30 espião do além

862 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
670
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

30 espião do além

  1. 1. Espião do alémConto criado por: Francisca Cardoso, Francisco Pinto,Frederico MacedoNº: 10, 11 e 12Ano e Turma: 7ºBDisciplina: PortuguêsProf.: Graça Cruz
  2. 2. Johnny Kika O Pistoleiro PersonagensA O Sr.PRESIDENTE Tartaruga
  3. 3. Era uma vez uma pequena aldeia no meio do deserto com muitafalta de água. Nesse lugar, era tudo muito controlado. Havia nessaaldeia um banco cujo funcionário era o senhor Tartaruga. O bancofuncionava como armazém da água e, todas as quartas-feiras, abria-se uma torneira para os habitantes receberem a sua dose semanalde água. Na verdade, era uma aldeia de cowboys onde vivia uma cobra,um pistoleiro e uma tarântula que era a presidente. Quando aspessoas se iam queixar ao seu gabinete “morriam intoxicadas”, poishavia fumo por todo o lado. É que a presidente fumava que sefartava! A água escasseava no banco e, como se não bastasse, no dia aseguir à queixa do senhor Tartaruga, o banco fora assaltado. O únicoque não sentia a falta de água era mesmo a presidente. Oshabitantes começaram a estranhar e o senhor Tartaruga contratouum detetive privado.
  4. 4. O melhor detetive era o camaleão Johnny devido àsua capacidade de camuflagem; o outro habitanteque preferiu manter-se anónimo, contratou umlagarto fêmea, chamado Kika, que não mudava decor como o camelão, mas era tão pequena queninguém a conseguia ver. A presidente começou a achar que o senhorTartaruga se estava a intrometer e, então, disse parao pistoleiro : - O Tartaruga tem de morrer! – decretou com oseu ar muito decidido. O que ela não sabia era que jáestava a ser espiada.
  5. 5. No dia seguinte, o Tartaruga apareceu morto nobanco. Entretanto, o Johnny viu a Kika e imediatamente seapaixonou e vice-versa. Quando se iam embora, oJohnny tomou a iniciativa de convidar a Kika para jantarcom ele e puseram-se a conversar sobre o caso dapresidente e não só. Chegaram à conclusão que apresidente queria abrir um clube para turistas e ficar rica. Mais tarde foram ter ao gabinete da presidente,seguiram-na e viram que ela estava a desviar a águapara outro lugar e que estava a deixar aquelas pessoasa morrer à sede. De facto, demoraram algum tempo atéperceber esta situação, pois não havia nenhuma pista.Ela conhecia uma lenda que dizia: “ Quando uma plantaquer água, volta-se para onde ela se encontra e começaa andar”. A Kika era espiã mas também era apaixonadapor plantas e sabia isso mas não passava de uma lenda.Seria?
  6. 6. Johnny pensou, pensou e foi observando essas plantasdurante algum tempo até que percebeu: elas não andavam,elas só se voltavam em direção ao caminho que a água seguia.Então, chamou a Kika e os dois seguiram as coordenadas dasplantas até que descobriram uma enorme piscina cheia de águaonde estavam a presidente e o pistoleiro. Num instante elestiraram fotos à presidente e ao que ela tinha feito, por isso otribunal condenou-a à pena de morte em praça pública. Quem airia matar era o pistoleiro, para a presidente saborear a dor datraição, já que ela tinha traído os cidadãos que tinham confiadonela. De seguida, o Johnny e a Kika foram jantar para comemorare, durante esse jantar, Johnny pediu a Kika em casamento. Aágua voltou finalmente para os cidadãos e, no meio dessaaldeia, ergue-se, hoje em dia, uma estátua em homenagem aovalente senhor Tartaruga.
  7. 7. FIM

×