Realizado por:João Correia nº 14 7ºD
Ricardo Araújo nº25 7ºD
João Prado nº15 7ºD
A PRAIA DO PARAÍSO-LEÇA DA
PALMEIRA
ZONA INTERTIDAL
É o nome dado, nos ambientes marinhos, à zona do
substrato litoral que fica exposta ao ar apenas durante a...
A ZONA INTERTIDAL E OS SERES
VIVOS QUE NELA HABITAM
 Barroeiras
VARIOS TIPOS DE ALGAS
Ulva sp.
VARIOS TIPOS DE ALGAS
Porphyra umbilicalis
Chrondus crispus Caralinasp.
Mastocarpus stellatus
OS ANIMAIS
Mexilhões – Mytilus sp.
Aves Anémona
OS ANIMAIS
Cracas – Ballanus sp. Marujos – Monodonta lineata
Lapas – Patella sp. Barroeira – Sabellaria alveolata.
OS RECIFES DE
BARROEIRAS
Os animais que constroem a barroeira peretencem à
espécies Sabellaria alveolata. São poliquetas q...
EM CONCLUSÃO
Embora à primeira vista a zona intertidal possa parecer
monótona, é uma área com uma grande biodiversidade.
O...
OS INVESTIGADORES DO LITORAL…
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

biodiversidade nas praias de matosinhos

899 visualizações

Publicada em

biodiversidade nas praias de matosinhos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
899
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
173
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

biodiversidade nas praias de matosinhos

  1. 1. Realizado por:João Correia nº 14 7ºD Ricardo Araújo nº25 7ºD João Prado nº15 7ºD
  2. 2. A PRAIA DO PARAÍSO-LEÇA DA PALMEIRA
  3. 3. ZONA INTERTIDAL É o nome dado, nos ambientes marinhos, à zona do substrato litoral que fica exposta ao ar apenas durante a maré- baixa, ficando submersa com a subida da maré, isto é, a zona de substrato compreendida entre as linhas de preia-mar e baixa- mar.
  4. 4. A ZONA INTERTIDAL E OS SERES VIVOS QUE NELA HABITAM  Barroeiras
  5. 5. VARIOS TIPOS DE ALGAS Ulva sp.
  6. 6. VARIOS TIPOS DE ALGAS Porphyra umbilicalis Chrondus crispus Caralinasp. Mastocarpus stellatus
  7. 7. OS ANIMAIS Mexilhões – Mytilus sp. Aves Anémona
  8. 8. OS ANIMAIS Cracas – Ballanus sp. Marujos – Monodonta lineata Lapas – Patella sp. Barroeira – Sabellaria alveolata.
  9. 9. OS RECIFES DE BARROEIRAS Os animais que constroem a barroeira peretencem à espécies Sabellaria alveolata. São poliquetas que constroem colónias incrustantes, em grandes extensões, formando assim “recifes” de massas tubulares de areia. Estes animais atingem apenas 4 cm de comprimento. As barroeiras só são vísiveis quando está maré baixa pois quando está maré cheia, estas ficam submersas e não se consegue ver. Maré cheia Maré baixa
  10. 10. EM CONCLUSÃO Embora à primeira vista a zona intertidal possa parecer monótona, é uma área com uma grande biodiversidade. Olhem para esta pequena poça de maré e tentem adivinhar quantas espécies diferentes de algas podemos aqui encontrar.
  11. 11. OS INVESTIGADORES DO LITORAL…

×