(L1,L2,[a,b]). (a) 1 (b) 2 (c) 3 (d) 4 (e) 564. [TE]Sobre o protocolo IP (Internet Protocol), ´ correto afirmar: e (a) O tamanho do cabe¸alho do IPv4 ´ fixado em 96 bits; c e (b) O espa¸o de endere¸amento do IPv4 e do IPv6 ´ de 32 e 128 bits, respectivamente; c c e (c) O cabe¸alho IP inclui informa¸ao sobre o protocolo de camada de enlace empre- c c˜ gado; (d) A classe C de endere¸os IPv4 reserva 16 bits para endere¸o de rede; c c (e) O roteamento IP associa o endere¸o IP com o n´mero de porta em n´ de trans- c u ıvel porte.65. [TE] Duas tecnologias utilizadas para acesso residencial ` Internet s˜o ADSL e Cable a a Modem. Qual afirma¸ao ´ incorreta? c˜ e (a) Ambas permitem taxas de transmiss˜o diferentes para upstream e downstream a (b) Os canais de upstream e downstream da tecnologia ADSL n˜o necessitam de con- a ten¸˜o de acesso ca (c) Os canais de upstream e downstream da tecnologia Cable Modem necessitam de conten¸ao de acesso c˜ (d) ADSL utiliza par tran¸ado dedicado para cada residˆncia c e (e) Cable Modem utiliza cabo compartilhado para diversas residˆncias e
  28. 28. 66. [TE] Os endere¸os IP s˜o divididos em classes. Qual afirma¸ao ´ incorreta? c a c˜ e (a) Existem mais redes classe B do que classe A (b) Uma rede classe C permite mais hosts do que uma rede classe B (c) A classe D ´ dedicada a endere¸os multicast e c (d) M´scaras podem dividir o campo Rede do endere¸o IP em Rede e Sub-rede para a c facilitar o roteamento interno (e) NAT (Tradu¸ao de Endere¸o de Rede) ´ utilizada em redes com v´rios hosts que c˜ c e a se conectam ` Internet atrav´s de poucos endere¸os IP a e c67. [TE] Considere os seguintes parˆmetros de Qualidade de Servi¸o (QoS) para trans- a c miss˜o multim´ a ıdia: confiabilidade, atraso, jitter e largura de banda. Considere ainda que estes parˆmetros possam ter tolerˆncia alta (A), m´dia (M) ou baixa(B). Qual das a a e alternativas est´ abaixo da tolerˆncia m´ a a ınima da aplica¸˜o? ca Aplica¸˜o ca Confiabilidade Atraso Jitter Largura de banda (a) Correio Eletrˆnico o A B B B (b) Acesso Web A M B M (c) V´ ıdeo Sob Demanda B M A A (d) Telefonia B A A M (e) V´ ıdeo Conferˆncia e B A B A68. [TE] A comunica¸˜o entre processos em um sistema distribu´ pode ser realizada por ca ıdo um mecanismo conhecido como RPC - chamada de procedimento remoto. Sobre este mecanismo, assinale a op¸ao correta abaixo: c˜ (a) Processos comunicantes compartilham o mesmo espa¸o de endere¸amento. c c (b) Os stubs cliente e servidor s˜o respons´veis pela convers˜o de formato dos parˆmetros a a a a de entrada e sa´ıda, caso haja necessidade. (c) A gera¸˜o dos stubs ´ comumente realizada por compila¸ao a partir de uma es- ca e c˜ pecifica¸˜o de interface realizada em uma linguagem de execu¸˜o de interface ca ca (IEL). (d) O mecanismo faz uso de uma porta fixa, de n´mero 8080, para comunicar difer- u entes processos e servi¸os entre computadores de um sistema distribu´ c ıdo. (e) A falha de um cliente RPC gera uma chamada dita orf˜ no servidor que neste caso a repassa sempre os resultados do procedimento remoto para um proxy de retorno especificado na chamada
  29. 29. 69. [TE] Sobre algoritmos de exclus˜o m´tua em sistemas distribu´ a u ıdos ´ correto afirmar e que: (a) O algoritmo centralizado tem como principal desvantagem o alto n´mero de troca u de mensagens. (b) O algoritmo distribu´ ´ totalmente independente da ordem dos eventos do sis- ıdo e tema distribu´ ıdo. (c) A maioria simples de permiss˜es dos participantes para entrada em regi˜o cr´ o a ıtica ´ suficiente para garantir a exclus˜o m´tua no algoritmo distribu´ e a u ıdo. (d) No algoritmo do token , a exclus˜o m´tua ´ garantida por uma concess˜o de a u e a bloqueio fornecida pelo gerente que mant´m uma lista de tokens. e (e) Trˆs mensagens s˜o suficientes para fechar o ciclo de concess˜o, libera¸˜o e nova e a a ca concess˜o de acesso no algoritmo do token. a70. [TE] Um sistema distribu´ pode manter diferentes c´pias de um mesmo item de dado ıdo o a fim de melhorar o desempenho de leitura e aumentar a disponibilidade de acesso. A modifica¸ao deste item de dado ´ realizada de acordo com protocolos de consistˆncia c˜ e e de c´pias. Assinale a alternativa correta sobre esses protocolos. o (a) O protocolo baseado em c´pia prim´ria permite sempre a atualiza¸˜o da c´pia o a ca o mais pr´xima e difunde o novo valor via unicast para todos os n´s que mant´m o o e uma outra c´pia. o (b) A atualiza¸ao de todas as c´pias, no protocolo baseado em c´pia prim´ria, ´ c˜ o o a e realizada atrav´s de um processo s´ e ıncrono, onde o cliente ´ liberado para continuar e o fluxo de execu¸ao imediatamente ap´s ter solicitado a atualiza¸ao da c´pia c˜ o c˜ o prim´ria. a (c) Nos protocolos baseados em quorum, os conflitos leitura-escrita e escrita-escrita s˜o evitados por autoriza¸˜es de bloqueio (lock) emitidas por um coordenador a co central ou sequenciador. (d) Protocolos baseados em coerˆncia de cache s˜o mecanismos de consistˆncia de e a e c´pias que repassam a responsabilidade de manter essa consistˆncia para os servi- o e dores que det´m c´pias. e o (e) No protocolo de replica¸ao ativa, todas as r´plicas s˜o atualizadas atrav´s de uma c˜ e a e unica opera¸ao de escrita realizada por um mecanismo de multicast totalmente ´ c˜ ordenado.

×