SlideShare uma empresa Scribd logo

Treinamento SIG - Introdução e Conceitos Básicos

Treinamento SIG - Introdução e Conceitos Básicos

1 de 34
Baixar para ler offline
Treinamento SIG
Introdução, Contexto e Conceitos Básicos – Belo Horizonte –
Abril/2015
Atualização do
Plano Diretor de
Recursos Hídricos da
Bacia Hidrográfica
do Rio das Velhas
Realização:
Apoio:
Execução:
TURNO 1
Introdução, contexto e conceitos básicos;
Base de dados do PDRH Velhas: Organização e Conteúdo.
ESCOPO DO TREINAMENTO
TURNO 2
Operações possíveis com a Base de Dados do PDRH Velhas – Parte 1.
TURNO 3
Operações possíveis com a Base de Dados do PDRH Velhas – Parte 2.
TURNO 4
Sistema de Contribuições ao SIG e Visualização on-line dos Produtos.
Atualização do
Plano Diretor de
Recursos Hídricos da
Bacia Hidrográfica
do Rio das Velhas
Realização:
Apoio:
Execução:
Introdução, contexto e conceitos básicos
INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS
Geoprocessamento:
Conjunto de tecnologias voltadas à coleta e tratamento de
informações espaciais para um objetivo específico. As
atividades envolvendo o geoprocessamento são executadas
por sistemas específicos mais comumente chamados de
Sistemas de Informação Geográfica (SIG).
O SIG é responsável pelo processamento de dados
georreferenciados, desde a sua coleta até a geração de saídas
na forma de mapas convencionais, relatórios, arquivos digitais;
devendo prever recursos para sua estocagem, gerenciamento,
manipulação e análise.
INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS
Geoprocessamento:
INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS
Modelos Digitais de
Terreno
Sensoriamento
Remoto
Projetos e
Desenhos
Gerenciamento de
Banco de Dados
SIG

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Análise Espacial Baseada em Localização
Análise Espacial Baseada em LocalizaçãoAnálise Espacial Baseada em Localização
Análise Espacial Baseada em LocalizaçãoVitor Vieira Vasconcelos
 
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaSensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaVitor Vieira Vasconcelos
 
Sensoriamento remoto
Sensoriamento remotoSensoriamento remoto
Sensoriamento remotoGeagra UFG
 
O Novo Código Florestal - Master Ambiental
O Novo Código Florestal - Master AmbientalO Novo Código Florestal - Master Ambiental
O Novo Código Florestal - Master AmbientalMaster Ambiental
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientificajaddy xavier
 
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...Paulo Orlando
 
Aula 3 saneamento ambiental
Aula 3   saneamento ambientalAula 3   saneamento ambiental
Aula 3 saneamento ambientalMarines Bomfim
 
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisas
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisasTécnicas de estruturação de instrumentos de pesquisas
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisasLeandro Martins
 
Planejamento ambiental cap. i
Planejamento ambiental cap. iPlanejamento ambiental cap. i
Planejamento ambiental cap. iPaulo Orlando
 
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresas
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresasAula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresas
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresasIsabela Espíndola
 
Geoprocessamento aula unip
Geoprocessamento aula unipGeoprocessamento aula unip
Geoprocessamento aula unipjfelipe17
 
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Nicolau Chaud
 
Aula 01 noções de cartografia e geoprocessamento
Aula 01   noções de cartografia e geoprocessamentoAula 01   noções de cartografia e geoprocessamento
Aula 01 noções de cartografia e geoprocessamento42549299272
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativajlpaesjr
 

Mais procurados (20)

Análise Espacial Baseada em Localização
Análise Espacial Baseada em LocalizaçãoAnálise Espacial Baseada em Localização
Análise Espacial Baseada em Localização
 
Geoprocessamento
Geoprocessamento Geoprocessamento
Geoprocessamento
 
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaSensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
 
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
 
Sensoriamento remoto
Sensoriamento remotoSensoriamento remoto
Sensoriamento remoto
 
O Novo Código Florestal - Master Ambiental
O Novo Código Florestal - Master AmbientalO Novo Código Florestal - Master Ambiental
O Novo Código Florestal - Master Ambiental
 
Geoprocessamento
Geoprocessamento Geoprocessamento
Geoprocessamento
 
Geoprocessamento
GeoprocessamentoGeoprocessamento
Geoprocessamento
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...
Planejamento ambiental cap. ii etapas , estrutura e instrumentos do planejame...
 
Aula 3 saneamento ambiental
Aula 3   saneamento ambientalAula 3   saneamento ambiental
Aula 3 saneamento ambiental
 
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisas
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisasTécnicas de estruturação de instrumentos de pesquisas
Técnicas de estruturação de instrumentos de pesquisas
 
Planejamento ambiental cap. i
Planejamento ambiental cap. iPlanejamento ambiental cap. i
Planejamento ambiental cap. i
 
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresas
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresasAula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresas
Aula de Legislação Ambiental no Brasil e nas empresas
 
Geoprocessamento aula unip
Geoprocessamento aula unipGeoprocessamento aula unip
Geoprocessamento aula unip
 
Apresentação Sensoriamento Remoto - IFS
Apresentação Sensoriamento Remoto - IFSApresentação Sensoriamento Remoto - IFS
Apresentação Sensoriamento Remoto - IFS
 
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
 
Aula 01 noções de cartografia e geoprocessamento
Aula 01   noções de cartografia e geoprocessamentoAula 01   noções de cartografia e geoprocessamento
Aula 01 noções de cartografia e geoprocessamento
 
Aula 20 indicadores
Aula 20 indicadoresAula 20 indicadores
Aula 20 indicadores
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 

Destaque

Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...CBH Rio das Velhas
 
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de DadosTreinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de DadosCBH Rio das Velhas
 
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume II
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume IIPDRH CBH Rio das Velhas - Volume II
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume IICBH Rio das Velhas
 
Administração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoAdministração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoDenise Maria Cotoman
 
Cap 01 administração de sistemas de informação
Cap 01 administração de sistemas de informaçãoCap 01 administração de sistemas de informação
Cap 01 administração de sistemas de informaçãoLarissa Araújo Batista
 
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisGerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisLeandro Júnior
 
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIGAdministração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIGCursos Profissionalizantes
 
DN 02 2009 regras funcionamento subcomites
DN 02 2009 regras funcionamento subcomitesDN 02 2009 regras funcionamento subcomites
DN 02 2009 regras funcionamento subcomitesCBH Rio das Velhas
 
Gestão eletrônica de documentos - pasta obras
Gestão eletrônica de documentos - pasta obrasGestão eletrônica de documentos - pasta obras
Gestão eletrônica de documentos - pasta obrasRaíssa Siqueira Mota
 
SIG- sistema de informação geográfica
SIG- sistema de informação geográfica SIG- sistema de informação geográfica
SIG- sistema de informação geográfica Alessandra Pereira
 
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientaisDiretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientaisCBH Rio das Velhas
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGMúsicaParaense.Org
 
Sistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação GerencialSistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação GerencialLoham Silva
 

Destaque (15)

Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados - P...
 
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de DadosTreinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados
Treinamento SIG - Possíveis operações necessárias com a Base de Dados
 
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume II
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume IIPDRH CBH Rio das Velhas - Volume II
PDRH CBH Rio das Velhas - Volume II
 
Administração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de InformaçãoAdministração de Sistemas de Informação
Administração de Sistemas de Informação
 
Cap 01 administração de sistemas de informação
Cap 01 administração de sistemas de informaçãoCap 01 administração de sistemas de informação
Cap 01 administração de sistemas de informação
 
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisGerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
 
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIGAdministração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Administração Sistemas de Informação - Sistema de Informações Gerenciais – SIG
 
DN 02 2004 criacao subcomites
DN 02 2004 criacao subcomitesDN 02 2004 criacao subcomites
DN 02 2004 criacao subcomites
 
DN 02 2009 regras funcionamento subcomites
DN 02 2009 regras funcionamento subcomitesDN 02 2009 regras funcionamento subcomites
DN 02 2009 regras funcionamento subcomites
 
Gestão eletrônica de documentos - pasta obras
Gestão eletrônica de documentos - pasta obrasGestão eletrônica de documentos - pasta obras
Gestão eletrônica de documentos - pasta obras
 
SIG- sistema de informação geográfica
SIG- sistema de informação geográfica SIG- sistema de informação geográfica
SIG- sistema de informação geográfica
 
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientaisDiretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
 
Sistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação GerencialSistema de Informação Gerencial
Sistema de Informação Gerencial
 
Aula gerenciamento de arquivos e pastas
Aula   gerenciamento de arquivos e pastasAula   gerenciamento de arquivos e pastas
Aula gerenciamento de arquivos e pastas
 

Semelhante a Treinamento SIG - Introdução e Conceitos Básicos

Apostila projeto geo 2005
Apostila projeto geo 2005Apostila projeto geo 2005
Apostila projeto geo 2005Hudson Góis
 
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)EuricoPortugal
 
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauerGuião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauerFrancisco Javier Cervigon Ruckauer
 
Bancos de Dados Geográficos
Bancos de Dados GeográficosBancos de Dados Geográficos
Bancos de Dados GeográficosSuzana Viana Mota
 
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-G
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-GSBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-G
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-Gbrabello
 
Apresentação li segunda feira
Apresentação li segunda feiraApresentação li segunda feira
Apresentação li segunda feiracesar do amaral
 
Banco de dados geográfico - Aula de Encerramento
Banco de dados geográfico - Aula de EncerramentoBanco de dados geográfico - Aula de Encerramento
Banco de dados geográfico - Aula de EncerramentoSérgio Souza Costa
 
Capacitacao bdg macro_zee_ma
Capacitacao bdg macro_zee_maCapacitacao bdg macro_zee_ma
Capacitacao bdg macro_zee_maCarlos Freitas
 
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2GlobalGeo Geotecnologias
 
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemBanco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemSérgio Souza Costa
 
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.Maria Claudia Oliveira
 
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basicoJoel Medeiros
 

Semelhante a Treinamento SIG - Introdução e Conceitos Básicos (20)

Apostila projeto geo 2005
Apostila projeto geo 2005Apostila projeto geo 2005
Apostila projeto geo 2005
 
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)
QGIS - inicio (Sistemas de Informação Geográfica SIG)
 
Monografia geoprocessamento
Monografia geoprocessamentoMonografia geoprocessamento
Monografia geoprocessamento
 
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauerGuião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Guião de vídeo análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
 
Bancos de Dados Geográficos
Bancos de Dados GeográficosBancos de Dados Geográficos
Bancos de Dados Geográficos
 
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-G
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-GSBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-G
SBBD2013/MC3: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados Geográficos: Modelo OMT-G
 
Apresentação li segunda feira
Apresentação li segunda feiraApresentação li segunda feira
Apresentação li segunda feira
 
Apostila arcgis-prof-patricia
Apostila arcgis-prof-patriciaApostila arcgis-prof-patricia
Apostila arcgis-prof-patricia
 
PostGis
PostGisPostGis
PostGis
 
Banco de dados geográficos
Banco de dados geográficosBanco de dados geográficos
Banco de dados geográficos
 
Banco de dados geográfico - Aula de Encerramento
Banco de dados geográfico - Aula de EncerramentoBanco de dados geográfico - Aula de Encerramento
Banco de dados geográfico - Aula de Encerramento
 
Capacitacao bdg macro_zee_ma
Capacitacao bdg macro_zee_maCapacitacao bdg macro_zee_ma
Capacitacao bdg macro_zee_ma
 
GIS em 3 horas
GIS em 3 horasGIS em 3 horas
GIS em 3 horas
 
Banco de Dados Espaciais
Banco de Dados EspaciaisBanco de Dados Espaciais
Banco de Dados Espaciais
 
TerraView
TerraViewTerraView
TerraView
 
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2
Mapeamento Digital da Zona Oeste do Rio de Janeiro com imagens WorldView-2
 
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemBanco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
 
Análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Análise espacial francisco javier cervigon ruckauerAnálise espacial francisco javier cervigon ruckauer
Análise espacial francisco javier cervigon ruckauer
 
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.
Implementação de cadastro de parcelamento do solo utilizando softwares livres.
 
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico
49057558 tutorial-arc gis-9-3-nivel-basico
 

Mais de CBH Rio das Velhas

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BHCBH Rio das Velhas
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...CBH Rio das Velhas
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesCBH Rio das Velhas
 
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineCBH Rio das Velhas
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019CBH Rio das Velhas
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapCBH Rio das Velhas
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoCBH Rio das Velhas
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraCBH Rio das Velhas
 

Mais de CBH Rio das Velhas (20)

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
 
Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019
 
Qualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMGQualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMG
 
Senai
SenaiSenai
Senai
 
Saae
SaaeSaae
Saae
 
Pro mananciais
Pro mananciaisPro mananciais
Pro mananciais
 
Copasa
CopasaCopasa
Copasa
 
Projeto jequitiba
Projeto jequitibaProjeto jequitiba
Projeto jequitiba
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantes
 
Apresentacao SEMAD
Apresentacao SEMADApresentacao SEMAD
Apresentacao SEMAD
 
ProfÀgua
ProfÀguaProfÀgua
ProfÀgua
 
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
 
Ppt peixe vivo
Ppt peixe vivoPpt peixe vivo
Ppt peixe vivo
 
Ppt feam
Ppt feamPpt feam
Ppt feam
 
Ppt copasa
Ppt copasaPpt copasa
Ppt copasa
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
 

Último

No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...leitev350
 
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...Unicesumar
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024Unicesumar
 
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...Unicesumar
 
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...Unicesumar
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...pauladiasuni
 
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...Unicesumar
 

Último (7)

No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...
Considerando o trecho acima, nesta atividade MAPA testaremos seu conhecimento...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...
a) Inovação incremental (elabore um texto, de 05 a 08 linhas em média, expond...
 
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...
Em uma situação hipotética, enquanto professor de educação física da turma, v...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...
Inovar se tornou uma exigência do mercado, que está cada vez mais competitivo...
 

Treinamento SIG - Introdução e Conceitos Básicos

  • 1. Treinamento SIG Introdução, Contexto e Conceitos Básicos – Belo Horizonte – Abril/2015 Atualização do Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas Realização: Apoio: Execução:
  • 2. TURNO 1 Introdução, contexto e conceitos básicos; Base de dados do PDRH Velhas: Organização e Conteúdo. ESCOPO DO TREINAMENTO TURNO 2 Operações possíveis com a Base de Dados do PDRH Velhas – Parte 1. TURNO 3 Operações possíveis com a Base de Dados do PDRH Velhas – Parte 2. TURNO 4 Sistema de Contribuições ao SIG e Visualização on-line dos Produtos.
  • 3. Atualização do Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas Realização: Apoio: Execução: Introdução, contexto e conceitos básicos
  • 4. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Geoprocessamento: Conjunto de tecnologias voltadas à coleta e tratamento de informações espaciais para um objetivo específico. As atividades envolvendo o geoprocessamento são executadas por sistemas específicos mais comumente chamados de Sistemas de Informação Geográfica (SIG).
  • 5. O SIG é responsável pelo processamento de dados georreferenciados, desde a sua coleta até a geração de saídas na forma de mapas convencionais, relatórios, arquivos digitais; devendo prever recursos para sua estocagem, gerenciamento, manipulação e análise. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Geoprocessamento:
  • 6. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Modelos Digitais de Terreno Sensoriamento Remoto Projetos e Desenhos Gerenciamento de Banco de Dados SIG
  • 7. Integra, em única base de dados, informações espaciais provenientes de dados cartográficos, dados de censo e cadastro urbano e rural, imagens de satélite, redes e modelos numéricos de terreno, entre outros. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Sistema de Informações Geográficas - SIG:
  • 8. Oferece mecanismos para combinar as várias informações por meio de algoritmos de manipulação e análise. Pode-se, com ele, consultar, recuperar e visualizar o conteúdo do banco de dados geográfico e gerar mapas. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Sistema de Informações Geográficas - SIG:
  • 9. Banco de dados onde cada dado tratado possui atributos descritivos e uma representação geométrica no espaço. Os dados disponíveis no banco podem ser manipulados por métodos de processamento de imagens e de análise geográfica. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Banco de Dados de um SIG:
  • 10. - Ferramenta para produção de mapas; - Suporte para análise espacial de fenômenos; - Banco de dados geográficos, com funções de armazenamento e recuperação de informação espacial INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Aplicações de um SIG:
  • 11. - Interface com usuário; - Entrada e integração de dados; - Funções de processamento gráfico e de imagens; - Visualização e plotagem; - Armazenamento e recuperação de dados. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Estrutura de um SIG:
  • 12. Os dados são basicamente divididos em dois tipos: INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Raster São dados representados em forma de imagens que contém sua informações baseadas em pixel. Vetor São dados representados de forma gráfica que contém suas informações baseada em uma feição.
  • 13. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Imagens de satélite são exemplos de dados raster.
  • 14. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS As feições são criadas a partir da conexão de pontos. Formando uma “rede” de vários vetores para representar alguma feição ou estrutura do terreno.
  • 15. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Aspecto Formato Vetorial Formato Raster Relações espaciais entre objetos Relacionamentos topológicos entre objetos disponíveis Relacionamentos espaciais devem ser inferidos Ligação com banco de dados Facilita associar atributos a elementos gráficos Associa atributos apenas a classes do mapa Análise, Simulação e Modelagem Representação indireta de fenômenos contínuos Álgebra de mapas é limitada Representa melhor fenômenos com variação contínua no espaço Simulação e modelagem mais fáceis Algoritmos Problemas com erros geométricos Processamento mais rápido e eficiente Armazenamento Por coordenadas (mais eficiente) Por matrizes Fonte: INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.
  • 16. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Os elementos vetoriais podem ser divididos em três formas básicas:  Pontos − Os pontos são entidades sem dimensões, aos quais está associada um par de coordenadas, de acordo com o sistema de coordenadas estabelecido.  Linhas − As linhas correspondem a um conjunto de pontos que estão interligados em segmentos de reta.  Polígonos − Os polígonos são o conjunto de linhas, que por sua vez são formadas por um conjunto de segmentos de reta, onde o ponto inicial do primeiro segmento de reta necessariamente coincide com o ponto final da último segmento de reta.
  • 17. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS PONTO LINHA POLÍGONO Ex.: Sede Municipal Ex.: Curso d’água Ex.: Limite de Bacia
  • 18. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Plano de informação (nível, camada, layer): - contém informações referentes a um tipo de dado; - área geográfica definida;
  • 19. INTRODUÇÃO, CONTEXTO E CONCEITOS BÁSICOS Plano de informação (nível, camada, layer): - contém informações referentes a um tipo de dado; - área geográfica definida; Ex.: Hidrogeologia Regiões Hidrográficas Uso e Ocupação do Solo
  • 20. Atualização do Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas Realização: Apoio: Execução: Base de dados do PDRH Velhas: Organização e Conteúdo
  • 21. ArcGis 10.1 Base de dados de acesso local File Geodatabase (.gdb) Padrão de nomenclatura do IGAM Informações do SIG - Plano ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 22. GEOLOGIA Substantivo que identifica a pasta/dataset que contém os shapes daquele tema * PARA NOME DAS FEATURES: * PARA NOME DOS ATRIBUTOS (campos das features/shapes): Geol_SF5_CPRM_04 Tema (objetivo do mapeamento) Unidade territorial (abrangência do mapeamento) Órgão (responsável pelo mapeamento) PADRÃO DE NOMENCLATURA IGAM ESTRUTURA SIG - PLANO Ano (ano em que o dado foi gerado)
  • 23. ESTRUTURA DO SIG PLANO ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 24. ESTRUTURA DO SIG PLANO ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 25. Descrição do padrão de nomenclatura Texto contendo a descrição do SIG-PDRH Dados textuais produzidos para o SIG-Plano ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 26. Arquivos de legenda (.lyr) que guardam toda simbologia usada nos mapas
  • 27. Arquivos de legenda (.lyr) que guardam toda simbologia usada nos mapas
  • 28. Figuras e mapas do SIG Plano ESTRUTURA SIG - PLANO Figuras em jpg (corpo do texto) Mapas em pdf
  • 29. Contém os projetos ou layout (.mxd) usados para gerar os mapas ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 31. Arquivos tipo raster georreferenciados ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 32. Pastas com shapefiles e txts que descrevem o dado ESTRUTURA SIG - PLANO Arquivo shapefile Arquivo txt
  • 33. Arquivo Geodatabase (.mdb) que armazena os arquivos vetoriais de linha, ponto e polígonos Arquivo Geodatabase Feature Dataset com o nome do tema dos arquivos contidos Feature de Linha Feature de Polígono Feature de Ponto ESTRUTURA SIG - PLANO
  • 34. Rua Felicíssimo de Azevedo, Nº 924 Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS Fone: (51) 3272.8900 / Fax: (51) 3342.3345 ecoplan@ecoplan.com.br www.ecoplan.com.br